SlideShare uma empresa Scribd logo

ESTUDO DIRIGIDO REVOLUÇÃO RUSSA - Prof. Ms. Noe Assunção

Aula elaborada para o 3 ano do ensino médio do Colégio Estadual Roselândia. Barra mansa - RJ. orientação do prof. Ms. Noe Assunção.

1 de 2
Baixar para ler offline
ESTUDO DIRIGIDO – REVOLUÇÃO RUSSA
A Revolução Russa de 1917 foi o movimento popular que envolveu uma série de movimentos políticos
ocorridos na Rússia durante a Primeira Guerra Mundial, indo contra o governo do czar Nicolau II
O levante popular conseguiu acabar com a monarquia e implantaram outro tipo de regime, inspirado em
ideais socialistas. Esse processo levou ao surgimento da União Soviética, instaurada até 1991.
A Rússia no começo do século XX, era considerada um país fraco, ou seja, a sua economia era atrasada e
não havia grande rendimento nas cidades, pois a sua produção estava concentrada no campo, sendo o
sistema feudal o predominante.
O QUE CAUSOU A REVOLUÇÃO RUSSA?
A Rússia passava por um período em que a liberdade era quase inexistente, os camponeses viviam
submetidos à nobreza latifundiária. Apesar de serem livres, eram subjugados pelo imperador czar. O país não
conseguia se modernizar por que a economia era fraca. Apesar do czar ter aprovado a abolição da servidão,
em 1861, e a reforma agrária, a situação ainda não melhorava, principalmente por que não havia liberdade de
expressão e a opressão era fortemente usada contra quem não apoiava o sistema.
As universidades, a imprensa, mídias, tribunais, tudo era controlado pela polícia e pelos políticos. Ainda havia
a prática de serviços secretos durante a Rússia czarista, chamada Ochrana. Vários cidadãos foram presos,
mortos e exilados por ir contra ou não concordar com as práticas governamentais. Durante o período de 1894
até 1947, o czar em seu governo tentou acelerar a industrialização russa por meio do capital estrangeiro,
porém a fome, o desemprego, as condições básicas e os salários só diminuíam cada vez mais. Além dos
camponeses, a burguesia também não estava satisfeita com a situação atual, pois o capital estava
concentrado nas mãos de banqueiros, grandes latifundiários e empresários.
Alguns partidos começaram a ser clandestinos, um exemplo é o Partido Social Democrata liderado por
Plekhanov e Lenin, O Partido Social Democrata teve grande destaque durante esse período, porém houve
divergências entre os líderes, o que fez o partido se dividir em dois:
 Bolcheviques que em russo significa maioria. Eram liderados por Lenin, que era a favor da revolução
armada comunista para chegar ao poder. De fato, eles chegaram por meio da violência e Lenin mandou
matar a todos que descordassem da revolução.
 Mencheviques que em russo significa minoria. Eram liderados por Plekhanov, a favor do ideal
evolucionista, queriam conquistar o poder por meio de atividades pacíficas como as eleições.
REVOLTA SOCIAL DE 1905
No ano de 1905, em frente ao Palácio de Inverno de São Petersburgo, ocorria um protesto pacífico contra o
governo atual. O objetivo era entregar um abaixo assinado para o czar. Porém os soldados que estavam
presentes no palácio partiram para a agressão, matando mais de mil pessoas. Esse dia foi denominado de
Domingo Sangrento e fez com que novos protestos surgissem por toda a Rússia. O imperador Czar,
analisando a situação de tantos protestos, promulgou a Constituição e autorizou eleições para a Duma, ou
seja, Parlamento, o que fez a Rússia se tornar uma monarquia constitucional. O governo conseguiu
combater as manifestações de 1905, pois na realidade ele autorizou as eleições para pensar em uma
maneira de acabar com as agitações sociais e os sovietes.
CONSEQUÊNCIAS DA REVOLUÇÃO RUSSA
Os sovietes fizeram pressão no atual governo para que a anistia fosse dada para todos aqueles que foram
condenados no governo czar. Com a grande pressão, o governo concedeu o pedido e então Lenin voltou para
a Rússia e liderou os bolcheviques, defendendo o lema “Paz, terra e pão” e “Todo o poder aos sovietes”.
Lenin, liderou uma enorme quantidade de pessoas para tomar o poder, sendo essa massa composta
principalmente por camponeses e operários no dia 6 de novembro. Assim que os bolcheviques
conquistaram o poder, as terras foram distribuídas e houve a estatização dos bancos,ou seja o Estado era
responsável em administrar os bancos, estradas de ferro e indústrias. Com o Estado grande e poderoso,
controlando vários setores da sociedade, em 5 de setembro de 1918 foi instaurado o Terror Vermelho.
O QUE FOI O TERROR VERMELHO?
Foi uma resolução especial adotada pela liderança dos bolcheviques. Eles definiram que “todos os que
tivessem qualquer relação com organizações, conspirações e motins dos Brancos deviam ser mortos a tiros”.
O historiador Serguêi Vôlkov afirma que, entre 1917 e 1922, os bolcheviques mataram quase dois milhões de
pessoas. O imperador czar, foi morto juntamente com a sua família em julho de 1918, pois temiam a volta da
monarquia. Os bolcheviques retiraram a Rússia da guerra, e em fevereiro de 1918 assinaram o Tratado de
Brest-Litovsk com as Potências Centrais, que entregava a Finlândia, Países Bálticos, Polônia, Ucrânia,
Bielorrúsia, entre outros.
FIM DA REVOLUÇÃO
Lenin morreu em 1924 e logo após a sua morte Trotsky e Stalin lutaram para assumir a liderança. Stalin
venceu a disputa e expulsou Trotsky do país, que foi morto em 1940 na cidade do México. Stalin foi um dos
maiores inimigos da Alemanha durante a Segunda Guerra Mundial. Ele e os seus seguidores foram
responsáveis pelo morte de mais de 20 milhões de pessoas durante a União das Repúblicas Socialistas
Soviéticas.
ESTUDO DIRIGIDO – REVOLUÇÃO RUSSA
1) Qual era a situação político-econômica da Rússia antes de 1917.
2) Estabeleça as principais características das correntes políticas menchevique e bolchevique.Quem eram
seus líderes?
3) Sobre a Revolta Social de 1905 na Rússia, cite:
a) Objetivos do movimento.
b) Participantes:
c) Atitude do governo:
d) Consequências:
4) Cite os motivos da insatisfação.dos camponeses e burguesia com o governo do czar no contexto da
revolução.
5) O que foi o Terror Vermelho?
6) Explique o sentido da expressão “estatização da economia”.
7) Qual grupo liderou o Terror vermelho?
8) Quais os lemas defendidos pelos bolcheviques durante a Revolução Russa?
9) Resuma o período em que Stalin esteve no poder na URSS.
10)Depois de ter lido o texto apresentado e feito o estudo dirigido escreva com suas palavras o que significa
para você a palavra REVOLUÇÃO.
11) A Revolução Socialista na Rússia, em 1917, foi um dos acontecimentos mais significativos do
século XX, uma vez que derrubou o regime czarista e estabeleceu o socialismo no país. Sobre o
contexto sociopolítico anterior à Revolução, analise as afirmativas a seguir e marque as CORRETAS
( ) A maior parte da população estava no campo, submetida a condições de trabalho muito precárias devido
a um sistema fundiário concentrado.
( ) A indústria e o setor financeiro se desenvolveram muito ao longo do século XIX e se tornaram a base de
uma forte burguesia nacional. A burguesia e os camponeses estavam satisfeitos com o governo do czar
( ) Os dois lemas defendidos por Lenin que liderou os bolcheviques eram“Paz, terra e pão” e “Todo o
poder aos sovietes”.
( ) A Rússia no começo do século XX, era considerada um país fraco, ou seja, a sua economia era atrasada
e não havia grande rendimento nas cidades, pois a sua produção estava concentrada no campo,
12) A revolução de fevereiro de 1917, na Rússia, pode ser caracterizada como:
a) uma luta encabeçada por Lenin para estabelecer um estado soviético.
b) uma reação da Igreja Ortodoxa contra a prepotência de Rasputin.
c) um conflito de inspiração rural a fim de apoiar os mujiques.
d) um movimento de caráter burguês com o objetivo de depor o czar Nicolau II.
e) um esforço de intelectuais, comprometidos com as ideias anarquistas de Bakunin.
13) "... derrotas na guerra, deserções, motins militares contra os superiores, greves nas fábricas, falta
de gêneros alimentícios e combustíveis nas principais cidades, queda na produção, aviltamento dos
salários, incapacidade governamental, desemprego e crescente miséria das massas."
O quadro descrito no texto conduziu à:
a) crescente satisfação da burguesia russa em relação ao governo do Czar.
b) Permanência do czar no governo da Rússia.
c) rebelião dos camponeses a favor do czar..
d) Segunda Guerra Mundial em 1939.
e) Revolução Russa
BONS ESTUDOS!

