SlideShare uma empresa Scribd logo
Orações Subordinadas Adverbiais
Conceito Uma  oração subordinada adverbial é aquela que exerce a função de adjunto adverbial do verbo da oração principal. São introduzidas pelas conjunções subordinativas e classificadas de acordo com as circunstâncias que exprimem. Podem ser: causais, comparativas, concessivas, condicionais, conformativas, consecutivas, finais, proporcionais e temporais.
Classificação Oração subordinada adverbial causal  -Indicam uma circunstância de causa. Ex:“ Fui aprovado,  porque  estudei.” Principais conjunções e Locuções que, pois, porque, como, visto que, uma vez que , já que....  Oração principal
Oração subordinada adverbial condicional  - Constituem um obstáculo, uma condição. É iniciada por uma conjunção subordinativa condicional ou por uma locução  Ex:  Contanto  que se esforce, você terá um futuro brilhante. Oração principal
Principais conjunções e Locuções: se, a menos que, desde que, caso, contanto que.  Principal conjunção subordinativa   condicional:  SE   Outro exemplo: Caso  você se case,   convide-me para  a  festa.
Oração Subordinada Adverbial Comparativa:     funciona como adjunto adverbial de comparação.  É iniciada por uma conjunção subordinativa comparativa. São elas:  (mais) ... que, (menos)... que, (tão)... quanto, como. Ex:  Diocresildo era  mais  esforçado  que  o irmão. Geralmente o verbo fica subentendido
Oração Subordinada Adverbial Concessiva:  funciona como adjunto adverbial de concessão. É iniciada por uma conjunção subordinativa concessiva ou por uma locução. São elas:  embora, conquanto, não obstante, apesar de que, se bem que, mesmo que, posto que, ainda que, em que pese. Ex:  Todos se retiraram,  apesar  de não terem terminado a prova.
Oração Subordinada Adverbial Conformativa:   funciona como adjunto adverbial de conformidade. É iniciada por uma conjunção subordinativa conformativa ou por uma locução. São elas:  como, conforme, segundo. EX:  Construímos nossa casa,  conforme  as especificações dadas pela Prefeitura.
Oração Subordinada Adverbial Consecutiva:     funciona como adjunto adverbial de consequência. É iniciada pela conjunção subordinativa consecutiva  que .  Na oração principal normalmente surge um advérbio de intensidade  tal, tanto, tamanho(a). Conjunções:  (tão)... que, (tanto)... que, (tamanho)... que. Ex:  Ele fala  tão  alto,  que  não precisa do microfone.
Oração Subordinada Adverbial Temporal:  funciona como adjunto adverbial de tempo.  É iniciada por uma conjunção subordinativa temporal ou por uma locução. São elas:  quando, enquanto, sempre que, assim que, desde que, logo que, mal.  Ex:   Fico triste,  sempre que  vou à casa de Juvenildo.
Oração Subordinada Adverbial Final:  funciona como adjunto adverbial de finalidade. É iniciada por uma conjunção subordinativa final ou por uma locução. São elas:  a fim de que, para que, porque. Ex:  Ele não precisa do microfone,  para que  todos o ouçam
Oração Subordinada Adverbial Proporcional:  funciona como adjunto adverbial de proporção. É iniciada por uma locução conjuntiva subordinativa proporcional. São elas:  à proporção que, à medida que, tanto mais. Ex:  À medida que  o tempo passa,  mais  experientes ficamos.
Classifique a oração destacada: Não és  mais prudente que eu : a) subordinada adverbial final. b) subordinada adverbial concessiva. c) subordinada adverbial consecutiva. d) subordinada adverbial comparativa. e) subordinada substantiva subjetiva.
2.  Fiz lhe sinal  que se calasse . A oração destacada classifica-se como: a) subordinada adverbial final. b) subordinada adverbial concessiva. c) subordinada adverbial consecutiva. d) subordinada adverbial comparativa. e) subordinada substantiva subjetiva .
3. Em qual dos períodos abaixo há uma oração adverbial que expressa idéia de concessão? a) Diz-se que a obra de arte é aberta; possibilita, portanto, várias leituras. b) Pode criticar, desde que fundamente sua crítica em argumentos. c) Tamanhas são as exigências da pesquisa científica, que muitos desistem de realiza-la. d) Não obstante haja concluído dois cursos superiores, é incapaz de redigir uma carta.
4. Em: "O moço ficou tão emocionado que chorou", a segunda oração é subordinada adverbial: a) comparativa; b) proporcional; c) consecutiva; d) causal; e) temporal.
5. Classifique as orações abaixo: "Embora lhe desaprovassem a forma, justificavam-lhe a essência.“ b) "A estrela que nasce tinha tanta beleza que voluntariamente a elegeu minha sorte.“ c) "Naquela noite, ele disse a todos que desejava que fosses feliz."

