SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 10
Como fazer um trabalho de pesquisa


      Fazer um trabalho de pesquisa é uma forma

de aprender mais sobre um determinado tema,

portanto, deves fazê-lo de forma correcta. Não

basta ir à Internet, escrever no Google as palavras

do tema e copiar as informações que encontras no

primeiro site que aparece. Desta forma nada

aprendes, é tempo perdido. Este tipo de trabalho

requer tempo, disponibilidade e muita dedicação.

      Apresentamos-te, a seguir, um guião que te ajudará a fazer um trabalho de pesquisa

de acordo com as regras a que ele está sujeito



                                          Guião


   1. Plano de trabalho: antes de começar a pesquisa, deves saber claramente o que

      queres pesquisar dentro de um determinado tema:

    Primeiramente, deves perguntar-te: “Que conhecimento tenho acerca do tema? e
   tomar nota de tudo o que já sabes, fazendo um “brainstorm”;

    depois, deves colocar as questões que gostarias de ver respondidas no teu trabalho:
                    porque é que…?,

                    onde é que…?,

                    como é que…?,

                    quando…?,

                    etc



    de seguida, é preciso reflectir       nas fontes de informação mais adequadas a

   consultar:


                                                                                       1
     onde encontrar informação?

                               - a Biblioteca da tua escola, ou da tua área de residência, oferece -

                        te vários suportes de informação onde podes procurar o que precisas:

                        livros, enciclopédias, revistas, jornais, CD-ROM, cassetes de vídeo,

                        diapositivos, transparências e Internet.



                          quem me pode ajudar a encontrar o que necessito?

                                  - posso descobrir sozinho;

                                  - através do professor bibliotecário/coordenador da minha

                           escola;

                                  - através do meu professor;

                                  - através dos meus pais



                          Como seleccionar as fontes?

                                     - deves seleccionar as fontes/documentos mais ricos em

                            informação.



       Finalmente, deves definir o tempo de duração e execução do trabalho, de acordo
      com a data de entrega estabelecida.




      2. recolha de informação:



       Lê, visiona, ouve as tuas fontes;


       Toma notas numa folha ou no processador de texto:


      Esta é uma tarefa importantíssima, pois é com base nestas notas que irás desenvolver o

teu     trabalho.       Mas,    perante     toda   a   informação   que

encontramos ao consultar as nossas fontes, por vezes temos

dificuldade em seleccionar o que é importante.



                                                                                                  2
       pergunta-te: “Esta informação permite responder às questões que

               coloquei no meu plano de trabalho? Se não, então não interessa;

                      quando encontrares ideias interessantes sobre o tema que não te

               tinham ocorrido quando planificaste o teu trabalho, toma nota dessa

               informação, porque poderá vir a ser útil para enriquecer o produto final;

                      deves fazer uma segunda leitura;

                      ao tomar notas, convém utilizar as tuas próprias palavras, sem alterar

               as ideias do texto;

                      não registes o que não entendes;

                      sempre que entendas necessário fazer uma citação (cópia de um texto

               ou parte de um texto), lembra-te que deves tomar nota do autor, da obra

               citada e da página, pois precisarás destas informações quando estiveres a

               fazer o trabalho final;

                      regista as fontes consultadas para as referires na bibliografia



   3. Preparação do texto final



       Para a elaboração de um trabalho escrito há regras que têm de ser respeitadas.

       Qualquer trabalho escrito deverá ter:

                      Capa

                      Índice

                      Introdução

                      Desenvolvimento

                      Conclusão

                      Bibliografia

                      Anexos




CAPA



       A capa deve ser simples e pode conter desenhos ou gravuras. Para uma correcta

apresentação, dela farão parte os seguintes elementos:
                                                                                           3
Nome da Escola                                         Escola Básica Integrada de Campia



Disciplina ou área a que se destina o

trabalho                                                        Língua Portuguesa



Título do trabalho                                     OS PROVÉRBIOS PORTUGUESES



Identificação do(s) aluno(s) (nome do aluno

ou   alunos   que    realizaram   o   trabalho),

número, turma                                      Filipa Rodrigues, nº6, 5ºD

Nome do(a) professor(a)                            Professor João Antunes



Mês e ano em que o trabalho foi elaborado                        Março de 2006




ÍNDICE



       No índice deves escrever o nome das partes que constituem o trabalho.

       À frente de cada uma escreve o número da página onde se inicia o assunto, como no

exemplo que a seguir te apresento:



Assunto………………………………………………………………………………………………..pág.3

Assunto………………………………………………………………………………………………..pág.7

Assunto………………………………………………………………………………………………..pág.8



Tem em conta que a capa não é numerada.

É mais fácil fazer o índice quando o trabalho já estiver concluído pois, assim, já sabemos o

número de páginas que esse trabalho vai ter.




                                                                                           4
INTRODUÇÃO



      A introdução é um pequeno texto em que informarás o leitor sobre:

             o tema que vais tratar e como o irás fazer;

             com que objectivo foi feito o trabalho;

             o modo como organizaste o trabalho;

             as dificuldades que sentiste na tua pesquisa.




