SEMINÁRIO
Mais Médicos para
o Brasil, mais saúde para os brasileiros
Impactos e avanços em
PERNAMBUCO
Brasil 1,8
Argentina 3,2
Uruguai 3,7
Portugal 3,9
Espanha 4
Reino Unido 2,7
Austrália 3
Itália 3,5
Alemanha 3,6
Relação de...
22 estados estavam
abaixo da média
nacional – 1,8/mil
habitantes
5 estados tinham
menos de 1 médico
por mil habitantes:
• ...
Fontes: PNAD, MEC e RAIS/CAGED
Em 10 anos, o número de empregos para médicos
ultrapassou em 53 mil o de profissionais form...
Fonte: MEC, até janeiro de 2013
Poucas vagas de residência médica
5
Apesar de aumentar o número de egressos de medicina, n...
JULHO/13 – Por meio de edital do Ministério da Saúde, cerca de 4.000 municípios
apontam sua necessidade por médico nas UBS...
7
População aprova Mais Médicos
Índice de aprovação de 74,8%, segundo pesquisa da
Confederação Nacional do Transporte divu...
Ampliação e Melhoria da Infraestrutura
Formação para o SUS
Provimento
Emergencial
Ampliação da Oferta
na Graduação e
Resid...
9Período de 2010-2014
2010
2014
106%
Recurso Atenção Básica
R$ 9,7 bilhões R$ 20 bilhões
Fortalecimento da Atenção Básica
0,4
5,2
0,0
1,0
2,0
3,0
4,0
5,0
6,0
0,0
5,0
10,0
15,0
20,0
25,0
30,0
2009-2010 2011-2013
bilhões de reais
27 mil construçõ...
Construção e melhoria de UPAS 24 Horas - Brasil
1.050 unidades
736 em implantação (obras ou ações preparatórias)
314 em fu...
Mais investimentos na atenção
Especializada e hospitalar - Brasil
Hospitais
Universitários
R$ 2 bilhões para 1.035
obras e...
R$ 45 milhões/ano
Plano Nacional de Banda Larga vai garantir que
13 mil UBS tenham acesso a internet
 Contratação dos pon...
Período de 2009-2013
Ampliação e melhoria da
infraestrutura em Pernambuco
1
4
Unidade Básica de Saúde
1.348 construções, r...
Ampliação e Melhoria da Infraestrutura
Formação para o SUS
Provimento
Emergencial
Ampliação da Oferta
na Graduação e
Resid...
Médico
especialista
30% da carga horária do internato será
desenvolvida na Atenção Básica e em
serviços de Urgência e Emer...
17
Mais formação medica para o Brasil
17
 1.232 novas vagas de graduação em Medicina em Universidades Públicas
 1.971 no...
18
Mais formação médica para Pernambuco
Já foram autorizadas 197 vagas de graduação em Medicina
 117 em universidades pri...
30% da carga horária do internato será
desenvolvida na Atenção Básica e em
serviços de Urgência e Emergência do SUS
Mais 1...
Ampliação e Melhoria da Infraestrutura
Formação para o SUS
Provimento
Emergencial
Ampliação da Oferta
na Graduação e
Resid...
Etapas do Programa
Adesão dos municípios e edital de chamamento dos médicos
Médicos brasileiros selecionam municípios onde...
PACTUAÇÃO TRIPARTITE:
Papel do Governo Federal
 Coordenação Nacional do Programa;
 Pagamento de bolsa-formação de R$ 10,...
PACTUAÇÃO TRIPARTITE
Comissão Estadual do Mais Médicos
Auxilia a Coordenação Nacional no acompanhamento e
fiscalização do ...
PACTUAÇÃO TRIPARTITE
Papel dos municípios
 Deslocamento da capital aos
municípios que o médico vai atuar;
 Cadastrar os ...
Integração ensino e serviço
25
Todos os participantes do Mais Médicos cursam especialização em Atenção
Básica e têm o acom...
