SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 1
Anunciando o ECA em Língua
Estrangeira
ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE - LEI Nº 8.069, DE 13 DE JULHO DE 1990
(http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l8069.htm)
Seção II - Dos Produtos e Serviços
Art. 81. É proibida a venda à criança ou ao adolescente de:
I - armas, munições e explosivos;
II - bebidas alcoólicas;
III - produtos cujos componentes possam causar dependência física ou psíquica ainda que
por utilização indevida;
IV - fogos de estampido e de artifício, exceto aqueles que pelo seu reduzido potencial
sejam incapazes de provocar qualquer dano físico em caso de utilização indevida;
V - revistas e publicações a que alude o art. 78;
VI - bilhetes lotéricos e equivalentes.
Art. 82. É proibida a hospedagem de criança ou adolescente em hotel, motel, pensão ou
estabelecimento congênere, salvo se autorizado ou acompanhado pelos pais ou
responsável.
Procure as palavras a seguir no dicionário:
Agora, traduza as frases:
a) Children can’t buy everything.
_________________________________________________________________________
b) The sale of fireworks and guns is forbidden to teenagers and children.
_________________________________________________________________________
c) Children and teenagers must travel with their parents.
_________________________________________________________________________
Produto = ______________________
Serviço = ______________________
Proibido = _____________________
Venda = ______________________
Criança = _____________________
Adolescente = __________________
Armas = ______________________
Fogo = _______________________
Revista = _____________________
Pais = _______________________
ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE - LEI Nº 8.069, DE 13 DE JULHO DE 1990
(http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l8069.htm)
Seção III - Da Autorização para Viajar
Art. 83. Nenhuma criança poderá viajar para fora da comarca onde reside, desacompanhada
dos pais ou responsável, sem expressa autorização judicial.
§ 1º A autorização não será exigida quando:
a) tratar-se de comarca contígua à da residência da criança, se na mesma unidade da
Federação, ou incluída na mesma região metropolitana;
b) a criança estiver acompanhada:
1) de ascendente ou colateral maior, até o terceiro grau, comprovado documentalmente o
parentesco;
2) de pessoa maior, expressamente autorizada pelo pai, mãe ou responsável.
§ 2º A autoridade judiciária poderá, a pedido dos pais ou responsável, conceder autorização
válida por dois anos.
Art. 84. Quando se tratar de viagem ao exterior, a autorização é dispensável, se a criança ou
adolescente:
I - estiver acompanhado de ambos os pais ou responsável;
II - viajar na companhia de um dos pais, autorizado expressamente pelo outro através de
documento com firma reconhecida.
Art. 85. Sem prévia e expressa autorização judicial, nenhuma criança ou adolescente nascido
em território nacional poderá sair do País em companhia de estrangeiro residente ou domiciliado no
exterior.
Atividades:
1) Escreva um parágrafo de 5 linhas (caderno grande) com sua opinião sobre a Seção III do ECA.
2) Traduza as 5 palavras sublinhadas.
3) Escreva uma frase em inglês com cada palavra sublinhada.
__________________________________________________________________
__________________________________________________________________
__________________________________________________________________
__________________________________________________________________
__________________________________________________________________
ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE - LEI Nº 8.069, DE 13 DE
JULHO DE 1990 (http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l8069.htm)
Capítulo V - Do Direito à Profissionalização e à Proteção no Trabalho
Art. 60. É proibido qualquer trabalho a menores de quatorze anos de
idade, salvo na condição de aprendiz. (Vide Constituição Federal)
Art. 61. A proteção ao trabalho dos adolescentes é regulada por
legislação especial, sem prejuízo do disposto nesta Lei.
Art. 62. Considera-se aprendizagem a formação técnico-profissional
ministrada segundo as diretrizes e bases da legislação de educação em
vigor.
Art. 63. A formação técnico-profissional obedecerá aos seguintes
princípios:
I - garantia de acesso e freqüência obrigatória ao ensino regular;
II - atividade compatível com o desenvolvimento do adolescente;
III - horário especial para o exercício das atividades.
Art. 64. Ao adolescente até quatorze anos de idade é assegurada
bolsa de aprendizagem.
Art. 65. Ao adolescente aprendiz, maior de quatorze anos, são
assegurados os direitos trabalhistas e previdenciários.
Art. 66. Ao adolescente portador de deficiência é assegurado
trabalho protegido.
Art. 67. Ao adolescente empregado, aprendiz, em regime familiar de
trabalho, aluno de escola técnica, assistido em entidade governamental ou
não-governamental, é vedado trabalho:
I - noturno, realizado entre as vinte e duas horas de um dia e as
cinco horas do dia seguinte;
II - perigoso, insalubre ou penoso;
III - realizado em locais prejudiciais à sua formação e ao seu
desenvolvimento físico, psíquico, moral e social;
IV - realizado em horários e locais que não permitam a frequência à
escola.
Art. 68. O programa social que tenha por base o trabalho educativo,
sob responsabilidade de entidade governamental ou não-governamental
sem fins lucrativos, deverá assegurar ao adolescente que dele participe
condições de capacitação para o exercício de atividade regular remunerada.
§ 1º Entende-se por trabalho educativo a atividade laboral em que as
exigências pedagógicas relativas ao desenvolvimento pessoal e social do
educando prevalecem sobre o aspecto produtivo.
§ 2º A remuneração que o adolescente recebe pelo trabalho
efetuado ou a participação na venda dos produtos de seu trabalho não
desfigura o caráter educativo.
Art. 69. O adolescente tem direito à profissionalização e à proteção
no trabalho, observados os seguintes aspectos, entre outros:
I - respeito à condição peculiar de pessoa em desenvolvimento;
II - capacitação profissional adequada ao mercado de trabalho.
Atividades:
1) Escreva um texto de 10 linhas (caderno grande) contendo sua
opinião sobre o capítulo V do ECA.
2) Sublinhe 10 palavras do capítulo V do ECA e traduza-as para a
língua inglesa.
1. Um Texto Publicitário deve obedecer aos seguintes aspectos:
ATENÇÃO!!
INTERESSE!
DESEJO!
MEMORIZAÇÃO!!!
AÇÃO
2. Deve ser constituído por:
Um TÍTULO conciso e chamativo, procurando despertar o interesse do interlocutor.
Geralmente composto de frases curtas.
Um SLOGAN - texto original, breve, com uma linguagem simples que facilite a
memorização.
Uma IMAGEM - de preferência a cores, para despertar a atenção.
Um TEXTO DE ARGUMENTAÇÃO - complementar ao slogan, explicitando a campanha
com mais detalhes. É o objetivo em si, aquele que se pretende obter com a mensagem.
O vocabulário deve ir ao encontro do público–alvo, procurando corresponder às
expectativas.
Um SÍMBOLO DA MARCA do produto ou do anunciante. Esse funciona como uma
assinatura do anunciante.
Fontes: http://linguaportuguesa8ano.blogspot.com/2011/02/texto-publicitario-caracteristicas.html e
http://portaldoprofessor.mec.gov.br/fichaTecnicaAula.html?aula=25969
ANÚNCIO PUBLICITÁRIO INFORMATIVO
A Atenção prende-se com um grafismo sugestivo
O Interesse, com a linguagem
O Desejo, com estímulos
A Memorização, com técnicas de fixação
A Ação, com o ato da persuasão (convencimento)
Prof.ª Raquel S. Gomes
EMEF José de Anchieta
Lomba Grande
Atividade realizada com o
6°(9) e com o 6°(8)
Atividade realizada com o
7°(8) ano
Atividade realizada com o
8°(8) ano
Atividade realizada com todas
as turmas: conhecendo o
gênero textual
Objetivos do projeto: adquirir
vocabulário referente ao assunto
em LE, aprofundar conhecimentos
sobre tópicos do ECA e desenvolver
familiaridade com o gênero Texto
Publicitário Informativo.
Carga horária: 5h

