SlideShare uma empresa Scribd logo
02   a apo como ferramenta de gest+úo estrat+®gica
A partir de 1950
O processo de gestão deixou de
concentrar nas atividades meios e passou
a considerar mais as atividades fins;
A preocupação de como administrar
passou a ser para quem ou para que
administrar;
As organizações passaram a se
preocupar em produzir mais resultados do
que efetivamente trabalhar.
Origens da Administração
      por Objetivos
Peter F. Drucker publicou um livro em
1954 caracterizado como APO
surgiram as idéias de descentralização
e de administração por resultados:
descentralização das decisões e
fixação de objetivos para cada área-
chave da organização.
                 MDelgado
Características da APO
É um processo pelo qual gerentes
e subordinados:
identificam objetivos comuns;
definem as áreas de responsabilidade
de cada um em termos de resultados
esperados;
utilizam esses objetivos como guias
para a operação dos negócios.
A APO tem as seguintes características
1.Estabelecimento conjunto de objetivos
  entre o executivo e o seu superior.
2.Estabelecimento de objetivos para cada
  departamento ou cargo.
3.Interligação entre os vários objetivos táticos
  ou departamentais.
4.Ênfase na mensuração e no controle dos
  resultados.
5.Contínua avaliação, reavaliação, revisão e
  reciclagem dos planos.
6.Participação atuante das gerências.
João Augusto sempre trabalhara em empresas
     tradicionais, nas quais o seu cargo e as
responsabilidades inerentes a ele eram o tema
    principal. Agora que acabara de ingressar
      na Metrópolis, uma empresa inovadora
  e avançada, João Augusto foi chamado pelo
  seu diretor para traçarem juntos os objetivos
  e metas que deveriam alcançar. Isso soava
estranho aos seus ouvidos. Nunca havia ouvido
 nada a respeito de objetivos. O diretor foi logo
      dizendo que a empresa adota a APO.
O que você contaria sobre APO a João Augusto
         se estivesse no lugar do diretor?
Fixação de Objetivos
É a forma pela qual todas as gerências
de uma organização estabelecem metas
para suas administrações, no início de
cada período, de preferência coincidindo
com o exercício fiscal da empresa, em
consonância com as metas gerais da
organização, fixadas pelos acionistas,
por meio da diretoria.
Um objetivo é um enunciado escrito
sobre resultados a serem alcançados
em um período determinado.


São números que orientam o
desempenho dos gerentes para um
resultado mensurável.
A importância dos objetivos pode ser
 avaliada pelos seguintes aspectos:

                 €        €

a) Os objetivos proporcionam uma diretriz ou uma finalidade
comum.
b) Permitem o trabalho em equipe e eliminam as tendências
egocêntricas de grupos existentes na organização.
c) Servem de base para avaliar planos e evitam erros devidos à
omissão.
d) Melhoram as possibilidades de previsão do futuro. A
organização deve dirigir o seu destino, em vez de submeter-se às
fatalidades ou ao acaso.
e) Quando os recursos são escassos, os objetivos ajudam a
orientar e garantir a sua distribuição criteriosa.
Fixação
                       dos objetivos

                                                              Fixação
                        globais da
                         empresa




                        Elaboração
                                                            dos objetivos
                      do Planejamento
                        Estratégico
                        da Empresa
                                                             globais da
                                                              empresa
                         Fixação
                       dos Objetivos
                      Departamentais
   Avaliação dos
                                          Elaboração
 result. alcançados
                                        do Plano Tático
comparados com os
                                        Departamental
obj. departamentais




Revisão nos                               Desdobramento
planos ou nos                             do plano tático
 objetivos do           Comparação            em p.
departamento           dos resultados      operacionais
                      alcançados com
                        os objetivos
                       departamentais
Fixação
                       dos objetivos
                        globais da
                         empresa
                                                            Elaboração
                        Elaboração
                                                          do Planejamento
                      do Planejamento
                        Estratégico
                        da Empresa
                                                            Estratégico
                                                            da Empresa
                         Fixação
                       dos Objetivos
                      Departamentais
   Avaliação dos
                                          Elaboração
 result. alcançados
                                        do Plano Tático
comparados com os
                                        Departamental
obj. departamentais




Revisão nos                               Desdobramento
planos ou nos                             do plano tático
 objetivos do           Comparação            em p.
departamento           dos resultados      operacionais
                      alcançados com
                        os objetivos
                       departamentais
Fixação
                       dos objetivos
                        globais da
                         empresa

                                                             Fixação
                        Elaboração
                      do Planejamento                      dos Objetivos
                        Estratégico
                        da Empresa
                                                          Departamentais
                         Fixação
                       dos Objetivos
                      Departamentais
   Avaliação dos
                                          Elaboração
 result. alcançados
                                        do Plano Tático
comparados com os
                                        Departamental
obj. departamentais




Revisão nos                               Desdobramento
planos ou nos                             do plano tático
 objetivos do           Comparação            em p.
departamento           dos resultados      operacionais
                      alcançados com
                        os objetivos
                       departamentais
Fixação
                       dos objetivos
                        globais da
                         empresa

                                                            Elaboração
                        Elaboração
                      do Planejamento                     do Plano Tático
                        Estratégico
                        da Empresa
                                                          Departamental
                         Fixação
                       dos Objetivos
                      Departamentais
   Avaliação dos
                                          Elaboração
 result. alcançados
                                        do Plano Tático
comparados com os
                                        Departamental
obj. departamentais




Revisão nos                               Desdobramento
planos ou nos                             do plano tático
 objetivos do           Comparação            em p.
departamento           dos resultados      operacionais
                      alcançados com
                        os objetivos
                       departamentais
Fixação
                       dos objetivos
                        globais da
                         empresa
                                                            Desdobramento
                        Elaboração
                                                            do plano tático
                      do Planejamento
                        Estratégico
                        da Empresa
                                                              em planos
                                                             operacionais
                         Fixação
                       dos Objetivos
                      Departamentais
   Avaliação dos
                                          Elaboração
 result. alcançados
                                        do Plano Tático
comparados com os
                                        Departamental
obj. departamentais




Revisão nos                               Desdobramento
planos ou nos                             do plano tático
 objetivos do           Comparação          em planos
departamento           dos resultados      operacionais
                      alcançados com
                        os objetivos
                       departamentais
Fixação
                       dos objetivos
                        globais da
                         empresa                              Comparação
                                                             dos resultados
                        Elaboração
                      do Planejamento
                                                            alcançados com
                        Estratégico
                        da Empresa                            os objetivos
                                                             departamentais
                         Fixação
                       dos Objetivos
                      Departamentais
   Avaliação dos
                                          Elaboração
 result. alcançados
                                        do Plano Tático
comparados com os
                                        Departamental
obj. departamentais




Revisão nos                               Desdobramento
planos ou nos                             do plano tático
 objetivos do           Comparação            em p.
departamento           dos resultados      operacionais
                      alcançados com
                        os objetivos
                       departamentais
Fixação
                       dos objetivos

                                                            Revisão nos
                        globais da
                         empresa




                        Elaboração
                                                            planos ou nos
                      do Planejamento
                        Estratégico
                        da Empresa
                                                             objetivos do
                                                            departamento
                         Fixação
                       dos Objetivos
                      Departamentais
   Avaliação dos
                                          Elaboração
 result. alcançados
                                        do Plano Tático
comparados com os
                                        Departamental
obj. departamentais




Revisão nos                               Desdobramento
planos ou nos                             do plano tático
 objetivos do           Comparação            em p.
departamento           dos resultados      operacionais
                      alcançados com
                        os objetivos
                       departamentais
Fixação
                       dos objetivos
                        globais da
                         empresa
                                                          Avaliação dos
                        Elaboração
                                                      resultados alcançados
                      do Planejamento
                        Estratégico                    comparados com os
                                                       obj. departamentais
                        da Empresa




                         Fixação
                       dos Objetivos
                      Departamentais
   Avaliação dos
                                          Elaboração
 result. alcançados
                                        do Plano Tático
comparados com os
                                        Departamental
obj. departamentais




Revisão nos                               Desdobramento
planos ou nos                             do plano tático
 objetivos do           Comparação            em p.
departamento           dos resultados      operacionais
                      alcançados com
                        os objetivos
                       departamentais
Fixação
                       dos objetivos
                        globais da
                         empresa




                        Elaboração
                                                          Todo ciclo volta a se
                      do Planejamento
                        Estratégico                             repetir
                        da Empresa




                         Fixação
                       dos Objetivos
                      Departamentais
   Avaliação dos
                                          Elaboração
 result. alcançados
                                        do Plano Tático
comparados com os
                                        Departamental
obj. departamentais




