SlideShare uma empresa Scribd logo
Clássicos da sociologia
Os Três Clássicos
No século XIX, três pensadores desenvolveram
teorias buscando explicar a sociedade capitalista:
Karl Marx , Emile Durkheim e Max Weber. Estes
três pensadores são denominados os clássicos da
Sociologia.
Estudos
Objeto da
Sociologia
Método
Emile Durkheim
(1857 – 1917)
Max Weber (1864
– 1920)
Karl Marx (1818 –
1883) Classes Sociais
Fato Social
Ação Social
Dialética
Explicação
Compreensão
Social
Emile Durkheim
(1857 – 1917)
As Regras do Método Sociológico
1ªcontribuição
As Regras do Método Sociológico
Objeto
Metodo
Fato Social
Explicação
Fato Social
“ Fato social é toda maneira de fazer, fixa
ou não, suscetível de exercer sobre o
indivíduo uma coação exterior; ou ainda,
que é geral no conjunto de cada
sociedade tendo ao mesmo tempo
existência própria, independente de
suas manifestações individuais.”
Fato Social
Fato social consiste em “maneiras coletivas de
pensar, sentir e agir, exteriores ao indivíduo e
dotadas de um poder de coerção em virtude do qual
se lhe impõem”
Processo do Fato Social
CARACTERÍSTICAS DO
FATO SOCIAL
GENERALIDADE
EXTERIORIDADE
COERCITIVIDADE
por ser coletivo e estar
presente em toda a
sociedade
por se apresentar fora do
individuo
por exercer uma força
sobre o individuo,
obrigando-o a se
conformar com as
maneiras de pensar,
sentir e agir
O Método Sociológico
Os fatos sociais devem ser tratados
como coisas
Regra
fundamental
O Método Sociológico
A explicação científica exige que o pesquisador
mantenha certa distância e neutralidade em relação
ao fato a ser estudado.
O sociólogo deve deixar de lado suas pré-noções, isto
é, seus valores e sentimento pessoais. Não pode
haver envolvimento afetivo ou interferência do
sujeito em relação ao objeto.
Neutralidade: deve descrever a realidade social sem
deixar que suas ideias e opiniões interfiram na
observação dos fatos sociais
A Divisão do Trabalho Social
2ª
contribuição
A preocupação em estabelecer
normas que justifiquem a
manutenção da sociedade
capitalista
A Divisão do Trabalho Social
A Divisão do Trabalho Social
Em sua obra A Divisão do Trabalho Social,
procura compreender as repercussões da divisão
do trabalho e do aumento do individualismo na
integração social.
A Divisão do Trabalho Social
Durkheim tenta entender o
funcionamento da sociedade da
mesma forma que a Biologia
entende o funcionamento de um
corpo. Cada indivíduo tem uma
função a cumprir que é importante
para o funcionamento de todo o
corpo social.
Solidariedade Social
SOCIEDADE PRE-CAPITALISTA SOCIEDADE CAPITALISTA
Tradicional
Não diversificada
Pré-industrial
Semelhanças de funções: união
Simples
Pouca divisão do trabalho
Solidariedade mecânica
Moderna
Diversificada
Industrial
Especialização de funções:
dependência
Complexa
Muita divisão do trabalho
Solidariedade orgânica
Causa da coesão social :
Solidariedade
Causa da coesão social :
Solidariedade
Causas da Divisão Social do Trabalho
As causa sociais do aumento da divisão do trabalho nas sociedade
complexas decorre de uma combinação de fatores que envolvem : o volume
populacional e a densidade natural e moral da população
Causas do
aumento da
divisão do
trabalho
um aumento do volume da população
uma maior aproximação dos membros da
sociedade no espaço físico
uma maior comunicação e interdependência dos
indivíduos no espaço social
A Solidariedade Orgânica
Durkheim admite que a Solidariedade Orgânica é superior
à Mecânica, pois ao se especializarem as funções , a
individualidade de certo modo é ressaltada, permitindo
maior liberdade de ação.
Segundo Durkheim, o aumento da diferenciação social e
das especializações é fruto de um processo de evolução
das sociedades mais simples e tradicionais para as
sociedades modernas.
arnaldolemos@uol.com.br
OS CLASSICOS DA
SOCIOLOGIA
MAX WEBER
1864-1920
arnaldolemos@uol.com.br
CONTEXTO HISTÓRICO
FRANÇA
ESTADO NACIONAL UNIFICADO
DESENVOLVIMENTO CAPITALISTA
CIÊNCIAS FÍSICAS E BIOLÓGICAS
UNIVERSALIDADE
POSITIVISMO
CIÊNCIAS HUMANAS CIÊNCIAS NATURAIS
DURKHEIM
arnaldolemos@uol.com.br
FRAGMENTAÇÃO POLÍTICA
CAPITALISMO TARDIO
CIÊNCIAS HUMANAS
DIVERSIDADE
ALEMANHA
IDEALISMO
CIÊNCIAS HUMANAS CIÊNCIAS NATURAIS
WEBER
arnaldolemos@uol.com.br
DURKHEIM
POSITIVISMO
HISTORIA = PROCESSO UNIVERSAL
GENERALIZAÇÃO – COMPARAÇÃO
WEBER
IDEALISMO
HISTÓRIA = DIVERSIDADE DAS
FORMAÇÕES SOCIAIS
ESPECIFICIDADE
arnaldolemos@uol.com.br
OBJETO DA SOCIOLOGIA
AÇÃO SOCIAL
“A ação humana é social na
medida em que, em função
da significação subjetiva que
o indivíduo que age lhe
atribui, toma em
consideração o
comportamento dos outros e
é por ele afetada no seu
curso”.
arnaldolemos@uol.com.br
2. OBJETO DA SOCIOLOGIA
AÇÃO SOCIAL
PRESENÇA DO OUTRO
SIGNIFICADO
SER AFETADA
PELO OUTRO
arnaldolemos@uol.com.br
FUNÇÃO DA SOCIOLOGIA
Investigar a ação social e ressaltar
os elementos mais gerais de cada
fase do processo histórico da
sociedade
arnaldolemos@uol.com.br
WEBER
A B
AÇÃO SOCIAL : MOTIVAÇÃO, SENTIDO E VALORES
RELAÇÃO SOCIAL : O SENTIDO TEM QUE SER
COMPARTILHADO
arnaldolemos@uol.com.br
WEBER
A B
A ---- B A ---- B A ---- B A ---- B
A ---- B A ---- B A ---- BA ---- B
SOCIEDADE: UMA TOTALIDADE CONSTITUÍDA DE
UMA MULTIPLICIDADE DE INTERAÇÕES SOCIAIS
arnaldolemos@uol.com.br
S O S O
DURKHEIM WEBER
A REALIDADE NUMA
PERSPECTIVA OBJETIVA
A REALIDADE NUMA
PERSPECTIVA SUBJETIVA