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Orações subordinadas adjetivas
Orações subordinadas adjetivasOrações subordinadas adjetivas
Orações subordinadas adjetivas
Fábio Guimarães
 
9ano oracoes subordinadas
9ano oracoes subordinadas9ano oracoes subordinadas
9ano oracoes subordinadas
Flávio Ferreira
 
Vozes verbais 8 ano
Vozes verbais 8 anoVozes verbais 8 ano
Vozes verbais 8 ano
Flávio Ferreira
 
Tipos de sujeito
Tipos de sujeitoTipos de sujeito
Tipos de sujeito
IedaSantana
 
Conjunções coordenativas e subordinativas
Conjunções coordenativas e subordinativasConjunções coordenativas e subordinativas
Conjunções coordenativas e subordinativas
Lidiane Rodrigues
 
Orações Subordinadas Substantivas
Orações Subordinadas SubstantivasOrações Subordinadas Substantivas
Orações Subordinadas Substantivas
Blog Estudo
 
Orações subordinadas adverbiais
Orações subordinadas adverbiaisOrações subordinadas adverbiais
Orações subordinadas adverbiais
Elaine Teixeira
 
Orações subordinadas adjetivas
Orações subordinadas adjetivasOrações subordinadas adjetivas
Orações subordinadas adjetivas
nixsonmachado
 
ColocaçãO Pronominal
ColocaçãO PronominalColocaçãO Pronominal
ColocaçãO Pronominal
guest0cbfe
 
Período composto por coordenação
Período composto por coordenaçãoPeríodo composto por coordenação
Período composto por coordenação
Carolina Loçasso Pereira
 
Transitividade verbal
Transitividade verbalTransitividade verbal
Transitividade verbal
PaolaLins
 
Uso dos porquês
Uso dos porquêsUso dos porquês
Uso dos porquês
Sabrina Paiva
 
Pronomes
PronomesPronomes
Pronomes
Rita Tramonte
 
Orações Coordenadas Assindéticas e Sindéticas
Orações Coordenadas Assindéticas e SindéticasOrações Coordenadas Assindéticas e Sindéticas
Orações Coordenadas Assindéticas e Sindéticas
Caroline Capellari
 
Concordancia verbal-slide-adriana
Concordancia verbal-slide-adrianaConcordancia verbal-slide-adriana
Concordancia verbal-slide-adriana
Lucilene Barcelos
 
Orações Subordinadas Substantivas
Orações Subordinadas SubstantivasOrações Subordinadas Substantivas
Orações Subordinadas Substantivas
Elaine Teixeira
 
Aula 04 variacao linguistica
Aula 04   variacao linguisticaAula 04   variacao linguistica
Aula 04 variacao linguistica
Marcia Simone
 
Homônimos e parônimos
Homônimos e parônimosHomônimos e parônimos
Homônimos e parônimos
Caroline Cunha
 
Conotacao e denotacao
Conotacao e denotacaoConotacao e denotacao
Conotacao e denotacao
bubble13
 
Orações coordenadas
Orações coordenadasOrações coordenadas
Orações coordenadas
ProfFernandaBraga
 

Mais procurados (20)

Orações subordinadas adjetivas
Orações subordinadas adjetivasOrações subordinadas adjetivas
Orações subordinadas adjetivas
 
9ano oracoes subordinadas
9ano oracoes subordinadas9ano oracoes subordinadas
9ano oracoes subordinadas
 