Revisão nos                               Desdobramento
planos ou nos                             do plano tático
 objetivos do           Comparação            em p.
departamento           dos resultados      operacionais
                      alcançados com
                        os objetivos
                       departamentais
Critérios de Escolha dos Objetivos
   Os critérios para escolha dos objetivos são fixados de acordo
   com a sua prioridade e contribuição para o alcance dos
   resultados-chave da empresa. Os objetivos mais comuns às
   empresas são os seguintes:
) Posição competitiva no mercado.
) Inovação e criatividade nos produtos.
) Produtividade, eficiência e qualidade.
) Aplicação rentável dos recursos físicos e financeiros.
) Taxa de dividendos ou índice de retorno do capital investido
 Qualidade da administração e desenvolvimento dos executivos.
) Responsabilidade social e pública da empresa,
) Satisfação do cliente.
 Competitividade em um cenário globalizado.
Hierarquia de Objetivos
Os objetivos precisam ser escalonados em uma ordem
gradativa de importância, relevância ou de prioridade, em
uma hierarquia de objetivos, em função de sua contribuição
à organização como um todo.
a) Objetivos estratégicos: São os chamados objetivos
organizacionais, ou seja, objetivos amplos e que abrangem a
organização como uma totalidade. Suas características básicas
são: globalidade e longo prazo.
b) Objetivos táticos: São os chamados objetivos
departamentais, ou seja, objetivos referentes a cada
departamento da organização. Suas características básicas são:
ligação com cada departamento e médio prazo.
c) Objetivos operacionais: São objetivos referentes a cada
atividade ou tarefa. Suas características básicas são:
detalhamento e curto prazo.
Retorno sobre o
     Balanced
                            Investimento Empresarial
     Scorecard
     (BSC)                                                   OBJETIVOS
                                                             ORGANIZACIONAIS
                     Aumento do                Redução do
                      Retorno                 Investimento


                                                             OBJETIVOS
            Aumento do               Redução de
                                                             DEPARTAMENTAIS
            Faturamento                Custos


  Utilização          Aquisição de
 Eficiente dos         Recursos
Recursos atuais        Adicionais
                                                             OBJETIVOS
 •    Programa de     •   Programa de aquisição de           OPERACIONAIS
      melhoria dos        novos equipamentos
      equipamentos    •   Programa de capitação de
 •    Programa de         recursos
      aplicação de    •   Recrutamento e seleção de
      recursos            novos empregados
Nível Elevado das Habilidade
     Balanced
                                   e Competências
     Scorecard
     (BSC) na                                                  OBJETIVOS
     Educação                                                  ORGANIZACIONAIS
                       Formação                   Inclusão
                       Adequada                    Social


                                                            OBJETIVOS
            Maiores Índices de     Professores bem formados
                                                            DEPARTAMENTAIS
               aprovação                e comprometidos


  Utilização           Aquisição de
 Eficiente dos          Recursos
Recursos atuais         Adicionais
                                                               OBJETIVOS
 •    Programa de      •   Programa de aquisição de novos      OPERACIONAIS
      melhoria dos         equipamentos
      equipamentos     •   Programa de capitação de recursos
 •    Programa de      •   Recrutamento e seleção de novos
      aplicação de         funcionarios e professores
      recursos
 Conceito militar define estratégia como a
  aplicação de forças em larga escala contra
  algum inimigo.
 É "a mobilização de todos os recursos da
  empresa no âmbito global” visando atingir os
  objetivos a longo prazo.
 Tática é um esquema específico de emprego
  de recursos dentro de uma estratégia geral.
                                       Vídeo
Vídeo mostrando que se pode pensar antes e colher os frutos depois
Estratégia                     Tática
Envolve a organização como Refere-se a cada
uma totalidade             departamento ou unidade da
                           organização.
 É um meio para alcançar   É um meio para alcançar
objetivos organizacionais. objetivos departamentais.
E orientada para longo         É orientada para médio ou
prazo.                         curto prazo.
E decidida no nível            É definida no nível
institucional da organização   intermediário por cada
                               gerente de departamento ou
                               unidade da organização
PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO
                   Planejamento na hierarquia das organizações

               Planejamento                   Administradores
                Estratégico                      do Topo
Externamente




                               Internamente             Administradores
                Planejamento                                de Nível
                Tático                                   Intermediário



                                                                 Administradores
                   Planejamento                                  de Primeiro Nível
                   Operacional
Vocês fazem
idéia do que
  é FOFA ?
02   a apo como ferramenta de gest+úo estrat+®gica
FOFA
F   FORÇAS          Strong


O   OPORTUNIDADES   Opportunity

F   FRAQUEZAS       Weakness

A   AMEAÇAS         Threat
BASES DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO
                                      Formulação dos
                                  objetivos organizacionais



               Analise interna da                                Analise externa do
                    empresa                                          ambiente
O que temos                                                                        O que há no
na empresa?                                                                        Ambiente?
Pontos fortes e pontos fracos,
   Recursos disponíveis,                  Formulação de                           Condições externas,
                                                                                 Oportunidades, ameaças
 Capacidade e habilidades.                 Alternativas                           Desafios e restrições.

                                           Estratégicas
                                           O que fazer ?
                                 Como compatibilizar as variáveis envolvidas ?
PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO
                           MATRIZ DE ANALISE INTERNA E EXTERNA
                                           Analise Externa

                                   Ameaças            Oportunidades

                                 Desativação.           Melhoria
                        Fracos
                        Pontos



                                 Área de risco           Área de
      Analise Interna




                                  Aumentado           Aproveitamento
                                                         potencial

                                 Enfretamento        Aproveitamento
                        Fortes
                        Pontos




                                 Área de risco       Área de domínio
                                  Enfrentável          da empresa


Análise SWOT - do inglês Strong (força), Weakness (fraqueza), Opportunity
(oportunidade) e Threat (ameaça), permite analisar o micro e o
Níveis de Metas/ Planos e sua importância.
                                                   Mensagem Externa.
                                             Legitimidade para investidores
                     Definição
                     Da Missão             Clientes, fornecedores, comunidade




                Alta Administração
             Planos / Metas Estratégicas
           (A organização como um todo)

                                                      Mensagem Interna.
             Planos / Metas Táticas                    Legitimidade,
         Administração de Nível Médio                    motivação
         (Principais divisões e funções)                Guias, razão
                                                          Padrões.

   Planos / Metas Operacionais Administração
               de Nível mais baixo
          (Departamentos e indivíduos)
Missão
                 Fabricação de produtos de metal
            para várias aplicações na indústria mecânica
                        Metas Estratégicas
                          Presidente
                        12% de retorno sobre
                   Investimento, 5% de crescimento
                sem contratação de novos empregados,
                  com excelentes serviços aos clientes
                          Metas Táticas

Diretor de Finanças    Diretor de Produção Diretor de Comercial

                         Metas Operacionais
                           Supervisor
Gerente de contas                           Gerente de Vendas
                            Máquinas
    a pagar                                     Região 1
                          Automáticas
Missão
      Fabricação de produtos de metal
para várias aplicações na indústria mecânica
Missão
                   Fabricação de produtos de metal
             para várias aplicações na indústria mecânica

                         Metas Estratégicas
                           Presidente
                         12% de retorno sobre
                    Investimento, 5% de crescimento
                 sem contratação de novos empregados,
                   com excelentes serviços aos clientes
                           Metas Táticas

Diretor de Finanças     Diretor de Produção Diretor de Comercial

                          Metas Operacionais
                            Supervisor
Gerente de contas                            Gerente de Vendas
                             Maquinas
    a pagar                                      Região 1
                           Automáticas
Metas Estratégicas
         Presidente
        12% de retorno sobre
   Investimento, 5% de crescimento
sem contratação de novos empregados,
  com excelentes serviços aos clientes
Missão
                   Fabricação de produtos de metal
             para várias aplicações na indústria mecânica

                         Metas        Estratégicas
                                 Presidente
                           12% de retorno sobre
                      Investimento, 5% de crescimento
                        sem dispensa de empregados
                       Excelentes serviços aos clientes
                           Metas Táticas

Diretor de Finanças     Diretor de Produção Diretor de Comercial

                          Metas Operacionais
                            Supervisor
Gerente de contas                            Gerente de Vendas
                             Maquinas
    a pagar                                      Região 1
                           Automáticas
Metas Táticas
                Diretor de Finanças
Manter o total de contas a pagar abaixo de R$ 500.000,00
    Manter empréstimos abaixo de R$ 1.250.000,00
  Preparar relatórios de orçamentos mensais para os
                    departamentos.
 Manter contas de devedores duvidosos a menos de 2%

