SlideShare uma empresa Scribd logo
COORDENAÇÃO
SUBORDINAÇÃO

    Síntese do estudo da
   coordenação          e
   subordinação.
COORDENAÇÃO / SUBORDINAÇÃO




     Quando a frase é complexa, as orações
    estão ligadas entre si através de um
    processo de coordenação ou de
    subordinação.
COORDENAÇÃO


 A coordenação é um processo de ligação
 de frases independentes que podemos
 associar de diversas maneiras.
 As orações assumem a designação de
 coordenadas; as conjunções que as ligam
 são coordenativas.
Classificação das orações coordenadas




 A Carla lê e vê televisão.


  Oração Copulativa (adição)
Classificação das orações coordenadas




  Hoje, a Carla não leu, mas viu televisão.


 Oração adversativa (oposição)
Classificação das orações coordenadas




A Carla ora lê, ora vê televisão.




 Oração disjuntivas (alternativa)
Classificação das orações coordenadas




           A Carla leu todo o dia, logo viu
 televisão.


 Conclusivas (conclusão)
Classificação das orações coordenadas




        Hoje a Carla não leu nada, pois viu
 televisão todo o dia.




 Explicativas (justificação)
Classificação das orações coordenadas


OBS:


 A coordenação pode ser assindética
 (supressão dos elementos de ligação) se
 for feita através de uma simples vírgula:
 A Carla leu, comeu, brincou.
SUBORDINAÇÃO


 A subordinação é um processo de ligação
 entre duas orações em que uma se torna
 dependente da outra. Esta designa-se
 principal ou subordinante e a dependente
 por subordinada; as conjunções designam-
 se por subordinativas.
Classificação das orações subordinadas




Leva o chapéu-de-chuva, porque deve
 chover.


 CAUSAL
Classificação das orações subordinadas




  Mal chegou a casa, ligou a televisão.




 TEMPORAL
Classificação das orações subordinadas




Gritou, como se fosse um lobo.




 COMPARATIVA
Classificação das orações subordinadas




Mandou-a calar, para que o ouvisse.


 FINAL
Classificação das orações subordinadas



Se estudares, ficarás a perceber melhor esta
 matéria.




 CONDICIONAL
Classificação das orações subordinadas




Deveríamos descansar, embora te pareça
 desnecessário.


 CONCESSIVA
Classificação das orações subordinadas




O João comeu tantos chocolates que ficou
 maldisposto.


 CONSECUTIVA
Classificação das orações subordinadas




Ele tem um carro que é veloz.


 RELATIVA RESTRITIVA
Classificação das orações subordinadas




A mãe, que já o tinha avisado, pô-lo de
 castigo.


 RELATIVA EXPLICATIVA
Classificação das orações subordinadas




Ele disse que não voltaria.


 INTEGRANTE OU COMPLETIVA


NOTA: Uma oração subordinada pode ser subordinante de outra num   mesmo (período).
Distinguir as várias orações iniciadas por “que”



 Se a subordinante possuir um verbo que precise da oração
 seguinte, iniciada por “que” para lhe completar o sentido, então
 estamos perante uma subordinada completiva ou integrante.


 Ele disse que gostava de ir connosco ao cinema.
 Eu não sabia que tinhas estado de férias.


     NOTA: A oração completiva, normalmente, serve de complemento directo ao verbo da
  subordinante.
 Se a subordinante contiver em si a palavra que antecede o
 “que”, então estamos perante uma subordinada relativa.
 Os alunos que ainda não acabaram o exercício terminam em
  casa. (subordinada relativa restritiva)
 Os alunos, que andavam descontraídos, tiveram boas notas nos
  exames. (subordinada relativa explicativa)
 Se a subordinante contiver em si expressões como de tal modo,
 tanto, tão, o “que” introduz uma oração subordinada
 consecutiva.


