SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 35
Baixar para ler offline
Jenkins e a Cultura da Convergência
Pensando o (novo) papel do consumidor e dos meios
o que é
CONVERGÊNCIA?
Conceito antigo, novo significado
Senso comum: os velhos meios morreram; viva os novos!
Dispositivos usados para acessar o conteúdo é que morrem
Culto à Obsolescência: Vinil, cassete, CD, DVD, MP3, etc...
Convergência entendida como processo
Indústria do Cinema entendeu como funciona novo paradigma
Games podem expandir experiência narrativa do consumidor
Cruzamento criativo entre as mídias: velhos + novos meios
Meio como tecnologia comunicacional
Protocolos ou práticas socio-culturais associados à tecnologia
Expressam relações sociais, econômicas e materiais
Não são estáticos: aperfeiçoam-se para expandir a linguagem
Os pilares da Cultura da Convergência
Convergência de Meios, Cultura Participativa e Inteligência Coletiva
E como funciona a Convergência?
Equação: Fluxo de conteúdos + múltiplos suportes midiáticos
Cooperação entre mercados midiáticos + migração da audiência
Plano tático da Cultura da Convergência
Circulação de conteúdos depende da participação da audiência
Consumidores são ‘incentivados’ a buscar e fazer conexões
Estratégia: conteúdos midiáticos dispersos propositalmente
E Cultura Participativa, onde aparece?
Cenário anterior: papéis separados para produção e recepção
Agora: prosumers e mídia interagem juntos e com novas regras
Ok, e a Inteligência Coletiva...
... é percebida como fonte alternativa ao poder midiático
MAS ANTES,
PENSE
E como o processo se desenvolve?
Poder do produtor de mídia combinado ao poder do consumidor
Ela não ocorre por meio de aparelhos
Consumo tornou-se um processo coletivo, de trocas mútuas
Incentivo através de regras emergentes e inteligência coletiva
O consumidor e suas interações sociais
Audiência assume a condução dos modos convergentes
E esse processo transforma o fazer e o consumir midiático
Muda relação tecnologia, mercado, indústria, gêneros e públicos
Elemento-chave: o consumidor de elite
Aprende a usar tecnologia para melhor controlar fluxo da mídia
Grande poder de influência: são assediados pelos produtores
Ainda o poder do consumidor de elite...
Consegue criar canais de interação com outros consumidores
Migrantes, baixa lealdade, conectados, barulhentos e públicos
MAS ANTES,
PENSE
O Não de Jenkins: Falácia da Caixa Preta
Autor é contrário à ideia de um aparelho faz-tudo
Hardware é divergente; o conteúdo é convergente
O Sim de Pool: Convergência de Modos
Fronteiras fluidas, imprecisas entre os meios de comunicação
Cada meio, função e mercado próprios
Mídia como negócio único, regulado por regimes específicos
Centralizado ou descentralizado; escassez ou abundância; ...
Mais diversidade e nível de participação
Avanços permitem que o mesmo conteúdo circule por N canais
Por circular mais, conteúdo é recebido diferente pela audiência
Transmídia: arte de criar um universo
Nova estética criada em resposta à Convergência de Mídias
Caçadores do conteúdo perdido
Participação ativa de comunidades de conhecimento
Experiência transmidiática rica e plena
Consumidores coletam pedaços dispersos das histórias
Audiência compara observações sobre história com outros fãs
Colaboram para que todos tenham uma experiência mais rica
EXEMPLOS
TRANS
PARA
ENCERRAR
Cultura da
                        Convergência




                Teoria               Teoria do
               do Meio               Hipertexto

Três conceitos, três pressupostos
Produzir conteúdo digital é pensar em três dimensões diversas
Este conteúdo pode ser amplamente
distribuído desde que seja citada a autoria
Daniel Bittencourt
Coordenador | Curso de Comunicação Digital

              twitter.com/DBittencourt
              twitter.com/ComDig

              daniel.bittencourt@gmail.com


              facebook.com/daniel.bittencourt


           unisinos.br/digital
          danielb@unisinos.br

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Cultura convergencia upe antropologia geografia
Cultura convergencia upe antropologia geografiaCultura convergencia upe antropologia geografia
Cultura convergencia upe antropologia geografia
Italo Alan
 
A cultura-da-convergencia-e-o-novo-papel-da-audiencia
A cultura-da-convergencia-e-o-novo-papel-da-audienciaA cultura-da-convergencia-e-o-novo-papel-da-audiencia
A cultura-da-convergencia-e-o-novo-papel-da-audiencia
Cíntia Lopes
 