                Metas Operacionais
            Gerente de contas a receber
      Emissão de faturas em cinco dias da venda
   Checar o crédito de novos clientes em um dia útil
 Não permitir contas mais do que cinco meses atrasadas
       Cobrar as contas atrasadas semanalmente
Missão
                   Fabricação de produtos de metal
             para várias aplicações na indústria mecânica

                        Metas Estratégicas
                         Presidente
                        12% de retorno sobre
                   Investimento, 5% de crescimento
                sem contratação de novos empregados,
                  com excelentes serviços aos clientes
                          Metas Táticas

Diretor de Finanças    Diretor de Produção Diretor de Comercial

                         Metas Operacionais
                           Supervisor
Gerente de contas                           Gerente de Vendas
                            Maquinas
    a pagar                                     Região 1
                          Automáticas
Metas Táticas

                 Diretor de Produção
  Fabricar 1.200.000 produtos ao custo médio de R$19,00
             Taxa de refugo de 3% ou menos
    Aumento de 2% da produtividade de manufatura.
    Resolver queixas de empregados em três dias úteis


                  Metas Operacionais
        Supervisor de Máquinas Automáticas
Produzir 150.000 unidades-padrão ao custo médio de R$16,00
         Manter máquinas ociosas em menos de 7%.
  Conseguir manter a média de refugos no Maximo em 3%.
 Responder a queixas dos empregados em menos de 24 horas
Missão
                   Fabricação de produtos de metal
             para várias aplicações na indústria mecânica

                        Metas Estratégicas
                         Presidente
                        12% de retorno sobre
                   Investimento, 5% de crescimento
                sem contratação de novos empregados,
                  com excelentes serviços aos clientes
                          Metas Táticas

Diretor de Finanças    Diretor de Produção Diretor de Comercial

                         Metas Operacionais
                           Supervisor
Gerente de contas                           Gerente de Vendas
                            Maquinas
    a pagar                                     Região 1
                          Automáticas
Metas Táticas
                    Diretor de Vendas
  Vender 1.200.000 unidades ao preço médio de R$27,00
         Introduzir uma nova linha de produto
 Aumentar as vendas em 5% em novas áreas de mercado.
          Abrir um novo escritório de vendas.
      Manter a participação de mercado em 19%

                      Metas Operacionais
            Gerente de Vendas – Região 1
Responder a solicitação de cliente no máximo em duas horas
      Concluir quotas de vendas de 120.600 unidades.
         Trabalhar com o pessoal de vendas para:
      •Visitar um novo cliente a cada dia
      •Contatar cada grande cliente em cada quatro semanas
      •Contatar cada pequeno cliente a cada oito semanas
Missão
                   Fabricação de produtos de metal
             para várias aplicações na indústria mecânica

                        Metas Estratégicas
                         Presidente
                        12% de retorno sobre
                   Investimento, 5% de crescimento
                sem contratação de novos empregados,
                  com excelentes serviços aos clientes
                          Metas Táticas

Diretor de Finanças    Diretor de Produção               Diretor Comercial

                         Metas Operacionais
                           Supervisor
Gerente de contas                           Gerente de Vendas
                            Maquinas
    a pagar                                     Região 1
                          Automáticas
02   a apo como ferramenta de gest+úo estrat+®gica

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Treinamento de Budget
Treinamento de BudgetTreinamento de Budget
Treinamento de Budget
CamilaPatty
 
Balance Scorecard como sistema de gestão estratégica.
Balance Scorecard como sistema de gestão estratégica. Balance Scorecard como sistema de gestão estratégica.
Balance Scorecard como sistema de gestão estratégica.
Neka Eve
 
Balanced scorecard é uma metodologia de medição e gestão de desempenho desenv...
Balanced scorecard é uma metodologia de medição e gestão de desempenho desenv...Balanced scorecard é uma metodologia de medição e gestão de desempenho desenv...
Balanced scorecard é uma metodologia de medição e gestão de desempenho desenv...
cassiarbt
 
2016 07 04_Benefícios
2016 07 04_Benefícios 2016 07 04_Benefícios
2016 07 04_Benefícios
Carlos Sousa
 
Aqf apresentação
Aqf apresentaçãoAqf apresentação
Aqf apresentação
Nuno Justo
 
Marketing e Recursos Humanos
Marketing e Recursos HumanosMarketing e Recursos Humanos
Marketing e Recursos Humanos
Thiago Meira
 
Adm por objetivo
Adm por objetivoAdm por objetivo
Adm por objetivo
KARINE camara
 
Case de Sucesso Symnetics: Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG)
Case de Sucesso Symnetics: Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG)Case de Sucesso Symnetics: Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG)
Case de Sucesso Symnetics: Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG)
Symnetics Business Transformation
 
Workshop Indicadores - GP Oeste 2015 em 27/julho/2015
Workshop Indicadores - GP Oeste 2015 em 27/julho/2015Workshop Indicadores - GP Oeste 2015 em 27/julho/2015
Workshop Indicadores - GP Oeste 2015 em 27/julho/2015
Rodrigo Thahira, PfMP, PMP, PRINCE2, PMO-CC
 
Como definir indicadores de desempenho para um PMO @ Fórum Internacional de P...
Como definir indicadores de desempenho para um PMO @ Fórum Internacional de P...Como definir indicadores de desempenho para um PMO @ Fórum Internacional de P...
Como definir indicadores de desempenho para um PMO @ Fórum Internacional de P...
Rodrigo Thahira, PfMP, PMP, PRINCE2, PMO-CC
 
Target Marketing & Training Services
Target Marketing & Training ServicesTarget Marketing & Training Services
Target Marketing & Training Services
Josue Oliveira
 
Adding value through Program Management
Adding value through Program ManagementAdding value through Program Management
Adding value through Program Management
Werther Krause
 
Administração por objetivos - APO
Administração por objetivos - APOAdministração por objetivos - APO
Administração por objetivos - APO
Wesley Martins
 
Balanced scorecard
Balanced  scorecardBalanced  scorecard
Balanced scorecard
Lucas Moraes Silva
 

Mais procurados (14)

Treinamento de Budget
Treinamento de BudgetTreinamento de Budget
Treinamento de Budget
 
Balance Scorecard como sistema de gestão estratégica.
Balance Scorecard como sistema de gestão estratégica. Balance Scorecard como sistema de gestão estratégica.
Balance Scorecard como sistema de gestão estratégica.
 
Balanced scorecard é uma metodologia de medição e gestão de desempenho desenv...
Balanced scorecard é uma metodologia de medição e gestão de desempenho desenv...Balanced scorecard é uma metodologia de medição e gestão de desempenho desenv...
Balanced scorecard é uma metodologia de medição e gestão de desempenho desenv...
 
2016 07 04_Benefícios
2016 07 04_Benefícios 2016 07 04_Benefícios
2016 07 04_Benefícios
 
Aqf apresentação
Aqf apresentaçãoAqf apresentação
Aqf apresentação
 
Marketing e Recursos Humanos
Marketing e Recursos HumanosMarketing e Recursos Humanos
Marketing e Recursos Humanos
 
Adm por objetivo
Adm por objetivoAdm por objetivo
Adm por objetivo
 
Case de Sucesso Symnetics: Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG)
Case de Sucesso Symnetics: Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG)Case de Sucesso Symnetics: Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG)
Case de Sucesso Symnetics: Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG)
 
Workshop Indicadores - GP Oeste 2015 em 27/julho/2015
Workshop Indicadores - GP Oeste 2015 em 27/julho/2015Workshop Indicadores - GP Oeste 2015 em 27/julho/2015
Workshop Indicadores - GP Oeste 2015 em 27/julho/2015
 
Como definir indicadores de desempenho para um PMO @ Fórum Internacional de P...
Como definir indicadores de desempenho para um PMO @ Fórum Internacional de P...Como definir indicadores de desempenho para um PMO @ Fórum Internacional de P...
Como definir indicadores de desempenho para um PMO @ Fórum Internacional de P...
 
