Transformacao interior e regeneracao 2013

1.094 visualizações

Publicada em

Reflexão sobre a importancia da transformacao interior no mundo de regeneracao.

Publicada em: Espiritual
2 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Oi, Ribamar, que saudade!!!!! Aqui estamos nós na mesma andança que vocês. Precisamos sim. Tentei localizar vocês pelo Facebook mas não me responderam. Vou mandar um email pra vc. Abraços da nossa turminha daqui.
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • Gente, precisamos reatar nossa comunicação. Somos agora cinco filhos, sete netos e as mesmas andanças e procuras. Umas conquistas e outras perseguindo. Sempre lembramos de vocês. Sentimos saudades da pureza de nossa amizade. Apreço, confiança, respeito e solidariedade. Queremos saber como você, o Pedro Rubens e os rebentos estão. Dos irmãos, Eliane e Ribamar.
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.094
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
34
Comentários
2
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Transformacao interior e regeneracao 2013

  1. 1. BIBLIOGRAFIA:
  2. 2. Série Psicológica - 12 –Títulos- Joanna de Ângelis – Divaldo Franco
  3. 3. “NÃO BASTA CRERNA IMORTALIDADE DA ALMA”
  4. 4. TERAPIA ESPÍRITA• passe magnético• prece• água fluída• Trabalho no bem• Leituras edificantes• Evangelho no lar• Proposta pessoal de mudança interior
  5. 5. “Como nos tempos mais recuados dascivilizações mortas, temos de reafirmar que amaior necessidade da criatura humana ainda éa do CONHECIMENTO DE SI MESMA”. In: Consolador – pg.80 EMANUEL
  6. 6. Sócrates “... Na verdade, não é outra coisa o que faço nestas minhas andanças, a não ser persuadir a vós, jovens e velhos, de que não deveis cuidar só do corpo, nem exclusivamente das riquezas, e nem de qualquer outra coisa antes e mais fortemente que da alma, de modo que ela se aperfeiçoe sempre, pois não é do acúmulo de riquezas que nasce a virtude, mas do aperfeiçoamento da alma é que nascem as riquezas e tudo o que mais importa ao homem”.
  7. 7. “... O conhecimento de si mesmoé, portanto, a chave do progresso individual. Mas direis, como há de alguém julgar-se a si mesmo? Não está aí a ilusão do amor próprio para atenuar as faltas e torná-las desculpáveis?” Livro dos Espíritos – Santo Agostinho
  8. 8. Todos os Espíritos encarnados, porém,devem considerar que se encontram noplaneta como em poderoso cadinho de acrisolamento¹ e regeneração, sendo indispensável cultivar a flor da iluminação íntima: na angústia da vida humana, no círculo da família ou da comunidade social, através da maior severidade para consigo mesmo e da maior tolerância com os outros [...]” Emmanuel, O Consolador¹acrisolamento - Purificação, reforçamento de qualidades.
  9. 9. Cada um deve preparar-se para acompanhar amarcha do progresso, integrando a legião dosconstrutores do novo período da Humanidade. Anunciado por Jesus esse período de transição, tanto como referendado pelo Apocalipse, narrado por João evangelista e osprofetas que se manifestaram a esse respeito ao longo da História, ....
  10. 10. chega o momento de cumprir-se os divinos desígnios que reservam para a Terra generosa odestino regenerador, semas marcas do sofrimentona sua feição pungitiva e desesperadora.
  11. 11. “ (…) dá-se nestemomento a renovação do planeta, graças à qualidade dos espíritosque começam a habitá-lo, enriquecidos de títulos de enobrecimento e de interesse fraternal.” Joanna de Ângelis “Momentos de Harmonia”