DESENVOLVIMENTO



O desenvolvimento é a parte mais importante, mas também a mais difícil, do trabalho. Deve

ser redigido e, se possível, ilustrado, com muito cuidado, tendo como base o estudo e a

pesquisa previamente feitos e não deve ultrapassar três páginas.

                   analisa as notas que tomastes e organiza os dados recolhidos por

              ordem de importância. Assim poderás organizar a tua exposição de forma

              ordenada em pequenos capítulos, apresentados separadamente;

                   redige o texto de forma clara, concisa, coerente, com vocabulário

              adequado, utilizando palavras tuas. Não deves ceder à tendência de copiar

              textos de páginas da NET.;

                   não registes nada que não entendas;

                   poderás citar um texto ou partes de um texto. Quando isso acontecer,

              deves colocar o que queres copiar entre aspas e, em nota de rodapé, referir

              o autor, a obra citada e a página;

                   podes, ainda, utilizar elementos tais como gráficos, mapas ou gravuras

              sempre acompanhados de número e legenda.



CONCLUSÃO



      A conclusão deve ser breve e nela poderás:

             apresentar resultados;

             fazer um resumo do tema que pesquisaste;
                                                                                        5
   referir o que possas ter aprendido com a elaboração do trabalho;

                indicar se gostaste ou não de realizar o trabalho e porquê;

                indicar temas que se relacionem com o teu trabalho e que poderão servir à

                 elaboração de um outro trabalho de pesquisa.



 BIBLIOGRAFIA



         Na bibliografia deve constar a lista de nomes dos autores, dos livros e outros

 documentos consultados. Também aqui há regras que deves cumprir:



 LIVRO

 Livro de um só autor: Último nome do autor em maiúsculas, Outros nomes - Título do livro:
 subtítulo. Nº da edição. Local da publicação: Editora, Ano da publicação. ISBN



 FERREIRA, Daniel Marques – Primavera interrompida. 2ª ed. Porto: Âmbar, 2000. ISBN
 972-43-0314-4



Autor(a)                   Título   do                      Local   da     Editora   Ano     da
                                           Nº da edição     publicação               publicação
(aparece o apelido em 1º   livro
lugar e em maiúsculas)


                                    ISBN


 Livro de 2 ou 3 autores: os nomes dos autores são apresentados da mesma forma que no
 caso de um só autor, separados por vírgula. As restantes informações aparecem como
 indicado para os livros de um só autor



 Livro de mais de três autores: indica-se apenas o primeiro autor seguido de [et al.]. As
 restantes informações aparecem como indicado para os livros de um só autor



 Livro sem autor ou editor: o 1º elemento a ser referido é o título. A 1ª palavra do título
 deve aparecer em maiúsculas. As restantes informações aparecem como indicado para os
 livros de um só autor




                                                                                             6
PUBLICAÇÃO PERIÓDICA: revista / artigo de jornal

Último nome do autor em maiúsculas, Outros nomes - Título do artigo. Título do Periódico
(sublinhado ou itálico). Local da edição. ISSN. Vol., nº. (data da publicação). Páginas em que
se encontra o artigo.

McKIBBEN, Bill – As novas contas do carbono. National Geographic Portugal. Lisboa. nº 80
(2007). p. 3-7.

HALPERN, Manuel – O mistério de Eça e Ramalho. Jornal de Letras, Artes e Ideias. (9 a 22
de Maio 2007). p. 33.



DOCUMENTOS ÁUDIO-VISUAIS

A referência bibliográfica de documentos audiovisuais deve incluir os seguintes elementos:
Nome do autor (se existir) - Título. Local de edição: editor/distribuidor, ano de publicação.
Designação específica do material (Extensão): outras indicações

 Nome do autor          Título          Local da edição      Editor            Ano da Edição




ELLIS, Gail – Sky. We’re Kids in Britain. Londres: Longman, 2004. 1 cassete vídeo (VHS)

(40min.): col., son.


                                                                      Designação
  Extensão             Outras indicações:                             específica
                        colorido, sonoro




SITES DA INTERNET



Quando o site tem autor

CORREIA, Ana Mª Ramalho – Literacia da Informação para uma cidadania activa e
Eficiente [em linha]. Lisboa: Instituto Superior de Estatística. Universidade de Lisboa.
(consultado             em             2006-12-22).             Disponível           em
WWW.Infolit.org/Intrenacionalconference/papers/correia-portuguese-fullpaper.pdf



CORREIA, Ana Mª Ramalho – Literacia da Informação para uma cidadania activa e


          Nome do autor do                    Título do documento
            documento
                                                                                               7
Eficiente [em linha]. Lisboa: Instituto Superior de Estatística. Universidade de Lisboa.



      Tipo de suporte    Local de edição         Editor



(consultado em 2006-12-22). Disponível em


  Data de acesso              endereço



WWW.Infolit.org/Intrenacionalconference/papers/correia-portuguese-fullpaper.pdf




Quando o site não tem autor: procede-se como para a referência de site com autor, mas
iniciando a referência pelo título.




ANEXOS

Aqui deverá ser incluído todo o material extra de que te socorreste para fazer o trabalho

ou que serviu de complemento ao mesmo (inquéritos, gráficos…), mas que não faz sentido

colocares no corpo do trabalho. Claro que terás que referir o anexo (anexo 1, anexo 2)

sempre que falares de algo que se baseie nele.




   4. Avaliação



   Antes de entregar o teu trabalho ou de o apresentar, deverás fazer uma reflexão

   sobre ele.

   Para saber se o que fizeste foi o melhor, poderás preencher a seguinte grelha,

   atribuindo a cada item a classificação de 2 a 5 (2- Não Satisfaz; 3 – Satisfaz; 4 – Bom;

   5 – Muito bom)



                                                                                           8
a.     Para realizar este trabalho, segui as diferentes etapas de elaboração de um
trabalho de pesquisa;

b.    A informação que encontrei ao longo da minha pesquisa foi suficiente e
adequada para responder às questões que coloquei no meu plano de trabalho;

c.     O meu trabalho respeita todas as regras de apresentação de um trabalho
escrito;
d.       O meu trabalho está organizado e bem apresentado;

e.       Citei correctamente as minhas fontes;

f.       Apliquei bem o tempo que tinha para realizar as tarefas;

g.       Vou sentir-me orgulhoso se alguém vir este trabalho.