Target Marketing & Training Services
Target Marketing & Training ServicesTarget Marketing & Training Services
Target Marketing & Training Services
 
Adding value through Program Management
Adding value through Program ManagementAdding value through Program Management
Adding value through Program Management
 
Administração por objetivos - APO
Administração por objetivos - APOAdministração por objetivos - APO
Administração por objetivos - APO
 
Balanced scorecard
Balanced  scorecardBalanced  scorecard
Balanced scorecard
 

Destaque

kohl's annual reports2001
kohl's annual reports2001kohl's annual reports2001
kohl's annual reports2001
finance16
 
Investissement
InvestissementInvestissement
Investissement
shyuura
 
Estudio cerebromotor del niño pequeño
Estudio cerebromotor del niño pequeñoEstudio cerebromotor del niño pequeño
Estudio cerebromotor del niño pequeño
Jonathan Salinas Ulloa
 
La importancia de la planeación financiera en la elaboración de los planes de...
La importancia de la planeación financiera en la elaboración de los planes de...La importancia de la planeación financiera en la elaboración de los planes de...
La importancia de la planeación financiera en la elaboración de los planes de...
Jorge Gonzalez
 
Empresa aromas passion
Empresa aromas passionEmpresa aromas passion
Empresa aromas passion
blanquis14
 
Stress management
Stress managementStress management
Stress management
Suhadawoud
 
Memoria ICEX 2010
Memoria ICEX 2010Memoria ICEX 2010
Documento sin título
Documento sin títuloDocumento sin título
Documento sin título
Maria Fiorelli
 
Redes sociales
Redes socialesRedes sociales
Redes sociales
Cristhian Ureta
 
Ixd Agile
Ixd AgileIxd Agile
Ixd Agile
ksilver340
 
Computacion
ComputacionComputacion
Computacion
adrisdg98
 
Introducing MobileAppDepot
Introducing MobileAppDepotIntroducing MobileAppDepot
Introducing MobileAppDepot
Gerard K M Lim
 
Redes sociales
Redes socialesRedes sociales
Redes sociales
Juan Martinez
 
HTML
HTMLHTML
HTML
Milton
 
Trabalho de rede.
Trabalho de rede.Trabalho de rede.
Trabalho de rede.
tiagothiss2013
 
Dossiernietzsche
DossiernietzscheDossiernietzsche
Dossiernietzsche
Daniel Lopez
 
Reformas en Carrera Magisterial
Reformas en Carrera MagisterialReformas en Carrera Magisterial
Reformas en Carrera Magisterial
Silvia Susana Reyes
 
Mikhail sklyarov. metro c&c
Mikhail sklyarov. metro c&cMikhail sklyarov. metro c&c
Mikhail sklyarov. metro c&c
ECR Community
 
Algoritmos y diagramas1
Algoritmos y diagramas1Algoritmos y diagramas1
Algoritmos y diagramas1
Lupita López Serrano
 
Carlos Diez, Mejora de la Eficiencia a traves de la GPP
Carlos Diez, Mejora de la Eficiencia a traves de la GPPCarlos Diez, Mejora de la Eficiencia a traves de la GPP
Carlos Diez, Mejora de la Eficiencia a traves de la GPP
Zitec Consultores
 

Destaque (20)

kohl's annual reports2001
kohl's annual reports2001kohl's annual reports2001
kohl's annual reports2001
 
Investissement
InvestissementInvestissement
Investissement
 
Estudio cerebromotor del niño pequeño
Estudio cerebromotor del niño pequeñoEstudio cerebromotor del niño pequeño
Estudio cerebromotor del niño pequeño
 
La importancia de la planeación financiera en la elaboración de los planes de...
La importancia de la planeación financiera en la elaboración de los planes de...La importancia de la planeación financiera en la elaboración de los planes de...
La importancia de la planeación financiera en la elaboración de los planes de...
 
Empresa aromas passion
Empresa aromas passionEmpresa aromas passion
Empresa aromas passion
 
Stress management
Stress managementStress management
Stress management
 
Memoria ICEX 2010
Memoria ICEX 2010Memoria ICEX 2010
Memoria ICEX 2010
 
Documento sin título
Documento sin títuloDocumento sin título
Documento sin título
 
Redes sociales
Redes socialesRedes sociales
Redes sociales
 
Ixd Agile
Ixd AgileIxd Agile
Ixd Agile
 
Computacion
ComputacionComputacion
Computacion
 
Introducing MobileAppDepot
Introducing MobileAppDepotIntroducing MobileAppDepot
Introducing MobileAppDepot
 
Redes sociales
Redes socialesRedes sociales
Redes sociales
 
HTML
HTMLHTML
HTML
 
Trabalho de rede.
Trabalho de rede.Trabalho de rede.
Trabalho de rede.
 
Dossiernietzsche
DossiernietzscheDossiernietzsche
Dossiernietzsche
 
Reformas en Carrera Magisterial
Reformas en Carrera MagisterialReformas en Carrera Magisterial
Reformas en Carrera Magisterial
 
Mikhail sklyarov. metro c&c
Mikhail sklyarov. metro c&cMikhail sklyarov. metro c&c
Mikhail sklyarov. metro c&c
 
Algoritmos y diagramas1
Algoritmos y diagramas1Algoritmos y diagramas1
Algoritmos y diagramas1
 
Carlos Diez, Mejora de la Eficiencia a traves de la GPP
Carlos Diez, Mejora de la Eficiencia a traves de la GPPCarlos Diez, Mejora de la Eficiencia a traves de la GPP
Carlos Diez, Mejora de la Eficiencia a traves de la GPP
 

Semelhante a 02 a apo como ferramenta de gest+úo estrat+®gica

Planejamento estratégico
Planejamento estratégicoPlanejamento estratégico
Planejamento estratégico
Orlando Lima Treinamentos
 
Aulaextra orcamentoglobal77329
Aulaextra orcamentoglobal77329Aulaextra orcamentoglobal77329
Aulaextra orcamentoglobal77329
acrcordeiro
 
Planejamento Estratégico
Planejamento EstratégicoPlanejamento Estratégico
Planejamento Estratégico
Marcos Abreu
 
PAEX - Parceiros Para a Excelência - FDC
PAEX - Parceiros Para a Excelência - FDCPAEX - Parceiros Para a Excelência - FDC
PAEX - Parceiros Para a Excelência - FDC
chonb
 
Gerenciamentopelasdiretrizes20051
Gerenciamentopelasdiretrizes20051Gerenciamentopelasdiretrizes20051
Gerenciamentopelasdiretrizes20051
emc5714
 
Consultoria estratégica
Consultoria estratégicaConsultoria estratégica
Consultoria estratégica
GUSTAVO_NEVES
 
HP
HPHP
Efix Goals
Efix GoalsEfix Goals
Efix Goals
Efix Tecnologia
 
Desdobramento de metas
Desdobramento de metasDesdobramento de metas
Desdobramento de metas
Stratec Informática
 
Desdobramento de metas versao final
Desdobramento de metas versao finalDesdobramento de metas versao final
Desdobramento de metas versao final
Priscila Nogueira
 
Como montar um BSC para TI !
Como montar um BSC para TI !Como montar um BSC para TI !
Como montar um BSC para TI !
Manoel Veras, Dr.Eng.
 
Modelo Planejamento EstratéGico 2009 Ppt
Modelo   Planejamento EstratéGico 2009   PptModelo   Planejamento EstratéGico 2009   Ppt
Modelo Planejamento EstratéGico 2009 Ppt
Dawison Calheiros
 
Gerenc diretrizes cap 6
Gerenc diretrizes cap 6Gerenc diretrizes cap 6
Gerenc diretrizes cap 6
emc5714
 
Elo Group EscritóRio De Processos Vs EscritóRio De Projetos DiferençAs E Te...
Elo Group   EscritóRio De Processos Vs EscritóRio De Projetos DiferençAs E Te...Elo Group   EscritóRio De Processos Vs EscritóRio De Projetos DiferençAs E Te...
Elo Group EscritóRio De Processos Vs EscritóRio De Projetos DiferençAs E Te...
EloGroup
 
Balanced Scorecard ApresentaçãO
Balanced Scorecard ApresentaçãOBalanced Scorecard ApresentaçãO
Balanced Scorecard ApresentaçãO
claudirmarcelo
 
Balancedscorecardapresentao 090706190627-phpapp01
Balancedscorecardapresentao 090706190627-phpapp01Balancedscorecardapresentao 090706190627-phpapp01
Balancedscorecardapresentao 090706190627-phpapp01
Osvaldo Caviquiolli Junior
 
RIGGI - Assessoria Gerencial
RIGGI - Assessoria Gerencial RIGGI - Assessoria Gerencial
RIGGI - Assessoria Gerencial
Marcos Abreu
 
Ta10
Ta10Ta10
Processos & organigrama
Processos & organigramaProcessos & organigrama
Processos & organigrama
Equipa38
 
Workshop: Indicadores e KPIs de Negócio - Sebrae Startup Day
Workshop: Indicadores e KPIs de Negócio - Sebrae Startup DayWorkshop: Indicadores e KPIs de Negócio - Sebrae Startup Day
Workshop: Indicadores e KPIs de Negócio - Sebrae Startup Day
Wesley Gonçalves
 

Semelhante a 02 a apo como ferramenta de gest+úo estrat+®gica (20)