Recomendados

História 9º ano slide Guerra Fria
História   9º ano slide Guerra FriaHistória   9º ano slide Guerra Fria
História 9º ano slide Guerra FriaJanaína Bindá
 
A crise de 1929 e o Nazi-Fascismo
A crise de 1929 e o Nazi-Fascismo A crise de 1929 e o Nazi-Fascismo
A crise de 1929 e o Nazi-Fascismo Isaquel Silva
 
Ditaduras na america latina
Ditaduras na america latinaDitaduras na america latina
Ditaduras na america latinaIsabel Aguiar
 
HISTÓRIA | 3ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC | (EM13CHS603)
HISTÓRIA | 3ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC | (EM13CHS603)HISTÓRIA | 3ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC | (EM13CHS603)
HISTÓRIA | 3ª SÉRIE | HABILIDADE DA BNCC | (EM13CHS603)GernciadeProduodeMat
 
9º ano - Segunda guerra mundial
9º ano - Segunda guerra mundial9º ano - Segunda guerra mundial
9º ano - Segunda guerra mundialJanaína Bindá
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Jogo Pedagógico sobre "A Era Vargas".
Jogo Pedagógico sobre "A Era Vargas". Jogo Pedagógico sobre "A Era Vargas".
Jogo Pedagógico sobre "A Era Vargas". Paula Meyer Piagentini
 
Slide do descobrimento do brasil
Slide do descobrimento do brasilSlide do descobrimento do brasil
Slide do descobrimento do brasilLAERCIO BORGES
 
Nazismo Fascismo
Nazismo Fascismo Nazismo Fascismo
Nazismo Fascismo Adail Silva
 
Ideologias políticas do século xix
Ideologias políticas do século xixIdeologias políticas do século xix
Ideologias políticas do século xixPrivada
 
PLANO DE AULA – PRIMEIRA REPÚBLICA.
PLANO DE AULA – PRIMEIRA REPÚBLICA.PLANO DE AULA – PRIMEIRA REPÚBLICA.
PLANO DE AULA – PRIMEIRA REPÚBLICA.Tissiane Gomes
 
Proclamação da república
Proclamação da repúblicaProclamação da república
Proclamação da repúblicaFabiana Tonsis
 
