O slideshow foi denunciado.
Organização:Fatima Araujo de CarvalhoOutubro - 2008
Dr. Martin Seligman          ex-presidente da Associação de          Psicologia dos Estados Unidosdemonstrou que algumas p...
Dr. Seligman identificou três características do pensamento pessimista que diminuem muito  nossa habilidade para lidar com...
1ª - permanência• situações temporárias e passageiras são  consideradas duradouras e imutáveis.
2ª - generalização• Quando algo vai mal, acha que tudo vai mal.  •Diante de um obstáculo, ele se sente  totalmente rejeita...
3ª - personalização• Pensa que tudo o que acontece de ruim é sua  culpa e tudo de bom deve ser creditado a outra  pessoa o...
Em vez de corrigir o erro, este se  torna um imenso problema, a   pessoa se sente ainda maisintimidada e comete mais erros...
Abandone o papel de vítima e exerça      controle sobre a situação• – Diante de um problema, pergunte-se:  • “Como posso i...
TOLERÂNCIA À TENSÃO
AFASTAMENTO DAREVOLTA E AUTOCOMPAIXÃO
RELEXÃO CRÍTICA, POSITIVA,      AMPLA E PREVENTIVA
SUBLIMAÇÃO POR MEIO DA:ARTE,LAZER,HUMOR,ATIVIDADE FÍSICA
VONTADE DE FAZER MELHOR                         E                   PARTICIPAR DA            TRANSFORMAÇÃO DA SOCIEDADE   ...
CAPACIDADE DE REINICIAR(COMEÇAR DO ZERO)
CAPACIDADE DE REINICIAR(COMEÇAR DO ZERO)
CAPACIDADE DE REINICIAR     (COMEÇAR DO ZERO)
Recomeçar é ....    • Renunciar ao sofrimento    • Aceitar as mudanças    • Se permitir crescer                    com ela...
• JOÃO CARLOS MARTINSMAIOR INTÉRPRETE MUNDIAL         DE BACH AO PIANO
RECOMEÇAR É:•   SE ADAPTAR DIANTE DAS•   INEVITÁVEIS E•   INCONTROLÁVEIS –•   DIFICULDADES DA VIDA    ALBERTO AMARAL Jr. –...
CAPACIDADE DE :AGREGAR, DAR E RECEBER
TOLERÂNCIA COM OS LIMITESE CARACTERÍSTICAS PRÓPRIAS E DOS OUTROS   Aceitar erros nossos e dos outros  para que não tentemo...
FLEXIBILIDADE ABERTURA INTERIOR AO NOVO  Exercitar-se na compreensão  e abordagem de fatos novos               ;
Resiliência e burnout teoria e superação parte 3
Resiliência e burnout teoria e superação parte 3
Resiliência e burnout teoria e superação parte 3
Resiliência e burnout teoria e superação parte 3
Resiliência e burnout teoria e superação parte 3
Resiliência e burnout teoria e superação parte 3
Resiliência e burnout teoria e superação parte 3
Resiliência e burnout teoria e superação parte 3
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Resiliência e burnout teoria e superação parte 3

823 visualizações

Publicada em

Esta apresentação é uma síntese de minha dissertação de Mestrado, uso para ilustrar minhas palestras sobre o tema. Tendo por objetivo buscar alternativas para ajudar os professores na superação da síndrome de burnout, o resultado pode ajudar também outros profissionais e o ser humano em si, seja qual for sua atividade. Veja também as partes 4 e 5, completando o trabalho.

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Resiliência e burnout teoria e superação parte 3

  1. 1. Organização:Fatima Araujo de CarvalhoOutubro - 2008
  2. 2. Dr. Martin Seligman ex-presidente da Associação de Psicologia dos Estados Unidosdemonstrou que algumas pessoas diante determinados eventos da vida assumem o comportamento chamado de “vitimização aprendida”, ou seja, acreditam que o obstáculo irá afetá-las por um longo período e qualquer coisa que façam não sortirá nenhuma diferença.
  3. 3. Dr. Seligman identificou três características do pensamento pessimista que diminuem muito nossa habilidade para lidar com pressões:
  4. 4. 1ª - permanência• situações temporárias e passageiras são consideradas duradouras e imutáveis.
  5. 5. 2ª - generalização• Quando algo vai mal, acha que tudo vai mal. •Diante de um obstáculo, ele se sente totalmente rejeitado como pessoa.
  6. 6. 3ª - personalização• Pensa que tudo o que acontece de ruim é sua culpa e tudo de bom deve ser creditado a outra pessoa ou ao acaso.
  7. 7. Em vez de corrigir o erro, este se torna um imenso problema, a pessoa se sente ainda maisintimidada e comete mais erros, criando assim um perigoso círculo vicioso
  8. 8. Abandone o papel de vítima e exerça controle sobre a situação• – Diante de um problema, pergunte-se: • “Como posso influenciar esta situação positivamente?” Lembre-se de colocar foco: no que pode ser mudado e não no que é imutável.
  9. 9. TOLERÂNCIA À TENSÃO
  10. 10. AFASTAMENTO DAREVOLTA E AUTOCOMPAIXÃO
  11. 11. RELEXÃO CRÍTICA, POSITIVA, AMPLA E PREVENTIVA
  12. 12. SUBLIMAÇÃO POR MEIO DA:ARTE,LAZER,HUMOR,ATIVIDADE FÍSICA
  13. 13. VONTADE DE FAZER MELHOR E PARTICIPAR DA TRANSFORMAÇÃO DA SOCIEDADE Disposição àdescoberta e desenvolvimento de novas formas de ser, fazer e pensar
  14. 14. CAPACIDADE DE REINICIAR(COMEÇAR DO ZERO)
  15. 15. CAPACIDADE DE REINICIAR(COMEÇAR DO ZERO)
  16. 16. CAPACIDADE DE REINICIAR (COMEÇAR DO ZERO)
  17. 17. Recomeçar é .... • Renunciar ao sofrimento • Aceitar as mudanças • Se permitir crescer com elas MARA GABRILLI - (tetraplégica) (Vereadora, psicóloga, publicitária )
  18. 18. • JOÃO CARLOS MARTINSMAIOR INTÉRPRETE MUNDIAL DE BACH AO PIANO
  19. 19. RECOMEÇAR É:• SE ADAPTAR DIANTE DAS• INEVITÁVEIS E• INCONTROLÁVEIS –• DIFICULDADES DA VIDA ALBERTO AMARAL Jr. – ADVOGADO BRILHANTE CEGO DE NASCENÇA
  20. 20. CAPACIDADE DE :AGREGAR, DAR E RECEBER
  21. 21. TOLERÂNCIA COM OS LIMITESE CARACTERÍSTICAS PRÓPRIAS E DOS OUTROS Aceitar erros nossos e dos outros para que não tentemos escondê-los,negá-los ou suprimi-los violentamente.
  22. 22. FLEXIBILIDADE ABERTURA INTERIOR AO NOVO Exercitar-se na compreensão e abordagem de fatos novos ;

×