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Karl Marx
Karl MarxKarl Marx
A divisão social do trabalho émile durkheim
A divisão social do trabalho  émile durkheimA divisão social do trabalho  émile durkheim
A divisão social do trabalho émile durkheim
Lucio Braga
 
A sociologia de Max Weber
A  sociologia de Max WeberA  sociologia de Max Weber
A sociologia de Max Weber
Alison Nunes
 
Emile durkheim
Emile durkheimEmile durkheim
Emile durkheim
Portal do Vestibulando
 
O que é e como surgiu a sociologia?
O que é e como surgiu a sociologia?O que é e como surgiu a sociologia?
O que é e como surgiu a sociologia?
Roberto Izoton
 
Sociologia - O que é o trabalho
Sociologia - O que é o trabalho Sociologia - O que é o trabalho
Sociologia - O que é o trabalho
Jeane Santos
 
Slide sociologia 1
Slide sociologia 1Slide sociologia 1
Slide sociologia 1
Over Lane
 
As relações entre indivíduo e sociedade
As relações entre indivíduo e sociedadeAs relações entre indivíduo e sociedade
As relações entre indivíduo e sociedade
jefersondutra08
 
Os modos de produção
Os modos de produçãoOs modos de produção
Os modos de produção
Davi Gonçalves Valério
 
Cultura
CulturaCultura
Cultura
Jhonatan Max
 
Aula 3 - Durkheim
Aula 3 - DurkheimAula 3 - Durkheim
Aula 3 - Durkheim
Mauricio Serafim
 
Estratificação e Desigualdade Social
Estratificação e Desigualdade SocialEstratificação e Desigualdade Social
Estratificação e Desigualdade Social
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Emile Durkheim
Emile DurkheimEmile Durkheim
Emile Durkheim
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Os Clássicos da Sociologia (Émile Durkheim)
Os Clássicos da Sociologia (Émile Durkheim)Os Clássicos da Sociologia (Émile Durkheim)
Os Clássicos da Sociologia (Émile Durkheim)
e neto
 
Os Movimentos Sociais
Os Movimentos Sociais Os Movimentos Sociais
Os Movimentos Sociais
Isaquel Silva
 
O MUNDO DO TRABALHO
O MUNDO DO TRABALHO O MUNDO DO TRABALHO
O MUNDO DO TRABALHO
Rudolf Rotchild Costa Cavalcante
 
1 ano sociologia as relações entre indivíduo e sociedade
1 ano sociologia as relações entre indivíduo e sociedade1 ano sociologia as relações entre indivíduo e sociedade
1 ano sociologia as relações entre indivíduo e sociedade
homago
 
Aula - O que é PODER - Michel Foucault
Aula - O que é PODER - Michel FoucaultAula - O que é PODER - Michel Foucault
Aula - O que é PODER - Michel Foucault
Prof. Noe Assunção
 
