SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 16
Município de Biguaçu
Orientadora de Estudo Solange Goulart de Souza.
Professora alfabetizadora Karla Cecília Ferreira
Turma de atuação : 2º ano Vespertino
NÚMEROS E OPERAÇÕES:
I. Associar o numeral a sua quantidade.
II. Identificar a posição do número, explicitando a noção
de sucessor e antecessor.
III. Resolver problemas simples e identificar qual operação
é pedida.
DIREITOS DE APRENDIZAGEM : Matemática
EIXOS ESTRUTURANTES
0
5
10
15
20
25
Quantos alunos já
leem?
Quantos alunos já
escrevem o seu nome
completo?
Quantos alunos já
representam sua
idade e
compreendem esse
numeral?
Quantos alunos
reconhecem os
numerais?
Quantos alunos
reconhecem e
diferenciam as
quantidades de 1 a 9?
Quantos alunos
comparam
quantidades?
SIM
PARCIALMENTE
NÃO
MATEMÁTICA
NÍVEIS DE APROPRIAÇÃO DE CONHECIMENTO
1° BIMESTRE
A MATEMÁTICA NOS CONTOS CLÁSSICOS
CRONOGRAMA DA SEQUENCIA DIDÁTICA DIA / SEMANA
Apresentação do tema / Avaliação do conhecimento
prévio dos alunos / Apresentação e leitura do livro /
Identificação dos contos contidos no livro / Listagem e
enumeração das histórias já ouvidas / Classificação dos
grupos encontrados nos contos.
28 /4ª semana do mês de maio
Problematização Matemática relacionada as histórias já
conhecidas / Seriação de animais encontrados na cena /
Relação quantidade e numeral / Identificação de
sucessor e antecessor
28 /4ª semana do mês de maio
Construção de um jogo de tabuleiro / Enumeração e
pintura dos personagens / Ordenação das histórias 29 /4ª semana do mês de maio
TEMPO DA APLICAÇÃO
Vou começar conversando com as crianças sobre o nosso projeto de
sala “literatura”. Quais os contos que nós já ouvimos? Em seguida vou
contar a história “ERA UMA VEZ...1,2,3”, que mostra como podemos
encontrar a matemática também nas histórias que nós já ouvimos.
Durante a história vou questionar as crianças sobre os personagens
que elas estão vendo. Quantos estão na cena? Quais as outras
quantidades que aparecem?
No quadro vamos fazer uma lista com as histórias já ouvidas e
enumerar as que gostaríamos de ouvir. Lembrando sempre das
histórias do livro “ERA UMA VEZ...1,2,3”, e questionando as crianças
em relação as quantidades. Quais são os grupos encontrados nas
histórias?
As crianças serão questionadas e instigadas a formar os grupos de
personagens que aparecem durante a história. Ao registrar no caderno
os grupos encontrados elas iram somar quantos foram.
METODOLOGIA
Com os grupos formados vou fazer alguns probleminhas simples
para que elas possam resolver, Ex: três porquinhos mais quatro
sapos...
Com os problemas resolvidos, vamos pegar os resultados para
descobrir os seus sucessores e antecessores. As crianças irão no
quadro para completar os numerais faltantes.
A construção de um jogo de tabuleiro será nosso material concreto.
Os personagens das histórias serão as peças e o traçado que as
crianças deverão percorrer será a floresta encantada onde todos
ajudarão a pintar desenhando no caminho as diversas histórias já
ouvidas por eles. Neste caminho terá varias pegadinhas, se o
personagem tirar um número no dado que caia em uma destas casas
pode enviá-lo, por exemplo, direto para o FELIZES PARA SEMPRE.
• Fazer com que as crianças percebam o quanto a matemática esta
relacionada com a nossa vida.
• Incentivar a curiosidade delas em buscar o conhecimento dos
numerais.
• Desenvolver o pensamento lógico matemático nas crianças.
• Estimular a aprendizagem da matemática através de histórias já
conhecidas.
• Classificação dos numerais, ordenação, sucessor e antecessor.
• Reconhecimento e diferenciação de numeral e quantidade.
OBJETIVO
Objetivos o que vcs querem alcançar? para quem ?
A maioria das crianças, conforme mostra a avaliação diagnóstica,
ainda não reconhece a maioria dos numerais, alguns não conseguem
nem representar a sua idade. Em contas mais simples poucos
conseguem fazer o reconhecimento de quantidades e diferenciação de
numeral.
Com esta sequência as crianças poderão trabalhar a matemática já
dentro do conteúdo de sala, pois tudo será relacionado ao projeto que
eles já vivenciam diariamente.
JUSTIFICATIVA
Avaliação do processo
Durante o processo será observado a aquisição e organização do
pensamento matemático através de problemas relacionados ao tema.
A avaliação será feita durante toda a execução das atividades de
forma contínua, formativa e diagnóstica. Será levado em consideração
o envolvimento de cada aluno, o domínio e aplicação dos conceitos
trabalhados. O espírito de colaboração e participação também serão
levados em conta.
AVALIAÇÃO DO PROCESSO
Sabendo da importância da matemática e de como ela esta ligada
ao nosso dia a dia, esta sequência vem com o objetivo de fazer com
que as crianças percebem isto e que através das atividades possam
ampliar seus aprendizados.
CONSIDERAÇÕES FINAIS
LEITURA DA HISTÓRIA ERA UMA VEZ...1,2,3
E LISTAGEM DOS PERSONAGENS ENCONTRADOS
PROBLEMATIZAÇÃO MATEMÁTICA COM OS
PERSONAGENS ENCONTRADOS NAS HISTÓRIAS
CONSTRUÇÃO DA TRILHA “A FLORESTA ENCANTADA” E
DESENHO DOS PERSONAGENS ENCONTRADOS NA
HISTÓRIA “ERA UMA VEZ... 1,2,3.
PINTURA DOS NÚMEROS DO DADO
FINALIZAÇÃO DA SEQUÊNCIA DIDÁTICA COM AS
CRIANÇAS JOGANDO A TRILHA