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Syncretic texts and digital literacies: blogging in teaching EFL at the publi...
Syncretic texts and digital literacies: blogging in teaching EFL at the publi...Syncretic texts and digital literacies: blogging in teaching EFL at the publi...
Syncretic texts and digital literacies: blogging in teaching EFL at the publi...Raquel Salcedo Gomes
 
Processos de aprendizagem a partir do jogo locativo “Um Dia no Jardim Botânico”
Processos de aprendizagem a partir do jogo  locativo “Um Dia no Jardim Botânico”Processos de aprendizagem a partir do jogo  locativo “Um Dia no Jardim Botânico”
Processos de aprendizagem a partir do jogo locativo “Um Dia no Jardim Botânico”Raquel Salcedo Gomes
 
VISOA - Visualização sintético-imagética de parâmetros e metadados de objetos...
VISOA - Visualização sintético-imagética de parâmetros e metadados de objetos...VISOA - Visualização sintético-imagética de parâmetros e metadados de objetos...
VISOA - Visualização sintético-imagética de parâmetros e metadados de objetos...Raquel Salcedo Gomes
 
Avaliação no ensino e aprendizagem de Língua Estrangeira conforme os PCNs
Avaliação no ensino e aprendizagem de Língua Estrangeira conforme os PCNsAvaliação no ensino e aprendizagem de Língua Estrangeira conforme os PCNs
Avaliação no ensino e aprendizagem de Língua Estrangeira conforme os PCNsRaquel Salcedo Gomes
 
Cartaz do Curso Básico de Fotografia
Cartaz do Curso Básico de FotografiaCartaz do Curso Básico de Fotografia
Cartaz do Curso Básico de FotografiaRaquel Salcedo Gomes
 
Educating the fighter: buttonmashing, seeing, being. Kurt Squire (2005)
Educating the fighter:  buttonmashing,  seeing, being. Kurt Squire (2005)Educating the fighter:  buttonmashing,  seeing, being. Kurt Squire (2005)
Educating the fighter: buttonmashing, seeing, being. Kurt Squire (2005)Raquel Salcedo Gomes
 