O continente americano completo
O continente americano  completoO continente americano  completo
O continente americano completoCamila Brito
 
Atividade de História - A vida cultural na Europa medieval
Atividade de História  - A vida cultural na Europa medievalAtividade de História  - A vida cultural na Europa medieval
Atividade de História - A vida cultural na Europa medievalMary Alvarenga
 
Independencia dos Estados Unidos
Independencia dos Estados UnidosIndependencia dos Estados Unidos
Independencia dos Estados UnidosSlides de Tudo
 
História da África e escravidão africana
História da África e escravidão africanaHistória da África e escravidão africana
História da África e escravidão africanaPaulo Alexandre
 
Idade Média - Feudalismo - Reino Franco
Idade Média - Feudalismo - Reino FrancoIdade Média - Feudalismo - Reino Franco
Idade Média - Feudalismo - Reino FrancoPortal do Vestibulando
 
Cruzadinha crise de 1929 ok
Cruzadinha crise de 1929 okCruzadinha crise de 1929 ok
Cruzadinha crise de 1929 okViviane Simões
 
PPT - A 2ª. Guerra de uma forma diferente
PPT - A 2ª. Guerra de uma forma diferentePPT - A 2ª. Guerra de uma forma diferente
PPT - A 2ª. Guerra de uma forma diferentejosafaslima
 
A Guerra Fria
A Guerra FriaA Guerra Fria
A Guerra Friacattonia
 

Mais procurados (20)

Jogo Pedagógico sobre "A Era Vargas".
Jogo Pedagógico sobre "A Era Vargas". Jogo Pedagógico sobre "A Era Vargas".
Jogo Pedagógico sobre "A Era Vargas".
 
Slide do descobrimento do brasil
Slide do descobrimento do brasilSlide do descobrimento do brasil
Slide do descobrimento do brasil
 
Revolução russa 9 ano
Revolução russa 9 anoRevolução russa 9 ano
Revolução russa 9 ano
 
A economia cafeeira
A economia cafeeiraA economia cafeeira
A economia cafeeira
 
Nazismo Fascismo
Nazismo Fascismo Nazismo Fascismo
Nazismo Fascismo
 
Ideologias políticas do século xix
Ideologias políticas do século xixIdeologias políticas do século xix
Ideologias políticas do século xix
 
3° ano - Guerra Fria
3° ano - Guerra Fria3° ano - Guerra Fria
3° ano - Guerra Fria
 
PLANO DE AULA – PRIMEIRA REPÚBLICA.
PLANO DE AULA – PRIMEIRA REPÚBLICA.PLANO DE AULA – PRIMEIRA REPÚBLICA.
PLANO DE AULA – PRIMEIRA REPÚBLICA.
 
Proclamação da república
Proclamação da repúblicaProclamação da república
Proclamação da república
 
O continente americano completo
O continente americano  completoO continente americano  completo
O continente americano completo
 
Atividade de História - A vida cultural na Europa medieval
Atividade de História  - A vida cultural na Europa medievalAtividade de História  - A vida cultural na Europa medieval
Atividade de História - A vida cultural na Europa medieval
 
O golpe de 1964
O golpe de 1964O golpe de 1964
O golpe de 1964
 
Independencia dos Estados Unidos
Independencia dos Estados UnidosIndependencia dos Estados Unidos
Independencia dos Estados Unidos
 
História da África e escravidão africana
História da África e escravidão africanaHistória da África e escravidão africana
História da África e escravidão africana
 
Fascismo e nazismo
Fascismo e nazismoFascismo e nazismo
Fascismo e nazismo
 
Idade Média - Feudalismo - Reino Franco
Idade Média - Feudalismo - Reino FrancoIdade Média - Feudalismo - Reino Franco
Idade Média - Feudalismo - Reino Franco
 
Cruzadinha crise de 1929 ok
Cruzadinha crise de 1929 okCruzadinha crise de 1929 ok
Cruzadinha crise de 1929 ok
 
PPT - A 2ª. Guerra de uma forma diferente
PPT - A 2ª. Guerra de uma forma diferentePPT - A 2ª. Guerra de uma forma diferente
PPT - A 2ª. Guerra de uma forma diferente
 
A Guerra Fria
A Guerra FriaA Guerra Fria
A Guerra Fria
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundial
 

Semelhante a ESTUDO DIRIGIDO REVOLUÇÃO RUSSA - Prof. Ms. Noe Assunção

Revolução Russa
Revolução RussaRevolução Russa
Revolução Russadmflores21
 
Revolução russa slide
Revolução russa slideRevolução russa slide
Revolução russa slideIsabel Aguiar
 
Revolução Russa
Revolução RussaRevolução Russa
Revolução RussaAlan
 
Revolução Russa slide.pptx
Revolução Russa slide.pptxRevolução Russa slide.pptx
Revolução Russa slide.pptxMayconNogueira2
 
Roteiro de Aula - Revolução Russa de 1917
Roteiro de Aula - Revolução Russa de 1917Roteiro de Aula - Revolução Russa de 1917
Roteiro de Aula - Revolução Russa de 1917josafaslima
 
Quem foi lênin vladimir illitch-ulianov
Quem foi lênin vladimir illitch-ulianovQuem foi lênin vladimir illitch-ulianov
Quem foi lênin vladimir illitch-ulianovmarcosfm32
 
Historiando sob diversos olhares
Historiando sob diversos olharesHistoriando sob diversos olhares
Historiando sob diversos olharesJanayna Lira
 
Historiando sob diversos olhares
Historiando sob diversos olharesHistoriando sob diversos olhares
Historiando sob diversos olharesJanayna Lira
 
