SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 5
Baixar para ler offline
Pág.1 publicado em http://linguaportuguesa9ano.wordpress.com por António Alves
LÍNGUA PORTUGUESA, 9º ANO
PROF. ANTÓNIO ALVES
AUTO DA BARCA DO INFERNO
Questionário de interpretação global da cena do Fidalgo
A – Depois da leitura e análise da cena do Fidalgo, responde às seguintes questões, escolhendo a a
opção correcta para cada caso:
1. Quais são os símbolos cénicos do Fidalgo?
pagem
bolsão
cadeira
manto comprido
2. O que simboliza cada um deles?
a cadeira simboliza a sua corrupção e avidez pelo dinheiro
o Pajem simboliza a tirania com que tratava o povo
o manto simboliza a sua vaidade e presunção
a cadeira simboliza a riqueza
3. Como é recebido o Fidalgo pelo Diabo?
A. com respeito
B. com ironia
C. sem respeito nenhum
D. com educação
4. Que figura de estilo está presente na expressão «Vai para a ilha perdida»?
A. antítese
B. metáfora
C. eufemismo
5. Que tipo de cómico está presente na expressão «Pera lá vai a senhora?»
A. cómico de carácter
B. cómico de situação
C. cómico de linguagem
Pág.2 publicado em http://linguaportuguesa9ano.wordpress.com por António Alves
6. A expressão «Parece-me isso cortiço...» mostra que o Fidalgo
A. despreza a barca do Diabo
B. acha que a barca precisa de ser reparada
C. quer entrar na barca do Anjo
7. A expressão «Vejo-vos eu em feição pera ir ao nosso cais...» é um argumento de acusação.
A. verdadeiro
B. falso
8. Quando o Fidalgo diz «Que leixo na outra vida quem reze sempre por mi.» está a utilizar um
argumento de defesa.
A. falso
B. verdadeiro
9. Quando o Diabo diz «E tu viveste a teu prazer...», ele pretende
A. acusar o Fidalgo de ter levado a vida a seu prazer
B. elogiar o Fidalgo pela vida boa que levou enquanto era vivo
C. mostrar que devemos ter prazer em viver
10. Com a expressão «Mandai meter a cadeira, que assi passou vosso pai», o Diabo pretende
A. criticar toda a classe social a que pertence o Fidalgo
B. criticar o pai do Fidalgo por não ter trazido uma cadeira
C. dizer ao Fidalgo para pôr uma cadeira no barco para o seu pai
D. dizer ao Fidalgo que o pai dele também trouxe uma cadeira
11. A expressão «Segundo lá escolhestes, assi cá vos contentai» é, ao mesmo tempo,
uma antítese
um argumento de acusação
um eufemismo
um verso sentencioso
12. Na expressão «Que jiricocins, salvanor!» está presente que tipo de cómico?
A. cómico de situação
B. cómico de carácter
C. cómico de linguagem
Pág.3 publicado em http://linguaportuguesa9ano.wordpress.com por António Alves
13. No diálogo com o Diabo, o Fidalgo defende-se utilizando os seguintes argumentos de defesa:
morreu inesperadamente
é amado e tem quem reze por ele
é uma pessoa importante que merece ser bem tratado
é um fidalgo de linhagem nobre e antiga
14. Por sua vez, o Anjo acusa-o de:
ser tirano
não ter ninguém que reze por ele
