SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 33
Baixar para ler offline
Ciência, tecnologia e relações
étnico-raciais
Vitor Vieira Vasconcelos
Ciência, Tecnologia e Sociedade
Universidade Federal do ABC
Outubro, 2021
Temas de CTS relacionados à
questões étnico-raciais
a) Impacto das ciências no racismo ao longo da
história
b) Superação de estereótipos e valorização da
diversidade
c) África e seus descendentes e o desenvolvimento
científico mundial
d) Ciências, mídia e relações étnico-raciais
e) Conhecimentos tradicionais de matriz africana e
afro-brasileira e Ciências
VERRANGIA, Douglas; SILVA, Petronilha Beatriz Gonçalves. Cidadania, relações étnico-raciais e
educação: desafios e potencialidades do ensino de Ciências. Educação e Pesquisa, v. 36, p.
705-718, 2010.
Iluminismo
• Iluminismo -> Capacidade humana de se
aperfeiçoar -> evolução
• Como explicar a desigualdade socio-racial no
mundo?
• Rousseau-> Bom selvagem
 Evolução social corrompe o ser humano
Darwinismo e racismo científico
• Conceitos como “competição”, “seleção do mais forte”,
“evolução” e “hereditariedade” aplicados à história social
• Correntes
 Evolucionistas (Monogenistas)
o humanidade una, mas em diferentes graus de perfeição (gradiente)
Raças mais antigas (primitivas) seriam “menos evoluídas
Hierarquia das raças em um “caminho civilizatório” (do mais simples ao
mais complexo)
o Solidariedade entre os povos, para auxiliar no aperfeiçoamento geral da
humanidade
o Jesuítas (todas as raças teriam uma alma humana), e a evolução vinha
pela conversão e educação cristã
o Corrente etnográfica
SCHWARCZ, Lilia M. O espetáculo das raças. Cientistas, Instituições e Questão racial no
Brasil 1870-1930. São Paulo: Companhia das letras, 1993.
Darwinismo e racismo científico
•Correntes
Darwinistas sociais (Poligenistas)
oSeparação das ramificações evolutivas de cada raça
(evolução biológica)
oRaças negras e amarelas seriam incivilizáveis
oEsterilidade dos híbridos raciais
oHibridização leva à degeneração (manutenção das
piores características)
oDiversidade racial em um país causaria
instabilidade política
SCHWARCZ, Lilia M. O espetáculo das raças. Cientistas, Instituições e Questão racial no
Brasil 1870-1930. São Paulo: Companhia das letras, 1993.
Racismo científico
• Frenologia, antropometria, cranologia técnica
 Relacionar geometria do crânio a características intelectuais e
éticas.
• Propensão ao crime como
característica racial hereditária.
• Justificação do imperialismo
 Raça europeia seria
mais forte e adaptada
SCHWARCZ, Lilia M. O espetáculo das raças. Cientistas, Instituições e Questão racial no Brasil 1870-1930. São Paulo: Companhia das letras, 1993.
https://www.prints-online.com/phrenology-lecture-576788.html
Teses dos teóricos das raças
1. Realidade (distanciamento) das raças
2. Continuidade entre características físicas e
morais: divisão de raças era uma divisão de
culturas
3. Doutrina psicológica coletiva
a) O grupo racial determina o indivíduo
b) Hostil ao livre-arbítrio individual
SCHWARCZ, Lilia M. O espetáculo das raças. Cientistas, Instituições e Questão racial no
Brasil 1870-1930. São Paulo: Companhia das letras, 1993.
Eugenia (Francis Galton – 1883)
•Hereditariedade é mais relevante que a
educação para a capacidade humana
•Privilegiar tipos puros raciais
•Evitar filhos de indivíduos degenerados
(criminosos, alcoólatras, deficientes) ->
aprimoramento racial
Galton, Francis (1973) [1883]. Inquiries into human faculty and its development. Nova Iorque: AMS Press
Museus etnográficos
• Interpretação biológica das raças
• Evolucionismo social
• Documentação de povos primitivos, como etapas
atrasadas da humanidade.
Museu Nacional - UFRJ
Institutos histórico geográficos
• Historiografia justificando as hierarquias sociais e
raciais no Brasil
• Predomínio do discurso evolucionista aos indígenas
• Impossibilidade de civilidade aos negros, mas possível
evolução pela mestiçagem (branqueamento)
Instituto Histórico-Geográfico Brasileiro https://www.ihgb.org.br/ihgb/historico.html
Política do branqueamento
nacional
•Censos mostravam crescimento dos
mestiços e da influência hereditária
negra
•Políticas atração de migrantes da
Europa e oriente médio
•Posições divergentes em relação aos
asiáticos
SCHWARCZ, Lilia M. O espetáculo das raças. Cientistas, Instituições e Questão racial no
Brasil 1870-1930. São Paulo: Companhia das letras, 1993.
Política do
branqueamento
nacional
A Redenção de Cam
(1895): avó negra, mãe
mulata, esposo e filho
brancos. Pintura de
Modesto Brocos y
Gomes.
Diferentes períodos do racismo
científico
• 1870 – Teses acadêmicas raciais influentes na
vida cotidiana brasileira
 Mas não nas leis brasileiras
 Pouco influente nos ambientes acadêmicos
europeus e americanos
• 1930 – Teses acadêmicas raciais influentes nas
políticas alemãs e americanas
 Mas não mais no ambiente acadêmico do Brasil
 Ainda presente nas relações intimistas
SCHWARCZ, Lilia M. O espetáculo das raças. Cientistas, Instituições e Questão racial no
Brasil 1870-1930. São Paulo: Companhia das letras, 1993.
Gilberto Freyre
• “Casa Grande e Senzala” (1933) e “Sobrados e
Mucambos” (1936)
 Miscigenação levaria a menor intensidade do
racismo e xenofobia no Brasil, se comparado aos
Estados Unidos, África do Sul, Australia e Europa.
 Ascenção dos negros no Brasil por miscigenação e
iniciativa individual, e não por lutas coletivas
• Críticas a Gilberto Freyre
 Racismo ainda persistiria de forma velada nas
relações cotidianas
 Dificuldade de negros ascenderem socialmente
 Negros tentando se tornarem de “alma branca” em
vez de valorizarem sua cultura africana
Freyre, G. (2019) [1933]. Casa-grande & senzala. Global Editora e Distribuidora Ltda.
FREYRE, Gilberto. Sobrados e mucambos. Global Editora e Distribuidora Ltda, 2015 [1936].
JUNIOR, Henrique Cunha. Críticas ao pensamento das senzalas e casa grande. Revista espaço acadêmico, v. 13, n. 150, p. 84-100, 2013.
Medeiros, Leíticia (2020). DNA do Brasil: Pesquisa aponta miscigenação oriunda de estupro
de mulheres negras e indígenas. Ocorre Diário.
https://ocorrediario.com/dna-do-brasil-pesquisa-aponta-miscigenacao-oriunda-de-estupro-de-mulheres-negras-e-indigenas/
Medeiros, Leíticia (2020). DNA do Brasil: Pesquisa aponta miscigenação oriunda de estupro de mulheres negras e
indígenas. Ocorre Diário.
https://ocorrediario.com/dna-do-brasil-pesquisa-aponta-miscigenacao-oriunda-de-estupro-de-mulheres-negras-e-indigenas/
Comparação
Região metropolitana
de São Paulo
• Segregação mais por
renda que por
raça/etnia
• Pretos, pardos e brancos
convivendo nos bairros
pobres
• Quase só brancos nos
bairros ricos
