SlideShare uma empresa Scribd logo
HISTÓRIA PARA CELEBRAR O S. MARTINHO
No Outono há nozes, castanhas,
dióspiros, romãs, uvas, maçãs,
avelãs e azeitonas.
Também há muita chuva e
trovoada…
Que bela manhã!
Tinha chovido toda a noite,
mas logo de manhãzinha
despontou um sol quentinho!
Era a senhora D. Noz, muito
refilona e chorona, a protestar
por estar presa naquela casca
sem saída.
De repente… começou um
burburinho estranho, lá para
os lados da nogueira…
Casamento diospiro noz
Precisamente nesse belo dia de
Novembro, o senhor Dióspiro
estava muito regalado,
balançando-se no alto do seu
galho, quando ouviu um enorme
rebuliço!
Percebeu que era a Senhora D.
Noz que não estava nada feliz e
tentou ajudá-la a sair da casca,
mas após várias tentativas não
conseguiu.
- Deixe estar, não fique triste
Sr.ª Noz, porque há por aí
muitos animais, especialmente
roedores e aves, que a podem
comer ou esmagar...
- E assim, escondidinha na sua
casca, que é como uma
casaca, está mais protegida!
Então, tentou animá-la:
- Ora diga lá: Quem tenho o
prazer de conhecer?
- Muito obrigada pelos avisos!
Mas sabe, as suas palavras
não me soltam desta casca
dura e apertada!
- Dióspiro, ao seu dispor!
Em breve se tornaram bons
amigos.
- Com certeza! É um prazer!
- Podia refrescar-me um
pouco? É que passei o Verão
escondida na minha casca
dura!
AA
Certo dia foram jantar a um
restaurante só para pares
românticos e, quando saíram,
já eram namorados.
Os pais deles, quando
souberam fizeram uma
reunião.
- E em que dia?
- Sim! Boa ideia! - Acharam
todos.
- Será que os devíamos casar?
- Perguntaram entre si.
- Aproveitamos o Verão de S.
Martinho, claro!
E nesse dia casaram-se e lá
estiveram:
O padre Azeitona que realizou
o casamento, a família Avelã,
as irmãs Castanhas, a
princesa Romã…
… o grande cacho de Uvas e a
distraída Maçã.
Eles tiveram muitos frutos e
ficaram felizes para sempre!
A Chuva e a Trovoada
estiveram a espreitar pela
porta da igreja.
FIM
Palavras,
palavrinhas,
à volta do
S. Martinho…
PROVÉRBIOS POPULARES
Dia de S. Martinho, lume, castanhas e vinho.
Água-pé, castanhas e vinho faz-se uma boa festa pelo S. Martinho.
Pelo S. Martinho, prova o teu vinho, ao cabo de um ano já não te faz
dano.
Pelo S. Martinho mata o teu porco e bebe o teu vinho.
Pelo S. Martinho semeia favas e vinho.
Pelo S. Martinho, nem nado nem cabacinho.
Se queres pasmar teu vizinho lavra, sacha e esterca pelo S. Martinho.
PROVÉRBIOS POPULARES
No dia de S. Martinho vai à adega e prova o teu vinho.
Se o Inverno não erra caminho, tê-lo-ei pelo S. Martinho.
Mais vale um castanheiro do que um saco com dinheiro.
Dia de S. Martinho fura o teu pepino.
Do dia de S. Martinho ao Natal, o médico e o boticário enchem o teu
bornal.
Pelo S. Martinho mata o teu porquinho e semeia o teu cebolinho.
Tenho camisa e casaco
Sem remendo nem buraco
Estoiro como um foguete
Se alguém no lume me mete
Castanha
ADIVINHAS
?
Se me rio... de mim sai uma donzela
Mais donzela do que eu
Ela vai com quem a leva
Eu fico com quem me deu
Ouriço
ADIVINHAS
?
Qual a coisa qual é ela
Tem três capas de Inverno
A segunda é lustrosa
A terceira é amargosa
Castanha
ADIVINHAS
?
Tem casca bem guardada
Ninguém lhe pode mexer
Sozinha ou acompanhada
Em Novembro nos vem ver
Castanha
ADIVINHAS
?
Como é bom comer
Castanhas assadas
E no magusto ver
As meninas coradas!
QUADRAS
Na rua está o vendedor
Das castanhas assadas
É com gosto e amor
Que tas dá embrulhadas!
QUADRAS
O vendedor está feliz
Dá uma gargalhada
Enfarrusca o teu nariz
E faz rir a rapaziada!
QUADRAS
Todo o dia a apanhar chuva
Coitado do vendedor!
Mas à beira das castanhas
Fica cheio de calor.
QUADRAS
Com o frio a chegar
A natureza vai-se transformar
Os ouriços vão abrir
E as castanhas vão cair.
QUADRAS
O S. Martinho está a chegar
A lareira vou acender
Para as castanhas assar
E contigo as comer.
QUADRAS
Que lindo é o Outono!
Que lindo que é!
Uvas e castanhas
Dá-me o avô Zé.
QUADRAS
Dia 11 de Novembro
É o dia de S. Martinho
Come-se a castanha assada
E mais o caldo verdinho.
QUADRAS
 Prof. Carla Vilar
 Prof. Lúcia Latas
 Prof. Francisco Raposo
 Educ. Susana Cortiço
Obrigado a todos!
O grupo de trabalho:
FIM