Conversas sobre convergencia_a
Conversas sobre convergencia_aConversas sobre convergencia_a
Conversas sobre convergencia_a
André Bomfim
 
Cultura da convergência e da participação
Cultura da convergência e da participaçãoCultura da convergência e da participação
Cultura da convergência e da participação
Aline Corso
 

Mais procurados (20)

Cultura da Convergência
Cultura da ConvergênciaCultura da Convergência
Cultura da Convergência
 
Cultura da Convergência
Cultura da ConvergênciaCultura da Convergência
Cultura da Convergência
 
“UM PANORAMA GERAL DA CONVERGÊNCIA MIDIÁTICA”
“UM PANORAMA GERAL DA CONVERGÊNCIA MIDIÁTICA”“UM PANORAMA GERAL DA CONVERGÊNCIA MIDIÁTICA”
“UM PANORAMA GERAL DA CONVERGÊNCIA MIDIÁTICA”
 
Cultura da Convergência
Cultura da ConvergênciaCultura da Convergência
Cultura da Convergência
 
Cultura convergencia upe antropologia geografia
Cultura convergencia upe antropologia geografiaCultura convergencia upe antropologia geografia
Cultura convergencia upe antropologia geografia
 
Convergência midiática e comunicação:cenários, atores e práticas
Convergência midiática e comunicação:cenários, atores e práticasConvergência midiática e comunicação:cenários, atores e práticas
Convergência midiática e comunicação:cenários, atores e práticas
 
Cultura da Internet - segundo M. Castells
Cultura da Internet - segundo M. CastellsCultura da Internet - segundo M. Castells
Cultura da Internet - segundo M. Castells
 
A cultura da participação
A cultura da participaçãoA cultura da participação
A cultura da participação
 
Convergência de mídias e narrativa transmídia
Convergência de mídias e narrativa transmídiaConvergência de mídias e narrativa transmídia
Convergência de mídias e narrativa transmídia
 
novas_midias_prof_andre_bomfim
novas_midias_prof_andre_bomfimnovas_midias_prof_andre_bomfim
novas_midias_prof_andre_bomfim
 
A cultura-da-convergencia-e-o-novo-papel-da-audiencia
A cultura-da-convergencia-e-o-novo-papel-da-audienciaA cultura-da-convergencia-e-o-novo-papel-da-audiencia
A cultura-da-convergencia-e-o-novo-papel-da-audiencia
 
Conversas sobre convergencia_a
Conversas sobre convergencia_aConversas sobre convergencia_a
Conversas sobre convergencia_a
 
Cultura da convergência e da participação
Cultura da convergência e da participaçãoCultura da convergência e da participação
Cultura da convergência e da participação
 
Cultura da convergência
Cultura da convergênciaCultura da convergência
Cultura da convergência
 
Um tema e muitos caminhos
Um tema e muitos caminhosUm tema e muitos caminhos
Um tema e muitos caminhos
 
Transmídia storytelling
Transmídia storytellingTransmídia storytelling
Transmídia storytelling
 
Cultura da Convergência
Cultura da ConvergênciaCultura da Convergência
Cultura da Convergência
 
Midia do eu
Midia do euMidia do eu
Midia do eu
 
FANSUB E SCANLATION: caminhos da cultura pop japonesa de fã para a fã via web
FANSUB E SCANLATION: caminhos da cultura pop japonesa de fã para a fã via webFANSUB E SCANLATION: caminhos da cultura pop japonesa de fã para a fã via web
FANSUB E SCANLATION: caminhos da cultura pop japonesa de fã para a fã via web
 
Produção transmídia dentro da realidade audiovisual brasileira
Produção transmídia dentro da realidade audiovisual brasileiraProdução transmídia dentro da realidade audiovisual brasileira
Produção transmídia dentro da realidade audiovisual brasileira
 

Destaque

Crítica da cultura da convergência: participação ou cooptação?
Crítica da cultura da convergência: participação ou cooptação?Crítica da cultura da convergência: participação ou cooptação?
Crítica da cultura da convergência: participação ou cooptação?
Alex Primo
 
Seminrio ciber
Seminrio ciberSeminrio ciber
Seminrio ciber
lauzemir
 
IPTV – Convergência no acesso a conteúdos
IPTV – Convergência no acesso a conteúdosIPTV – Convergência no acesso a conteúdos
IPTV – Convergência no acesso a conteúdos
Telmo Silva
 
Apresentação lógica e criatividade nov 08
Apresentação  lógica e criatividade  nov 08Apresentação  lógica e criatividade  nov 08
Apresentação lógica e criatividade nov 08
Deborah Capell
 