O surgimento da filosofia
O surgimento da filosofiaO surgimento da filosofia
O surgimento da filosofia
Alison Nunes
 
Poder, Política e Estado.
Poder, Política e Estado.Poder, Política e Estado.
Poder, Política e Estado.
Paula Raphaela
 

Mais procurados (20)

Karl Marx
Karl MarxKarl Marx
Karl Marx
 
A divisão social do trabalho émile durkheim
A divisão social do trabalho  émile durkheimA divisão social do trabalho  émile durkheim
A divisão social do trabalho émile durkheim
 
A sociologia de Max Weber
A  sociologia de Max WeberA  sociologia de Max Weber
A sociologia de Max Weber
 
Emile durkheim
Emile durkheimEmile durkheim
Emile durkheim
 
O que é e como surgiu a sociologia?
O que é e como surgiu a sociologia?O que é e como surgiu a sociologia?
O que é e como surgiu a sociologia?
 
Sociologia - O que é o trabalho
Sociologia - O que é o trabalho Sociologia - O que é o trabalho
Sociologia - O que é o trabalho
 
Slide sociologia 1
Slide sociologia 1Slide sociologia 1
Slide sociologia 1
 
As relações entre indivíduo e sociedade
As relações entre indivíduo e sociedadeAs relações entre indivíduo e sociedade
As relações entre indivíduo e sociedade
 
Os modos de produção
Os modos de produçãoOs modos de produção
Os modos de produção
 
Cultura
CulturaCultura
Cultura
 
Aula 3 - Durkheim
Aula 3 - DurkheimAula 3 - Durkheim
Aula 3 - Durkheim
 
Estratificação e Desigualdade Social
Estratificação e Desigualdade SocialEstratificação e Desigualdade Social
Estratificação e Desigualdade Social
 
Emile Durkheim
Emile DurkheimEmile Durkheim
Emile Durkheim
 
Os Clássicos da Sociologia (Émile Durkheim)
Os Clássicos da Sociologia (Émile Durkheim)Os Clássicos da Sociologia (Émile Durkheim)
Os Clássicos da Sociologia (Émile Durkheim)
 
Os Movimentos Sociais
Os Movimentos Sociais Os Movimentos Sociais
Os Movimentos Sociais
 
O MUNDO DO TRABALHO
O MUNDO DO TRABALHO O MUNDO DO TRABALHO
O MUNDO DO TRABALHO
 
1 ano sociologia as relações entre indivíduo e sociedade
1 ano sociologia as relações entre indivíduo e sociedade1 ano sociologia as relações entre indivíduo e sociedade
1 ano sociologia as relações entre indivíduo e sociedade
 
Aula - O que é PODER - Michel Foucault
Aula - O que é PODER - Michel FoucaultAula - O que é PODER - Michel Foucault
Aula - O que é PODER - Michel Foucault
 
O surgimento da filosofia
O surgimento da filosofiaO surgimento da filosofia
O surgimento da filosofia
 
Poder, Política e Estado.
Poder, Política e Estado.Poder, Política e Estado.
Poder, Política e Estado.
 

Destaque

Os clássicos da sociologia
Os clássicos da sociologiaOs clássicos da sociologia
Os clássicos da sociologia
Carmem Rocha
 
Quadro dos clássicos da sociologia
Quadro dos clássicos da sociologiaQuadro dos clássicos da sociologia
Quadro dos clássicos da sociologia
roberto mosca junior
 
Quadro resumo dos autores clássicos em sociologia
Quadro resumo dos autores clássicos em sociologiaQuadro resumo dos autores clássicos em sociologia
Quadro resumo dos autores clássicos em sociologia
Rudi Lemos
 
Sociologia clássica 1
Sociologia clássica 1Sociologia clássica 1
Sociologia clássica 1
Douglas Gregorio
 
Pensadores Da Sociologia
Pensadores Da Sociologia Pensadores Da Sociologia
Pensadores Da Sociologia
breckenfeld
 
Durkheim, marx, weber
Durkheim, marx, weberDurkheim, marx, weber
Durkheim, marx, weber
Arinaldo Martins
 
Pensadores da sociologia
Pensadores da sociologiaPensadores da sociologia
Pensadores da sociologia
sociologiacarlota1c
 
Weber ciências sociais - comparação de weber x durkheim
Weber   ciências sociais - comparação de weber x durkheimWeber   ciências sociais - comparação de weber x durkheim
Weber ciências sociais - comparação de weber x durkheim
Marcos Souza
 
Slid 03 fazag karl marx - émile durkheim e max weber
Slid 03   fazag  karl marx - émile durkheim e max weberSlid 03   fazag  karl marx - émile durkheim e max weber
Slid 03 fazag karl marx - émile durkheim e max weber
VIRGÍLIO ALBERTO S. PINTO
 