Especialização em Atenção Básica pela Universidade Aberta do
SUS (UnaSUS)
Curso é ministrado por 11 instituições públicas ...
Programa Mais Médicos supera demanda dos municípios
27
Mais Médicos para o interior e periferias do Brasil
Mais de 14 mil médicos
para a Atenção Básica
Mais de 3.800 municípios ...
29
Perfis Prioritários
20% ou mais da população em situação de extrema
pobreza
Capital
G100
IDHM baixo / muito baixo
Médio...
Participação de médicos brasileiros
30
Total de médicos com
CRM BRASILEIRO no
Programa: 1.558
Participação de médicos com diplomas do exterior
31
Total de médicos INTERCAMBISTAS
INDIVIDUAIS no Programa: 1.195
Participação dos médicos da cooperação com OPAS
32
Total de médicos INTERCAMBISTAS
COOPERADOS no Programa: 11.442
Mais Médicos em cerca de quatro mil municípios brasileiros
33
Total de médicos: Mais de 14 mil
34
Médicos desistentes X
total em atividade
131
1.558
Desligamentos
Atuação
Médicos Brasileiros
9
1.195
Desligamentos
Atua...
Levantamento do Ministério da Saúde em 2.347
municípios com pelo menos um médico do Programa
Comparação entre janeiro de 2...
Redução de 20,8%
dos encaminhamentos
aos hospitais
36
20.170
15.969
jan-13 jan-14
Impactos do Mais Médicos no Brasil
Aumento de 11,3% nos
atendimentos pré-natal
37
529.417
589.372
jan-13 jan-14
Impactos do Mais Médicos no Brasil
Aumento de 5% no
atendimento de
pacientes com
hipertensão arterial
38
jan-13 jan-14
587.535
849.751
Aumento de 44,6%
no at...
39
Mais Médicos em Pernambuco
Seminário no Pernambuco (PE)
646 médicos para a Atenção Básica
144 municípios e DSEI benefic...
40
Aumento de 21,5% no número total de consultas
297.151
361.062
jan-13 jan-14
Impactos do Mais Médicos em Pernambuco
41
Aumento de 21,4% no número total de consultas
por demanda agendada
144.167
175.071
jan-13 jan-14
Impactos do Mais Médic...
Aumento de 55,1% nas consultas de pré-natal
42.384
65.725
jan-13 jan-14
Impactos do Mais Médicos em Pernambuco
Impactos do Mais Médicos em Pernambuco
43
Aumento de 32,7%
nas consultas de
demanda imediata
Aumento de 24,3%
no atendimen...
Impactos do Mais Médicos em Pernambuco
44
Aumento de 11,6%
nas consultas
de cuidado continuado
74.806
83.470
jan-13 jan-14
Impactos do Mais Médicos em Pernambuco
45
Aumento de 32,2%
no atendimento a
saúde mental
18.769
24.810
jan-13 jan-14
Aumen...
46
Impactos do Mais Médicos em Pernambuco
Aumento de 10,4%
nos atendimentos a
pacientes com
diabetes
43.708
48.272
jan-13 ...
4
7
Depoimentos
“
”
Vim na UBS de Bacural para ver se o atendimento era bom
porque quando precisava ia no Hospital, mas lá...
48
“
”
Depoimentos
Gosto tanto de fazer o pré-natal aqui e da atenção dada
pela médica, que indiquei a unidade para mais d...
Obrigado!