Região metropolitana
de Londres
• Segregação mais por
etnia que por renda
• Ingleses mais isolados
das outras etnias
• Famílias da mesma etnia
com faixas de renda
diferente vivendo
próximas
Barros, J. and Feitosa, F.F., 2018. Uneven geographies: Exploring the sensitivity of
spatial indices of residential segregation. Environment and Planning B: Urban
Analytics and City Science, 45(6), pp.1073-1089.
Debate
Em 2007, diversas reportagens divulgaram
pesquisas de mapeamento genético
mostrando a elevada miscigenação dos
brasileiros, como uma forma de crítica às
propostas de instalação de cotas raciais nas
universidades brasileiras.
Posicione-se em relação a este argumento,
incluindo a reflexão sobre a legitimidade ou
não do estatuto de cotas e dos desafios para
sua implementação.
Sociodiversidade e
Multiculturalismo
• Diversidade de grupos étnico-raciais seria benéfica para
a sociedade
 Riqueza cultural
 Diálogo entre perspectivas e visões de mundo
• Necessidade de tolerância e inclusão étnico-racial
Educação das relações étnico-raciais
Aprendizagens entre distintos grupos étnico-
raciais, trocas de conhecimentos, quebra de
desconfianças, projeto conjunto para
construção de uma sociedade, justa, igual,
equânime
Parecer CNE/CP 003/2004 (Brasil, 2004), que estabeleceu as diretrizes para o
cumprimento da Lei Federal n. 10.639, de 2003, que inclui a obrigatoriedade da
temática "História e Cultura Afro-Brasileira“ na rede de ensino.
https://educa.ibge.gov.br/jovens/conheca-o-brasil/populacao/18319-cor-ou-raca.html
Negros
https://www.generonumero.media/menos-de-3-entre-docentes-doutoras-negras-desafiam-racismo-na-academia/
0,4%
2,6%
O corpo do cientista
O cientista homem e branco como padrão.
Barreiras aos corpos diferentes.
Compartilhamento dos benefícios do
conhecimento sobre biodiversidade
• Acesso ao conhecimento tradicional sobre
biodiversidade (por exemplo: tribos e quilombos)
auxilia pesquisa sobre:
 Fármacos
 Sementes
 Espécies de animais de criação
• Direito de compartilhamento dos lucros com as
comunidades originais
 Convenção da diversidade biológica (1992)
 Inciso II do § 1º e o § 4º do art. 225 da Constituição Federal
de 1988
 Lei Federal nº 13123, de 2015
África como disseminadora de
conhecimentos técnico-científicos
• Grécia antiga enviava cidadãos para estudar no
Egito (ex: Pitágoras, Platão, Demócritus)
• Referências de conhecimento de origem africana:
 medicina, matemática,
metalurgia, química e tecnologia
egípcia;
 astronomia Dogon;
 metalurgia e conhecimentos sobre
química da Núbia;
 conhecimentos sobre cirurgia,
imunização e obstetrícia dos
povos Banyoro;
VERRANGIA, Douglas; SILVA, Petronilha Beatriz Gonçalves. Cidadania, relações étnico-raciais e educação:
desafios e potencialidades do ensino de Ciências. Educação e Pesquisa, v. 36, p. 705-718, 2010.
Egito
Núbia
Dogon
Banyoro
Tecnologia africana na formação
Brasileira
• Escravos não eram apena força bruta de trabalho, mas
traziam seus conhecimentos técnicos da África
• Exemplos
 Técnicas agrícolas
 Marcenaria
 Sapataria
 Produção têxtil
 Construção civil
 Técnicas de pesca e
navegação
 Mineração
 Metalurgia e ourivesaria
 Farmacologia
CUNHA JUNIOR, Henrique. Tecnologia africana na formação brasileira. Rio de Janeiro: CEAP,
2010.
Sapateiros escravos. De Debret2, MC Karasch.
Disciplina de Afro-matemática
(UFABC)
• Disciplina obrigatória do curso de licenciatura
em Matemática
• Valorização do conhecimento matemático
produzido por negros
• Jogos matemáticos e de raciocínio lógico
provenientes da cultura africana
Utilização de africanos e
afrodescendentes em pesquisas
científicas, principalmente no campo
da medicina
WASHINGTON, H. A. Medical apartheid: the dark history of medical experimentation on black americans
from colonial times to the present. New York: Harley Moon, 2006.
Tuskegee project (1932)
Negros foram informados que estavam sendo tratados de Syphilis,
mas estavam recebendo placebo
Racismo ambiental
• Distribuição desigual do acesso aos recursos
naturais e a exposição excessiva à poluição
ambiental das populações afrodescendentes e
indígenas
LESTER, J.; ALLEN, D.; HILL, K. Environmental injustice in the U.S.: myths and realities. Oxford: Westview
Press, 2001.
Protesto étnico-racial contra indústrias em Chicago – EUA (2021)
https://www.theguardian.com/us-news/2021/feb/14/toxic-plant-chicago-minority-neighborhood-hunger-strike
Efeitos das mudanças climáticas nas
populações étnicas marginalizadas
MITCHEL, J. A. If the sun people die: climate change and the retention of african traditional spirituality:
uncovering connections. In: CULTURAL ENDURANCE BETWEEN AFRICA, THE AMERICAS AND THE
CARIBBEAN CONFERENCE. 9th, New York: Medgar Evers College – CUNY, 2008. p. 21
• Desertificação e seca em terras indígenas
• Elevação do nível do mar em comunidades litorâneas
• Comunidades étnicas pobres possuem menor capacidade
de se adaptar às mudanças climáticas
Racismo Algorítmico
• “sistema de práticas contra pessoas racializadas que
privilegiam e mantêm poder político, econômico e
cultural para os brancos no espaço digital”
• Algoritmos de redes sociais reforçam ou ocultam
dinâmicas racistas
• Regras de algoritmos criadas por homens brancos do
Vale do Silício -> refletem seus valores
• Viralização de discursos de ódio
• Hipersexualização das relações étnico-raciais
• Anonimato garante impunidade
• Valorização de soluções de “branqueamento”
 Cosméticos e tratamentos de beleza
SILVA, Tarcizio. Racismo Algorítmico em Plataformas Digitais: microagressões e discriminação em código.
COMUNIDADES, ALGORITMOS E ATIVISMOS DIGITAIS, p. 121, 2019.
TYNES, Brendesha M. et al. From racial microaggressions to hate crimes: A model of online racism based on the lived
experiences of adolescents of color. Microaggression Theory: Influence and Implications, p. 194-212, 2018.
Big Data e Big Deviance
• Algoritmos de inteligência artificial incorporam
visão de mundo dos desenvolvedores (homens
brancos) e prejudicam indivíduos de grupos
étnico-raciais marginalizados:
 Análise de risco de empréstimo
em bancos
 Empresas de seguros
 Suspeita de crimes
 Filtro de
candidatos a
emprego
BIRHANE, Abeba. Colonização digital da África. Em:Comunidades, algoritmos e ativismos digitais, 2019.
Tema para reflexão
O que poderia ser feito para aprimorar a
relação entre identidades étnico-raciais e
o desenvolvimento científico e
tecnológico?
Dúvidas?
Comentários?
Obrigado!
Vitor Vieira Vasconcelos
vitor.v.v@gmail.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Antropologia e Educação
Antropologia e EducaçãoAntropologia e Educação
Antropologia e Educação
Clarim Natal
 
