SlideShare uma empresa Scribd logo
Audiência Pública
Reunião Ordinária na Comissão de
Constituição e Justiça e de Cidadania
Câmara dos Deputados, Junho/2012
Ministro de Estado da Saúde Alexandre Padilha
Diagnóstico da Falta de
Médicos no Brasil
Peru 0,9
Chile 1,0
Paraguai 1,1*
Bolívia 1,2*
Colômbia 1,4*
Equador 1,7
Brasil 1,8
Venezuela 1,9*
México 2,0
Canadá 2,0
Estados Unidos 2,4
Reino Unido 2,7
Austrália 3,0
Argentina 3,2*
Itália 3,5
Alemanha 3,6
Uruguai 3,7
Portugal 3,9
Espanha 4,0
Cuba 6,7
Médicos por mil habitantes - 2012
* Fonte: Estadisticas Sanitarias Mundiales, OMS/2011
22 estados abaixo da média nacional
Brasil: 1,8 médicos por mil habitantes
Fonte: Conselho Federal de Medicina - 2012
0,94
1,12
0,76
1,06 1,09
1,05
3,46
1,97
1,45
0,58
1,1
1,54
1,81
0,77
1,17
1,68
1,39
0,92
3,44
1,23
2,23
1,02
1,21
1,69
2,49
1,3
1,08
Acre
Alagoas
Amapá
Amazonas
Bahia
Ceará
DistritoFederal
EspíritoSanto
Goiás
Maranhão
MatoGrosso
MatoGrosso…
MinasGerais
Pará
Paraíba
Paraná
Pernambuco
Piauí
RiodeJaneiro
RioGrande…
RioGrande…
Rondônia
Roraima
SantaCatarina
SãoPaulo
Sergipe
Tocantins
Fonte: Estação de Pesquisa de Sinais de Mercado (EPSM/NESCON/FM/UFMG)
* Considera o número de médicos equivalente a 40 horas nas especialidades de clínica médica, saúde da família e pediatria.
Índice de escassez de médicos em
Atenção Primária à Saúde (APS)*
Proporção de domicílios com renda per
capita abaixo da linha da pobreza (R$ 137)
Realidade dos municípios do interior e periferia
Mais de 1.900 municípios têm menos de
1 médico para 3 mil habitantes na
Atenção Básica
700 municípios apresentam
altos índices de insegurança por
escassez de médicos: sendo que a
maioria não tem sequer 1 médico
residindo no município
Fonte: Rede Observatório de Recursos Humanos
Ano
Total de
admissões
Total de
desligamentos
Saldo admissões
e desligamentos
Admissões
por 1º
Emprego
Formal
Vínculos
ativos em
31/12
Egressos de
medicina
2003 39.461 30.496 8.965 10.650 203.787 8.498
2004 43.969 34.987 8.982 12.050 210.733 9.113
2005 55.944 39.757 16.187 15.345 226.021 9.339
2006 59.019 45.290 13.729 15.943 235.191 10.004
2007 61.639 49.057 12.582 15.286 254.056 10.381
2008 67.749 57.389 10.360 17.865 261.558 10.133
2009 74.454 59.818 14.636 21.645 277.440 10.825
2010 75.070 59.360 15.710 19.361 280.426 11.881
2011 71.625 63.134 8.491 18.722 282.127 12.982
Acumulado 548.930 439.288 109.642 146.867 - 93.156
Em 2011 foram criados quase 19 mil empregos formais, porém
apenas 13 mil médicos se formaram.
Retrato do mercado de trabalho médico no Brasil
Fonte: EPSM/NESCONFM/UFMG a partir da RAIS/TEM e do Censo da Educação Superior do INEP.
Distribuição da massa de horas semanais de trabalho de médicos por
esfera administrativa do estabelecimento - mar/2012
Pública
58%Privada
lucrativa
24%
Privada não
lucrativa
18%
Fonte: Estação de Pesquisa de Sinais de Mercado (EPSM/NESCON/FM/UFMG) a partir do Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde
(CNES) do Ministério da Saúde.
Fonte: SIPS-IPEA/2011
População pede mais médicos
Em estudo realizado pelo IPEA,
58,1% dos 2.773 entrevistados
disseram que a falta de médicos
é o principal problema do SUS
Os mesmos entrevistados
sugeriram o aumento do número
de médicos como a principal
melhoria necessária
Medidas estruturantes: o
Ministério da Saúde investe
no profissional brasileiro
1
2
3
4
Abertura de 2.415 vagas em cursos de
medicina até 2014
Abertura de novas vagas de residência, em
especialidades nos estados que mais precisam.
4 mil bolsas até 2014
Provab: 3.643 médicos atuam com recursos
federais nas periferias das grandes cidades
e no interior.
Desconto na dívida do FIES para os
profissionais que trabalham onde o SUS precisa
Editorial e matéria publicados em O Globo, 17/05
A Falta de Médicos
no Brasil
O Globo, 30/05
O Globo, 18/05
Estado de Minas, 24/05
G1, 14/05
Jornal Nacional, 21/5
A Falta de Médicos
no Brasil
G1, 3/06
Valor Econômico, 31/05
Folha de S. Paulo, 2/06
A Falta de Médicos
no Brasil
TV Tem , 10/06
Correio do Estado, 11/06
A Falta de Médicos
no Brasil
O SUS precisa de mais médicos
35.073 novos postos de trabalho serão abertos
com investimentos do Ministério da Saúde até 2014 em
UPA e UBS*
* Cálculo baseado na previsão de abertura de UPA e UBS até 2014
76
172
62
20
445
386
47
126
207 261
492
89 113
239 251
346
160
325
391
164
56 43
331
227
98
660
70
105
232
98 21
588
523
142
181
334 371
789
151 139
337 315
425
199
510
911
219
99 45
477
331
138
1262
125
AC AL AM AP BA CE DF ES GO MA MG MS MT PA PB PE PI PR RJ RN RO RR RS SC SE SP TO
Previsão de construção de UBS
Número de médicos necessários
Previsão de novas UBS até 2014 e
capacidade instalada de médicos
Fonte: INEP/MEC, SIGRAS/Estação de Trabalho IMS/UERJ ObservaRH, 2012.
2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011
Privado 41 43 48 55 63 72 83 80 78 95 96 104
Público 53 55 63 66 70 72 73 72 72 82 83 83
Total 94 98 111 121 133 144 156 152 150 177 179 187
Cursos de graduação em medicina segundo a
natureza jurídica. Brasil, 2000 – 2011
4%
13%
53%
22%
8%
Norte Nordeste Sudeste Sul Centro Oeste
2000
10%
21%
46%
17%
6%
Norte Nordeste Sudeste Sul Centro Oeste
2011
A região Sudeste mantém o maior número de cursos (n=85) em 2011, porém observamos um
pequeno decréscimo da participação das regiões Sudeste, Sul e Centro Oeste, enquanto as regiões
Nordeste e Norte foram as que obtiveram um maior crescimento nos últimos anos.
Fonte: INEP/MEC, SIGRAS/Estação de Trabalho IMS/UERJ ObservaRH, 2012 .
Distribuição de cursos de medicina por região
0,39 0,39 0,4 0,45 0,47 0,51 0,54 0,55
0,67 0,67 0,67 0,72 0,74 0,75 0,76 0,76 0,83 0,84 0,89
0,96 1,01
1,11 1,11
1,26 1,31
1,4 1,44
3,02
1,09
0,58
1,12
0,76
1,45
0,77
1,39
0,94
1,1
1,21
2,49
1,3
1,54
1,68
1,05
1,23
1,06
1,8
2,23
0,92
1,69
3,46
1,02
1,17
1,81
1,97
3,44
1,08
0
0,5
1
1,5
2
2,5
3
3,5
4
Nº de vagas por 10.000 hab.
Nº de médicos por 1.000 hab.
Relação vagas e médicos por habitantes/2013
Ampliação de 129% no investimento para bolsas
em residência médica, chegando a R$ 46,4
milhões em 2013
Especialidades prioritárias:
Anestesiologia, Cancerologia nas áreas Clínica/Cirúrgica/Pediátrica,
Cardiologia, Cirurgia do Trauma, Cirurgia Geral, Clínica Médica,
Medicina de Família e Comunidade, Medicina de Urgência,
Medicina Intensiva Adulto/Pediátrica, Nefrologia, Neonatologia,
Neurologia/Neurocirurgia, Obstetrícia e Ginecologia, Ortopedia e
Traumatologia, Pediatria, Psiquiatria, Radioterapia, Radiologia.
Ampliação de residência médica
Ampliação de residência médica
 Ampliação de 4.000 vagas de residência médica até 2014;
 Ampliação de 3.200 vagas de residência multiprofissional
até 2014;
 Qualificar 1.000 preceptores até 2014;
 Implantação do Cadastro Nacional de Especialistas com dados da
CNRM, AMB, CFM e SCNES/MS;
 Apoio de instituições de ensino em saúde para implantação de
novos programas em áreas prioritárias;
 Fortalecer programas de residência em redes regionais de
atenção à saúde.
 Municípios com mais de 80 mil habitantes
 Mínimo de 100 leitos hospitalares(nos casos de RM de Pediatria
e Ginecologia e Obstetrícia mínimo de 50 leitos hospitalares)
 Mínimo de 5 leitos por residente
 Análise de hospitais certificados e não certificados e
possibilidade de criação ou expansão de vagas
 Análise da necessidade por especialidade para cada região
Ampliação de residência médica
Critérios para expansão
Maior programa de interiorização de médicos
MS e MEC: especialização e bônus em seleção de
residência médica
 Curso de especialização em atenção básica – requisito para ingresso e
permanência no Programa;
 Bolsa federal de Educação pelo Trabalho (Portaria nº 754, de 18/4/2012) no
valor de R$ 8.000,00;
 Prática Supervisionada através de 551 Médicos Especialistas Supervisores,
com visitas presenciais mensais in loco
 10% de pontuação adicional nos processos seletivos para Residência Médica,
caso seja aprovado no Provab, com conceito igual ou maior que 7,0
Provab
Maior programa de interiorização de médicos
MS e MEC: especialização e bônus em seleção de
residência médica
2012:
381 médicos - 350 obtiveram conceito satisfatório para recebimento de
pontuação de 10% nas provas de admissão para residência 2013.
2013:
Demanda das prefeituras: 13 mil médicos para municípios de
interior e periferias
Realidade do Provab: 3,6 mil médicos começam a atuar em
1,3 mil municípios
Provab
Distribuição de médicos por município
2013: 3.643 médicos
PROVAB: Distribuição de médicos
por estado
10
76
35
6
455
677
17
87
164145
382
13 23
89
183
302
114
76
140131
25 10
121108
60
180
14
AC AL AM AP BA CE DF ES GO MA MG MS MT PA PB PE PI PR RJ RN RO RR RS SC SE SP TO
Projetos Telessaúde
Projetos aprovados
Recursos SGTES 2012-2013* 2007-2013
Número de Projetos 25 25**
Estados 24 25