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Plano intervenção
Plano intervençãoPlano intervenção
Plano intervençãojosihy
 
Plano de aula jogos
Plano de aula jogosPlano de aula jogos
Plano de aula jogosEliane Dutra
 
Descritores matemática 5º ano inep
Descritores matemática 5º ano inepDescritores matemática 5º ano inep
Descritores matemática 5º ano inepConceição Aparecida
 
Plano de aula medida de comprimento
Plano de aula medida de comprimentoPlano de aula medida de comprimento
Plano de aula medida de comprimentoivanetesantos
 
Ficha descritiva 1 ano 1 trimestre
Ficha descritiva 1 ano   1 trimestreFicha descritiva 1 ano   1 trimestre
Ficha descritiva 1 ano 1 trimestreNaysa Taboada
 
Sequencia didática minha identidade maternal
Sequencia didática minha identidade    maternalSequencia didática minha identidade    maternal
Sequencia didática minha identidade maternaljosivaldopassos
 
Plano de atendimento educacional especializado para aluno tgd
Plano de atendimento educacional especializado para aluno tgdPlano de atendimento educacional especializado para aluno tgd
Plano de atendimento educacional especializado para aluno tgdLucinaldo Tenório
 
Relatórios Educação Infantil
Relatórios Educação InfantilRelatórios Educação Infantil
Relatórios Educação InfantilMelissa Oliveira
 
Apostila de atividades para criança autista
Apostila de atividades para criança autistaApostila de atividades para criança autista
Apostila de atividades para criança autistaElisangela Terra
 
Projeto dia da cidade
Projeto dia da cidadeProjeto dia da cidade
Projeto dia da cidadeMarcio Moura
 
Materiais produzidos adaptados pela professora da sala de recursos multifunci...
Materiais produzidos adaptados pela professora da sala de recursos multifunci...Materiais produzidos adaptados pela professora da sala de recursos multifunci...
Materiais produzidos adaptados pela professora da sala de recursos multifunci...Isa ...
 
Projeto de Incentivo a Leitura
Projeto de Incentivo a LeituraProjeto de Incentivo a Leitura
Projeto de Incentivo a LeituraCirlei Santos
 
Plano diagnóstico de Matemática - 5º ano
Plano diagnóstico  de Matemática  - 5º ano  Plano diagnóstico  de Matemática  - 5º ano
Plano diagnóstico de Matemática - 5º ano Mary Alvarenga
 
Coletânea de Poemas
Coletânea de PoemasColetânea de Poemas
Coletânea de PoemasMariGiopato
 
Plano de ensino de matemática2013
Plano de ensino de matemática2013Plano de ensino de matemática2013
Plano de ensino de matemática2013manocareca
 

Mais procurados (20)

Plano intervenção
Plano intervençãoPlano intervenção
Plano intervenção
 
Plano de aula jogos
Plano de aula jogosPlano de aula jogos
Plano de aula jogos
 
Descritores matemática 5º ano inep
Descritores matemática 5º ano inepDescritores matemática 5º ano inep
Descritores matemática 5º ano inep
 
Plano de aula medida de comprimento
Plano de aula medida de comprimentoPlano de aula medida de comprimento
Plano de aula medida de comprimento
 
Perfil turma pnaic
Perfil turma pnaicPerfil turma pnaic
Perfil turma pnaic
 
Plano de ação 2011
Plano de ação 2011Plano de ação 2011
Plano de ação 2011
 
Ficha descritiva 1 ano 1 trimestre
Ficha descritiva 1 ano   1 trimestreFicha descritiva 1 ano   1 trimestre
Ficha descritiva 1 ano 1 trimestre
 
