SlideShare uma empresa Scribd logo
Pós-Graduação Lato Sensu
“Especialização na Aplicação dos Instrumentos das
Políticas Urbana e Ambiental nos Contextos Municipais”
Profa. Denise Vogel
GEOTECNOLOGIAS AVANÇADAS E PORTAIS DE DADOS
Estudos de caso em geotecnologias e portais de dados
PROF. DR. VITOR VIEIRA VASCONCELOS
https://clickgeo.com.br/wp-content/uploads/2012/09/E-book-Artigos-sobre-Conceitos-em-Geoprocessamento-Anderson-Medeiros.pdf
Dados
Informações
Conhecimento
Inteligência
Sabedoria
Geoprocessamento
Tabelas de dados, imagens, sensores,
Internet of Things (IOT), Big Data
Mecanismos de busca, relacionamento e
integração de bases de dados, resultados de
análise espacial, portais
Métodos de análise espacial, geoestatística,
reconhecimento de padrões e processos espaciais
Políticas de planejamento territorial,
estratégias de negócio espacializadas
Tomada de decisões
Veenendaal, B., Brovelli, M. A., & Li, S. (2017). Review of web mapping: Eras, trends and directions. ISPRS
International Journal of Geo-Information, 6(10), 317.
Jack Dangermond. GIS, Design, and Evolving Technology. 2009.
https://www.esri.com/news/arcnews/fall09articles/gis-design-and.html
O mundo
como ele é
Como
descrevê-lo?
Bases
de dados
espaciais
Como ele
funciona?
Modelos de
processos
espaciais
Modelos de
capacidade/
sustentabili-
dade
Quais são os
cenários
alternativos?
Como ele
pode
mudar?
Geodesing /
simulação
Quais as
consequências
dessas
mudanças?
Avaliação /
análise
Decisões /
valores
Como
devemos
mudá-lo?
O mundo como
poderia
ser
Geo-contabilidade
Gerenciamento de Dados
Relevantes para Estudos e
Análises
Base Cartográfica
Carta Topográfica do Rio de
Janeiro - RJ (IBGE)
Dias, H.C., Amarante, J. V.,
dos Santos, A. D. P., Cunha,
M. M., & Barbosa, L.S.
(2021). Avaliação das
Representações Gráficas
das Cartas Topográficas
Brasileiras para Pessoas
com Deficiência na
Percepção de Cores. Rev.
Bras. Cartogr, 73(4).
Geração de Dados Relevantes para Estudos e Análises
Mapa de Declividade
Bacia do Rio Muriaé - RJ
Amorim, R. R., Reis, C. H., & Ferreira, C. (2017).
Mapeamento dos geossistemas e dos sistemas
antrópicos como subsídio ao estudo de áreas
com riscos a inundações no baixo curso da bacia
hidrográfica do rio Muriaé (Rio de Janeiro–
Brasil). Territorium, (24), 89-114.
Estudos e Análises - Mapas de Inventário, de Alerta ou de Aptidão
Ex: Mapa de Riscos Ambientais
FRANCISCO, C. N. (1996). Mapeamento das áreas de riscos de deslizamentos e desmoronamentos do parque
nacional da Tijuca (RJ) e entorno através de sistemas geográficos de informação. SEGEO.
Risco de Deslizamento no
Parque Nacional da Tijuca - RJ
Estudos e Análises - Mapas de Inventário, de Alerta ou de Aptidão
Ex: Mapa de Vulnerabilidade Social
CONFALONIERI, U. E.; BARATA, M. Avaliação da
vulnerabilidade municipal no estado do Rio de
Janeiro às mudanças climáticas. Rio de Janeiro:
Fiocruz, 2014.
Ideias, Planos e Propostas
Delimitação de Áreas de Preservação e ZEIS
Ideias, Planos e Propostas
Plano de Manejo de Área de Proteção Ambiental
http://www3.prefeitura.sp.gov.br/
Evolução Mancha Urbana
http://www.polis.org.br/uploads/1561/1561.pdf
Gerenciamento de Infraestrutura Urbana
http://www.polis.org.br/uploads/1561/1561.pdf
CARVALHO, R. M.; NASCIMENTO, Luiz F. C. “Spatial distribution of dengue in the city
of Cruzeiro, São Paulo state, Brazil: use of geoprocessing tools”. Rev. Inst. Med. Trop.
Sao Paulo, 2012.
Gerenciamento de Epidemiológico
https://www.rio.rj.gov.br/web/vigilanciasanitaria/zoonoses2
Monitoramento ambiental
(queimadas, desmatamentos)
Sistema operacional para controle de queimadas. URL:
http://www.dpi.inpe.br/proarco/bdqueimadas/
O Problema da
Unidade de
Área Modificável
Falácia ecológica
O’Sullivan, D., Unwin, D. J. Geographic information Analysis. Wiley, 2010.
Variável independente Variável dependente
Esquema de agregação 1
Esquema de agregação 2
Dados agregados Dados segregados
DRUCK, S.; CARVALHO, M. S.; CÂMARA, G.; MONTEIRO, A.V.M (eds). Análise Espacial de Dados Geográficos. Brasília: EMBRAPA, 2004.
Variável
A
Variável B Variável B
TUSON, Matthew et al. Incorporating geography into a new generalized theoretical and statistical framework
addressing the modifiable areal unit problem. International journal of health geographics, v. 18, p. 1-15, 2019.
Efeito de escala espacial na explicação dos volume
de viagens casa-trabalho em Boston (EUA), 1991
Viagens
de
casa
para
o
trabalho
Coeficiente
3.2km 1.6km 0.8km 0.4km 0.2km
Densidade populacional
Conectividade da rede viária
Diversidade de uso do solo
ZHANG, Ming; KUKADIA, Nishant. Metrics of urban form and the modifiable areal unit
problem. Transportation Research Record, v. 1902, n. 1, p. 71-79, 2005.
Nível de agregação (habitantes por polígono)
Razão
entre
crime
e
nível
de
pobreza
TUSON, Matthew et al. Incorporating geography into a new generalized theoretical and statistical framework
addressing the modifiable areal unit problem. International journal of health geographics, v. 18, p. 1-15, 2019.
Crime vs. Nível de pobreza
Londres, 2015
Localização de polos da indústria
petroquímica por microrregiões
1995 2010
Costa, F. H. M., Sá, M. T.
V., & Fernandes, D. A.
(2015). (Des)
concentração e
dinamismo regional da
indústria petroquímica
brasileira. Revista
Brasileira de Estudos
Regionais e Urbanos,
9(2), 186-208.
Índice de
Concentração
normalizado (ICn) > 0
Índice de concentração Normalizado (ICn)
Coeficiente
Locacional
Hirschman-Herfindahl modificado:
CROCCO, M. A. et al. Metodologia de identificação de aglomerações produtivas locais.
Nova Economia, v. XVI, n. 2, p. 211-241, 2006.
Distribuição espacial de investimentos do BNDES
2003-2015
Schlickmann, P. H. (2016).
A distribuição geográfica
dos aportes do BNDES para
a indústria do plástico, da
borracha e da química no
brasil. Boletim Goiano de
Geografia, 36(3), 463-481.
Jesus, F. S., & Bastos, J. M. (2020). Distribuição geográfica dos aportes do BNDES para o setor
supermercadista no estado de Santa Catarina. Boletim Campineiro de Geografia, 10(1), 137-152.
Onde seriam as possíveis rotas de fuga no caso de
um acidente em uma refinaria?
Eixos viários na refinaria
Ferreira, G.O., & Ferreira Filhoª, V. J. M. (2019). Seleção de rotas de fuga para evacuação de uma refinaria de petróleo utilizando ferramentas de