Recursos R$ 78.114.871,43* R$ 122.731.459,85
*Recursos vigentes 2012-2013
** Total de projetos 2007-2013
*** Antonina do Norte (CE): desistência de projeto intermunicipal para compor projeto estadual (2012);
Recursos SAS 2011 2012 Total
Número de Projetos 36*** 11 47
Municípios 2.026 1230 2.773
ESF 10.884 5.952 14.874
Recursos 44 Milhões 16.850 Milhões 60.850 milhões
Projetos Telessaúde
Projetos aprovados
Projetos Telessaúde
Situação de Implantação dos Núcleos com recursos SAS
2011 2012 Total Total de projetos com oferta
de Teleconsultoria*
Número de Projetos 36 11 47 13 (26,7%)**
Municípios 2.026 1.230 2.773 1.696***
ESF 10.884 5.952 14.874 7.758***
Recursos 44 Milhões 16.850 milhões 60.850 milhões
** Núcleos Estaduais implantados: Amazonas, Brasília, Mato Grosso do Sul, Santa Catarina, Minas Gerais, Bahia.
** Núcleos Intermunicipais implantados: João Pessoa, Arapiraca, Igarassu, Andradina, Sapucaia do Sul, Volta
Redonda, e Brumadinho.
*** Os 13 Núcleos já ofertam Teleconsultorias. Os municípios estão em processo de informatização das UBS para
implantação do e-SUS e do Telessaúde. Os trabalhadores das 7.758 ESF dos municípios vinculados a estes projetos já
podem acessar os serviços de telessaúde.
Projetos Telessaúde
Núcleos regionais
Amazonas
32 Pontos selecionados
4 Pontos em funcionamento
Pernambuco
100 Municípios selecionados
36 em implantação
Projetos Telessaúde
Núcleos regionais
Ceará
6 Pontos em funcionamento
70 Municípios selecionados
Minas Gerais
58 Municípios com Pontos em
funcionamento
42 Pontos em implantação
Projetos Telessaúde
Núcleos regionais
São Paulo
6 Pontos de Telessaúde em
funcionamento
90 Municípios selecionados
Santa Catarina
7 Pontos em funcionamento
45 Municípios selecionados
Projetos Telessaúde
Goiás
1 Pontos em funcionamento
82 Municípios selecionados
FIES
Abatimento mensal de 1% do saldo devedor para o médico que
trabalhar em equipes de saúde da família em regiões de carência
de profissional
Carência estendida para os residentes de especialidades
estratégicas, entre elas a Medicina de Família e Comunidade
 Apoio técnico e financeiro do MS a planos de Carreira, Cargos e Salários e
desprecarização do trabalho em saúde a Estados, Distrito Federal e regiões
 Proposta negociada entre gestores e trabalhadores para a melhoria das condições
de trabalho no SUS
 Investimento do Ministério da Saúde de R$ 29 milhões em Projetos de
Planos de Carreira intermunicipal e/ou regional com a participação dos estados
 Fomento a novas modelagens de gestão do trabalho para multiplicação de
experiências no SUS
Portaria 2.517/2012
Incentivo ao Plano de Carreira, Cargos
e Salários
Portaria GM/MS Nº. 2.517 de 1º/11/2012
PROJETOS
DESPRECARIZAÇÃO E
PCCS
13 Trabalhos
Aprovados
21 Trabalhos
Classificados
33 Trabalhos
Inscritos
Portaria 2.517/2012
Incentivo ao Plano de Carreira, Cargos e
Salários (Portaria GM/MS Nº. 2.517 de 1º/11/2012)
Incentivo ao Plano de Carreira, Cargos
e Salários (Portaria GM/MS Nº. 2.517 de 1º/11/2012)
Incentivo ao Plano de Carreira, Cargos
e Salários (Portaria GM/MS Nº. 2.517 de 1º/11/2012)
O Ministério da Saúde
vem analisando
experiências de outros
países para atração de
médicos com formação
de qualidade para o
interior e periferias das
grandes cidades
Inglaterra: 37% dos médicos
se graduaram no exterior
EUA: 25% dos médicos se
graduaram no exterior
Canadá: 17%
Austrália: 22%
Brasil: apenas 1,79% dos
profissionais se formou
no exterior
Atuação dos médicos
estrangeiros no mundo
O Ministério da Saúde estuda duas estratégias complementares,
adotadas por outros países:
1. O médico se submete a exame de validação do diploma e
obtém o direito de exercer a medicina em qualquer região
2. O médico recebe após avaliação criteriosa autorização especial
para atuação restrita nas áreas de escassez de médicos
como periferias das grandes cidades e municípios
de interior, por um período fixo
Estratégias estudadas
Estratégias estudadas
Só serão atraídos profissionais formados em
instituições de ensino autorizadas e reconhecidas e que
tenham licença para atuar em seus países de origem.
Com isso, atrair profissionais qualificados será mais
uma das medidas para levar mais médicos para onde os
brasileiros mais precisam
Estratégias Descartadas
 validação automática de diploma
 Atrair profissionais de
países com menos
médicos por mil
habitantes que o Brasil,
caso de Bolívia e Paraguai,
por exemplo.
MÉDICOS/1.000 HAB. NO
MUNDO
PERU 0,9
CHILE 1,0
PARAGUAI 1,1
BOLÍVIA 1,2
COLÔMBIA 1,4
EQUADOR 1,7
BRASIL 1,8
Estratégias estudadas
Médicos formados em Portugal e na Espanha são vistos
como prioridade das medidas em estudo pelo governo
federal
Os municípios que tiverem interesse em receber
médicos estrangeiros deverão, necessariamente,
acessar recursos do Ministério da Saúde para
estruturar suas unidades de saúde
Pela primeira vez, o Governo Federal abriu uma linha
de financiamento da ordem de R$ 1,6 bilhão para
reforma, ampliação e construção de UBS, por meio do
Requalifica UBS
O Ministério investe:
construção de 3,4 mil UBS
reforma de 9,6 mil UBS
ampliação de 11,1 mil UBS
e 64 UBS fluviais em todo Brasil
Investimento em Unidades Básicas de Saúde
CONSTRUÇÃO
4.604 propostas aprovadas em 2.255
municípios
1.215 estão com a obra em execução e
1.041 já foram concluídas
AMPLIAÇÃO
5.674 propostas aprovadas em 2.326
municípios,
1.266 estão com a obra em execução e
270 já foram concluídas
REFORMA
5.483 propostas aprovadas em 1.862
municípios,
1.321 estão com a obra em execução
e 1.521 já foram concluídas
Investimento em Unidades Básicas de Saúde
Qualidade na Atenção Básica
Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade (PMAQ)
Através do monitoramento do
atendimento das equipes das Unidades
Básicas de Saúde, o MS poderá até dobrar
o que repassa para cada equipe, de acordo
com a qualidade do atendimento
• mais de 17 mil
Equipes de Atenção
Básica visitadas
• 67 mil usuários e
17,5 mil profissionais
entrevistados
Portal do Cidadão - acesso às informações sobre as UBS de todo país:
http://dab.saude.gov.br/portaldab/cidadao_pmaq.php
34,7 mil Equipes de Atenção Básica
24,3 mil Equipes de Saúde Bucal
3,8 mil Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NASF)
1,3 mil Centros de Especialidades Odontológicas
(CEO)
2012 2013 (adesão)
• 17,5 mil Equipes de
Atenção Básica
(em 4 mil municípios)
recebendo recursos
adicionais
Investimento em Unidades Básicas de Saúde
Rio Branco, ACRE - Construção UBS PORTE I - ELPÍDIO MOREIRA SOUZA
Penedo, ALAGOAS, Reforma USF COOPERATIVA I
Investimento em Unidades Básicas de Saúde
Autazes, AMAZONAS - Construção UBS ANTONIO ENFERMEIRO
Porto Grande, AMAPÁ, Construção UBS DO BAIRRO MANOEL CORTEZ
Investimento em Unidades Básicas de Saúde
Ichu, BAHIA – Ampliação Posto de Saúde Casa Nova
Uruoca, CEARÁ, Construção UBSF Eudeu Matos da Silva
Investimento em Unidades Básicas de Saúde
Recanto das Emas, DISTRITO FEDERAL – Construção /CLÍNICA DA FAMÍLIA QUADRA 104/105
Colatina, ESPÍRITO SANTO, UBS DO DISTRITO DE ANGELO FRECHIANI
Investimento em Unidades Básicas de Saúde
Caçu, GOIÁS – Construção UBSF DIVINO CARLOS DE OLIVEIRA - DIVA
Açailândia, MARANHÃO, Ampliação UBS DO DISTRITO DE ANGELO FRECHIANI
Investimento em Unidades Básicas de Saúde
Borda da Mata, MINAS GERAIS – Reforma UBS Monsenhor Pedro Cintra
Aquidauana, MATO GROSSO DO SUL, Construção /ESF IZAURA BAES
Investimento em Unidades Básicas de Saúde
Borda da Mata, MATO GROSSO – Ampliação POSTO DE SAUDE DA BOJUI
Conceição do Araguaia, PARÁ, Reforma PSF José Gomes Soares
Investimento em Unidades Básicas de Saúde
Pombal, PARAÍBA – Construção UBS Dr Azuil Arruda Assis
Chã Grande, PERNAMBUCO, Reforma PSF Urbano II
Investimento em Unidades Básicas de Saúde
Francisco Macedo, PIAUÍ – Ampliação PS Aldeia
Arapongas, PARANÁ, Construção UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE ARICANDUVA
Investimento em Unidades Básicas de Saúde
Areal, RIO DE JANEIRO – Ampliação PSF Alberto Torres
Upanema, RIO GRANDE DO NORTE, Ampliação Posto de Saúde Antônio Fernandes da Silva
Investimento em Unidades Básicas de Saúde
Alto Alegre dos Parecis, RONDÔNIA – Construção Unidade Básica de Saúde
Amajari, RORAIMA, Construção UBS Três Corações
Investimento em Unidades Básicas de Saúde
Jaguarão, RIO GRANDE DO SUL – Ampliação C S DR ARNALDO FERREIRA
Xavantina, SANTA CATARINA, Ampliação Unidade Sanitária Sede Xavantina
Investimento em Unidades Básicas de Saúde
Salgado, SERGIPE – Reforma USF do Povo Água Fria
Penápolis, SÃO PAULO, Construção Policlínica Jardim Planalto
Investimento em Unidades Básicas de Saúde
Ananás, TOCANTINS – Construção UNIDADE BASICA DE SAUDE CHAPADINHA 2
Investimento em Unidades Básicas de Saúde
Fonte: Sala de Apoio à Gestão Estratégica - SAGE, acesso 11/06/2013,16:30
Melhorar sua vida, nosso compromisso