Mais informações
http//maismedicos.saude.gov.br
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação sobre os impactos e avanços do Mais Médicos em Pernambuco

467 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
467
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
76
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação sobre os impactos e avanços do Mais Médicos em Pernambuco

  1. 1. SEMINÁRIO Mais Médicos para o Brasil, mais saúde para os brasileiros Impactos e avanços em PERNAMBUCO
  2. 2. Brasil 1,8 Argentina 3,2 Uruguai 3,7 Portugal 3,9 Espanha 4 Reino Unido 2,7 Austrália 3 Itália 3,5 Alemanha 3,6 Relação de médicos/mil habitantes Fonte: Ministério da Saúde e OCDE 2 Menor média de médicos
  3. 3. 22 estados estavam abaixo da média nacional – 1,8/mil habitantes 5 estados tinham menos de 1 médico por mil habitantes: • Acre • Amapá • Maranhão • Pará • Piauí Menor que 1/mil Entre 1/mil e 1,8/mil Acima de 1,8/mil Dados MS/2013 Desigualdade nos estados 3
  4. 4. Fontes: PNAD, MEC e RAIS/CAGED Em 10 anos, o número de empregos para médicos ultrapassou em 53 mil o de profissionais formados - 20.000 40.000 60.000 80.000 100.000 120.000 140.000 160.000 Postos de Trabalho Médicos formados 146.000 93.000 Comparação Postos de trabalho/Médicos Formados Mercado de trabalho acirrado 4
  5. 5. Fonte: MEC, até janeiro de 2013 Poucas vagas de residência médica 5 Apesar de aumentar o número de egressos de medicina, não havia garantia das vagas de residências médica para todos os que saíam da graduação
  6. 6. JULHO/13 – Por meio de edital do Ministério da Saúde, cerca de 4.000 municípios apontam sua necessidade por médico nas UBS AGOSTO/13 – Chegada dos primeiros médicos nos município OUTUBRO/13 – Congresso Nacional aprova a Lei do Mais Médicos e que é sancionada no mesmo mês pela Presidenta Dilma Rousseff – Lei no. 12.871 Cronologia 6 ABRIL/14 – Mais Médicos atende 100% da demanda por médicos apresentada pelo Municípios OUTUBRO/13 – Ministério da Educação lança Edital chamando Instituições de Ensino Superior Privadas para ampliar cursos e vagas de medicina no país ABRIL/14 – Ministério da Saúde abre nova oportunidade para que municípios em regiões vulneráveis solicitem mais médicos e supera meta do Programa JANEIRO/13 – Prefeitos apresentam à Presidenta Dilma Rousseff dificuldade em contratar médicos, sobretudo nos municípios do interior e nas periferias e solicitam apoio federal JULHO/13 – Presidenta Dilma Rousseff enfrenta resistência de entidades médicas e edita MP para atender a necessidade por profissionais e ampliar as oportunidades de formação médica no Brasil JULHO/13 – Edital do Ministério da Saúde prioriza médicos formados no Brasil, seguidos de brasileiros com diplomas no exterior e estrangeiros
  7. 7. 7 População aprova Mais Médicos Índice de aprovação de 74,8%, segundo pesquisa da Confederação Nacional do Transporte divulgada em abril deste ano 0,0% 10,0% 20,0% 30,0% 40,0% 50,0% 60,0% 70,0% 80,0% APROVA DESAPROVA NS/NR 74,8% 18,7% 6,5%
  8. 8. Ampliação e Melhoria da Infraestrutura Formação para o SUS Provimento Emergencial Ampliação da Oferta na Graduação e Residência Médica Mudança no Eixo dos Locais de Formação Reorientação da Formação Editais de Chamadas Nacional e Internacional Cooperação internacional Mais Médicos para o Brasil 8 EIXOS
  9. 9. 9Período de 2010-2014 2010 2014 106% Recurso Atenção Básica R$ 9,7 bilhões R$ 20 bilhões Fortalecimento da Atenção Básica