Gênero e Diversidade na Escola
Gênero e Diversidade na Escola Gênero e Diversidade na Escola
Gênero e Diversidade na Escola
guest635ad82
 
Fases da implantação da sociologia no brasil
Fases da implantação da sociologia no brasilFases da implantação da sociologia no brasil
Fases da implantação da sociologia no brasil
João Marcos Lima Garcia
 
Educação da Relações Étnico-Raciais - Apresentação Deborah Moema
Educação da Relações Étnico-Raciais -  Apresentação Deborah MoemaEducação da Relações Étnico-Raciais -  Apresentação Deborah Moema
Educação da Relações Étnico-Raciais - Apresentação Deborah Moema
coordenacaodiversidade
 

Mais procurados (20)

Educação para as Relações Étnico-Raciais
Educação para as Relações Étnico-RaciaisEducação para as Relações Étnico-Raciais
Educação para as Relações Étnico-Raciais
 
Politicas públicas de ações afirmativas e cotas raciais
Politicas públicas de ações afirmativas e cotas raciaisPoliticas públicas de ações afirmativas e cotas raciais
Politicas públicas de ações afirmativas e cotas raciais
 
Conceito e origem da antropologia
Conceito e origem da antropologiaConceito e origem da antropologia
Conceito e origem da antropologia
 
