Livro dos Espiritos questao 201 Evangelho cap 14 item 8

2.325 visualizações

Publicada em

Reuniao Publica GECD

Publicada em: Espiritual
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.325
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
102
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
45
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Livro dos Espiritos questao 201 Evangelho cap 14 item 8

  1. 1. Estudo de O Livro dos Espíritos e do Evangelho Segundo o Espiritismo L.E. – Questão 201 Evangelho – Cap. XIV item 8 Dubai, 15/09/2013 Parte II - Cap. IV - Da Pluralidade das Existências Sexo nos Espíritos
  2. 2. Parte II - Cap. IV – Da pluralidade das Existências. Sexo nos Espíritos GECD - Grupo Espírita Cristão Despertar 2 201. Em nossa existência, pode o Espírito que animou o corpo de um homem animar o de uma mulher e vice-versa? “Decerto; são os mesmos os Espíritos que animam os homens e as mulheres.”
  3. 3. Parte II - Cap. IV – Da pluralidade das Existências. Sexo nos Espíritos GECD - Grupo Espírita Cristão Despertar 3 Ante os problemas do sexo, é forçoso lembrar que toda criatura traz os seus temas particulares, com referência ao assunto. Atendendo à soma das qualidades adquiridas, na fieira das próprias reencarnações, o Espírito se revela, no Plano Físico, pelas tendências que registra nos recessos do ser, caracterizando-se na condição de homem ou de mulher, conforme as tarefas que lhe cabe realizar.
  4. 4. Parte II - Cap. IV – Da pluralidade das Existências. Sexo nos Espíritos GECD - Grupo Espírita Cristão Despertar 4 Além disso a individualidade, muitas vezes, independentemente dos sinais morfológicos, encerra em si extensa problemática, em se tratando de vinculações e inclinações de caráter múltiplo. Cada pessoa se distingue por determinadas peculiaridades no mundo emotivo.
  5. 5. Parte II - Cap. IV – Da pluralidade das Existências. Sexo nos Espíritos GECD - Grupo Espírita Cristão Despertar 5 O sexo se define, desse modo, por atributo não apenas respeitável mas profundamente santo da Natureza, exigindo educação e controle. Através dele dimanam forças criativas, às quais devemos, na Terra, o instituto da reencarnação, o templo do lar, as bênçãos da família, as alegrias revitalizadoras do afeto e o tesouro inapreciável dos estímulos espirituais.
  6. 6. Parte II - Cap. IV – Da pluralidade das Existências. Sexo nos Espíritos GECD - Grupo Espírita Cristão Despertar 6 “Sexo é espírito e vida, a serviço da felicidade e da harmonia do Universo. Conseguintemente, reclama responsabilidade e discernimento, onde e quando se expresse..”.
  7. 7. Parte II - Cap. IV – Da pluralidade das Existências. Sexo nos Espíritos GECD - Grupo Espírita Cristão Despertar 7 Por isso mesmo, nossos irmãos e nossas irmãs precisam e devem saber o que fazem com as energias genésicas, observando como, com quem e para que se utilizam de semelhantes recursos, entendendo-se que todos os compromissos na vida sexual estão igualmente subordinados à Lei de Causa e Efeito; e, segundo esse exato princípio, de tudo o que dermos a outrem, no mundo afetivo, outrem também nos dará.
  8. 8. Parte II - Cap. IV – Da pluralidade das Existências. Sexo nos Espíritos GECD - Grupo Espírita Cristão Despertar 8 “...em torno do sexo, será justo sintetizarmos todas as digressões nas normas seguintes: Não proibição, mas educação. Não abstinência imposta, mas emprego digno, com o devido respeito aos outros e a si mesmo. Não indisciplina, mas controle. Não impulso livre, mas responsabilidade. Fora disso, é teorizar simplesmente, para depois aprender ou reaprender com a experiência. Sem isso, será enganar-nos, lutar sem proveito, sofrer e recomeçar a obra da sublimação pessoal, tantas vezes quantas se fizerem precisas, pelos mecanismos da reencarnação, porque a aplicação do sexo, ante a luz do amor e da vida, é assunto pertinente à consciência de cada um” – Pelo Espírito Emmanuel
  9. 9. Dubai, 05/02/2013 Cap. XIV – Honrai Vosso Pai e Vossa Mãe Item 8
  10. 10. 10 Capítulo XIV - Honrai Vosso Pai e Vossa Mãe A parentela corporal e a parentela espiritual 8. Os laços do sangue não criam forçosamente os liames entre os Espíritos. O corpo procede do corpo, mas o Espírito não procede do Espírito, porquanto o Espírito já existia antes da formação do corpo. Não é o pai quem cria o Espírito de seu filho; ele mais não faz do que lhe fornecer o invólucro corpóreo, cumprindo-lhe, no entanto, auxiliar o desenvolvimento intelectual e moral do filho, para fazê-lo progredir.
  11. 11. 11 Capítulo XIV - Honrai Vosso Pai e Vossa Mãe Os que encarnam numa família, sobretudo como parentes próximos, são, as mais das vezes, Espíritos simpáticos, ligados por anteriores relações, que se expressam por uma afeição recíproca na vida terrena. Mas, também pode acontecer sejam completamente estranhos uns aos outros esses Espíritos, afastados entre si por antipatias igualmente anteriores, que se traduzem na Terra por um mútuo antagonismo, que aí lhes serve de provação.
  12. 12. 12 Capítulo XIV - Honrai Vosso Pai e Vossa Mãe Não são os da consangüinidade os verdadeiros laços de família e sim os da simpatia e da comunhão de idéias, os quais prendem os Espíritos antes, durante e depois de suas encarnações. Segue-se que dois seres nascidos de pais diferentes podem ser mais irmãos pelo Espírito, do que se o fossem pelo sangue. Podem então atrair-se, buscar-se, sentir prazer quando juntos, ao passo que dois irmãos consangüíneos podem repelir-se, conforme se observa todos os dias: problema moral que só o Espiritismo podia resolver pela pluralidade das existências.
  13. 13. 13 Capítulo XIV - Honrai Vosso Pai e Vossa Mãe Há, pois, duas espécies de famílias: as famílias pelos laços espirituais Duráveis, as primeiras se fortalecem pela purificação e se perpetuam no mundo dos Espíritos, através das várias migrações da alma. as famílias pelos laços corporais Frágeis como a matéria, se extinguem com o tempo e muitas vezes se dissolvem moralmente, já na existência atual. Foi o que Jesus quis tornar compreensível, dizendo de seus discípulos: “Aqui estão minha mãe e meus irmãos, isto é, minha família pelos laços do Espírito, pois todo aquele que faz a vontade de meu Pai que está nos céus é meu irmão, minha irmã e minha mãe”.

×