Normas e rotinas

19.726 visualizações

Publicada em

1 comentário
1 gostou
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
19.726
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
188
Comentários
1
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Normas e rotinas

  1. 1. PROTOCOLO CLÍNICO DO NUTRICIONISTA Ser comunicado da internação do paciente Avaliar o estado nutricional do paciente Fazer anamnese alimentar Verificar diagnóstico médico em prontuário Prescrever dieta de acordo com patologia Encaminhar o tipo de dieta, o nº do leito e o setor para a cozinha para confecção da dieta. Fazer visita 2 vezes ao dia para verificar aceitação da dieta e possíveis intercorrências. Se necessário alterar dieta. PROTOCOLO ADMINISTRATIVO DO SERVIÇO DE NUTRIÇÃO E DIETÉTICA Elaborar cardápio mensal e semanal, e repassar ao S.N. D (Serviço de Nutrição e Dietética). Fazer planejamento de aquisição de gêneros alimentícios de acordo com as percaptas e o numero de leito e funcionário plantonistas + acompanhante Planejar a aquisição de material de limpeza e descartáveis semanalmente Fazer o controle de estoque do almoxarifado/dispensa (cozinha) Supervisionar diariamente o serviço de nutrição e dietética Fazer o mapa todos os dias após verificar no leito qual aceitação da dieta do paciente.
  2. 2. PROTOCOLO DE ARMAZENAMENTO DE ALIMENTOS (ALMOXARIFE) Identificar e pesar o produto no momento da chegada Observar as condições das embalagens, tomando o cuidado de não armazenar insetos e roedores que possam estar abrigados nas embalagens. Ter a nota do pedido em mãos, para conferir pesos e medidas. Observar a data de validade e fabricação, não receber produtos se esses itens estiverem apagados ou rasurados. Devolver imediatamente produtos que não estejam em condições de uso procurando não armazena-los junto aos demais Conferir latas amassadas, estufadas, enferrujadas e embalagens rasgadas. Ler rotulagem dos alimentos e conferir pedido, a rotulagem de alimentos embalados deve apresentar obrigatoriamente as seguintes informações: 1. Denominação de venda do alimento 2. Lista de ingredientes 3. Conteúdo havido 4. Identificação de origem 5. Identificação do lote 6. Prazo de validade 7. Instruções sobre o preparo e uso do alimento, quando necessário.
  3. 3. PROTOCOLO DE ROTINA PARA ADMISSÃO DO PACIENTE  Profissional: Técnico e Auxiliar de Enfermagem  Conduta: Verificar o prontuário se está completo Coletar dados (Anamnese, Exame Físico) Verificação de sinais vitais (TRP/PA) e outros Encaminha-lo ao leito, já previamente arrumado. Entrega-lhe a roupa de permanência no hospital como: Short, camisa no caso masculino e camisola para o sexo feminino. Entregar toalha e encaminha-lo para o banho se tiver condições de deambular, caso não deambule realizar higiene no leito. Informar ao serviço de nutrição, sobre a admissão realizada e o tipo de dieta para ser servida ao paciente. Colocar no livro de ordem e ocorrência os dados do paciente e informar no censo hospitalar diário. Administrar medicações prescritas pelo medico. Realizar as prescrições de enfermagem. Comunicar ao medico responsável ou ao enfermeiro qualquer intercorrência. Comunicar as famílias os horários de visita, as normas e rotinas do hospital quanto a permanência do cliente no mesmo. Orientar o paciente quanto ao preparo para os exames e cirurgias caso necessário.
  4. 4. PROTOCOLO DE ROTINA NO PRÉ-PARTO  Profissional: Médico Enfermeiro Técnico e Auxiliar de Enfermagem  Conduta do Técnico: Apoio psicológico Verificar o prontuário e documentação (Exames, cartão da gestante e documento de identificação) Coleta de dados e anotar no prontuário (Sinais, sintomas e sinais vitais). Preparar a gestante para o exame obstétrico. Realizar verificação de TRP/PA de 2/2 hs. Verificação de contagem de contrações de 2/2 hs. Verificar todas as prescrições solicitadas pelo medico ou enfermeiro. Realizar tricotomia caso solicitado. Manter a paciente em dieta liquida decúbito lateral esquerdo, conforme prescrições. Orientar a gestante quanto qualquer alteração, chamar a enfermagem e/ou médico. Acompanhar o médico e enfermeiro no exame obstétrico.  Conduta do Enfermeiro e/ou Médico Exame Obstétrico Verificação do BCF Verificação da dinâmica uterina Conforme dilatação maior ou igual a 3 cm, encaminhar para internação. Reavaliar de 2 em 2 hs.