Caixa Matemática
Caixa MatemáticaCaixa Matemática
Caixa Matemática
 
Sequencia didática minha identidade maternal
Sequencia didática minha identidade    maternalSequencia didática minha identidade    maternal
Sequencia didática minha identidade maternal
 
Plano de atendimento educacional especializado para aluno tgd
Plano de atendimento educacional especializado para aluno tgdPlano de atendimento educacional especializado para aluno tgd
Plano de atendimento educacional especializado para aluno tgd
 
Relatórios Educação Infantil
Relatórios Educação InfantilRelatórios Educação Infantil
Relatórios Educação Infantil
 
Apostila de atividades para criança autista
Apostila de atividades para criança autistaApostila de atividades para criança autista
Apostila de atividades para criança autista
 
Projeto dia da cidade
Projeto dia da cidadeProjeto dia da cidade
Projeto dia da cidade
 
Materiais produzidos adaptados pela professora da sala de recursos multifunci...
Materiais produzidos adaptados pela professora da sala de recursos multifunci...Materiais produzidos adaptados pela professora da sala de recursos multifunci...
Materiais produzidos adaptados pela professora da sala de recursos multifunci...
 
Projeto semana da pátria
Projeto semana da pátriaProjeto semana da pátria
Projeto semana da pátria
 
Prova brasil
Prova brasil Prova brasil
Prova brasil
 
Projeto de Incentivo a Leitura
Projeto de Incentivo a LeituraProjeto de Incentivo a Leitura
Projeto de Incentivo a Leitura
 
Plano diagnóstico de Matemática - 5º ano
Plano diagnóstico  de Matemática  - 5º ano  Plano diagnóstico  de Matemática  - 5º ano
Plano diagnóstico de Matemática - 5º ano
 
Coletânea de Poemas
Coletânea de PoemasColetânea de Poemas
Coletânea de Poemas
 
Plano de ensino de matemática2013
Plano de ensino de matemática2013Plano de ensino de matemática2013
Plano de ensino de matemática2013
 

Semelhante a A MATEMÁTICA NOS CONTOS CLÁSSICOS-Professora alfabetizadora Karla Cecília Ferreira .ESCOLA BASICA MUNICIPAL FERNANDO VIEGAS DE AMORIM

Sequência didática ERA UMA VEZ...1,2,3
Sequência didática ERA UMA VEZ...1,2,3Sequência didática ERA UMA VEZ...1,2,3
Sequência didática ERA UMA VEZ...1,2,3Sarah Gloria
 
Material Pedagógico Alfabetização Matemática - Prefeitura de Duque de Caxias/ RJ
Material Pedagógico Alfabetização Matemática - Prefeitura de Duque de Caxias/ RJMaterial Pedagógico Alfabetização Matemática - Prefeitura de Duque de Caxias/ RJ
Material Pedagógico Alfabetização Matemática - Prefeitura de Duque de Caxias/ RJValéria Poubell
 
CADERNOS DE ATIVIDADES DE Matemática - 1º ano.pdf
CADERNOS DE ATIVIDADES DE Matemática - 1º ano.pdfCADERNOS DE ATIVIDADES DE Matemática - 1º ano.pdf
CADERNOS DE ATIVIDADES DE Matemática - 1º ano.pdfAnaMonteiro462195
 
Matemática_caderno de atividades pedagógicas 1º ano
Matemática_caderno de atividades pedagógicas  1º anoMatemática_caderno de atividades pedagógicas  1º ano
Matemática_caderno de atividades pedagógicas 1º anoIsa ...
 
Matemtica 1ano-150412091152-conversion-gate01
Matemtica 1ano-150412091152-conversion-gate01Matemtica 1ano-150412091152-conversion-gate01
Matemtica 1ano-150412091152-conversion-gate01NILDA Leite Leite
 
80553176 plano-anual-4-e-5-anos-ei-completa
80553176 plano-anual-4-e-5-anos-ei-completa80553176 plano-anual-4-e-5-anos-ei-completa
80553176 plano-anual-4-e-5-anos-ei-completaFlavia Costa
 
Sequencia Didática - Matemática é mais que continhas . Alfabetizadora Goreti ...
Sequencia Didática - Matemática é mais que continhas . Alfabetizadora Goreti ...Sequencia Didática - Matemática é mais que continhas . Alfabetizadora Goreti ...
Sequencia Didática - Matemática é mais que continhas . Alfabetizadora Goreti ...Solange Goulart
 
Relatório da sequencia de atividades - Viviane
Relatório da sequencia de atividades - VivianeRelatório da sequencia de atividades - Viviane
Relatório da sequencia de atividades - Vivianeweleslima
 