Relações étnico raciais
Relações étnico raciaisRelações étnico raciais
Relações étnico raciais
 
Antropologia e Educação
Antropologia e EducaçãoAntropologia e Educação
Antropologia e Educação
 
Biopolitica a necropolitica
Biopolitica a necropoliticaBiopolitica a necropolitica
Biopolitica a necropolitica
 
Power Point "Racismo e Desigualdades Raciais no Brasil"
Power Point "Racismo e Desigualdades Raciais no Brasil"Power Point "Racismo e Desigualdades Raciais no Brasil"
Power Point "Racismo e Desigualdades Raciais no Brasil"
 
Politica de cotas
Politica de cotasPolitica de cotas
Politica de cotas
 
Racismo no Brasil
Racismo no BrasilRacismo no Brasil
Racismo no Brasil
 
Políticas Públicas da Educação
Políticas Públicas da EducaçãoPolíticas Públicas da Educação
Políticas Públicas da Educação
 
Estrutura do Sistema Educacional Brasileiro
Estrutura do Sistema Educacional BrasileiroEstrutura do Sistema Educacional Brasileiro
Estrutura do Sistema Educacional Brasileiro
 
10. o-papel-do-professor-na-educação-inclusiva
10. o-papel-do-professor-na-educação-inclusiva10. o-papel-do-professor-na-educação-inclusiva
10. o-papel-do-professor-na-educação-inclusiva
 
Gênero e Diversidade na Escola
Gênero e Diversidade na Escola Gênero e Diversidade na Escola
Gênero e Diversidade na Escola
 
Preconceito e Intolerância
Preconceito e IntolerânciaPreconceito e Intolerância
Preconceito e Intolerância
 
Fases da implantação da sociologia no brasil
Fases da implantação da sociologia no brasilFases da implantação da sociologia no brasil
Fases da implantação da sociologia no brasil
 
Consciencia negra
Consciencia negraConsciencia negra
Consciencia negra
 
Educacao e diversidade
Educacao e diversidadeEducacao e diversidade
Educacao e diversidade
 
Educação da Relações Étnico-Raciais - Apresentação Deborah Moema
Educação da Relações Étnico-Raciais -  Apresentação Deborah MoemaEducação da Relações Étnico-Raciais -  Apresentação Deborah Moema
Educação da Relações Étnico-Raciais - Apresentação Deborah Moema
 
Diversidade etnica
Diversidade etnicaDiversidade etnica
Diversidade etnica
 
A questão de Raça e Etnia
A questão de Raça e EtniaA questão de Raça e Etnia
A questão de Raça e Etnia
 

Semelhante a Ciência, tecnologia e relações étnico-raciais

Orientação técnica temas transversais set.2012
Orientação técnica temas transversais set.2012Orientação técnica temas transversais set.2012
Orientação técnica temas transversais set.2012
Erica Frau
 
apresentacaomoduloii-aula_i_-_racismo,_discriminacao_e_preconceito.ppt
apresentacaomoduloii-aula_i_-_racismo,_discriminacao_e_preconceito.pptapresentacaomoduloii-aula_i_-_racismo,_discriminacao_e_preconceito.ppt
apresentacaomoduloii-aula_i_-_racismo,_discriminacao_e_preconceito.ppt
laerciojunior26
 
Educar Para A Diversidade SimpóSio Paraná (2)
Educar Para A Diversidade   SimpóSio Paraná (2)Educar Para A Diversidade   SimpóSio Paraná (2)
Educar Para A Diversidade SimpóSio Paraná (2)
culturaafro
 
Gt4 as diferenças culturais e a educação na (re) construção da identidade ét...
Gt4  as diferenças culturais e a educação na (re) construção da identidade ét...Gt4  as diferenças culturais e a educação na (re) construção da identidade ét...
Gt4 as diferenças culturais e a educação na (re) construção da identidade ét...
Andrea Cortelazzi
 

Semelhante a Ciência, tecnologia e relações étnico-raciais (20)

Orientação técnica temas transversais set.2012
Orientação técnica temas transversais set.2012Orientação técnica temas transversais set.2012
Orientação técnica temas transversais set.2012
 
A ciência tem cor
A ciência tem corA ciência tem cor
A ciência tem cor
 
8º ANO- SEGREGAÇÃO RACIAL.pptx
8º ANO- SEGREGAÇÃO RACIAL.pptx8º ANO- SEGREGAÇÃO RACIAL.pptx
8º ANO- SEGREGAÇÃO RACIAL.pptx
 
Racismo, discriminacao e_preconceito
Racismo, discriminacao e_preconceitoRacismo, discriminacao e_preconceito
Racismo, discriminacao e_preconceito
 
Oficina sobre Racismo e Cotas Raciais
Oficina sobre Racismo e Cotas RaciaisOficina sobre Racismo e Cotas Raciais
Oficina sobre Racismo e Cotas Raciais
 
apresentacaomoduloii-aula_i_-_racismo,_discriminacao_e_preconceito.ppt
apresentacaomoduloii-aula_i_-_racismo,_discriminacao_e_preconceito.pptapresentacaomoduloii-aula_i_-_racismo,_discriminacao_e_preconceito.ppt
apresentacaomoduloii-aula_i_-_racismo,_discriminacao_e_preconceito.ppt
 
racismodisriminacaoepreconceito- prof. me. michaelmarques.pptx
racismodisriminacaoepreconceito- prof. me. michaelmarques.pptxracismodisriminacaoepreconceito- prof. me. michaelmarques.pptx
racismodisriminacaoepreconceito- prof. me. michaelmarques.pptx
 
