BPMN + DMN Integração perfeita para modelagem e automação de processos e decisões

1.065 visualizações

Publicada em

Apresentação no evento BPM Day da ABPMP Brazil em Goiânia em novembro de 2015. Separação das decisões dos processos de negócio e utilização de padrões de fato para representar e automatizar diretamente dos diagramas.

Publicada em: Negócios

BPMN + DMN Integração perfeita para modelagem e automação de processos e decisões

  1. 1. BPMN + DMN Integração perfeita para modelagem e automação de processos e decisões Maurício Bitencourt, CBPP Vice-presidente e co-fundador da ABPMP Brasil 25 de novembro de 2015 Auditório da FIEG - Casa da Indústria - Goiânia, GO http://mauriciobitencourt.com http://linkedin.com/in/mbitencourt GOIÂNIA 2015
  2. 2. mauriciobitencourt.com http://pt.slideshare.net/mbitencourt/bpmn-dmn-a-integrao-perfeita-para-os-processos-e-as-decises
  3. 3. mauriciobitencourt.comhttps://www.youtube.com/watch?v=OIRZebE8O84
  4. 4. mauriciobitencourt.comhttps://www.youtube.com/watch?v=OIRZebE8O84 TRANSFORMAÇÃO DIGITAL Em 1974 Arthur C. Clarke disse à rede ABC que cada família em 2001 terá um computador conectado ao mundo.
  5. 5. mauriciobitencourt.comhttps://www.youtube.com/watch?v=OIRZebE8O84 A 'digitalização’ a partir da perspectiva dos processos é orquestrar de forma mais rápida e otimizada todos tipos recursos.
  6. 6. Processos previsíveis mauriciobitencourt.com
  7. 7. Flexíveis, eficazes e governados por regras de negócio Padronizados e eficientes para assegurar qualidade Resultados pré-definidos do processo mauriciobitencourt.com
  8. 8. Processos adaptativos mauriciobitencourt.comh"p://www.nature.com/nature/journal/v388/n6637/fig_tab/388047a0_F1.html
  9. 9. Design Experiência do cliente (UX) mauriciobitencourt.com
  10. 10. mauriciobitencourt.com Processos mais flexíveis Gerenciamento de Caso trabalho do Adequado para conhecimento
  11. 11. mauriciobitencourt.com 2002 Há mais de 10 anos temos técnicas e tecnologias BPMS Open Source 2013
  12. 12. Agora temos notação, modelo e ferramentas abertas mauriciobitencourt.com
  13. 13. mauriciobitencourt.com Notações e modelos abertos BPMN Processos 2005 DMN Decisões 2015 CMMN Casos 2014 + +
  14. 14. Está provado que podemos atribuir tarefas inteligentes para as máquinas mauriciobitencourt.com
  15. 15. Está provado que podemos atribuir tarefas inteligentes para as máquinas mauriciobitencourt.com
  16. 16. Está provado que podemos atribuir tarefas inteligentes para as máquinas mauriciobitencourt.comhttp://www.hbrbr.com.br/revista/junho-2015
  17. 17. h"p://campustechnology.com/arCcles/2015/06/02/bpm-to-hit-2.7-billion-in-2015-driven-in-part-by-internet-of-things.aspx A Internet das Coisas está impulsionando o BPM mauriciobitencourt.com
  18. 18. iBPMS Com o iBPMS, vários dispositivos inteligentes irão executar grandes volumes de decisões, capturar eventos complexos, instanciar processos estruturados e casos dinâmicos. mauriciobitencourt.com
  19. 19. Internet das coisas Inteligência embarcada do IoT está tornando os sistemas mais autônomos. mauriciobitencourt.com
  20. 20. Internet das coisas Estes dispositivos conectados geram bilhões de eventos diariamente para as soluções iBPMS. mauriciobitencourt.com
  21. 21. Demanda exponencial •  Resolver problemas complexos em tempo real •  Ser proativo antes que aconteçam problemas •  Combinar com analíticos mauriciobitencourt.com
  22. 22. mauriciobitencourt.com
  23. 23. Oportunidade para evoluir os modelos Processos modelados como fluxograma de forma equivocada para o padrão BPMN mauriciobitencourt.com
  24. 24. Oportunidade para evoluir os modelos Desvios do processo integrados ao Modelo de Decisão e Regras de Negócio automatizadas Processos modelados como fluxograma de forma equivocada para o padrão BPMN mauriciobitencourt.com
  25. 25. Oportunidade para evoluir os modelos Desvios do processo integrados ao Modelo de Decisão e Regras de Negócio automatizadas Processos modelados como fluxograma de forma equivocada para o padrão BPMN mauriciobitencourt.com
  26. 26. Diminuir complexidade, fazer mais rápido, melhor e com menos recursos mauriciobitencourt.com
  27. 27. Processo de Negócio e Modelo de Decisão BPMN mauriciobitencourt.com
  28. 28. Processo de Negócio e Modelo de Decisão BPMN DMN mauriciobitencourt.com
  29. 29. Processo de Negócio e Modelo de Decisão Nome da tabela de decisão U Expressão de entrada 1 Expressão de entrada 2 Nome da saída 1 Valor de entrada 1a Valor de entrada 2a Resultado 1a 2 Valor de entrada 2b Resultado 1b 3 Valor de entrada 1c - Resultado 1c BPMN DMN mauriciobitencourt.com
  30. 30. Processo de Negócio e Modelo de Decisão BPMN DMN Nome da tabela de decisão U Expressão de entrada 1 Expressão de entrada 2 Nome da saída 1 Valor de entrada 1a Valor de entrada 2a Resultado 1a 2 Valor de entrada 2b Resultado 1b 3 Valor de entrada 1c - Resultado 1c mauriciobitencourt.com Processo de Negócio Requisitos de Decisão Lógica de Decisão
  31. 31. Complexidade do “workflow macarrônico” mauriciobitencourt.com
  32. 32. Complexidade do “workflow macarrônico” mauriciobitencourt.com
  33. 33. “caminho feliz” na prática mauriciobitencourt.com