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Programa de Expansão do Atendimento Médico
Programa de Expansão do Atendimento MédicoPrograma de Expansão do Atendimento Médico
Programa de Expansão do Atendimento Médico
Palácio do Planalto
 
Experiências NE – Programa Coraçãozinho
Experiências NE – Programa CoraçãozinhoExperiências NE – Programa Coraçãozinho
Experiências NE – Programa Coraçãozinho
Conselho Nacional de Secretários de Saúde - CONASS
 
Rio Info 2015 - Palestra O papel da TI na regulação de Serviços em Saúde - Fr...
Rio Info 2015 - Palestra O papel da TI na regulação de Serviços em Saúde - Fr...Rio Info 2015 - Palestra O papel da TI na regulação de Serviços em Saúde - Fr...
Rio Info 2015 - Palestra O papel da TI na regulação de Serviços em Saúde - Fr...
Rio Info
 
Apresentação do ministro Padilha sobre o programa Mais Médicos para o Brasil,...
Apresentação do ministro Padilha sobre o programa Mais Médicos para o Brasil,...Apresentação do ministro Padilha sobre o programa Mais Médicos para o Brasil,...
Apresentação do ministro Padilha sobre o programa Mais Médicos para o Brasil,...
Ministério da Saúde
 
Mais e melhores hospitais e unidades de saúde - Mais Médicos
Mais e melhores hospitais e unidades de saúde - Mais MédicosMais e melhores hospitais e unidades de saúde - Mais Médicos
Mais e melhores hospitais e unidades de saúde - Mais Médicos
Ministério da Saúde
 
3º ciclo do Mais Médicos
3º ciclo do Mais Médicos3º ciclo do Mais Médicos
3º ciclo do Mais Médicos
Palácio do Planalto
 
Mais Médicos: Expansão da Residência Médica e Multiprofissional
Mais Médicos: Expansão da Residência Médica e MultiprofissionalMais Médicos: Expansão da Residência Médica e Multiprofissional
Mais Médicos: Expansão da Residência Médica e Multiprofissional
Ministério da Saúde
 
Programa mais médicos
Programa mais médicosPrograma mais médicos
Programa mais médicos
Alfredo Moreira
 
Novas regras Programas Mais Médicos 2015
Novas regras Programas Mais Médicos 2015Novas regras Programas Mais Médicos 2015
Novas regras Programas Mais Médicos 2015
Ministério da Saúde
 
A Experiência Brasileira na Superação da Extrema Pobreza
A Experiência Brasileira na Superação da Extrema PobrezaA Experiência Brasileira na Superação da Extrema Pobreza
A Experiência Brasileira na Superação da Extrema Pobreza
Palácio do Planalto
 
Saúde para os Municípios
Saúde para os MunicípiosSaúde para os Municípios
Saúde para os Municípios
Cogepp CEPAM
 
Ibge assistmed-2009
Ibge assistmed-2009Ibge assistmed-2009
Ibge assistmed-2009
Augusto Miranda
 
Brasil Sem Miséria - Diálogos Governo Sociedade Civil
Brasil Sem Miséria - Diálogos Governo Sociedade CivilBrasil Sem Miséria - Diálogos Governo Sociedade Civil
Brasil Sem Miséria - Diálogos Governo Sociedade Civil
Palácio do Planalto
 
Apresentação Audiência Pública na Comissão de Assuntos Sociais do Senado Federal
Apresentação Audiência Pública na Comissão de Assuntos Sociais do Senado FederalApresentação Audiência Pública na Comissão de Assuntos Sociais do Senado Federal
Apresentação Audiência Pública na Comissão de Assuntos Sociais do Senado Federal
Ministério da Saúde
 
Mais Médicos atende 100% da meta de expansão em 2015
Mais Médicos atende 100% da meta de expansão em 2015 Mais Médicos atende 100% da meta de expansão em 2015
Mais Médicos atende 100% da meta de expansão em 2015
Ministério da Saúde
 
Hospital de M'Boi Mirim
Hospital de M'Boi MirimHospital de M'Boi Mirim
Hospital de M'Boi Mirim
Ailton Lima Ribeiro
 
Coletiva Provab
Coletiva ProvabColetiva Provab
Coletiva Provab
Ministério da Saúde
 
Apresentação sobre os impactos e avanços do Mais Médicos em Pernambuco
Apresentação sobre os impactos e avanços do Mais Médicos em PernambucoApresentação sobre os impactos e avanços do Mais Médicos em Pernambuco
Apresentação sobre os impactos e avanços do Mais Médicos em Pernambuco
Folha de Pernambuco
 
Mais médicos
Mais médicosMais médicos
Mais médicos
Jornal do Commercio
 

Mais procurados (19)

Programa de Expansão do Atendimento Médico
Programa de Expansão do Atendimento MédicoPrograma de Expansão do Atendimento Médico
Programa de Expansão do Atendimento Médico
 
Experiências NE – Programa Coraçãozinho
Experiências NE – Programa CoraçãozinhoExperiências NE – Programa Coraçãozinho
Experiências NE – Programa Coraçãozinho
 
Rio Info 2015 - Palestra O papel da TI na regulação de Serviços em Saúde - Fr...
Rio Info 2015 - Palestra O papel da TI na regulação de Serviços em Saúde - Fr...Rio Info 2015 - Palestra O papel da TI na regulação de Serviços em Saúde - Fr...
Rio Info 2015 - Palestra O papel da TI na regulação de Serviços em Saúde - Fr...
 
Apresentação do ministro Padilha sobre o programa Mais Médicos para o Brasil,...
Apresentação do ministro Padilha sobre o programa Mais Médicos para o Brasil,...Apresentação do ministro Padilha sobre o programa Mais Médicos para o Brasil,...
Apresentação do ministro Padilha sobre o programa Mais Médicos para o Brasil,...
 
Mais e melhores hospitais e unidades de saúde - Mais Médicos
Mais e melhores hospitais e unidades de saúde - Mais MédicosMais e melhores hospitais e unidades de saúde - Mais Médicos
Mais e melhores hospitais e unidades de saúde - Mais Médicos
 
3º ciclo do Mais Médicos
3º ciclo do Mais Médicos3º ciclo do Mais Médicos
3º ciclo do Mais Médicos
 
Mais Médicos: Expansão da Residência Médica e Multiprofissional
Mais Médicos: Expansão da Residência Médica e MultiprofissionalMais Médicos: Expansão da Residência Médica e Multiprofissional
Mais Médicos: Expansão da Residência Médica e Multiprofissional
 
Programa mais médicos
Programa mais médicosPrograma mais médicos
Programa mais médicos
 
Novas regras Programas Mais Médicos 2015
Novas regras Programas Mais Médicos 2015Novas regras Programas Mais Médicos 2015
Novas regras Programas Mais Médicos 2015
 
A Experiência Brasileira na Superação da Extrema Pobreza
A Experiência Brasileira na Superação da Extrema PobrezaA Experiência Brasileira na Superação da Extrema Pobreza
A Experiência Brasileira na Superação da Extrema Pobreza
 
Saúde para os Municípios
Saúde para os MunicípiosSaúde para os Municípios
Saúde para os Municípios
 
Ibge assistmed-2009
Ibge assistmed-2009Ibge assistmed-2009
Ibge assistmed-2009
 
Brasil Sem Miséria - Diálogos Governo Sociedade Civil
Brasil Sem Miséria - Diálogos Governo Sociedade CivilBrasil Sem Miséria - Diálogos Governo Sociedade Civil
Brasil Sem Miséria - Diálogos Governo Sociedade Civil
 
Apresentação Audiência Pública na Comissão de Assuntos Sociais do Senado Federal
Apresentação Audiência Pública na Comissão de Assuntos Sociais do Senado FederalApresentação Audiência Pública na Comissão de Assuntos Sociais do Senado Federal
Apresentação Audiência Pública na Comissão de Assuntos Sociais do Senado Federal
 
Mais Médicos atende 100% da meta de expansão em 2015
Mais Médicos atende 100% da meta de expansão em 2015 Mais Médicos atende 100% da meta de expansão em 2015
Mais Médicos atende 100% da meta de expansão em 2015
 
Hospital de M'Boi Mirim
Hospital de M'Boi MirimHospital de M'Boi Mirim
Hospital de M'Boi Mirim
 
Coletiva Provab
Coletiva ProvabColetiva Provab
Coletiva Provab
 
Apresentação sobre os impactos e avanços do Mais Médicos em Pernambuco
Apresentação sobre os impactos e avanços do Mais Médicos em PernambucoApresentação sobre os impactos e avanços do Mais Médicos em Pernambuco
Apresentação sobre os impactos e avanços do Mais Médicos em Pernambuco
 
Mais médicos
Mais médicosMais médicos
Mais médicos
 

Destaque

Apresentação | Coletiva Vigitel
Apresentação | Coletiva VigitelApresentação | Coletiva Vigitel
Apresentação | Coletiva Vigitel
Ministério da Saúde
 
Confira o balanço de inscrições ao Programa Mais Médicos 2015
Confira o balanço de inscrições ao Programa Mais Médicos 2015Confira o balanço de inscrições ao Programa Mais Médicos 2015
Confira o balanço de inscrições ao Programa Mais Médicos 2015
Ministério da Saúde
 
Ministério da Saúde lança semana Saúde na Escola para prevenção da obesidade ...
Ministério da Saúde lança semana Saúde na Escola para prevenção da obesidade ...Ministério da Saúde lança semana Saúde na Escola para prevenção da obesidade ...
Ministério da Saúde lança semana Saúde na Escola para prevenção da obesidade ...
Ministério da Saúde
 
Ministério da Saúde anuncia medidas para fortalecimento das Santas Casas e ho...
Ministério da Saúde anuncia medidas para fortalecimento das Santas Casas e ho...Ministério da Saúde anuncia medidas para fortalecimento das Santas Casas e ho...
Ministério da Saúde anuncia medidas para fortalecimento das Santas Casas e ho...
Ministério da Saúde
 