ser vaidoso
trazer uma cadeira que não entra na barca, pois esteve na igreja
15. Qual a figura de estilo que está presente na expressão «Oh! Que maré tão de prata!»
A. ironia
B. metáfora
C. antítese
D. eufemismo
16. Quando regressa à barca do Diabo, o Fidalgo mostra-se resigando com o seu destino
e arrependido da vida que levou.
A. verdadeiro
B. falso
17. Que figura de estilo está presente na expressão «Embarqu'a vossa doçura, que cá nos
entenderemos»?
A. ironia
B. antítese
C. eufemismo
D. metáfora
18. Na expressão «...tornarei à outra vida ver minha dama querida...» está presente:
A. cómico de linguagem
B. cómico de situação
C. cómico de carácter
Pág.4 publicado em http://linguaportuguesa9ano.wordpress.com por António Alves
19. Quando o Diabo diz «Ó namorado sandeu, o maior que nunca vi!», ele está a utilizar:
A. uma anáfora
B. uma aliteração
C. uma metáfora
D. uma hipérbole
20. O Fidalgo pede três vezes ao Diabo para voltar à vida, para ver a sua «dama querida».
A. verdadeiro
B. falso
21. O Diabo diz ao Fidalgo que a sua «dama querida» lhe foi infiel antes e depois de ele
ter morrido.
A. verdadeiro
B. falso
22. Que figura de estilo está presente na expressão «Nom há i choro de alegria?»
A. anáfora
B. antítese
C. aliteração
D. sinédoque
23. A expressão «Entremos, pois que assi é.» mostra:
a. que o Fidalgo e o Diabo entraram na barca do inferno
b. que o Fidalgo e o Anjo entram na barca
c. que o Fidalgo entrou na barca do inferno
d. que o Fidalgo, finalmente, aceita o seu destino
24. O Diabo manda embora o Pajem porque ele não errara, limitara-se a cumprir as
ordens do seu amo, o Fidalgo.
a. falso
b. verdadeiro
Pág.5 publicado em http://linguaportuguesa9ano.wordpress.com por António Alves
25. O Diabo não quer que a cadeira do Fidalgo entre na sua barca porque
a. o pai do Fidalgo já tinha levado uma cadeira para a barca
b. o Pajem precisava dela para se sentar enquanto esperava pelas outras personagens
c. a cadeira tinha estado na igreja, logo não fazia lá falta
26. O destino final do Fidalgo é ir para o inferno.
a. verdadeiro
b. falso
27. Como classificas o Pajem quanto ao relevo?
a. figurante
b. personagem secundária
c. personagem principal
d. personagem-tipo
28. Quanto à composição, o Fidalgo é uma personagem:
plana
modelada (ou redonda)
tipo
29. Que registos de língua estão presentes nesta cena?
calão
linguagem popular
linguagem técnico-científica
linguagem corrente
30. Nesta cena estão presentes o cómico de carácter, de situação e de linguagem.
a. falso
b. verdadeiro
31. A movimentação cénica do Fidalgo é a seguintes:
a. entra, vai à barca do Diabo, depois vai á barca do Anjo e por fim regressa à barco do
Diabo, onde entra
b. entra e vai directo para a barca do Diabo, onde entra
c. entra, vai à barca do Anjo, depois vai á barca do Diabo e regressa à barco do Anjo,
onde entra