PIROVANO, 2006: Professores de Língua Inglesa da Rede Pública Estadual de Ens...
PIROVANO, 2006: Professores de Língua Inglesa da Rede Pública Estadual de Ens...PIROVANO, 2006: Professores de Língua Inglesa da Rede Pública Estadual de Ens...
PIROVANO, 2006: Professores de Língua Inglesa da Rede Pública Estadual de Ens...Raquel Salcedo Gomes
 
LeadTech: Oficina de Tecnologias para Liderança
LeadTech: Oficina de Tecnologias para LiderançaLeadTech: Oficina de Tecnologias para Liderança
LeadTech: Oficina de Tecnologias para LiderançaRaquel Salcedo Gomes
 
Autobiografias - múltiplas linguagens
Autobiografias - múltiplas linguagensAutobiografias - múltiplas linguagens
Autobiografias - múltiplas linguagensRaquel Salcedo Gomes
 
Análise semiótica de um jogo móvel de localização: percursos de sentido na i...
Análise semiótica de um jogo móvel de localização: percursos de sentido na  i...Análise semiótica de um jogo móvel de localização: percursos de sentido na  i...
Análise semiótica de um jogo móvel de localização: percursos de sentido na i...Raquel Salcedo Gomes
 
Warschauer, M. Digital literacy studies: progress and prospects
Warschauer, M. Digital literacy studies: progress and prospectsWarschauer, M. Digital literacy studies: progress and prospects
Warschauer, M. Digital literacy studies: progress and prospectsRaquel Salcedo Gomes
 
TENUTA & OLIVEIRA - Livros didáticos e ensino de línguas estrangeiras: a pro...
TENUTA & OLIVEIRA - Livros didáticos e  ensino de línguas estrangeiras: a pro...TENUTA & OLIVEIRA - Livros didáticos e  ensino de línguas estrangeiras: a pro...
TENUTA & OLIVEIRA - Livros didáticos e ensino de línguas estrangeiras: a pro...Raquel Salcedo Gomes
 
Apostila do Curso Básico de Fotografia - Prof. Me. Marcelo Salcedo Gomes
Apostila do Curso Básico de Fotografia - Prof. Me. Marcelo Salcedo GomesApostila do Curso Básico de Fotografia - Prof. Me. Marcelo Salcedo Gomes
Apostila do Curso Básico de Fotografia - Prof. Me. Marcelo Salcedo GomesRaquel Salcedo Gomes
 
Da sala de aula para o (meu) mundo e vice-versa: O papel da Língua Estrangeir...
Da sala de aula para o (meu) mundo e vice-versa: O papel da Língua Estrangeir...Da sala de aula para o (meu) mundo e vice-versa: O papel da Língua Estrangeir...
Da sala de aula para o (meu) mundo e vice-versa: O papel da Língua Estrangeir...Raquel Salcedo Gomes
 
A aplicação da pedagogia de projetos no estágio supervisionado de ensino de l...
A aplicação da pedagogia de projetos no estágio supervisionado de ensino de l...A aplicação da pedagogia de projetos no estágio supervisionado de ensino de l...
A aplicação da pedagogia de projetos no estágio supervisionado de ensino de l...Raquel Salcedo Gomes
 
Apostila curso básico de fotografia
Apostila   curso básico de fotografiaApostila   curso básico de fotografia
Apostila curso básico de fotografiaRaquel Salcedo Gomes
 
Apostila de Fotografia (Senac)
Apostila de Fotografia (Senac)Apostila de Fotografia (Senac)
Apostila de Fotografia (Senac)Edson Sousa Jr.
 

Destaque (20)

Syncretic texts and digital literacies: blogging in teaching EFL at the publi...
Syncretic texts and digital literacies: blogging in teaching EFL at the publi...Syncretic texts and digital literacies: blogging in teaching EFL at the publi...
Syncretic texts and digital literacies: blogging in teaching EFL at the publi...
 
Processos de aprendizagem a partir do jogo locativo “Um Dia no Jardim Botânico”
Processos de aprendizagem a partir do jogo  locativo “Um Dia no Jardim Botânico”Processos de aprendizagem a partir do jogo  locativo “Um Dia no Jardim Botânico”
Processos de aprendizagem a partir do jogo locativo “Um Dia no Jardim Botânico”
 
VISOA - Visualização sintético-imagética de parâmetros e metadados de objetos...
VISOA - Visualização sintético-imagética de parâmetros e metadados de objetos...VISOA - Visualização sintético-imagética de parâmetros e metadados de objetos...
VISOA - Visualização sintético-imagética de parâmetros e metadados de objetos...
 