     5. Apresentação oral do trabalho escrito



         Expor, oralmente, um trabalho requer que se cumpram algumas normas que não

deves esquecer:



Antes da apresentação, deves:

        Ler, com muito cuidado, tudo o que escreveste;

        Anotar as ideias principais sobre o assunto;

        Ordenar essas ideias;

        Preparar    com    antecedência,   o    equipamento

         necessário (imagens, “powerpoint”, cartaz…).



No momento da apresentação:

        Evita ler o trabalho;

        Fala com um tom de voz audível;

        Não te afastes do tema;

        Explica tudo aquilo que fores apresentando;

        Dá exemplos concretos das afirmações que fazes;

        Dá a tua opinião sobre o tema que investigaste;

                                                                                     9
Reserva algum tempo para as dúvidas que os teus colegas te queiram colocar.




Bom trabalho!




                                                                              10

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Como realizar um Trabalho Escrito
Como realizar um Trabalho EscritoComo realizar um Trabalho Escrito
Como realizar um Trabalho EscritoBibPFerreiro
 
Como Se Faz Um Trabalho Escolar
Como Se Faz Um Trabalho EscolarComo Se Faz Um Trabalho Escolar
Como Se Faz Um Trabalho EscolarSofia Cavaco
 
Folheto como fazer um trabalho escolar
Folheto como fazer um trabalho escolarFolheto como fazer um trabalho escolar
Folheto como fazer um trabalho escolarfilo-lima
 
Como fazer trabalhos escolares - Ensino Básico
Como fazer trabalhos escolares - Ensino BásicoComo fazer trabalhos escolares - Ensino Básico
Como fazer trabalhos escolares - Ensino BásicoCarlos Pinheiro
 
Metodologia: como fazer um trabalho escrito
Metodologia: como fazer um trabalho escrito Metodologia: como fazer um trabalho escrito
Metodologia: como fazer um trabalho escrito Bento Oliveira
 
Guião para a construção de trabalhos
Guião para a construção de trabalhosGuião para a construção de trabalhos
Guião para a construção de trabalhosSusana Jesus
 
13 como elaborar um trabalho escrito
13 como elaborar um trabalho escrito13 como elaborar um trabalho escrito
13 como elaborar um trabalho escritoBiblioteca Amares
 
Como fazer um trabalho escrito
Como fazer um trabalho escritoComo fazer um trabalho escrito
Como fazer um trabalho escritoCarlos Pinheiro
 
Como fazer um trabalho de pesquisa
Como fazer um trabalho de pesquisaComo fazer um trabalho de pesquisa
Como fazer um trabalho de pesquisaSamira Antunes
 
Como fazer um trabalho em word
Como fazer um trabalho em wordComo fazer um trabalho em word
Como fazer um trabalho em wordAnaGomes40
 
Modelo de trabalho escolar
Modelo de trabalho escolarModelo de trabalho escolar
Modelo de trabalho escolarSHEILA MONTEIRO
 
Como elaborar um trabalho escrito
Como elaborar um trabalho escritoComo elaborar um trabalho escrito
Como elaborar um trabalho escritocolegio elite
 
Apresentação de trabalhos
Apresentação de trabalhosApresentação de trabalhos
Apresentação de trabalhosbela610
 
Como Elaborar E Apresentar Um Trabalho Escrito
Como Elaborar E Apresentar Um Trabalho EscritoComo Elaborar E Apresentar Um Trabalho Escrito
Como Elaborar E Apresentar Um Trabalho Escritobe23ceb
 

Mais procurados (19)

Como realizar um Trabalho Escrito
Como realizar um Trabalho EscritoComo realizar um Trabalho Escrito
Como realizar um Trabalho Escrito
 
Pesquisa isabel
Pesquisa isabelPesquisa isabel
Pesquisa isabel
 
Tecnicas de estudo
Tecnicas de estudoTecnicas de estudo
Tecnicas de estudo
 
Como Se Faz Um Trabalho Escolar
Como Se Faz Um Trabalho EscolarComo Se Faz Um Trabalho Escolar
Como Se Faz Um Trabalho Escolar
 
Folheto como fazer um trabalho escolar
Folheto como fazer um trabalho escolarFolheto como fazer um trabalho escolar
Folheto como fazer um trabalho escolar
 
Como fazer trabalhos escolares - Ensino Básico
Como fazer trabalhos escolares - Ensino BásicoComo fazer trabalhos escolares - Ensino Básico
Como fazer trabalhos escolares - Ensino Básico
 
trabalhos escolares
trabalhos escolarestrabalhos escolares
trabalhos escolares
 
Metodologia: como fazer um trabalho escrito
Metodologia: como fazer um trabalho escrito Metodologia: como fazer um trabalho escrito
Metodologia: como fazer um trabalho escrito
 
Guião para a construção de trabalhos
Guião para a construção de trabalhosGuião para a construção de trabalhos
Guião para a construção de trabalhos
 
13 como elaborar um trabalho escrito
13 como elaborar um trabalho escrito13 como elaborar um trabalho escrito
13 como elaborar um trabalho escrito
 
Como fazer um trabalho escrito
Como fazer um trabalho escritoComo fazer um trabalho escrito
Como fazer um trabalho escrito
 