 Choveu tanto que o trânsito este parado duas horas.
 O comboio atrasou-se de tal maneira que chegámos atrasados
  ao Seminário.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Oracoes coordenadas
Oracoes coordenadasOracoes coordenadas
Oracoes coordenadas
Andréa Brandão Mappa
 
Pt9 cdr relativas
Pt9 cdr relativasPt9 cdr relativas
Pt9 cdr relativas
ameliapadrao
 
Orações subordinadas
Orações subordinadasOrações subordinadas
Orações subordinadas
Eliete Sampaio Farneda
 
ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS
ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVASORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS
ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS
Angela Santos
 
Orações subordinadas adverbiais
Orações subordinadas adverbiaisOrações subordinadas adverbiais
Orações subordinadas adverbiais
Elaine Teixeira
 
Predicado
PredicadoPredicado
Predicado
Diego Prezia
 
Subordinação-8.º ano
Subordinação-8.º anoSubordinação-8.º ano
Subordinação-8.º ano
Cristina Fontes
 
Frase activa e frase passiva
Frase activa e frase passivaFrase activa e frase passiva
Frase activa e frase passiva
Josete Perdigao
 
Orações subordinadas (substantiva relativa e adjetiva relativa)
Orações subordinadas (substantiva relativa e adjetiva relativa)Orações subordinadas (substantiva relativa e adjetiva relativa)
Orações subordinadas (substantiva relativa e adjetiva relativa)
FranciscoSilva772
 
funções sintaticas
 funções sintaticas funções sintaticas
funções sintaticas
ameliapadrao
 
Orações subordinadas substantivas completivas
Orações subordinadas substantivas completivasOrações subordinadas substantivas completivas
Orações subordinadas substantivas completivas
7aeb23dalousa
 
Processos de formação de palavras
Processos de formação de palavrasProcessos de formação de palavras
Processos de formação de palavras
Joaquim Safara
 
Funcionamento da língua - coordenação, subordinação
Funcionamento da língua - coordenação, subordinaçãoFuncionamento da língua - coordenação, subordinação
Funcionamento da língua - coordenação, subordinação
Lurdes Augusto
 
Frase ativa e frase passiva
Frase ativa e frase passivaFrase ativa e frase passiva
Frase ativa e frase passiva
tessvalente
 
Coordenação e subordinação
Coordenação e subordinaçãoCoordenação e subordinação
Coordenação e subordinação
orlandoroberto
 
Orações subordinadas adverbiais
Orações subordinadas adverbiaisOrações subordinadas adverbiais
Orações subordinadas adverbiais
Mara Virginia
 
FUNÇÕES SINTÁTICAS.docx
FUNÇÕES SINTÁTICAS.docxFUNÇÕES SINTÁTICAS.docx
FUNÇÕES SINTÁTICAS.docx
CristinaTavares50
 
Orações Subordinadas Substantivas
Orações Subordinadas SubstantivasOrações Subordinadas Substantivas
Orações Subordinadas Substantivas
Blog Estudo
 
Oracao subordinada adverbial
Oracao subordinada adverbialOracao subordinada adverbial
Oracao subordinada adverbial
Jacqueline Hirozawa
 
8ª SéRie - Novo Slide Sobre Orações Subordinadas Substantivas.
8ª SéRie - Novo Slide Sobre Orações Subordinadas Substantivas.8ª SéRie - Novo Slide Sobre Orações Subordinadas Substantivas.
8ª SéRie - Novo Slide Sobre Orações Subordinadas Substantivas.
Marcos Emídio
 

Mais procurados (20)

Oracoes coordenadas
Oracoes coordenadasOracoes coordenadas
Oracoes coordenadas
 
Pt9 cdr relativas
Pt9 cdr relativasPt9 cdr relativas
Pt9 cdr relativas
 
Orações subordinadas
Orações subordinadasOrações subordinadas
Orações subordinadas
 
ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS
ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVASORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS
ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS
 
Orações subordinadas adverbiais
Orações subordinadas adverbiaisOrações subordinadas adverbiais
Orações subordinadas adverbiais
 
Predicado
PredicadoPredicado
Predicado
 
Subordinação-8.º ano
Subordinação-8.º anoSubordinação-8.º ano
Subordinação-8.º ano
 
Frase activa e frase passiva
Frase activa e frase passivaFrase activa e frase passiva
Frase activa e frase passiva
 