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Adivinhas no Inverno - JICotovia- sala 2
Adivinhas no Inverno - JICotovia- sala 2Adivinhas no Inverno - JICotovia- sala 2
Adivinhas no Inverno - JICotovia- sala 2
Susana Pinhal
 
A lenda de arlequim
A lenda de arlequimA lenda de arlequim
A lenda de arlequim
casmaria
 
A Horta Do Sr Lobo
A Horta Do Sr LoboA Horta Do Sr Lobo
A Horta Do Sr Lobo
Luzia Couto
 
O outono
O outonoO outono
A castanha lili-
A castanha lili-A castanha lili-
A castanha lili-
labeques
 
O Palhacinho
O PalhacinhoO Palhacinho
O Palhacinho
Margarida Lachica
 
A princesa baixinha power point
A princesa baixinha   power pointA princesa baixinha   power point
A princesa baixinha power point
labeques
 
As cores-do-inverno
As cores-do-invernoAs cores-do-inverno
As cores-do-inverno
Maria Ferreira
 
Power Point Sapo Apaixonado!
Power Point Sapo Apaixonado!Power Point Sapo Apaixonado!
Power Point Sapo Apaixonado!
guest0bf490
 
O ciclo do mel
O ciclo do melO ciclo do mel
O ciclo do mel
Isa Crowe
 
O senhor ano e as quatro estações
O senhor ano e as quatro estaçõesO senhor ano e as quatro estações
O senhor ano e as quatro estações
Daniela Simoes
 
História da Maria Castanha
História da Maria CastanhaHistória da Maria Castanha
História da Maria Castanha
MariaArmindaLopes
 
A oficina do pai natal- pdf
A oficina do pai natal- pdfA oficina do pai natal- pdf
A oficina do pai natal- pdf
Isa Crowe
 

Mais procurados (20)

Adivinhas no Inverno - JICotovia- sala 2
Adivinhas no Inverno - JICotovia- sala 2Adivinhas no Inverno - JICotovia- sala 2
Adivinhas no Inverno - JICotovia- sala 2
 
Eu E O Meu Papá
Eu E O Meu PapáEu E O Meu Papá
Eu E O Meu Papá
 
O meu pai
O meu paiO meu pai
O meu pai
 
A lenda de arlequim
A lenda de arlequimA lenda de arlequim
A lenda de arlequim
 
A Horta Do Sr Lobo
A Horta Do Sr LoboA Horta Do Sr Lobo
A Horta Do Sr Lobo
 
O outono
O outonoO outono
O outono
 
Corre cabacinha
Corre cabacinhaCorre cabacinha
Corre cabacinha
 
Pe de pai
Pe de paiPe de pai
Pe de pai
 
Eu e o meu pai
Eu e o meu paiEu e o meu pai
Eu e o meu pai
 
Beijinhos Beijinhos
Beijinhos BeijinhosBeijinhos Beijinhos
Beijinhos Beijinhos
 
A castanha lili-
A castanha lili-A castanha lili-
A castanha lili-
 
O Palhacinho
O PalhacinhoO Palhacinho
O Palhacinho
 
A princesa baixinha power point
A princesa baixinha   power pointA princesa baixinha   power point
A princesa baixinha power point
 
As cores-do-inverno
As cores-do-invernoAs cores-do-inverno
As cores-do-inverno
 
Power Point Sapo Apaixonado!
Power Point Sapo Apaixonado!Power Point Sapo Apaixonado!
Power Point Sapo Apaixonado!
 