PNAIC Caderno 2 (parte 2) - Quantificação, Registros e Agrupamentos
PNAIC Caderno 2 (parte 2) - Quantificação, Registros e AgrupamentosPNAIC Caderno 2 (parte 2) - Quantificação, Registros e Agrupamentos
PNAIC Caderno 2 (parte 2) - Quantificação, Registros e AgrupamentosEleúzia Lins Silva
 
Atpsfundamentosdematematica 131208143853-phpapp02
Atpsfundamentosdematematica 131208143853-phpapp02Atpsfundamentosdematematica 131208143853-phpapp02
Atpsfundamentosdematematica 131208143853-phpapp02Josi Souza
 
Atpsfundamentosdematematica 131208143853-phpapp02 (1)
Atpsfundamentosdematematica 131208143853-phpapp02 (1)Atpsfundamentosdematematica 131208143853-phpapp02 (1)
Atpsfundamentosdematematica 131208143853-phpapp02 (1)Josi Souza
 
Fundamentos e metodologia de matemática
Fundamentos e metodologia de matemáticaFundamentos e metodologia de matemática
Fundamentos e metodologia de matemáticaPaulo Wanderson
 
Sequencia didática. Encontro com dois grupos do PNAIC-2014
Sequencia didática. Encontro com dois grupos do PNAIC-2014 Sequencia didática. Encontro com dois grupos do PNAIC-2014
Sequencia didática. Encontro com dois grupos do PNAIC-2014 Solange Goulart
 

Semelhante a A MATEMÁTICA NOS CONTOS CLÁSSICOS-Professora alfabetizadora Karla Cecília Ferreira .ESCOLA BASICA MUNICIPAL FERNANDO VIEGAS DE AMORIM (20)

Sequência didática ERA UMA VEZ...1,2,3
Sequência didática ERA UMA VEZ...1,2,3Sequência didática ERA UMA VEZ...1,2,3
Sequência didática ERA UMA VEZ...1,2,3
 
Matemática 3º ano
Matemática   3º anoMatemática   3º ano
Matemática 3º ano
 
Matemática 3º ano
Matemática   3º anoMatemática   3º ano
Matemática 3º ano
 
Matemática - 1º ano.pdf
Matemática - 1º ano.pdfMatemática - 1º ano.pdf
Matemática - 1º ano.pdf
 
Material Pedagógico Alfabetização Matemática - Prefeitura de Duque de Caxias/ RJ
Material Pedagógico Alfabetização Matemática - Prefeitura de Duque de Caxias/ RJMaterial Pedagógico Alfabetização Matemática - Prefeitura de Duque de Caxias/ RJ
Material Pedagógico Alfabetização Matemática - Prefeitura de Duque de Caxias/ RJ
 
CADERNOS DE ATIVIDADES DE Matemática - 1º ano.pdf
CADERNOS DE ATIVIDADES DE Matemática - 1º ano.pdfCADERNOS DE ATIVIDADES DE Matemática - 1º ano.pdf
CADERNOS DE ATIVIDADES DE Matemática - 1º ano.pdf
 
Matemática_caderno de atividades pedagógicas 1º ano
Matemática_caderno de atividades pedagógicas  1º anoMatemática_caderno de atividades pedagógicas  1º ano
Matemática_caderno de atividades pedagógicas 1º ano
 
Matemtica 1ano-150412091152-conversion-gate01
Matemtica 1ano-150412091152-conversion-gate01Matemtica 1ano-150412091152-conversion-gate01
Matemtica 1ano-150412091152-conversion-gate01
 
Matemática 4º ano
Matemática   4º anoMatemática   4º ano
Matemática 4º ano
 
Matemática 4º ano
Matemática   4º anoMatemática   4º ano
Matemática 4º ano
 
Matemática 4º ano
Matemática   4º anoMatemática   4º ano
Matemática 4º ano
 
80553176 plano-anual-4-e-5-anos-ei-completa
80553176 plano-anual-4-e-5-anos-ei-completa80553176 plano-anual-4-e-5-anos-ei-completa
80553176 plano-anual-4-e-5-anos-ei-completa
 
Sequencia Didática - Matemática é mais que continhas . Alfabetizadora Goreti ...
Sequencia Didática - Matemática é mais que continhas . Alfabetizadora Goreti ...Sequencia Didática - Matemática é mais que continhas . Alfabetizadora Goreti ...
Sequencia Didática - Matemática é mais que continhas . Alfabetizadora Goreti ...
 