Racismo para debate e reflexão
Racismo para debate e reflexãoRacismo para debate e reflexão
Racismo para debate e reflexão
 
Educar Para A Diversidade SimpóSio Paraná (2)
Educar Para A Diversidade   SimpóSio Paraná (2)Educar Para A Diversidade   SimpóSio Paraná (2)
Educar Para A Diversidade SimpóSio Paraná (2)
 
Racismo no brasil
Racismo no brasilRacismo no brasil
Racismo no brasil
 
Projeto - Racismo e Preconceito
Projeto - Racismo e PreconceitoProjeto - Racismo e Preconceito
Projeto - Racismo e Preconceito
 
Gt4 as diferenças culturais e a educação na (re) construção da identidade ét...
Gt4  as diferenças culturais e a educação na (re) construção da identidade ét...Gt4  as diferenças culturais e a educação na (re) construção da identidade ét...
Gt4 as diferenças culturais e a educação na (re) construção da identidade ét...
 
Desigualdade como legado da escravidão no brasil
Desigualdade como legado da escravidão no brasilDesigualdade como legado da escravidão no brasil
Desigualdade como legado da escravidão no brasil
 
Letramento Racial e Educação Antirracista.pptx
Letramento Racial e Educação Antirracista.pptxLetramento Racial e Educação Antirracista.pptx
Letramento Racial e Educação Antirracista.pptx
 
Resenha: Aprender, ensinar e relações étnico-raciais no Brasil
Resenha: Aprender, ensinar e relações étnico-raciais no BrasilResenha: Aprender, ensinar e relações étnico-raciais no Brasil
Resenha: Aprender, ensinar e relações étnico-raciais no Brasil
 
Indice Biblioteca Digital
Indice Biblioteca DigitalIndice Biblioteca Digital
Indice Biblioteca Digital
 
Apresentação Raça, Etnicidade, Xenofobia e Migração
Apresentação Raça, Etnicidade, Xenofobia e MigraçãoApresentação Raça, Etnicidade, Xenofobia e Migração
Apresentação Raça, Etnicidade, Xenofobia e Migração
 
RACISMO1.pptx
RACISMO1.pptxRACISMO1.pptx
RACISMO1.pptx
 
Racismo
RacismoRacismo
Racismo
 
Pequeno Manual antirracista.pdf
Pequeno Manual antirracista.pdfPequeno Manual antirracista.pdf
Pequeno Manual antirracista.pdf
 

Mais de Vitor Vieira Vasconcelos

Mais de Vitor Vieira Vasconcelos (20)

Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoDados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
 
Geocodificação de endereços, roteirização e geotagging no QGis
Geocodificação de endereços, roteirização e geotagging no QGisGeocodificação de endereços, roteirização e geotagging no QGis
Geocodificação de endereços, roteirização e geotagging no QGis
 
Acesso e aquisição de bases de imagens de satélite gratuitas
Acesso e aquisição de bases de imagens de satélite gratuitasAcesso e aquisição de bases de imagens de satélite gratuitas
Acesso e aquisição de bases de imagens de satélite gratuitas
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 
Integração entre Biodiversidade, Geodiversidade e Paisagem - Estudos de Caso ...
Integração entre Biodiversidade, Geodiversidade e Paisagem - Estudos de Caso ...Integração entre Biodiversidade, Geodiversidade e Paisagem - Estudos de Caso ...
Integração entre Biodiversidade, Geodiversidade e Paisagem - Estudos de Caso ...
 
Sensoriamento remoto - Introdução - 2024
Sensoriamento remoto - Introdução - 2024Sensoriamento remoto - Introdução - 2024
Sensoriamento remoto - Introdução - 2024
 
Anáise espacial baseada em distância - Prática no QGis - 2024
Anáise espacial baseada em distância - Prática no QGis  - 2024Anáise espacial baseada em distância - Prática no QGis  - 2024
Anáise espacial baseada em distância - Prática no QGis - 2024
 
Análise Espacial baseada em Localização - Prática no QGis - 2024
Análise Espacial baseada em Localização - Prática no QGis - 2024Análise Espacial baseada em Localização - Prática no QGis - 2024
Análise Espacial baseada em Localização - Prática no QGis - 2024
 
Escalas, Resolução: Conceitos e aplicações
Escalas, Resolução: Conceitos e aplicaçõesEscalas, Resolução: Conceitos e aplicações
Escalas, Resolução: Conceitos e aplicações
 
Sistemas de Coordenadas e Projeções Cartográficas
Sistemas de Coordenadas e Projeções CartográficasSistemas de Coordenadas e Projeções Cartográficas
Sistemas de Coordenadas e Projeções Cartográficas
 
Atividade prática - Introdução ao QGis - parte 2
Atividade prática - Introdução ao QGis - parte 2Atividade prática - Introdução ao QGis - parte 2
Atividade prática - Introdução ao QGis - parte 2
 
Atividade prática - Introdução ao QGis, parte 1
Atividade prática - Introdução ao QGis, parte 1Atividade prática - Introdução ao QGis, parte 1
Atividade prática - Introdução ao QGis, parte 1
 
Introdução à Cartografia e Geoprocessamento - Conceitos Básicos
Introdução à Cartografia e Geoprocessamento - Conceitos  BásicosIntrodução à Cartografia e Geoprocessamento - Conceitos  Básicos
Introdução à Cartografia e Geoprocessamento - Conceitos Básicos
 
Representação Computacional do Espaço (Geoprocessamento)
Representação Computacional do Espaço (Geoprocessamento)Representação Computacional do Espaço (Geoprocessamento)
Representação Computacional do Espaço (Geoprocessamento)
 
Relações entre espécies e características ambientais - Prática de modelagem d...
Relações entre espécies e características ambientais - Prática de modelagem d...Relações entre espécies e características ambientais - Prática de modelagem d...
Relações entre espécies e características ambientais - Prática de modelagem d...
 