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O Auto da Barca do Inferno - Personagens
O Auto da Barca do Inferno - PersonagensO Auto da Barca do Inferno - Personagens
O Auto da Barca do Inferno - PersonagensStefany Brito
 
Aula definitiva auto_da_barca
Aula definitiva auto_da_barcaAula definitiva auto_da_barca
Aula definitiva auto_da_barcaguest9fbcf8f
 
Auto da Barca do Inferno - Cena do onzeneiro
Auto da Barca do Inferno - Cena do onzeneiroAuto da Barca do Inferno - Cena do onzeneiro
Auto da Barca do Inferno - Cena do onzeneiroRita Galrito
 
Auto da barca do Inferno
Auto da barca do InfernoAuto da barca do Inferno
Auto da barca do InfernoMargarida Ramos
 
Auto da barca do inferno
Auto da barca do infernoAuto da barca do inferno
Auto da barca do infernoMaria Rodrigues
 
Alto barca do inferno auto da moralidade
Alto barca do inferno  auto da moralidadeAlto barca do inferno  auto da moralidade
Alto barca do inferno auto da moralidadewatilde
 
Auto+da+barca+do+inferno power point (4)
Auto+da+barca+do+inferno power point (4)Auto+da+barca+do+inferno power point (4)
Auto+da+barca+do+inferno power point (4)DavidMonteiro65
 
Auto da barca do inferno
Auto da barca do infernoAuto da barca do inferno
Auto da barca do infernoVanda Marques
 
Questões fechadas sobre auto da barca do inferno
Questões fechadas sobre auto da barca do infernoQuestões fechadas sobre auto da barca do inferno
Questões fechadas sobre auto da barca do infernoma.no.el.ne.ves
 
O auto da barca do inferno de Gil Vicente
O auto da barca do inferno de Gil VicenteO auto da barca do inferno de Gil Vicente
O auto da barca do inferno de Gil VicenteOtivo Junior
 
Auto da barca do inferno
Auto da barca do infernoAuto da barca do inferno
Auto da barca do infernoSonia Ramos
 
Auto da barca do inferno análise global
Auto da barca do inferno  análise globalAuto da barca do inferno  análise global
Auto da barca do inferno análise globalCarla Scala
 
Auto da Barca do Inferno, de Gil Vicente
Auto da Barca do Inferno, de Gil VicenteAuto da Barca do Inferno, de Gil Vicente
Auto da Barca do Inferno, de Gil VicenteLurdes Augusto
 
Auto da barca do inferno - Fidalgo
Auto da barca do inferno - FidalgoAuto da barca do inferno - Fidalgo
Auto da barca do inferno - FidalgoBruna Silva
 
Auto da barca do inferno
Auto da barca do infernoAuto da barca do inferno
Auto da barca do infernoBruna Silva
 
Auto da-barca-do-inferno
Auto da-barca-do-inferno Auto da-barca-do-inferno
Auto da-barca-do-inferno Diógenes Zigar
 

Mais procurados (20)

O Auto da Barca do Inferno - Personagens
O Auto da Barca do Inferno - PersonagensO Auto da Barca do Inferno - Personagens
O Auto da Barca do Inferno - Personagens
 
Aula definitiva auto_da_barca
Aula definitiva auto_da_barcaAula definitiva auto_da_barca
Aula definitiva auto_da_barca
 
Auto da Barca do Inferno - Cena do onzeneiro
Auto da Barca do Inferno - Cena do onzeneiroAuto da Barca do Inferno - Cena do onzeneiro
Auto da Barca do Inferno - Cena do onzeneiro
 
Auto da barca do inferno ppt bom
Auto da barca do inferno ppt bomAuto da barca do inferno ppt bom
Auto da barca do inferno ppt bom
 
Auto da barca do Inferno
Auto da barca do InfernoAuto da barca do Inferno
Auto da barca do Inferno
 
Auto da barca do inferno
Auto da barca do infernoAuto da barca do inferno
Auto da barca do inferno
 
Auto da Barca do Inferno
Auto da Barca do InfernoAuto da Barca do Inferno
Auto da Barca do Inferno
 
Alto barca do inferno auto da moralidade
Alto barca do inferno  auto da moralidadeAlto barca do inferno  auto da moralidade
Alto barca do inferno auto da moralidade
 
Auto+da+barca+do+inferno power point (4)
Auto+da+barca+do+inferno power point (4)Auto+da+barca+do+inferno power point (4)
Auto+da+barca+do+inferno power point (4)
 
Auto da barca do inferno
Auto da barca do infernoAuto da barca do inferno
Auto da barca do inferno
 
Questões fechadas sobre auto da barca do inferno
Questões fechadas sobre auto da barca do infernoQuestões fechadas sobre auto da barca do inferno
Questões fechadas sobre auto da barca do inferno
 
O auto da barca do inferno de Gil Vicente
O auto da barca do inferno de Gil VicenteO auto da barca do inferno de Gil Vicente
O auto da barca do inferno de Gil Vicente
 