Karl Marx
Karl MarxKarl Marx
Quem foram karl marx,max weber e emile durkheim
Quem foram karl marx,max weber e emile durkheimQuem foram karl marx,max weber e emile durkheim
Quem foram karl marx,max weber e emile durkheim
sociologiacarlota1c
 
A Sociologia De Émile Durkheim
A Sociologia De Émile DurkheimA Sociologia De Émile Durkheim
A Sociologia De Émile Durkheim
guestdc18d25
 
Conceitos básicos de sociologia
Conceitos básicos de sociologiaConceitos básicos de sociologia
Conceitos básicos de sociologia
Gilmar Rodrigues
 
Suicidio Émile Durkheim
Suicidio Émile DurkheimSuicidio Émile Durkheim
Suicidio Émile Durkheim
Esther Macêdo
 
O QUE É SOCIOLOGIA?
O QUE É SOCIOLOGIA?O QUE É SOCIOLOGIA?
O QUE É SOCIOLOGIA?
guest6a86aa
 
EMILE DURKHEIM EDUCAÇÃO E SOCIOLOGIA
EMILE DURKHEIM EDUCAÇÃO E SOCIOLOGIAEMILE DURKHEIM EDUCAÇÃO E SOCIOLOGIA
EMILE DURKHEIM EDUCAÇÃO E SOCIOLOGIA
Victor Said
 
Sociologia Os clássicos da sociologia -Prof.Altair Aguilar.
 Sociologia Os clássicos da sociologia -Prof.Altair Aguilar. Sociologia Os clássicos da sociologia -Prof.Altair Aguilar.
Sociologia Os clássicos da sociologia -Prof.Altair Aguilar.
Altair Moisés Aguilar
 
Introdução à Sociologia
Introdução à SociologiaIntrodução à Sociologia
Introdução à Sociologia
Alison Nunes
 
Filosofia - Lógica Pragmática
Filosofia   - Lógica PragmáticaFilosofia   - Lógica Pragmática
Filosofia - Lógica Pragmática
Luciano Carvalho
 
Durkeim
DurkeimDurkeim
Durkeim
albiofabian
 

Destaque (20)

Os clássicos da sociologia
Os clássicos da sociologiaOs clássicos da sociologia
Os clássicos da sociologia
 
Quadro dos clássicos da sociologia
Quadro dos clássicos da sociologiaQuadro dos clássicos da sociologia
Quadro dos clássicos da sociologia
 
Quadro resumo dos autores clássicos em sociologia
Quadro resumo dos autores clássicos em sociologiaQuadro resumo dos autores clássicos em sociologia
Quadro resumo dos autores clássicos em sociologia
 
Sociologia clássica 1
Sociologia clássica 1Sociologia clássica 1
Sociologia clássica 1
 
Pensadores Da Sociologia
Pensadores Da Sociologia Pensadores Da Sociologia
Pensadores Da Sociologia
 
Durkheim, marx, weber
Durkheim, marx, weberDurkheim, marx, weber
Durkheim, marx, weber
 
Pensadores da sociologia
Pensadores da sociologiaPensadores da sociologia
Pensadores da sociologia
 
Weber ciências sociais - comparação de weber x durkheim
Weber   ciências sociais - comparação de weber x durkheimWeber   ciências sociais - comparação de weber x durkheim
Weber ciências sociais - comparação de weber x durkheim
 
Slid 03 fazag karl marx - émile durkheim e max weber
Slid 03   fazag  karl marx - émile durkheim e max weberSlid 03   fazag  karl marx - émile durkheim e max weber
Slid 03 fazag karl marx - émile durkheim e max weber
 
Karl Marx
Karl MarxKarl Marx
Karl Marx
 
Quem foram karl marx,max weber e emile durkheim
Quem foram karl marx,max weber e emile durkheimQuem foram karl marx,max weber e emile durkheim
Quem foram karl marx,max weber e emile durkheim
 
A Sociologia De Émile Durkheim
A Sociologia De Émile DurkheimA Sociologia De Émile Durkheim
A Sociologia De Émile Durkheim
 
Conceitos básicos de sociologia
Conceitos básicos de sociologiaConceitos básicos de sociologia
Conceitos básicos de sociologia
 
Suicidio Émile Durkheim
Suicidio Émile DurkheimSuicidio Émile Durkheim
Suicidio Émile Durkheim
 
O QUE É SOCIOLOGIA?
O QUE É SOCIOLOGIA?O QUE É SOCIOLOGIA?
O QUE É SOCIOLOGIA?
 
