SlideShare uma empresa Scribd logo
Leitura Deleite 
VOCÊ É UM NÚMERO 
( Clarice Lispector)
Se você não tomar cuidado vira um número 
até para si mesmo. Porque a partir do 
instante em que você nasce classificam-no 
com um número. Sua identidade no Félix 
Pacheco é um número. O registro civil é um 
número. Seu título de eleitor é um número. 
Profissionalmente falando você também é. 
Para ser motorista, tem carteira com número, 
e chapa de carro. No Imposto de Renda, o 
contribuinte é identificado com um número. 
Seu prédio, seu telefone, seu número de 
apartamento - tudo é número.
Se é dos que abrem crediário, para eles 
você também é um número. Se tem 
propriedades, também. Se é sócio de um 
clube tem um número. Se é imortal da 
Academia Brasileira de Letras tem número 
da cadeira. 
É por isso que vou tomar aulas 
particulares de Matemática. Preciso saber das 
coisas. Ou aulas de Física. Não estou 
brincando: vou mesmo tomar aulas de 
Matemática, preciso saber alguma coisa sobre 
cálculo integral. 
Se você é comerciante, seu alvará de 
localização o classifica também.
Se é contribuinte de qualquer obra de 
beneficência também é solicitado por um 
número. Se faz viagem de passeio ou de 
turismo ou de negócio recebe um número. Para 
tomar um avião, dão-lhe um número. Se possui 
ações também recebe um, como acionista de 
uma companhia. É claro que você é um 
número no recenseamento. Se é católico 
recebe um número de batismo. No registro civil 
ou religioso você é numerado. Se possui 
personalidade jurídica tem. E quando a gente 
morre, no jazigo, tem um número. E a certidão 
de óbito também.
Nós não somos ninguém? Protesto. Aliás 
é inútil o protesto. E vai ver meu protesto 
também é número. 
Uma amiga minha contou que no Alto do 
Sertão de Pernambuco uma mulher estava 
com o filho doente, desidratado, foi ao Posto 
de Saúde. E recebeu a ficha número 10. Mas 
dentro do horário previsto pelo médico a 
criança não pode ser atendida porque só 
atenderam até o número 9. A criança morreu 
por causa de um número. Nós somos 
culpados.
Se há uma guerra, você é classificado por 
um número. Numa pulseira com placa 
metálica, se não me engano. Ou numa 
corrente de pescoço, metálica. 
Nós vamos lutar contra isso. Cada um é 
um, sem número. O si-mesmo é apenas o si-mesmo. 
E Deus não é um número.
Vamos ser gente, por favor. Nossa 
sociedade está nos deixando secos como um 
número seco, como um osso branco seco 
exposto ao Sol. Meu número íntimo é 9. Só. 8. 
Só. 7. Só. Sem somá-los nem transformá-los 
em novecentos e oitenta e sete. Estou me 
classificando com um número? Não, a 
intimidade não deixa. Vejam, tentei várias 
vezes na vida não ter número e não escapei. O 
que faz com que precisemos de muito carinho, 
de nome próprio, de genuinidade. Vamos amar 
que o amor não tem número. Ou tem? 
Fonte: A descoberta do mundo / Clarice Lispector (p. 365 – 367).
Reflexões da leitura 
• A matemática é para todos? 
• Qual o papel desempenhado pelas experiências 
sociais na construção do conhecimento 
matemático? 
• Tem algum número que faz parte de sua vida e 
que não foi citado pelo texto? 
• Quais são as possíveis funções do número? 
• O que é ser numeralizado?

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Simulado 7 (port. 5º ano)
Simulado 7 (port. 5º ano)Simulado 7 (port. 5º ano)
Simulado 7 (port. 5º ano)
Cidinha Paulo
 
Teste de ciências 3ª Unidade Helena Andrade 2º ano 2014
Teste de ciências  3ª Unidade   Helena  Andrade 2º ano 2014Teste de ciências  3ª Unidade   Helena  Andrade 2º ano 2014
Teste de ciências 3ª Unidade Helena Andrade 2º ano 2014
Angela Maria
 
Caça números com as quatro operações
Caça números com as quatro operaçõesCaça números com as quatro operações
Caça números com as quatro operações
Mary Alvarenga
 
Simetria
SimetriaSimetria
Simetria
Mary Alvarenga
 
Todos contra a dengue - Texto e atividade
Todos contra a dengue  -  Texto e atividadeTodos contra a dengue  -  Texto e atividade
Todos contra a dengue - Texto e atividade
Mary Alvarenga
 
Matemática/Língua Portuguesa
Matemática/Língua PortuguesaMatemática/Língua Portuguesa
Matemática/Língua Portuguesa
Isa ...
 