  5. 5. PROTOCOLO DE ROTINA NA SALA DE PARTO  Profissionais devidamente paramentados e luvas estéreis para manipulação com recém-nascido.  Ligar previamente o berço aquecido, que deverá estar limpo e forrado com lençol ou campo cirúrgico (aquecido).  Realizar o apgar do recém-nascido  Anotar o horário correto do nascimento  Verificar o sexo da criança, informando a mãe da forma clara, e precisa.  Aspirar as vias aéreas superiores (com sonda própria para recém-nascido, introduzida delicadamente através da boca e narinas. Manter a aspiração inativa, durante, introdução e a retirada da sonda, para não lesar as mucosas).  Fornecer oxigênio úmido, através de mascara própria para o rosto do recém-nascido. Lembrar que toda mascara deve abranger nariz e boca, não ultrapassando os limites do contorno da face.  Realizar crede, sendo uma gota em cada olho.  Realizar 0,1MG de kanakion (IM), em face lateral externa da coxa.  Colocar CLAMP do cordão no coto umbilical deixando 2 cm de comp., verificar que não haja nenhum sangramento pelo coto umbilical.  Realizar assepsia no coto umbilical com álcool 70%  Pesar o recém-nascido, medir PC, PT, PA, Est.  Identificação do recém-nascido através da impressão da planta do pé e das digitais da mãe. Colocam-se pulseiras de identificação do recém-nascido e da mãe.  Manter o recém-nascido no berçário com os papeis de rotina devidamente preenchidos, inclusive a declaração de nascido vivo.
  6. 6. PROTOCOLO NOS PÓS-PARTO  Profissional: Enfermeiro Técnico e Auxiliar de Enfermagem  Conduta: Receber as puérperas, assegurando conforto para ela e o recém-nascido. Observar a perda de líquidos e o aspecto, e anotar no prontuário. Verificar funcionamento de punçoes venosas, sondas e outros casos estejam instalados. Colocar o recém-nascido no berço, observando o estado geral do mesmo e anotar no prontuário. Aferir dos sinais vitais de 4/4 hs e quando necessário. Realizar higiene na puérpera quando necessário Observar a contração uterina através da palpação Verificar as eliminações de diurese e evacuação Administrar as medicações prescritas. Realizar curativos e/ou assepsia na epsiorrafia e cavidade vaginal. Comunicar ao médico e/ou enfermeiro qualquer intercorrência. Realizar anotações de enfermagem no prontuário no inicio, termino e em qualquer momento do plantão, caso haja intercorrência.
  7. 7. PROTOCOLO DA SALA DE RAIOS-X  Horário de Funcionamento das 07 ás 11/ 13 ás 17 h de segunda a sexta-feira, aos finais de semana um técnico permanece de sobreaviso.  Manter local limpo e organizado  Evitar visitas paralelas em outros setores  Atendimento com excelência ao público alvo  Permanência no local de trabalho é de extrema importância, para quando um paciente procurar o serviço esteja sempre pronto para atendê-lo.  Manter-se discrição em qualquer situação mantendo-se sigilo  Advertência no caso do não cumprimento das normas citadas  Fazer assepsia das mãos antes ou depois de qualquer procedimento  A integridade física e psíquica do paciente deve ser preservada  Quando for acionado para o sobreaviso o tempo máximo de espera será de 30 minutos, caso não seja cumprido receberá advertência continuando punição até suspensão.
  8. 8. NORMAS E ROTINAS INFRAESTRUTURA Hospital Municipal de Ulianópolis “O homem se faz pelo trabalho exercido...”
  9. 9. NORMAS E ROTINAS LAVANDERIA
  10. 10. “O homem se faz pelo trabalho exercido...” NORMAS E ROTINAS NECROTÉRIO
  11. 11. “O homem se faz pelo trabalho exercido...” NORMAS E ROTINAS PORTARIA E VIGILANTES
  12. 12. “O homem se faz pelo trabalho exercido...” NORMAS E ROTINAS
  13. 13. NUTRIÇÃO E DIETÉTICA NORMAS E ROTINAS
  14. 14. HIGIENIZAÇÃO HOSPITALAR Hospital Municipal de Ulianópolis Secretaria municipal de saúde Serviços Ofertados no Hospital Municipal de Ulianópolis Apoio Diagnóstico Ultrassonografia Eletrocardiograma Exames Laboratoriais Preventivo do câncer do colo do útero – PCCU Triagem Neonatal – Teste do pezinho Raio-X Cardio-topógrafo Sonar Laboratório Coleta de Exames: 06:30 ás 07:30h o HMU: Todos os dias o PSF I: Terça e quinta-feira o PSF II: Quartas Entrega de resultado de exame: 15:00h Exame parasitológico (fezes) Exame de urina
  15. 15. Bacterioscopia (Secreção vaginal, uretral, pesquisa de BAAR na linfa e escarro) Hematologia 1. Hemograma completo 2. VHS 3. Tipagem sanguínea 4. Bioquímica: Colesterol (Frações: HDL, LDL, VDRL), Glicose, Triglicerídeo, e outros. 5. Imunológico: ASO, PCR, Látex, VDRL (Sífilis) Consultas Médica Clínica Ginecologista Enfermagem Fisioterapia Psicologia Nutrição Odontologia Terapia Ocupacional Ortopedista Pediatra Vigilância a Saúde Imunização Atendimento de hanseníase e tuberculose Diagnóstico de malária e leishmaniose Internação – 25 Leitos Horário de visita: 17:00 ás 18:00h (Durante a semana) Horário de visita: 16:00 ás 18:00h (Finais de semana)
  16. 16. Enfermaria Pediátrica – 8 Leitos Enfermaria Feminina – 5 Leitos Enfermaria masculina – 3 Leitos Enfermaria Obstétrica – 7 Leitos Enfermaria cirúrgica – 2 Leitos Urgência e Emergência Desfibrilador Carro de urgência Compressor de nebulização Aspirador NORMAS E ROTINAS HOSPITAL MUNICIPAL DE

×