EMILE DURKHEIM EDUCAÇÃO E SOCIOLOGIA
EMILE DURKHEIM EDUCAÇÃO E SOCIOLOGIAEMILE DURKHEIM EDUCAÇÃO E SOCIOLOGIA
EMILE DURKHEIM EDUCAÇÃO E SOCIOLOGIA
 
Sociologia Os clássicos da sociologia -Prof.Altair Aguilar.
 Sociologia Os clássicos da sociologia -Prof.Altair Aguilar. Sociologia Os clássicos da sociologia -Prof.Altair Aguilar.
Sociologia Os clássicos da sociologia -Prof.Altair Aguilar.
 
Introdução à Sociologia
Introdução à SociologiaIntrodução à Sociologia
Introdução à Sociologia
 
Filosofia - Lógica Pragmática
Filosofia   - Lógica PragmáticaFilosofia   - Lógica Pragmática
Filosofia - Lógica Pragmática
 
Durkeim
DurkeimDurkeim
Durkeim
 

Semelhante a Clássicos da sociologia

Os classicos da_sociologia_durkheim
Os classicos da_sociologia_durkheimOs classicos da_sociologia_durkheim
Os classicos da_sociologia_durkheim
Lucio Braga
 
Os classicos da_sociologia_ completo
Os classicos da_sociologia_ completoOs classicos da_sociologia_ completo
Os classicos da_sociologia_ completo
Marcus Vinicius
 
Slides (2).pptx
Slides (2).pptxSlides (2).pptx
Slides (2).pptx
LinaKelly3
 
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIMSOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
HisrelBlog
 
Principais Teóricos
Principais TeóricosPrincipais Teóricos
Principais Teóricos
valentecilene
 
Sociologia
SociologiaSociologia
Sociologia
N.criistina
 
Fatos sociais
Fatos sociaisFatos sociais
Fatos sociais
Analia
 
Os classicos da_sociologia_durkheim
Os classicos da_sociologia_durkheimOs classicos da_sociologia_durkheim
Os classicos da_sociologia_durkheim
Jucemar Formigoni Candido
 
Sociologia positivismo, marxismo e sociologia compreensiva
Sociologia   positivismo, marxismo e sociologia compreensivaSociologia   positivismo, marxismo e sociologia compreensiva
Sociologia positivismo, marxismo e sociologia compreensiva
Daniele Rubim
 
4.-Emile-Durkheim-e-a-integracao-social.ppt
4.-Emile-Durkheim-e-a-integracao-social.ppt4.-Emile-Durkheim-e-a-integracao-social.ppt
4.-Emile-Durkheim-e-a-integracao-social.ppt
Régio Quirino
 
Trabajo problemática institucional
Trabajo problemática institucionalTrabajo problemática institucional
Trabajo problemática institucional
Daiane Pereira
 
Trabajo problemática institucional
Trabajo problemática institucionalTrabajo problemática institucional
Trabajo problemática institucional
Daiane Pereira
 
Sociologia para o vestibular
Sociologia para o vestibularSociologia para o vestibular
Sociologia para o vestibular
Edenilson Morais
 
Sociologia pensamento e pensadores sociologicos
Sociologia   pensamento e pensadores sociologicosSociologia   pensamento e pensadores sociologicos
Sociologia pensamento e pensadores sociologicos
Gustavo Soares
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
aulasgege
 
Os classicos da_sociologia_durkheim
Os classicos da_sociologia_durkheimOs classicos da_sociologia_durkheim
Os classicos da_sociologia_durkheim
unisocionautas
 
O pensamento educacional de emile durkheim
O pensamento educacional de emile durkheimO pensamento educacional de emile durkheim
O pensamento educacional de emile durkheim
eafeaf
 
éMile durkheim
éMile durkheiméMile durkheim
éMile durkheim
Fatima Freitas
 
Sociologia: Principais correntes
Sociologia: Principais correntes Sociologia: Principais correntes
Sociologia: Principais correntes
Edenilson Morais
 
Aula Sociologia 16.02.24D4D4D4D4D4D4.ppt
Aula Sociologia 16.02.24D4D4D4D4D4D4.pptAula Sociologia 16.02.24D4D4D4D4D4D4.ppt
Aula Sociologia 16.02.24D4D4D4D4D4D4.ppt
EdsonYouTube
 

Semelhante a Clássicos da sociologia (20)

Os classicos da_sociologia_durkheim
Os classicos da_sociologia_durkheimOs classicos da_sociologia_durkheim
Os classicos da_sociologia_durkheim
 
Os classicos da_sociologia_ completo
Os classicos da_sociologia_ completoOs classicos da_sociologia_ completo
Os classicos da_sociologia_ completo
 
Slides (2).pptx
Slides (2).pptxSlides (2).pptx
Slides (2).pptx
 
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIMSOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
 
Principais Teóricos
Principais TeóricosPrincipais Teóricos
Principais Teóricos
 
Sociologia
SociologiaSociologia
Sociologia
 
Fatos sociais
Fatos sociaisFatos sociais
Fatos sociais
 
Os classicos da_sociologia_durkheim
Os classicos da_sociologia_durkheimOs classicos da_sociologia_durkheim
Os classicos da_sociologia_durkheim
 