Planejamento estratégico
Planejamento estratégicoPlanejamento estratégico
Planejamento estratégico
 
Aulaextra orcamentoglobal77329
Aulaextra orcamentoglobal77329Aulaextra orcamentoglobal77329
Aulaextra orcamentoglobal77329
 
Planejamento Estratégico
Planejamento EstratégicoPlanejamento Estratégico
Planejamento Estratégico
 
PAEX - Parceiros Para a Excelência - FDC
PAEX - Parceiros Para a Excelência - FDCPAEX - Parceiros Para a Excelência - FDC
PAEX - Parceiros Para a Excelência - FDC
 
Gerenciamentopelasdiretrizes20051
Gerenciamentopelasdiretrizes20051Gerenciamentopelasdiretrizes20051
Gerenciamentopelasdiretrizes20051
 
Consultoria estratégica
Consultoria estratégicaConsultoria estratégica
Consultoria estratégica
 
HP
HPHP
HP
 
Efix Goals
Efix GoalsEfix Goals
Efix Goals
 
Desdobramento de metas
Desdobramento de metasDesdobramento de metas
Desdobramento de metas
 
Desdobramento de metas versao final
Desdobramento de metas versao finalDesdobramento de metas versao final
Desdobramento de metas versao final
 
Como montar um BSC para TI !
Como montar um BSC para TI !Como montar um BSC para TI !
Como montar um BSC para TI !
 
Modelo Planejamento EstratéGico 2009 Ppt
Modelo   Planejamento EstratéGico 2009   PptModelo   Planejamento EstratéGico 2009   Ppt
Modelo Planejamento EstratéGico 2009 Ppt
 
Gerenc diretrizes cap 6
Gerenc diretrizes cap 6Gerenc diretrizes cap 6
Gerenc diretrizes cap 6
 
Elo Group EscritóRio De Processos Vs EscritóRio De Projetos DiferençAs E Te...
Elo Group   EscritóRio De Processos Vs EscritóRio De Projetos DiferençAs E Te...Elo Group   EscritóRio De Processos Vs EscritóRio De Projetos DiferençAs E Te...
Elo Group EscritóRio De Processos Vs EscritóRio De Projetos DiferençAs E Te...
 
Balanced Scorecard ApresentaçãO
Balanced Scorecard ApresentaçãOBalanced Scorecard ApresentaçãO
Balanced Scorecard ApresentaçãO
 
Balancedscorecardapresentao 090706190627-phpapp01
Balancedscorecardapresentao 090706190627-phpapp01Balancedscorecardapresentao 090706190627-phpapp01
Balancedscorecardapresentao 090706190627-phpapp01
 
RIGGI - Assessoria Gerencial
RIGGI - Assessoria Gerencial RIGGI - Assessoria Gerencial
RIGGI - Assessoria Gerencial
 
Ta10
Ta10Ta10
Ta10
 
Processos & organigrama
Processos & organigramaProcessos & organigrama
Processos & organigrama
 
Workshop: Indicadores e KPIs de Negócio - Sebrae Startup Day
Workshop: Indicadores e KPIs de Negócio - Sebrae Startup DayWorkshop: Indicadores e KPIs de Negócio - Sebrae Startup Day
Workshop: Indicadores e KPIs de Negócio - Sebrae Startup Day
 

Mais de Prof. Noe Assunção

ATIVIDADE SENSO COMUM- Prof.Ms.Noe Assunção
ATIVIDADE SENSO COMUM- Prof.Ms.Noe AssunçãoATIVIDADE SENSO COMUM- Prof.Ms.Noe Assunção
ATIVIDADE SENSO COMUM- Prof.Ms.Noe Assunção
Prof. Noe Assunção
 
CHEGADA DA FAMÍLIA REAL NO-BRASIL- Prof.Ms.Noe Assunção
CHEGADA DA FAMÍLIA REAL NO-BRASIL- Prof.Ms.Noe AssunçãoCHEGADA DA FAMÍLIA REAL NO-BRASIL- Prof.Ms.Noe Assunção
CHEGADA DA FAMÍLIA REAL NO-BRASIL- Prof.Ms.Noe Assunção
Prof. Noe Assunção
 
ESTUDO DIRIGIDO CONTRA REFORMA PROTESTANTE - Prof. Ms. Noe Assunção
ESTUDO DIRIGIDO CONTRA REFORMA PROTESTANTE - Prof. Ms. Noe AssunçãoESTUDO DIRIGIDO CONTRA REFORMA PROTESTANTE - Prof. Ms. Noe Assunção
ESTUDO DIRIGIDO CONTRA REFORMA PROTESTANTE - Prof. Ms. Noe Assunção
Prof. Noe Assunção
 
ESTUDO DIRIGIDO REVOLUÇÃO RUSSA - Prof. Ms. Noe Assunção
ESTUDO DIRIGIDO REVOLUÇÃO RUSSA - Prof. Ms. Noe AssunçãoESTUDO DIRIGIDO REVOLUÇÃO RUSSA - Prof. Ms. Noe Assunção
ESTUDO DIRIGIDO REVOLUÇÃO RUSSA - Prof. Ms. Noe Assunção
Prof. Noe Assunção
 
AULA1- REVOLUÇÃO RUSSA - Prof. Ms. Noe Assunção
AULA1- REVOLUÇÃO RUSSA - Prof. Ms. Noe AssunçãoAULA1- REVOLUÇÃO RUSSA - Prof. Ms. Noe Assunção
AULA1- REVOLUÇÃO RUSSA - Prof. Ms. Noe Assunção
Prof. Noe Assunção
 
ATIVIDADE SEGUNDA GUERRA - Prof. Ms. Noe Assunção
ATIVIDADE SEGUNDA GUERRA - Prof. Ms. Noe AssunçãoATIVIDADE SEGUNDA GUERRA - Prof. Ms. Noe Assunção
ATIVIDADE SEGUNDA GUERRA - Prof. Ms. Noe Assunção
Prof. Noe Assunção
 
AULA 2 SOCIALISMO CIENTIFICO.docx - Prof. Ms. Noe Assunção
AULA 2 SOCIALISMO CIENTIFICO.docx - Prof. Ms. Noe AssunçãoAULA 2 SOCIALISMO CIENTIFICO.docx - Prof. Ms. Noe Assunção
AULA 2 SOCIALISMO CIENTIFICO.docx - Prof. Ms. Noe Assunção
Prof. Noe Assunção
 
ATIVIDADE REVOLUÇÃO INDUSTRIA - Prof. Ms. Noe AssunçãoL.docx
ATIVIDADE REVOLUÇÃO INDUSTRIA - Prof. Ms. Noe AssunçãoL.docxATIVIDADE REVOLUÇÃO INDUSTRIA - Prof. Ms. Noe AssunçãoL.docx
ATIVIDADE REVOLUÇÃO INDUSTRIA - Prof. Ms. Noe AssunçãoL.docx
Prof. Noe Assunção
 
AULA O LIBERALISMO.docx
AULA O LIBERALISMO.docxAULA O LIBERALISMO.docx
AULA O LIBERALISMO.docx
Prof. Noe Assunção
 
FILOSOFIA TEXTOS REVISTA EPOCA.docx
FILOSOFIA TEXTOS REVISTA EPOCA.docxFILOSOFIA TEXTOS REVISTA EPOCA.docx
FILOSOFIA TEXTOS REVISTA EPOCA.docx
Prof. Noe Assunção
 
AVALIAÇÃO FINAL O QUE É FILOSOFIA - Prof.Ms. Noe Assunção.docx
AVALIAÇÃO FINAL O QUE É FILOSOFIA - Prof.Ms. Noe Assunção.docxAVALIAÇÃO FINAL O QUE É FILOSOFIA - Prof.Ms. Noe Assunção.docx
AVALIAÇÃO FINAL O QUE É FILOSOFIA - Prof.Ms. Noe Assunção.docx
Prof. Noe Assunção
 
AVALIAÇÃO FINAL CIDADANIA.docx
AVALIAÇÃO FINAL CIDADANIA.docxAVALIAÇÃO FINAL CIDADANIA.docx
AVALIAÇÃO FINAL CIDADANIA.docx
Prof. Noe Assunção
 
Queimando sutiã dia da mulher. Prof.Ms.Noe Assunção
Queimando sutiã dia da mulher. Prof.Ms.Noe AssunçãoQueimando sutiã dia da mulher. Prof.Ms.Noe Assunção
Queimando sutiã dia da mulher. Prof.Ms.Noe Assunção
Prof. Noe Assunção
 