JOGOS MATEMÁTICOS 3º 4º 5º ANO PAIC + VOLUME I(PROFESSOR)
JOGOS MATEMÁTICOS 3º 4º 5º ANO PAIC + VOLUME I(PROFESSOR)JOGOS MATEMÁTICOS 3º 4º 5º ANO PAIC + VOLUME I(PROFESSOR)
JOGOS MATEMÁTICOS 3º 4º 5º ANO PAIC + VOLUME I(PROFESSOR)
orientadoresdeestudopaic
 
Revisão Prova Brasil - Matemática 5º ano
Revisão Prova Brasil - Matemática 5º anoRevisão Prova Brasil - Matemática 5º ano
Revisão Prova Brasil - Matemática 5º ano
Mary Alvarenga
 
Materiais produzidos adaptados pela professora da sala de recursos multifunci...
Materiais produzidos adaptados pela professora da sala de recursos multifunci...Materiais produzidos adaptados pela professora da sala de recursos multifunci...
Materiais produzidos adaptados pela professora da sala de recursos multifunci...
Isa ...
 
Problematizando - Quanto é o troco?
Problematizando   - Quanto é o troco? Problematizando   - Quanto é o troco?
Problematizando - Quanto é o troco?
Mary Alvarenga
 
Cores primárias
Cores primáriasCores primárias
Cores primárias
Mary Alvarenga
 
Prova Brasil - Revisão de Língua Portuguesa 5º ano
Prova Brasil  - Revisão de Língua Portuguesa 5º anoProva Brasil  - Revisão de Língua Portuguesa 5º ano
Prova Brasil - Revisão de Língua Portuguesa 5º ano
Mary Alvarenga
 
Modelo de atividades para o 3º ano
Modelo de atividades para o 3º anoModelo de atividades para o 3º ano
Modelo de atividades para o 3º ano
pedagogicosjdelrei
 
Modelo de parecer descritivo
Modelo de parecer descritivoModelo de parecer descritivo
Modelo de parecer descritivo
SimoneHelenDrumond
 
Sistema de numeração decimal
Sistema de numeração decimal Sistema de numeração decimal
Sistema de numeração decimal
Mary Alvarenga
 
AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 3...
AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 3...AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 3...
AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 3...
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
Apostila matemática em pdf
Apostila  matemática em pdfApostila  matemática em pdf
Apostila matemática em pdf
Isa ...
 
Cores secundárias
Cores  secundáriasCores  secundárias
Cores secundárias
Mary Alvarenga
 
Apostila das quadrinhas e textos complementares
  Apostila das quadrinhas e textos complementares  Apostila das quadrinhas e textos complementares
Apostila das quadrinhas e textos complementares
Francisco Moura
 
Problemas de 2º ano
Problemas de 2º anoProblemas de 2º ano
Problemas de 2º ano
Crescendo EAprendendo
 

Mais procurados (20)

Simulado 7 (port. 5º ano)
Simulado 7 (port. 5º ano)Simulado 7 (port. 5º ano)
Simulado 7 (port. 5º ano)
 
Teste de ciências 3ª Unidade Helena Andrade 2º ano 2014
Teste de ciências  3ª Unidade   Helena  Andrade 2º ano 2014Teste de ciências  3ª Unidade   Helena  Andrade 2º ano 2014
Teste de ciências 3ª Unidade Helena Andrade 2º ano 2014
 
Caça números com as quatro operações
Caça números com as quatro operaçõesCaça números com as quatro operações
Caça números com as quatro operações
 
Simetria
SimetriaSimetria
Simetria
 
Todos contra a dengue - Texto e atividade
Todos contra a dengue  -  Texto e atividadeTodos contra a dengue  -  Texto e atividade
Todos contra a dengue - Texto e atividade
 