análise de dispersão de substâncias químicas e sistemas de informações geográficas. Pesquisa Operacional para o Desenvolvimento, 11(2), 52-71.
PR = Ponto de reunião
Onde seriam as possíveis rotas de fuga no caso de
um acidente em uma refinaria?
Ferreira, G.O., & Ferreira Filhoª, V. J. M. (2019). Seleção de rotas de fuga para evacuação de uma refinaria de petróleo utilizando ferramentas de
análise de dispersão de substâncias químicas e sistemas de informações geográficas. Pesquisa Operacional para o Desenvolvimento, 11(2), 52-71.
Softwares (EPA – Environmental Protection Agency):
ALOHA (Areal Locations Of Hazardous Atmospheres) e
MARPLOT (Mapping Application for Response, Planning
and Local Operational Tasks)
Simulação de vazamentos
Manhã Noite
Ferreira, G.O., & Ferreira Filhoª, V. J. M. (2019). Seleção de rotas de fuga para evacuação de uma refinaria de petróleo utilizando ferramentas de
análise de dispersão de substâncias químicas e sistemas de informações geográficas. Pesquisa Operacional para o Desenvolvimento, 11(2), 52-71.
Simulação de rota de fuga
Vazamento
Vias intransitáveis,
afetadas pelo
vazamento
Rota de fuga para o
Ponto de Reunião
Localização Espacial para empresa de biocombustíveis
(Etanol) – Alabama (EUA)
Volume de produção
de switchgrass
(Panicun Virgatum)
https://en.wikipedia.org/wiki/Panicum_virgatum#/media/File:Panicum_virgatum.jpg
Noon, C. E., Zhan, F. B., & Graham, R. L. (2002). GIS-based analysis of
marginal price variation with an application in the identification of candidate
ethanol conversion plant locations. Networks and Spatial Economics, 2, 79-93.
Preço de venda
(compra na porta
da fazenda)
Estimado a partir de:
• Custo da terra
• Uso atual da terra
• Produção estimada
• % de adoção da cultura
• Preços regionais
• Custos trabalhistas
Noon, C. E., Zhan, F. B., & Graham, R. L. (2002). GIS-based analysis of
marginal price variation with an application in the identification of candidate
ethanol conversion plant locations. Networks and Spatial Economics, 2, 79-93.
Roteamento
Transformação das vias de vetor para raster
Noon, C. E., Zhan, F. B., & Graham, R. L. (2002). GIS-based
analysis of marginal price variation with an application in the
identification of candidate ethanol conversion plant locations.
Networks and Spatial Economics, 2, 79-93.
Estradas rápidas: 80km/h
Estradas lentas: 48km/h
Preço marginal de produção (preço de venda – preço de transporte)
Cenário 1: Demanda de 100.000 toneladas Cenário 2: Demanda de 600.000 tonelada
Preço marginal de produção
Cenário 1:
Demanda de
100.000
toneladas
Cenário 2:
Demanda de
600.000
toneladas
Rede viária
Volume
de
produção
Preço
Melhor área
para novas
usinas
Pontos de
piscicultura em
Rondônia estão
próximos de
redes de
drenagem mais
densa
ROCHA, D. O. Geotecnologias
aplicadas à estruturação de um
sistema de informação geográfica
da piscicultura no Estado de Rondônia. 2015.
Universidade Federal de Rondônia
Mapa de
kernel de
piscicultura em
Rondônia
seguem o
principal eixo
viário
ROCHA, D. O. Geotecnologias aplicadas à estruturação de um
sistema de informação geográfica da piscicultura no Estado de
Rondônia. 2015. Universidade Federal de Rondônia
Portal de informações sobre piscicultura
Santa Catarina
Licença ambiental Produtividade média
Origem dos alevinos Destino da produção
Número de produtores comerciais
Marchiori, N. C., Novaes, A. L. T., & da Silva, B. C. (2021).
Desenvolvimento de um sistema piloto de informações geográficas
para a gestão da piscicultura continental catarinense. Agropecuária
Catarinense, 34(2), 18-21.
Portal de informações sobre piscicultura
Santa Catarina
Selecionando um município
Licença ambiental Produtividade média
Origem dos alevinos Destino da produção
Número de produtores comerciais
Marchiori, N. C., Novaes, A. L. T., & da Silva, B. C. (2021).
Desenvolvimento de um sistema piloto de informações geográficas
para a gestão da piscicultura continental catarinense. Agropecuária
Catarinense, 34(2), 18-21.
Portal de informações sobre piscicultura
Santa Catarina
Análise por categoria de estabelecimento
Pesque-pagues
Equipamentos
Categoria
Destino da produção
Região
Produtores
de alevinos
Fabricas de ração Estabelecimentos de
pescado
Aeradores e alimentadores
Marchiori, N. C., Novaes, A. L. T., & da Silva, B. C. (2021).
Desenvolvimento de um sistema piloto de informações geográficas
para a gestão da piscicultura continental catarinense. Agropecuária
Catarinense, 34(2), 18-21.
Think London
Sistema de Informações Geográficas de
Auxílio à Decisão para Investidores
•Agrupamentos do Setor Empresarial
•Delineação das áreas de captação de mão-de-obra
•Caracterização das comunidades locais
•Futura infraestrutura de Londres
Weber, P., & Chapman, D. (2009). Investing in geography: A GIS to support inward investment.
Computers, Environment and Urban Systems, 33(1), 1-14.
Agrupamentos setoriais para investimentos em Londres
Weber, P., & Chapman, D. (2009). Investing in geography:
A GIS to support inward investment. Computers,
Environment and Urban Systems, 33(1), 1-14.
Coeficiente de alocação (locais
acima da média de empregos) no
setor de Tecnologia e Ciência da
Informação
Weber, P., &
Chapman, D.
(2009). Investing in
geography: A GIS to
support inward
investment.
Computers,
Environment and
Urban Systems,
33(1), 1-14.
Áreas de captação de força de trabalho
Weber, P., & Chapman, D. (2009). Investing in geography:
A GIS to support inward investment. Computers,
Environment and Urban Systems, 33(1), 1-14.
Análise de agrupamentos socioeconômicos de passageiros
Nível do emprego
Análise de agrupamentos socioeconômicos de trabalho
Nível do emprego
Comunidades indianas em Londres
Weber, P., & Chapman, D. (2009). Investing in geography: A GIS to
support inward investment. Computers, Environment and Urban
Systems, 33(1), 1-14.
Projetos de melhoramento viário e requalificação urbana
Weber, P., & Chapman, D. (2009). Investing in geography:
A GIS to support inward investment. Computers,
Environment and Urban Systems, 33(1), 1-14.
Uso de dados de redes sociais para
monitoramento de enchentes em tempo real
Twitter
ASSIS, Luiz Fernando Ferreira Gomes et al. Geographical
prioritization of social network messages in near real-time
using sensor data streams: an application to floods. In:
GeoInfo. 2015. p. 26-37.
Fotografias com geotag
Priorização de busca nas redes sociais com base
nos dados de inundação em tempo real
ASSIS, Luiz Fernando Ferreira Gomes et al.
Geographical prioritization of social network
messages in near real-time using sensor data
streams: an application to floods. In: GeoInfo.
2015. p. 26-37.
Bacias com
estações
fluviométricas
reportando
inundação
Priorização de
postagens do
Twitter
Uso de dados de redes sociais para
monitoramento de enchentes em tempo real
HORITA, Flávio EA et al. Determining flooded areas using crowd
sensing data and weather radar precipitation: a case study in
Brazil. 15th ISCRAM, Rochester, NY, USA May 2018.
Postagens de
redes socias
Filtro para
inundações
Mapa de
kernel (calor)
Dados de
chuva por
radar
Bacias
hidrográficas e
hidrografia
Intensidade da
chuva
Validação dos
agrupamentos
de inundação
Áreas
confirmadas
de inundação
Postagens em 16 de janeiro, 2018 Postagens em 21 de janeiro, 2018
HORITA, Flávio EA et al. Determining flooded areas using crowd
sensing data and weather radar precipitation: a case study in
Brazil. 15th ISCRAM, Rochester, NY, USA May 2018.
Clusters validados de áreas inundadas são exibidos como polígonos vermelhos, locais de radares
meteorológicos como triângulos vermelhos e áreas inundadas históricas relatadas como mapa de calor
HORITA, Flávio EA et al. Determining flooded areas using crowd
sensing data and weather radar precipitation: a case study in
Brazil. 15th ISCRAM, Rochester, NY, USA May 2018.
HORITA, Flávio EA et
al. Development of a
spatial decision
support system for
flood risk management
in Brazil that combines
volunteered
geographic information
with wireless sensor
networks. Computers
& Geosciences, v. 80,
p. 84-94, 2015.
Integração
com aplicativo
de notificação
voluntária de
inundações
Integração com sensores fluviométricos
em tempo real
HORITA, Flávio EA et al.
Development of a spatial
decision support system
for flood risk
management in Brazil
that combines
volunteered geographic
information with wireless
sensor networks.
Computers &
Geosciences, v. 80, p.
84-94, 2015.
Integração dos dados em um
painel de auxílio à decisão
HORITA, Flávio EA et al. AGORA-GeoDash: A geosensor
dashboard for real-time flood risk monitoring. 11th
ISCRAM –Pennsylvania, USA, May 2014
Documentos de texto
Bases de dados
Portais de notícias
Redes sociais
Exemplo: mapa de conflitos da
guerra da Libéria, com base
em 25.584 notícias
https://www.osgeo.org/projects/first-draft-gis/
Hurni, L., Baer, H. R., Haeberling, C., Piatti, B., & Sieber, R. (2013). Atlas information systems–current
developments at ETH Zurich. Kartogr Nachrichten, 63, 148-153.
Densidade
literária da
cidade de
Praga
(livros entre
1861-1918)
https://www.fieldpapers.org/
Montagem do Mapa
Mapeamento de
inundações e
infraestruturas atingidas
Rio Branco, Acre, e M’Boi
Mirim-SP, 2019
Klonner, C. & Blessing, L. (2019). Gathering Local Knowledge
for Disaster Risk Reduction: The Use of Sketch Maps in Group
Discussions. In: Proceedings of the ISCRAM 2019 Conference.
Valencia, Spain, pp. 1397–1398.
Mapeamento de inundações e infraestruturas atingidas
Rio Branco, Acre, e M’Boi Mirim-SP, 2019
Klonner, C., Hartmann, M., Dischl, R., Djami, L., Anderson, L., Raifer, M., ... & Porto de
Albuquerque, J. (2021). The Sketch map tool facilitates the assessment of OpenStreetMap data for
participatory mapping. ISPRS International Journal of Geo-Information, 10(3), 130.
Atividades de
mapeamento
participativo em
escolas
Integração entre Field Papers e OpenStreetMap
https://learnosm.org/en/mobile-mapping/field-papers/
Integração entre Field Papers e OpenStreetMap
https://learnosm.org/en/mobile-mapping/field-papers/
Transição do Field Papers para o
SketchMapTool
https://sketch-map-tool.heigit.org
Atropelamento de animais
http://nerf-ufrgs.herokuapp.com
Mapa de calor de atropelamentos - GO-080
CORTEZ, Helena Bernardes et al. Fatores potencializadores dos atropelamentos de fauna silvestre no trecho da GO-080 entre Goiânia e Petrolina de Goiás. 2021.
Função K de Ripley
d = distância
A = área de estudo
K(i,j) = peso -> se a distância < “d”, então
peso é um, senão o peso é zero
n = número total de pontos na área de
estudo
Ripley, B.D. Modelling spatial patterns. J. R. Stat. Soc. Series B Stat. Methodol. 1977; 39: 172–192
Índice K de Ripley para análise de
agrupamentos de atropelamento de animais,
rodovia GO-080 (2020-2021)
Agrupado
Espaçado
22km 34km 39km 57km
CORTEZ, Helena Bernardes et al. Fatores potencializadores dos atropelamentos de
fauna silvestre no trecho da GO-080 entre Goiânia e Petrolina de Goiás. 2021.
Simulações aleatórias
Análise de Hotspots de Atropelamento
CORTEZ, Helena Bernardes et al. Fatores potencializadores dos atropelamentos de
fauna silvestre no trecho da GO-080 entre Goiânia e Petrolina de Goiás. 2021.
Características dos locais de atropelamento
CORTEZ, Helena Bernardes et al. Fatores potencializadores dos atropelamentos de
fauna silvestre no trecho da GO-080 entre Goiânia e Petrolina de Goiás. 2021.
Outras características:
- Proximidade de pomares
- Proximidade de áreas de descarte de carcaças de animais
Análise espacial de atropelamentos obtidos por
mapeamento colaborativo
Campani, Itália
• Coleta coordenada por grupo de WhatsApp
• Análise TITAN (Threshold Indicator Taxa Analysis)
Pacote TITAN2 para R
Marta das pedras
Ouriço
Raposa vermelha
Texugo
Cobertura da terra
Policultura
Monocultura
Floresta
Pomares
Arbustos
Probabilidade de atropelamento
Valerio, F., Basile, M., & Balestrieri, R. (2021). The identification of wildlife-vehicle collision
hotspots: Citizen science reveals spatial and temporal patterns. Ecological Processes, 10(1), 1-13.
Risco de Atropelamento
Soma da probabilidade de
todas as espécies por classe de
uso do solo
Valerio, F., Basile, M., &
Balestrieri, R. (2021). The
identification of wildlife-
vehicle collision hotspots:
Citizen science reveals
spatial and temporal
patterns. Ecological
Processes, 10(1), 1-13.
Monitoramento após instalação de estruturas de
contenção de atropelamento em hotspots mapeados
Smith, M., Hood, P., Courtemanch, A., Turner, H., & Seidler, R. (2022). Teton County
Wildlife-Vehicle Collision Database Summary Report. Jackson Hole Wildlife Foundation.