Vozes verbais 8 ano
Vozes verbais 8 anoVozes verbais 8 ano
Vozes verbais 8 ano
 
Tipos de sujeito
Tipos de sujeitoTipos de sujeito
Tipos de sujeito
 
Conjunções coordenativas e subordinativas
Conjunções coordenativas e subordinativasConjunções coordenativas e subordinativas
Conjunções coordenativas e subordinativas
 
Orações Subordinadas Substantivas
Orações Subordinadas SubstantivasOrações Subordinadas Substantivas
Orações Subordinadas Substantivas
 
Orações subordinadas adverbiais
Orações subordinadas adverbiaisOrações subordinadas adverbiais
Orações subordinadas adverbiais
 
Orações subordinadas adjetivas
Orações subordinadas adjetivasOrações subordinadas adjetivas
Orações subordinadas adjetivas
 
ColocaçãO Pronominal
ColocaçãO PronominalColocaçãO Pronominal
ColocaçãO Pronominal
 
Período composto por coordenação
Período composto por coordenaçãoPeríodo composto por coordenação
Período composto por coordenação
 
Transitividade verbal
Transitividade verbalTransitividade verbal
Transitividade verbal
 
Uso dos porquês
Uso dos porquêsUso dos porquês
Uso dos porquês
 
Pronomes
PronomesPronomes
Pronomes
 
Orações Coordenadas Assindéticas e Sindéticas
Orações Coordenadas Assindéticas e SindéticasOrações Coordenadas Assindéticas e Sindéticas
Orações Coordenadas Assindéticas e Sindéticas
 
Concordancia verbal-slide-adriana
Concordancia verbal-slide-adrianaConcordancia verbal-slide-adriana
Concordancia verbal-slide-adriana
 
Orações Subordinadas Substantivas
Orações Subordinadas SubstantivasOrações Subordinadas Substantivas
Orações Subordinadas Substantivas
 
Aula 04 variacao linguistica
Aula 04   variacao linguisticaAula 04   variacao linguistica
Aula 04 variacao linguistica
 
Homônimos e parônimos
Homônimos e parônimosHomônimos e parônimos
Homônimos e parônimos
 
Conotacao e denotacao
Conotacao e denotacaoConotacao e denotacao
Conotacao e denotacao
 
Orações coordenadas
Orações coordenadasOrações coordenadas
Orações coordenadas
 

Destaque

ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS
ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVASORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS
ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS
Angela Santos
 
Oracoes subordinadas
Oracoes subordinadasOracoes subordinadas
Oracoes subordinadas
Delfina Vernuccio
 
Versificação
VersificaçãoVersificação
Versificação
ISJ
 
Português orações subordinadas adjetivas
Português   orações subordinadas adjetivasPortuguês   orações subordinadas adjetivas
Português orações subordinadas adjetivas
Blog Estudo
 
Vários tipos de cartazes
Vários tipos de cartazesVários tipos de cartazes
Vários tipos de cartazes
herciliasilva
 
Gênero textual Resenha
Gênero textual ResenhaGênero textual Resenha
Gênero textual Resenha
Marcia Facelli
 
Conjunções (Linking Words)
Conjunções (Linking Words)Conjunções (Linking Words)
Funções sintácticas
Funções sintácticasFunções sintácticas
Funções sintácticas
Alcino Nunes
 
Genero Textual Cartaz
Genero Textual CartazGenero Textual Cartaz
Genero Textual Cartaz
NTE RJ14/SEEDUC RJ
 
Cartaz
CartazCartaz
O Cartaz
O CartazO Cartaz
Resenha crítica
Resenha crítica Resenha crítica
Coerência e coesão textual
Coerência e coesão textualCoerência e coesão textual
Coerência e coesão textual
ISJ
 
Classes e subclasses das palavras - 5º , 6º e 7º ano
Classes e subclasses das palavras - 5º , 6º e 7º anoClasses e subclasses das palavras - 5º , 6º e 7º ano
Classes e subclasses das palavras - 5º , 6º e 7º ano
carol slides
 