Matemática/Língua Portuguesa
Matemática/Língua PortuguesaMatemática/Língua Portuguesa
Matemática/Língua Portuguesa
 
JOGOS MATEMÁTICOS 3º 4º 5º ANO PAIC + VOLUME I(PROFESSOR)
JOGOS MATEMÁTICOS 3º 4º 5º ANO PAIC + VOLUME I(PROFESSOR)JOGOS MATEMÁTICOS 3º 4º 5º ANO PAIC + VOLUME I(PROFESSOR)
JOGOS MATEMÁTICOS 3º 4º 5º ANO PAIC + VOLUME I(PROFESSOR)
 
Revisão Prova Brasil - Matemática 5º ano
Revisão Prova Brasil - Matemática 5º anoRevisão Prova Brasil - Matemática 5º ano
Revisão Prova Brasil - Matemática 5º ano
 
Materiais produzidos adaptados pela professora da sala de recursos multifunci...
Materiais produzidos adaptados pela professora da sala de recursos multifunci...Materiais produzidos adaptados pela professora da sala de recursos multifunci...
Materiais produzidos adaptados pela professora da sala de recursos multifunci...
 
Problematizando - Quanto é o troco?
Problematizando   - Quanto é o troco? Problematizando   - Quanto é o troco?
Problematizando - Quanto é o troco?
 
Cores primárias
Cores primáriasCores primárias
Cores primárias
 
Prova Brasil - Revisão de Língua Portuguesa 5º ano
Prova Brasil  - Revisão de Língua Portuguesa 5º anoProva Brasil  - Revisão de Língua Portuguesa 5º ano
Prova Brasil - Revisão de Língua Portuguesa 5º ano
 
Modelo de atividades para o 3º ano
Modelo de atividades para o 3º anoModelo de atividades para o 3º ano
Modelo de atividades para o 3º ano
 
Modelo de parecer descritivo
Modelo de parecer descritivoModelo de parecer descritivo
Modelo de parecer descritivo
 
Sistema de numeração decimal
Sistema de numeração decimal Sistema de numeração decimal
Sistema de numeração decimal
 
AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 3...
AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 3...AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 3...
AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 3...
 
Apostila matemática em pdf
Apostila  matemática em pdfApostila  matemática em pdf
Apostila matemática em pdf
 
Cores secundárias
Cores  secundáriasCores  secundárias
Cores secundárias
 
Apostila das quadrinhas e textos complementares
  Apostila das quadrinhas e textos complementares  Apostila das quadrinhas e textos complementares
Apostila das quadrinhas e textos complementares
 
Problemas de 2º ano
Problemas de 2º anoProblemas de 2º ano
Problemas de 2º ano
 

Destaque

1 encontro caderno 1 Pnaic Matematica
1 encontro caderno 1 Pnaic Matematica1 encontro caderno 1 Pnaic Matematica
1 encontro caderno 1 Pnaic Matematica
Adriana De Almeida Braga
 
2 encontro 1 momento pnaic matematica
2 encontro 1 momento pnaic matematica2 encontro 1 momento pnaic matematica
2 encontro 1 momento pnaic matematica
Adriana De Almeida Braga
 
Leitura Deleite: Como começa
Leitura Deleite: Como começaLeitura Deleite: Como começa
Leitura Deleite: Como começa
Bete Feliciano
 
Pnaic - Leitura deleite - A professora e a maleta
Pnaic - Leitura deleite - A professora e a maleta Pnaic - Leitura deleite - A professora e a maleta
Pnaic - Leitura deleite - A professora e a maleta
Ana Macanario
 
Os tipos de Clima e Vegetação do Brasil
Os tipos de Clima e Vegetação  do BrasilOs tipos de Clima e Vegetação  do Brasil
Os tipos de Clima e Vegetação do Brasil
Lana Delly Nascimento
 
Climas do brasil
Climas do brasilClimas do brasil
Climas do brasil
Alexia 14
 
Climas do Brasil
Climas do BrasilClimas do Brasil
Climas do Brasil
moajr2
 
LEITURA DELEITE - CADÊ, CADÊ
LEITURA DELEITE - CADÊ, CADÊLEITURA DELEITE - CADÊ, CADÊ
LEITURA DELEITE - CADÊ, CADÊ
Marisa Seara
 