Como fazer um trabalho de pesquisa
Como fazer um trabalho de pesquisaComo fazer um trabalho de pesquisa
Como fazer um trabalho de pesquisa
 
Como fazer um trabalho em word
Como fazer um trabalho em wordComo fazer um trabalho em word
Como fazer um trabalho em word
 
Modelo de trabalho escolar
Modelo de trabalho escolarModelo de trabalho escolar
Modelo de trabalho escolar
 
Normas trabalho slides_2013
Normas trabalho slides_2013Normas trabalho slides_2013
Normas trabalho slides_2013
 
Como elaborar um trabalho escrito
Como elaborar um trabalho escritoComo elaborar um trabalho escrito
Como elaborar um trabalho escrito
 
Apresentação de trabalhos
Apresentação de trabalhosApresentação de trabalhos
Apresentação de trabalhos
 
Como fazer um trabalho?
Como fazer um trabalho?Como fazer um trabalho?
Como fazer um trabalho?
 
Como Elaborar E Apresentar Um Trabalho Escrito
Como Elaborar E Apresentar Um Trabalho EscritoComo Elaborar E Apresentar Um Trabalho Escrito
Como Elaborar E Apresentar Um Trabalho Escrito
 

Destaque

Jd Power Buick Jaguar Rank Highest Dependability03 2009
Jd Power Buick Jaguar Rank Highest Dependability03 2009Jd Power Buick Jaguar Rank Highest Dependability03 2009
Jd Power Buick Jaguar Rank Highest Dependability03 2009AutoAves
 
Conalep tlanepantla 1
Conalep tlanepantla 1Conalep tlanepantla 1
Conalep tlanepantla 1Jimena Chavez
 
High School Phase 1 Details
High School Phase 1 DetailsHigh School Phase 1 Details
High School Phase 1 DetailsJay Marino
 
This School
This SchoolThis School
This Schoolbondu
 
Sl erupsi akibat obat
Sl erupsi akibat obatSl erupsi akibat obat
Sl erupsi akibat obatElyas Andi
 
iphone app development
iphone app developmentiphone app development
iphone app developmenta86515
 
Lecturas 2012 2.0 last version
Lecturas 2012 2.0 last versionLecturas 2012 2.0 last version
Lecturas 2012 2.0 last version"Las Profes Talks"
 
Bubal 25 set 1 oct. IES Santa Ana de Candelaria, IES de Castuera de Badajoz
Bubal 25 set 1 oct. IES Santa Ana de Candelaria, IES de Castuera de BadajozBubal 25 set 1 oct. IES Santa Ana de Candelaria, IES de Castuera de Badajoz
Bubal 25 set 1 oct. IES Santa Ana de Candelaria, IES de Castuera de BadajozMaría José Paniagua Quevedo
 
Kinderlijk eenvoudige visuals in een presentatie
Kinderlijk eenvoudige visuals in een presentatieKinderlijk eenvoudige visuals in een presentatie
Kinderlijk eenvoudige visuals in een presentatiemarketingland
 
как научить ребенка различать лево и право
как научить ребенка различать лево и правокак научить ребенка различать лево и право
как научить ребенка различать лево и правоFintfin
 

Destaque (20)

Cientistas e Inventores Negros
Cientistas e Inventores NegrosCientistas e Inventores Negros
Cientistas e Inventores Negros
 
Jd Power Buick Jaguar Rank Highest Dependability03 2009
Jd Power Buick Jaguar Rank Highest Dependability03 2009Jd Power Buick Jaguar Rank Highest Dependability03 2009
Jd Power Buick Jaguar Rank Highest Dependability03 2009
 
2
22
2
 
Reference from Muschel KG
Reference from  Muschel KGReference from  Muschel KG
Reference from Muschel KG
 
Kedir-Leaflet1
Kedir-Leaflet1Kedir-Leaflet1
Kedir-Leaflet1
 
Conalep tlanepantla 1
Conalep tlanepantla 1Conalep tlanepantla 1
Conalep tlanepantla 1
 
High School Phase 1 Details
High School Phase 1 DetailsHigh School Phase 1 Details
High School Phase 1 Details
 
This School
This SchoolThis School
This School
 
Sl erupsi akibat obat
Sl erupsi akibat obatSl erupsi akibat obat
Sl erupsi akibat obat
 
Newsletter3
Newsletter3Newsletter3
Newsletter3
 
iphone app development
iphone app developmentiphone app development
iphone app development
 
Photos1950 1960~~~1
Photos1950 1960~~~1Photos1950 1960~~~1
Photos1950 1960~~~1
 
Lecturas 2012 2.0 last version
Lecturas 2012 2.0 last versionLecturas 2012 2.0 last version
Lecturas 2012 2.0 last version
 
Bubal 25 set 1 oct. IES Santa Ana de Candelaria, IES de Castuera de Badajoz
Bubal 25 set 1 oct. IES Santa Ana de Candelaria, IES de Castuera de BadajozBubal 25 set 1 oct. IES Santa Ana de Candelaria, IES de Castuera de Badajoz
Bubal 25 set 1 oct. IES Santa Ana de Candelaria, IES de Castuera de Badajoz
 
Kinderlijk eenvoudige visuals in een presentatie
Kinderlijk eenvoudige visuals in een presentatieKinderlijk eenvoudige visuals in een presentatie
Kinderlijk eenvoudige visuals in een presentatie
 