Planejamento Sistemático de Conservação - Prática com o Marxan
Planejamento Sistemático de Conservação - Prática com o MarxanPlanejamento Sistemático de Conservação - Prática com o Marxan
Planejamento Sistemático de Conservação - Prática com o Marxan
 
Atividade prática de Biodiversidade e Agrodiversidade no R
Atividade prática de Biodiversidade e Agrodiversidade no RAtividade prática de Biodiversidade e Agrodiversidade no R
Atividade prática de Biodiversidade e Agrodiversidade no R
 
Diversidade - Biodiversidade, Agrodiversidade, Sociodiversidade, Geodiversidade
Diversidade - Biodiversidade, Agrodiversidade, Sociodiversidade, GeodiversidadeDiversidade - Biodiversidade, Agrodiversidade, Sociodiversidade, Geodiversidade
Diversidade - Biodiversidade, Agrodiversidade, Sociodiversidade, Geodiversidade
 
Geotecnologias avançadas - Estudos de Caso
Geotecnologias avançadas - Estudos de CasoGeotecnologias avançadas - Estudos de Caso
Geotecnologias avançadas - Estudos de Caso
 
Geotecnologias e cartografia social
Geotecnologias e cartografia socialGeotecnologias e cartografia social
Geotecnologias e cartografia social
 

Último

Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Kelly Mendes
 
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
GisellySobral
 
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
GisellySobral
 

Último (20)

Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja
 
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptAs teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
 
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
 
662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
 
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
 
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasPeça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
 