Ministério da Saúde lança campanha para incentivar doação de leite materno
Ministério da Saúde lança campanha para incentivar doação de leite maternoMinistério da Saúde lança campanha para incentivar doação de leite materno
Ministério da Saúde lança campanha para incentivar doação de leite materno
Ministério da Saúde
 
Brasil registra queda de 84% nos óbitos por dengue em 2012
Brasil registra queda de 84% nos óbitos por dengue em 2012Brasil registra queda de 84% nos óbitos por dengue em 2012
Brasil registra queda de 84% nos óbitos por dengue em 2012
Ministério da Saúde
 
Coletiva Aids - Campanha para festas populares
Coletiva Aids - Campanha para festas popularesColetiva Aids - Campanha para festas populares
Coletiva Aids - Campanha para festas populares
Ministério da Saúde
 
Mães avaliam atendimento prestado pela Rede Cegonha.
Mães avaliam atendimento prestado pela Rede Cegonha.Mães avaliam atendimento prestado pela Rede Cegonha.
Mães avaliam atendimento prestado pela Rede Cegonha.
Ministério da Saúde
 
Municípios vulneráveis terão nova oportunidade no 5º ciclo do Mais Médicos
Municípios vulneráveis terão nova oportunidade no 5º ciclo do Mais MédicosMunicípios vulneráveis terão nova oportunidade no 5º ciclo do Mais Médicos
Municípios vulneráveis terão nova oportunidade no 5º ciclo do Mais Médicos
Ministério da Saúde
 
Resultado do novo ciclo de monitoramento dos planos de saúde final
Resultado do novo ciclo de monitoramento dos planos de saúde finalResultado do novo ciclo de monitoramento dos planos de saúde final
Resultado do novo ciclo de monitoramento dos planos de saúde final
Ministério da Saúde
 
Sistema de Vigilância de Violências e Acidentes
Sistema de Vigilância de Violências e AcidentesSistema de Vigilância de Violências e Acidentes
Sistema de Vigilância de Violências e Acidentes
Ministério da Saúde
 
Lançamento da campanha de prevenção às DSTs/Aids
Lançamento da campanha de prevenção às DSTs/AidsLançamento da campanha de prevenção às DSTs/Aids
Lançamento da campanha de prevenção às DSTs/Aids
Ministério da Saúde
 
Políticas da atenção básica redes aula 2015
Políticas da atenção básica redes aula 2015 Políticas da atenção básica redes aula 2015
Políticas da atenção básica redes aula 2015
Jamessonjr Leite Junior
 
Governo Federal apresenta plano para redução da violência de trânsito
Governo Federal apresenta plano para redução da violência de trânsitoGoverno Federal apresenta plano para redução da violência de trânsito
Governo Federal apresenta plano para redução da violência de trânsito
Ministério da Saúde
 
Coletiva órteses e próteses 07/07/15
Coletiva órteses e próteses 07/07/15Coletiva órteses e próteses 07/07/15
Coletiva órteses e próteses 07/07/15
Ministério da Saúde
 
Planos de saúde ressarcem valor recorde de recursos ao SUS
Planos de saúde ressarcem valor recorde de recursos ao SUSPlanos de saúde ressarcem valor recorde de recursos ao SUS
Planos de saúde ressarcem valor recorde de recursos ao SUS
Ministério da Saúde
 
Campanha para população em situação de rua
Campanha para população em situação de rua Campanha para população em situação de rua
Campanha para população em situação de rua
Ministério da Saúde
 
Vacinação contra o HPV no SUS
Vacinação contra o HPV no SUSVacinação contra o HPV no SUS
Vacinação contra o HPV no SUS
Ministério da Saúde
 
Vacina contra o HPV - Apresentação
Vacina contra o HPV - Apresentação Vacina contra o HPV - Apresentação
Vacina contra o HPV - Apresentação
Ministério da Saúde
 
Hepatites Virais - Campanha 2015 e Novo Protocolo Clínico
Hepatites Virais - Campanha 2015 e Novo Protocolo ClínicoHepatites Virais - Campanha 2015 e Novo Protocolo Clínico
Hepatites Virais - Campanha 2015 e Novo Protocolo Clínico
Ministério da Saúde
 

Destaque (20)

Apresentação | Coletiva Vigitel
Apresentação | Coletiva VigitelApresentação | Coletiva Vigitel
Apresentação | Coletiva Vigitel
 
Confira o balanço de inscrições ao Programa Mais Médicos 2015
Confira o balanço de inscrições ao Programa Mais Médicos 2015Confira o balanço de inscrições ao Programa Mais Médicos 2015
Confira o balanço de inscrições ao Programa Mais Médicos 2015
 
Ministério da Saúde lança semana Saúde na Escola para prevenção da obesidade ...
Ministério da Saúde lança semana Saúde na Escola para prevenção da obesidade ...Ministério da Saúde lança semana Saúde na Escola para prevenção da obesidade ...
Ministério da Saúde lança semana Saúde na Escola para prevenção da obesidade ...
 
Ministério da Saúde anuncia medidas para fortalecimento das Santas Casas e ho...
Ministério da Saúde anuncia medidas para fortalecimento das Santas Casas e ho...Ministério da Saúde anuncia medidas para fortalecimento das Santas Casas e ho...
Ministério da Saúde anuncia medidas para fortalecimento das Santas Casas e ho...
 
Ministério da Saúde lança campanha para incentivar doação de leite materno
Ministério da Saúde lança campanha para incentivar doação de leite maternoMinistério da Saúde lança campanha para incentivar doação de leite materno
Ministério da Saúde lança campanha para incentivar doação de leite materno
 
Brasil registra queda de 84% nos óbitos por dengue em 2012
Brasil registra queda de 84% nos óbitos por dengue em 2012Brasil registra queda de 84% nos óbitos por dengue em 2012
Brasil registra queda de 84% nos óbitos por dengue em 2012
 
Coletiva Aids - Campanha para festas populares
Coletiva Aids - Campanha para festas popularesColetiva Aids - Campanha para festas populares
Coletiva Aids - Campanha para festas populares
 
Mães avaliam atendimento prestado pela Rede Cegonha.
Mães avaliam atendimento prestado pela Rede Cegonha.Mães avaliam atendimento prestado pela Rede Cegonha.
Mães avaliam atendimento prestado pela Rede Cegonha.
 
Municípios vulneráveis terão nova oportunidade no 5º ciclo do Mais Médicos
Municípios vulneráveis terão nova oportunidade no 5º ciclo do Mais MédicosMunicípios vulneráveis terão nova oportunidade no 5º ciclo do Mais Médicos
Municípios vulneráveis terão nova oportunidade no 5º ciclo do Mais Médicos
 
Resultado do novo ciclo de monitoramento dos planos de saúde final
Resultado do novo ciclo de monitoramento dos planos de saúde finalResultado do novo ciclo de monitoramento dos planos de saúde final
Resultado do novo ciclo de monitoramento dos planos de saúde final
 
Sistema de Vigilância de Violências e Acidentes
Sistema de Vigilância de Violências e AcidentesSistema de Vigilância de Violências e Acidentes
Sistema de Vigilância de Violências e Acidentes
 
Lançamento da campanha de prevenção às DSTs/Aids
Lançamento da campanha de prevenção às DSTs/AidsLançamento da campanha de prevenção às DSTs/Aids
Lançamento da campanha de prevenção às DSTs/Aids
 
Políticas da atenção básica redes aula 2015
Políticas da atenção básica redes aula 2015 Políticas da atenção básica redes aula 2015
Políticas da atenção básica redes aula 2015
 
Governo Federal apresenta plano para redução da violência de trânsito
Governo Federal apresenta plano para redução da violência de trânsitoGoverno Federal apresenta plano para redução da violência de trânsito
Governo Federal apresenta plano para redução da violência de trânsito
 
Coletiva órteses e próteses 07/07/15
Coletiva órteses e próteses 07/07/15Coletiva órteses e próteses 07/07/15
Coletiva órteses e próteses 07/07/15
 
Planos de saúde ressarcem valor recorde de recursos ao SUS
Planos de saúde ressarcem valor recorde de recursos ao SUSPlanos de saúde ressarcem valor recorde de recursos ao SUS
Planos de saúde ressarcem valor recorde de recursos ao SUS
 
Campanha para população em situação de rua
Campanha para população em situação de rua Campanha para população em situação de rua
Campanha para população em situação de rua
 
Vacinação contra o HPV no SUS
Vacinação contra o HPV no SUSVacinação contra o HPV no SUS
Vacinação contra o HPV no SUS
 
Vacina contra o HPV - Apresentação
Vacina contra o HPV - Apresentação Vacina contra o HPV - Apresentação
Vacina contra o HPV - Apresentação
 
Hepatites Virais - Campanha 2015 e Novo Protocolo Clínico
Hepatites Virais - Campanha 2015 e Novo Protocolo ClínicoHepatites Virais - Campanha 2015 e Novo Protocolo Clínico
Hepatites Virais - Campanha 2015 e Novo Protocolo Clínico
 

Semelhante a Audiência Pública Reunião Ordinária na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania Câmara dos Deputados, Junho/2012

Nos últimos dez anos, brasil tem déficit de 54 mil médicos
Nos últimos dez anos, brasil tem déficit de 54 mil médicosNos últimos dez anos, brasil tem déficit de 54 mil médicos
Nos últimos dez anos, brasil tem déficit de 54 mil médicos
José Ripardo
 
Os médicos no Brasil a estrutura da força de trabalho e os sinais de mercado ...
Os médicos no Brasil a estrutura da força de trabalho e os sinais de mercado ...Os médicos no Brasil a estrutura da força de trabalho e os sinais de mercado ...
Os médicos no Brasil a estrutura da força de trabalho e os sinais de mercado ...
DaviCarvalho66
 
Ministro da Saúde explica plano Mais Médicos, que prevê mais profissionais e ...
Ministro da Saúde explica plano Mais Médicos, que prevê mais profissionais e ...Ministro da Saúde explica plano Mais Médicos, que prevê mais profissionais e ...
Ministro da Saúde explica plano Mais Médicos, que prevê mais profissionais e ...
Palácio do Planalto
 
Mais médicos para o Brasil
Mais médicos para o BrasilMais médicos para o Brasil
Mais médicos para o Brasil
Leonardo Alves
 
Saude coletiva novembro
Saude coletiva novembroSaude coletiva novembro
Saude coletiva novembro
gabileaoskt
 
Por uma AB acessível, cuidadora e resolutiva - Paulo Poli
Por uma AB acessível, cuidadora e resolutiva - Paulo PoliPor uma AB acessível, cuidadora e resolutiva - Paulo Poli
Por uma AB acessível, cuidadora e resolutiva - Paulo Poli
comunidadedepraticas
 