Onzeneiro
OnzeneiroOnzeneiro
Onzeneiro
 
Auto da barca do inferno
Auto da barca do infernoAuto da barca do inferno
Auto da barca do inferno
 
Auto da barca do inferno análise global
Auto da barca do inferno  análise globalAuto da barca do inferno  análise global
Auto da barca do inferno análise global
 
Auto da Barca do Inferno, de Gil Vicente
Auto da Barca do Inferno, de Gil VicenteAuto da Barca do Inferno, de Gil Vicente
Auto da Barca do Inferno, de Gil Vicente
 
Auto da barca do inferno - Fidalgo
Auto da barca do inferno - FidalgoAuto da barca do inferno - Fidalgo
Auto da barca do inferno - Fidalgo
 
Auto da barca do inferno
Auto da barca do infernoAuto da barca do inferno
Auto da barca do inferno
 
Auto da-barca-do-inferno
Auto da-barca-do-inferno Auto da-barca-do-inferno
Auto da-barca-do-inferno
 
Temática E Estrutura
Temática E EstruturaTemática E Estrutura
Temática E Estrutura
 

Semelhante a Auto da Barca do Inferno questionário

dial9cdr_teste_auto_1.pptx
dial9cdr_teste_auto_1.pptxdial9cdr_teste_auto_1.pptx
dial9cdr_teste_auto_1.pptxAnaFevereiro2
 
Auto da-barca-do-inferno-1213660370289329-8
Auto da-barca-do-inferno-1213660370289329-8Auto da-barca-do-inferno-1213660370289329-8
Auto da-barca-do-inferno-1213660370289329-8Gabriel Lima
 
Atividades 3 e 4 aulas programadas 09042020
Atividades 3 e 4 aulas programadas 09042020Atividades 3 e 4 aulas programadas 09042020
Atividades 3 e 4 aulas programadas 09042020Pomba Cláudia
 
Auto da-barca-do-inferno-analise-cenas
Auto da-barca-do-inferno-analise-cenasAuto da-barca-do-inferno-analise-cenas
Auto da-barca-do-inferno-analise-cenasClaudia Lazarini
 
Redacao 8serie-ef
Redacao 8serie-efRedacao 8serie-ef
Redacao 8serie-efsachagomes
 
Gil vicente personagens_auto_barca_cc9 (1)
Gil vicente personagens_auto_barca_cc9 (1)Gil vicente personagens_auto_barca_cc9 (1)
Gil vicente personagens_auto_barca_cc9 (1)Paula Costa
 
Gil vicente personagens_auto_barca_9ano
Gil vicente personagens_auto_barca_9anoGil vicente personagens_auto_barca_9ano
Gil vicente personagens_auto_barca_9anoSofia Melo
 
Avaliação diagnóstica 6 ano com gabarito
Avaliação diagnóstica 6 ano com gabaritoAvaliação diagnóstica 6 ano com gabarito
Avaliação diagnóstica 6 ano com gabaritoVânia Porto
 
Atividades de recupera o final 7_ ano
Atividades de recupera  o final 7_ anoAtividades de recupera  o final 7_ ano
Atividades de recupera o final 7_ anoE.M.MACHADO DE ASSIS
 
Concurso ao Curso de Formação de Soldados Fuzileiros Navais Turmas I e II/2019
Concurso ao Curso de Formação de Soldados Fuzileiros Navais Turmas I e II/2019Concurso ao Curso de Formação de Soldados Fuzileiros Navais Turmas I e II/2019
Concurso ao Curso de Formação de Soldados Fuzileiros Navais Turmas I e II/2019ArenadaMatemgica
 
Simulado 20 (port. 5º ano)
Simulado 20 (port. 5º ano)Simulado 20 (port. 5º ano)
Simulado 20 (port. 5º ano)Cidinha Paulo
 