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Geotecnologias avançadas - Estudos de Caso

Mapeamento de Poluição
Mapeamento de PoluiçãoMapeamento de Poluição
Mapeamento de Poluição
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Bases metodológicas do Planejamento Ambiental
Bases metodológicas do Planejamento AmbientalBases metodológicas do Planejamento Ambiental
Bases metodológicas do Planejamento Ambiental
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Projetos de pesquisa – FAPERJ
Projetos de pesquisa – FAPERJProjetos de pesquisa – FAPERJ
Projetos de pesquisa – FAPERJ
GlobalGeo Geotecnologias
 
Sistemas de Informação Geográfica (SIG) na identificação de padrões e modelos...
Sistemas de Informação Geográfica (SIG) na identificação de padrões e modelos...Sistemas de Informação Geográfica (SIG) na identificação de padrões e modelos...
Sistemas de Informação Geográfica (SIG) na identificação de padrões e modelos...
Ricardo de Sampaio Dagnino
 
Matosinhos Valoriza - ar
Matosinhos Valoriza - arMatosinhos Valoriza - ar
Matosinhos Valoriza - ar
Paulo Cabral
 
Resgate Cambui/Inventário e diagnóstico da arborização urbana
Resgate Cambui/Inventário e diagnóstico da arborização urbana Resgate Cambui/Inventário e diagnóstico da arborização urbana
Resgate Cambui/Inventário e diagnóstico da arborização urbana
resgate cambui ong
 
Qualidade Ambiental Urbana de Imperatriz - MA
Qualidade Ambiental Urbana de Imperatriz - MAQualidade Ambiental Urbana de Imperatriz - MA
Qualidade Ambiental Urbana de Imperatriz - MA
Rodrigo Lima Santos
 
AVALIAÇÃO DA UTILIZAÇÃO DE BASES ESPACIAIS NO MAPEAMENTO DE ÁREAS DE RISCO NO...
AVALIAÇÃO DA UTILIZAÇÃO DE BASES ESPACIAIS NO MAPEAMENTO DE ÁREAS DE RISCO NO...AVALIAÇÃO DA UTILIZAÇÃO DE BASES ESPACIAIS NO MAPEAMENTO DE ÁREAS DE RISCO NO...
AVALIAÇÃO DA UTILIZAÇÃO DE BASES ESPACIAIS NO MAPEAMENTO DE ÁREAS DE RISCO NO...
Maria José Brollo
 
Monitoramento ambiental
Monitoramento ambientalMonitoramento ambiental
Monitoramento ambiental
Jorgeane Schaefer
 
Geovisualização Multivariada, Temporal e de Incerteza
Geovisualização Multivariada, Temporal e de IncertezaGeovisualização Multivariada, Temporal e de Incerteza
Geovisualização Multivariada, Temporal e de Incerteza
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Geotecnologias e desastres naturais
Geotecnologias e desastres naturaisGeotecnologias e desastres naturais
Geotecnologias e desastres naturais
Maria José Brollo
 
A 119
A 119A 119
Phd Marcirio Chaves
Phd Marcirio ChavesPhd Marcirio Chaves
Phd Marcirio Chaves
Marcirio Chaves
 
PCFernandes
PCFernandesPCFernandes
PCFernandes
Maria José Brollo
 
Sistemas de Informações Geográficas
Sistemas de Informações GeográficasSistemas de Informações Geográficas
138_InterfacEHS_com_correcao (1)
138_InterfacEHS_com_correcao (1)138_InterfacEHS_com_correcao (1)
138_InterfacEHS_com_correcao (1)
Graziani Gobatto
 
Geotecnologias - Conceitos e Histórico
Geotecnologias - Conceitos e HistóricoGeotecnologias - Conceitos e Histórico
Geotecnologias - Conceitos e Histórico
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Geotecnologias na cartografias de riscos - Instituto Geológico
Geotecnologias na cartografias de riscos - Instituto GeológicoGeotecnologias na cartografias de riscos - Instituto Geológico
Geotecnologias na cartografias de riscos - Instituto Geológico
Claudio Ferreira
 
12 aplicabilidades de sig
12   aplicabilidades de sig12   aplicabilidades de sig
12 aplicabilidades de sig
pedronagel
 
Análise Espacial Baseada em Distância
Análise Espacial Baseada em DistânciaAnálise Espacial Baseada em Distância
Análise Espacial Baseada em Distância
Vitor Vieira Vasconcelos
 

Semelhante a Geotecnologias avançadas - Estudos de Caso (20)

Mapeamento de Poluição
Mapeamento de PoluiçãoMapeamento de Poluição
Mapeamento de Poluição
 
Bases metodológicas do Planejamento Ambiental
Bases metodológicas do Planejamento AmbientalBases metodológicas do Planejamento Ambiental
Bases metodológicas do Planejamento Ambiental
 
Projetos de pesquisa – FAPERJ
Projetos de pesquisa – FAPERJProjetos de pesquisa – FAPERJ
Projetos de pesquisa – FAPERJ
 
Sistemas de Informação Geográfica (SIG) na identificação de padrões e modelos...
Sistemas de Informação Geográfica (SIG) na identificação de padrões e modelos...Sistemas de Informação Geográfica (SIG) na identificação de padrões e modelos...
Sistemas de Informação Geográfica (SIG) na identificação de padrões e modelos...
 
Matosinhos Valoriza - ar
Matosinhos Valoriza - arMatosinhos Valoriza - ar
Matosinhos Valoriza - ar
 
Resgate Cambui/Inventário e diagnóstico da arborização urbana
Resgate Cambui/Inventário e diagnóstico da arborização urbana Resgate Cambui/Inventário e diagnóstico da arborização urbana
Resgate Cambui/Inventário e diagnóstico da arborização urbana
 
Qualidade Ambiental Urbana de Imperatriz - MA
Qualidade Ambiental Urbana de Imperatriz - MAQualidade Ambiental Urbana de Imperatriz - MA
Qualidade Ambiental Urbana de Imperatriz - MA
 
AVALIAÇÃO DA UTILIZAÇÃO DE BASES ESPACIAIS NO MAPEAMENTO DE ÁREAS DE RISCO NO...
AVALIAÇÃO DA UTILIZAÇÃO DE BASES ESPACIAIS NO MAPEAMENTO DE ÁREAS DE RISCO NO...AVALIAÇÃO DA UTILIZAÇÃO DE BASES ESPACIAIS NO MAPEAMENTO DE ÁREAS DE RISCO NO...
AVALIAÇÃO DA UTILIZAÇÃO DE BASES ESPACIAIS NO MAPEAMENTO DE ÁREAS DE RISCO NO...
 
Monitoramento ambiental
Monitoramento ambientalMonitoramento ambiental
Monitoramento ambiental
 
Geovisualização Multivariada, Temporal e de Incerteza
Geovisualização Multivariada, Temporal e de IncertezaGeovisualização Multivariada, Temporal e de Incerteza
Geovisualização Multivariada, Temporal e de Incerteza
 
Geotecnologias e desastres naturais
Geotecnologias e desastres naturaisGeotecnologias e desastres naturais
Geotecnologias e desastres naturais
 
A 119
A 119A 119
A 119
 
Phd Marcirio Chaves
Phd Marcirio ChavesPhd Marcirio Chaves
Phd Marcirio Chaves
 
PCFernandes
PCFernandesPCFernandes
PCFernandes
 
Sistemas de Informações Geográficas
Sistemas de Informações GeográficasSistemas de Informações Geográficas
Sistemas de Informações Geográficas
 
138_InterfacEHS_com_correcao (1)
138_InterfacEHS_com_correcao (1)138_InterfacEHS_com_correcao (1)
138_InterfacEHS_com_correcao (1)
 
Geotecnologias - Conceitos e Histórico
Geotecnologias - Conceitos e HistóricoGeotecnologias - Conceitos e Histórico
Geotecnologias - Conceitos e Histórico
 
Geotecnologias na cartografias de riscos - Instituto Geológico
Geotecnologias na cartografias de riscos - Instituto GeológicoGeotecnologias na cartografias de riscos - Instituto Geológico
Geotecnologias na cartografias de riscos - Instituto Geológico
 
12 aplicabilidades de sig
12   aplicabilidades de sig12   aplicabilidades de sig
12 aplicabilidades de sig
 
Análise Espacial Baseada em Distância
Análise Espacial Baseada em DistânciaAnálise Espacial Baseada em Distância
Análise Espacial Baseada em Distância
 