A revolução proletária e a crise do sistema capitalista internacional
A revolução proletária e a crise do sistema capitalista internacionalA revolução proletária e a crise do sistema capitalista internacional
A revolução proletária e a crise do sistema capitalista internacionalEvonaldo Gonçalves Vanny
 
Revoluções Socialistas
  Revoluções Socialistas   Revoluções Socialistas
Revoluções Socialistas Fabio Salvari
 
Revolução russa(1917)
Revolução russa(1917)Revolução russa(1917)
Revolução russa(1917)lgreggio10
 
Revolução russa(1917)
Revolução russa(1917)Revolução russa(1917)
Revolução russa(1917)lgreggio10
 
Revolução Russa - Prof. Fernando Falcão - III ANO elisa
Revolução Russa - Prof. Fernando Falcão - III ANO elisaRevolução Russa - Prof. Fernando Falcão - III ANO elisa
Revolução Russa - Prof. Fernando Falcão - III ANO elisaPaulo Josué
 

Semelhante a ESTUDO DIRIGIDO REVOLUÇÃO RUSSA - Prof. Ms. Noe Assunção (20)

Revolução Russa
Revolução RussaRevolução Russa
Revolução Russa
 
Revolução russa
Revolução russaRevolução russa
Revolução russa
 
Revolução russa slide
Revolução russa slideRevolução russa slide
Revolução russa slide
 
Revolução Russa
Revolução RussaRevolução Russa
Revolução Russa
 
Revolução russa
Revolução russaRevolução russa
Revolução russa
 
Revolução Russa slide.pptx
Revolução Russa slide.pptxRevolução Russa slide.pptx
Revolução Russa slide.pptx
 
Roteiro de Aula - Revolução Russa de 1917
Roteiro de Aula - Revolução Russa de 1917Roteiro de Aula - Revolução Russa de 1917
Roteiro de Aula - Revolução Russa de 1917
 
Quem foi lênin vladimir illitch-ulianov
Quem foi lênin vladimir illitch-ulianovQuem foi lênin vladimir illitch-ulianov
Quem foi lênin vladimir illitch-ulianov
 
Aula 2 E 3
Aula 2 E 3Aula 2 E 3
Aula 2 E 3
 
Historiando sob diversos olhares
Historiando sob diversos olharesHistoriando sob diversos olhares
Historiando sob diversos olhares
 
Historiando sob diversos olhares
Historiando sob diversos olharesHistoriando sob diversos olhares
Historiando sob diversos olhares
 
A revolução proletária e a crise do sistema capitalista internacional
A revolução proletária e a crise do sistema capitalista internacionalA revolução proletária e a crise do sistema capitalista internacional
A revolução proletária e a crise do sistema capitalista internacional
 
A revolução russa
A revolução russaA revolução russa
A revolução russa
 
Revolução russa
Revolução russaRevolução russa
Revolução russa
 
Revoluções Socialistas
  Revoluções Socialistas   Revoluções Socialistas
Revoluções Socialistas
 
Revolução russa(1917)
Revolução russa(1917)Revolução russa(1917)
Revolução russa(1917)
 
Revolução russa(1917)
Revolução russa(1917)Revolução russa(1917)
Revolução russa(1917)
 
Revolução Russa - Prof. Fernando Falcão - III ANO elisa
Revolução Russa - Prof. Fernando Falcão - III ANO elisaRevolução Russa - Prof. Fernando Falcão - III ANO elisa
Revolução Russa - Prof. Fernando Falcão - III ANO elisa
 
Revolução Russa
Revolução RussaRevolução Russa
Revolução Russa
 
Revolução russa
Revolução russaRevolução russa
Revolução russa
 

Mais de Prof. Noe Assunção

ATIVIDADE SENSO COMUM- Prof.Ms.Noe Assunção
ATIVIDADE SENSO COMUM- Prof.Ms.Noe AssunçãoATIVIDADE SENSO COMUM- Prof.Ms.Noe Assunção
ATIVIDADE SENSO COMUM- Prof.Ms.Noe AssunçãoProf. Noe Assunção
 
CHEGADA DA FAMÍLIA REAL NO-BRASIL- Prof.Ms.Noe Assunção
CHEGADA DA FAMÍLIA REAL NO-BRASIL- Prof.Ms.Noe AssunçãoCHEGADA DA FAMÍLIA REAL NO-BRASIL- Prof.Ms.Noe Assunção
CHEGADA DA FAMÍLIA REAL NO-BRASIL- Prof.Ms.Noe AssunçãoProf. Noe Assunção
 
ESTUDO DIRIGIDO CONTRA REFORMA PROTESTANTE - Prof. Ms. Noe Assunção
ESTUDO DIRIGIDO CONTRA REFORMA PROTESTANTE - Prof. Ms. Noe AssunçãoESTUDO DIRIGIDO CONTRA REFORMA PROTESTANTE - Prof. Ms. Noe Assunção
ESTUDO DIRIGIDO CONTRA REFORMA PROTESTANTE - Prof. Ms. Noe AssunçãoProf. Noe Assunção
 
AULA1- REVOLUÇÃO RUSSA - Prof. Ms. Noe Assunção
AULA1- REVOLUÇÃO RUSSA - Prof. Ms. Noe AssunçãoAULA1- REVOLUÇÃO RUSSA - Prof. Ms. Noe Assunção
AULA1- REVOLUÇÃO RUSSA - Prof. Ms. Noe AssunçãoProf. Noe Assunção
 