Auto da barca do inferno
Auto da barca do infernoAuto da barca do inferno
Auto da barca do infernoBruna Silva
 
O menino no espelho
O menino no espelhoO menino no espelho
O menino no espelhoVinha West
 

Semelhante a Auto da Barca do Inferno questionário (20)

dial9cdr_teste_auto_1.pptx
dial9cdr_teste_auto_1.pptxdial9cdr_teste_auto_1.pptx
dial9cdr_teste_auto_1.pptx
 
O Auto da Barca do Inferno
O Auto da Barca do InfernoO Auto da Barca do Inferno
O Auto da Barca do Inferno
 
Auto da-barca-do-inferno-1213660370289329-8
Auto da-barca-do-inferno-1213660370289329-8Auto da-barca-do-inferno-1213660370289329-8
Auto da-barca-do-inferno-1213660370289329-8
 
Atividades 3 e 4 aulas programadas 09042020
Atividades 3 e 4 aulas programadas 09042020Atividades 3 e 4 aulas programadas 09042020
Atividades 3 e 4 aulas programadas 09042020
 
Simulado de português 5ºano 2016
Simulado de português 5ºano 2016Simulado de português 5ºano 2016
Simulado de português 5ºano 2016
 
Auto da-barca-do-inferno-analise-cenas
Auto da-barca-do-inferno-analise-cenasAuto da-barca-do-inferno-analise-cenas
Auto da-barca-do-inferno-analise-cenas
 
Redacao 8serie-ef
Redacao 8serie-efRedacao 8serie-ef
Redacao 8serie-ef
 
AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - 2º CICLO
AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - 2º CICLOAVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - 2º CICLO
AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - 2º CICLO
 
Gil vicente personagens_auto_barca_cc9 (1)
Gil vicente personagens_auto_barca_cc9 (1)Gil vicente personagens_auto_barca_cc9 (1)
Gil vicente personagens_auto_barca_cc9 (1)
 
Gil vicente personagens_auto_barca_9ano
Gil vicente personagens_auto_barca_9anoGil vicente personagens_auto_barca_9ano
Gil vicente personagens_auto_barca_9ano
 
Avaliação diagnóstica 6 ano com gabarito
Avaliação diagnóstica 6 ano com gabaritoAvaliação diagnóstica 6 ano com gabarito
Avaliação diagnóstica 6 ano com gabarito
 
INTERPRETAÇÃO TEXTUAL: 5º ano
INTERPRETAÇÃO TEXTUAL:    5º anoINTERPRETAÇÃO TEXTUAL:    5º ano
INTERPRETAÇÃO TEXTUAL: 5º ano
 
Texto ninho de cuco
Texto ninho de cucoTexto ninho de cuco
Texto ninho de cuco
 
Atividades de recupera o final 7_ ano
Atividades de recupera  o final 7_ anoAtividades de recupera  o final 7_ ano
Atividades de recupera o final 7_ ano
 
Concurso ao Curso de Formação de Soldados Fuzileiros Navais Turmas I e II/2019
Concurso ao Curso de Formação de Soldados Fuzileiros Navais Turmas I e II/2019Concurso ao Curso de Formação de Soldados Fuzileiros Navais Turmas I e II/2019
Concurso ao Curso de Formação de Soldados Fuzileiros Navais Turmas I e II/2019
 
dial9cdr_teste_auto_3.docx
dial9cdr_teste_auto_3.docxdial9cdr_teste_auto_3.docx
dial9cdr_teste_auto_3.docx
 
Simulado 20 (port. 5º ano)
Simulado 20 (port. 5º ano)Simulado 20 (port. 5º ano)
Simulado 20 (port. 5º ano)
 
Trabalho de AP do 3º Período
Trabalho de AP do 3º PeríodoTrabalho de AP do 3º Período
Trabalho de AP do 3º Período
 
Auto da barca do inferno
Auto da barca do infernoAuto da barca do inferno
Auto da barca do inferno
 