Índice de Escassez de Médicos no Brasil - RJ 2010.pdf
Índice de Escassez de Médicos no Brasil - RJ 2010.pdfÍndice de Escassez de Médicos no Brasil - RJ 2010.pdf
Índice de Escassez de Médicos no Brasil - RJ 2010.pdf
DaviCarvalho66
 
Pacto Nacional pela Saúde - Apresentação do ministro da Saúde, Alexandre Padilha
Pacto Nacional pela Saúde - Apresentação do ministro da Saúde, Alexandre PadilhaPacto Nacional pela Saúde - Apresentação do ministro da Saúde, Alexandre Padilha
Pacto Nacional pela Saúde - Apresentação do ministro da Saúde, Alexandre Padilha
Zeca Dirceu
 
Pacto Nacional pela Saúde - Mais Médicos
Pacto Nacional pela Saúde - Mais MédicosPacto Nacional pela Saúde - Mais Médicos
Pacto Nacional pela Saúde - Mais Médicos
Palácio do Planalto
 
Escassez de Médicos em Atenção Primária em Saúde no Brasil – 2010 - 2021_.pdf
Escassez de Médicos em Atenção Primária em Saúde no Brasil – 2010 - 2021_.pdfEscassez de Médicos em Atenção Primária em Saúde no Brasil – 2010 - 2021_.pdf
Escassez de Médicos em Atenção Primária em Saúde no Brasil – 2010 - 2021_.pdf
DaviCarvalho66
 
Planejamento II plano municipal Santa Rosa
Planejamento II  plano municipal Santa RosaPlanejamento II  plano municipal Santa Rosa
Planejamento II plano municipal Santa Rosa
Bi_Oliveira
 
FGV / IBRE – Modelos de Parcerias Publico Privadas para Gestão de Serviços de...
FGV / IBRE – Modelos de Parcerias Publico Privadas para Gestão de Serviços de...FGV / IBRE – Modelos de Parcerias Publico Privadas para Gestão de Serviços de...
FGV / IBRE – Modelos de Parcerias Publico Privadas para Gestão de Serviços de...
FGV | Fundação Getulio Vargas
 
Mercado de Trabalho de Médicos na Atenção Básica 2012.pdf
Mercado de Trabalho de Médicos na Atenção Básica 2012.pdfMercado de Trabalho de Médicos na Atenção Básica 2012.pdf
Mercado de Trabalho de Médicos na Atenção Básica 2012.pdf
DaviCarvalho66
 
#susmaisforte
#susmaisforte#susmaisforte
#susmaisforte
Ministério da Saúde
 
Sinais do Mercado de Trabalho em Saúde – Modelo de Projeção da FT 2012.pdf
Sinais do Mercado de Trabalho em Saúde – Modelo de Projeção da FT 2012.pdfSinais do Mercado de Trabalho em Saúde – Modelo de Projeção da FT 2012.pdf
Sinais do Mercado de Trabalho em Saúde – Modelo de Projeção da FT 2012.pdf
DaviCarvalho66
 
DOC_PARTICIPANTE_EVT_6424_1574864439268_KComissaoPermanenteCAS20191127EXT055_...
DOC_PARTICIPANTE_EVT_6424_1574864439268_KComissaoPermanenteCAS20191127EXT055_...DOC_PARTICIPANTE_EVT_6424_1574864439268_KComissaoPermanenteCAS20191127EXT055_...
DOC_PARTICIPANTE_EVT_6424_1574864439268_KComissaoPermanenteCAS20191127EXT055_...
VicthriaSdeMoraesSpi
 
Simpósio Hanseníase - Situação atual da hanseniase no Brasil e mundo - derma...
Simpósio Hanseníase -  Situação atual da hanseniase no Brasil e mundo - derma...Simpósio Hanseníase -  Situação atual da hanseniase no Brasil e mundo - derma...
Simpósio Hanseníase - Situação atual da hanseniase no Brasil e mundo - derma...
lascounic
 
Apresentação do Dr. Luiz Ary Messina - Telessaúde.
Apresentação do Dr. Luiz Ary Messina - Telessaúde.Apresentação do Dr. Luiz Ary Messina - Telessaúde.
Apresentação do Dr. Luiz Ary Messina - Telessaúde.
REBRATSoficial
 
O Futuro do SUS: Desafios e Mudanças Necessárias - Edson Correia Araujo
O Futuro do SUS: Desafios e Mudanças Necessárias  - Edson Correia AraujoO Futuro do SUS: Desafios e Mudanças Necessárias  - Edson Correia Araujo
O Futuro do SUS: Desafios e Mudanças Necessárias - Edson Correia Araujo
Fundação Fernando Henrique Cardoso
 
Número de doadores de órgãos dobra em 10 anos no Brasil!
Número de doadores de órgãos dobra em 10 anos no Brasil!Número de doadores de órgãos dobra em 10 anos no Brasil!
Número de doadores de órgãos dobra em 10 anos no Brasil!
ONGestão
 

Semelhante a Audiência Pública Reunião Ordinária na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania Câmara dos Deputados, Junho/2012 (20)

Nos últimos dez anos, brasil tem déficit de 54 mil médicos
Nos últimos dez anos, brasil tem déficit de 54 mil médicosNos últimos dez anos, brasil tem déficit de 54 mil médicos
Nos últimos dez anos, brasil tem déficit de 54 mil médicos
 
Os médicos no Brasil a estrutura da força de trabalho e os sinais de mercado ...
Os médicos no Brasil a estrutura da força de trabalho e os sinais de mercado ...Os médicos no Brasil a estrutura da força de trabalho e os sinais de mercado ...
Os médicos no Brasil a estrutura da força de trabalho e os sinais de mercado ...
 
Ministro da Saúde explica plano Mais Médicos, que prevê mais profissionais e ...
Ministro da Saúde explica plano Mais Médicos, que prevê mais profissionais e ...Ministro da Saúde explica plano Mais Médicos, que prevê mais profissionais e ...
Ministro da Saúde explica plano Mais Médicos, que prevê mais profissionais e ...
 
Mais médicos para o Brasil
Mais médicos para o BrasilMais médicos para o Brasil
Mais médicos para o Brasil
 
Saude coletiva novembro
Saude coletiva novembroSaude coletiva novembro
Saude coletiva novembro
 
Por uma AB acessível, cuidadora e resolutiva - Paulo Poli
Por uma AB acessível, cuidadora e resolutiva - Paulo PoliPor uma AB acessível, cuidadora e resolutiva - Paulo Poli
Por uma AB acessível, cuidadora e resolutiva - Paulo Poli
 
Índice de Escassez de Médicos no Brasil - RJ 2010.pdf
Índice de Escassez de Médicos no Brasil - RJ 2010.pdfÍndice de Escassez de Médicos no Brasil - RJ 2010.pdf
Índice de Escassez de Médicos no Brasil - RJ 2010.pdf
 
Pacto Nacional pela Saúde - Apresentação do ministro da Saúde, Alexandre Padilha
Pacto Nacional pela Saúde - Apresentação do ministro da Saúde, Alexandre PadilhaPacto Nacional pela Saúde - Apresentação do ministro da Saúde, Alexandre Padilha
Pacto Nacional pela Saúde - Apresentação do ministro da Saúde, Alexandre Padilha
 
Pacto Nacional pela Saúde - Mais Médicos
Pacto Nacional pela Saúde - Mais MédicosPacto Nacional pela Saúde - Mais Médicos
Pacto Nacional pela Saúde - Mais Médicos
 
Escassez de Médicos em Atenção Primária em Saúde no Brasil – 2010 - 2021_.pdf
Escassez de Médicos em Atenção Primária em Saúde no Brasil – 2010 - 2021_.pdfEscassez de Médicos em Atenção Primária em Saúde no Brasil – 2010 - 2021_.pdf
Escassez de Médicos em Atenção Primária em Saúde no Brasil – 2010 - 2021_.pdf
 
Planejamento II plano municipal Santa Rosa
Planejamento II  plano municipal Santa RosaPlanejamento II  plano municipal Santa Rosa
Planejamento II plano municipal Santa Rosa
 
FGV / IBRE – Modelos de Parcerias Publico Privadas para Gestão de Serviços de...
FGV / IBRE – Modelos de Parcerias Publico Privadas para Gestão de Serviços de...FGV / IBRE – Modelos de Parcerias Publico Privadas para Gestão de Serviços de...
FGV / IBRE – Modelos de Parcerias Publico Privadas para Gestão de Serviços de...
 
Mercado de Trabalho de Médicos na Atenção Básica 2012.pdf
Mercado de Trabalho de Médicos na Atenção Básica 2012.pdfMercado de Trabalho de Médicos na Atenção Básica 2012.pdf
Mercado de Trabalho de Médicos na Atenção Básica 2012.pdf
 
#susmaisforte
#susmaisforte#susmaisforte
#susmaisforte
 
Sinais do Mercado de Trabalho em Saúde – Modelo de Projeção da FT 2012.pdf
Sinais do Mercado de Trabalho em Saúde – Modelo de Projeção da FT 2012.pdfSinais do Mercado de Trabalho em Saúde – Modelo de Projeção da FT 2012.pdf
Sinais do Mercado de Trabalho em Saúde – Modelo de Projeção da FT 2012.pdf
 
DOC_PARTICIPANTE_EVT_6424_1574864439268_KComissaoPermanenteCAS20191127EXT055_...
DOC_PARTICIPANTE_EVT_6424_1574864439268_KComissaoPermanenteCAS20191127EXT055_...DOC_PARTICIPANTE_EVT_6424_1574864439268_KComissaoPermanenteCAS20191127EXT055_...
DOC_PARTICIPANTE_EVT_6424_1574864439268_KComissaoPermanenteCAS20191127EXT055_...
 
Simpósio Hanseníase - Situação atual da hanseniase no Brasil e mundo - derma...
Simpósio Hanseníase -  Situação atual da hanseniase no Brasil e mundo - derma...Simpósio Hanseníase -  Situação atual da hanseniase no Brasil e mundo - derma...
Simpósio Hanseníase - Situação atual da hanseniase no Brasil e mundo - derma...
 
Apresentação do Dr. Luiz Ary Messina - Telessaúde.
Apresentação do Dr. Luiz Ary Messina - Telessaúde.Apresentação do Dr. Luiz Ary Messina - Telessaúde.
Apresentação do Dr. Luiz Ary Messina - Telessaúde.
 