  10. 10. 0,4 5,2 0,0 1,0 2,0 3,0 4,0 5,0 6,0 0,0 5,0 10,0 15,0 20,0 25,0 30,0 2009-2010 2011-2013 bilhões de reais 27 mil construções, reformas e ampliações de UBS 11.245 unidades em ação preparatória 10.255 unidades em obras 5.475 unidades concluídas Construção e melhoria das Unidades Básicas de Saúde - Brasil 1 0 Período de 2011-2013
  11. 11. Construção e melhoria de UPAS 24 Horas - Brasil 1.050 unidades 736 em implantação (obras ou ações preparatórias) 314 em funcionamento 0,9 1,1 0,0 0,2 0,4 0,6 0,8 1,0 1,2 0 100 200 300 400 500 600 2009-2010 2011-2013 bilhão de reais 11Período de 2011-2013
  12. 12. Mais investimentos na atenção Especializada e hospitalar - Brasil Hospitais Universitários R$ 2 bilhões para 1.035 obras e R$ 1,9 bilhão para equipamentos 2,8 mil propostas R$ 2 bi para obras em 14 hospitais universitários Atenção Especializada e hospitalar 12Período de 2011-2013
  13. 13. R$ 45 milhões/ano Plano Nacional de Banda Larga vai garantir que 13 mil UBS tenham acesso a internet  Contratação dos pontos de internet (Satélite e Terrestre);  Velocidade mínima para rodar os sistemas Prontuário Eletrônico, Telessaúde e Cartão SUS;  O Portal de Compras do Ministério da Saúde tem atas de registro de preços para compra de computadores;  O prazo de implantação é de um ano e a estimativa é que até o final de 2014 todas as conexões tenham sido implantadas. Banda Larga para as Unidades Básicas de Saúde - Brasil
  14. 14. Período de 2009-2013 Ampliação e melhoria da infraestrutura em Pernambuco 1 4 Unidade Básica de Saúde 1.348 construções, reformas e ampliações de UBS 517 unidades em ação preparatória 629 unidades em obras 202 unidades concluídas Unidades de Pronto Atendimento 24h 43 unidades 28 em implantação (obras ou ações preparatórias) 15 em funcionamento Atenção especializada e hospitalar R$ 152,9 milhões para 44 obras R$ 74 milhões para equipamentos
  15. 15. Ampliação e Melhoria da Infraestrutura Formação para o SUS Provimento Emergencial Ampliação da Oferta na Graduação e Residência Médica Mudança no Eixo dos Locais de Formação Reorientação da Formação Editais de Chamadas Nacional e Internacional Cooperação internacional 15 Mais Médicos para o Brasil EIXOS
  16. 16. Médico especialista 30% da carga horária do internato será desenvolvida na Atenção Básica e em serviços de Urgência e Emergência do SUS De um a dois anos de residência em Medicina Geral de Família e Comunidade para ingressar nas demais especializações Graduação Residência Médica Mais formação médica para o Brasil 11,5 mil novas vagas de graduação até 2017 12,4 mil novas vagas de residência para formação de especialistas Brasil sairá de 374 mil para 600 mil médicos até 2026 Mais conhecimento da realidade da população 16
  17. 17. 17 Mais formação medica para o Brasil 17  1.232 novas vagas de graduação em Medicina em Universidades Públicas  1.971 novas vagas de graduação em Medicina em Universidades Privadas Públicas: 270 Privadas: 289 Total: 559 Públicas: 82 Privadas: 66 Total: 248 Públicas: 560 Privadas: 547 Total: 1107 Públicas: 220 Privadas: 579 Total: 799 Públicas: 100 Privadas: 390 Total: 490
  18. 18. 18 Mais formação médica para Pernambuco Já foram autorizadas 197 vagas de graduação em Medicina  117 em universidades privadas  80 em instituições públicas Universidades privadas Recife Universidades públicas Caruaru