Composicion
ComposicionComposicion
Composicion
 
A Que Temo Mas
A Que Temo MasA Que Temo Mas
A Que Temo Mas
 
2
22
2
 
как научить ребенка различать лево и право
как научить ребенка различать лево и правокак научить ребенка различать лево и право
как научить ребенка различать лево и право
 
Ubuntu Tokyo Meeting 9.08
Ubuntu Tokyo Meeting 9.08Ubuntu Tokyo Meeting 9.08
Ubuntu Tokyo Meeting 9.08
 

Semelhante a Como fazer pesquisa

Como fazer um trabalho de pesquisa
Como fazer um trabalho de pesquisaComo fazer um trabalho de pesquisa
Como fazer um trabalho de pesquisamadalenat
 
Como apresentar um trabalho
Como apresentar um trabalhoComo apresentar um trabalho
Como apresentar um trabalholidia76
 
Guião de pesquisa e realização de trabalhos plus
Guião de pesquisa e realização de trabalhos plusGuião de pesquisa e realização de trabalhos plus
Guião de pesquisa e realização de trabalhos plusBCRE
 
Tecnicas de estudo
Tecnicas de estudoTecnicas de estudo
Tecnicas de estudoUFJF
 
Tecnicas de estudo
Tecnicas de estudoTecnicas de estudo
Tecnicas de estudoDilene Matos
 
APOSTILA DE ORIENTAÇÃO TRABALHOS ACADÊMICOS
APOSTILA DE ORIENTAÇÃO TRABALHOS ACADÊMICOS APOSTILA DE ORIENTAÇÃO TRABALHOS ACADÊMICOS
APOSTILA DE ORIENTAÇÃO TRABALHOS ACADÊMICOS Raquel Alves
 
Como fazer um trabalho de pesquisa aecs
Como fazer um trabalho de pesquisa aecsComo fazer um trabalho de pesquisa aecs
Como fazer um trabalho de pesquisa aecsbibliomag
 
Elaborar um trabalho pesquisa
Elaborar um trabalho pesquisaElaborar um trabalho pesquisa
Elaborar um trabalho pesquisaJoão Soares
 
Como fazer pesquisa de informação
Como fazer pesquisa de informaçãoComo fazer pesquisa de informação
Como fazer pesquisa de informaçãobela610
 
Como fazer um trabalho escrito
Como fazer um trabalho escritoComo fazer um trabalho escrito
Como fazer um trabalho escritoLuis Ribeiro
 
Como fazer trabalho_pesquisa-modelo
Como fazer trabalho_pesquisa-modeloComo fazer trabalho_pesquisa-modelo
Como fazer trabalho_pesquisa-modeloAlicePimenta
 
8 etapas do_trabalho_de_grupo
8 etapas do_trabalho_de_grupo8 etapas do_trabalho_de_grupo
8 etapas do_trabalho_de_grupolourde cruz
 
8 etapas do_trabalho_de_grupo
8 etapas do_trabalho_de_grupo8 etapas do_trabalho_de_grupo
8 etapas do_trabalho_de_grupolourde cruz
 
Guião de pesquisa
Guião de pesquisaGuião de pesquisa
Guião de pesquisaIsabel Lopes
 
Modelo big 6
Modelo big 6Modelo big 6
Modelo big 6Nelson
 

Semelhante a Como fazer pesquisa (20)

Como fazer um trabalho de pesquisa
Como fazer um trabalho de pesquisaComo fazer um trabalho de pesquisa
Como fazer um trabalho de pesquisa
 
Como apresentar um trabalho
Como apresentar um trabalhoComo apresentar um trabalho
Como apresentar um trabalho
 
Guião de pesquisa e realização de trabalhos plus
Guião de pesquisa e realização de trabalhos plusGuião de pesquisa e realização de trabalhos plus
Guião de pesquisa e realização de trabalhos plus
 
Tecnicas de estudo
Tecnicas de estudoTecnicas de estudo
Tecnicas de estudo
 
Tecnicas de estudo
Tecnicas de estudoTecnicas de estudo
Tecnicas de estudo
 
Estrutura trabalho escrito
Estrutura trabalho escritoEstrutura trabalho escrito
Estrutura trabalho escrito
 
APOSTILA DE ORIENTAÇÃO TRABALHOS ACADÊMICOS
APOSTILA DE ORIENTAÇÃO TRABALHOS ACADÊMICOS APOSTILA DE ORIENTAÇÃO TRABALHOS ACADÊMICOS
APOSTILA DE ORIENTAÇÃO TRABALHOS ACADÊMICOS
 
Elaborarumtrabalho
ElaborarumtrabalhoElaborarumtrabalho
Elaborarumtrabalho
 
Como fazer um trabalho de pesquisa aecs
Como fazer um trabalho de pesquisa aecsComo fazer um trabalho de pesquisa aecs
Como fazer um trabalho de pesquisa aecs
 
Elaborar um trabalho pesquisa
Elaborar um trabalho pesquisaElaborar um trabalho pesquisa
Elaborar um trabalho pesquisa
 
Como fazer pesquisa de informação
Como fazer pesquisa de informaçãoComo fazer pesquisa de informação
Como fazer pesquisa de informação
 
Como fazer um trabalho escrito
Como fazer um trabalho escritoComo fazer um trabalho escrito
Como fazer um trabalho escrito
 
Como estudar
Como estudarComo estudar
Como estudar
 
Como realizar o fichamento
Como realizar o fichamentoComo realizar o fichamento
Como realizar o fichamento
 
Como fazer trabalho_pesquisa-modelo
Como fazer trabalho_pesquisa-modeloComo fazer trabalho_pesquisa-modelo
Como fazer trabalho_pesquisa-modelo
 