Relatório da sequencia de atividades - Viviane
Relatório da sequencia de atividades - VivianeRelatório da sequencia de atividades - Viviane
Relatório da sequencia de atividades - Viviane
 
PNAIC Caderno 2 (parte 2) - Quantificação, Registros e Agrupamentos
PNAIC Caderno 2 (parte 2) - Quantificação, Registros e AgrupamentosPNAIC Caderno 2 (parte 2) - Quantificação, Registros e Agrupamentos
PNAIC Caderno 2 (parte 2) - Quantificação, Registros e Agrupamentos
 
Atpsfundamentosdematematica 131208143853-phpapp02
Atpsfundamentosdematematica 131208143853-phpapp02Atpsfundamentosdematematica 131208143853-phpapp02
Atpsfundamentosdematematica 131208143853-phpapp02
 
Atpsfundamentosdematematica 131208143853-phpapp02 (1)
Atpsfundamentosdematematica 131208143853-phpapp02 (1)Atpsfundamentosdematematica 131208143853-phpapp02 (1)
Atpsfundamentosdematematica 131208143853-phpapp02 (1)
 
Fundamentos e metodologia de matemática
Fundamentos e metodologia de matemáticaFundamentos e metodologia de matemática
Fundamentos e metodologia de matemática
 
FORMAÇÃO.pptx
FORMAÇÃO.pptxFORMAÇÃO.pptx
FORMAÇÃO.pptx
 
Sequencia didática. Encontro com dois grupos do PNAIC-2014
Sequencia didática. Encontro com dois grupos do PNAIC-2014 Sequencia didática. Encontro com dois grupos do PNAIC-2014
Sequencia didática. Encontro com dois grupos do PNAIC-2014
 

Mais de Solange Goulart

PNAIC Orientadora de Estudos Solange Goulart de Souza - Girafa e o mede palmo
PNAIC Orientadora de Estudos Solange Goulart de Souza - Girafa e o mede palmo PNAIC Orientadora de Estudos Solange Goulart de Souza - Girafa e o mede palmo
PNAIC Orientadora de Estudos Solange Goulart de Souza - Girafa e o mede palmo Solange Goulart
 
PNAIC Grandezas e medidas .Girafa e o Mede Palmo .
PNAIC Grandezas e medidas .Girafa e o Mede Palmo .PNAIC Grandezas e medidas .Girafa e o Mede Palmo .
PNAIC Grandezas e medidas .Girafa e o Mede Palmo .Solange Goulart
 
PNAIC Caderno Medidas e Grandezas Caderno 6
PNAIC Caderno Medidas e Grandezas Caderno 6PNAIC Caderno Medidas e Grandezas Caderno 6
PNAIC Caderno Medidas e Grandezas Caderno 6Solange Goulart
 
PNAIC - Orientadora de Estudos Solange Goulart de Souza . Município de Biguaçu
PNAIC - Orientadora de Estudos Solange Goulart de Souza . Município de Biguaçu PNAIC - Orientadora de Estudos Solange Goulart de Souza . Município de Biguaçu
PNAIC - Orientadora de Estudos Solange Goulart de Souza . Município de Biguaçu Solange Goulart
 
Encontro do dia 11/08/2014 Caderno 5 Geometria PNAIC Orientadora Solange Goul...
Encontro do dia 11/08/2014 Caderno 5 Geometria PNAIC Orientadora Solange Goul...Encontro do dia 11/08/2014 Caderno 5 Geometria PNAIC Orientadora Solange Goul...
Encontro do dia 11/08/2014 Caderno 5 Geometria PNAIC Orientadora Solange Goul...Solange Goulart
 
Caderno 5 geometria PNAIC
Caderno 5 geometria PNAIC Caderno 5 geometria PNAIC
Caderno 5 geometria PNAIC Solange Goulart
 
Encontro do dia 30 de junho e 07de julho PNAIC
Encontro do dia 30 de junho e 07de julho PNAIC Encontro do dia 30 de junho e 07de julho PNAIC
Encontro do dia 30 de junho e 07de julho PNAIC Solange Goulart
 
Caderno Resolução de problemas e Educação Especial -PNAIC 2014
Caderno Resolução de problemas e Educação Especial -PNAIC 2014 Caderno Resolução de problemas e Educação Especial -PNAIC 2014
Caderno Resolução de problemas e Educação Especial -PNAIC 2014 Solange Goulart
 
Encontro do dia 30 de junho e 07de julho
Encontro do dia 30 de junho e 07de julhoEncontro do dia 30 de junho e 07de julho
Encontro do dia 30 de junho e 07de julhoSolange Goulart
 
Situações problemas sobre o livro Beleléu
Situações problemas sobre o livro Beleléu Situações problemas sobre o livro Beleléu
Situações problemas sobre o livro Beleléu Solange Goulart
 
Sequencia didática de Matemática Alfabetizadora Eva Anilda Silveira
Sequencia didática de Matemática Alfabetizadora Eva Anilda Silveira Sequencia didática de Matemática Alfabetizadora Eva Anilda Silveira
Sequencia didática de Matemática Alfabetizadora Eva Anilda Silveira Solange Goulart
 
Sequencia didática Alfabetizadora Maria do Carmo
Sequencia didática Alfabetizadora Maria do Carmo Sequencia didática Alfabetizadora Maria do Carmo
Sequencia didática Alfabetizadora Maria do Carmo Solange Goulart
 