Palestra - A Economia Digital
Palestra - A Economia DigitalPalestra - A Economia Digital
Palestra - A Economia Digital
Mario Faria
 

Destaque (18)

Convergência de Mídias no blog Brainstorm#9
Convergência de Mídias no blog Brainstorm#9Convergência de Mídias no blog Brainstorm#9
Convergência de Mídias no blog Brainstorm#9
 
Crítica da cultura da convergência: participação ou cooptação?
Crítica da cultura da convergência: participação ou cooptação?Crítica da cultura da convergência: participação ou cooptação?
Crítica da cultura da convergência: participação ou cooptação?
 
Seminrio ciber
Seminrio ciberSeminrio ciber
Seminrio ciber
 
IPTV – Convergência no acesso a conteúdos
IPTV – Convergência no acesso a conteúdosIPTV – Convergência no acesso a conteúdos
IPTV – Convergência no acesso a conteúdos
 
Apresentação SICom 2009 - PUCRS
Apresentação SICom 2009 - PUCRSApresentação SICom 2009 - PUCRS
Apresentação SICom 2009 - PUCRS
 
Aula2 dos novos meios às hipermediações
Aula2 dos novos meios às hipermediaçõesAula2 dos novos meios às hipermediações
Aula2 dos novos meios às hipermediações
 
O livro na era digital
O livro na era digitalO livro na era digital
O livro na era digital
 
Apresentação lógica e criatividade nov 08
Apresentação  lógica e criatividade  nov 08Apresentação  lógica e criatividade  nov 08
Apresentação lógica e criatividade nov 08
 
Como aplicar a criatividade numa cidade?
Como aplicar a criatividade numa cidade?Como aplicar a criatividade numa cidade?
Como aplicar a criatividade numa cidade?
 
À sustentabilidade e suas implicações no design gráfico
À sustentabilidade e suas implicações no design gráficoÀ sustentabilidade e suas implicações no design gráfico
À sustentabilidade e suas implicações no design gráfico
 
Processo Criativo - como criar uma marca
Processo Criativo - como criar uma marcaProcesso Criativo - como criar uma marca
Processo Criativo - como criar uma marca
 
Mediação ou mediatização?
Mediação ou mediatização?Mediação ou mediatização?
Mediação ou mediatização?
 
Growth Hacking, Cibercultura, Cauda Longa, Cultura da Convergência na visão p...
Growth Hacking, Cibercultura, Cauda Longa, Cultura da Convergência na visão p...Growth Hacking, Cibercultura, Cauda Longa, Cultura da Convergência na visão p...
Growth Hacking, Cibercultura, Cauda Longa, Cultura da Convergência na visão p...
 
Introdução ao processo criativo (1)
Introdução ao processo criativo (1)Introdução ao processo criativo (1)
Introdução ao processo criativo (1)
 
Aula - Potencial Criativo
Aula - Potencial CriativoAula - Potencial Criativo
Aula - Potencial Criativo
 
Convergência em Mídias Sociais
Convergência em Mídias SociaisConvergência em Mídias Sociais
Convergência em Mídias Sociais
 
Design Gráfico - ESAMC
Design Gráfico - ESAMCDesign Gráfico - ESAMC
Design Gráfico - ESAMC
 
Palestra - A Economia Digital
Palestra - A Economia DigitalPalestra - A Economia Digital
Palestra - A Economia Digital
 

Semelhante a A Cultura da Convergência e o novo papel da audiência

Cw 16nov culturadaconvergencia
Cw 16nov culturadaconvergenciaCw 16nov culturadaconvergencia
Cw 16nov culturadaconvergencia
lutimielniczuk
 
Publicidade de Massa e Planejamento Estratégico na era Digital
Publicidade de Massa e Planejamento Estratégico na era DigitalPublicidade de Massa e Planejamento Estratégico na era Digital
Publicidade de Massa e Planejamento Estratégico na era Digital
renatofrigo
 
Fichamento do Livro Sala de Aula Interativa / Marco Silva
Fichamento do Livro Sala de Aula Interativa / Marco SilvaFichamento do Livro Sala de Aula Interativa / Marco Silva
Fichamento do Livro Sala de Aula Interativa / Marco Silva
Maria Daniela
 

Semelhante a A Cultura da Convergência e o novo papel da audiência (20)

Cultura da convergência
Cultura da convergênciaCultura da convergência
Cultura da convergência
 
Cw 16nov culturadaconvergencia
Cw 16nov culturadaconvergenciaCw 16nov culturadaconvergencia
Cw 16nov culturadaconvergencia
 