Mais de Vitor Vieira Vasconcelos

Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoDados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Geocodificação de endereços, roteirização e geotagging no QGis
Geocodificação de endereços, roteirização e geotagging no QGisGeocodificação de endereços, roteirização e geotagging no QGis
Geocodificação de endereços, roteirização e geotagging no QGis
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Acesso e aquisição de bases de imagens de satélite gratuitas
Acesso e aquisição de bases de imagens de satélite gratuitasAcesso e aquisição de bases de imagens de satélite gratuitas
Acesso e aquisição de bases de imagens de satélite gratuitas
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Integração entre Biodiversidade, Geodiversidade e Paisagem - Estudos de Caso ...
Integração entre Biodiversidade, Geodiversidade e Paisagem - Estudos de Caso ...Integração entre Biodiversidade, Geodiversidade e Paisagem - Estudos de Caso ...
Integração entre Biodiversidade, Geodiversidade e Paisagem - Estudos de Caso ...
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Sensoriamento remoto - Introdução - 2024
Sensoriamento remoto - Introdução - 2024Sensoriamento remoto - Introdução - 2024
Sensoriamento remoto - Introdução - 2024
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Anáise espacial baseada em distância - Prática no QGis - 2024
Anáise espacial baseada em distância - Prática no QGis  - 2024Anáise espacial baseada em distância - Prática no QGis  - 2024
Anáise espacial baseada em distância - Prática no QGis - 2024
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Análise Espacial baseada em Localização - Prática no QGis - 2024
Análise Espacial baseada em Localização - Prática no QGis - 2024Análise Espacial baseada em Localização - Prática no QGis - 2024
Análise Espacial baseada em Localização - Prática no QGis - 2024
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Escalas, Resolução: Conceitos e aplicações
Escalas, Resolução: Conceitos e aplicaçõesEscalas, Resolução: Conceitos e aplicações
Escalas, Resolução: Conceitos e aplicações
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Sistemas de Coordenadas e Projeções Cartográficas
Sistemas de Coordenadas e Projeções CartográficasSistemas de Coordenadas e Projeções Cartográficas
Sistemas de Coordenadas e Projeções Cartográficas
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Atividade prática - Introdução ao QGis - parte 2
Atividade prática - Introdução ao QGis - parte 2Atividade prática - Introdução ao QGis - parte 2
Atividade prática - Introdução ao QGis - parte 2
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Atividade prática - Introdução ao QGis, parte 1
Atividade prática - Introdução ao QGis, parte 1Atividade prática - Introdução ao QGis, parte 1
Atividade prática - Introdução ao QGis, parte 1
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Introdução à Cartografia e Geoprocessamento - Conceitos Básicos
Introdução à Cartografia e Geoprocessamento - Conceitos  BásicosIntrodução à Cartografia e Geoprocessamento - Conceitos  Básicos
Introdução à Cartografia e Geoprocessamento - Conceitos Básicos
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Representação Computacional do Espaço (Geoprocessamento)
Representação Computacional do Espaço (Geoprocessamento)Representação Computacional do Espaço (Geoprocessamento)
Representação Computacional do Espaço (Geoprocessamento)
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Relações entre espécies e características ambientais - Prática de modelagem d...
Relações entre espécies e características ambientais - Prática de modelagem d...Relações entre espécies e características ambientais - Prática de modelagem d...
Relações entre espécies e características ambientais - Prática de modelagem d...
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Planejamento Sistemático de Conservação - Prática com o Marxan
Planejamento Sistemático de Conservação - Prática com o MarxanPlanejamento Sistemático de Conservação - Prática com o Marxan
Planejamento Sistemático de Conservação - Prática com o Marxan
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Atividade prática de Biodiversidade e Agrodiversidade no R
Atividade prática de Biodiversidade e Agrodiversidade no RAtividade prática de Biodiversidade e Agrodiversidade no R
Atividade prática de Biodiversidade e Agrodiversidade no R
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Diversidade - Biodiversidade, Agrodiversidade, Sociodiversidade, Geodiversidade
Diversidade - Biodiversidade, Agrodiversidade, Sociodiversidade, GeodiversidadeDiversidade - Biodiversidade, Agrodiversidade, Sociodiversidade, Geodiversidade
Diversidade - Biodiversidade, Agrodiversidade, Sociodiversidade, Geodiversidade
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Geotecnologias e cartografia social
Geotecnologias e cartografia socialGeotecnologias e cartografia social
Geotecnologias e cartografia social
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Geovisualização em portais WebGIS
Geovisualização em portais WebGISGeovisualização em portais WebGIS
Geovisualização em portais WebGIS
Vitor Vieira Vasconcelos
 

Mais de Vitor Vieira Vasconcelos (20)

Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoDados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
 
Geocodificação de endereços, roteirização e geotagging no QGis
Geocodificação de endereços, roteirização e geotagging no QGisGeocodificação de endereços, roteirização e geotagging no QGis
Geocodificação de endereços, roteirização e geotagging no QGis
 
Acesso e aquisição de bases de imagens de satélite gratuitas
Acesso e aquisição de bases de imagens de satélite gratuitasAcesso e aquisição de bases de imagens de satélite gratuitas
Acesso e aquisição de bases de imagens de satélite gratuitas
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 
Integração entre Biodiversidade, Geodiversidade e Paisagem - Estudos de Caso ...
Integração entre Biodiversidade, Geodiversidade e Paisagem - Estudos de Caso ...Integração entre Biodiversidade, Geodiversidade e Paisagem - Estudos de Caso ...
Integração entre Biodiversidade, Geodiversidade e Paisagem - Estudos de Caso ...
 
Sensoriamento remoto - Introdução - 2024
Sensoriamento remoto - Introdução - 2024Sensoriamento remoto - Introdução - 2024
Sensoriamento remoto - Introdução - 2024
 
Anáise espacial baseada em distância - Prática no QGis - 2024
Anáise espacial baseada em distância - Prática no QGis  - 2024Anáise espacial baseada em distância - Prática no QGis  - 2024
Anáise espacial baseada em distância - Prática no QGis - 2024
 
Análise Espacial baseada em Localização - Prática no QGis - 2024
Análise Espacial baseada em Localização - Prática no QGis - 2024Análise Espacial baseada em Localização - Prática no QGis - 2024
Análise Espacial baseada em Localização - Prática no QGis - 2024
 
Escalas, Resolução: Conceitos e aplicações
Escalas, Resolução: Conceitos e aplicaçõesEscalas, Resolução: Conceitos e aplicações
Escalas, Resolução: Conceitos e aplicações
 
Sistemas de Coordenadas e Projeções Cartográficas
Sistemas de Coordenadas e Projeções CartográficasSistemas de Coordenadas e Projeções Cartográficas
Sistemas de Coordenadas e Projeções Cartográficas
 
Atividade prática - Introdução ao QGis - parte 2
Atividade prática - Introdução ao QGis - parte 2Atividade prática - Introdução ao QGis - parte 2
Atividade prática - Introdução ao QGis - parte 2
 
Atividade prática - Introdução ao QGis, parte 1
Atividade prática - Introdução ao QGis, parte 1Atividade prática - Introdução ao QGis, parte 1
Atividade prática - Introdução ao QGis, parte 1
 
Introdução à Cartografia e Geoprocessamento - Conceitos Básicos
Introdução à Cartografia e Geoprocessamento - Conceitos  BásicosIntrodução à Cartografia e Geoprocessamento - Conceitos  Básicos
Introdução à Cartografia e Geoprocessamento - Conceitos Básicos
 
Representação Computacional do Espaço (Geoprocessamento)
Representação Computacional do Espaço (Geoprocessamento)Representação Computacional do Espaço (Geoprocessamento)
Representação Computacional do Espaço (Geoprocessamento)
 
Relações entre espécies e características ambientais - Prática de modelagem d...
Relações entre espécies e características ambientais - Prática de modelagem d...Relações entre espécies e características ambientais - Prática de modelagem d...
Relações entre espécies e características ambientais - Prática de modelagem d...
 