8 etapas do_trabalho_de_grupo
8 etapas do_trabalho_de_grupo8 etapas do_trabalho_de_grupo
8 etapas do_trabalho_de_grupo
 
8 etapas do_trabalho_de_grupo
8 etapas do_trabalho_de_grupo8 etapas do_trabalho_de_grupo
8 etapas do_trabalho_de_grupo
 
Guião de pesquisa
Guião de pesquisaGuião de pesquisa
Guião de pesquisa
 
Modelo big 6
Modelo big 6Modelo big 6
Modelo big 6
 
Como realizar um trabalho
Como realizar um trabalhoComo realizar um trabalho
Como realizar um trabalho
 

Mais de Sandra Alves

Bd ciclo agua_inag
Bd ciclo agua_inagBd ciclo agua_inag
Bd ciclo agua_inagSandra Alves
 
Seca adultos poupar_agua
Seca adultos poupar_aguaSeca adultos poupar_agua
Seca adultos poupar_aguaSandra Alves
 
Plantar árvores para curar a terra
Plantar árvores para curar a terraPlantar árvores para curar a terra
Plantar árvores para curar a terraSandra Alves
 
Jornal 3º período
Jornal 3º períodoJornal 3º período
Jornal 3º períodoSandra Alves
 
3 ¦ desafio- biblioteca
3 ¦ desafio- biblioteca3 ¦ desafio- biblioteca
3 ¦ desafio- bibliotecaSandra Alves
 
Jornal 2º período
Jornal 2º períodoJornal 2º período
Jornal 2º períodoSandra Alves
 
Desafio kate perry_solucoes
Desafio kate perry_solucoesDesafio kate perry_solucoes
Desafio kate perry_solucoesSandra Alves
 
Desafio semana da floresta
Desafio semana da  floresta Desafio semana da  floresta
Desafio semana da floresta Sandra Alves
 
O dia internacional da mulher desafio be
O dia internacional da mulher   desafio beO dia internacional da mulher   desafio be
O dia internacional da mulher desafio beSandra Alves
 
Manual do utilizador
Manual do utilizadorManual do utilizador
Manual do utilizadorSandra Alves
 
Regulamento interno da biblioteca escolar
Regulamento interno da biblioteca escolarRegulamento interno da biblioteca escolar
Regulamento interno da biblioteca escolarSandra Alves
 
Pesquisa na internet
Pesquisa na internetPesquisa na internet
Pesquisa na internetSandra Alves
 
O dia internacional da mulher
O dia internacional da mulher   O dia internacional da mulher
O dia internacional da mulher Sandra Alves
 
O dia internacional da mulher
O dia internacional da mulher  O dia internacional da mulher
O dia internacional da mulher Sandra Alves
 

Mais de Sandra Alves (20)

Agenda escolar
Agenda escolarAgenda escolar
Agenda escolar
 
Bd ciclo agua_inag
Bd ciclo agua_inagBd ciclo agua_inag
Bd ciclo agua_inag
 
Seca adultos poupar_agua
Seca adultos poupar_aguaSeca adultos poupar_agua
Seca adultos poupar_agua
 
Seca poupar agua
Seca poupar aguaSeca poupar agua
Seca poupar agua
 
Plano de acção
Plano de acçãoPlano de acção
Plano de acção
 
Plantar árvores para curar a terra
Plantar árvores para curar a terraPlantar árvores para curar a terra
Plantar árvores para curar a terra
 
Jornal 3º período
Jornal 3º períodoJornal 3º período
Jornal 3º período
 
f livro 2011
 f  livro 2011 f  livro 2011
f livro 2011
 
1 de maio
1 de maio1 de maio
1 de maio
 
3 ¦ desafio- biblioteca
3 ¦ desafio- biblioteca3 ¦ desafio- biblioteca
3 ¦ desafio- biblioteca
 
Desafio primavera
Desafio primaveraDesafio primavera
Desafio primavera
 
Jornal 2º período
Jornal 2º períodoJornal 2º período
Jornal 2º período
 
Desafio kate perry_solucoes
Desafio kate perry_solucoesDesafio kate perry_solucoes
Desafio kate perry_solucoes
 
Desafio semana da floresta
Desafio semana da  floresta Desafio semana da  floresta
Desafio semana da floresta
 
O dia internacional da mulher desafio be
O dia internacional da mulher   desafio beO dia internacional da mulher   desafio be
O dia internacional da mulher desafio be
 
Manual do utilizador
Manual do utilizadorManual do utilizador
Manual do utilizador
 
Regulamento interno da biblioteca escolar
Regulamento interno da biblioteca escolarRegulamento interno da biblioteca escolar
Regulamento interno da biblioteca escolar
 
Pesquisa na internet
Pesquisa na internetPesquisa na internet
Pesquisa na internet
 
O dia internacional da mulher
O dia internacional da mulher   O dia internacional da mulher
O dia internacional da mulher
 
O dia internacional da mulher
O dia internacional da mulher  O dia internacional da mulher
O dia internacional da mulher
 

Último

19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURADouglasVasconcelosMa
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfmarialuciadasilva17
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.HildegardeAngel
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLaseVasconcelos1
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxHlioMachado1
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAEdioFnaf
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaeliana862656
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 

Último (20)

19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
 
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escrita
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 