Projeto de Vida. Atividade 2 identidade.
Projeto de Vida. Atividade 2  identidade.Projeto de Vida. Atividade 2  identidade.
Projeto de Vida. Atividade 2 identidade.
Prof. Noe Assunção
 
Material impresso filosofia 3º ano - ensino regular - Prof. Ms. Noe Assunção
Material impresso filosofia  3º ano - ensino regular - Prof. Ms. Noe AssunçãoMaterial impresso filosofia  3º ano - ensino regular - Prof. Ms. Noe Assunção
Material impresso filosofia 3º ano - ensino regular - Prof. Ms. Noe Assunção
Prof. Noe Assunção
 
Material impresso filosofia 1 ano - ensino regular - Pro. Ms. Noe Assunção
Material impresso filosofia   1 ano - ensino regular - Pro. Ms. Noe AssunçãoMaterial impresso filosofia   1 ano - ensino regular - Pro. Ms. Noe Assunção
Material impresso filosofia 1 ano - ensino regular - Pro. Ms. Noe Assunção
Prof. Noe Assunção
 
Material impresso filosofia 2 ano - ensino regular - Prof Ms. Noe Assunção
Material impresso filosofia   2 ano - ensino regular - Prof Ms. Noe AssunçãoMaterial impresso filosofia   2 ano - ensino regular - Prof Ms. Noe Assunção
Material impresso filosofia 2 ano - ensino regular - Prof Ms. Noe Assunção
Prof. Noe Assunção
 
Atividade clandestinas1
Atividade clandestinas1Atividade clandestinas1
Atividade clandestinas1
Prof. Noe Assunção
 
Atividade sobre o documentário "clandestinas"- Prof. Noe Assunção
Atividade sobre o documentário "clandestinas"- Prof. Noe AssunçãoAtividade sobre o documentário "clandestinas"- Prof. Noe Assunção
Atividade sobre o documentário "clandestinas"- Prof. Noe Assunção
Prof. Noe Assunção
 
Documentario clandestinas debate filosofico - Prof. Ms. Noe Assunção
Documentario clandestinas  debate filosofico - Prof. Ms. Noe AssunçãoDocumentario clandestinas  debate filosofico - Prof. Ms. Noe Assunção
Documentario clandestinas debate filosofico - Prof. Ms. Noe Assunção
Prof. Noe Assunção
 

Mais de Prof. Noe Assunção (20)

ATIVIDADE SENSO COMUM- Prof.Ms.Noe Assunção
ATIVIDADE SENSO COMUM- Prof.Ms.Noe AssunçãoATIVIDADE SENSO COMUM- Prof.Ms.Noe Assunção
ATIVIDADE SENSO COMUM- Prof.Ms.Noe Assunção
 
CHEGADA DA FAMÍLIA REAL NO-BRASIL- Prof.Ms.Noe Assunção
CHEGADA DA FAMÍLIA REAL NO-BRASIL- Prof.Ms.Noe AssunçãoCHEGADA DA FAMÍLIA REAL NO-BRASIL- Prof.Ms.Noe Assunção
CHEGADA DA FAMÍLIA REAL NO-BRASIL- Prof.Ms.Noe Assunção
 
ESTUDO DIRIGIDO CONTRA REFORMA PROTESTANTE - Prof. Ms. Noe Assunção
ESTUDO DIRIGIDO CONTRA REFORMA PROTESTANTE - Prof. Ms. Noe AssunçãoESTUDO DIRIGIDO CONTRA REFORMA PROTESTANTE - Prof. Ms. Noe Assunção
ESTUDO DIRIGIDO CONTRA REFORMA PROTESTANTE - Prof. Ms. Noe Assunção
 
ESTUDO DIRIGIDO REVOLUÇÃO RUSSA - Prof. Ms. Noe Assunção
ESTUDO DIRIGIDO REVOLUÇÃO RUSSA - Prof. Ms. Noe AssunçãoESTUDO DIRIGIDO REVOLUÇÃO RUSSA - Prof. Ms. Noe Assunção
ESTUDO DIRIGIDO REVOLUÇÃO RUSSA - Prof. Ms. Noe Assunção
 
AULA1- REVOLUÇÃO RUSSA - Prof. Ms. Noe Assunção
AULA1- REVOLUÇÃO RUSSA - Prof. Ms. Noe AssunçãoAULA1- REVOLUÇÃO RUSSA - Prof. Ms. Noe Assunção
AULA1- REVOLUÇÃO RUSSA - Prof. Ms. Noe Assunção
 
ATIVIDADE SEGUNDA GUERRA - Prof. Ms. Noe Assunção
ATIVIDADE SEGUNDA GUERRA - Prof. Ms. Noe AssunçãoATIVIDADE SEGUNDA GUERRA - Prof. Ms. Noe Assunção
ATIVIDADE SEGUNDA GUERRA - Prof. Ms. Noe Assunção
 
AULA 2 SOCIALISMO CIENTIFICO.docx - Prof. Ms. Noe Assunção
AULA 2 SOCIALISMO CIENTIFICO.docx - Prof. Ms. Noe AssunçãoAULA 2 SOCIALISMO CIENTIFICO.docx - Prof. Ms. Noe Assunção
AULA 2 SOCIALISMO CIENTIFICO.docx - Prof. Ms. Noe Assunção
 
ATIVIDADE REVOLUÇÃO INDUSTRIA - Prof. Ms. Noe AssunçãoL.docx
ATIVIDADE REVOLUÇÃO INDUSTRIA - Prof. Ms. Noe AssunçãoL.docxATIVIDADE REVOLUÇÃO INDUSTRIA - Prof. Ms. Noe AssunçãoL.docx
ATIVIDADE REVOLUÇÃO INDUSTRIA - Prof. Ms. Noe AssunçãoL.docx
 
AULA O LIBERALISMO.docx
AULA O LIBERALISMO.docxAULA O LIBERALISMO.docx
AULA O LIBERALISMO.docx
 
FILOSOFIA TEXTOS REVISTA EPOCA.docx
FILOSOFIA TEXTOS REVISTA EPOCA.docxFILOSOFIA TEXTOS REVISTA EPOCA.docx
FILOSOFIA TEXTOS REVISTA EPOCA.docx
 
AVALIAÇÃO FINAL O QUE É FILOSOFIA - Prof.Ms. Noe Assunção.docx
AVALIAÇÃO FINAL O QUE É FILOSOFIA - Prof.Ms. Noe Assunção.docxAVALIAÇÃO FINAL O QUE É FILOSOFIA - Prof.Ms. Noe Assunção.docx
AVALIAÇÃO FINAL O QUE É FILOSOFIA - Prof.Ms. Noe Assunção.docx
 
AVALIAÇÃO FINAL CIDADANIA.docx
AVALIAÇÃO FINAL CIDADANIA.docxAVALIAÇÃO FINAL CIDADANIA.docx
AVALIAÇÃO FINAL CIDADANIA.docx
 
Queimando sutiã dia da mulher. Prof.Ms.Noe Assunção
Queimando sutiã dia da mulher. Prof.Ms.Noe AssunçãoQueimando sutiã dia da mulher. Prof.Ms.Noe Assunção
Queimando sutiã dia da mulher. Prof.Ms.Noe Assunção
 
Projeto de Vida. Atividade 2 identidade.
Projeto de Vida. Atividade 2  identidade.Projeto de Vida. Atividade 2  identidade.
Projeto de Vida. Atividade 2 identidade.
 