Sociologia positivismo, marxismo e sociologia compreensiva
Sociologia   positivismo, marxismo e sociologia compreensivaSociologia   positivismo, marxismo e sociologia compreensiva
Sociologia positivismo, marxismo e sociologia compreensiva
 
4.-Emile-Durkheim-e-a-integracao-social.ppt
4.-Emile-Durkheim-e-a-integracao-social.ppt4.-Emile-Durkheim-e-a-integracao-social.ppt
4.-Emile-Durkheim-e-a-integracao-social.ppt
 
Trabajo problemática institucional
Trabajo problemática institucionalTrabajo problemática institucional
Trabajo problemática institucional
 
Trabajo problemática institucional
Trabajo problemática institucionalTrabajo problemática institucional
Trabajo problemática institucional
 
Sociologia para o vestibular
Sociologia para o vestibularSociologia para o vestibular
Sociologia para o vestibular
 
Sociologia pensamento e pensadores sociologicos
Sociologia   pensamento e pensadores sociologicosSociologia   pensamento e pensadores sociologicos
Sociologia pensamento e pensadores sociologicos
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
Os classicos da_sociologia_durkheim
Os classicos da_sociologia_durkheimOs classicos da_sociologia_durkheim
Os classicos da_sociologia_durkheim
 
O pensamento educacional de emile durkheim
O pensamento educacional de emile durkheimO pensamento educacional de emile durkheim
O pensamento educacional de emile durkheim
 
éMile durkheim
éMile durkheiméMile durkheim
éMile durkheim
 
Sociologia: Principais correntes
Sociologia: Principais correntes Sociologia: Principais correntes
Sociologia: Principais correntes
 
Aula Sociologia 16.02.24D4D4D4D4D4D4.ppt
Aula Sociologia 16.02.24D4D4D4D4D4D4.pptAula Sociologia 16.02.24D4D4D4D4D4D4.ppt
Aula Sociologia 16.02.24D4D4D4D4D4D4.ppt
 

Mais de Luciano Carvalho

Filosofia - Definições e Atividades
Filosofia  - Definições e AtividadesFilosofia  - Definições e Atividades
Filosofia - Definições e Atividades
Luciano Carvalho
 
Ficha de matriz de posicionamento v1
Ficha de matriz de posicionamento v1Ficha de matriz de posicionamento v1
Ficha de matriz de posicionamento v1
Luciano Carvalho
 
Cardápio de ideias
Cardápio de ideiasCardápio de ideias
Cardápio de ideias
Luciano Carvalho
 
Ficha de matriz de posicionamento
Ficha de matriz de posicionamentoFicha de matriz de posicionamento
Ficha de matriz de posicionamento
Luciano Carvalho
 
Estatuto Instituto Consciencia Humana
Estatuto Instituto Consciencia HumanaEstatuto Instituto Consciencia Humana
Estatuto Instituto Consciencia Humana
Luciano Carvalho
 
Filosofia aula 3 lógica
Filosofia   aula 3 lógicaFilosofia   aula 3 lógica
Filosofia aula 3 lógica
Luciano Carvalho
 
10 tipos de empreendedor inovador
10 tipos de empreendedor inovador10 tipos de empreendedor inovador
10 tipos de empreendedor inovador
Luciano Carvalho
 
12 culturas organizacionais
12 culturas organizacionais12 culturas organizacionais
12 culturas organizacionais
Luciano Carvalho
 
4° bimestre 3 anos globalização não hegemônica
4° bimestre 3 anos   globalização não hegemônica4° bimestre 3 anos   globalização não hegemônica
4° bimestre 3 anos globalização não hegemônica
Luciano Carvalho
 
Identidade cultural
Identidade culturalIdentidade cultural
Identidade cultural
Luciano Carvalho
 
4º bimestre 3º ano processos de globalização - globalização hegemônica
4º bimestre 3º ano   processos de globalização - globalização hegemônica4º bimestre 3º ano   processos de globalização - globalização hegemônica
4º bimestre 3º ano processos de globalização - globalização hegemônica
Luciano Carvalho
 
A revolução industrial
A revolução industrialA revolução industrial
A revolução industrial
Luciano Carvalho
 
Colonialismo introdução
Colonialismo introduçãoColonialismo introdução
Colonialismo introdução
Luciano Carvalho
 
Inclusão social
Inclusão socialInclusão social
Inclusão social
Luciano Carvalho
 
Setores sociais
Setores sociaisSetores sociais
Setores sociais
Luciano Carvalho
 
Aula preconceito
Aula preconceitoAula preconceito
Aula preconceito
Luciano Carvalho
 
Temas de Sociologia
Temas de SociologiaTemas de Sociologia
Temas de Sociologia
Luciano Carvalho
 