1 pra que serve o livro- LEITURA DELEITE
1  pra que serve o livro- LEITURA DELEITE1  pra que serve o livro- LEITURA DELEITE
1 pra que serve o livro- LEITURA DELEITE
Cris Siqueira
 
Simulado com descritores PROEB português 5º ano
Simulado com descritores PROEB português 5º anoSimulado com descritores PROEB português 5º ano
Simulado com descritores PROEB português 5º ano
Silvânia Silveira
 

Destaque (10)

1 encontro caderno 1 Pnaic Matematica
1 encontro caderno 1 Pnaic Matematica1 encontro caderno 1 Pnaic Matematica
1 encontro caderno 1 Pnaic Matematica
 
2 encontro 1 momento pnaic matematica
2 encontro 1 momento pnaic matematica2 encontro 1 momento pnaic matematica
2 encontro 1 momento pnaic matematica
 
Leitura Deleite: Como começa
Leitura Deleite: Como começaLeitura Deleite: Como começa
Leitura Deleite: Como começa
 
Pnaic - Leitura deleite - A professora e a maleta
Pnaic - Leitura deleite - A professora e a maleta Pnaic - Leitura deleite - A professora e a maleta
Pnaic - Leitura deleite - A professora e a maleta
 
Os tipos de Clima e Vegetação do Brasil
Os tipos de Clima e Vegetação  do BrasilOs tipos de Clima e Vegetação  do Brasil
Os tipos de Clima e Vegetação do Brasil
 
Climas do brasil
Climas do brasilClimas do brasil
Climas do brasil
 
Climas do Brasil
Climas do BrasilClimas do Brasil
Climas do Brasil
 
LEITURA DELEITE - CADÊ, CADÊ
LEITURA DELEITE - CADÊ, CADÊLEITURA DELEITE - CADÊ, CADÊ
LEITURA DELEITE - CADÊ, CADÊ
 
1 pra que serve o livro- LEITURA DELEITE
1  pra que serve o livro- LEITURA DELEITE1  pra que serve o livro- LEITURA DELEITE
1 pra que serve o livro- LEITURA DELEITE
 
Simulado com descritores PROEB português 5º ano
Simulado com descritores PROEB português 5º anoSimulado com descritores PROEB português 5º ano
Simulado com descritores PROEB português 5º ano
 

Mais de PACTO SEGUNDO ANO ÁGUA PRETA

Planejamento do 6ª encontro tarde certo
Planejamento do 6ª encontro tarde  certoPlanejamento do 6ª encontro tarde  certo
Planejamento do 6ª encontro tarde certo
PACTO SEGUNDO ANO ÁGUA PRETA
 
Planejamento do 6ª encontro tarde certo
Planejamento do 6ª encontro tarde  certoPlanejamento do 6ª encontro tarde  certo
Planejamento do 6ª encontro tarde certo
PACTO SEGUNDO ANO ÁGUA PRETA
 
Leitura deleite o combolo dos números
Leitura deleite o combolo dos númerosLeitura deleite o combolo dos números
Leitura deleite o combolo dos números
PACTO SEGUNDO ANO ÁGUA PRETA
 
Planejamento do 6ª encontro manhã
Planejamento do 6ª encontro manhãPlanejamento do 6ª encontro manhã
Planejamento do 6ª encontro manhã
PACTO SEGUNDO ANO ÁGUA PRETA
 
Salmo23
Salmo23Salmo23
Se fores verdadeiro_e_infalivel
Se fores verdadeiro_e_infalivelSe fores verdadeiro_e_infalivel
Se fores verdadeiro_e_infalivel
PACTO SEGUNDO ANO ÁGUA PRETA
 
Sedoerassobie
SedoerassobieSedoerassobie
O sapo professor__ - cópia
O sapo professor__ - cópiaO sapo professor__ - cópia
O sapo professor__ - cópia
PACTO SEGUNDO ANO ÁGUA PRETA
 
Pedacinho de amigos
Pedacinho de amigosPedacinho de amigos
Pedacinho de amigos
PACTO SEGUNDO ANO ÁGUA PRETA
 