ATIVIDADE SEGUNDA GUERRA - Prof. Ms. Noe Assunção
ATIVIDADE SEGUNDA GUERRA - Prof. Ms. Noe AssunçãoATIVIDADE SEGUNDA GUERRA - Prof. Ms. Noe Assunção
ATIVIDADE SEGUNDA GUERRA - Prof. Ms. Noe AssunçãoProf. Noe Assunção
 
AULA 2 SOCIALISMO CIENTIFICO.docx - Prof. Ms. Noe Assunção
AULA 2 SOCIALISMO CIENTIFICO.docx - Prof. Ms. Noe AssunçãoAULA 2 SOCIALISMO CIENTIFICO.docx - Prof. Ms. Noe Assunção
AULA 2 SOCIALISMO CIENTIFICO.docx - Prof. Ms. Noe AssunçãoProf. Noe Assunção
 
ATIVIDADE REVOLUÇÃO INDUSTRIA - Prof. Ms. Noe AssunçãoL.docx
ATIVIDADE REVOLUÇÃO INDUSTRIA - Prof. Ms. Noe AssunçãoL.docxATIVIDADE REVOLUÇÃO INDUSTRIA - Prof. Ms. Noe AssunçãoL.docx
ATIVIDADE REVOLUÇÃO INDUSTRIA - Prof. Ms. Noe AssunçãoL.docxProf. Noe Assunção
 
FILOSOFIA TEXTOS REVISTA EPOCA.docx
FILOSOFIA TEXTOS REVISTA EPOCA.docxFILOSOFIA TEXTOS REVISTA EPOCA.docx
FILOSOFIA TEXTOS REVISTA EPOCA.docxProf. Noe Assunção
 
AVALIAÇÃO FINAL O QUE É FILOSOFIA - Prof.Ms. Noe Assunção.docx
AVALIAÇÃO FINAL O QUE É FILOSOFIA - Prof.Ms. Noe Assunção.docxAVALIAÇÃO FINAL O QUE É FILOSOFIA - Prof.Ms. Noe Assunção.docx
AVALIAÇÃO FINAL O QUE É FILOSOFIA - Prof.Ms. Noe Assunção.docxProf. Noe Assunção
 
Queimando sutiã dia da mulher. Prof.Ms.Noe Assunção
Queimando sutiã dia da mulher. Prof.Ms.Noe AssunçãoQueimando sutiã dia da mulher. Prof.Ms.Noe Assunção
Queimando sutiã dia da mulher. Prof.Ms.Noe AssunçãoProf. Noe Assunção
 
Projeto de Vida. Atividade 2 identidade.
Projeto de Vida. Atividade 2  identidade.Projeto de Vida. Atividade 2  identidade.
Projeto de Vida. Atividade 2 identidade.Prof. Noe Assunção
 
Material impresso filosofia 3º ano - ensino regular - Prof. Ms. Noe Assunção
Material impresso filosofia  3º ano - ensino regular - Prof. Ms. Noe AssunçãoMaterial impresso filosofia  3º ano - ensino regular - Prof. Ms. Noe Assunção
Material impresso filosofia 3º ano - ensino regular - Prof. Ms. Noe AssunçãoProf. Noe Assunção
 
Material impresso filosofia 1 ano - ensino regular - Pro. Ms. Noe Assunção
Material impresso filosofia   1 ano - ensino regular - Pro. Ms. Noe AssunçãoMaterial impresso filosofia   1 ano - ensino regular - Pro. Ms. Noe Assunção
Material impresso filosofia 1 ano - ensino regular - Pro. Ms. Noe AssunçãoProf. Noe Assunção
 
Material impresso filosofia 2 ano - ensino regular - Prof Ms. Noe Assunção
Material impresso filosofia   2 ano - ensino regular - Prof Ms. Noe AssunçãoMaterial impresso filosofia   2 ano - ensino regular - Prof Ms. Noe Assunção
Material impresso filosofia 2 ano - ensino regular - Prof Ms. Noe AssunçãoProf. Noe Assunção
 
Atividade sobre o documentário "clandestinas"- Prof. Noe Assunção
Atividade sobre o documentário "clandestinas"- Prof. Noe AssunçãoAtividade sobre o documentário "clandestinas"- Prof. Noe Assunção
Atividade sobre o documentário "clandestinas"- Prof. Noe AssunçãoProf. Noe Assunção
 
Documentario clandestinas debate filosofico - Prof. Ms. Noe Assunção
Documentario clandestinas  debate filosofico - Prof. Ms. Noe AssunçãoDocumentario clandestinas  debate filosofico - Prof. Ms. Noe Assunção
Documentario clandestinas debate filosofico - Prof. Ms. Noe AssunçãoProf. Noe Assunção
 
Atividade do filme tempos modernos - Prof. Ms. Noe Assunção
Atividade do filme tempos modernos - Prof. Ms. Noe AssunçãoAtividade do filme tempos modernos - Prof. Ms. Noe Assunção
Atividade do filme tempos modernos - Prof. Ms. Noe AssunçãoProf. Noe Assunção
 

Mais de Prof. Noe Assunção (20)

ATIVIDADE SENSO COMUM- Prof.Ms.Noe Assunção
ATIVIDADE SENSO COMUM- Prof.Ms.Noe AssunçãoATIVIDADE SENSO COMUM- Prof.Ms.Noe Assunção
ATIVIDADE SENSO COMUM- Prof.Ms.Noe Assunção
 
CHEGADA DA FAMÍLIA REAL NO-BRASIL- Prof.Ms.Noe Assunção
CHEGADA DA FAMÍLIA REAL NO-BRASIL- Prof.Ms.Noe AssunçãoCHEGADA DA FAMÍLIA REAL NO-BRASIL- Prof.Ms.Noe Assunção
CHEGADA DA FAMÍLIA REAL NO-BRASIL- Prof.Ms.Noe Assunção
 