  19. 19. 30% da carga horária do internato será desenvolvida na Atenção Básica e em serviços de Urgência e Emergência do SUS Mais 12,4 mil novas vagas de residência médica vão garantir acesso universal à especialização a partir de 2018 19 2010 2011 2012 2013 2014 499 0 834 1789 2875 788 1256 1806 2549 4952 Multiprofissional Médico Mais formação médica para o Brasil Pró-residência (MS): no Brasil, houve aumento de 528% na oferta de novas bolsas (2010 a 2014) Em Pernambuco foram 84 novas bolsas só em 2014
  20. 20. Ampliação e Melhoria da Infraestrutura Formação para o SUS Provimento Emergencial Ampliação da Oferta na Graduação e Residência Médica Mudança no Eixo dos Locais de Formação Reorientação da Formação Editais de Chamadas Nacional e Internacional Cooperação internacional 20 Mais Médicos para o Brasil EIXOS
  21. 21. Etapas do Programa Adesão dos municípios e edital de chamamento dos médicos Médicos brasileiros selecionam municípios onde desejam atuar. Vagas ociosas são ofertadas a brasileiros e estrangeiros formados no exterior Postos remanescentes são preenchidos pelos médicos da cooperação com a OPAS Estrangeiros passam por 4 semanas de aula e avaliação sobre o SUS e Língua Portuguesa Acolhimento estadual e deslocamento dos profissionais para os municípios em que vão atuar Início das atividades nas unidades básicas de saúde 21
  22. 22. PACTUAÇÃO TRIPARTITE: Papel do Governo Federal  Coordenação Nacional do Programa;  Pagamento de bolsa-formação de R$ 10,4 mil mensal;  Pagamento de ajuda de custo para instalação (de R$ 10 mil a R$ 30 mil);  Deslocamento do médico do país de origem ao Brasil;  Garantir a realização da supervisão e especialização prevista no Programa. 22
  23. 23. PACTUAÇÃO TRIPARTITE Comissão Estadual do Mais Médicos Auxilia a Coordenação Nacional no acompanhamento e fiscalização do cumprimento das regras do Programa  Fiscalizar o cumprimento de carga-horária de 40h e inserção dos médicos nas ferramentas de aperfeiçoamento profissional;  Acompanhar as condições de trabalho nas UBS para atuação do profissional;  Apurar denúncias sobre atuação do médico e dos municípios. 23
  24. 24. PACTUAÇÃO TRIPARTITE Papel dos municípios  Deslocamento da capital aos municípios que o médico vai atuar;  Cadastrar os profissionais do Programa em novas equipes de Atenção Básica ou equipes sem médicos;  Garantir a oferta de moradia e alimentação aos médicos participantes;  Em casos em que há dificuldade para o médico chegar à UBS, garantir o seu deslocamento. 24
  25. 25. Integração ensino e serviço 25 Todos os participantes do Mais Médicos cursam especialização em Atenção Básica e têm o acompanhamento de tutores e supervisores supervisores de universidades públicas, hospitais de ensino, escolas de saúde ou programas de residência médica tutor vinculado a instituições de ensino médicos
  26. 26. Especialização em Atenção Básica pela Universidade Aberta do SUS (UnaSUS) Curso é ministrado por 11 instituições públicas de ensino superior: UERJ UNIFESP UFC UFPE UFMA UFCSPA UFMG UFPEL FIOCRUZ/UFMS UFSC UESC Especialização em Atenção Básica
  27. 27. Programa Mais Médicos supera demanda dos municípios 27
  28. 28. Mais Médicos para o interior e periferias do Brasil Mais de 14 mil médicos para a Atenção Básica Mais de 3.800 municípios e distritos indígenas beneficiados 100% da demanda atendida Cerca de 49 milhões de pessoas beneficiadas 28
  29. 29. 29 Perfis Prioritários 20% ou mais da população em situação de extrema pobreza Capital G100 IDHM baixo / muito baixo Médio Alto Uruguai Municípios com população quilombola Região Metropolitana Semiárido Vale do Jequitinhonha Mucuri Vale do Ribeira Saúde Indígena Mais de 75% dos médicos estão em municípios de alta vulnerabilidade social Mais Médicos para o interior e periferias do Brasil