Orações subordinadas (substantiva relativa e adjetiva relativa)
Orações subordinadas (substantiva relativa e adjetiva relativa)Orações subordinadas (substantiva relativa e adjetiva relativa)
Orações subordinadas (substantiva relativa e adjetiva relativa)
 
funções sintaticas
 funções sintaticas funções sintaticas
funções sintaticas
 
Orações subordinadas substantivas completivas
Orações subordinadas substantivas completivasOrações subordinadas substantivas completivas
Orações subordinadas substantivas completivas
 
Processos de formação de palavras
Processos de formação de palavrasProcessos de formação de palavras
Processos de formação de palavras
 
Funcionamento da língua - coordenação, subordinação
Funcionamento da língua - coordenação, subordinaçãoFuncionamento da língua - coordenação, subordinação
Funcionamento da língua - coordenação, subordinação
 
Frase ativa e frase passiva
Frase ativa e frase passivaFrase ativa e frase passiva
Frase ativa e frase passiva
 
Coordenação e subordinação
Coordenação e subordinaçãoCoordenação e subordinação
Coordenação e subordinação
 
Orações subordinadas adverbiais
Orações subordinadas adverbiaisOrações subordinadas adverbiais
Orações subordinadas adverbiais
 
FUNÇÕES SINTÁTICAS.docx
FUNÇÕES SINTÁTICAS.docxFUNÇÕES SINTÁTICAS.docx
FUNÇÕES SINTÁTICAS.docx
 
Orações Subordinadas Substantivas
Orações Subordinadas SubstantivasOrações Subordinadas Substantivas
Orações Subordinadas Substantivas
 
Oracao subordinada adverbial
Oracao subordinada adverbialOracao subordinada adverbial
Oracao subordinada adverbial
 
8ª SéRie - Novo Slide Sobre Orações Subordinadas Substantivas.
8ª SéRie - Novo Slide Sobre Orações Subordinadas Substantivas.8ª SéRie - Novo Slide Sobre Orações Subordinadas Substantivas.
8ª SéRie - Novo Slide Sobre Orações Subordinadas Substantivas.
 

Destaque

A Subordinação
A SubordinaçãoA Subordinação
A Subordinação
Maria Araújo
 
Orações subordinadas relativas
Orações subordinadas relativasOrações subordinadas relativas
Orações subordinadas relativas
Margarida Tomaz
 
Orações subordinadas completivas
Orações subordinadas completivasOrações subordinadas completivas
Orações subordinadas completivas
Ana Isabel Falé
 
Orações subordinadas completivas-correção
Orações subordinadas completivas-correçãoOrações subordinadas completivas-correção
Orações subordinadas completivas-correção
Ana Isabel Falé
 
Classe de palavras
Classe de palavrasClasse de palavras
Classe de palavras
Ana Arminda Moreira
 
Oracoes subordinadas
Oracoes subordinadasOracoes subordinadas
Oracoes subordinadas
Delfina Vernuccio
 

Destaque (6)

A Subordinação
A SubordinaçãoA Subordinação
A Subordinação
 
Orações subordinadas relativas
Orações subordinadas relativasOrações subordinadas relativas
Orações subordinadas relativas
 
Orações subordinadas completivas
Orações subordinadas completivasOrações subordinadas completivas
Orações subordinadas completivas
 
Orações subordinadas completivas-correção
Orações subordinadas completivas-correçãoOrações subordinadas completivas-correção
Orações subordinadas completivas-correção
 
Classe de palavras
Classe de palavrasClasse de palavras
Classe de palavras
 
Oracoes subordinadas
Oracoes subordinadasOracoes subordinadas
Oracoes subordinadas
 

Semelhante a Coordenaçao subordinaçao

Coordenao subordinaov2-1212261642497312-9
Coordenao subordinaov2-1212261642497312-9Coordenao subordinaov2-1212261642497312-9
Coordenao subordinaov2-1212261642497312-9
Josete Perdigao
 
Coordenao subordinaov2-1212261642497312-9
Coordenao subordinaov2-1212261642497312-9Coordenao subordinaov2-1212261642497312-9
Coordenao subordinaov2-1212261642497312-9
Ralu Ral
 