Recursos expressivos
Recursos expressivosRecursos expressivos
Recursos expressivos
becastanheiradepera
 
AULA 08 - RESENHA CRÍTICA - PRONTA
AULA 08 - RESENHA CRÍTICA - PRONTAAULA 08 - RESENHA CRÍTICA - PRONTA
AULA 08 - RESENHA CRÍTICA - PRONTA
Marcelo Cordeiro Souza
 
Funções sintáticas
Funções sintáticasFunções sintáticas
Funções sintáticas
Célia Gonçalves
 
Coesão e coerencia
Coesão e coerenciaCoesão e coerencia
Coesão e coerencia
silnog
 
Funções sintácticas
Funções sintácticasFunções sintácticas
Funções sintácticas
Teresa Pombo
 
Recursos expressivos
Recursos expressivosRecursos expressivos
Recursos expressivos
Ana Arminda Moreira
 

Destaque (20)

ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS
ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVASORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS
ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS
 
Oracoes subordinadas
Oracoes subordinadasOracoes subordinadas
Oracoes subordinadas
 
Versificação
VersificaçãoVersificação
Versificação
 
Português orações subordinadas adjetivas
Português   orações subordinadas adjetivasPortuguês   orações subordinadas adjetivas
Português orações subordinadas adjetivas
 
Vários tipos de cartazes
Vários tipos de cartazesVários tipos de cartazes
Vários tipos de cartazes
 
Gênero textual Resenha
Gênero textual ResenhaGênero textual Resenha
Gênero textual Resenha
 
Conjunções (Linking Words)
Conjunções (Linking Words)Conjunções (Linking Words)
Conjunções (Linking Words)
 
Funções sintácticas
Funções sintácticasFunções sintácticas
Funções sintácticas
 
Genero Textual Cartaz
Genero Textual CartazGenero Textual Cartaz
Genero Textual Cartaz
 
Cartaz
CartazCartaz
Cartaz
 
O Cartaz
O CartazO Cartaz
O Cartaz
 
Resenha crítica
Resenha crítica Resenha crítica
Resenha crítica
 
Coerência e coesão textual
Coerência e coesão textualCoerência e coesão textual
Coerência e coesão textual
 
Classes e subclasses das palavras - 5º , 6º e 7º ano
Classes e subclasses das palavras - 5º , 6º e 7º anoClasses e subclasses das palavras - 5º , 6º e 7º ano
Classes e subclasses das palavras - 5º , 6º e 7º ano
 
Recursos expressivos
Recursos expressivosRecursos expressivos
Recursos expressivos
 
AULA 08 - RESENHA CRÍTICA - PRONTA
AULA 08 - RESENHA CRÍTICA - PRONTAAULA 08 - RESENHA CRÍTICA - PRONTA
AULA 08 - RESENHA CRÍTICA - PRONTA
 
Funções sintáticas
Funções sintáticasFunções sintáticas
Funções sintáticas
 
Coesão e coerencia
Coesão e coerenciaCoesão e coerencia
Coesão e coerencia
 
Funções sintácticas
Funções sintácticasFunções sintácticas
Funções sintácticas
 
Recursos expressivos
Recursos expressivosRecursos expressivos
Recursos expressivos
 

Semelhante a Orações subordinadas adverbiais

Orações sub adverbiais 2015
Orações sub adverbiais   2015Orações sub adverbiais   2015
Orações sub adverbiais 2015
Christiane Queiroz
 
Slide Oração subordinada adverbial 9º ano.pdf
Slide Oração subordinada adverbial 9º ano.pdfSlide Oração subordinada adverbial 9º ano.pdf
Slide Oração subordinada adverbial 9º ano.pdf
thaisayumi2
 
Oracoes subordinadas-adverbiais
Oracoes subordinadas-adverbiaisOracoes subordinadas-adverbiais
Oracoes subordinadas-adverbiais
sandrammagnani
 