O contrato final
O contrato finalO contrato final
O contrato final
Luciano Carvalho
 
Código de defesa do consumidor
Código de defesa do consumidorCódigo de defesa do consumidor
Código de defesa do consumidor
Luciano Carvalho
 
Classes sociais
Classes sociaisClasses sociais
Classes sociais
Luciano Carvalho
 

Mais de Luciano Carvalho (20)

Filosofia - Definições e Atividades
Filosofia  - Definições e AtividadesFilosofia  - Definições e Atividades
Filosofia - Definições e Atividades
 
Ficha de matriz de posicionamento v1
Ficha de matriz de posicionamento v1Ficha de matriz de posicionamento v1
Ficha de matriz de posicionamento v1
 
Cardápio de ideias
Cardápio de ideiasCardápio de ideias
Cardápio de ideias
 
Ficha de matriz de posicionamento
Ficha de matriz de posicionamentoFicha de matriz de posicionamento
Ficha de matriz de posicionamento
 
Estatuto Instituto Consciencia Humana
Estatuto Instituto Consciencia HumanaEstatuto Instituto Consciencia Humana
Estatuto Instituto Consciencia Humana
 
Filosofia aula 3 lógica
Filosofia   aula 3 lógicaFilosofia   aula 3 lógica
Filosofia aula 3 lógica
 
10 tipos de empreendedor inovador
10 tipos de empreendedor inovador10 tipos de empreendedor inovador
10 tipos de empreendedor inovador
 
12 culturas organizacionais
12 culturas organizacionais12 culturas organizacionais
12 culturas organizacionais
 
4° bimestre 3 anos globalização não hegemônica
4° bimestre 3 anos   globalização não hegemônica4° bimestre 3 anos   globalização não hegemônica
4° bimestre 3 anos globalização não hegemônica
 
Identidade cultural
Identidade culturalIdentidade cultural
Identidade cultural
 
4º bimestre 3º ano processos de globalização - globalização hegemônica
4º bimestre 3º ano   processos de globalização - globalização hegemônica4º bimestre 3º ano   processos de globalização - globalização hegemônica
4º bimestre 3º ano processos de globalização - globalização hegemônica
 
A revolução industrial
A revolução industrialA revolução industrial
A revolução industrial
 
Colonialismo introdução
Colonialismo introduçãoColonialismo introdução
Colonialismo introdução
 
Inclusão social
Inclusão socialInclusão social
Inclusão social
 
Setores sociais
Setores sociaisSetores sociais
Setores sociais
 
Aula preconceito
Aula preconceitoAula preconceito
Aula preconceito
 
Temas de Sociologia
Temas de SociologiaTemas de Sociologia
Temas de Sociologia
 
O contrato final
O contrato finalO contrato final
O contrato final
 
Código de defesa do consumidor
Código de defesa do consumidorCódigo de defesa do consumidor
Código de defesa do consumidor
 
Classes sociais
Classes sociaisClasses sociais
Classes sociais
 

Último

Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
deboracorrea21
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Mary Alvarenga
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
Sandra Pratas
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CristviaFerreira
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
felipescherner
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Mary Alvarenga
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 