Período Composto
Período CompostoPeríodo Composto
Período Composto
Jorge Henrique
 
Coorden. subord.
Coorden. subord.Coorden. subord.
Coorden. subord.
Josete Perdigao
 
Emar10 emp pg265
Emar10 emp pg265Emar10 emp pg265
Emar10 emp pg265
Aida Fonseca
 
Emar10 emp pg265
Emar10 emp pg265Emar10 emp pg265
Emar10 emp pg265
Aida Fonseca
 
Frase simple e complexa
Frase simple e complexaFrase simple e complexa
Frase simple e complexa
Iga Almeida
 
6°ano Articulação entre frases.ppt
6°ano Articulação entre frases.ppt6°ano Articulação entre frases.ppt
6°ano Articulação entre frases.ppt
Silvanasoares26
 
Orações: coordenação e subordinação
Orações: coordenação e subordinaçãoOrações: coordenação e subordinação
Orações: coordenação e subordinação
cnlx
 
Conjunção
ConjunçãoConjunção
Conjunção
CarieloBrunna
 
9º ano E. F. II - Período composto por subordinação e coordenação
9º ano E. F. II - Período composto por subordinação e coordenação9º ano E. F. II - Período composto por subordinação e coordenação
9º ano E. F. II - Período composto por subordinação e coordenação
Angélica Manenti
 
Período Composto: coordenação e subordinação
Período Composto: coordenação e subordinaçãoPeríodo Composto: coordenação e subordinação
Período Composto: coordenação e subordinação
ma.no.el.ne.ves
 
Frase complexa
Frase complexaFrase complexa
Frase complexa
tessvalente
 
Frase simples complexa coord_subord
Frase simples complexa coord_subordFrase simples complexa coord_subord
Frase simples complexa coord_subord
juniortaro
 
9ano oracoes subordinadas
9ano oracoes subordinadas9ano oracoes subordinadas
9ano oracoes subordinadas
Flávio Ferreira
 
W12 Coord Sub Caus Cond Temp
W12 Coord Sub Caus Cond TempW12 Coord Sub Caus Cond Temp
W12 Coord Sub Caus Cond Temp
Fernanda Soares
 
Orações subordinadas adverbiais
Orações subordinadas adverbiaisOrações subordinadas adverbiais
Orações subordinadas adverbiais
Edson Alves
 
Orações subordinadas adverbiais
Orações subordinadas adverbiaisOrações subordinadas adverbiais
Orações subordinadas adverbiais
Edson Alves
 
W31 Sub Conc Cons Comp Fin Complet
W31 Sub Conc Cons Comp Fin CompletW31 Sub Conc Cons Comp Fin Complet
W31 Sub Conc Cons Comp Fin Complet
Fernanda Soares
 
Oracoes coordenadas-e-subordinadas-ficha-informativa
Oracoes coordenadas-e-subordinadas-ficha-informativaOracoes coordenadas-e-subordinadas-ficha-informativa
Oracoes coordenadas-e-subordinadas-ficha-informativa
Sala Estudo FunnyCenter
 

Semelhante a Coordenaçao subordinaçao (20)

Coordenao subordinaov2-1212261642497312-9
Coordenao subordinaov2-1212261642497312-9Coordenao subordinaov2-1212261642497312-9
Coordenao subordinaov2-1212261642497312-9
 
Coordenao subordinaov2-1212261642497312-9
Coordenao subordinaov2-1212261642497312-9Coordenao subordinaov2-1212261642497312-9
Coordenao subordinaov2-1212261642497312-9
 
Período Composto
Período CompostoPeríodo Composto
Período Composto
 
Coorden. subord.
Coorden. subord.Coorden. subord.
Coorden. subord.
 