Avaliação no ensino e aprendizagem de Língua Estrangeira conforme os PCNs
Avaliação no ensino e aprendizagem de Língua Estrangeira conforme os PCNsAvaliação no ensino e aprendizagem de Língua Estrangeira conforme os PCNs
Avaliação no ensino e aprendizagem de Língua Estrangeira conforme os PCNs
 
Cartaz do Curso Básico de Fotografia
Cartaz do Curso Básico de FotografiaCartaz do Curso Básico de Fotografia
Cartaz do Curso Básico de Fotografia
 
Educating the fighter: buttonmashing, seeing, being. Kurt Squire (2005)
Educating the fighter:  buttonmashing,  seeing, being. Kurt Squire (2005)Educating the fighter:  buttonmashing,  seeing, being. Kurt Squire (2005)
Educating the fighter: buttonmashing, seeing, being. Kurt Squire (2005)
 
PIROVANO, 2006: Professores de Língua Inglesa da Rede Pública Estadual de Ens...
PIROVANO, 2006: Professores de Língua Inglesa da Rede Pública Estadual de Ens...PIROVANO, 2006: Professores de Língua Inglesa da Rede Pública Estadual de Ens...
PIROVANO, 2006: Professores de Língua Inglesa da Rede Pública Estadual de Ens...
 
Manual de Fotografia 1
Manual de Fotografia 1Manual de Fotografia 1
Manual de Fotografia 1
 
LeadTech: Oficina de Tecnologias para Liderança
LeadTech: Oficina de Tecnologias para LiderançaLeadTech: Oficina de Tecnologias para Liderança
LeadTech: Oficina de Tecnologias para Liderança
 
Autobiografias - múltiplas linguagens
Autobiografias - múltiplas linguagensAutobiografias - múltiplas linguagens
Autobiografias - múltiplas linguagens
 
Análise semiótica de um jogo móvel de localização: percursos de sentido na i...
Análise semiótica de um jogo móvel de localização: percursos de sentido na  i...Análise semiótica de um jogo móvel de localização: percursos de sentido na  i...
Análise semiótica de um jogo móvel de localização: percursos de sentido na i...
 
Warschauer, M. Digital literacy studies: progress and prospects
Warschauer, M. Digital literacy studies: progress and prospectsWarschauer, M. Digital literacy studies: progress and prospects
Warschauer, M. Digital literacy studies: progress and prospects
 
TENUTA & OLIVEIRA - Livros didáticos e ensino de línguas estrangeiras: a pro...
TENUTA & OLIVEIRA - Livros didáticos e  ensino de línguas estrangeiras: a pro...TENUTA & OLIVEIRA - Livros didáticos e  ensino de línguas estrangeiras: a pro...
TENUTA & OLIVEIRA - Livros didáticos e ensino de línguas estrangeiras: a pro...
 
Vygotsky e o jogo
Vygotsky e o jogoVygotsky e o jogo
Vygotsky e o jogo
 
Poesia - Modernistas (1945-1960)
Poesia - Modernistas (1945-1960)Poesia - Modernistas (1945-1960)
Poesia - Modernistas (1945-1960)
 
Apostila do Curso Básico de Fotografia - Prof. Me. Marcelo Salcedo Gomes
Apostila do Curso Básico de Fotografia - Prof. Me. Marcelo Salcedo GomesApostila do Curso Básico de Fotografia - Prof. Me. Marcelo Salcedo Gomes
Apostila do Curso Básico de Fotografia - Prof. Me. Marcelo Salcedo Gomes
 
Da sala de aula para o (meu) mundo e vice-versa: O papel da Língua Estrangeir...
Da sala de aula para o (meu) mundo e vice-versa: O papel da Língua Estrangeir...Da sala de aula para o (meu) mundo e vice-versa: O papel da Língua Estrangeir...
Da sala de aula para o (meu) mundo e vice-versa: O papel da Língua Estrangeir...
 
A aplicação da pedagogia de projetos no estágio supervisionado de ensino de l...
A aplicação da pedagogia de projetos no estágio supervisionado de ensino de l...A aplicação da pedagogia de projetos no estágio supervisionado de ensino de l...
A aplicação da pedagogia de projetos no estágio supervisionado de ensino de l...
 
Apostila curso básico de fotografia
Apostila   curso básico de fotografiaApostila   curso básico de fotografia
Apostila curso básico de fotografia
 
Apostila de Fotografia (Senac)
Apostila de Fotografia (Senac)Apostila de Fotografia (Senac)
Apostila de Fotografia (Senac)
 

Semelhante a ECA Produtos Serviços Crianças

Estatuto da Criança e do Adolescente
Estatuto da Criança e do AdolescenteEstatuto da Criança e do Adolescente
Estatuto da Criança e do AdolescentePriscillaTomazi2015
 
Trechos importantes do estatuto criança e adolescente
Trechos importantes do estatuto criança e adolescenteTrechos importantes do estatuto criança e adolescente
Trechos importantes do estatuto criança e adolescenteEduardo Lopes
 
Estatuto da Criança e do Adolescente (E.C.A), artigos 61 à 69 capítulo V
Estatuto da Criança e do Adolescente (E.C.A), artigos 61 à 69 capítulo VEstatuto da Criança e do Adolescente (E.C.A), artigos 61 à 69 capítulo V
Estatuto da Criança e do Adolescente (E.C.A), artigos 61 à 69 capítulo VVitor Santos
 
Palestra trabalho infantil nnn
Palestra trabalho infantil nnnPalestra trabalho infantil nnn
Palestra trabalho infantil nnnMarília Mota
 