Orações subordinadas adverbias
Orações subordinadas adverbiasOrações subordinadas adverbias
Orações subordinadas adverbias
Antonio Gilberto
 
oracoes-subordinadas-adverbiais.ppt
oracoes-subordinadas-adverbiais.pptoracoes-subordinadas-adverbiais.ppt
oracoes-subordinadas-adverbiais.ppt
ROSIANERODRIGUESALVE1
 
oracoes-subordinadas-adverbiais (3º ano).ppt
oracoes-subordinadas-adverbiais (3º ano).pptoracoes-subordinadas-adverbiais (3º ano).ppt
oracoes-subordinadas-adverbiais (3º ano).ppt
CAMILACRISTINASILVAB
 
Orações subordinadas adverbiais
Orações subordinadas adverbiaisOrações subordinadas adverbiais
Orações subordinadas adverbiais
Elaine Junger
 
Orações subordinadas adverbiais
Orações subordinadas adverbiaisOrações subordinadas adverbiais
Orações subordinadas adverbiais
Edson Alves
 
Orações subordinadas adverbiais
Orações subordinadas adverbiaisOrações subordinadas adverbiais
Orações subordinadas adverbiais
Edson Alves
 
Slides - oracoes-subordinadas-adverbiais.ppt
Slides - oracoes-subordinadas-adverbiais.pptSlides - oracoes-subordinadas-adverbiais.ppt
Slides - oracoes-subordinadas-adverbiais.ppt
MARLYCARVALHO8
 
conjunção 7 2ª.ppt
conjunção 7 2ª.pptconjunção 7 2ª.ppt
conjunção 7 2ª.ppt
AdrianaGrilloLorenzo
 
Orações subordinadas adverbiais
Orações subordinadas adverbiaisOrações subordinadas adverbiais
Cefet/Coltec Aula 14 Função do "que"
Cefet/Coltec Aula 14  Função do "que"Cefet/Coltec Aula 14  Função do "que"
Cefet/Coltec Aula 14 Função do "que"
ProfFernandaBraga
 
Coordenação e Subordinação 8.ºC
Coordenação e Subordinação 8.ºCCoordenação e Subordinação 8.ºC
Coordenação e Subordinação 8.ºC
José Ferreira
 
8 ano
8 ano8 ano
Orações subordinadas adverbiais
Orações subordinadas adverbiaisOrações subordinadas adverbiais
Orações subordinadas adverbiais
Eduardo Freitas
 
Subordinadas9 a
Subordinadas9 aSubordinadas9 a
Subordinadas9 a
José Ferreira
 
Conjunções
ConjunçõesConjunções
Conjunções
Alice Silva
 
Classes de palavras - Conjunção
Classes de palavras - ConjunçãoClasses de palavras - Conjunção
Classes de palavras - Conjunção
Arthur Wenderson
 
Orações subordinadas adverbiais 2013
Orações subordinadas adverbiais 2013Orações subordinadas adverbiais 2013
Orações subordinadas adverbiais 2013
Christiane Queiroz
 

Semelhante a Orações subordinadas adverbiais (20)

Orações sub adverbiais 2015
Orações sub adverbiais   2015Orações sub adverbiais   2015
Orações sub adverbiais 2015
 
Slide Oração subordinada adverbial 9º ano.pdf
Slide Oração subordinada adverbial 9º ano.pdfSlide Oração subordinada adverbial 9º ano.pdf
Slide Oração subordinada adverbial 9º ano.pdf
 
Oracoes subordinadas-adverbiais
Oracoes subordinadas-adverbiaisOracoes subordinadas-adverbiais
Oracoes subordinadas-adverbiais
 
Orações subordinadas adverbias
Orações subordinadas adverbiasOrações subordinadas adverbias
Orações subordinadas adverbias
 
oracoes-subordinadas-adverbiais.ppt
oracoes-subordinadas-adverbiais.pptoracoes-subordinadas-adverbiais.ppt
oracoes-subordinadas-adverbiais.ppt
 
oracoes-subordinadas-adverbiais (3º ano).ppt
oracoes-subordinadas-adverbiais (3º ano).pptoracoes-subordinadas-adverbiais (3º ano).ppt
oracoes-subordinadas-adverbiais (3º ano).ppt
 
Orações subordinadas adverbiais
Orações subordinadas adverbiaisOrações subordinadas adverbiais
Orações subordinadas adverbiais
 