Emar10 emp pg265
Emar10 emp pg265Emar10 emp pg265
Emar10 emp pg265
 
Emar10 emp pg265
Emar10 emp pg265Emar10 emp pg265
Emar10 emp pg265
 
Frase simple e complexa
Frase simple e complexaFrase simple e complexa
Frase simple e complexa
 
6°ano Articulação entre frases.ppt
6°ano Articulação entre frases.ppt6°ano Articulação entre frases.ppt
6°ano Articulação entre frases.ppt
 
Orações: coordenação e subordinação
Orações: coordenação e subordinaçãoOrações: coordenação e subordinação
Orações: coordenação e subordinação
 
Conjunção
ConjunçãoConjunção
Conjunção
 
9º ano E. F. II - Período composto por subordinação e coordenação
9º ano E. F. II - Período composto por subordinação e coordenação9º ano E. F. II - Período composto por subordinação e coordenação
9º ano E. F. II - Período composto por subordinação e coordenação
 
Período Composto: coordenação e subordinação
Período Composto: coordenação e subordinaçãoPeríodo Composto: coordenação e subordinação
Período Composto: coordenação e subordinação
 
Frase complexa
Frase complexaFrase complexa
Frase complexa
 
Frase simples complexa coord_subord
Frase simples complexa coord_subordFrase simples complexa coord_subord
Frase simples complexa coord_subord
 
9ano oracoes subordinadas
9ano oracoes subordinadas9ano oracoes subordinadas
9ano oracoes subordinadas
 
W12 Coord Sub Caus Cond Temp
W12 Coord Sub Caus Cond TempW12 Coord Sub Caus Cond Temp
W12 Coord Sub Caus Cond Temp
 
Orações subordinadas adverbiais
Orações subordinadas adverbiaisOrações subordinadas adverbiais
Orações subordinadas adverbiais
 
Orações subordinadas adverbiais
Orações subordinadas adverbiaisOrações subordinadas adverbiais
Orações subordinadas adverbiais
 
W31 Sub Conc Cons Comp Fin Complet
W31 Sub Conc Cons Comp Fin CompletW31 Sub Conc Cons Comp Fin Complet
W31 Sub Conc Cons Comp Fin Complet
 
Oracoes coordenadas-e-subordinadas-ficha-informativa
Oracoes coordenadas-e-subordinadas-ficha-informativaOracoes coordenadas-e-subordinadas-ficha-informativa
Oracoes coordenadas-e-subordinadas-ficha-informativa
 

Mais de Elsa Maximiano

classes_palavras_ii.pptx
classes_palavras_ii.pptxclasses_palavras_ii.pptx
classes_palavras_ii.pptx
Elsa Maximiano
 
Poesia Trovadoresca - consolidação
Poesia Trovadoresca - consolidação Poesia Trovadoresca - consolidação
Poesia Trovadoresca - consolidação
Elsa Maximiano
 
Questionário Poesia Trovadoresca
Questionário Poesia TrovadorescaQuestionário Poesia Trovadoresca
Questionário Poesia Trovadoresca
Elsa Maximiano
 
Caracteristicas da Poesia Trovadoresca
Caracteristicas da Poesia TrovadorescaCaracteristicas da Poesia Trovadoresca
Caracteristicas da Poesia Trovadoresca
Elsa Maximiano
 
Pequeno dicionario do teatro
Pequeno dicionario do teatroPequeno dicionario do teatro
Pequeno dicionario do teatro
Elsa Maximiano
 
Episodios lusiadas
Episodios lusiadasEpisodios lusiadas
Episodios lusiadas
Elsa Maximiano
 
Os lusiadas introdução
Os lusiadas introduçãoOs lusiadas introdução
Os lusiadas introdução
Elsa Maximiano
 
Defining non-defining clauses
Defining non-defining clausesDefining non-defining clauses
Defining non-defining clauses
Elsa Maximiano
 
Present perfect
Present perfectPresent perfect
Present perfect
Elsa Maximiano
 
Conditional type2
Conditional type2Conditional type2
Conditional type2
Elsa Maximiano
 
First conditional
First conditionalFirst conditional
First conditional
Elsa Maximiano
 
Eating disorders
Eating disordersEating disorders
Eating disorders
Elsa Maximiano
 
Comparative of Adjectives
Comparative of AdjectivesComparative of Adjectives
Comparative of Adjectives
Elsa Maximiano
 
Esquema coordenação e subordinação
Esquema coordenação e subordinaçãoEsquema coordenação e subordinação
Esquema coordenação e subordinaçãoElsa Maximiano
 