Caderno 2 Quantificação registro e agrupamentos Orientadora Solange Goulart ...
Caderno 2 Quantificação registro e agrupamentos  Orientadora Solange Goulart ...Caderno 2 Quantificação registro e agrupamentos  Orientadora Solange Goulart ...
Caderno 2 Quantificação registro e agrupamentos Orientadora Solange Goulart ...Solange Goulart
 
Construção do sistema decimal caderno 4- Orientadora de Estudos Solange Goula...
Construção do sistema decimal caderno 4- Orientadora de Estudos Solange Goula...Construção do sistema decimal caderno 4- Orientadora de Estudos Solange Goula...
Construção do sistema decimal caderno 4- Orientadora de Estudos Solange Goula...Solange Goulart
 
Sequencia Didática.Figuras geométricas- Professora Doraci Escola Viegas Munic...
Sequencia Didática.Figuras geométricas- Professora Doraci Escola Viegas Munic...Sequencia Didática.Figuras geométricas- Professora Doraci Escola Viegas Munic...
Sequencia Didática.Figuras geométricas- Professora Doraci Escola Viegas Munic...Solange Goulart
 
Sequencia Didática da professora Doraci Helena Prim Pauli e de seus alunos do...
Sequencia Didática da professora Doraci Helena Prim Pauli e de seus alunos do...Sequencia Didática da professora Doraci Helena Prim Pauli e de seus alunos do...
Sequencia Didática da professora Doraci Helena Prim Pauli e de seus alunos do...Solange Goulart
 
Sequencia didática Multiplicação Professora Graziela de Melo
Sequencia didática Multiplicação  Professora Graziela de MeloSequencia didática Multiplicação  Professora Graziela de Melo
Sequencia didática Multiplicação Professora Graziela de MeloSolange Goulart
 
Quarto econtro organização do trabalho pedagógico
Quarto econtro organização do trabalho pedagógicoQuarto econtro organização do trabalho pedagógico
Quarto econtro organização do trabalho pedagógicoSolange Goulart
 
Sugestão de sequencia didatica às professoras
Sugestão de sequencia didatica  às professorasSugestão de sequencia didatica  às professoras
Sugestão de sequencia didatica às professorasSolange Goulart
 
Sugestão de sequencia didatica às professoras
Sugestão de sequencia didatica  às professorasSugestão de sequencia didatica  às professoras
Sugestão de sequencia didatica às professorasSolange Goulart
 

Mais de Solange Goulart (20)

PNAIC Orientadora de Estudos Solange Goulart de Souza - Girafa e o mede palmo
PNAIC Orientadora de Estudos Solange Goulart de Souza - Girafa e o mede palmo PNAIC Orientadora de Estudos Solange Goulart de Souza - Girafa e o mede palmo
PNAIC Orientadora de Estudos Solange Goulart de Souza - Girafa e o mede palmo
 
PNAIC Grandezas e medidas .Girafa e o Mede Palmo .
PNAIC Grandezas e medidas .Girafa e o Mede Palmo .PNAIC Grandezas e medidas .Girafa e o Mede Palmo .
PNAIC Grandezas e medidas .Girafa e o Mede Palmo .
 
PNAIC Caderno Medidas e Grandezas Caderno 6
PNAIC Caderno Medidas e Grandezas Caderno 6PNAIC Caderno Medidas e Grandezas Caderno 6
PNAIC Caderno Medidas e Grandezas Caderno 6
 
PNAIC - Orientadora de Estudos Solange Goulart de Souza . Município de Biguaçu
PNAIC - Orientadora de Estudos Solange Goulart de Souza . Município de Biguaçu PNAIC - Orientadora de Estudos Solange Goulart de Souza . Município de Biguaçu
PNAIC - Orientadora de Estudos Solange Goulart de Souza . Município de Biguaçu
 
Encontro do dia 11/08/2014 Caderno 5 Geometria PNAIC Orientadora Solange Goul...
Encontro do dia 11/08/2014 Caderno 5 Geometria PNAIC Orientadora Solange Goul...Encontro do dia 11/08/2014 Caderno 5 Geometria PNAIC Orientadora Solange Goul...
Encontro do dia 11/08/2014 Caderno 5 Geometria PNAIC Orientadora Solange Goul...
 