Orações subordinadas adverbiais
Orações subordinadas adverbiaisOrações subordinadas adverbiais
Orações subordinadas adverbiais
 
Orações subordinadas adverbiais
Orações subordinadas adverbiaisOrações subordinadas adverbiais
Orações subordinadas adverbiais
 
Slides - oracoes-subordinadas-adverbiais.ppt
Slides - oracoes-subordinadas-adverbiais.pptSlides - oracoes-subordinadas-adverbiais.ppt
Slides - oracoes-subordinadas-adverbiais.ppt
 
conjunção 7 2ª.ppt
conjunção 7 2ª.pptconjunção 7 2ª.ppt
conjunção 7 2ª.ppt
 
Orações subordinadas adverbiais
Orações subordinadas adverbiaisOrações subordinadas adverbiais
Orações subordinadas adverbiais
 
Cefet/Coltec Aula 14 Função do "que"
Cefet/Coltec Aula 14  Função do "que"Cefet/Coltec Aula 14  Função do "que"
Cefet/Coltec Aula 14 Função do "que"
 
Coordenação e Subordinação 8.ºC
Coordenação e Subordinação 8.ºCCoordenação e Subordinação 8.ºC
Coordenação e Subordinação 8.ºC
 
8 ano
8 ano8 ano
8 ano
 
Orações subordinadas adverbiais
Orações subordinadas adverbiaisOrações subordinadas adverbiais
Orações subordinadas adverbiais
 
Subordinadas9 a
Subordinadas9 aSubordinadas9 a
Subordinadas9 a
 
Conjunções
ConjunçõesConjunções
Conjunções
 
Classes de palavras - Conjunção
Classes de palavras - ConjunçãoClasses de palavras - Conjunção
Classes de palavras - Conjunção
 
Orações subordinadas adverbiais 2013
Orações subordinadas adverbiais 2013Orações subordinadas adverbiais 2013
Orações subordinadas adverbiais 2013
 

Mais de Mara Virginia

Abordagem da pesquisa em contabilidade
Abordagem da pesquisa em contabilidadeAbordagem da pesquisa em contabilidade
Abordagem da pesquisa em contabilidade
Mara Virginia
 
Abordagem da pesquisa em contabilidade
Abordagem da pesquisa em contabilidadeAbordagem da pesquisa em contabilidade
Abordagem da pesquisa em contabilidade
Mara Virginia
 
A arte na história
A arte na históriaA arte na história
A arte na história
Mara Virginia
 
Dancas brasileiras de_matriz_africana
Dancas brasileiras de_matriz_africanaDancas brasileiras de_matriz_africana
Dancas brasileiras de_matriz_africana
Mara Virginia
 
Luis fernando verissimo o santinho (doc) (rev)
Luis fernando verissimo   o santinho (doc) (rev)Luis fernando verissimo   o santinho (doc) (rev)
Luis fernando verissimo o santinho (doc) (rev)
Mara Virginia
 
Modernismo em portugal
Modernismo em portugalModernismo em portugal
Modernismo em portugal
Mara Virginia
 
Surgimento da arte
Surgimento da arteSurgimento da arte
Surgimento da arte
Mara Virginia
 
Contos quibungo
Contos quibungoContos quibungo
Contos quibungo
Mara Virginia
 
Pré modernismo
Pré modernismoPré modernismo
Pré modernismo
Mara Virginia
 
Predicação nominal
Predicação nominalPredicação nominal
Predicação nominal
Mara Virginia
 
Frase, oração e período
Frase, oração e períodoFrase, oração e período
Frase, oração e período
Mara Virginia
 
Predicação verbal
Predicação verbalPredicação verbal
Predicação verbal
Mara Virginia
 
Orações subordinadas
Orações subordinadasOrações subordinadas
Orações subordinadas
Mara Virginia
 
Produçao De Texto
Produçao  De TextoProduçao  De Texto
Produçao De Texto
Mara Virginia
 