  30. 30. Participação de médicos brasileiros 30 Total de médicos com CRM BRASILEIRO no Programa: 1.558
  31. 31. Participação de médicos com diplomas do exterior 31 Total de médicos INTERCAMBISTAS INDIVIDUAIS no Programa: 1.195
  32. 32. Participação dos médicos da cooperação com OPAS 32 Total de médicos INTERCAMBISTAS COOPERADOS no Programa: 11.442
  33. 33. Mais Médicos em cerca de quatro mil municípios brasileiros 33 Total de médicos: Mais de 14 mil
  34. 34. 34 Médicos desistentes X total em atividade 131 1.558 Desligamentos Atuação Médicos Brasileiros 9 1.195 Desligamentos Atuação Médicos Intercambistas individuais 14 11.442 Desligamentos Atuação Médicos cubanos da cooperação OPAS
  35. 35. Levantamento do Ministério da Saúde em 2.347 municípios com pelo menos um médico do Programa Comparação entre janeiro de 2013 e janeiro de 2014 35 4.428.112 5.972.908 jan-13 jan-14 Aumento de 34,9% no número de consultas na atenção básica Impactos do Mais Médicos no Brasil
  36. 36. Redução de 20,8% dos encaminhamentos aos hospitais 36 20.170 15.969 jan-13 jan-14 Impactos do Mais Médicos no Brasil
  37. 37. Aumento de 11,3% nos atendimentos pré-natal 37 529.417 589.372 jan-13 jan-14 Impactos do Mais Médicos no Brasil
  38. 38. Aumento de 5% no atendimento de pacientes com hipertensão arterial 38 jan-13 jan-14 587.535 849.751 Aumento de 44,6% no atendimento de pacientes com diabetes jan-13 jan-14 1.854.308 1.947.836 Impactos do Mais Médicos no Brasil
  39. 39. 39 Mais Médicos em Pernambuco Seminário no Pernambuco (PE) 646 médicos para a Atenção Básica 144 municípios e DSEI beneficiados 100% da demanda atendida Impacto na assistência de mais de 2,2 milhões de pessoas
  40. 40. 40 Aumento de 21,5% no número total de consultas 297.151 361.062 jan-13 jan-14 Impactos do Mais Médicos em Pernambuco
  41. 41. 41 Aumento de 21,4% no número total de consultas por demanda agendada 144.167 175.071 jan-13 jan-14 Impactos do Mais Médicos em Pernambuco
  42. 42. Aumento de 55,1% nas consultas de pré-natal 42.384 65.725 jan-13 jan-14 Impactos do Mais Médicos em Pernambuco
  43. 43. Impactos do Mais Médicos em Pernambuco 43 Aumento de 32,7% nas consultas de demanda imediata Aumento de 24,3% no atendimento de urgência 54.124 71.828 jan-13 jan-14 2.534 3.149 jan-13 jan-14
  44. 44. Impactos do Mais Médicos em Pernambuco 44 Aumento de 11,6% nas consultas de cuidado continuado 74.806 83.470 jan-13 jan-14
  45. 45. Impactos do Mais Médicos em Pernambuco 45 Aumento de 32,2% no atendimento a saúde mental 18.769 24.810 jan-13 jan-14 Aumento de 12,9% no atendimento a usuários de drogas 735 830 jan-13 jan-14
  46. 46. 46 Impactos do Mais Médicos em Pernambuco Aumento de 10,4% nos atendimentos a pacientes com diabetes 43.708 48.272 jan-13 jan-14
  47. 47. 4 7 Depoimentos “ ” Vim na UBS de Bacural para ver se o atendimento era bom porque quando precisava ia no Hospital, mas lá é sempre consulta de emergência. Gostei da consulta. O doutor é atencioso. Ouve, pergunta se a gente entendeu e repete o que a gente tem que fazer Lenilda Alves dos Santos tem 30 anos, é agricultora e reside na zona rural de Venturosa
  48. 48. 48 “ ” Depoimentos Gosto tanto de fazer o pré-natal aqui e da atenção dada pela médica, que indiquei a unidade para mais duas amigas grávidas. Elas já estão fazendo o acompanhamento da gestação também Amanda Pereira de Souza está grávida de 34 semanas e faz o pré-natal na unidade de Coqueiral, em Recife
  49. 49. Obrigado! Mais informações http//maismedicos.saude.gov.br

×