Como fazer pesquisa

  • 1. Como fazer um trabalho de pesquisa Fazer um trabalho de pesquisa é uma forma de aprender mais sobre um determinado tema, portanto, deves fazê-lo de forma correcta. Não basta ir à Internet, escrever no Google as palavras do tema e copiar as informações que encontras no primeiro site que aparece. Desta forma nada aprendes, é tempo perdido. Este tipo de trabalho requer tempo, disponibilidade e muita dedicação. Apresentamos-te, a seguir, um guião que te ajudará a fazer um trabalho de pesquisa de acordo com as regras a que ele está sujeito Guião 1. Plano de trabalho: antes de começar a pesquisa, deves saber claramente o que queres pesquisar dentro de um determinado tema:  Primeiramente, deves perguntar-te: “Que conhecimento tenho acerca do tema? e tomar nota de tudo o que já sabes, fazendo um “brainstorm”;  depois, deves colocar as questões que gostarias de ver respondidas no teu trabalho:  porque é que…?,  onde é que…?,  como é que…?,  quando…?,  etc  de seguida, é preciso reflectir nas fontes de informação mais adequadas a consultar: 1
  • 2. onde encontrar informação? - a Biblioteca da tua escola, ou da tua área de residência, oferece - te vários suportes de informação onde podes procurar o que precisas: livros, enciclopédias, revistas, jornais, CD-ROM, cassetes de vídeo, diapositivos, transparências e Internet.  quem me pode ajudar a encontrar o que necessito? - posso descobrir sozinho; - através do professor bibliotecário/coordenador da minha escola; - através do meu professor; - através dos meus pais  Como seleccionar as fontes? - deves seleccionar as fontes/documentos mais ricos em informação.  Finalmente, deves definir o tempo de duração e execução do trabalho, de acordo com a data de entrega estabelecida. 2. recolha de informação:  Lê, visiona, ouve as tuas fontes;  Toma notas numa folha ou no processador de texto: Esta é uma tarefa importantíssima, pois é com base nestas notas que irás desenvolver o teu trabalho. Mas, perante toda a informação que encontramos ao consultar as nossas fontes, por vezes temos dificuldade em seleccionar o que é importante. 2
  • 3. pergunta-te: “Esta informação permite responder às questões que coloquei no meu plano de trabalho? Se não, então não interessa;  quando encontrares ideias interessantes sobre o tema que não te tinham ocorrido quando planificaste o teu trabalho, toma nota dessa informação, porque poderá vir a ser útil para enriquecer o produto final;  deves fazer uma segunda leitura;  ao tomar notas, convém utilizar as tuas próprias palavras, sem alterar as ideias do texto;  não registes o que não entendes;  sempre que entendas necessário fazer uma citação (cópia de um texto ou parte de um texto), lembra-te que deves tomar nota do autor, da obra citada e da página, pois precisarás destas informações quando estiveres a fazer o trabalho final;  regista as fontes consultadas para as referires na bibliografia 3. Preparação do texto final Para a elaboração de um trabalho escrito há regras que têm de ser respeitadas. Qualquer trabalho escrito deverá ter:  Capa  Índice  Introdução  Desenvolvimento  Conclusão  Bibliografia  Anexos CAPA A capa deve ser simples e pode conter desenhos ou gravuras. Para uma correcta apresentação, dela farão parte os seguintes elementos: 3
  • 4. Nome da Escola Escola Básica Integrada de Campia Disciplina ou área a que se destina o trabalho Língua Portuguesa Título do trabalho OS PROVÉRBIOS PORTUGUESES Identificação do(s) aluno(s) (nome do aluno ou alunos que realizaram o trabalho), número, turma Filipa Rodrigues, nº6, 5ºD Nome do(a) professor(a) Professor João Antunes Mês e ano em que o trabalho foi elaborado Março de 2006 ÍNDICE No índice deves escrever o nome das partes que constituem o trabalho. À frente de cada uma escreve o número da página onde se inicia o assunto, como no exemplo que a seguir te apresento: Assunto………………………………………………………………………………………………..pág.3 Assunto………………………………………………………………………………………………..pág.7 Assunto………………………………………………………………………………………………..pág.8 Tem em conta que a capa não é numerada. É mais fácil fazer o índice quando o trabalho já estiver concluído pois, assim, já sabemos o número de páginas que esse trabalho vai ter. 4
  • 5. INTRODUÇÃO A introdução é um pequeno texto em que informarás o leitor sobre:  o tema que vais tratar e como o irás fazer;  com que objectivo foi feito o trabalho;  o modo como organizaste o trabalho;  as dificuldades que sentiste na tua pesquisa. DESENVOLVIMENTO O desenvolvimento é a parte mais importante, mas também a mais difícil, do trabalho. Deve ser redigido e, se possível, ilustrado, com muito cuidado, tendo como base o estudo e a pesquisa previamente feitos e não deve ultrapassar três páginas.  analisa as notas que tomastes e organiza os dados recolhidos por ordem de importância. Assim poderás organizar a tua exposição de forma ordenada em pequenos capítulos, apresentados separadamente;  redige o texto de forma clara, concisa, coerente, com vocabulário adequado, utilizando palavras tuas. Não deves ceder à tendência de copiar textos de páginas da NET.;  não registes nada que não entendas;  poderás citar um texto ou partes de um texto. Quando isso acontecer, deves colocar o que queres copiar entre aspas e, em nota de rodapé, referir o autor, a obra citada e a página;  podes, ainda, utilizar elementos tais como gráficos, mapas ou gravuras sempre acompanhados de número e legenda. CONCLUSÃO A conclusão deve ser breve e nela poderás:  apresentar resultados;  fazer um resumo do tema que pesquisaste; 5