Luis Fernando Verissimo O Santinho (Doc) (Rev)
Luis Fernando Verissimo   O Santinho (Doc) (Rev)Luis Fernando Verissimo   O Santinho (Doc) (Rev)
Luis Fernando Verissimo O Santinho (Doc) (Rev)
Mara Virginia
 
AdvéRbios
AdvéRbiosAdvéRbios
AdvéRbios
Mara Virginia
 
Termos Integrantes Da OraçãO
Termos Integrantes Da OraçãOTermos Integrantes Da OraçãO
Termos Integrantes Da OraçãO
Mara Virginia
 
Vozes Do Verbo
Vozes Do VerboVozes Do Verbo
Vozes Do Verbo
Mara Virginia
 
Figuras De Linguagem
Figuras De LinguagemFiguras De Linguagem
Figuras De Linguagem
Mara Virginia
 
Romance
RomanceRomance
Romance
Mara Virginia
 

Mais de Mara Virginia (20)

Abordagem da pesquisa em contabilidade
Abordagem da pesquisa em contabilidadeAbordagem da pesquisa em contabilidade
Abordagem da pesquisa em contabilidade
 
Abordagem da pesquisa em contabilidade
Abordagem da pesquisa em contabilidadeAbordagem da pesquisa em contabilidade
Abordagem da pesquisa em contabilidade
 
A arte na história
A arte na históriaA arte na história
A arte na história
 
Dancas brasileiras de_matriz_africana
Dancas brasileiras de_matriz_africanaDancas brasileiras de_matriz_africana
Dancas brasileiras de_matriz_africana
 
Luis fernando verissimo o santinho (doc) (rev)
Luis fernando verissimo   o santinho (doc) (rev)Luis fernando verissimo   o santinho (doc) (rev)
Luis fernando verissimo o santinho (doc) (rev)
 
Modernismo em portugal
Modernismo em portugalModernismo em portugal
Modernismo em portugal
 
Surgimento da arte
Surgimento da arteSurgimento da arte
Surgimento da arte
 
Contos quibungo
Contos quibungoContos quibungo
Contos quibungo
 
Pré modernismo
Pré modernismoPré modernismo
Pré modernismo
 
Predicação nominal
Predicação nominalPredicação nominal
Predicação nominal
 
Frase, oração e período
Frase, oração e períodoFrase, oração e período
Frase, oração e período
 
Predicação verbal
Predicação verbalPredicação verbal
Predicação verbal
 
Orações subordinadas
Orações subordinadasOrações subordinadas
Orações subordinadas
 
Produçao De Texto
Produçao  De TextoProduçao  De Texto
Produçao De Texto
 
Luis Fernando Verissimo O Santinho (Doc) (Rev)
Luis Fernando Verissimo   O Santinho (Doc) (Rev)Luis Fernando Verissimo   O Santinho (Doc) (Rev)
Luis Fernando Verissimo O Santinho (Doc) (Rev)
 
AdvéRbios
AdvéRbiosAdvéRbios
AdvéRbios
 
Termos Integrantes Da OraçãO
Termos Integrantes Da OraçãOTermos Integrantes Da OraçãO
Termos Integrantes Da OraçãO
 
Vozes Do Verbo
Vozes Do VerboVozes Do Verbo
Vozes Do Verbo
 
Figuras De Linguagem
Figuras De LinguagemFiguras De Linguagem
Figuras De Linguagem
 