Ft conjunçoes soluções
Ft conjunçoes soluçõesFt conjunçoes soluções
Ft conjunçoes soluções
Elsa Maximiano
 
Texto dramático
Texto dramáticoTexto dramático
Texto dramático
Elsa Maximiano
 
Preparation for 1st test 7th_October
Preparation for 1st test 7th_OctoberPreparation for 1st test 7th_October
Preparation for 1st test 7th_October
Elsa Maximiano
 
Formação de palavras
Formação de palavrasFormação de palavras
Formação de palavras
Elsa Maximiano
 
Funcoes sintacticas
Funcoes sintacticasFuncoes sintacticas
Funcoes sintacticas
Elsa Maximiano
 
Lenga lengas e trava linguas
Lenga lengas e trava linguasLenga lengas e trava linguas
Lenga lengas e trava linguas
Elsa Maximiano
 

Mais de Elsa Maximiano (20)

classes_palavras_ii.pptx
classes_palavras_ii.pptxclasses_palavras_ii.pptx
classes_palavras_ii.pptx
 
Poesia Trovadoresca - consolidação
Poesia Trovadoresca - consolidação Poesia Trovadoresca - consolidação
Poesia Trovadoresca - consolidação
 
Questionário Poesia Trovadoresca
Questionário Poesia TrovadorescaQuestionário Poesia Trovadoresca
Questionário Poesia Trovadoresca
 
Caracteristicas da Poesia Trovadoresca
Caracteristicas da Poesia TrovadorescaCaracteristicas da Poesia Trovadoresca
Caracteristicas da Poesia Trovadoresca
 
Pequeno dicionario do teatro
Pequeno dicionario do teatroPequeno dicionario do teatro
Pequeno dicionario do teatro
 
Episodios lusiadas
Episodios lusiadasEpisodios lusiadas
Episodios lusiadas
 
Os lusiadas introdução
Os lusiadas introduçãoOs lusiadas introdução
Os lusiadas introdução
 
Defining non-defining clauses
Defining non-defining clausesDefining non-defining clauses
Defining non-defining clauses
 
Present perfect
Present perfectPresent perfect
Present perfect
 
Conditional type2
Conditional type2Conditional type2
Conditional type2
 
First conditional
First conditionalFirst conditional
First conditional
 
Eating disorders
Eating disordersEating disorders
Eating disorders
 
Comparative of Adjectives
Comparative of AdjectivesComparative of Adjectives
Comparative of Adjectives
 
Esquema coordenação e subordinação
Esquema coordenação e subordinaçãoEsquema coordenação e subordinação
Esquema coordenação e subordinação
 
Ft conjunçoes soluções
Ft conjunçoes soluçõesFt conjunçoes soluções
Ft conjunçoes soluções
 
Texto dramático
Texto dramáticoTexto dramático
Texto dramático
 
Preparation for 1st test 7th_October
Preparation for 1st test 7th_OctoberPreparation for 1st test 7th_October
Preparation for 1st test 7th_October
 
Formação de palavras
Formação de palavrasFormação de palavras
Formação de palavras
 
Funcoes sintacticas
Funcoes sintacticasFuncoes sintacticas
Funcoes sintacticas
 
Lenga lengas e trava linguas
Lenga lengas e trava linguasLenga lengas e trava linguas
Lenga lengas e trava linguas
 

Último

Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptxTudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
IACEMCASA
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
sjcelsorocha
 
ESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.ppt
ESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.pptESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.ppt
ESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.ppt
maria-oliveira
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
Manuais Formação
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
joaresmonte3
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
MatheusSousa716350
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
vinibolado86
 
Trabalho de Geografia industrialização.pdf
Trabalho de Geografia industrialização.pdfTrabalho de Geografia industrialização.pdf
Trabalho de Geografia industrialização.pdf
erico paulo rocha guedes
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
LeticiaRochaCupaiol
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 

Último (20)

Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptxTudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
 
ESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.ppt
ESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.pptESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.ppt
ESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.ppt
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
 