Planejamento Sistemático de Conservação - Prática com o Marxan
Planejamento Sistemático de Conservação - Prática com o MarxanPlanejamento Sistemático de Conservação - Prática com o Marxan
Planejamento Sistemático de Conservação - Prática com o Marxan
 
Atividade prática de Biodiversidade e Agrodiversidade no R
Atividade prática de Biodiversidade e Agrodiversidade no RAtividade prática de Biodiversidade e Agrodiversidade no R
Atividade prática de Biodiversidade e Agrodiversidade no R
 
Diversidade - Biodiversidade, Agrodiversidade, Sociodiversidade, Geodiversidade
Diversidade - Biodiversidade, Agrodiversidade, Sociodiversidade, GeodiversidadeDiversidade - Biodiversidade, Agrodiversidade, Sociodiversidade, Geodiversidade
Diversidade - Biodiversidade, Agrodiversidade, Sociodiversidade, Geodiversidade
 
Geotecnologias e cartografia social
Geotecnologias e cartografia socialGeotecnologias e cartografia social
Geotecnologias e cartografia social
 
Geovisualização em portais WebGIS
Geovisualização em portais WebGISGeovisualização em portais WebGIS
Geovisualização em portais WebGIS
 

Último

UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
Marlene Cunhada
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AntonioVieira539017
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
PatriciaZanoli
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
ValdineyRodriguesBez1
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 

Último (20)

UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 

Geotecnologias avançadas - Estudos de Caso

  • 1. Pós-Graduação Lato Sensu “Especialização na Aplicação dos Instrumentos das Políticas Urbana e Ambiental nos Contextos Municipais” Profa. Denise Vogel GEOTECNOLOGIAS AVANÇADAS E PORTAIS DE DADOS Estudos de caso em geotecnologias e portais de dados PROF. DR. VITOR VIEIRA VASCONCELOS
  • 3. Dados Informações Conhecimento Inteligência Sabedoria Geoprocessamento Tabelas de dados, imagens, sensores, Internet of Things (IOT), Big Data Mecanismos de busca, relacionamento e integração de bases de dados, resultados de análise espacial, portais Métodos de análise espacial, geoestatística, reconhecimento de padrões e processos espaciais Políticas de planejamento territorial, estratégias de negócio espacializadas Tomada de decisões Veenendaal, B., Brovelli, M. A., & Li, S. (2017). Review of web mapping: Eras, trends and directions. ISPRS International Journal of Geo-Information, 6(10), 317.
  • 4. Jack Dangermond. GIS, Design, and Evolving Technology. 2009. https://www.esri.com/news/arcnews/fall09articles/gis-design-and.html O mundo como ele é Como descrevê-lo? Bases de dados espaciais Como ele funciona? Modelos de processos espaciais Modelos de capacidade/ sustentabili- dade Quais são os cenários alternativos? Como ele pode mudar? Geodesing / simulação Quais as consequências dessas mudanças? Avaliação / análise Decisões / valores Como devemos mudá-lo? O mundo como poderia ser Geo-contabilidade
  • 5. Gerenciamento de Dados Relevantes para Estudos e Análises Base Cartográfica Carta Topográfica do Rio de Janeiro - RJ (IBGE) Dias, H.C., Amarante, J. V., dos Santos, A. D. P., Cunha, M. M., & Barbosa, L.S. (2021). Avaliação das Representações Gráficas das Cartas Topográficas Brasileiras para Pessoas com Deficiência na Percepção de Cores. Rev. Bras. Cartogr, 73(4).
  • 6. Geração de Dados Relevantes para Estudos e Análises Mapa de Declividade Bacia do Rio Muriaé - RJ Amorim, R. R., Reis, C. H., & Ferreira, C. (2017). Mapeamento dos geossistemas e dos sistemas antrópicos como subsídio ao estudo de áreas com riscos a inundações no baixo curso da bacia hidrográfica do rio Muriaé (Rio de Janeiro– Brasil). Territorium, (24), 89-114.
  • 7. Estudos e Análises - Mapas de Inventário, de Alerta ou de Aptidão Ex: Mapa de Riscos Ambientais FRANCISCO, C. N. (1996). Mapeamento das áreas de riscos de deslizamentos e desmoronamentos do parque nacional da Tijuca (RJ) e entorno através de sistemas geográficos de informação. SEGEO. Risco de Deslizamento no Parque Nacional da Tijuca - RJ
  • 8. Estudos e Análises - Mapas de Inventário, de Alerta ou de Aptidão Ex: Mapa de Vulnerabilidade Social CONFALONIERI, U. E.; BARATA, M. Avaliação da vulnerabilidade municipal no estado do Rio de Janeiro às mudanças climáticas. Rio de Janeiro: Fiocruz, 2014.
  • 9. Ideias, Planos e Propostas Delimitação de Áreas de Preservação e ZEIS
  • 10. Ideias, Planos e Propostas Plano de Manejo de Área de Proteção Ambiental http://www3.prefeitura.sp.gov.br/
  • 12. Gerenciamento de Infraestrutura Urbana http://www.polis.org.br/uploads/1561/1561.pdf
  • 13. CARVALHO, R. M.; NASCIMENTO, Luiz F. C. “Spatial distribution of dengue in the city of Cruzeiro, São Paulo state, Brazil: use of geoprocessing tools”. Rev. Inst. Med. Trop. Sao Paulo, 2012. Gerenciamento de Epidemiológico https://www.rio.rj.gov.br/web/vigilanciasanitaria/zoonoses2
  • 14. Monitoramento ambiental (queimadas, desmatamentos) Sistema operacional para controle de queimadas. URL: http://www.dpi.inpe.br/proarco/bdqueimadas/
  • 15. O Problema da Unidade de Área Modificável Falácia ecológica O’Sullivan, D., Unwin, D. J. Geographic information Analysis. Wiley, 2010. Variável independente Variável dependente Esquema de agregação 1 Esquema de agregação 2
  • 16. Dados agregados Dados segregados DRUCK, S.; CARVALHO, M. S.; CÂMARA, G.; MONTEIRO, A.V.M (eds). Análise Espacial de Dados Geográficos. Brasília: EMBRAPA, 2004. Variável A Variável B Variável B
  • 17. TUSON, Matthew et al. Incorporating geography into a new generalized theoretical and statistical framework addressing the modifiable areal unit problem. International journal of health geographics, v. 18, p. 1-15, 2019.
  • 18. Efeito de escala espacial na explicação dos volume de viagens casa-trabalho em Boston (EUA), 1991 Viagens de casa para o trabalho Coeficiente 3.2km 1.6km 0.8km 0.4km 0.2km Densidade populacional Conectividade da rede viária Diversidade de uso do solo ZHANG, Ming; KUKADIA, Nishant. Metrics of urban form and the modifiable areal unit problem. Transportation Research Record, v. 1902, n. 1, p. 71-79, 2005.
  • 19. Nível de agregação (habitantes por polígono) Razão entre crime e nível de pobreza TUSON, Matthew et al. Incorporating geography into a new generalized theoretical and statistical framework addressing the modifiable areal unit problem. International journal of health geographics, v. 18, p. 1-15, 2019. Crime vs. Nível de pobreza Londres, 2015
  • 20. Localização de polos da indústria petroquímica por microrregiões 1995 2010 Costa, F. H. M., Sá, M. T. V., & Fernandes, D. A. (2015). (Des) concentração e dinamismo regional da indústria petroquímica brasileira. Revista Brasileira de Estudos Regionais e Urbanos, 9(2), 186-208. Índice de Concentração normalizado (ICn) > 0
  • 21. Índice de concentração Normalizado (ICn) Coeficiente Locacional Hirschman-Herfindahl modificado: CROCCO, M. A. et al. Metodologia de identificação de aglomerações produtivas locais. Nova Economia, v. XVI, n. 2, p. 211-241, 2006.
  • 22. Distribuição espacial de investimentos do BNDES 2003-2015 Schlickmann, P. H. (2016). A distribuição geográfica dos aportes do BNDES para a indústria do plástico, da borracha e da química no brasil. Boletim Goiano de Geografia, 36(3), 463-481.
  • 23. Jesus, F. S., & Bastos, J. M. (2020). Distribuição geográfica dos aportes do BNDES para o setor supermercadista no estado de Santa Catarina. Boletim Campineiro de Geografia, 10(1), 137-152.
  • 24. Onde seriam as possíveis rotas de fuga no caso de um acidente em uma refinaria? Eixos viários na refinaria Ferreira, G.O., & Ferreira Filhoª, V. J. M. (2019). Seleção de rotas de fuga para evacuação de uma refinaria de petróleo utilizando ferramentas de análise de dispersão de substâncias químicas e sistemas de informações geográficas. Pesquisa Operacional para o Desenvolvimento, 11(2), 52-71.
  • 25. PR = Ponto de reunião Onde seriam as possíveis rotas de fuga no caso de um acidente em uma refinaria? Ferreira, G.O., & Ferreira Filhoª, V. J. M. (2019). Seleção de rotas de fuga para evacuação de uma refinaria de petróleo utilizando ferramentas de análise de dispersão de substâncias químicas e sistemas de informações geográficas. Pesquisa Operacional para o Desenvolvimento, 11(2), 52-71.
  • 26. Softwares (EPA – Environmental Protection Agency): ALOHA (Areal Locations Of Hazardous Atmospheres) e MARPLOT (Mapping Application for Response, Planning and Local Operational Tasks) Simulação de vazamentos Manhã Noite Ferreira, G.O., & Ferreira Filhoª, V. J. M. (2019). Seleção de rotas de fuga para evacuação de uma refinaria de petróleo utilizando ferramentas de análise de dispersão de substâncias químicas e sistemas de informações geográficas. Pesquisa Operacional para o Desenvolvimento, 11(2), 52-71.
  • 27. Simulação de rota de fuga Vazamento Vias intransitáveis, afetadas pelo vazamento Rota de fuga para o Ponto de Reunião
  • 28. Localização Espacial para empresa de biocombustíveis (Etanol) – Alabama (EUA) Volume de produção de switchgrass (Panicun Virgatum) https://en.wikipedia.org/wiki/Panicum_virgatum#/media/File:Panicum_virgatum.jpg Noon, C. E., Zhan, F. B., & Graham, R. L. (2002). GIS-based analysis of marginal price variation with an application in the identification of candidate ethanol conversion plant locations. Networks and Spatial Economics, 2, 79-93.
  • 29. Preço de venda (compra na porta da fazenda) Estimado a partir de: • Custo da terra • Uso atual da terra • Produção estimada • % de adoção da cultura • Preços regionais • Custos trabalhistas Noon, C. E., Zhan, F. B., & Graham, R. L. (2002). GIS-based analysis of marginal price variation with an application in the identification of candidate ethanol conversion plant locations. Networks and Spatial Economics, 2, 79-93.
  • 30. Roteamento Transformação das vias de vetor para raster Noon, C. E., Zhan, F. B., & Graham, R. L. (2002). GIS-based analysis of marginal price variation with an application in the identification of candidate ethanol conversion plant locations. Networks and Spatial Economics, 2, 79-93. Estradas rápidas: 80km/h Estradas lentas: 48km/h
  • 31. Preço marginal de produção (preço de venda – preço de transporte) Cenário 1: Demanda de 100.000 toneladas Cenário 2: Demanda de 600.000 tonelada
  • 32. Preço marginal de produção Cenário 1: Demanda de 100.000 toneladas Cenário 2: Demanda de 600.000 toneladas Rede viária Volume de produção Preço Melhor área para novas usinas
  • 33. Pontos de piscicultura em Rondônia estão próximos de redes de drenagem mais densa ROCHA, D. O. Geotecnologias aplicadas à estruturação de um sistema de informação geográfica da piscicultura no Estado de Rondônia. 2015. Universidade Federal de Rondônia
  • 34. Mapa de kernel de piscicultura em Rondônia seguem o principal eixo viário ROCHA, D. O. Geotecnologias aplicadas à estruturação de um sistema de informação geográfica da piscicultura no Estado de Rondônia. 2015. Universidade Federal de Rondônia