Romance
RomanceRomance
Romance
 

Orações subordinadas adverbiais

  • 2. Conceito Uma oração subordinada adverbial é aquela que exerce a função de adjunto adverbial do verbo da oração principal. São introduzidas pelas conjunções subordinativas e classificadas de acordo com as circunstâncias que exprimem. Podem ser: causais, comparativas, concessivas, condicionais, conformativas, consecutivas, finais, proporcionais e temporais.
  • 3. Classificação Oração subordinada adverbial causal  -Indicam uma circunstância de causa. Ex:“ Fui aprovado, porque estudei.” Principais conjunções e Locuções que, pois, porque, como, visto que, uma vez que , já que....  Oração principal
  • 4. Oração subordinada adverbial condicional - Constituem um obstáculo, uma condição. É iniciada por uma conjunção subordinativa condicional ou por uma locução Ex: Contanto que se esforce, você terá um futuro brilhante. Oração principal
  • 5. Principais conjunções e Locuções: se, a menos que, desde que, caso, contanto que. Principal conjunção subordinativa condicional: SE Outro exemplo: Caso você se case, convide-me para a festa.
  • 6. Oração Subordinada Adverbial Comparativa:     funciona como adjunto adverbial de comparação. É iniciada por uma conjunção subordinativa comparativa. São elas: (mais) ... que, (menos)... que, (tão)... quanto, como. Ex: Diocresildo era mais esforçado que o irmão. Geralmente o verbo fica subentendido
  • 7. Oração Subordinada Adverbial Concessiva:  funciona como adjunto adverbial de concessão. É iniciada por uma conjunção subordinativa concessiva ou por uma locução. São elas: embora, conquanto, não obstante, apesar de que, se bem que, mesmo que, posto que, ainda que, em que pese. Ex: Todos se retiraram, apesar de não terem terminado a prova.
  • 8. Oração Subordinada Adverbial Conformativa:   funciona como adjunto adverbial de conformidade. É iniciada por uma conjunção subordinativa conformativa ou por uma locução. São elas: como, conforme, segundo. EX: Construímos nossa casa, conforme as especificações dadas pela Prefeitura.
  • 9. Oração Subordinada Adverbial Consecutiva:     funciona como adjunto adverbial de consequência. É iniciada pela conjunção subordinativa consecutiva que . Na oração principal normalmente surge um advérbio de intensidade tal, tanto, tamanho(a). Conjunções: (tão)... que, (tanto)... que, (tamanho)... que. Ex: Ele fala tão alto, que não precisa do microfone.
  • 10. Oração Subordinada Adverbial Temporal: funciona como adjunto adverbial de tempo. É iniciada por uma conjunção subordinativa temporal ou por uma locução. São elas: quando, enquanto, sempre que, assim que, desde que, logo que, mal. Ex: Fico triste, sempre que vou à casa de Juvenildo.
  • 11. Oração Subordinada Adverbial Final: funciona como adjunto adverbial de finalidade. É iniciada por uma conjunção subordinativa final ou por uma locução. São elas: a fim de que, para que, porque. Ex: Ele não precisa do microfone, para que todos o ouçam
  • 12. Oração Subordinada Adverbial Proporcional:  funciona como adjunto adverbial de proporção. É iniciada por uma locução conjuntiva subordinativa proporcional. São elas: à proporção que, à medida que, tanto mais. Ex: À medida que o tempo passa, mais experientes ficamos.
  • 13. Classifique a oração destacada: Não és mais prudente que eu : a) subordinada adverbial final. b) subordinada adverbial concessiva. c) subordinada adverbial consecutiva. d) subordinada adverbial comparativa. e) subordinada substantiva subjetiva.
  • 14. 2. Fiz lhe sinal que se calasse . A oração destacada classifica-se como: a) subordinada adverbial final. b) subordinada adverbial concessiva. c) subordinada adverbial consecutiva. d) subordinada adverbial comparativa. e) subordinada substantiva subjetiva .
  • 15. 3. Em qual dos períodos abaixo há uma oração adverbial que expressa idéia de concessão? a) Diz-se que a obra de arte é aberta; possibilita, portanto, várias leituras. b) Pode criticar, desde que fundamente sua crítica em argumentos. c) Tamanhas são as exigências da pesquisa científica, que muitos desistem de realiza-la. d) Não obstante haja concluído dois cursos superiores, é incapaz de redigir uma carta.
  • 16. 4. Em: "O moço ficou tão emocionado que chorou", a segunda oração é subordinada adverbial: a) comparativa; b) proporcional; c) consecutiva; d) causal; e) temporal.
  • 17. 5. Classifique as orações abaixo: "Embora lhe desaprovassem a forma, justificavam-lhe a essência.“ b) "A estrela que nasce tinha tanta beleza que voluntariamente a elegeu minha sorte.“ c) "Naquela noite, ele disse a todos que desejava que fosses feliz."