Aspectos gerais sobre a adolescencia
Aspectos gerais sobre a adolescenciaAspectos gerais sobre a adolescencia
Aspectos gerais sobre a adolescenciaAlinebrauna Brauna
 
Aspectos gerais sobre a adolescencia
Aspectos gerais sobre a adolescenciaAspectos gerais sobre a adolescencia
Aspectos gerais sobre a adolescenciaAlinebrauna Brauna
 
Estatuto da Criança e do Adolescente ECA 2016 - Enfermagem - CENTEC
Estatuto da Criança e do Adolescente ECA 2016 - Enfermagem - CENTECEstatuto da Criança e do Adolescente ECA 2016 - Enfermagem - CENTEC
Estatuto da Criança e do Adolescente ECA 2016 - Enfermagem - CENTECWALFRIDO Farias Gomes
 
Direitosdeveres 100520231128-phpapp01
Direitosdeveres 100520231128-phpapp01Direitosdeveres 100520231128-phpapp01
Direitosdeveres 100520231128-phpapp01Leonarda Macedo
 
Estatuto da Criança e do Adolescente
Estatuto da Criança e do AdolescenteEstatuto da Criança e do Adolescente
Estatuto da Criança e do AdolescenteDilamar Soares
 
Resolucao cee 443 de 29 de maio de 2001
Resolucao cee 443 de 29 de maio de 2001Resolucao cee 443 de 29 de maio de 2001
Resolucao cee 443 de 29 de maio de 2001public
 

Semelhante a ECA Produtos Serviços Crianças (13)

Estatuto da Criança e do Adolescente
Estatuto da Criança e do AdolescenteEstatuto da Criança e do Adolescente
Estatuto da Criança e do Adolescente
 
Trechos importantes do estatuto criança e adolescente
Trechos importantes do estatuto criança e adolescenteTrechos importantes do estatuto criança e adolescente
Trechos importantes do estatuto criança e adolescente
 
Estatuto da Criança e do Adolescente (E.C.A), artigos 61 à 69 capítulo V
Estatuto da Criança e do Adolescente (E.C.A), artigos 61 à 69 capítulo VEstatuto da Criança e do Adolescente (E.C.A), artigos 61 à 69 capítulo V
Estatuto da Criança e do Adolescente (E.C.A), artigos 61 à 69 capítulo V
 
Direitos da Criança na Ed. Infantil
Direitos da Criança na Ed. InfantilDireitos da Criança na Ed. Infantil
Direitos da Criança na Ed. Infantil
 
Palestra trabalho infantil nnn
Palestra trabalho infantil nnnPalestra trabalho infantil nnn
Palestra trabalho infantil nnn
 
Aspectos gerais sobre a adolescencia
Aspectos gerais sobre a adolescenciaAspectos gerais sobre a adolescencia
Aspectos gerais sobre a adolescencia
 
Aspectos gerais sobre a adolescencia
Aspectos gerais sobre a adolescenciaAspectos gerais sobre a adolescencia
Aspectos gerais sobre a adolescencia
 
Estatuto da Criança e do Adolescente ECA 2016 - Enfermagem - CENTEC
Estatuto da Criança e do Adolescente ECA 2016 - Enfermagem - CENTECEstatuto da Criança e do Adolescente ECA 2016 - Enfermagem - CENTEC
Estatuto da Criança e do Adolescente ECA 2016 - Enfermagem - CENTEC
 
po
popo
po
 
Direitosdeveres 100520231128-phpapp01
Direitosdeveres 100520231128-phpapp01Direitosdeveres 100520231128-phpapp01
Direitosdeveres 100520231128-phpapp01
 
Questões da Funcab
Questões da FuncabQuestões da Funcab
Questões da Funcab
 
Estatuto da Criança e do Adolescente
Estatuto da Criança e do AdolescenteEstatuto da Criança e do Adolescente
Estatuto da Criança e do Adolescente
 
Resolucao cee 443 de 29 de maio de 2001
Resolucao cee 443 de 29 de maio de 2001Resolucao cee 443 de 29 de maio de 2001
Resolucao cee 443 de 29 de maio de 2001
 

Mais de Raquel Salcedo Gomes

Trajetórias de aprendizagem para navegar o século XXI.pdf
Trajetórias de aprendizagem para navegar o século XXI.pdfTrajetórias de aprendizagem para navegar o século XXI.pdf
Trajetórias de aprendizagem para navegar o século XXI.pdfRaquel Salcedo Gomes
 
Trajetórias de Aprendizagem Visível em Ambiente Informatizado
Trajetórias de Aprendizagem Visível em Ambiente InformatizadoTrajetórias de Aprendizagem Visível em Ambiente Informatizado
Trajetórias de Aprendizagem Visível em Ambiente InformatizadoRaquel Salcedo Gomes
 
Cultura digital ou digitalização da cultura
Cultura digital ou digitalização da culturaCultura digital ou digitalização da cultura
Cultura digital ou digitalização da culturaRaquel Salcedo Gomes
 