ESTUDO DIRIGIDO CONTRA REFORMA PROTESTANTE - Prof. Ms. Noe Assunção
ESTUDO DIRIGIDO CONTRA REFORMA PROTESTANTE - Prof. Ms. Noe AssunçãoESTUDO DIRIGIDO CONTRA REFORMA PROTESTANTE - Prof. Ms. Noe Assunção
ESTUDO DIRIGIDO CONTRA REFORMA PROTESTANTE - Prof. Ms. Noe Assunção
 
AULA1- REVOLUÇÃO RUSSA - Prof. Ms. Noe Assunção
AULA1- REVOLUÇÃO RUSSA - Prof. Ms. Noe AssunçãoAULA1- REVOLUÇÃO RUSSA - Prof. Ms. Noe Assunção
AULA1- REVOLUÇÃO RUSSA - Prof. Ms. Noe Assunção
 
ATIVIDADE SEGUNDA GUERRA - Prof. Ms. Noe Assunção
ATIVIDADE SEGUNDA GUERRA - Prof. Ms. Noe AssunçãoATIVIDADE SEGUNDA GUERRA - Prof. Ms. Noe Assunção
ATIVIDADE SEGUNDA GUERRA - Prof. Ms. Noe Assunção
 
AULA 2 SOCIALISMO CIENTIFICO.docx - Prof. Ms. Noe Assunção
AULA 2 SOCIALISMO CIENTIFICO.docx - Prof. Ms. Noe AssunçãoAULA 2 SOCIALISMO CIENTIFICO.docx - Prof. Ms. Noe Assunção
AULA 2 SOCIALISMO CIENTIFICO.docx - Prof. Ms. Noe Assunção
 
ATIVIDADE REVOLUÇÃO INDUSTRIA - Prof. Ms. Noe AssunçãoL.docx
ATIVIDADE REVOLUÇÃO INDUSTRIA - Prof. Ms. Noe AssunçãoL.docxATIVIDADE REVOLUÇÃO INDUSTRIA - Prof. Ms. Noe AssunçãoL.docx
ATIVIDADE REVOLUÇÃO INDUSTRIA - Prof. Ms. Noe AssunçãoL.docx
 
AULA O LIBERALISMO.docx
AULA O LIBERALISMO.docxAULA O LIBERALISMO.docx
AULA O LIBERALISMO.docx
 
FILOSOFIA TEXTOS REVISTA EPOCA.docx
FILOSOFIA TEXTOS REVISTA EPOCA.docxFILOSOFIA TEXTOS REVISTA EPOCA.docx
FILOSOFIA TEXTOS REVISTA EPOCA.docx
 
AVALIAÇÃO FINAL O QUE É FILOSOFIA - Prof.Ms. Noe Assunção.docx
AVALIAÇÃO FINAL O QUE É FILOSOFIA - Prof.Ms. Noe Assunção.docxAVALIAÇÃO FINAL O QUE É FILOSOFIA - Prof.Ms. Noe Assunção.docx
AVALIAÇÃO FINAL O QUE É FILOSOFIA - Prof.Ms. Noe Assunção.docx
 
AVALIAÇÃO FINAL CIDADANIA.docx
AVALIAÇÃO FINAL CIDADANIA.docxAVALIAÇÃO FINAL CIDADANIA.docx
AVALIAÇÃO FINAL CIDADANIA.docx
 
Queimando sutiã dia da mulher. Prof.Ms.Noe Assunção
Queimando sutiã dia da mulher. Prof.Ms.Noe AssunçãoQueimando sutiã dia da mulher. Prof.Ms.Noe Assunção
Queimando sutiã dia da mulher. Prof.Ms.Noe Assunção
 
Projeto de Vida. Atividade 2 identidade.
Projeto de Vida. Atividade 2  identidade.Projeto de Vida. Atividade 2  identidade.
Projeto de Vida. Atividade 2 identidade.
 
Material impresso filosofia 3º ano - ensino regular - Prof. Ms. Noe Assunção
Material impresso filosofia  3º ano - ensino regular - Prof. Ms. Noe AssunçãoMaterial impresso filosofia  3º ano - ensino regular - Prof. Ms. Noe Assunção
Material impresso filosofia 3º ano - ensino regular - Prof. Ms. Noe Assunção
 
Material impresso filosofia 1 ano - ensino regular - Pro. Ms. Noe Assunção
Material impresso filosofia   1 ano - ensino regular - Pro. Ms. Noe AssunçãoMaterial impresso filosofia   1 ano - ensino regular - Pro. Ms. Noe Assunção
Material impresso filosofia 1 ano - ensino regular - Pro. Ms. Noe Assunção
 
Material impresso filosofia 2 ano - ensino regular - Prof Ms. Noe Assunção
Material impresso filosofia   2 ano - ensino regular - Prof Ms. Noe AssunçãoMaterial impresso filosofia   2 ano - ensino regular - Prof Ms. Noe Assunção
Material impresso filosofia 2 ano - ensino regular - Prof Ms. Noe Assunção
 
Atividade clandestinas1
Atividade clandestinas1Atividade clandestinas1
Atividade clandestinas1
 
Atividade sobre o documentário "clandestinas"- Prof. Noe Assunção
Atividade sobre o documentário "clandestinas"- Prof. Noe AssunçãoAtividade sobre o documentário "clandestinas"- Prof. Noe Assunção
Atividade sobre o documentário "clandestinas"- Prof. Noe Assunção
 