O ciclo do mel
O ciclo do melO ciclo do mel
O ciclo do mel
 
Mamã maravilha
Mamã maravilhaMamã maravilha
Mamã maravilha
 
O senhor ano e as quatro estações
O senhor ano e as quatro estaçõesO senhor ano e as quatro estações
O senhor ano e as quatro estações
 
História da Maria Castanha
História da Maria CastanhaHistória da Maria Castanha
História da Maria Castanha
 
A oficina do pai natal- pdf
A oficina do pai natal- pdfA oficina do pai natal- pdf
A oficina do pai natal- pdf
 

Destaque

atividades de linguagem
atividades de linguagematividades de linguagem
atividades de linguagem
srsales
 
Adivinhas
AdivinhasAdivinhas
São martinho (bd)
São martinho (bd)São martinho (bd)
São martinho (bd)
Ana Paula Santos
 
Powerpoint do casamento do diospiro e da noz
Powerpoint do casamento do diospiro e da nozPowerpoint do casamento do diospiro e da noz
Powerpoint do casamento do diospiro e da noz
paulasalvador
 
Aventura castanha medronho
Aventura castanha medronhoAventura castanha medronho
Aventura castanha medronho
Maria Leonor
 
Lenga lenga para o dia de s. martinho
Lenga lenga para o dia de s. martinhoLenga lenga para o dia de s. martinho
Lenga lenga para o dia de s. martinho
Ministério da Educação
 
Lenda de S. martinho
Lenda de S. martinhoLenda de S. martinho
Lenda de S. martinho
casmaria
 
A lenda de S. Martinho
A lenda de S. MartinhoA lenda de S. Martinho
A lenda de S. Martinho
laruzinha
 
Frutos do outono
Frutos do outonoFrutos do outono
Frutos do outono
Gina Monteiro
 
Lenda de s. martinho pré escolar
Lenda de s. martinho pré escolarLenda de s. martinho pré escolar
Lenda de s. martinho pré escolar
Rita Cópio
 
Historia ouriço mal_ penteado
Historia ouriço mal_ penteadoHistoria ouriço mal_ penteado
Historia ouriço mal_ penteado
Natalia Pina
 
Conto de outono
Conto de outonoConto de outono
Conto de outono
Violeta Violeta
 
A minha educadora disse
A minha educadora disseA minha educadora disse
A minha educadora disse
maria do rosario macedo
 
Coisas giras para o outono
Coisas giras para o outonoCoisas giras para o outono
Coisas giras para o outono
Margarida Branco
 
Frutos do outono
Frutos do outonoFrutos do outono
Frutos do outono
Carla Queiroz
 
Músicas De Outono
Músicas De OutonoMúsicas De Outono
Músicas De Outono
joananaveribeiro
 
Calendários do mês de novembro 2016
Calendários do mês de novembro 2016Calendários do mês de novembro 2016
Calendários do mês de novembro 2016
Sónia Rodrigues
 

Destaque (18)

atividades de linguagem
atividades de linguagematividades de linguagem
atividades de linguagem
 
Adivinhas
AdivinhasAdivinhas
Adivinhas
 
São martinho (bd)
São martinho (bd)São martinho (bd)
São martinho (bd)
 
A sementinha
A sementinhaA sementinha
A sementinha
 
Powerpoint do casamento do diospiro e da noz
Powerpoint do casamento do diospiro e da nozPowerpoint do casamento do diospiro e da noz
Powerpoint do casamento do diospiro e da noz
 
Aventura castanha medronho
Aventura castanha medronhoAventura castanha medronho
Aventura castanha medronho
 
Lenga lenga para o dia de s. martinho
Lenga lenga para o dia de s. martinhoLenga lenga para o dia de s. martinho
Lenga lenga para o dia de s. martinho
 
Lenda de S. martinho
Lenda de S. martinhoLenda de S. martinho
Lenda de S. martinho
 
A lenda de S. Martinho
A lenda de S. MartinhoA lenda de S. Martinho
A lenda de S. Martinho
 
Frutos do outono
Frutos do outonoFrutos do outono
Frutos do outono
 
Lenda de s. martinho pré escolar
Lenda de s. martinho pré escolarLenda de s. martinho pré escolar
Lenda de s. martinho pré escolar
 