Trajetórias de aprendizagem e os 20 princípios da APA sobre ensino e aprendiz...
Trajetórias de aprendizagem e os 20 princípios da APA sobre ensino e aprendiz...Trajetórias de aprendizagem e os 20 princípios da APA sobre ensino e aprendiz...
Trajetórias de aprendizagem e os 20 princípios da APA sobre ensino e aprendiz...Raquel Salcedo Gomes
 
História das tecnologias cognitivas e suas implicações educacionais
História das tecnologias cognitivas e suas implicações educacionaisHistória das tecnologias cognitivas e suas implicações educacionais
História das tecnologias cognitivas e suas implicações educacionaisRaquel Salcedo Gomes
 
Desafios da educação na pandemia
Desafios da educação na pandemiaDesafios da educação na pandemia
Desafios da educação na pandemiaRaquel Salcedo Gomes
 
What happened to cognitive science? O que aconteceu com a ciência cognitiva?
What happened to cognitive science? O que aconteceu com a ciência cognitiva?What happened to cognitive science? O que aconteceu com a ciência cognitiva?
What happened to cognitive science? O que aconteceu com a ciência cognitiva?Raquel Salcedo Gomes
 
Cognição 4E - Evolução da cognição
Cognição 4E - Evolução da cogniçãoCognição 4E - Evolução da cognição
Cognição 4E - Evolução da cogniçãoRaquel Salcedo Gomes
 
Benjamin Bloom, Mastery Learning, Objetivos Educacionais
Benjamin Bloom, Mastery Learning, Objetivos EducacionaisBenjamin Bloom, Mastery Learning, Objetivos Educacionais
Benjamin Bloom, Mastery Learning, Objetivos EducacionaisRaquel Salcedo Gomes
 
Pesquisa em informática na educação e ciências cognitivas
Pesquisa em informática na educação e ciências cognitivasPesquisa em informática na educação e ciências cognitivas
Pesquisa em informática na educação e ciências cognitivasRaquel Salcedo Gomes
 
Fechamento Pierre Lévy - O que é o virtual?
Fechamento Pierre Lévy - O que é o virtual?Fechamento Pierre Lévy - O que é o virtual?
Fechamento Pierre Lévy - O que é o virtual?Raquel Salcedo Gomes
 
Inteligência Coletiva - Pierre Lévy
Inteligência Coletiva - Pierre Lévy Inteligência Coletiva - Pierre Lévy
Inteligência Coletiva - Pierre Lévy Raquel Salcedo Gomes
 
Pierre Lévy e as humanidades digitais
Pierre Lévy e as humanidades digitaisPierre Lévy e as humanidades digitais
Pierre Lévy e as humanidades digitaisRaquel Salcedo Gomes
 
Informática na educação baseada em evidências
Informática na educação baseada em evidênciasInformática na educação baseada em evidências
Informática na educação baseada em evidênciasRaquel Salcedo Gomes
 
Pervasive Computing: Vision and Challenges
Pervasive Computing: Vision and ChallengesPervasive Computing: Vision and Challenges
Pervasive Computing: Vision and ChallengesRaquel Salcedo Gomes
 

Mais de Raquel Salcedo Gomes (18)

Trajetórias de aprendizagem para navegar o século XXI.pdf
Trajetórias de aprendizagem para navegar o século XXI.pdfTrajetórias de aprendizagem para navegar o século XXI.pdf
Trajetórias de aprendizagem para navegar o século XXI.pdf
 
Trajetórias de Aprendizagem Visível em Ambiente Informatizado
Trajetórias de Aprendizagem Visível em Ambiente InformatizadoTrajetórias de Aprendizagem Visível em Ambiente Informatizado
Trajetórias de Aprendizagem Visível em Ambiente Informatizado
 
Cultura digital ou digitalização da cultura
Cultura digital ou digitalização da culturaCultura digital ou digitalização da cultura
Cultura digital ou digitalização da cultura
 
Trajetórias de aprendizagem e os 20 princípios da APA sobre ensino e aprendiz...
Trajetórias de aprendizagem e os 20 princípios da APA sobre ensino e aprendiz...Trajetórias de aprendizagem e os 20 princípios da APA sobre ensino e aprendiz...
Trajetórias de aprendizagem e os 20 princípios da APA sobre ensino e aprendiz...
 
História das tecnologias cognitivas e suas implicações educacionais
História das tecnologias cognitivas e suas implicações educacionaisHistória das tecnologias cognitivas e suas implicações educacionais
História das tecnologias cognitivas e suas implicações educacionais
 
Desafios da educação na pandemia
Desafios da educação na pandemiaDesafios da educação na pandemia
Desafios da educação na pandemia
 
What happened to cognitive science? O que aconteceu com a ciência cognitiva?
What happened to cognitive science? O que aconteceu com a ciência cognitiva?What happened to cognitive science? O que aconteceu com a ciência cognitiva?
What happened to cognitive science? O que aconteceu com a ciência cognitiva?
 