O Futuro do SUS: Desafios e Mudanças Necessárias - Edson Correia Araujo
O Futuro do SUS: Desafios e Mudanças Necessárias  - Edson Correia AraujoO Futuro do SUS: Desafios e Mudanças Necessárias  - Edson Correia Araujo
O Futuro do SUS: Desafios e Mudanças Necessárias - Edson Correia Araujo
 
Número de doadores de órgãos dobra em 10 anos no Brasil!
Número de doadores de órgãos dobra em 10 anos no Brasil!Número de doadores de órgãos dobra em 10 anos no Brasil!
Número de doadores de órgãos dobra em 10 anos no Brasil!
 

Mais de Ministério da Saúde

Microcefalia - Perguntas e Respostas
Microcefalia - Perguntas e RespostasMicrocefalia - Perguntas e Respostas
Microcefalia - Perguntas e Respostas
Ministério da Saúde
 
Novo tratamento para hepatite C
Novo tratamento para hepatite CNovo tratamento para hepatite C
Novo tratamento para hepatite C
Ministério da Saúde
 
Carta Aberta à População - Vacina HPV
Carta Aberta à População - Vacina HPVCarta Aberta à População - Vacina HPV
Carta Aberta à População - Vacina HPV
Ministério da Saúde
 
Política de Segurança da Participação dos Internautas
Política de Segurança da Participação dos InternautasPolítica de Segurança da Participação dos Internautas
Política de Segurança da Participação dos Internautas
Ministério da Saúde
 
Campanha de Vacinação contra Paralisia Infantil 2015
Campanha de Vacinação contra Paralisia Infantil 2015Campanha de Vacinação contra Paralisia Infantil 2015
Campanha de Vacinação contra Paralisia Infantil 2015
Ministério da Saúde
 
Brasil terá primeira fábrica de equipamentos para radioterapia da América Latina
Brasil terá primeira fábrica de equipamentos para radioterapia da América LatinaBrasil terá primeira fábrica de equipamentos para radioterapia da América Latina
Brasil terá primeira fábrica de equipamentos para radioterapia da América Latina
Ministério da Saúde
 
Campanha de Doação de Leite Materno 2015
Campanha de Doação de Leite Materno 2015Campanha de Doação de Leite Materno 2015
Campanha de Doação de Leite Materno 2015
Ministério da Saúde
 
Coletiva Redução do Sódio em Alimentos Processados
Coletiva Redução do Sódio em Alimentos ProcessadosColetiva Redução do Sódio em Alimentos Processados
Coletiva Redução do Sódio em Alimentos Processados
Ministério da Saúde
 
Campanha de prevenção às DST e aids para o carnaval
Campanha de prevenção às DST e aids para o carnavalCampanha de prevenção às DST e aids para o carnaval
Campanha de prevenção às DST e aids para o carnaval
Ministério da Saúde
 
Campanha Nacional de Hanseníase 2015
Campanha Nacional de Hanseníase 2015Campanha Nacional de Hanseníase 2015
Campanha Nacional de Hanseníase 2015
Ministério da Saúde
 
Parto Normal
Parto NormalParto Normal
Parto Normal
Ministério da Saúde
 
Lista de Oficinas Ortopédicas habilitadas
Lista de Oficinas Ortopédicas habilitadasLista de Oficinas Ortopédicas habilitadas
Lista de Oficinas Ortopédicas habilitadas
Ministério da Saúde
 
Lista de Centros Especializados em Reabilitação
Lista de Centros Especializados em ReabilitaçãoLista de Centros Especializados em Reabilitação
Lista de Centros Especializados em Reabilitação
Ministério da Saúde
 
Perguntas e Respostas - Saúde Indígena
Perguntas e Respostas - Saúde IndígenaPerguntas e Respostas - Saúde Indígena
Perguntas e Respostas - Saúde Indígena
Ministério da Saúde
 
Termos de Uso do Selo Blog da Saúde
Termos de Uso do Selo Blog da SaúdeTermos de Uso do Selo Blog da Saúde
Termos de Uso do Selo Blog da Saúde
Ministério da Saúde
 
Trinta e oito por cento dos serviços de alimentação são certificados com nota...
Trinta e oito por cento dos serviços de alimentação são certificados com nota...Trinta e oito por cento dos serviços de alimentação são certificados com nota...
Trinta e oito por cento dos serviços de alimentação são certificados com nota...
Ministério da Saúde
 
Divulgação do resultado da categorização dos serviços de alimentação
Divulgação do resultado da categorização dos serviços de alimentaçãoDivulgação do resultado da categorização dos serviços de alimentação
Divulgação do resultado da categorização dos serviços de alimentação
Ministério da Saúde
 
Brasil Sorridente ultrapassa mil unidades e amplia atendimento especializado ...
Brasil Sorridente ultrapassa mil unidades e amplia atendimento especializado ...Brasil Sorridente ultrapassa mil unidades e amplia atendimento especializado ...
Brasil Sorridente ultrapassa mil unidades e amplia atendimento especializado ...
Ministério da Saúde
 
Ministério da Saúde acaba com propaganda comercial de cigarros e extingue fum...
Ministério da Saúde acaba com propaganda comercial de cigarros e extingue fum...Ministério da Saúde acaba com propaganda comercial de cigarros e extingue fum...
Ministério da Saúde acaba com propaganda comercial de cigarros e extingue fum...
Ministério da Saúde
 
Centro de operações em Brasília reunirá informações de saúde das 12 cidades-s...
Centro de operações em Brasília reunirá informações de saúde das 12 cidades-s...Centro de operações em Brasília reunirá informações de saúde das 12 cidades-s...
Centro de operações em Brasília reunirá informações de saúde das 12 cidades-s...
Ministério da Saúde
 

Mais de Ministério da Saúde (20)

Microcefalia - Perguntas e Respostas
Microcefalia - Perguntas e RespostasMicrocefalia - Perguntas e Respostas
Microcefalia - Perguntas e Respostas
 
Novo tratamento para hepatite C
Novo tratamento para hepatite CNovo tratamento para hepatite C
Novo tratamento para hepatite C
 
Carta Aberta à População - Vacina HPV
Carta Aberta à População - Vacina HPVCarta Aberta à População - Vacina HPV
Carta Aberta à População - Vacina HPV
 
Política de Segurança da Participação dos Internautas
Política de Segurança da Participação dos InternautasPolítica de Segurança da Participação dos Internautas
Política de Segurança da Participação dos Internautas
 
Campanha de Vacinação contra Paralisia Infantil 2015
Campanha de Vacinação contra Paralisia Infantil 2015Campanha de Vacinação contra Paralisia Infantil 2015
Campanha de Vacinação contra Paralisia Infantil 2015
 
Brasil terá primeira fábrica de equipamentos para radioterapia da América Latina
Brasil terá primeira fábrica de equipamentos para radioterapia da América LatinaBrasil terá primeira fábrica de equipamentos para radioterapia da América Latina
Brasil terá primeira fábrica de equipamentos para radioterapia da América Latina
 
Campanha de Doação de Leite Materno 2015
Campanha de Doação de Leite Materno 2015Campanha de Doação de Leite Materno 2015
Campanha de Doação de Leite Materno 2015
 
Coletiva Redução do Sódio em Alimentos Processados
Coletiva Redução do Sódio em Alimentos ProcessadosColetiva Redução do Sódio em Alimentos Processados
Coletiva Redução do Sódio em Alimentos Processados
 
Campanha de prevenção às DST e aids para o carnaval
Campanha de prevenção às DST e aids para o carnavalCampanha de prevenção às DST e aids para o carnaval
Campanha de prevenção às DST e aids para o carnaval
 
Campanha Nacional de Hanseníase 2015
Campanha Nacional de Hanseníase 2015Campanha Nacional de Hanseníase 2015
Campanha Nacional de Hanseníase 2015
 
Parto Normal
Parto NormalParto Normal
Parto Normal
 
Lista de Oficinas Ortopédicas habilitadas
Lista de Oficinas Ortopédicas habilitadasLista de Oficinas Ortopédicas habilitadas
Lista de Oficinas Ortopédicas habilitadas
 
Lista de Centros Especializados em Reabilitação
Lista de Centros Especializados em ReabilitaçãoLista de Centros Especializados em Reabilitação
Lista de Centros Especializados em Reabilitação
 
Perguntas e Respostas - Saúde Indígena
Perguntas e Respostas - Saúde IndígenaPerguntas e Respostas - Saúde Indígena
Perguntas e Respostas - Saúde Indígena
 
Termos de Uso do Selo Blog da Saúde
Termos de Uso do Selo Blog da SaúdeTermos de Uso do Selo Blog da Saúde
Termos de Uso do Selo Blog da Saúde
 
Trinta e oito por cento dos serviços de alimentação são certificados com nota...
Trinta e oito por cento dos serviços de alimentação são certificados com nota...Trinta e oito por cento dos serviços de alimentação são certificados com nota...
Trinta e oito por cento dos serviços de alimentação são certificados com nota...
 
Divulgação do resultado da categorização dos serviços de alimentação
Divulgação do resultado da categorização dos serviços de alimentaçãoDivulgação do resultado da categorização dos serviços de alimentação
Divulgação do resultado da categorização dos serviços de alimentação
 
Brasil Sorridente ultrapassa mil unidades e amplia atendimento especializado ...
Brasil Sorridente ultrapassa mil unidades e amplia atendimento especializado ...Brasil Sorridente ultrapassa mil unidades e amplia atendimento especializado ...
Brasil Sorridente ultrapassa mil unidades e amplia atendimento especializado ...
 
Ministério da Saúde acaba com propaganda comercial de cigarros e extingue fum...
Ministério da Saúde acaba com propaganda comercial de cigarros e extingue fum...Ministério da Saúde acaba com propaganda comercial de cigarros e extingue fum...
Ministério da Saúde acaba com propaganda comercial de cigarros e extingue fum...
 
Centro de operações em Brasília reunirá informações de saúde das 12 cidades-s...
Centro de operações em Brasília reunirá informações de saúde das 12 cidades-s...Centro de operações em Brasília reunirá informações de saúde das 12 cidades-s...
Centro de operações em Brasília reunirá informações de saúde das 12 cidades-s...
 