Caderno 5 geometria PNAIC
Caderno 5 geometria PNAIC Caderno 5 geometria PNAIC
Caderno 5 geometria PNAIC
 
Encontro do dia 30 de junho e 07de julho PNAIC
Encontro do dia 30 de junho e 07de julho PNAIC Encontro do dia 30 de junho e 07de julho PNAIC
Encontro do dia 30 de junho e 07de julho PNAIC
 
Caderno Resolução de problemas e Educação Especial -PNAIC 2014
Caderno Resolução de problemas e Educação Especial -PNAIC 2014 Caderno Resolução de problemas e Educação Especial -PNAIC 2014
Caderno Resolução de problemas e Educação Especial -PNAIC 2014
 
Encontro do dia 30 de junho e 07de julho
Encontro do dia 30 de junho e 07de julhoEncontro do dia 30 de junho e 07de julho
Encontro do dia 30 de junho e 07de julho
 
Situações problemas sobre o livro Beleléu
Situações problemas sobre o livro Beleléu Situações problemas sobre o livro Beleléu
Situações problemas sobre o livro Beleléu
 
Sequencia didática de Matemática Alfabetizadora Eva Anilda Silveira
Sequencia didática de Matemática Alfabetizadora Eva Anilda Silveira Sequencia didática de Matemática Alfabetizadora Eva Anilda Silveira
Sequencia didática de Matemática Alfabetizadora Eva Anilda Silveira
 
Sequencia didática Alfabetizadora Maria do Carmo
Sequencia didática Alfabetizadora Maria do Carmo Sequencia didática Alfabetizadora Maria do Carmo
Sequencia didática Alfabetizadora Maria do Carmo
 
Caderno 2 Quantificação registro e agrupamentos Orientadora Solange Goulart ...
Caderno 2 Quantificação registro e agrupamentos  Orientadora Solange Goulart ...Caderno 2 Quantificação registro e agrupamentos  Orientadora Solange Goulart ...
Caderno 2 Quantificação registro e agrupamentos Orientadora Solange Goulart ...
 
Construção do sistema decimal caderno 4- Orientadora de Estudos Solange Goula...
Construção do sistema decimal caderno 4- Orientadora de Estudos Solange Goula...Construção do sistema decimal caderno 4- Orientadora de Estudos Solange Goula...
Construção do sistema decimal caderno 4- Orientadora de Estudos Solange Goula...
 
Sequencia Didática.Figuras geométricas- Professora Doraci Escola Viegas Munic...
Sequencia Didática.Figuras geométricas- Professora Doraci Escola Viegas Munic...Sequencia Didática.Figuras geométricas- Professora Doraci Escola Viegas Munic...
Sequencia Didática.Figuras geométricas- Professora Doraci Escola Viegas Munic...
 
Sequencia Didática da professora Doraci Helena Prim Pauli e de seus alunos do...
Sequencia Didática da professora Doraci Helena Prim Pauli e de seus alunos do...Sequencia Didática da professora Doraci Helena Prim Pauli e de seus alunos do...
Sequencia Didática da professora Doraci Helena Prim Pauli e de seus alunos do...
 
Sequencia didática Multiplicação Professora Graziela de Melo
Sequencia didática Multiplicação  Professora Graziela de MeloSequencia didática Multiplicação  Professora Graziela de Melo
Sequencia didática Multiplicação Professora Graziela de Melo
 
Quarto econtro organização do trabalho pedagógico
Quarto econtro organização do trabalho pedagógicoQuarto econtro organização do trabalho pedagógico
Quarto econtro organização do trabalho pedagógico
 
Sugestão de sequencia didatica às professoras
Sugestão de sequencia didatica  às professorasSugestão de sequencia didatica  às professoras
Sugestão de sequencia didatica às professoras
 
Sugestão de sequencia didatica às professoras
Sugestão de sequencia didatica  às professorasSugestão de sequencia didatica  às professoras
Sugestão de sequencia didatica às professoras
 

A MATEMÁTICA NOS CONTOS CLÁSSICOS-Professora alfabetizadora Karla Cecília Ferreira .ESCOLA BASICA MUNICIPAL FERNANDO VIEGAS DE AMORIM