O menino no espelho
O menino no espelhoO menino no espelho
O menino no espelho
 

Mais de paulaoliveiraoliveir2

Caraterísticas da publicidade doc. 1 moodle
Caraterísticas da publicidade doc. 1 moodleCaraterísticas da publicidade doc. 1 moodle
Caraterísticas da publicidade doc. 1 moodlepaulaoliveiraoliveir2
 
Caracter publicid e poema eu etiqueta
Caracter publicid e poema  eu etiquetaCaracter publicid e poema  eu etiqueta
Caracter publicid e poema eu etiquetapaulaoliveiraoliveir2
 
4 informativa texto_injuntivo_instrucional
4 informativa texto_injuntivo_instrucional4 informativa texto_injuntivo_instrucional
4 informativa texto_injuntivo_instrucionalpaulaoliveiraoliveir2
 
Teste de avaliação. ou aferição a2 .formação claudia
Teste de avaliação.  ou aferição a2 .formação claudiaTeste de avaliação.  ou aferição a2 .formação claudia
Teste de avaliação. ou aferição a2 .formação claudiapaulaoliveiraoliveir2
 
Plano estratégico para a inclusa 2020
Plano estratégico para a inclusa 2020Plano estratégico para a inclusa 2020
Plano estratégico para a inclusa 2020paulaoliveiraoliveir2
 
Orientacoes 2020 2021 bom do ministerio tenho de ler
Orientacoes 2020 2021 bom do ministerio tenho de lerOrientacoes 2020 2021 bom do ministerio tenho de ler
Orientacoes 2020 2021 bom do ministerio tenho de lerpaulaoliveiraoliveir2
 

Mais de paulaoliveiraoliveir2 (20)

Caraterísticas da publicidade doc. 1 moodle
Caraterísticas da publicidade doc. 1 moodleCaraterísticas da publicidade doc. 1 moodle
Caraterísticas da publicidade doc. 1 moodle
 
Caracteristicas-da-publicidade
 Caracteristicas-da-publicidade Caracteristicas-da-publicidade
Caracteristicas-da-publicidade
 
Caracter publicid e poema eu etiqueta
Caracter publicid e poema  eu etiquetaCaracter publicid e poema  eu etiqueta
Caracter publicid e poema eu etiqueta
 
Bula medica sobre o homem
Bula medica sobre o homemBula medica sobre o homem
Bula medica sobre o homem
 
Barbaecabelo ficha-bd soluç
Barbaecabelo ficha-bd soluçBarbaecabelo ficha-bd soluç
Barbaecabelo ficha-bd soluç
 
Apresentaopublicidade
Apresentaopublicidade Apresentaopublicidade
Apresentaopublicidade
 
Anúncio portugal
Anúncio portugalAnúncio portugal
Anúncio portugal
 
4 informativa texto_injuntivo_instrucional
4 informativa texto_injuntivo_instrucional4 informativa texto_injuntivo_instrucional
4 informativa texto_injuntivo_instrucional
 
12394124 textos-de-imprensa
12394124 textos-de-imprensa12394124 textos-de-imprensa
12394124 textos-de-imprensa
 
Teste de avaliação a2
Teste de avaliação a2Teste de avaliação a2
Teste de avaliação a2
 
Teste de avaliação. ou aferição a2 .formação claudia
Teste de avaliação.  ou aferição a2 .formação claudiaTeste de avaliação.  ou aferição a2 .formação claudia
Teste de avaliação. ou aferição a2 .formação claudia
 
Plano estratégico para a inclusa 2020
Plano estratégico para a inclusa 2020Plano estratégico para a inclusa 2020
Plano estratégico para a inclusa 2020
 
Orientacoes 2020 2021 bom do ministerio tenho de ler
Orientacoes 2020 2021 bom do ministerio tenho de lerOrientacoes 2020 2021 bom do ministerio tenho de ler
Orientacoes 2020 2021 bom do ministerio tenho de ler
 