Historia ouriço mal_ penteado
Historia ouriço mal_ penteadoHistoria ouriço mal_ penteado
Historia ouriço mal_ penteado
 
Conto de outono
Conto de outonoConto de outono
Conto de outono
 
A minha educadora disse
A minha educadora disseA minha educadora disse
A minha educadora disse
 
Coisas giras para o outono
Coisas giras para o outonoCoisas giras para o outono
Coisas giras para o outono
 
Frutos do outono
Frutos do outonoFrutos do outono
Frutos do outono
 
Músicas De Outono
Músicas De OutonoMúsicas De Outono
Músicas De Outono
 
Calendários do mês de novembro 2016
Calendários do mês de novembro 2016Calendários do mês de novembro 2016
Calendários do mês de novembro 2016
 

Semelhante a Casamento diospiro noz

S. martinho
S. martinhoS. martinho
S. martinho
sandra soares
 
Caderninho outono - 5º A e B
Caderninho outono - 5º A e BCaderninho outono - 5º A e B
Caderninho outono - 5º A e B
Ana Paula Carlão
 
10 sonhos de_natal
10 sonhos de_natal10 sonhos de_natal
10 sonhos de_natal
IsabelPereira2010
 
O outono e as castanhas diogo
O outono e as castanhas diogoO outono e as castanhas diogo
O outono e as castanhas diogo
EscolaFonteJoana
 
S. martinho 1
S. martinho 1S. martinho 1
S. martinho 1
sandra subtil
 
Quadras s. martinho
Quadras s. martinhoQuadras s. martinho
Quadras s. martinho
joanasantos7a
 
São Martinho
São MartinhoSão Martinho
São Martinho
Espaço Emrc
 
Era uma vez uma praia atlântica
Era uma vez uma praia atlânticaEra uma vez uma praia atlântica
Era uma vez uma praia atlântica
Filipa Julião
 
Magusto
MagustoMagusto
Magusto
MagustoMagusto
O Natal na Voz do Povo 2
O Natal na Voz do Povo 2O Natal na Voz do Povo 2
O Natal na Voz do Povo 2
Biblioteca Municipal Proença-a-Nova
 
Uma história de carnaval
Uma história de carnavalUma história de carnaval
Uma história de carnaval
Ana Arminda Moreira
 
Poemas
PoemasPoemas
Poemas
PoemasPoemas
Faça Lá Um Poema! 2010
Faça Lá Um Poema! 2010Faça Lá Um Poema! 2010
Faça Lá Um Poema! 2010
Isabel DA COSTA
 
Desgarrada em 2006
Desgarrada em 2006Desgarrada em 2006
Desgarrada em 2006
António Marques
 
Fichas De Poesia
Fichas De PoesiaFichas De Poesia
Fichas De Poesia
Claudia Cravo
 
Fichas De Poesia
Fichas De PoesiaFichas De Poesia
Fichas De Poesia
Claudia Cravo
 
Poemas XX en galego sen filtro
Poemas XX en galego sen filtroPoemas XX en galego sen filtro
Poemas XX en galego sen filtro
cenlf
 
Poemas xx en galego sen filtro
Poemas xx en galego sen filtroPoemas xx en galego sen filtro
Poemas xx en galego sen filtro
cenlf
 

Semelhante a Casamento diospiro noz (20)

S. martinho
S. martinhoS. martinho
S. martinho
 
Caderninho outono - 5º A e B
Caderninho outono - 5º A e BCaderninho outono - 5º A e B
Caderninho outono - 5º A e B
 
10 sonhos de_natal
10 sonhos de_natal10 sonhos de_natal
10 sonhos de_natal
 
O outono e as castanhas diogo
O outono e as castanhas diogoO outono e as castanhas diogo
O outono e as castanhas diogo
 
S. martinho 1
S. martinho 1S. martinho 1
S. martinho 1
 
Quadras s. martinho
Quadras s. martinhoQuadras s. martinho
Quadras s. martinho
 
São Martinho
São MartinhoSão Martinho
São Martinho
 
Era uma vez uma praia atlântica
Era uma vez uma praia atlânticaEra uma vez uma praia atlântica
Era uma vez uma praia atlântica
 
Magusto
MagustoMagusto
Magusto
 
Magusto
MagustoMagusto
Magusto
 
O Natal na Voz do Povo 2
O Natal na Voz do Povo 2O Natal na Voz do Povo 2
O Natal na Voz do Povo 2
 