  • 6. referir o que possas ter aprendido com a elaboração do trabalho;  indicar se gostaste ou não de realizar o trabalho e porquê;  indicar temas que se relacionem com o teu trabalho e que poderão servir à elaboração de um outro trabalho de pesquisa. BIBLIOGRAFIA Na bibliografia deve constar a lista de nomes dos autores, dos livros e outros documentos consultados. Também aqui há regras que deves cumprir: LIVRO Livro de um só autor: Último nome do autor em maiúsculas, Outros nomes - Título do livro: subtítulo. Nº da edição. Local da publicação: Editora, Ano da publicação. ISBN FERREIRA, Daniel Marques – Primavera interrompida. 2ª ed. Porto: Âmbar, 2000. ISBN 972-43-0314-4 Autor(a) Título do Local da Editora Ano da Nº da edição publicação publicação (aparece o apelido em 1º livro lugar e em maiúsculas) ISBN Livro de 2 ou 3 autores: os nomes dos autores são apresentados da mesma forma que no caso de um só autor, separados por vírgula. As restantes informações aparecem como indicado para os livros de um só autor Livro de mais de três autores: indica-se apenas o primeiro autor seguido de [et al.]. As restantes informações aparecem como indicado para os livros de um só autor Livro sem autor ou editor: o 1º elemento a ser referido é o título. A 1ª palavra do título deve aparecer em maiúsculas. As restantes informações aparecem como indicado para os livros de um só autor 6
  • 7. PUBLICAÇÃO PERIÓDICA: revista / artigo de jornal Último nome do autor em maiúsculas, Outros nomes - Título do artigo. Título do Periódico (sublinhado ou itálico). Local da edição. ISSN. Vol., nº. (data da publicação). Páginas em que se encontra o artigo. McKIBBEN, Bill – As novas contas do carbono. National Geographic Portugal. Lisboa. nº 80 (2007). p. 3-7. HALPERN, Manuel – O mistério de Eça e Ramalho. Jornal de Letras, Artes e Ideias. (9 a 22 de Maio 2007). p. 33. DOCUMENTOS ÁUDIO-VISUAIS A referência bibliográfica de documentos audiovisuais deve incluir os seguintes elementos: Nome do autor (se existir) - Título. Local de edição: editor/distribuidor, ano de publicação. Designação específica do material (Extensão): outras indicações Nome do autor Título Local da edição Editor Ano da Edição ELLIS, Gail – Sky. We’re Kids in Britain. Londres: Longman, 2004. 1 cassete vídeo (VHS) (40min.): col., son. Designação Extensão Outras indicações: específica colorido, sonoro SITES DA INTERNET Quando o site tem autor CORREIA, Ana Mª Ramalho – Literacia da Informação para uma cidadania activa e Eficiente [em linha]. Lisboa: Instituto Superior de Estatística. Universidade de Lisboa. (consultado em 2006-12-22). Disponível em WWW.Infolit.org/Intrenacionalconference/papers/correia-portuguese-fullpaper.pdf CORREIA, Ana Mª Ramalho – Literacia da Informação para uma cidadania activa e Nome do autor do Título do documento documento 7
  • 8. Eficiente [em linha]. Lisboa: Instituto Superior de Estatística. Universidade de Lisboa. Tipo de suporte Local de edição Editor (consultado em 2006-12-22). Disponível em Data de acesso endereço WWW.Infolit.org/Intrenacionalconference/papers/correia-portuguese-fullpaper.pdf Quando o site não tem autor: procede-se como para a referência de site com autor, mas iniciando a referência pelo título. ANEXOS Aqui deverá ser incluído todo o material extra de que te socorreste para fazer o trabalho ou que serviu de complemento ao mesmo (inquéritos, gráficos…), mas que não faz sentido colocares no corpo do trabalho. Claro que terás que referir o anexo (anexo 1, anexo 2) sempre que falares de algo que se baseie nele. 4. Avaliação Antes de entregar o teu trabalho ou de o apresentar, deverás fazer uma reflexão sobre ele. Para saber se o que fizeste foi o melhor, poderás preencher a seguinte grelha, atribuindo a cada item a classificação de 2 a 5 (2- Não Satisfaz; 3 – Satisfaz; 4 – Bom; 5 – Muito bom) 8
  • 9. a. Para realizar este trabalho, segui as diferentes etapas de elaboração de um trabalho de pesquisa; b. A informação que encontrei ao longo da minha pesquisa foi suficiente e adequada para responder às questões que coloquei no meu plano de trabalho; c. O meu trabalho respeita todas as regras de apresentação de um trabalho escrito; d. O meu trabalho está organizado e bem apresentado; e. Citei correctamente as minhas fontes; f. Apliquei bem o tempo que tinha para realizar as tarefas; g. Vou sentir-me orgulhoso se alguém vir este trabalho. 5. Apresentação oral do trabalho escrito Expor, oralmente, um trabalho requer que se cumpram algumas normas que não deves esquecer: Antes da apresentação, deves:  Ler, com muito cuidado, tudo o que escreveste;  Anotar as ideias principais sobre o assunto;  Ordenar essas ideias;  Preparar com antecedência, o equipamento necessário (imagens, “powerpoint”, cartaz…). No momento da apresentação:  Evita ler o trabalho;  Fala com um tom de voz audível;  Não te afastes do tema;  Explica tudo aquilo que fores apresentando;  Dá exemplos concretos das afirmações que fazes;  Dá a tua opinião sobre o tema que investigaste; 9
  • 10. Reserva algum tempo para as dúvidas que os teus colegas te queiram colocar. Bom trabalho! 10