Ppt recursos expressivos bom
Ppt recursos expressivos bomPpt recursos expressivos bom
Ppt recursos expressivos bom
 
Auto da barca do inferno
Auto da barca do infernoAuto da barca do inferno
Auto da barca do inferno
 
Auto da barca do inferno frade
Auto da barca do inferno fradeAuto da barca do inferno frade
Auto da barca do inferno frade
 
Abi personagens tipo bom
Abi personagens tipo bomAbi personagens tipo bom
Abi personagens tipo bom
 
Gramatica plnm -10
Gramatica   plnm -10Gramatica   plnm -10
Gramatica plnm -10
 
Gramatica plnm - 09
Gramatica   plnm - 09Gramatica   plnm - 09
Gramatica plnm - 09
 
Gramatica plnm - 08
Gramatica   plnm - 08Gramatica   plnm - 08
Gramatica plnm - 08
 

Último

Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 anoandrealeitetorres
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfIedaGoethe
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOMarcosViniciusLemesL
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 anoAdelmaTorres2
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOColégio Santa Teresinha
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASEdinardo Aguiar
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfangelicass1
 
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxDoutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxThye Oliver
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024Jeanoliveira597523
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 

Último (20)

Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
 
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxDoutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
 
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 

Auto da Barca do Inferno questionário

  • 1. Pág.1 publicado em http://linguaportuguesa9ano.wordpress.com por António Alves LÍNGUA PORTUGUESA, 9º ANO PROF. ANTÓNIO ALVES AUTO DA BARCA DO INFERNO Questionário de interpretação global da cena do Fidalgo A – Depois da leitura e análise da cena do Fidalgo, responde às seguintes questões, escolhendo a a opção correcta para cada caso: 1. Quais são os símbolos cénicos do Fidalgo? pagem bolsão cadeira manto comprido 2. O que simboliza cada um deles? a cadeira simboliza a sua corrupção e avidez pelo dinheiro o Pajem simboliza a tirania com que tratava o povo o manto simboliza a sua vaidade e presunção a cadeira simboliza a riqueza 3. Como é recebido o Fidalgo pelo Diabo? A. com respeito B. com ironia C. sem respeito nenhum D. com educação 4. Que figura de estilo está presente na expressão «Vai para a ilha perdida»? A. antítese B. metáfora C. eufemismo 5. Que tipo de cómico está presente na expressão «Pera lá vai a senhora?» A. cómico de carácter B. cómico de situação C. cómico de linguagem
  • 2. Pág.2 publicado em http://linguaportuguesa9ano.wordpress.com por António Alves 6. A expressão «Parece-me isso cortiço...» mostra que o Fidalgo A. despreza a barca do Diabo B. acha que a barca precisa de ser reparada C. quer entrar na barca do Anjo 7. A expressão «Vejo-vos eu em feição pera ir ao nosso cais...» é um argumento de acusação. A. verdadeiro B. falso 8. Quando o Fidalgo diz «Que leixo na outra vida quem reze sempre por mi.» está a utilizar um argumento de defesa. A. falso B. verdadeiro 9. Quando o Diabo diz «E tu viveste a teu prazer...», ele pretende A. acusar o Fidalgo de ter levado a vida a seu prazer B. elogiar o Fidalgo pela vida boa que levou enquanto era vivo C. mostrar que devemos ter prazer em viver 10. Com a expressão «Mandai meter a cadeira, que assi passou vosso pai», o Diabo pretende A. criticar toda a classe social a que pertence o Fidalgo B. criticar o pai do Fidalgo por não ter trazido uma cadeira C. dizer ao Fidalgo para pôr uma cadeira no barco para o seu pai D. dizer ao Fidalgo que o pai dele também trouxe uma cadeira 11. A expressão «Segundo lá escolhestes, assi cá vos contentai» é, ao mesmo tempo, uma antítese um argumento de acusação um eufemismo um verso sentencioso 12. Na expressão «Que jiricocins, salvanor!» está presente que tipo de cómico? A. cómico de situação B. cómico de carácter C. cómico de linguagem