  • 1. Município de Biguaçu Orientadora de Estudo Solange Goulart de Souza. Professora alfabetizadora Karla Cecília Ferreira Turma de atuação : 2º ano Vespertino
  • 2. NÚMEROS E OPERAÇÕES: I. Associar o numeral a sua quantidade. II. Identificar a posição do número, explicitando a noção de sucessor e antecessor. III. Resolver problemas simples e identificar qual operação é pedida. DIREITOS DE APRENDIZAGEM : Matemática EIXOS ESTRUTURANTES
  • 3. 0 5 10 15 20 25 Quantos alunos já leem? Quantos alunos já escrevem o seu nome completo? Quantos alunos já representam sua idade e compreendem esse numeral? Quantos alunos reconhecem os numerais? Quantos alunos reconhecem e diferenciam as quantidades de 1 a 9? Quantos alunos comparam quantidades? SIM PARCIALMENTE NÃO MATEMÁTICA NÍVEIS DE APROPRIAÇÃO DE CONHECIMENTO 1° BIMESTRE
  • 4. A MATEMÁTICA NOS CONTOS CLÁSSICOS
  • 5. CRONOGRAMA DA SEQUENCIA DIDÁTICA DIA / SEMANA Apresentação do tema / Avaliação do conhecimento prévio dos alunos / Apresentação e leitura do livro / Identificação dos contos contidos no livro / Listagem e enumeração das histórias já ouvidas / Classificação dos grupos encontrados nos contos. 28 /4ª semana do mês de maio Problematização Matemática relacionada as histórias já conhecidas / Seriação de animais encontrados na cena / Relação quantidade e numeral / Identificação de sucessor e antecessor 28 /4ª semana do mês de maio Construção de um jogo de tabuleiro / Enumeração e pintura dos personagens / Ordenação das histórias 29 /4ª semana do mês de maio TEMPO DA APLICAÇÃO
  • 6. Vou começar conversando com as crianças sobre o nosso projeto de sala “literatura”. Quais os contos que nós já ouvimos? Em seguida vou contar a história “ERA UMA VEZ...1,2,3”, que mostra como podemos encontrar a matemática também nas histórias que nós já ouvimos. Durante a história vou questionar as crianças sobre os personagens que elas estão vendo. Quantos estão na cena? Quais as outras quantidades que aparecem? No quadro vamos fazer uma lista com as histórias já ouvidas e enumerar as que gostaríamos de ouvir. Lembrando sempre das histórias do livro “ERA UMA VEZ...1,2,3”, e questionando as crianças em relação as quantidades. Quais são os grupos encontrados nas histórias? As crianças serão questionadas e instigadas a formar os grupos de personagens que aparecem durante a história. Ao registrar no caderno os grupos encontrados elas iram somar quantos foram. METODOLOGIA
  • 7. Com os grupos formados vou fazer alguns probleminhas simples para que elas possam resolver, Ex: três porquinhos mais quatro sapos... Com os problemas resolvidos, vamos pegar os resultados para descobrir os seus sucessores e antecessores. As crianças irão no quadro para completar os numerais faltantes. A construção de um jogo de tabuleiro será nosso material concreto. Os personagens das histórias serão as peças e o traçado que as crianças deverão percorrer será a floresta encantada onde todos ajudarão a pintar desenhando no caminho as diversas histórias já ouvidas por eles. Neste caminho terá varias pegadinhas, se o personagem tirar um número no dado que caia em uma destas casas pode enviá-lo, por exemplo, direto para o FELIZES PARA SEMPRE.
  • 8. • Fazer com que as crianças percebam o quanto a matemática esta relacionada com a nossa vida. • Incentivar a curiosidade delas em buscar o conhecimento dos numerais. • Desenvolver o pensamento lógico matemático nas crianças. • Estimular a aprendizagem da matemática através de histórias já conhecidas. • Classificação dos numerais, ordenação, sucessor e antecessor. • Reconhecimento e diferenciação de numeral e quantidade. OBJETIVO
  • 9. Objetivos o que vcs querem alcançar? para quem ? A maioria das crianças, conforme mostra a avaliação diagnóstica, ainda não reconhece a maioria dos numerais, alguns não conseguem nem representar a sua idade. Em contas mais simples poucos conseguem fazer o reconhecimento de quantidades e diferenciação de numeral. Com esta sequência as crianças poderão trabalhar a matemática já dentro do conteúdo de sala, pois tudo será relacionado ao projeto que eles já vivenciam diariamente. JUSTIFICATIVA
  • 10. Avaliação do processo Durante o processo será observado a aquisição e organização do pensamento matemático através de problemas relacionados ao tema. A avaliação será feita durante toda a execução das atividades de forma contínua, formativa e diagnóstica. Será levado em consideração o envolvimento de cada aluno, o domínio e aplicação dos conceitos trabalhados. O espírito de colaboração e participação também serão levados em conta. AVALIAÇÃO DO PROCESSO
  • 11. Sabendo da importância da matemática e de como ela esta ligada ao nosso dia a dia, esta sequência vem com o objetivo de fazer com que as crianças percebem isto e que através das atividades possam ampliar seus aprendizados. CONSIDERAÇÕES FINAIS
  • 12. LEITURA DA HISTÓRIA ERA UMA VEZ...1,2,3 E LISTAGEM DOS PERSONAGENS ENCONTRADOS
  • 13. PROBLEMATIZAÇÃO MATEMÁTICA COM OS PERSONAGENS ENCONTRADOS NAS HISTÓRIAS
  • 14. CONSTRUÇÃO DA TRILHA “A FLORESTA ENCANTADA” E DESENHO DOS PERSONAGENS ENCONTRADOS NA HISTÓRIA “ERA UMA VEZ... 1,2,3.
  • 16. FINALIZAÇÃO DA SEQUÊNCIA DIDÁTICA COM AS CRIANÇAS JOGANDO A TRILHA