Escola de anjos
Escola de anjosEscola de anjos
Amigos so estradas
Amigos so estradasAmigos so estradas
Amigos so estradas
PACTO SEGUNDO ANO ÁGUA PRETA
 
Quem ganhou o jogo
Quem ganhou o jogoQuem ganhou o jogo
Quem ganhou o jogo
PACTO SEGUNDO ANO ÁGUA PRETA
 
OBRA COMPLEMENTAR O PRESENTE DE ANIVERSÁRIO DO MARAJÁ
OBRA COMPLEMENTAR O PRESENTE DE ANIVERSÁRIO DO MARAJÁOBRA COMPLEMENTAR O PRESENTE DE ANIVERSÁRIO DO MARAJÁ
OBRA COMPLEMENTAR O PRESENTE DE ANIVERSÁRIO DO MARAJÁ
PACTO SEGUNDO ANO ÁGUA PRETA
 
OBRAS COMPLEMENTARES NUNCA CONTE COM OS RATINHOS
OBRAS COMPLEMENTARES NUNCA CONTE COM OS RATINHOSOBRAS COMPLEMENTARES NUNCA CONTE COM OS RATINHOS
OBRAS COMPLEMENTARES NUNCA CONTE COM OS RATINHOS
PACTO SEGUNDO ANO ÁGUA PRETA
 
Planejamento do 4ª encontro tarde
Planejamento do 4ª encontro tardePlanejamento do 4ª encontro tarde
Planejamento do 4ª encontro tarde
PACTO SEGUNDO ANO ÁGUA PRETA
 
Bruxa bruxa
Bruxa bruxaBruxa bruxa
Planejamento do 4ª encontro manhã
Planejamento do 4ª encontro manhãPlanejamento do 4ª encontro manhã
Planejamento do 4ª encontro manhã
PACTO SEGUNDO ANO ÁGUA PRETA
 
Beleléu e os números
Beleléu e os númerosBeleléu e os números
Beleléu e os números
PACTO SEGUNDO ANO ÁGUA PRETA
 

Mais de PACTO SEGUNDO ANO ÁGUA PRETA (20)

Planejamento do 6ª encontro tarde certo
Planejamento do 6ª encontro tarde  certoPlanejamento do 6ª encontro tarde  certo
Planejamento do 6ª encontro tarde certo
 
Planejamento do 6ª encontro tarde certo
Planejamento do 6ª encontro tarde  certoPlanejamento do 6ª encontro tarde  certo
Planejamento do 6ª encontro tarde certo
 
Leitura deleite o combolo dos números
Leitura deleite o combolo dos númerosLeitura deleite o combolo dos números
Leitura deleite o combolo dos números
 
Planejamento do 6ª encontro manhã
Planejamento do 6ª encontro manhãPlanejamento do 6ª encontro manhã
Planejamento do 6ª encontro manhã
 
Salmo23
Salmo23Salmo23
Salmo23
 
Sou professor
Sou professorSou professor
Sou professor
 
Se fores verdadeiro_e_infalivel
Se fores verdadeiro_e_infalivelSe fores verdadeiro_e_infalivel
Se fores verdadeiro_e_infalivel
 
Sedoerassobie
SedoerassobieSedoerassobie
Sedoerassobie
 
O sapo professor__ - cópia
O sapo professor__ - cópiaO sapo professor__ - cópia
O sapo professor__ - cópia
 
Pedacinho de amigos
Pedacinho de amigosPedacinho de amigos
Pedacinho de amigos
 
Escola de anjos
Escola de anjosEscola de anjos
Escola de anjos
 
Amigos so estradas
Amigos so estradasAmigos so estradas
Amigos so estradas
 
Quem ganhou o jogo
Quem ganhou o jogoQuem ganhou o jogo
Quem ganhou o jogo
 
OBRA COMPLEMENTAR O PRESENTE DE ANIVERSÁRIO DO MARAJÁ
OBRA COMPLEMENTAR O PRESENTE DE ANIVERSÁRIO DO MARAJÁOBRA COMPLEMENTAR O PRESENTE DE ANIVERSÁRIO DO MARAJÁ
OBRA COMPLEMENTAR O PRESENTE DE ANIVERSÁRIO DO MARAJÁ
 