  • 35. Portal de informações sobre piscicultura Santa Catarina Licença ambiental Produtividade média Origem dos alevinos Destino da produção Número de produtores comerciais Marchiori, N. C., Novaes, A. L. T., & da Silva, B. C. (2021). Desenvolvimento de um sistema piloto de informações geográficas para a gestão da piscicultura continental catarinense. Agropecuária Catarinense, 34(2), 18-21.
  • 36. Portal de informações sobre piscicultura Santa Catarina Selecionando um município Licença ambiental Produtividade média Origem dos alevinos Destino da produção Número de produtores comerciais Marchiori, N. C., Novaes, A. L. T., & da Silva, B. C. (2021). Desenvolvimento de um sistema piloto de informações geográficas para a gestão da piscicultura continental catarinense. Agropecuária Catarinense, 34(2), 18-21.
  • 37. Portal de informações sobre piscicultura Santa Catarina Análise por categoria de estabelecimento Pesque-pagues Equipamentos Categoria Destino da produção Região Produtores de alevinos Fabricas de ração Estabelecimentos de pescado Aeradores e alimentadores Marchiori, N. C., Novaes, A. L. T., & da Silva, B. C. (2021). Desenvolvimento de um sistema piloto de informações geográficas para a gestão da piscicultura continental catarinense. Agropecuária Catarinense, 34(2), 18-21.
  • 38. Think London Sistema de Informações Geográficas de Auxílio à Decisão para Investidores •Agrupamentos do Setor Empresarial •Delineação das áreas de captação de mão-de-obra •Caracterização das comunidades locais •Futura infraestrutura de Londres Weber, P., & Chapman, D. (2009). Investing in geography: A GIS to support inward investment. Computers, Environment and Urban Systems, 33(1), 1-14.
  • 39. Agrupamentos setoriais para investimentos em Londres Weber, P., & Chapman, D. (2009). Investing in geography: A GIS to support inward investment. Computers, Environment and Urban Systems, 33(1), 1-14.
  • 40. Coeficiente de alocação (locais acima da média de empregos) no setor de Tecnologia e Ciência da Informação Weber, P., & Chapman, D. (2009). Investing in geography: A GIS to support inward investment. Computers, Environment and Urban Systems, 33(1), 1-14.
  • 41. Áreas de captação de força de trabalho Weber, P., & Chapman, D. (2009). Investing in geography: A GIS to support inward investment. Computers, Environment and Urban Systems, 33(1), 1-14.
  • 42. Análise de agrupamentos socioeconômicos de passageiros Nível do emprego
  • 43. Análise de agrupamentos socioeconômicos de trabalho Nível do emprego
  • 44. Comunidades indianas em Londres Weber, P., & Chapman, D. (2009). Investing in geography: A GIS to support inward investment. Computers, Environment and Urban Systems, 33(1), 1-14.
  • 45. Projetos de melhoramento viário e requalificação urbana Weber, P., & Chapman, D. (2009). Investing in geography: A GIS to support inward investment. Computers, Environment and Urban Systems, 33(1), 1-14.
  • 46. Uso de dados de redes sociais para monitoramento de enchentes em tempo real Twitter ASSIS, Luiz Fernando Ferreira Gomes et al. Geographical prioritization of social network messages in near real-time using sensor data streams: an application to floods. In: GeoInfo. 2015. p. 26-37. Fotografias com geotag
  • 47. Priorização de busca nas redes sociais com base nos dados de inundação em tempo real ASSIS, Luiz Fernando Ferreira Gomes et al. Geographical prioritization of social network messages in near real-time using sensor data streams: an application to floods. In: GeoInfo. 2015. p. 26-37. Bacias com estações fluviométricas reportando inundação Priorização de postagens do Twitter
  • 48. Uso de dados de redes sociais para monitoramento de enchentes em tempo real HORITA, Flávio EA et al. Determining flooded areas using crowd sensing data and weather radar precipitation: a case study in Brazil. 15th ISCRAM, Rochester, NY, USA May 2018. Postagens de redes socias Filtro para inundações Mapa de kernel (calor) Dados de chuva por radar Bacias hidrográficas e hidrografia Intensidade da chuva Validação dos agrupamentos de inundação Áreas confirmadas de inundação
  • 49. Postagens em 16 de janeiro, 2018 Postagens em 21 de janeiro, 2018 HORITA, Flávio EA et al. Determining flooded areas using crowd sensing data and weather radar precipitation: a case study in Brazil. 15th ISCRAM, Rochester, NY, USA May 2018.
  • 50. Clusters validados de áreas inundadas são exibidos como polígonos vermelhos, locais de radares meteorológicos como triângulos vermelhos e áreas inundadas históricas relatadas como mapa de calor HORITA, Flávio EA et al. Determining flooded areas using crowd sensing data and weather radar precipitation: a case study in Brazil. 15th ISCRAM, Rochester, NY, USA May 2018.
  • 51. HORITA, Flávio EA et al. Development of a spatial decision support system for flood risk management in Brazil that combines volunteered geographic information with wireless sensor networks. Computers & Geosciences, v. 80, p. 84-94, 2015. Integração com aplicativo de notificação voluntária de inundações
  • 52. Integração com sensores fluviométricos em tempo real HORITA, Flávio EA et al. Development of a spatial decision support system for flood risk management in Brazil that combines volunteered geographic information with wireless sensor networks. Computers & Geosciences, v. 80, p. 84-94, 2015.
  • 53. Integração dos dados em um painel de auxílio à decisão HORITA, Flávio EA et al. AGORA-GeoDash: A geosensor dashboard for real-time flood risk monitoring. 11th ISCRAM –Pennsylvania, USA, May 2014
  • 54. Documentos de texto Bases de dados Portais de notícias Redes sociais Exemplo: mapa de conflitos da guerra da Libéria, com base em 25.584 notícias https://www.osgeo.org/projects/first-draft-gis/
  • 55. Hurni, L., Baer, H. R., Haeberling, C., Piatti, B., & Sieber, R. (2013). Atlas information systems–current developments at ETH Zurich. Kartogr Nachrichten, 63, 148-153. Densidade literária da cidade de Praga (livros entre 1861-1918)
  • 58.
  • 59. Mapeamento de inundações e infraestruturas atingidas Rio Branco, Acre, e M’Boi Mirim-SP, 2019 Klonner, C. & Blessing, L. (2019). Gathering Local Knowledge for Disaster Risk Reduction: The Use of Sketch Maps in Group Discussions. In: Proceedings of the ISCRAM 2019 Conference. Valencia, Spain, pp. 1397–1398.
  • 60. Mapeamento de inundações e infraestruturas atingidas Rio Branco, Acre, e M’Boi Mirim-SP, 2019 Klonner, C., Hartmann, M., Dischl, R., Djami, L., Anderson, L., Raifer, M., ... & Porto de Albuquerque, J. (2021). The Sketch map tool facilitates the assessment of OpenStreetMap data for participatory mapping. ISPRS International Journal of Geo-Information, 10(3), 130. Atividades de mapeamento participativo em escolas
  • 61. Integração entre Field Papers e OpenStreetMap https://learnosm.org/en/mobile-mapping/field-papers/
  • 62. Integração entre Field Papers e OpenStreetMap https://learnosm.org/en/mobile-mapping/field-papers/
  • 63. Transição do Field Papers para o SketchMapTool https://sketch-map-tool.heigit.org
  • 65. Mapa de calor de atropelamentos - GO-080 CORTEZ, Helena Bernardes et al. Fatores potencializadores dos atropelamentos de fauna silvestre no trecho da GO-080 entre Goiânia e Petrolina de Goiás. 2021.
  • 66. Função K de Ripley d = distância A = área de estudo K(i,j) = peso -> se a distância < “d”, então peso é um, senão o peso é zero n = número total de pontos na área de estudo Ripley, B.D. Modelling spatial patterns. J. R. Stat. Soc. Series B Stat. Methodol. 1977; 39: 172–192
  • 67. Índice K de Ripley para análise de agrupamentos de atropelamento de animais, rodovia GO-080 (2020-2021) Agrupado Espaçado 22km 34km 39km 57km CORTEZ, Helena Bernardes et al. Fatores potencializadores dos atropelamentos de fauna silvestre no trecho da GO-080 entre Goiânia e Petrolina de Goiás. 2021. Simulações aleatórias
  • 68. Análise de Hotspots de Atropelamento CORTEZ, Helena Bernardes et al. Fatores potencializadores dos atropelamentos de fauna silvestre no trecho da GO-080 entre Goiânia e Petrolina de Goiás. 2021.
  • 69. Características dos locais de atropelamento CORTEZ, Helena Bernardes et al. Fatores potencializadores dos atropelamentos de fauna silvestre no trecho da GO-080 entre Goiânia e Petrolina de Goiás. 2021. Outras características: - Proximidade de pomares - Proximidade de áreas de descarte de carcaças de animais
  • 70. Análise espacial de atropelamentos obtidos por mapeamento colaborativo Campani, Itália • Coleta coordenada por grupo de WhatsApp • Análise TITAN (Threshold Indicator Taxa Analysis) Pacote TITAN2 para R Marta das pedras Ouriço Raposa vermelha Texugo Cobertura da terra Policultura Monocultura Floresta Pomares Arbustos Probabilidade de atropelamento Valerio, F., Basile, M., & Balestrieri, R. (2021). The identification of wildlife-vehicle collision hotspots: Citizen science reveals spatial and temporal patterns. Ecological Processes, 10(1), 1-13.
  • 71. Risco de Atropelamento Soma da probabilidade de todas as espécies por classe de uso do solo Valerio, F., Basile, M., & Balestrieri, R. (2021). The identification of wildlife- vehicle collision hotspots: Citizen science reveals spatial and temporal patterns. Ecological Processes, 10(1), 1-13.
  • 72. Monitoramento após instalação de estruturas de contenção de atropelamento em hotspots mapeados Smith, M., Hood, P., Courtemanch, A., Turner, H., & Seidler, R. (2022). Teton County Wildlife-Vehicle Collision Database Summary Report. Jackson Hole Wildlife Foundation.