Audiência Pública Reunião Ordinária na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania Câmara dos Deputados, Junho/2012

  • 1. Audiência Pública Reunião Ordinária na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania Câmara dos Deputados, Junho/2012 Ministro de Estado da Saúde Alexandre Padilha
  • 2. Diagnóstico da Falta de Médicos no Brasil
  • 3. Peru 0,9 Chile 1,0 Paraguai 1,1* Bolívia 1,2* Colômbia 1,4* Equador 1,7 Brasil 1,8 Venezuela 1,9* México 2,0 Canadá 2,0 Estados Unidos 2,4 Reino Unido 2,7 Austrália 3,0 Argentina 3,2* Itália 3,5 Alemanha 3,6 Uruguai 3,7 Portugal 3,9 Espanha 4,0 Cuba 6,7 Médicos por mil habitantes - 2012 * Fonte: Estadisticas Sanitarias Mundiales, OMS/2011
  • 4. 22 estados abaixo da média nacional Brasil: 1,8 médicos por mil habitantes Fonte: Conselho Federal de Medicina - 2012 0,94 1,12 0,76 1,06 1,09 1,05 3,46 1,97 1,45 0,58 1,1 1,54 1,81 0,77 1,17 1,68 1,39 0,92 3,44 1,23 2,23 1,02 1,21 1,69 2,49 1,3 1,08 Acre Alagoas Amapá Amazonas Bahia Ceará DistritoFederal EspíritoSanto Goiás Maranhão MatoGrosso MatoGrosso… MinasGerais Pará Paraíba Paraná Pernambuco Piauí RiodeJaneiro RioGrande… RioGrande… Rondônia Roraima SantaCatarina SãoPaulo Sergipe Tocantins
  • 5. Fonte: Estação de Pesquisa de Sinais de Mercado (EPSM/NESCON/FM/UFMG) * Considera o número de médicos equivalente a 40 horas nas especialidades de clínica médica, saúde da família e pediatria. Índice de escassez de médicos em Atenção Primária à Saúde (APS)* Proporção de domicílios com renda per capita abaixo da linha da pobreza (R$ 137)
  • 6. Realidade dos municípios do interior e periferia Mais de 1.900 municípios têm menos de 1 médico para 3 mil habitantes na Atenção Básica 700 municípios apresentam altos índices de insegurança por escassez de médicos: sendo que a maioria não tem sequer 1 médico residindo no município Fonte: Rede Observatório de Recursos Humanos
  • 7. Ano Total de admissões Total de desligamentos Saldo admissões e desligamentos Admissões por 1º Emprego Formal Vínculos ativos em 31/12 Egressos de medicina 2003 39.461 30.496 8.965 10.650 203.787 8.498 2004 43.969 34.987 8.982 12.050 210.733 9.113 2005 55.944 39.757 16.187 15.345 226.021 9.339 2006 59.019 45.290 13.729 15.943 235.191 10.004 2007 61.639 49.057 12.582 15.286 254.056 10.381 2008 67.749 57.389 10.360 17.865 261.558 10.133 2009 74.454 59.818 14.636 21.645 277.440 10.825 2010 75.070 59.360 15.710 19.361 280.426 11.881 2011 71.625 63.134 8.491 18.722 282.127 12.982 Acumulado 548.930 439.288 109.642 146.867 - 93.156 Em 2011 foram criados quase 19 mil empregos formais, porém apenas 13 mil médicos se formaram. Retrato do mercado de trabalho médico no Brasil Fonte: EPSM/NESCONFM/UFMG a partir da RAIS/TEM e do Censo da Educação Superior do INEP.
  • 8. Distribuição da massa de horas semanais de trabalho de médicos por esfera administrativa do estabelecimento - mar/2012 Pública 58%Privada lucrativa 24% Privada não lucrativa 18% Fonte: Estação de Pesquisa de Sinais de Mercado (EPSM/NESCON/FM/UFMG) a partir do Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES) do Ministério da Saúde.
  • 9. Fonte: SIPS-IPEA/2011 População pede mais médicos Em estudo realizado pelo IPEA, 58,1% dos 2.773 entrevistados disseram que a falta de médicos é o principal problema do SUS Os mesmos entrevistados sugeriram o aumento do número de médicos como a principal melhoria necessária
  • 10. Medidas estruturantes: o Ministério da Saúde investe no profissional brasileiro 1 2 3 4 Abertura de 2.415 vagas em cursos de medicina até 2014 Abertura de novas vagas de residência, em especialidades nos estados que mais precisam. 4 mil bolsas até 2014 Provab: 3.643 médicos atuam com recursos federais nas periferias das grandes cidades e no interior. Desconto na dívida do FIES para os profissionais que trabalham onde o SUS precisa
  • 11. Editorial e matéria publicados em O Globo, 17/05 A Falta de Médicos no Brasil
  • 12. O Globo, 30/05 O Globo, 18/05 Estado de Minas, 24/05
  • 13. G1, 14/05 Jornal Nacional, 21/5 A Falta de Médicos no Brasil
  • 14. G1, 3/06 Valor Econômico, 31/05 Folha de S. Paulo, 2/06 A Falta de Médicos no Brasil
  • 15. TV Tem , 10/06 Correio do Estado, 11/06 A Falta de Médicos no Brasil
  • 16. O SUS precisa de mais médicos 35.073 novos postos de trabalho serão abertos com investimentos do Ministério da Saúde até 2014 em UPA e UBS* * Cálculo baseado na previsão de abertura de UPA e UBS até 2014
  • 17. 76 172 62 20 445 386 47 126 207 261 492 89 113 239 251 346 160 325 391 164 56 43 331 227 98 660 70 105 232 98 21 588 523 142 181 334 371 789 151 139 337 315 425 199 510 911 219 99 45 477 331 138 1262 125 AC AL AM AP BA CE DF ES GO MA MG MS MT PA PB PE PI PR RJ RN RO RR RS SC SE SP TO Previsão de construção de UBS Número de médicos necessários Previsão de novas UBS até 2014 e capacidade instalada de médicos
  • 18. Fonte: INEP/MEC, SIGRAS/Estação de Trabalho IMS/UERJ ObservaRH, 2012. 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 Privado 41 43 48 55 63 72 83 80 78 95 96 104 Público 53 55 63 66 70 72 73 72 72 82 83 83 Total 94 98 111 121 133 144 156 152 150 177 179 187 Cursos de graduação em medicina segundo a natureza jurídica. Brasil, 2000 – 2011
  • 19. 4% 13% 53% 22% 8% Norte Nordeste Sudeste Sul Centro Oeste 2000 10% 21% 46% 17% 6% Norte Nordeste Sudeste Sul Centro Oeste 2011 A região Sudeste mantém o maior número de cursos (n=85) em 2011, porém observamos um pequeno decréscimo da participação das regiões Sudeste, Sul e Centro Oeste, enquanto as regiões Nordeste e Norte foram as que obtiveram um maior crescimento nos últimos anos. Fonte: INEP/MEC, SIGRAS/Estação de Trabalho IMS/UERJ ObservaRH, 2012 . Distribuição de cursos de medicina por região
  • 20. 0,39 0,39 0,4 0,45 0,47 0,51 0,54 0,55 0,67 0,67 0,67 0,72 0,74 0,75 0,76 0,76 0,83 0,84 0,89 0,96 1,01 1,11 1,11 1,26 1,31 1,4 1,44 3,02 1,09 0,58 1,12 0,76 1,45 0,77 1,39 0,94 1,1 1,21 2,49 1,3 1,54 1,68 1,05 1,23 1,06 1,8 2,23 0,92 1,69 3,46 1,02 1,17 1,81 1,97 3,44 1,08 0 0,5 1 1,5 2 2,5 3 3,5 4 Nº de vagas por 10.000 hab. Nº de médicos por 1.000 hab. Relação vagas e médicos por habitantes/2013
  • 21. Ampliação de 129% no investimento para bolsas em residência médica, chegando a R$ 46,4 milhões em 2013 Especialidades prioritárias: Anestesiologia, Cancerologia nas áreas Clínica/Cirúrgica/Pediátrica, Cardiologia, Cirurgia do Trauma, Cirurgia Geral, Clínica Médica, Medicina de Família e Comunidade, Medicina de Urgência, Medicina Intensiva Adulto/Pediátrica, Nefrologia, Neonatologia, Neurologia/Neurocirurgia, Obstetrícia e Ginecologia, Ortopedia e Traumatologia, Pediatria, Psiquiatria, Radioterapia, Radiologia. Ampliação de residência médica
  • 22. Ampliação de residência médica  Ampliação de 4.000 vagas de residência médica até 2014;  Ampliação de 3.200 vagas de residência multiprofissional até 2014;  Qualificar 1.000 preceptores até 2014;  Implantação do Cadastro Nacional de Especialistas com dados da CNRM, AMB, CFM e SCNES/MS;  Apoio de instituições de ensino em saúde para implantação de novos programas em áreas prioritárias;  Fortalecer programas de residência em redes regionais de atenção à saúde.
  • 23.  Municípios com mais de 80 mil habitantes  Mínimo de 100 leitos hospitalares(nos casos de RM de Pediatria e Ginecologia e Obstetrícia mínimo de 50 leitos hospitalares)  Mínimo de 5 leitos por residente  Análise de hospitais certificados e não certificados e possibilidade de criação ou expansão de vagas  Análise da necessidade por especialidade para cada região Ampliação de residência médica Critérios para expansão
  • 24. Maior programa de interiorização de médicos MS e MEC: especialização e bônus em seleção de residência médica  Curso de especialização em atenção básica – requisito para ingresso e permanência no Programa;  Bolsa federal de Educação pelo Trabalho (Portaria nº 754, de 18/4/2012) no valor de R$ 8.000,00;  Prática Supervisionada através de 551 Médicos Especialistas Supervisores, com visitas presenciais mensais in loco  10% de pontuação adicional nos processos seletivos para Residência Médica, caso seja aprovado no Provab, com conceito igual ou maior que 7,0 Provab
  • 25. Maior programa de interiorização de médicos MS e MEC: especialização e bônus em seleção de residência médica 2012: 381 médicos - 350 obtiveram conceito satisfatório para recebimento de pontuação de 10% nas provas de admissão para residência 2013. 2013: Demanda das prefeituras: 13 mil médicos para municípios de interior e periferias Realidade do Provab: 3,6 mil médicos começam a atuar em 1,3 mil municípios Provab
  • 26. Distribuição de médicos por município 2013: 3.643 médicos
  • 27. PROVAB: Distribuição de médicos por estado 10 76 35 6 455 677 17 87 164145 382 13 23 89 183 302 114 76 140131 25 10 121108 60 180 14 AC AL AM AP BA CE DF ES GO MA MG MS MT PA PB PE PI PR RJ RN RO RR RS SC SE SP TO