  12. 12. As lições do Mestre de Nazaré, desde há dois mil anos, convocam-nos: 1) ao procedimento moral correto, 2) à convivência pacífica 3) ao cumprimento dos deveres de solidariedade e apoio aos que seencontram na retaguarda da ignorância,ou sofrendo os necessários fenômenos de recuperação pela dor, mediante os testemunhos, através das experiências aflitivas...
  13. 13. Mensagem Psicofônica – Bezerra Menezes – Divaldo Franco – Brasília – 8 nov . 2009 Era Nova de Divulgação do Reino de Deus – MENSAGEM BEZERRA DE MENEZES
  14. 14. Os momentos que vivemos são de esforço autoiluminativo, graças às revelações que descem à Terra com maior frequência e àsinformações seguras em torno do processo de mudança, oferecendo a visão do futuro que a todos nos espera.
  15. 15. Mensagem Psicofônica – Bezerra Menezes – Divaldo Franco – Brasília – 8 nov 2009• Soam, na Espiritualidade Superior, os clarins que anunciam a grande transição. Nem tudo, porém, são trevas e sofrimentos.•• Não apenas testemunhos de lágrimas em holocaustos novos, homenageando o Senhor da Vida. A misericórdia do Amor enseja-nos a madrugada de luz, caracterizada por um festival de bênçãos.
  16. 16. “A fim de que omundo se transformeé necessário que hajaa modificação do serhumano para melhor,por ser a célula máter da sociedade.
  17. 17. JOIO:GRAMÍNIA QUE NASCE NO MEIO DO TRIGO PREJUDICANDO A SEARA.
  18. 18. JOIO:almas que não querem ouvir as leis divinas nem as cumprir. BUSCAM:os caminhos do vício, da maldade e do erro.
  19. 19. Enquanto mantiver a enfermidade espiritual resultante do atrasoevolutivo, nenhuma força externa conseguiráalterar a marcha moral do planeta, desde que osseus habitantes recusem- se à transformação interior.
  20. 20. Ó tu, que dormes, levanta-te entre os mortos e o Cristo te esclarecerá
  21. 21. - Voltar nossa atenção para modificarmos as coisas de DENTRO DORMÊNCIA: DESPERTAR CONSCIÊNCIA NOSSA X DE SONO CONSCIÊNCIA Imobilidade Transformar o Espiritual mundo em nós
  22. 22. PROGRAMA AUTOREEDUCATIVO
  23. 23. questão 230 PORTA AMIGA QUE NOS CONDUZIRÁ AOS RACIOCÍNIOS MAIS PUROS, PORQUANTO, NA REFORMA DEFINITIVA DE NOSSO ÍNTIMO, É INDISPENSÁVEL O GOLPE DA AÇÃO PRÓPRIA, NO SENTIDO DE MODELARMOS O NOSSO SANTUÁRIO INTERIOR, NA SAGRADA ILUMINAÇÃO DA VIDA.
  24. 24. • EXAMINEMOS A NÓS MESMOS Questão 919• LIVRO:
  25. 25. • O dever do espírita-cristão é tornar-se progressivamente melhor.• Útil, assim, verificar, de quando em quando, com rigoroso exame pessoal, a nossa verdadeira situação íntima.
  26. 26. Espírita que não progride durante trêsanos sucessivos permaneceestacionário.
  27. 27. SER ESPÍRITA          AUTORREFORMA CONTÍNUA
  28. 28. • Inquire as tuas relações na experiência doméstica: - Conquistaste mais alto clima de paz dentro de casa?
  29. 29. • Investiga as atividades que te competem no templo doutrinário:• - Colaboras com mais euforia na seara do Senhor?
  30. 30. • Observa-te nas manifestações perante os amigos:• - Trazes o Evangelho mais vivo nas atitudes?
  31. 31. • Reflete em tua capacidade de sacrifício:- Notas em ti mesmo mais ampla disposição de servir voluntariamente?
  32. 32. Divaldo – quase 86 anos 2 e 03 Seminário e Conferência em Natal – RN 11 e 12 Conferência e Seminário em Goiânia - GO 12 (à noite) em Anápolis – GO 14 Uberlândia – MG 15 Grupo Espírita da Prece Chico Xavier -Uberaba – MG 16 Franca - SP