Trabalho de Geografia industrialização.pdf
Trabalho de Geografia industrialização.pdfTrabalho de Geografia industrialização.pdf
Trabalho de Geografia industrialização.pdf
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 

Coordenaçao subordinaçao

  • 1. COORDENAÇÃO SUBORDINAÇÃO  Síntese do estudo da coordenação e subordinação.
  • 2. COORDENAÇÃO / SUBORDINAÇÃO  Quando a frase é complexa, as orações estão ligadas entre si através de um processo de coordenação ou de subordinação.
  • 3. COORDENAÇÃO  A coordenação é um processo de ligação de frases independentes que podemos associar de diversas maneiras.  As orações assumem a designação de coordenadas; as conjunções que as ligam são coordenativas.
  • 4. Classificação das orações coordenadas A Carla lê e vê televisão.  Oração Copulativa (adição)
  • 5. Classificação das orações coordenadas Hoje, a Carla não leu, mas viu televisão.  Oração adversativa (oposição)
  • 6. Classificação das orações coordenadas A Carla ora lê, ora vê televisão.  Oração disjuntivas (alternativa)
  • 7. Classificação das orações coordenadas A Carla leu todo o dia, logo viu televisão.  Conclusivas (conclusão)
  • 8. Classificação das orações coordenadas Hoje a Carla não leu nada, pois viu televisão todo o dia.  Explicativas (justificação)
  • 9. Classificação das orações coordenadas OBS:  A coordenação pode ser assindética (supressão dos elementos de ligação) se for feita através de uma simples vírgula: A Carla leu, comeu, brincou.
  • 10. SUBORDINAÇÃO  A subordinação é um processo de ligação entre duas orações em que uma se torna dependente da outra. Esta designa-se principal ou subordinante e a dependente por subordinada; as conjunções designam- se por subordinativas.
  • 11. Classificação das orações subordinadas Leva o chapéu-de-chuva, porque deve chover.  CAUSAL
  • 12. Classificação das orações subordinadas Mal chegou a casa, ligou a televisão.  TEMPORAL
  • 13. Classificação das orações subordinadas Gritou, como se fosse um lobo.  COMPARATIVA
  • 14. Classificação das orações subordinadas Mandou-a calar, para que o ouvisse.  FINAL
  • 15. Classificação das orações subordinadas Se estudares, ficarás a perceber melhor esta matéria.  CONDICIONAL
  • 16. Classificação das orações subordinadas Deveríamos descansar, embora te pareça desnecessário.  CONCESSIVA
  • 17. Classificação das orações subordinadas O João comeu tantos chocolates que ficou maldisposto.  CONSECUTIVA
  • 18. Classificação das orações subordinadas Ele tem um carro que é veloz.  RELATIVA RESTRITIVA
  • 19. Classificação das orações subordinadas A mãe, que já o tinha avisado, pô-lo de castigo.  RELATIVA EXPLICATIVA
  • 20. Classificação das orações subordinadas Ele disse que não voltaria.  INTEGRANTE OU COMPLETIVA NOTA: Uma oração subordinada pode ser subordinante de outra num mesmo (período).
  • 21. Distinguir as várias orações iniciadas por “que”  Se a subordinante possuir um verbo que precise da oração seguinte, iniciada por “que” para lhe completar o sentido, então estamos perante uma subordinada completiva ou integrante.  Ele disse que gostava de ir connosco ao cinema.  Eu não sabia que tinhas estado de férias. NOTA: A oração completiva, normalmente, serve de complemento directo ao verbo da subordinante.
  • 22.  Se a subordinante contiver em si a palavra que antecede o “que”, então estamos perante uma subordinada relativa.  Os alunos que ainda não acabaram o exercício terminam em casa. (subordinada relativa restritiva)  Os alunos, que andavam descontraídos, tiveram boas notas nos exames. (subordinada relativa explicativa)
  • 23.  Se a subordinante contiver em si expressões como de tal modo, tanto, tão, o “que” introduz uma oração subordinada consecutiva.  Choveu tanto que o trânsito este parado duas horas.  O comboio atrasou-se de tal maneira que chegámos atrasados ao Seminário.