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
 

Ciência, tecnologia e relações étnico-raciais

  • 1. Ciência, tecnologia e relações étnico-raciais Vitor Vieira Vasconcelos Ciência, Tecnologia e Sociedade Universidade Federal do ABC Outubro, 2021
  • 2. Temas de CTS relacionados à questões étnico-raciais a) Impacto das ciências no racismo ao longo da história b) Superação de estereótipos e valorização da diversidade c) África e seus descendentes e o desenvolvimento científico mundial d) Ciências, mídia e relações étnico-raciais e) Conhecimentos tradicionais de matriz africana e afro-brasileira e Ciências VERRANGIA, Douglas; SILVA, Petronilha Beatriz Gonçalves. Cidadania, relações étnico-raciais e educação: desafios e potencialidades do ensino de Ciências. Educação e Pesquisa, v. 36, p. 705-718, 2010.
  • 3. Iluminismo • Iluminismo -> Capacidade humana de se aperfeiçoar -> evolução • Como explicar a desigualdade socio-racial no mundo? • Rousseau-> Bom selvagem  Evolução social corrompe o ser humano
  • 4. Darwinismo e racismo científico • Conceitos como “competição”, “seleção do mais forte”, “evolução” e “hereditariedade” aplicados à história social • Correntes  Evolucionistas (Monogenistas) o humanidade una, mas em diferentes graus de perfeição (gradiente) Raças mais antigas (primitivas) seriam “menos evoluídas Hierarquia das raças em um “caminho civilizatório” (do mais simples ao mais complexo) o Solidariedade entre os povos, para auxiliar no aperfeiçoamento geral da humanidade o Jesuítas (todas as raças teriam uma alma humana), e a evolução vinha pela conversão e educação cristã o Corrente etnográfica SCHWARCZ, Lilia M. O espetáculo das raças. Cientistas, Instituições e Questão racial no Brasil 1870-1930. São Paulo: Companhia das letras, 1993.
  • 5. Darwinismo e racismo científico •Correntes Darwinistas sociais (Poligenistas) oSeparação das ramificações evolutivas de cada raça (evolução biológica) oRaças negras e amarelas seriam incivilizáveis oEsterilidade dos híbridos raciais oHibridização leva à degeneração (manutenção das piores características) oDiversidade racial em um país causaria instabilidade política SCHWARCZ, Lilia M. O espetáculo das raças. Cientistas, Instituições e Questão racial no Brasil 1870-1930. São Paulo: Companhia das letras, 1993.
  • 6. Racismo científico • Frenologia, antropometria, cranologia técnica  Relacionar geometria do crânio a características intelectuais e éticas. • Propensão ao crime como característica racial hereditária. • Justificação do imperialismo  Raça europeia seria mais forte e adaptada SCHWARCZ, Lilia M. O espetáculo das raças. Cientistas, Instituições e Questão racial no Brasil 1870-1930. São Paulo: Companhia das letras, 1993. https://www.prints-online.com/phrenology-lecture-576788.html
  • 7. Teses dos teóricos das raças 1. Realidade (distanciamento) das raças 2. Continuidade entre características físicas e morais: divisão de raças era uma divisão de culturas 3. Doutrina psicológica coletiva a) O grupo racial determina o indivíduo b) Hostil ao livre-arbítrio individual SCHWARCZ, Lilia M. O espetáculo das raças. Cientistas, Instituições e Questão racial no Brasil 1870-1930. São Paulo: Companhia das letras, 1993.
  • 8. Eugenia (Francis Galton – 1883) •Hereditariedade é mais relevante que a educação para a capacidade humana •Privilegiar tipos puros raciais •Evitar filhos de indivíduos degenerados (criminosos, alcoólatras, deficientes) -> aprimoramento racial Galton, Francis (1973) [1883]. Inquiries into human faculty and its development. Nova Iorque: AMS Press
  • 9. Museus etnográficos • Interpretação biológica das raças • Evolucionismo social • Documentação de povos primitivos, como etapas atrasadas da humanidade. Museu Nacional - UFRJ
  • 10. Institutos histórico geográficos • Historiografia justificando as hierarquias sociais e raciais no Brasil • Predomínio do discurso evolucionista aos indígenas • Impossibilidade de civilidade aos negros, mas possível evolução pela mestiçagem (branqueamento) Instituto Histórico-Geográfico Brasileiro https://www.ihgb.org.br/ihgb/historico.html
  • 11. Política do branqueamento nacional •Censos mostravam crescimento dos mestiços e da influência hereditária negra •Políticas atração de migrantes da Europa e oriente médio •Posições divergentes em relação aos asiáticos SCHWARCZ, Lilia M. O espetáculo das raças. Cientistas, Instituições e Questão racial no Brasil 1870-1930. São Paulo: Companhia das letras, 1993.
  • 12. Política do branqueamento nacional A Redenção de Cam (1895): avó negra, mãe mulata, esposo e filho brancos. Pintura de Modesto Brocos y Gomes.
  • 13. Diferentes períodos do racismo científico • 1870 – Teses acadêmicas raciais influentes na vida cotidiana brasileira  Mas não nas leis brasileiras  Pouco influente nos ambientes acadêmicos europeus e americanos • 1930 – Teses acadêmicas raciais influentes nas políticas alemãs e americanas  Mas não mais no ambiente acadêmico do Brasil  Ainda presente nas relações intimistas SCHWARCZ, Lilia M. O espetáculo das raças. Cientistas, Instituições e Questão racial no Brasil 1870-1930. São Paulo: Companhia das letras, 1993.
  • 14. Gilberto Freyre • “Casa Grande e Senzala” (1933) e “Sobrados e Mucambos” (1936)  Miscigenação levaria a menor intensidade do racismo e xenofobia no Brasil, se comparado aos Estados Unidos, África do Sul, Australia e Europa.  Ascenção dos negros no Brasil por miscigenação e iniciativa individual, e não por lutas coletivas • Críticas a Gilberto Freyre  Racismo ainda persistiria de forma velada nas relações cotidianas  Dificuldade de negros ascenderem socialmente  Negros tentando se tornarem de “alma branca” em vez de valorizarem sua cultura africana Freyre, G. (2019) [1933]. Casa-grande & senzala. Global Editora e Distribuidora Ltda. FREYRE, Gilberto. Sobrados e mucambos. Global Editora e Distribuidora Ltda, 2015 [1936]. JUNIOR, Henrique Cunha. Críticas ao pensamento das senzalas e casa grande. Revista espaço acadêmico, v. 13, n. 150, p. 84-100, 2013.
  • 15. Medeiros, Leíticia (2020). DNA do Brasil: Pesquisa aponta miscigenação oriunda de estupro de mulheres negras e indígenas. Ocorre Diário. https://ocorrediario.com/dna-do-brasil-pesquisa-aponta-miscigenacao-oriunda-de-estupro-de-mulheres-negras-e-indigenas/
  • 16. Medeiros, Leíticia (2020). DNA do Brasil: Pesquisa aponta miscigenação oriunda de estupro de mulheres negras e indígenas. Ocorre Diário. https://ocorrediario.com/dna-do-brasil-pesquisa-aponta-miscigenacao-oriunda-de-estupro-de-mulheres-negras-e-indigenas/