Uma história de carnaval
Uma história de carnavalUma história de carnaval
Uma história de carnaval
 
Poemas
PoemasPoemas
Poemas
 
Poemas
PoemasPoemas
Poemas
 
Faça Lá Um Poema! 2010
Faça Lá Um Poema! 2010Faça Lá Um Poema! 2010
Faça Lá Um Poema! 2010
 
Desgarrada em 2006
Desgarrada em 2006Desgarrada em 2006
Desgarrada em 2006
 
Fichas De Poesia
Fichas De PoesiaFichas De Poesia
Fichas De Poesia
 
Fichas De Poesia
Fichas De PoesiaFichas De Poesia
Fichas De Poesia
 
Poemas XX en galego sen filtro
Poemas XX en galego sen filtroPoemas XX en galego sen filtro
Poemas XX en galego sen filtro
 
Poemas xx en galego sen filtro
Poemas xx en galego sen filtroPoemas xx en galego sen filtro
Poemas xx en galego sen filtro
 

Mais de Maria Leonor

Projeto final doutoramento
Projeto final doutoramento Projeto final doutoramento
Projeto final doutoramento
Maria Leonor
 
Referencial de Educação Rodoviária
Referencial de Educação RodoviáriaReferencial de Educação Rodoviária
Referencial de Educação Rodoviária
Maria Leonor
 
Leonor prática docente
Leonor prática docente Leonor prática docente
Leonor prática docente
Maria Leonor
 
Perfil de desempenho
Perfil de desempenhoPerfil de desempenho
Perfil de desempenho
Maria Leonor
 
Componente de apoio à família
Componente de apoio à famíliaComponente de apoio à família
Componente de apoio à família
Maria Leonor
 
Estatuto dos Jardins de infância
Estatuto dos Jardins de infânciaEstatuto dos Jardins de infância
Estatuto dos Jardins de infância
Maria Leonor
 
Trabalho por projectos na Educação de infância: mapear aprendizagens/integrar...
Trabalho por projectos na Educação de infância: mapear aprendizagens/integrar...Trabalho por projectos na Educação de infância: mapear aprendizagens/integrar...
Trabalho por projectos na Educação de infância: mapear aprendizagens/integrar...
Maria Leonor
 
Pedido de uma criança
Pedido de uma criançaPedido de uma criança
Pedido de uma criança
Maria Leonor
 
Reflectindo a Avaliação de Desempenho Docente
Reflectindo a Avaliação de Desempenho DocenteReflectindo a Avaliação de Desempenho Docente
Reflectindo a Avaliação de Desempenho Docente
Maria Leonor
 
Análise questionário pais 2010 2011
Análise questionário pais 2010 2011Análise questionário pais 2010 2011
Análise questionário pais 2010 2011
Maria Leonor
 
Avaliação da actividade "Vamos dar sangue"
Avaliação da actividade "Vamos dar sangue"Avaliação da actividade "Vamos dar sangue"
Avaliação da actividade "Vamos dar sangue"
Maria Leonor
 
Direito à Educação- Laura Anastácio
Direito à Educação- Laura AnastácioDireito à Educação- Laura Anastácio
Direito à Educação- Laura Anastácio
Maria Leonor
 
Rota do sangue
Rota do sangueRota do sangue
Rota do sangue
Maria Leonor
 
Avaliação actividade da páscoafinal
Avaliação actividade da páscoafinalAvaliação actividade da páscoafinal
Avaliação actividade da páscoafinal
Maria Leonor
 
Actividade da páscoa 1
Actividade da páscoa 1Actividade da páscoa 1
Actividade da páscoa 1
Maria Leonor
 
História da margarida dias
História da margarida diasHistória da margarida dias
História da margarida dias
Maria Leonor
 
Guião de educação género e cidadania - pré-escolar
Guião de educação   género e cidadania - pré-escolarGuião de educação   género e cidadania - pré-escolar
Guião de educação género e cidadania - pré-escolar
Maria Leonor
 
Tempos de vida
Tempos de vidaTempos de vida
Tempos de vida
Maria Leonor
 
A horta do sr lobo
A horta do sr loboA horta do sr lobo
A horta do sr lobo
Maria Leonor
 
Recepcaoencedfinal versâo pré
Recepcaoencedfinal versâo préRecepcaoencedfinal versâo pré
Recepcaoencedfinal versâo pré
Maria Leonor
 