Cognição 4E - Evolução da cognição
Cognição 4E - Evolução da cogniçãoCognição 4E - Evolução da cognição
Cognição 4E - Evolução da cognição
 
Cognição enativa e linguagem
Cognição enativa e linguagemCognição enativa e linguagem
Cognição enativa e linguagem
 
Benjamin Bloom, Mastery Learning, Objetivos Educacionais
Benjamin Bloom, Mastery Learning, Objetivos EducacionaisBenjamin Bloom, Mastery Learning, Objetivos Educacionais
Benjamin Bloom, Mastery Learning, Objetivos Educacionais
 
Educação na cultura digital
Educação na cultura digitalEducação na cultura digital
Educação na cultura digital
 
Pesquisa em informática na educação e ciências cognitivas
Pesquisa em informática na educação e ciências cognitivasPesquisa em informática na educação e ciências cognitivas
Pesquisa em informática na educação e ciências cognitivas
 
Fechamento Pierre Lévy - O que é o virtual?
Fechamento Pierre Lévy - O que é o virtual?Fechamento Pierre Lévy - O que é o virtual?
Fechamento Pierre Lévy - O que é o virtual?
 
O que é o virtual? Pierre Lévy
O que é o virtual? Pierre LévyO que é o virtual? Pierre Lévy
O que é o virtual? Pierre Lévy
 
Inteligência Coletiva - Pierre Lévy
Inteligência Coletiva - Pierre Lévy Inteligência Coletiva - Pierre Lévy
Inteligência Coletiva - Pierre Lévy
 
Pierre Lévy e as humanidades digitais
Pierre Lévy e as humanidades digitaisPierre Lévy e as humanidades digitais
Pierre Lévy e as humanidades digitais
 
Informática na educação baseada em evidências
Informática na educação baseada em evidênciasInformática na educação baseada em evidências
Informática na educação baseada em evidências
 
Pervasive Computing: Vision and Challenges
Pervasive Computing: Vision and ChallengesPervasive Computing: Vision and Challenges
Pervasive Computing: Vision and Challenges
 

Último

Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfEyshilaKelly1
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduraAdryan Luiz
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfEditoraEnovus
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundonialb
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoMary Alvarenga
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Centro Jacques Delors
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOBiatrizGomes1
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirIedaGoethe
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISVitor Vieira Vasconcelos
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOColégio Santa Teresinha
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfPastor Robson Colaço
 
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxDoutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxThye Oliver
 

Último (20)

treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppttreinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
 
Em tempo de Quaresma .
Em tempo de Quaresma                            .Em tempo de Quaresma                            .
Em tempo de Quaresma .
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditadura
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
 
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
 
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxDoutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
 