  • 28. Projetos Telessaúde Projetos aprovados Recursos SGTES 2012-2013* 2007-2013 Número de Projetos 25 25** Estados 24 25 Recursos R$ 78.114.871,43* R$ 122.731.459,85 *Recursos vigentes 2012-2013 ** Total de projetos 2007-2013 *** Antonina do Norte (CE): desistência de projeto intermunicipal para compor projeto estadual (2012); Recursos SAS 2011 2012 Total Número de Projetos 36*** 11 47 Municípios 2.026 1230 2.773 ESF 10.884 5.952 14.874 Recursos 44 Milhões 16.850 Milhões 60.850 milhões
  • 30. Projetos Telessaúde Situação de Implantação dos Núcleos com recursos SAS 2011 2012 Total Total de projetos com oferta de Teleconsultoria* Número de Projetos 36 11 47 13 (26,7%)** Municípios 2.026 1.230 2.773 1.696*** ESF 10.884 5.952 14.874 7.758*** Recursos 44 Milhões 16.850 milhões 60.850 milhões ** Núcleos Estaduais implantados: Amazonas, Brasília, Mato Grosso do Sul, Santa Catarina, Minas Gerais, Bahia. ** Núcleos Intermunicipais implantados: João Pessoa, Arapiraca, Igarassu, Andradina, Sapucaia do Sul, Volta Redonda, e Brumadinho. *** Os 13 Núcleos já ofertam Teleconsultorias. Os municípios estão em processo de informatização das UBS para implantação do e-SUS e do Telessaúde. Os trabalhadores das 7.758 ESF dos municípios vinculados a estes projetos já podem acessar os serviços de telessaúde.
  • 31. Projetos Telessaúde Núcleos regionais Amazonas 32 Pontos selecionados 4 Pontos em funcionamento Pernambuco 100 Municípios selecionados 36 em implantação
  • 32. Projetos Telessaúde Núcleos regionais Ceará 6 Pontos em funcionamento 70 Municípios selecionados Minas Gerais 58 Municípios com Pontos em funcionamento 42 Pontos em implantação
  • 33. Projetos Telessaúde Núcleos regionais São Paulo 6 Pontos de Telessaúde em funcionamento 90 Municípios selecionados Santa Catarina 7 Pontos em funcionamento 45 Municípios selecionados
  • 34. Projetos Telessaúde Goiás 1 Pontos em funcionamento 82 Municípios selecionados
  • 35. FIES Abatimento mensal de 1% do saldo devedor para o médico que trabalhar em equipes de saúde da família em regiões de carência de profissional Carência estendida para os residentes de especialidades estratégicas, entre elas a Medicina de Família e Comunidade
  • 36.  Apoio técnico e financeiro do MS a planos de Carreira, Cargos e Salários e desprecarização do trabalho em saúde a Estados, Distrito Federal e regiões  Proposta negociada entre gestores e trabalhadores para a melhoria das condições de trabalho no SUS  Investimento do Ministério da Saúde de R$ 29 milhões em Projetos de Planos de Carreira intermunicipal e/ou regional com a participação dos estados  Fomento a novas modelagens de gestão do trabalho para multiplicação de experiências no SUS Portaria 2.517/2012 Incentivo ao Plano de Carreira, Cargos e Salários Portaria GM/MS Nº. 2.517 de 1º/11/2012
  • 37. PROJETOS DESPRECARIZAÇÃO E PCCS 13 Trabalhos Aprovados 21 Trabalhos Classificados 33 Trabalhos Inscritos Portaria 2.517/2012 Incentivo ao Plano de Carreira, Cargos e Salários (Portaria GM/MS Nº. 2.517 de 1º/11/2012)
  • 38. Incentivo ao Plano de Carreira, Cargos e Salários (Portaria GM/MS Nº. 2.517 de 1º/11/2012)
  • 39. Incentivo ao Plano de Carreira, Cargos e Salários (Portaria GM/MS Nº. 2.517 de 1º/11/2012)
  • 40. O Ministério da Saúde vem analisando experiências de outros países para atração de médicos com formação de qualidade para o interior e periferias das grandes cidades
  • 41. Inglaterra: 37% dos médicos se graduaram no exterior EUA: 25% dos médicos se graduaram no exterior Canadá: 17% Austrália: 22% Brasil: apenas 1,79% dos profissionais se formou no exterior Atuação dos médicos estrangeiros no mundo
  • 42. O Ministério da Saúde estuda duas estratégias complementares, adotadas por outros países: 1. O médico se submete a exame de validação do diploma e obtém o direito de exercer a medicina em qualquer região 2. O médico recebe após avaliação criteriosa autorização especial para atuação restrita nas áreas de escassez de médicos como periferias das grandes cidades e municípios de interior, por um período fixo Estratégias estudadas
  • 43. Estratégias estudadas Só serão atraídos profissionais formados em instituições de ensino autorizadas e reconhecidas e que tenham licença para atuar em seus países de origem. Com isso, atrair profissionais qualificados será mais uma das medidas para levar mais médicos para onde os brasileiros mais precisam
  • 44. Estratégias Descartadas  validação automática de diploma  Atrair profissionais de países com menos médicos por mil habitantes que o Brasil, caso de Bolívia e Paraguai, por exemplo. MÉDICOS/1.000 HAB. NO MUNDO PERU 0,9 CHILE 1,0 PARAGUAI 1,1 BOLÍVIA 1,2 COLÔMBIA 1,4 EQUADOR 1,7 BRASIL 1,8
  • 45. Estratégias estudadas Médicos formados em Portugal e na Espanha são vistos como prioridade das medidas em estudo pelo governo federal Os municípios que tiverem interesse em receber médicos estrangeiros deverão, necessariamente, acessar recursos do Ministério da Saúde para estruturar suas unidades de saúde
  • 46. Pela primeira vez, o Governo Federal abriu uma linha de financiamento da ordem de R$ 1,6 bilhão para reforma, ampliação e construção de UBS, por meio do Requalifica UBS O Ministério investe: construção de 3,4 mil UBS reforma de 9,6 mil UBS ampliação de 11,1 mil UBS e 64 UBS fluviais em todo Brasil Investimento em Unidades Básicas de Saúde
  • 47. CONSTRUÇÃO 4.604 propostas aprovadas em 2.255 municípios 1.215 estão com a obra em execução e 1.041 já foram concluídas AMPLIAÇÃO 5.674 propostas aprovadas em 2.326 municípios, 1.266 estão com a obra em execução e 270 já foram concluídas REFORMA 5.483 propostas aprovadas em 1.862 municípios, 1.321 estão com a obra em execução e 1.521 já foram concluídas Investimento em Unidades Básicas de Saúde
  • 48. Qualidade na Atenção Básica Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade (PMAQ) Através do monitoramento do atendimento das equipes das Unidades Básicas de Saúde, o MS poderá até dobrar o que repassa para cada equipe, de acordo com a qualidade do atendimento • mais de 17 mil Equipes de Atenção Básica visitadas • 67 mil usuários e 17,5 mil profissionais entrevistados Portal do Cidadão - acesso às informações sobre as UBS de todo país: http://dab.saude.gov.br/portaldab/cidadao_pmaq.php 34,7 mil Equipes de Atenção Básica 24,3 mil Equipes de Saúde Bucal 3,8 mil Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NASF) 1,3 mil Centros de Especialidades Odontológicas (CEO) 2012 2013 (adesão) • 17,5 mil Equipes de Atenção Básica (em 4 mil municípios) recebendo recursos adicionais
  • 49. Investimento em Unidades Básicas de Saúde Rio Branco, ACRE - Construção UBS PORTE I - ELPÍDIO MOREIRA SOUZA Penedo, ALAGOAS, Reforma USF COOPERATIVA I
  • 50. Investimento em Unidades Básicas de Saúde Autazes, AMAZONAS - Construção UBS ANTONIO ENFERMEIRO Porto Grande, AMAPÁ, Construção UBS DO BAIRRO MANOEL CORTEZ
  • 51. Investimento em Unidades Básicas de Saúde Ichu, BAHIA – Ampliação Posto de Saúde Casa Nova Uruoca, CEARÁ, Construção UBSF Eudeu Matos da Silva
  • 52. Investimento em Unidades Básicas de Saúde Recanto das Emas, DISTRITO FEDERAL – Construção /CLÍNICA DA FAMÍLIA QUADRA 104/105 Colatina, ESPÍRITO SANTO, UBS DO DISTRITO DE ANGELO FRECHIANI
  • 53. Investimento em Unidades Básicas de Saúde Caçu, GOIÁS – Construção UBSF DIVINO CARLOS DE OLIVEIRA - DIVA Açailândia, MARANHÃO, Ampliação UBS DO DISTRITO DE ANGELO FRECHIANI
  • 54. Investimento em Unidades Básicas de Saúde Borda da Mata, MINAS GERAIS – Reforma UBS Monsenhor Pedro Cintra Aquidauana, MATO GROSSO DO SUL, Construção /ESF IZAURA BAES
  • 55. Investimento em Unidades Básicas de Saúde Borda da Mata, MATO GROSSO – Ampliação POSTO DE SAUDE DA BOJUI Conceição do Araguaia, PARÁ, Reforma PSF José Gomes Soares
  • 56. Investimento em Unidades Básicas de Saúde Pombal, PARAÍBA – Construção UBS Dr Azuil Arruda Assis Chã Grande, PERNAMBUCO, Reforma PSF Urbano II
  • 57. Investimento em Unidades Básicas de Saúde Francisco Macedo, PIAUÍ – Ampliação PS Aldeia Arapongas, PARANÁ, Construção UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE ARICANDUVA
  • 58. Investimento em Unidades Básicas de Saúde Areal, RIO DE JANEIRO – Ampliação PSF Alberto Torres Upanema, RIO GRANDE DO NORTE, Ampliação Posto de Saúde Antônio Fernandes da Silva
  • 59. Investimento em Unidades Básicas de Saúde Alto Alegre dos Parecis, RONDÔNIA – Construção Unidade Básica de Saúde Amajari, RORAIMA, Construção UBS Três Corações
  • 60. Investimento em Unidades Básicas de Saúde Jaguarão, RIO GRANDE DO SUL – Ampliação C S DR ARNALDO FERREIRA Xavantina, SANTA CATARINA, Ampliação Unidade Sanitária Sede Xavantina
  • 61. Investimento em Unidades Básicas de Saúde Salgado, SERGIPE – Reforma USF do Povo Água Fria Penápolis, SÃO PAULO, Construção Policlínica Jardim Planalto
  • 62. Investimento em Unidades Básicas de Saúde Ananás, TOCANTINS – Construção UNIDADE BASICA DE SAUDE CHAPADINHA 2
  • 63. Investimento em Unidades Básicas de Saúde Fonte: Sala de Apoio à Gestão Estratégica - SAGE, acesso 11/06/2013,16:30
  • 64. Melhorar sua vida, nosso compromisso