Sistemas de Informação e Cultura de Convergência
Sistemas de Informação e Cultura de ConvergênciaSistemas de Informação e Cultura de Convergência
Sistemas de Informação e Cultura de Convergência
 
Aula02 - Revendo conceitos sobre Comunicação
Aula02 - Revendo conceitos sobre ComunicaçãoAula02 - Revendo conceitos sobre Comunicação
Aula02 - Revendo conceitos sobre Comunicação
 
Design de mídias interativas (Aula 03)
Design de mídias interativas (Aula 03)Design de mídias interativas (Aula 03)
Design de mídias interativas (Aula 03)
 
Apresentação trabalho sincult 2015 salvador
Apresentação trabalho sincult 2015 salvadorApresentação trabalho sincult 2015 salvador
Apresentação trabalho sincult 2015 salvador
 
Aula sobre Cultura da Convergência
Aula sobre Cultura da ConvergênciaAula sobre Cultura da Convergência
Aula sobre Cultura da Convergência
 
Entrevista henry jenkins
Entrevista henry jenkinsEntrevista henry jenkins
Entrevista henry jenkins
 
Seminrio ciber
Seminrio ciberSeminrio ciber
Seminrio ciber
 
Transmedia Storytelling | Luciano Matsuzaki
Transmedia Storytelling | Luciano MatsuzakiTransmedia Storytelling | Luciano Matsuzaki
Transmedia Storytelling | Luciano Matsuzaki
 
Ensino, multimídia
Ensino, multimídiaEnsino, multimídia
Ensino, multimídia
 
Ensino, multimídia
Ensino, multimídiaEnsino, multimídia
Ensino, multimídia
 
Aula de seleção 1
Aula de seleção 1Aula de seleção 1
Aula de seleção 1
 
Convergencia
ConvergenciaConvergencia
Convergencia
 
Publicidade de Massa e Planejamento Estratégico na era Digital
Publicidade de Massa e Planejamento Estratégico na era DigitalPublicidade de Massa e Planejamento Estratégico na era Digital
Publicidade de Massa e Planejamento Estratégico na era Digital
 
O cotidiano como modelo de negocio
O cotidiano como modelo de negocioO cotidiano como modelo de negocio
O cotidiano como modelo de negocio
 
Comunicação e Marketing
Comunicação e MarketingComunicação e Marketing
Comunicação e Marketing
 
Aula 15 A Sociedade em Rede
Aula 15   A Sociedade em RedeAula 15   A Sociedade em Rede
Aula 15 A Sociedade em Rede
 
Fichamento do Livro Sala de Aula Interativa / Marco Silva
Fichamento do Livro Sala de Aula Interativa / Marco SilvaFichamento do Livro Sala de Aula Interativa / Marco Silva
Fichamento do Livro Sala de Aula Interativa / Marco Silva
 
Spreadable media - Henry Jenkins
Spreadable media - Henry JenkinsSpreadable media - Henry Jenkins
Spreadable media - Henry Jenkins
 

Mais de Daniel Bittencourt

Mais de Daniel Bittencourt (8)

O que aprendemos com Lost
O que aprendemos com LostO que aprendemos com Lost
O que aprendemos com Lost
 
ComDig | Como as empresas usam Facebook e Twitter a seu favor
ComDig | Como as empresas usam Facebook e Twitter a seu favorComDig | Como as empresas usam Facebook e Twitter a seu favor
ComDig | Como as empresas usam Facebook e Twitter a seu favor
 
Teoria do Hipertexto
Teoria do HipertextoTeoria do Hipertexto
Teoria do Hipertexto
 
Teoria do Meio, Marshall McLuhan e 24 Horas
Teoria do Meio, Marshall McLuhan e 24 HorasTeoria do Meio, Marshall McLuhan e 24 Horas
Teoria do Meio, Marshall McLuhan e 24 Horas
 
Lost | Transmídia, Economia da Participação e a nova audiência
Lost | Transmídia, Economia da Participação e a nova audiênciaLost | Transmídia, Economia da Participação e a nova audiência
Lost | Transmídia, Economia da Participação e a nova audiência
 
Economia da Participação | SBPJor 2009
Economia da Participação | SBPJor 2009Economia da Participação | SBPJor 2009
Economia da Participação | SBPJor 2009
 
Digital Trends 2009 | Comunicação Digital | Unisinos
Digital Trends 2009 | Comunicação Digital | UnisinosDigital Trends 2009 | Comunicação Digital | Unisinos
Digital Trends 2009 | Comunicação Digital | Unisinos
 