Mais de Maria Leonor (20)

Projeto final doutoramento
Projeto final doutoramento Projeto final doutoramento
Projeto final doutoramento
 
Referencial de Educação Rodoviária
Referencial de Educação RodoviáriaReferencial de Educação Rodoviária
Referencial de Educação Rodoviária
 
Leonor prática docente
Leonor prática docente Leonor prática docente
Leonor prática docente
 
Perfil de desempenho
Perfil de desempenhoPerfil de desempenho
Perfil de desempenho
 
Componente de apoio à família
Componente de apoio à famíliaComponente de apoio à família
Componente de apoio à família
 
Estatuto dos Jardins de infância
Estatuto dos Jardins de infânciaEstatuto dos Jardins de infância
Estatuto dos Jardins de infância
 
Trabalho por projectos na Educação de infância: mapear aprendizagens/integrar...
Trabalho por projectos na Educação de infância: mapear aprendizagens/integrar...Trabalho por projectos na Educação de infância: mapear aprendizagens/integrar...
Trabalho por projectos na Educação de infância: mapear aprendizagens/integrar...
 
Pedido de uma criança
Pedido de uma criançaPedido de uma criança
Pedido de uma criança
 
Reflectindo a Avaliação de Desempenho Docente
Reflectindo a Avaliação de Desempenho DocenteReflectindo a Avaliação de Desempenho Docente
Reflectindo a Avaliação de Desempenho Docente
 
Análise questionário pais 2010 2011
Análise questionário pais 2010 2011Análise questionário pais 2010 2011
Análise questionário pais 2010 2011
 
Avaliação da actividade "Vamos dar sangue"
Avaliação da actividade "Vamos dar sangue"Avaliação da actividade "Vamos dar sangue"
Avaliação da actividade "Vamos dar sangue"
 
Direito à Educação- Laura Anastácio
Direito à Educação- Laura AnastácioDireito à Educação- Laura Anastácio
Direito à Educação- Laura Anastácio
 
Rota do sangue
Rota do sangueRota do sangue
Rota do sangue
 
Avaliação actividade da páscoafinal
Avaliação actividade da páscoafinalAvaliação actividade da páscoafinal
Avaliação actividade da páscoafinal
 
Actividade da páscoa 1
Actividade da páscoa 1Actividade da páscoa 1
Actividade da páscoa 1
 
História da margarida dias
História da margarida diasHistória da margarida dias
História da margarida dias
 
Guião de educação género e cidadania - pré-escolar
Guião de educação   género e cidadania - pré-escolarGuião de educação   género e cidadania - pré-escolar
Guião de educação género e cidadania - pré-escolar
 
Tempos de vida
Tempos de vidaTempos de vida
Tempos de vida
 
A horta do sr lobo
A horta do sr loboA horta do sr lobo
A horta do sr lobo
 
Recepcaoencedfinal versâo pré
Recepcaoencedfinal versâo préRecepcaoencedfinal versâo pré
Recepcaoencedfinal versâo pré
 

Último

Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Falcão Brasil
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
valdeci17
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
JocelynNavarroBonta
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Falcão Brasil
 
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdfAdaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
CamilaSouza544051
 
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Falcão Brasil
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
Falcão Brasil
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
Sandra Pratas
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Falcão Brasil
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdfAPRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
portaladministradores
 

Último (20)

Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
 
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdfAdaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
 
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdfAPRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
 