ECA Produtos Serviços Crianças

  • 1. Anunciando o ECA em Língua Estrangeira ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE - LEI Nº 8.069, DE 13 DE JULHO DE 1990 (http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l8069.htm) Seção II - Dos Produtos e Serviços Art. 81. É proibida a venda à criança ou ao adolescente de: I - armas, munições e explosivos; II - bebidas alcoólicas; III - produtos cujos componentes possam causar dependência física ou psíquica ainda que por utilização indevida; IV - fogos de estampido e de artifício, exceto aqueles que pelo seu reduzido potencial sejam incapazes de provocar qualquer dano físico em caso de utilização indevida; V - revistas e publicações a que alude o art. 78; VI - bilhetes lotéricos e equivalentes. Art. 82. É proibida a hospedagem de criança ou adolescente em hotel, motel, pensão ou estabelecimento congênere, salvo se autorizado ou acompanhado pelos pais ou responsável. Procure as palavras a seguir no dicionário: Agora, traduza as frases: a) Children can’t buy everything. _________________________________________________________________________ b) The sale of fireworks and guns is forbidden to teenagers and children. _________________________________________________________________________ c) Children and teenagers must travel with their parents. _________________________________________________________________________ Produto = ______________________ Serviço = ______________________ Proibido = _____________________ Venda = ______________________ Criança = _____________________ Adolescente = __________________ Armas = ______________________ Fogo = _______________________ Revista = _____________________ Pais = _______________________ ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE - LEI Nº 8.069, DE 13 DE JULHO DE 1990 (http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l8069.htm) Seção III - Da Autorização para Viajar Art. 83. Nenhuma criança poderá viajar para fora da comarca onde reside, desacompanhada dos pais ou responsável, sem expressa autorização judicial. § 1º A autorização não será exigida quando: a) tratar-se de comarca contígua à da residência da criança, se na mesma unidade da Federação, ou incluída na mesma região metropolitana; b) a criança estiver acompanhada: 1) de ascendente ou colateral maior, até o terceiro grau, comprovado documentalmente o parentesco; 2) de pessoa maior, expressamente autorizada pelo pai, mãe ou responsável. § 2º A autoridade judiciária poderá, a pedido dos pais ou responsável, conceder autorização válida por dois anos. Art. 84. Quando se tratar de viagem ao exterior, a autorização é dispensável, se a criança ou adolescente: I - estiver acompanhado de ambos os pais ou responsável; II - viajar na companhia de um dos pais, autorizado expressamente pelo outro através de documento com firma reconhecida. Art. 85. Sem prévia e expressa autorização judicial, nenhuma criança ou adolescente nascido em território nacional poderá sair do País em companhia de estrangeiro residente ou domiciliado no exterior. Atividades: 1) Escreva um parágrafo de 5 linhas (caderno grande) com sua opinião sobre a Seção III do ECA. 2) Traduza as 5 palavras sublinhadas. 3) Escreva uma frase em inglês com cada palavra sublinhada. __________________________________________________________________ __________________________________________________________________ __________________________________________________________________ __________________________________________________________________ __________________________________________________________________ ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE - LEI Nº 8.069, DE 13 DE JULHO DE 1990 (http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l8069.htm) Capítulo V - Do Direito à Profissionalização e à Proteção no Trabalho Art. 60. É proibido qualquer trabalho a menores de quatorze anos de idade, salvo na condição de aprendiz. (Vide Constituição Federal) Art. 61. A proteção ao trabalho dos adolescentes é regulada por legislação especial, sem prejuízo do disposto nesta Lei. Art. 62. Considera-se aprendizagem a formação técnico-profissional ministrada segundo as diretrizes e bases da legislação de educação em vigor. Art. 63. A formação técnico-profissional obedecerá aos seguintes princípios: I - garantia de acesso e freqüência obrigatória ao ensino regular; II - atividade compatível com o desenvolvimento do adolescente; III - horário especial para o exercício das atividades. Art. 64. Ao adolescente até quatorze anos de idade é assegurada bolsa de aprendizagem. Art. 65. Ao adolescente aprendiz, maior de quatorze anos, são assegurados os direitos trabalhistas e previdenciários. Art. 66. Ao adolescente portador de deficiência é assegurado trabalho protegido. Art. 67. Ao adolescente empregado, aprendiz, em regime familiar de trabalho, aluno de escola técnica, assistido em entidade governamental ou não-governamental, é vedado trabalho: I - noturno, realizado entre as vinte e duas horas de um dia e as cinco horas do dia seguinte; II - perigoso, insalubre ou penoso; III - realizado em locais prejudiciais à sua formação e ao seu desenvolvimento físico, psíquico, moral e social; IV - realizado em horários e locais que não permitam a frequência à escola. Art. 68. O programa social que tenha por base o trabalho educativo, sob responsabilidade de entidade governamental ou não-governamental sem fins lucrativos, deverá assegurar ao adolescente que dele participe condições de capacitação para o exercício de atividade regular remunerada. § 1º Entende-se por trabalho educativo a atividade laboral em que as exigências pedagógicas relativas ao desenvolvimento pessoal e social do educando prevalecem sobre o aspecto produtivo. § 2º A remuneração que o adolescente recebe pelo trabalho efetuado ou a participação na venda dos produtos de seu trabalho não desfigura o caráter educativo. Art. 69. O adolescente tem direito à profissionalização e à proteção no trabalho, observados os seguintes aspectos, entre outros: I - respeito à condição peculiar de pessoa em desenvolvimento; II - capacitação profissional adequada ao mercado de trabalho. Atividades: 1) Escreva um texto de 10 linhas (caderno grande) contendo sua opinião sobre o capítulo V do ECA. 2) Sublinhe 10 palavras do capítulo V do ECA e traduza-as para a língua inglesa. 1. Um Texto Publicitário deve obedecer aos seguintes aspectos: ATENÇÃO!! INTERESSE! DESEJO! MEMORIZAÇÃO!!! AÇÃO 2. Deve ser constituído por: Um TÍTULO conciso e chamativo, procurando despertar o interesse do interlocutor. Geralmente composto de frases curtas. Um SLOGAN - texto original, breve, com uma linguagem simples que facilite a memorização. Uma IMAGEM - de preferência a cores, para despertar a atenção. Um TEXTO DE ARGUMENTAÇÃO - complementar ao slogan, explicitando a campanha com mais detalhes. É o objetivo em si, aquele que se pretende obter com a mensagem. O vocabulário deve ir ao encontro do público–alvo, procurando corresponder às expectativas. Um SÍMBOLO DA MARCA do produto ou do anunciante. Esse funciona como uma assinatura do anunciante. Fontes: http://linguaportuguesa8ano.blogspot.com/2011/02/texto-publicitario-caracteristicas.html e http://portaldoprofessor.mec.gov.br/fichaTecnicaAula.html?aula=25969 ANÚNCIO PUBLICITÁRIO INFORMATIVO A Atenção prende-se com um grafismo sugestivo O Interesse, com a linguagem O Desejo, com estímulos A Memorização, com técnicas de fixação A Ação, com o ato da persuasão (convencimento) Prof.ª Raquel S. Gomes EMEF José de Anchieta Lomba Grande Atividade realizada com o 6°(9) e com o 6°(8) Atividade realizada com o 7°(8) ano Atividade realizada com o 8°(8) ano Atividade realizada com todas as turmas: conhecendo o gênero textual Objetivos do projeto: adquirir vocabulário referente ao assunto em LE, aprofundar conhecimentos sobre tópicos do ECA e desenvolver familiaridade com o gênero Texto Publicitário Informativo. Carga horária: 5h