Surgimento da Internet
Surgimento da InternetSurgimento da Internet
Surgimento da Internet
 

Último

4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
LindinhaSilva1
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
VALMIRARIBEIRO1
 
TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.
TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.
TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.
FLAVIA LEZAN
 

Último (20)

Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animal
 
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
 
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
 
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolarMODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
 
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescenteAbuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.
TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.
TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
 

A Cultura da Convergência e o novo papel da audiência

  • 1. Jenkins e a Cultura da Convergência Pensando o (novo) papel do consumidor e dos meios
  • 3. Conceito antigo, novo significado Senso comum: os velhos meios morreram; viva os novos! Dispositivos usados para acessar o conteúdo é que morrem Culto à Obsolescência: Vinil, cassete, CD, DVD, MP3, etc...
  • 4. Convergência entendida como processo Indústria do Cinema entendeu como funciona novo paradigma Games podem expandir experiência narrativa do consumidor Cruzamento criativo entre as mídias: velhos + novos meios
  • 5. Meio como tecnologia comunicacional Protocolos ou práticas socio-culturais associados à tecnologia Expressam relações sociais, econômicas e materiais Não são estáticos: aperfeiçoam-se para expandir a linguagem
  • 6. Os pilares da Cultura da Convergência Convergência de Meios, Cultura Participativa e Inteligência Coletiva
  • 7. E como funciona a Convergência? Equação: Fluxo de conteúdos + múltiplos suportes midiáticos Cooperação entre mercados midiáticos + migração da audiência
  • 8. Plano tático da Cultura da Convergência Circulação de conteúdos depende da participação da audiência Consumidores são ‘incentivados’ a buscar e fazer conexões Estratégia: conteúdos midiáticos dispersos propositalmente
  • 9. E Cultura Participativa, onde aparece? Cenário anterior: papéis separados para produção e recepção Agora: prosumers e mídia interagem juntos e com novas regras
  • 10. Ok, e a Inteligência Coletiva... ... é percebida como fonte alternativa ao poder midiático
  • 12. E como o processo se desenvolve? Poder do produtor de mídia combinado ao poder do consumidor
  • 13. Ela não ocorre por meio de aparelhos Consumo tornou-se um processo coletivo, de trocas mútuas Incentivo através de regras emergentes e inteligência coletiva
  • 14. O consumidor e suas interações sociais Audiência assume a condução dos modos convergentes E esse processo transforma o fazer e o consumir midiático Muda relação tecnologia, mercado, indústria, gêneros e públicos
  • 15. Elemento-chave: o consumidor de elite Aprende a usar tecnologia para melhor controlar fluxo da mídia Grande poder de influência: são assediados pelos produtores
  • 16. Ainda o poder do consumidor de elite... Consegue criar canais de interação com outros consumidores Migrantes, baixa lealdade, conectados, barulhentos e públicos
  • 18. O Não de Jenkins: Falácia da Caixa Preta Autor é contrário à ideia de um aparelho faz-tudo Hardware é divergente; o conteúdo é convergente
  • 19. O Sim de Pool: Convergência de Modos Fronteiras fluidas, imprecisas entre os meios de comunicação
  • 20. Cada meio, função e mercado próprios Mídia como negócio único, regulado por regimes específicos Centralizado ou descentralizado; escassez ou abundância; ...
  • 21. Mais diversidade e nível de participação Avanços permitem que o mesmo conteúdo circule por N canais Por circular mais, conteúdo é recebido diferente pela audiência
  • 22. Transmídia: arte de criar um universo Nova estética criada em resposta à Convergência de Mídias
  • 23. Caçadores do conteúdo perdido Participação ativa de comunidades de conhecimento
  • 24. Experiência transmidiática rica e plena Consumidores coletam pedaços dispersos das histórias Audiência compara observações sobre história com outros fãs Colaboram para que todos tenham uma experiência mais rica
  • 26.
  • 27.
  • 28.
  • 29.
  • 30.
  • 31.
  • 33. Cultura da Convergência Teoria Teoria do do Meio Hipertexto Três conceitos, três pressupostos Produzir conteúdo digital é pensar em três dimensões diversas
  • 34. Este conteúdo pode ser amplamente distribuído desde que seja citada a autoria
  • 35. Daniel Bittencourt Coordenador | Curso de Comunicação Digital twitter.com/DBittencourt twitter.com/ComDig daniel.bittencourt@gmail.com facebook.com/daniel.bittencourt unisinos.br/digital danielb@unisinos.br