Documentario clandestinas debate filosofico - Prof. Ms. Noe Assunção
Documentario clandestinas  debate filosofico - Prof. Ms. Noe AssunçãoDocumentario clandestinas  debate filosofico - Prof. Ms. Noe Assunção
Documentario clandestinas debate filosofico - Prof. Ms. Noe Assunção
 
Atividade do filme tempos modernos - Prof. Ms. Noe Assunção
Atividade do filme tempos modernos - Prof. Ms. Noe AssunçãoAtividade do filme tempos modernos - Prof. Ms. Noe Assunção
Atividade do filme tempos modernos - Prof. Ms. Noe Assunção
 

Último

SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIMSOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIMHisrelBlog
 
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...assessoriaff01
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...azulassessoriaacadem3
 
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...excellenceeducaciona
 
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...apoioacademicoead
 
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdfPlanejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdfCludiaFrancklim
 
Jornal DeClara n.º 73 fevereiro 2024, Clara de Resende
Jornal DeClara n.º 73 fevereiro 2024, Clara de ResendeJornal DeClara n.º 73 fevereiro 2024, Clara de Resende
Jornal DeClara n.º 73 fevereiro 2024, Clara de ResendeIsabelPereira2010
 
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...excellenceeducaciona
 
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...azulassessoriaacadem3
 
08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da Mulher08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da MulherMary Alvarenga
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...azulassessoriaacadem3
 
ATIVIDADE 1 - TEORIA DO DIREITO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEORIA DO DIREITO - 51/2024ATIVIDADE 1 - TEORIA DO DIREITO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEORIA DO DIREITO - 51/2024excellenceeducaciona
 
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxCRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxJean Carlos Nunes Paixão
 
ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024excellenceeducaciona
 
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento Mary Alvarenga
 
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...apoioacademicoead
 
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;azulassessoriaacadem3
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...excellenceeducaciona
 
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...azulassessoriaacadem3
 

Último (20)

SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIMSOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
 
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
 
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
 
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
 
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdfPlanejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdf
 
Jornal DeClara n.º 73 fevereiro 2024, Clara de Resende
Jornal DeClara n.º 73 fevereiro 2024, Clara de ResendeJornal DeClara n.º 73 fevereiro 2024, Clara de Resende
Jornal DeClara n.º 73 fevereiro 2024, Clara de Resende
 
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
 
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
 
08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da Mulher08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da Mulher
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
 
ATIVIDADE 1 - TEORIA DO DIREITO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEORIA DO DIREITO - 51/2024ATIVIDADE 1 - TEORIA DO DIREITO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEORIA DO DIREITO - 51/2024
 
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxCRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
 
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docxGABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
 
ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
 
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
 
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
 
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
 

ESTUDO DIRIGIDO REVOLUÇÃO RUSSA - Prof. Ms. Noe Assunção

  • 1. ESTUDO DIRIGIDO – REVOLUÇÃO RUSSA A Revolução Russa de 1917 foi o movimento popular que envolveu uma série de movimentos políticos ocorridos na Rússia durante a Primeira Guerra Mundial, indo contra o governo do czar Nicolau II O levante popular conseguiu acabar com a monarquia e implantaram outro tipo de regime, inspirado em ideais socialistas. Esse processo levou ao surgimento da União Soviética, instaurada até 1991. A Rússia no começo do século XX, era considerada um país fraco, ou seja, a sua economia era atrasada e não havia grande rendimento nas cidades, pois a sua produção estava concentrada no campo, sendo o sistema feudal o predominante. O QUE CAUSOU A REVOLUÇÃO RUSSA? A Rússia passava por um período em que a liberdade era quase inexistente, os camponeses viviam submetidos à nobreza latifundiária. Apesar de serem livres, eram subjugados pelo imperador czar. O país não conseguia se modernizar por que a economia era fraca. Apesar do czar ter aprovado a abolição da servidão, em 1861, e a reforma agrária, a situação ainda não melhorava, principalmente por que não havia liberdade de expressão e a opressão era fortemente usada contra quem não apoiava o sistema. As universidades, a imprensa, mídias, tribunais, tudo era controlado pela polícia e pelos políticos. Ainda havia a prática de serviços secretos durante a Rússia czarista, chamada Ochrana. Vários cidadãos foram presos, mortos e exilados por ir contra ou não concordar com as práticas governamentais. Durante o período de 1894 até 1947, o czar em seu governo tentou acelerar a industrialização russa por meio do capital estrangeiro, porém a fome, o desemprego, as condições básicas e os salários só diminuíam cada vez mais. Além dos camponeses, a burguesia também não estava satisfeita com a situação atual, pois o capital estava concentrado nas mãos de banqueiros, grandes latifundiários e empresários. Alguns partidos começaram a ser clandestinos, um exemplo é o Partido Social Democrata liderado por Plekhanov e Lenin, O Partido Social Democrata teve grande destaque durante esse período, porém houve divergências entre os líderes, o que fez o partido se dividir em dois:  Bolcheviques que em russo significa maioria. Eram liderados por Lenin, que era a favor da revolução armada comunista para chegar ao poder. De fato, eles chegaram por meio da violência e Lenin mandou matar a todos que descordassem da revolução.  Mencheviques que em russo significa minoria. Eram liderados por Plekhanov, a favor do ideal evolucionista, queriam conquistar o poder por meio de atividades pacíficas como as eleições. REVOLTA SOCIAL DE 1905 No ano de 1905, em frente ao Palácio de Inverno de São Petersburgo, ocorria um protesto pacífico contra o governo atual. O objetivo era entregar um abaixo assinado para o czar. Porém os soldados que estavam presentes no palácio partiram para a agressão, matando mais de mil pessoas. Esse dia foi denominado de Domingo Sangrento e fez com que novos protestos surgissem por toda a Rússia. O imperador Czar, analisando a situação de tantos protestos, promulgou a Constituição e autorizou eleições para a Duma, ou seja, Parlamento, o que fez a Rússia se tornar uma monarquia constitucional. O governo conseguiu combater as manifestações de 1905, pois na realidade ele autorizou as eleições para pensar em uma maneira de acabar com as agitações sociais e os sovietes. CONSEQUÊNCIAS DA REVOLUÇÃO RUSSA Os sovietes fizeram pressão no atual governo para que a anistia fosse dada para todos aqueles que foram condenados no governo czar. Com a grande pressão, o governo concedeu o pedido e então Lenin voltou para a Rússia e liderou os bolcheviques, defendendo o lema “Paz, terra e pão” e “Todo o poder aos sovietes”. Lenin, liderou uma enorme quantidade de pessoas para tomar o poder, sendo essa massa composta principalmente por camponeses e operários no dia 6 de novembro. Assim que os bolcheviques conquistaram o poder, as terras foram distribuídas e houve a estatização dos bancos,ou seja o Estado era responsável em administrar os bancos, estradas de ferro e indústrias. Com o Estado grande e poderoso, controlando vários setores da sociedade, em 5 de setembro de 1918 foi instaurado o Terror Vermelho. O QUE FOI O TERROR VERMELHO? Foi uma resolução especial adotada pela liderança dos bolcheviques. Eles definiram que “todos os que tivessem qualquer relação com organizações, conspirações e motins dos Brancos deviam ser mortos a tiros”. O historiador Serguêi Vôlkov afirma que, entre 1917 e 1922, os bolcheviques mataram quase dois milhões de pessoas. O imperador czar, foi morto juntamente com a sua família em julho de 1918, pois temiam a volta da monarquia. Os bolcheviques retiraram a Rússia da guerra, e em fevereiro de 1918 assinaram o Tratado de Brest-Litovsk com as Potências Centrais, que entregava a Finlândia, Países Bálticos, Polônia, Ucrânia, Bielorrúsia, entre outros.
  • 2. FIM DA REVOLUÇÃO Lenin morreu em 1924 e logo após a sua morte Trotsky e Stalin lutaram para assumir a liderança. Stalin venceu a disputa e expulsou Trotsky do país, que foi morto em 1940 na cidade do México. Stalin foi um dos maiores inimigos da Alemanha durante a Segunda Guerra Mundial. Ele e os seus seguidores foram responsáveis pelo morte de mais de 20 milhões de pessoas durante a União das Repúblicas Socialistas Soviéticas. ESTUDO DIRIGIDO – REVOLUÇÃO RUSSA 1) Qual era a situação político-econômica da Rússia antes de 1917. 2) Estabeleça as principais características das correntes políticas menchevique e bolchevique.Quem eram seus líderes? 3) Sobre a Revolta Social de 1905 na Rússia, cite: a) Objetivos do movimento. b) Participantes: c) Atitude do governo: d) Consequências: 4) Cite os motivos da insatisfação.dos camponeses e burguesia com o governo do czar no contexto da revolução. 5) O que foi o Terror Vermelho? 6) Explique o sentido da expressão “estatização da economia”. 7) Qual grupo liderou o Terror vermelho? 8) Quais os lemas defendidos pelos bolcheviques durante a Revolução Russa? 9) Resuma o período em que Stalin esteve no poder na URSS. 10)Depois de ter lido o texto apresentado e feito o estudo dirigido escreva com suas palavras o que significa para você a palavra REVOLUÇÃO. 11) A Revolução Socialista na Rússia, em 1917, foi um dos acontecimentos mais significativos do século XX, uma vez que derrubou o regime czarista e estabeleceu o socialismo no país. Sobre o contexto sociopolítico anterior à Revolução, analise as afirmativas a seguir e marque as CORRETAS ( ) A maior parte da população estava no campo, submetida a condições de trabalho muito precárias devido a um sistema fundiário concentrado. ( ) A indústria e o setor financeiro se desenvolveram muito ao longo do século XIX e se tornaram a base de uma forte burguesia nacional. A burguesia e os camponeses estavam satisfeitos com o governo do czar ( ) Os dois lemas defendidos por Lenin que liderou os bolcheviques eram“Paz, terra e pão” e “Todo o poder aos sovietes”. ( ) A Rússia no começo do século XX, era considerada um país fraco, ou seja, a sua economia era atrasada e não havia grande rendimento nas cidades, pois a sua produção estava concentrada no campo, 12) A revolução de fevereiro de 1917, na Rússia, pode ser caracterizada como: a) uma luta encabeçada por Lenin para estabelecer um estado soviético. b) uma reação da Igreja Ortodoxa contra a prepotência de Rasputin. c) um conflito de inspiração rural a fim de apoiar os mujiques. d) um movimento de caráter burguês com o objetivo de depor o czar Nicolau II. e) um esforço de intelectuais, comprometidos com as ideias anarquistas de Bakunin. 13) "... derrotas na guerra, deserções, motins militares contra os superiores, greves nas fábricas, falta de gêneros alimentícios e combustíveis nas principais cidades, queda na produção, aviltamento dos salários, incapacidade governamental, desemprego e crescente miséria das massas." O quadro descrito no texto conduziu à: a) crescente satisfação da burguesia russa em relação ao governo do Czar. b) Permanência do czar no governo da Rússia. c) rebelião dos camponeses a favor do czar.. d) Segunda Guerra Mundial em 1939. e) Revolução Russa BONS ESTUDOS!