  • 17. Comparação Região metropolitana de São Paulo • Segregação mais por renda que por raça/etnia • Pretos, pardos e brancos convivendo nos bairros pobres • Quase só brancos nos bairros ricos Região metropolitana de Londres • Segregação mais por etnia que por renda • Ingleses mais isolados das outras etnias • Famílias da mesma etnia com faixas de renda diferente vivendo próximas Barros, J. and Feitosa, F.F., 2018. Uneven geographies: Exploring the sensitivity of spatial indices of residential segregation. Environment and Planning B: Urban Analytics and City Science, 45(6), pp.1073-1089.
  • 18. Debate Em 2007, diversas reportagens divulgaram pesquisas de mapeamento genético mostrando a elevada miscigenação dos brasileiros, como uma forma de crítica às propostas de instalação de cotas raciais nas universidades brasileiras. Posicione-se em relação a este argumento, incluindo a reflexão sobre a legitimidade ou não do estatuto de cotas e dos desafios para sua implementação.
  • 19. Sociodiversidade e Multiculturalismo • Diversidade de grupos étnico-raciais seria benéfica para a sociedade  Riqueza cultural  Diálogo entre perspectivas e visões de mundo • Necessidade de tolerância e inclusão étnico-racial
  • 20. Educação das relações étnico-raciais Aprendizagens entre distintos grupos étnico- raciais, trocas de conhecimentos, quebra de desconfianças, projeto conjunto para construção de uma sociedade, justa, igual, equânime Parecer CNE/CP 003/2004 (Brasil, 2004), que estabeleceu as diretrizes para o cumprimento da Lei Federal n. 10.639, de 2003, que inclui a obrigatoriedade da temática "História e Cultura Afro-Brasileira“ na rede de ensino.
  • 22. https://www.generonumero.media/menos-de-3-entre-docentes-doutoras-negras-desafiam-racismo-na-academia/ 0,4% 2,6% O corpo do cientista O cientista homem e branco como padrão. Barreiras aos corpos diferentes.
  • 23. Compartilhamento dos benefícios do conhecimento sobre biodiversidade • Acesso ao conhecimento tradicional sobre biodiversidade (por exemplo: tribos e quilombos) auxilia pesquisa sobre:  Fármacos  Sementes  Espécies de animais de criação • Direito de compartilhamento dos lucros com as comunidades originais  Convenção da diversidade biológica (1992)  Inciso II do § 1º e o § 4º do art. 225 da Constituição Federal de 1988  Lei Federal nº 13123, de 2015
  • 24. África como disseminadora de conhecimentos técnico-científicos • Grécia antiga enviava cidadãos para estudar no Egito (ex: Pitágoras, Platão, Demócritus) • Referências de conhecimento de origem africana:  medicina, matemática, metalurgia, química e tecnologia egípcia;  astronomia Dogon;  metalurgia e conhecimentos sobre química da Núbia;  conhecimentos sobre cirurgia, imunização e obstetrícia dos povos Banyoro; VERRANGIA, Douglas; SILVA, Petronilha Beatriz Gonçalves. Cidadania, relações étnico-raciais e educação: desafios e potencialidades do ensino de Ciências. Educação e Pesquisa, v. 36, p. 705-718, 2010. Egito Núbia Dogon Banyoro
  • 25. Tecnologia africana na formação Brasileira • Escravos não eram apena força bruta de trabalho, mas traziam seus conhecimentos técnicos da África • Exemplos  Técnicas agrícolas  Marcenaria  Sapataria  Produção têxtil  Construção civil  Técnicas de pesca e navegação  Mineração  Metalurgia e ourivesaria  Farmacologia CUNHA JUNIOR, Henrique. Tecnologia africana na formação brasileira. Rio de Janeiro: CEAP, 2010. Sapateiros escravos. De Debret2, MC Karasch.
  • 26. Disciplina de Afro-matemática (UFABC) • Disciplina obrigatória do curso de licenciatura em Matemática • Valorização do conhecimento matemático produzido por negros • Jogos matemáticos e de raciocínio lógico provenientes da cultura africana
  • 27. Utilização de africanos e afrodescendentes em pesquisas científicas, principalmente no campo da medicina WASHINGTON, H. A. Medical apartheid: the dark history of medical experimentation on black americans from colonial times to the present. New York: Harley Moon, 2006. Tuskegee project (1932) Negros foram informados que estavam sendo tratados de Syphilis, mas estavam recebendo placebo
  • 28. Racismo ambiental • Distribuição desigual do acesso aos recursos naturais e a exposição excessiva à poluição ambiental das populações afrodescendentes e indígenas LESTER, J.; ALLEN, D.; HILL, K. Environmental injustice in the U.S.: myths and realities. Oxford: Westview Press, 2001. Protesto étnico-racial contra indústrias em Chicago – EUA (2021) https://www.theguardian.com/us-news/2021/feb/14/toxic-plant-chicago-minority-neighborhood-hunger-strike
  • 29. Efeitos das mudanças climáticas nas populações étnicas marginalizadas MITCHEL, J. A. If the sun people die: climate change and the retention of african traditional spirituality: uncovering connections. In: CULTURAL ENDURANCE BETWEEN AFRICA, THE AMERICAS AND THE CARIBBEAN CONFERENCE. 9th, New York: Medgar Evers College – CUNY, 2008. p. 21 • Desertificação e seca em terras indígenas • Elevação do nível do mar em comunidades litorâneas • Comunidades étnicas pobres possuem menor capacidade de se adaptar às mudanças climáticas
  • 30. Racismo Algorítmico • “sistema de práticas contra pessoas racializadas que privilegiam e mantêm poder político, econômico e cultural para os brancos no espaço digital” • Algoritmos de redes sociais reforçam ou ocultam dinâmicas racistas • Regras de algoritmos criadas por homens brancos do Vale do Silício -> refletem seus valores • Viralização de discursos de ódio • Hipersexualização das relações étnico-raciais • Anonimato garante impunidade • Valorização de soluções de “branqueamento”  Cosméticos e tratamentos de beleza SILVA, Tarcizio. Racismo Algorítmico em Plataformas Digitais: microagressões e discriminação em código. COMUNIDADES, ALGORITMOS E ATIVISMOS DIGITAIS, p. 121, 2019. TYNES, Brendesha M. et al. From racial microaggressions to hate crimes: A model of online racism based on the lived experiences of adolescents of color. Microaggression Theory: Influence and Implications, p. 194-212, 2018.
  • 31. Big Data e Big Deviance • Algoritmos de inteligência artificial incorporam visão de mundo dos desenvolvedores (homens brancos) e prejudicam indivíduos de grupos étnico-raciais marginalizados:  Análise de risco de empréstimo em bancos  Empresas de seguros  Suspeita de crimes  Filtro de candidatos a emprego BIRHANE, Abeba. Colonização digital da África. Em:Comunidades, algoritmos e ativismos digitais, 2019.
  • 32. Tema para reflexão O que poderia ser feito para aprimorar a relação entre identidades étnico-raciais e o desenvolvimento científico e tecnológico?