Casamento diospiro noz

  • 1. HISTÓRIA PARA CELEBRAR O S. MARTINHO
  • 2. No Outono há nozes, castanhas, dióspiros, romãs, uvas, maçãs, avelãs e azeitonas.
  • 3. Também há muita chuva e trovoada…
  • 4. Que bela manhã! Tinha chovido toda a noite, mas logo de manhãzinha despontou um sol quentinho!
  • 5. Era a senhora D. Noz, muito refilona e chorona, a protestar por estar presa naquela casca sem saída. De repente… começou um burburinho estranho, lá para os lados da nogueira…
  • 7. Precisamente nesse belo dia de Novembro, o senhor Dióspiro estava muito regalado, balançando-se no alto do seu galho, quando ouviu um enorme rebuliço! Percebeu que era a Senhora D. Noz que não estava nada feliz e tentou ajudá-la a sair da casca, mas após várias tentativas não conseguiu.
  • 8. - Deixe estar, não fique triste Sr.ª Noz, porque há por aí muitos animais, especialmente roedores e aves, que a podem comer ou esmagar... - E assim, escondidinha na sua casca, que é como uma casaca, está mais protegida! Então, tentou animá-la:
  • 9. - Ora diga lá: Quem tenho o prazer de conhecer? - Muito obrigada pelos avisos! Mas sabe, as suas palavras não me soltam desta casca dura e apertada!
  • 10. - Dióspiro, ao seu dispor! Em breve se tornaram bons amigos. - Com certeza! É um prazer! - Podia refrescar-me um pouco? É que passei o Verão escondida na minha casca dura! AA
  • 11. Certo dia foram jantar a um restaurante só para pares românticos e, quando saíram, já eram namorados.
  • 12. Os pais deles, quando souberam fizeram uma reunião. - E em que dia? - Sim! Boa ideia! - Acharam todos. - Será que os devíamos casar? - Perguntaram entre si. - Aproveitamos o Verão de S. Martinho, claro!
  • 13. E nesse dia casaram-se e lá estiveram: O padre Azeitona que realizou o casamento, a família Avelã, as irmãs Castanhas, a princesa Romã…
  • 14. … o grande cacho de Uvas e a distraída Maçã. Eles tiveram muitos frutos e ficaram felizes para sempre! A Chuva e a Trovoada estiveram a espreitar pela porta da igreja.
  • 15. FIM
  • 17. PROVÉRBIOS POPULARES Dia de S. Martinho, lume, castanhas e vinho. Água-pé, castanhas e vinho faz-se uma boa festa pelo S. Martinho. Pelo S. Martinho, prova o teu vinho, ao cabo de um ano já não te faz dano. Pelo S. Martinho mata o teu porco e bebe o teu vinho. Pelo S. Martinho semeia favas e vinho. Pelo S. Martinho, nem nado nem cabacinho. Se queres pasmar teu vizinho lavra, sacha e esterca pelo S. Martinho.
  • 18. PROVÉRBIOS POPULARES No dia de S. Martinho vai à adega e prova o teu vinho. Se o Inverno não erra caminho, tê-lo-ei pelo S. Martinho. Mais vale um castanheiro do que um saco com dinheiro. Dia de S. Martinho fura o teu pepino. Do dia de S. Martinho ao Natal, o médico e o boticário enchem o teu bornal. Pelo S. Martinho mata o teu porquinho e semeia o teu cebolinho.
  • 19. Tenho camisa e casaco Sem remendo nem buraco Estoiro como um foguete Se alguém no lume me mete Castanha ADIVINHAS ?
  • 20. Se me rio... de mim sai uma donzela Mais donzela do que eu Ela vai com quem a leva Eu fico com quem me deu Ouriço ADIVINHAS ?
  • 21. Qual a coisa qual é ela Tem três capas de Inverno A segunda é lustrosa A terceira é amargosa Castanha ADIVINHAS ?
  • 22. Tem casca bem guardada Ninguém lhe pode mexer Sozinha ou acompanhada Em Novembro nos vem ver Castanha ADIVINHAS ?
  • 23. Como é bom comer Castanhas assadas E no magusto ver As meninas coradas! QUADRAS
  • 24. Na rua está o vendedor Das castanhas assadas É com gosto e amor Que tas dá embrulhadas! QUADRAS
  • 25. O vendedor está feliz Dá uma gargalhada Enfarrusca o teu nariz E faz rir a rapaziada! QUADRAS
  • 26. Todo o dia a apanhar chuva Coitado do vendedor! Mas à beira das castanhas Fica cheio de calor. QUADRAS
  • 27. Com o frio a chegar A natureza vai-se transformar Os ouriços vão abrir E as castanhas vão cair. QUADRAS
  • 28. O S. Martinho está a chegar A lareira vou acender Para as castanhas assar E contigo as comer. QUADRAS
  • 29. Que lindo é o Outono! Que lindo que é! Uvas e castanhas Dá-me o avô Zé. QUADRAS
  • 30. Dia 11 de Novembro É o dia de S. Martinho Come-se a castanha assada E mais o caldo verdinho. QUADRAS
  • 31.  Prof. Carla Vilar  Prof. Lúcia Latas  Prof. Francisco Raposo  Educ. Susana Cortiço Obrigado a todos! O grupo de trabalho: FIM