Material impresso filosofia 3º ano - ensino regular - Prof. Ms. Noe Assunção
Material impresso filosofia  3º ano - ensino regular - Prof. Ms. Noe AssunçãoMaterial impresso filosofia  3º ano - ensino regular - Prof. Ms. Noe Assunção
Material impresso filosofia 3º ano - ensino regular - Prof. Ms. Noe Assunção
 
Material impresso filosofia 1 ano - ensino regular - Pro. Ms. Noe Assunção
Material impresso filosofia   1 ano - ensino regular - Pro. Ms. Noe AssunçãoMaterial impresso filosofia   1 ano - ensino regular - Pro. Ms. Noe Assunção
Material impresso filosofia 1 ano - ensino regular - Pro. Ms. Noe Assunção
 
Material impresso filosofia 2 ano - ensino regular - Prof Ms. Noe Assunção
Material impresso filosofia   2 ano - ensino regular - Prof Ms. Noe AssunçãoMaterial impresso filosofia   2 ano - ensino regular - Prof Ms. Noe Assunção
Material impresso filosofia 2 ano - ensino regular - Prof Ms. Noe Assunção
 
Atividade clandestinas1
Atividade clandestinas1Atividade clandestinas1
Atividade clandestinas1
 
Atividade sobre o documentário "clandestinas"- Prof. Noe Assunção
Atividade sobre o documentário "clandestinas"- Prof. Noe AssunçãoAtividade sobre o documentário "clandestinas"- Prof. Noe Assunção
Atividade sobre o documentário "clandestinas"- Prof. Noe Assunção
 
Documentario clandestinas debate filosofico - Prof. Ms. Noe Assunção
Documentario clandestinas  debate filosofico - Prof. Ms. Noe AssunçãoDocumentario clandestinas  debate filosofico - Prof. Ms. Noe Assunção
Documentario clandestinas debate filosofico - Prof. Ms. Noe Assunção
 