OBRAS COMPLEMENTARES NUNCA CONTE COM OS RATINHOS
OBRAS COMPLEMENTARES NUNCA CONTE COM OS RATINHOSOBRAS COMPLEMENTARES NUNCA CONTE COM OS RATINHOS
OBRAS COMPLEMENTARES NUNCA CONTE COM OS RATINHOS
 
Leitura deleite usando as mãos
Leitura deleite usando as mãosLeitura deleite usando as mãos
Leitura deleite usando as mãos
 
Planejamento do 4ª encontro tarde
Planejamento do 4ª encontro tardePlanejamento do 4ª encontro tarde
Planejamento do 4ª encontro tarde
 
Bruxa bruxa
Bruxa bruxaBruxa bruxa
Bruxa bruxa
 
Planejamento do 4ª encontro manhã
Planejamento do 4ª encontro manhãPlanejamento do 4ª encontro manhã
Planejamento do 4ª encontro manhã
 
Beleléu e os números
Beleléu e os númerosBeleléu e os números
Beleléu e os números
 

Leitura deleite VOCÊ É UM NÚMERO

  • 1. Leitura Deleite VOCÊ É UM NÚMERO ( Clarice Lispector)
  • 2. Se você não tomar cuidado vira um número até para si mesmo. Porque a partir do instante em que você nasce classificam-no com um número. Sua identidade no Félix Pacheco é um número. O registro civil é um número. Seu título de eleitor é um número. Profissionalmente falando você também é. Para ser motorista, tem carteira com número, e chapa de carro. No Imposto de Renda, o contribuinte é identificado com um número. Seu prédio, seu telefone, seu número de apartamento - tudo é número.
  • 3. Se é dos que abrem crediário, para eles você também é um número. Se tem propriedades, também. Se é sócio de um clube tem um número. Se é imortal da Academia Brasileira de Letras tem número da cadeira. É por isso que vou tomar aulas particulares de Matemática. Preciso saber das coisas. Ou aulas de Física. Não estou brincando: vou mesmo tomar aulas de Matemática, preciso saber alguma coisa sobre cálculo integral. Se você é comerciante, seu alvará de localização o classifica também.
  • 4. Se é contribuinte de qualquer obra de beneficência também é solicitado por um número. Se faz viagem de passeio ou de turismo ou de negócio recebe um número. Para tomar um avião, dão-lhe um número. Se possui ações também recebe um, como acionista de uma companhia. É claro que você é um número no recenseamento. Se é católico recebe um número de batismo. No registro civil ou religioso você é numerado. Se possui personalidade jurídica tem. E quando a gente morre, no jazigo, tem um número. E a certidão de óbito também.
  • 5. Nós não somos ninguém? Protesto. Aliás é inútil o protesto. E vai ver meu protesto também é número. Uma amiga minha contou que no Alto do Sertão de Pernambuco uma mulher estava com o filho doente, desidratado, foi ao Posto de Saúde. E recebeu a ficha número 10. Mas dentro do horário previsto pelo médico a criança não pode ser atendida porque só atenderam até o número 9. A criança morreu por causa de um número. Nós somos culpados.
  • 6. Se há uma guerra, você é classificado por um número. Numa pulseira com placa metálica, se não me engano. Ou numa corrente de pescoço, metálica. Nós vamos lutar contra isso. Cada um é um, sem número. O si-mesmo é apenas o si-mesmo. E Deus não é um número.
  • 7. Vamos ser gente, por favor. Nossa sociedade está nos deixando secos como um número seco, como um osso branco seco exposto ao Sol. Meu número íntimo é 9. Só. 8. Só. 7. Só. Sem somá-los nem transformá-los em novecentos e oitenta e sete. Estou me classificando com um número? Não, a intimidade não deixa. Vejam, tentei várias vezes na vida não ter número e não escapei. O que faz com que precisemos de muito carinho, de nome próprio, de genuinidade. Vamos amar que o amor não tem número. Ou tem? Fonte: A descoberta do mundo / Clarice Lispector (p. 365 – 367).
  • 8. Reflexões da leitura • A matemática é para todos? • Qual o papel desempenhado pelas experiências sociais na construção do conhecimento matemático? • Tem algum número que faz parte de sua vida e que não foi citado pelo texto? • Quais são as possíveis funções do número? • O que é ser numeralizado?