  33. 33. 20 New Jersey - EUA 21 Chicago - EUA 22 New Jersey - EUA 23 e 24Newark (Encontro do Tri-States) 25 San Francisco - EUA 26 Los Angeles - EUA 27 San Diego - EUA 28Seminário em Los Angeles (CA- USA).
  34. 34. • Pesquisa o próprio desapego:• - Andas um pouco mais livre do anseio de influência e de posses terrestres?
  35. 35.   A prudência necessária baseada nas necessidades e  nas obrigações do  futuro.  Ex: plantar para colher; trabalhar para pagar  as contas.
  36. 36.  PROVISÃO   A provisão coerente baseada nas exigências e  nas possibilidades do  futuro.  Ex: estudar para aprender;  economizar para ter.
  37. 37. Eu uso o necessário Somente o Necessário Somente o necessário Disney – Mogli e BaluO extraordinário é demais Eu digo necessário Somente o necessárioPor isso é que essa vida  eu vivo em paz
  38. 38. • Usas mais intensamente• os pronomes "nós",• "nosso" e "nossa"• e menos os determinativos• "eu", "meu" e "minha"?
  39. 39. • Diminuíram-te os pequenos remorsos ocultos no recesso da alma?
  40. 40. 4• Superastes os lapsos crônicos de desatenção e negligência?
  41. 41. Estudas mais profundamentea Doutrina que professas?
  42. 42. • Entendes melhor a função da dor?
  43. 43. “ Não é necessário que o turbilhão dos sofrimentos gerais o sensibilize, a fim de que possa contribuireficazmente com os Espíritos que operam em favor da grande transição”. Joanna de Ângelis, Jesus e Vida. Médium Divaldo P. Franco
  44. 44. • Auxilias aos necessitados com mais abnegação?
  45. 45. • Ainda cultivas alguma discreta desavença?
  46. 46. Como está nossorelacionamento no dia a dia? Criamos desavençasou já respeitamos nosso próximo?
  47. 47. • Tens orado realmente?
  48. 48. Teus ideiasevoluíram?
  49. 49. Tua fé raciocinada consolidou-se com mais segurança?
  50. 50. Tens o verbo mais indulgente, os braços mais ativos e as mãos mais abençoadoras?
  51. 51. Evangelho é alegria no coração:- Estás, de fato, mais alegre e feliz intimamente, nestes três últimos anos?
  52. 52. Teus instantes de tristeza ou de cólera surda,• Teus instantes de tristeza ou às vezes tão de cólera surda, às vezes tão conhecidos somente conhecidos somente por ti, estão presentemente ti, por mais raros? estão presentemente mais raros?
  53. 53. Tudo caminha!Tudo evolui!Confiramos o nosso rendimento individual com o Cristo!
  54. 54. Sopesa a existência hoje, espontaneamente, em regime de paz, para que te não vejas na obrigação de sopesá-la amanhã sob o impacto da dor.
  55. 55. Não te iludas!Um dia que se foi é mais uma cota de responsabilidade, mais um passo rumo à Vida Espiritual, mais uma oportunidade valorizada ou perdida.
  56. 56. Interroga a consciência quanto à utilidade que vens dando ao tempo, à saúde e aos ensejos de fazer o bem que desfrutas na vida diária.
  57. 57. Faze isso agora, enquanto te vales do corpo humano, com a possibilidade de reconsiderar diretrizes e desfazer enganos facilmente, pois, quando passares para o lado de cá, muita vez, já será mais difícil...
  58. 58. • Cada ser humano é responsável pela busca do seu equilíbrio, da sua harmonia.• O espiritismo auxilia no tratamento da consciência humana, lhe apresentando novos valores, educando o espírito.
  59. 59. • O desenvolvimento de valores como paciência, humildade, bondade, perdão, tolerância, caridade e amor, são características de consciência plenamente desperta, de unidade perfeita e de perfeito entrosamento de Deus para com o homem.

×