02 a apo como ferramenta de gest+úo estrat+®gica

  • 2. A partir de 1950 O processo de gestão deixou de concentrar nas atividades meios e passou a considerar mais as atividades fins; A preocupação de como administrar passou a ser para quem ou para que administrar; As organizações passaram a se preocupar em produzir mais resultados do que efetivamente trabalhar.
  • 3. Origens da Administração por Objetivos Peter F. Drucker publicou um livro em 1954 caracterizado como APO surgiram as idéias de descentralização e de administração por resultados: descentralização das decisões e fixação de objetivos para cada área- chave da organização. MDelgado
  • 4. Características da APO É um processo pelo qual gerentes e subordinados: identificam objetivos comuns; definem as áreas de responsabilidade de cada um em termos de resultados esperados; utilizam esses objetivos como guias para a operação dos negócios.
  • 5. A APO tem as seguintes características 1.Estabelecimento conjunto de objetivos entre o executivo e o seu superior. 2.Estabelecimento de objetivos para cada departamento ou cargo. 3.Interligação entre os vários objetivos táticos ou departamentais. 4.Ênfase na mensuração e no controle dos resultados. 5.Contínua avaliação, reavaliação, revisão e reciclagem dos planos. 6.Participação atuante das gerências.
  • 6. João Augusto sempre trabalhara em empresas tradicionais, nas quais o seu cargo e as responsabilidades inerentes a ele eram o tema principal. Agora que acabara de ingressar na Metrópolis, uma empresa inovadora e avançada, João Augusto foi chamado pelo seu diretor para traçarem juntos os objetivos e metas que deveriam alcançar. Isso soava estranho aos seus ouvidos. Nunca havia ouvido nada a respeito de objetivos. O diretor foi logo dizendo que a empresa adota a APO. O que você contaria sobre APO a João Augusto se estivesse no lugar do diretor?
  • 7. Fixação de Objetivos É a forma pela qual todas as gerências de uma organização estabelecem metas para suas administrações, no início de cada período, de preferência coincidindo com o exercício fiscal da empresa, em consonância com as metas gerais da organização, fixadas pelos acionistas, por meio da diretoria.
  • 8. Um objetivo é um enunciado escrito sobre resultados a serem alcançados em um período determinado. São números que orientam o desempenho dos gerentes para um resultado mensurável.
  • 9. A importância dos objetivos pode ser avaliada pelos seguintes aspectos: € € a) Os objetivos proporcionam uma diretriz ou uma finalidade comum. b) Permitem o trabalho em equipe e eliminam as tendências egocêntricas de grupos existentes na organização. c) Servem de base para avaliar planos e evitam erros devidos à omissão. d) Melhoram as possibilidades de previsão do futuro. A organização deve dirigir o seu destino, em vez de submeter-se às fatalidades ou ao acaso. e) Quando os recursos são escassos, os objetivos ajudam a orientar e garantir a sua distribuição criteriosa.
  • 10. Fixação dos objetivos Fixação globais da empresa Elaboração dos objetivos do Planejamento Estratégico da Empresa globais da empresa Fixação dos Objetivos Departamentais Avaliação dos Elaboração result. alcançados do Plano Tático comparados com os Departamental obj. departamentais Revisão nos Desdobramento planos ou nos do plano tático objetivos do Comparação em p. departamento dos resultados operacionais alcançados com os objetivos departamentais
  • 11. Fixação dos objetivos globais da empresa Elaboração Elaboração do Planejamento do Planejamento Estratégico da Empresa Estratégico da Empresa Fixação dos Objetivos Departamentais Avaliação dos Elaboração result. alcançados do Plano Tático comparados com os Departamental obj. departamentais Revisão nos Desdobramento planos ou nos do plano tático objetivos do Comparação em p. departamento dos resultados operacionais alcançados com os objetivos departamentais
  • 12. Fixação dos objetivos globais da empresa Fixação Elaboração do Planejamento dos Objetivos Estratégico da Empresa Departamentais Fixação dos Objetivos Departamentais Avaliação dos Elaboração result. alcançados do Plano Tático comparados com os Departamental obj. departamentais Revisão nos Desdobramento planos ou nos do plano tático objetivos do Comparação em p. departamento dos resultados operacionais alcançados com os objetivos departamentais
  • 13. Fixação dos objetivos globais da empresa Elaboração Elaboração do Planejamento do Plano Tático Estratégico da Empresa Departamental Fixação dos Objetivos Departamentais Avaliação dos Elaboração result. alcançados do Plano Tático comparados com os Departamental obj. departamentais Revisão nos Desdobramento planos ou nos do plano tático objetivos do Comparação em p. departamento dos resultados operacionais alcançados com os objetivos departamentais
  • 14. Fixação dos objetivos globais da empresa Desdobramento Elaboração do plano tático do Planejamento Estratégico da Empresa em planos operacionais Fixação dos Objetivos Departamentais Avaliação dos Elaboração result. alcançados do Plano Tático comparados com os Departamental obj. departamentais Revisão nos Desdobramento planos ou nos do plano tático objetivos do Comparação em planos departamento dos resultados operacionais alcançados com os objetivos departamentais
  • 15. Fixação dos objetivos globais da empresa Comparação dos resultados Elaboração do Planejamento alcançados com Estratégico da Empresa os objetivos departamentais Fixação dos Objetivos Departamentais Avaliação dos Elaboração result. alcançados do Plano Tático comparados com os Departamental obj. departamentais Revisão nos Desdobramento planos ou nos do plano tático objetivos do Comparação em p. departamento dos resultados operacionais alcançados com os objetivos departamentais
  • 16. Fixação dos objetivos Revisão nos globais da empresa Elaboração planos ou nos do Planejamento Estratégico da Empresa objetivos do departamento Fixação dos Objetivos Departamentais Avaliação dos Elaboração result. alcançados do Plano Tático comparados com os Departamental obj. departamentais Revisão nos Desdobramento planos ou nos do plano tático objetivos do Comparação em p. departamento dos resultados operacionais alcançados com os objetivos departamentais
  • 17. Fixação dos objetivos globais da empresa Avaliação dos Elaboração resultados alcançados do Planejamento Estratégico comparados com os obj. departamentais da Empresa Fixação dos Objetivos Departamentais Avaliação dos Elaboração result. alcançados do Plano Tático comparados com os Departamental obj. departamentais Revisão nos Desdobramento planos ou nos do plano tático objetivos do Comparação em p. departamento dos resultados operacionais alcançados com os objetivos departamentais
  • 18. Fixação dos objetivos globais da empresa Elaboração Todo ciclo volta a se do Planejamento Estratégico repetir da Empresa Fixação dos Objetivos Departamentais Avaliação dos Elaboração result. alcançados do Plano Tático comparados com os Departamental obj. departamentais Revisão nos Desdobramento planos ou nos do plano tático objetivos do Comparação em p. departamento dos resultados operacionais alcançados com os objetivos departamentais
  • 19. Critérios de Escolha dos Objetivos Os critérios para escolha dos objetivos são fixados de acordo com a sua prioridade e contribuição para o alcance dos resultados-chave da empresa. Os objetivos mais comuns às empresas são os seguintes: ) Posição competitiva no mercado. ) Inovação e criatividade nos produtos. ) Produtividade, eficiência e qualidade. ) Aplicação rentável dos recursos físicos e financeiros. ) Taxa de dividendos ou índice de retorno do capital investido Qualidade da administração e desenvolvimento dos executivos. ) Responsabilidade social e pública da empresa, ) Satisfação do cliente. Competitividade em um cenário globalizado.
  • 20. Hierarquia de Objetivos Os objetivos precisam ser escalonados em uma ordem gradativa de importância, relevância ou de prioridade, em uma hierarquia de objetivos, em função de sua contribuição à organização como um todo. a) Objetivos estratégicos: São os chamados objetivos organizacionais, ou seja, objetivos amplos e que abrangem a organização como uma totalidade. Suas características básicas são: globalidade e longo prazo. b) Objetivos táticos: São os chamados objetivos departamentais, ou seja, objetivos referentes a cada departamento da organização. Suas características básicas são: ligação com cada departamento e médio prazo. c) Objetivos operacionais: São objetivos referentes a cada atividade ou tarefa. Suas características básicas são: detalhamento e curto prazo.
  • 21. Retorno sobre o Balanced Investimento Empresarial Scorecard (BSC) OBJETIVOS ORGANIZACIONAIS Aumento do Redução do Retorno Investimento OBJETIVOS Aumento do Redução de DEPARTAMENTAIS Faturamento Custos Utilização Aquisição de Eficiente dos Recursos Recursos atuais Adicionais OBJETIVOS • Programa de • Programa de aquisição de OPERACIONAIS melhoria dos novos equipamentos equipamentos • Programa de capitação de • Programa de recursos aplicação de • Recrutamento e seleção de recursos novos empregados
  • 22. Nível Elevado das Habilidade Balanced e Competências Scorecard (BSC) na OBJETIVOS Educação ORGANIZACIONAIS Formação Inclusão Adequada Social OBJETIVOS Maiores Índices de Professores bem formados DEPARTAMENTAIS aprovação e comprometidos Utilização Aquisição de Eficiente dos Recursos Recursos atuais Adicionais OBJETIVOS • Programa de • Programa de aquisição de novos OPERACIONAIS melhoria dos equipamentos equipamentos • Programa de capitação de recursos • Programa de • Recrutamento e seleção de novos aplicação de funcionarios e professores recursos
  • 23.  Conceito militar define estratégia como a aplicação de forças em larga escala contra algum inimigo.  É "a mobilização de todos os recursos da empresa no âmbito global” visando atingir os objetivos a longo prazo.  Tática é um esquema específico de emprego de recursos dentro de uma estratégia geral. Vídeo
  • 24. Vídeo mostrando que se pode pensar antes e colher os frutos depois
  • 25. Estratégia Tática Envolve a organização como Refere-se a cada uma totalidade departamento ou unidade da organização. É um meio para alcançar É um meio para alcançar objetivos organizacionais. objetivos departamentais. E orientada para longo É orientada para médio ou prazo. curto prazo. E decidida no nível É definida no nível institucional da organização intermediário por cada gerente de departamento ou unidade da organização
  • 26. PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Planejamento na hierarquia das organizações Planejamento Administradores Estratégico do Topo Externamente Internamente Administradores Planejamento de Nível Tático Intermediário Administradores Planejamento de Primeiro Nível Operacional
  • 27. Vocês fazem idéia do que é FOFA ?
  • 29. FOFA F FORÇAS Strong O OPORTUNIDADES Opportunity F FRAQUEZAS Weakness A AMEAÇAS Threat
  • 30. BASES DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Formulação dos objetivos organizacionais Analise interna da Analise externa do empresa ambiente O que temos O que há no na empresa? Ambiente? Pontos fortes e pontos fracos, Recursos disponíveis, Formulação de Condições externas, Oportunidades, ameaças Capacidade e habilidades. Alternativas Desafios e restrições. Estratégicas O que fazer ? Como compatibilizar as variáveis envolvidas ?
  • 31. PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO MATRIZ DE ANALISE INTERNA E EXTERNA Analise Externa Ameaças Oportunidades Desativação. Melhoria Fracos Pontos Área de risco Área de Analise Interna Aumentado Aproveitamento potencial Enfretamento Aproveitamento Fortes Pontos Área de risco Área de domínio Enfrentável da empresa Análise SWOT - do inglês Strong (força), Weakness (fraqueza), Opportunity (oportunidade) e Threat (ameaça), permite analisar o micro e o
  • 32. Níveis de Metas/ Planos e sua importância. Mensagem Externa. Legitimidade para investidores Definição Da Missão Clientes, fornecedores, comunidade Alta Administração Planos / Metas Estratégicas (A organização como um todo) Mensagem Interna. Planos / Metas Táticas Legitimidade, Administração de Nível Médio motivação (Principais divisões e funções) Guias, razão Padrões. Planos / Metas Operacionais Administração de Nível mais baixo (Departamentos e indivíduos)
  • 33. Missão Fabricação de produtos de metal para várias aplicações na indústria mecânica Metas Estratégicas Presidente 12% de retorno sobre Investimento, 5% de crescimento sem contratação de novos empregados, com excelentes serviços aos clientes Metas Táticas Diretor de Finanças Diretor de Produção Diretor de Comercial Metas Operacionais Supervisor Gerente de contas Gerente de Vendas Máquinas a pagar Região 1 Automáticas
  • 34. Missão Fabricação de produtos de metal para várias aplicações na indústria mecânica
  • 35. Missão Fabricação de produtos de metal para várias aplicações na indústria mecânica Metas Estratégicas Presidente 12% de retorno sobre Investimento, 5% de crescimento sem contratação de novos empregados, com excelentes serviços aos clientes Metas Táticas Diretor de Finanças Diretor de Produção Diretor de Comercial Metas Operacionais Supervisor Gerente de contas Gerente de Vendas Maquinas a pagar Região 1 Automáticas
  • 36. Metas Estratégicas Presidente 12% de retorno sobre Investimento, 5% de crescimento sem contratação de novos empregados, com excelentes serviços aos clientes
  • 37. Missão Fabricação de produtos de metal para várias aplicações na indústria mecânica Metas Estratégicas Presidente 12% de retorno sobre Investimento, 5% de crescimento sem dispensa de empregados Excelentes serviços aos clientes Metas Táticas Diretor de Finanças Diretor de Produção Diretor de Comercial Metas Operacionais Supervisor Gerente de contas Gerente de Vendas Maquinas a pagar Região 1 Automáticas
  • 38. Metas Táticas Diretor de Finanças Manter o total de contas a pagar abaixo de R$ 500.000,00 Manter empréstimos abaixo de R$ 1.250.000,00 Preparar relatórios de orçamentos mensais para os departamentos. Manter contas de devedores duvidosos a menos de 2% Metas Operacionais Gerente de contas a receber Emissão de faturas em cinco dias da venda Checar o crédito de novos clientes em um dia útil Não permitir contas mais do que cinco meses atrasadas Cobrar as contas atrasadas semanalmente
  • 39. Missão Fabricação de produtos de metal para várias aplicações na indústria mecânica Metas Estratégicas Presidente 12% de retorno sobre Investimento, 5% de crescimento sem contratação de novos empregados, com excelentes serviços aos clientes Metas Táticas Diretor de Finanças Diretor de Produção Diretor de Comercial Metas Operacionais Supervisor Gerente de contas Gerente de Vendas Maquinas a pagar Região 1 Automáticas
  • 40. Metas Táticas Diretor de Produção Fabricar 1.200.000 produtos ao custo médio de R$19,00 Taxa de refugo de 3% ou menos Aumento de 2% da produtividade de manufatura. Resolver queixas de empregados em três dias úteis Metas Operacionais Supervisor de Máquinas Automáticas Produzir 150.000 unidades-padrão ao custo médio de R$16,00 Manter máquinas ociosas em menos de 7%. Conseguir manter a média de refugos no Maximo em 3%. Responder a queixas dos empregados em menos de 24 horas
  • 41. Missão Fabricação de produtos de metal para várias aplicações na indústria mecânica Metas Estratégicas Presidente 12% de retorno sobre Investimento, 5% de crescimento sem contratação de novos empregados, com excelentes serviços aos clientes Metas Táticas Diretor de Finanças Diretor de Produção Diretor de Comercial Metas Operacionais Supervisor Gerente de contas Gerente de Vendas Maquinas a pagar Região 1 Automáticas
  • 42. Metas Táticas Diretor de Vendas Vender 1.200.000 unidades ao preço médio de R$27,00 Introduzir uma nova linha de produto Aumentar as vendas em 5% em novas áreas de mercado. Abrir um novo escritório de vendas. Manter a participação de mercado em 19% Metas Operacionais Gerente de Vendas – Região 1 Responder a solicitação de cliente no máximo em duas horas Concluir quotas de vendas de 120.600 unidades. Trabalhar com o pessoal de vendas para: •Visitar um novo cliente a cada dia •Contatar cada grande cliente em cada quatro semanas •Contatar cada pequeno cliente a cada oito semanas
  • 43. Missão Fabricação de produtos de metal para várias aplicações na indústria mecânica Metas Estratégicas Presidente 12% de retorno sobre Investimento, 5% de crescimento sem contratação de novos empregados, com excelentes serviços aos clientes Metas Táticas Diretor de Finanças Diretor de Produção Diretor Comercial Metas Operacionais Supervisor Gerente de contas Gerente de Vendas Maquinas a pagar Região 1 Automáticas