Clássicos da sociologia

  • 2. Os Três Clássicos No século XIX, três pensadores desenvolveram teorias buscando explicar a sociedade capitalista: Karl Marx , Emile Durkheim e Max Weber. Estes três pensadores são denominados os clássicos da Sociologia.
  • 3. Estudos Objeto da Sociologia Método Emile Durkheim (1857 – 1917) Max Weber (1864 – 1920) Karl Marx (1818 – 1883) Classes Sociais Fato Social Ação Social Dialética Explicação Compreensão Social
  • 5. As Regras do Método Sociológico 1ªcontribuição As Regras do Método Sociológico Objeto Metodo Fato Social Explicação
  • 6. Fato Social “ Fato social é toda maneira de fazer, fixa ou não, suscetível de exercer sobre o indivíduo uma coação exterior; ou ainda, que é geral no conjunto de cada sociedade tendo ao mesmo tempo existência própria, independente de suas manifestações individuais.”
  • 7. Fato Social Fato social consiste em “maneiras coletivas de pensar, sentir e agir, exteriores ao indivíduo e dotadas de um poder de coerção em virtude do qual se lhe impõem”
  • 8. Processo do Fato Social CARACTERÍSTICAS DO FATO SOCIAL GENERALIDADE EXTERIORIDADE COERCITIVIDADE por ser coletivo e estar presente em toda a sociedade por se apresentar fora do individuo por exercer uma força sobre o individuo, obrigando-o a se conformar com as maneiras de pensar, sentir e agir
  • 9. O Método Sociológico Os fatos sociais devem ser tratados como coisas Regra fundamental
  • 10. O Método Sociológico A explicação científica exige que o pesquisador mantenha certa distância e neutralidade em relação ao fato a ser estudado. O sociólogo deve deixar de lado suas pré-noções, isto é, seus valores e sentimento pessoais. Não pode haver envolvimento afetivo ou interferência do sujeito em relação ao objeto. Neutralidade: deve descrever a realidade social sem deixar que suas ideias e opiniões interfiram na observação dos fatos sociais
  • 11. A Divisão do Trabalho Social 2ª contribuição A preocupação em estabelecer normas que justifiquem a manutenção da sociedade capitalista A Divisão do Trabalho Social
  • 12. A Divisão do Trabalho Social Em sua obra A Divisão do Trabalho Social, procura compreender as repercussões da divisão do trabalho e do aumento do individualismo na integração social.
  • 13. A Divisão do Trabalho Social Durkheim tenta entender o funcionamento da sociedade da mesma forma que a Biologia entende o funcionamento de um corpo. Cada indivíduo tem uma função a cumprir que é importante para o funcionamento de todo o corpo social.
  • 14. Solidariedade Social SOCIEDADE PRE-CAPITALISTA SOCIEDADE CAPITALISTA Tradicional Não diversificada Pré-industrial Semelhanças de funções: união Simples Pouca divisão do trabalho Solidariedade mecânica Moderna Diversificada Industrial Especialização de funções: dependência Complexa Muita divisão do trabalho Solidariedade orgânica Causa da coesão social : Solidariedade Causa da coesão social : Solidariedade
  • 15. Causas da Divisão Social do Trabalho As causa sociais do aumento da divisão do trabalho nas sociedade complexas decorre de uma combinação de fatores que envolvem : o volume populacional e a densidade natural e moral da população Causas do aumento da divisão do trabalho um aumento do volume da população uma maior aproximação dos membros da sociedade no espaço físico uma maior comunicação e interdependência dos indivíduos no espaço social
  • 16. A Solidariedade Orgânica Durkheim admite que a Solidariedade Orgânica é superior à Mecânica, pois ao se especializarem as funções , a individualidade de certo modo é ressaltada, permitindo maior liberdade de ação. Segundo Durkheim, o aumento da diferenciação social e das especializações é fruto de um processo de evolução das sociedades mais simples e tradicionais para as sociedades modernas.
  • 18. arnaldolemos@uol.com.br CONTEXTO HISTÓRICO FRANÇA ESTADO NACIONAL UNIFICADO DESENVOLVIMENTO CAPITALISTA CIÊNCIAS FÍSICAS E BIOLÓGICAS UNIVERSALIDADE POSITIVISMO CIÊNCIAS HUMANAS CIÊNCIAS NATURAIS DURKHEIM
  • 19. arnaldolemos@uol.com.br FRAGMENTAÇÃO POLÍTICA CAPITALISMO TARDIO CIÊNCIAS HUMANAS DIVERSIDADE ALEMANHA IDEALISMO CIÊNCIAS HUMANAS CIÊNCIAS NATURAIS WEBER
  • 20. arnaldolemos@uol.com.br DURKHEIM POSITIVISMO HISTORIA = PROCESSO UNIVERSAL GENERALIZAÇÃO – COMPARAÇÃO WEBER IDEALISMO HISTÓRIA = DIVERSIDADE DAS FORMAÇÕES SOCIAIS ESPECIFICIDADE
  • 21. arnaldolemos@uol.com.br OBJETO DA SOCIOLOGIA AÇÃO SOCIAL “A ação humana é social na medida em que, em função da significação subjetiva que o indivíduo que age lhe atribui, toma em consideração o comportamento dos outros e é por ele afetada no seu curso”.
  • 22. arnaldolemos@uol.com.br 2. OBJETO DA SOCIOLOGIA AÇÃO SOCIAL PRESENÇA DO OUTRO SIGNIFICADO SER AFETADA PELO OUTRO
  • 23. arnaldolemos@uol.com.br FUNÇÃO DA SOCIOLOGIA Investigar a ação social e ressaltar os elementos mais gerais de cada fase do processo histórico da sociedade
  • 24. arnaldolemos@uol.com.br WEBER A B AÇÃO SOCIAL : MOTIVAÇÃO, SENTIDO E VALORES RELAÇÃO SOCIAL : O SENTIDO TEM QUE SER COMPARTILHADO
  • 25. arnaldolemos@uol.com.br WEBER A B A ---- B A ---- B A ---- B A ---- B A ---- B A ---- B A ---- BA ---- B SOCIEDADE: UMA TOTALIDADE CONSTITUÍDA DE UMA MULTIPLICIDADE DE INTERAÇÕES SOCIAIS
  • 26. arnaldolemos@uol.com.br S O S O DURKHEIM WEBER A REALIDADE NUMA PERSPECTIVA OBJETIVA A REALIDADE NUMA PERSPECTIVA SUBJETIVA