  • 3. Pág.3 publicado em http://linguaportuguesa9ano.wordpress.com por António Alves 13. No diálogo com o Diabo, o Fidalgo defende-se utilizando os seguintes argumentos de defesa: morreu inesperadamente é amado e tem quem reze por ele é uma pessoa importante que merece ser bem tratado é um fidalgo de linhagem nobre e antiga 14. Por sua vez, o Anjo acusa-o de: ser tirano não ter ninguém que reze por ele ser vaidoso trazer uma cadeira que não entra na barca, pois esteve na igreja 15. Qual a figura de estilo que está presente na expressão «Oh! Que maré tão de prata!» A. ironia B. metáfora C. antítese D. eufemismo 16. Quando regressa à barca do Diabo, o Fidalgo mostra-se resigando com o seu destino e arrependido da vida que levou. A. verdadeiro B. falso 17. Que figura de estilo está presente na expressão «Embarqu'a vossa doçura, que cá nos entenderemos»? A. ironia B. antítese C. eufemismo D. metáfora 18. Na expressão «...tornarei à outra vida ver minha dama querida...» está presente: A. cómico de linguagem B. cómico de situação C. cómico de carácter
  • 4. Pág.4 publicado em http://linguaportuguesa9ano.wordpress.com por António Alves 19. Quando o Diabo diz «Ó namorado sandeu, o maior que nunca vi!», ele está a utilizar: A. uma anáfora B. uma aliteração C. uma metáfora D. uma hipérbole 20. O Fidalgo pede três vezes ao Diabo para voltar à vida, para ver a sua «dama querida». A. verdadeiro B. falso 21. O Diabo diz ao Fidalgo que a sua «dama querida» lhe foi infiel antes e depois de ele ter morrido. A. verdadeiro B. falso 22. Que figura de estilo está presente na expressão «Nom há i choro de alegria?» A. anáfora B. antítese C. aliteração D. sinédoque 23. A expressão «Entremos, pois que assi é.» mostra: a. que o Fidalgo e o Diabo entraram na barca do inferno b. que o Fidalgo e o Anjo entram na barca c. que o Fidalgo entrou na barca do inferno d. que o Fidalgo, finalmente, aceita o seu destino 24. O Diabo manda embora o Pajem porque ele não errara, limitara-se a cumprir as ordens do seu amo, o Fidalgo. a. falso b. verdadeiro
  • 5. Pág.5 publicado em http://linguaportuguesa9ano.wordpress.com por António Alves 25. O Diabo não quer que a cadeira do Fidalgo entre na sua barca porque a. o pai do Fidalgo já tinha levado uma cadeira para a barca b. o Pajem precisava dela para se sentar enquanto esperava pelas outras personagens c. a cadeira tinha estado na igreja, logo não fazia lá falta 26. O destino final do Fidalgo é ir para o inferno. a. verdadeiro b. falso 27. Como classificas o Pajem quanto ao relevo? a. figurante b. personagem secundária c. personagem principal d. personagem-tipo 28. Quanto à composição, o Fidalgo é uma personagem: plana modelada (ou redonda) tipo 29. Que registos de língua estão presentes nesta cena? calão linguagem popular linguagem técnico-científica linguagem corrente 30. Nesta cena estão presentes o cómico de carácter, de situação e de linguagem. a. falso b. verdadeiro 31. A movimentação cénica do Fidalgo é a seguintes: a. entra, vai à barca do Diabo, depois vai á barca do Anjo e por fim regressa à barco do Diabo, onde entra b. entra e vai directo para a barca do Diabo, onde entra c. entra, vai à barca do Anjo, depois vai á barca do Diabo e regressa à barco do Anjo, onde entra