  34. 34. O caminho feliz e as exceções mauriciobitencourt.com
  35. 35. Gargalos em filas de trabalho organizadas em lote mauriciobitencourt.com
  36. 36. Filas de trabalho automatizadas com BPMS Decisão Desvio mauriciobitencourt.com
  37. 37. Fluidez das filas de trabalho automatizadas com o conceito lote=1 (LEAN Office) mauriciobitencourt.com
  38. 38. Documentação do processo igual a execução no BPMS Conformidade com trilhas de auditoria mauriciobitencourt.com
  39. 39. Produtividade para executar grande volume de instâncias e exceções PESSOAS PROCESSOS DECISÕES SISTEMAS mauriciobitencourt.com
  40. 40. Substituir tarefas de usuários em sistemas por acesso automático a informações de serviços SOA com maior segurança e menor custo mauriciobitencourt.com
  41. 41. Substituir decisões operacionais sem julgamento por regras de negócio automatizadas mauriciobitencourt.com BPMN + DMN
  42. 42. Estender tarefas humanas de workflow a interfaces responsivas do desktop ao wearable mauriciobitencourt.com
  43. 43. Interfaces consumindo as mesmas decisões automatizadas em DMN mauriciobitencourt.com Nome da tabela de decisão Regra Expressão de entrada 1 Expressão de entrada 2 Nome da saída 1 Valor de entrada 1a Valor de entrada 2a Resultado 1a 2 Valor de entrada 2b Resultado 1b 3 Valor de entrada 1c - Resultado 1c
  44. 44. Decisões claras potencializam o trabalho do conhecimento mauriciobitencourt.com Regras de negócio: •  não são julgamentos, são direcionamentos •  não são software, são ativos de conhecimento •  Pesquisa •  Análise •  Altos níveis de experiência •  Julgamento •  Colaboração •  Avaliação de riscos •  Criatividade •  Investigação •  Negociação •  Habilidades de comunicação Adaptado do Guia para o Gerenciamento de Processos de Negócio Corpo Comum de Conhecimento ABPMP BPM CBOK V3.0 Prefácio do Capítulo 2 Gerenciamento de Processos de Negócio por Janelle Hill, Gartner Research
  45. 45. Problemas mauriciobitencourt.com 1.  Regras estão escondidas dentro das aplicações – problema de visibilidade Regras numa caixa preta S ? N
  46. 46. Problemas mauriciobitencourt.com 1.  Regras estão escondidas dentro das aplicações – problema de visibilidade 2.  Necessita de TI e um prazo longo para ser alterada – problema da agilidade Regras numa caixa preta Criação e manutenção por código de programadores S ? N
  47. 47. Problemas mauriciobitencourt.com 1.  Regras estão escondidas dentro das aplicações – problema de visibilidade 2.  Necessita de TI e um prazo longo para ser alterada – problema da agilidade 3.  Pessoas com diferentes interpretações sobre uma mesma regra – problema da consistência Regras numa caixa preta Criação e manutenção por código de programadores Custo de reuniões e discussões para definir a regra S ? N
  48. 48. Problemas mauriciobitencourt.com 1.  Regras estão escondidas dentro das aplicações – problema de visibilidade 2.  Necessita de TI e um prazo longo para ser alterada – problema da agilidade 3.  Pessoas com diferentes interpretações sobre uma mesma regra – problema da consistência 4.  Regras não são tratadas como ativos da organização – problema da gestão do conhecimento Regras numa caixa preta Criação e manutenção por código de programadores Custo de reuniões e discussões para definir a regra Boa parte das regras na cabeça das pessoas S ? N
  49. 49. Solução mauriciobitencourt.com 1.  Separar regras de negócio das aplicações – visibilidade e processos mais inteligentes Decisão antes do desvio no processo
  50. 50. Solução mauriciobitencourt.com Motor de Regras de Negócio (BRE) 1.  Separar regras de negócio das aplicações – visibilidade e processos mais inteligentes 2.  Automatizar regras – consistência Decisão antes do desvio no processo
  51. 51. Solução mauriciobitencourt.com Motor de Regras de Negócio (BRE) Repositório de Regras (BRMS) 1.  Separar regras de negócio das aplicações – visibilidade e processos mais inteligentes 2.  Automatizar regras – consistência 3.  Gerenciar um repositório de regras – regras como ativos Decisão antes do desvio no processo
  52. 52. Solução mauriciobitencourt.com Motor de Regras de Negócio (BRE) Repositório de Regras (BRMS) 1.  Separar regras de negócio das aplicações – visibilidade e processos mais inteligentes 2.  Automatizar regras – consistência 3.  Gerenciar um repositório de regras – regras como ativos 4.  Expressar regras de negócio em termos que as pessoas de negócio compreendam – visibilidade dos modelos de decisãoRegras expressas em tabelas de decisão Decisão antes do desvio no processo
  53. 53. Solução mauriciobitencourt.com Motor de Regras de Negócio (BRE) Repositório de Regras (BRMS) 1.  Separar regras de negócio das aplicações – visibilidade e processos mais inteligentes 2.  Automatizar regras – consistência 3.  Gerenciar um repositório de regras – regras como ativos 4.  Expressar regras de negócio em termos que as pessoas de negócio compreendam – visibilidade dos modelos de decisão 5.  Estimular a colaboração entre pessoas de negócio e TI - agilidade Criação e manutenção visual das regras Regras expressas em tabelas de decisão Decisão antes do desvio no processo
  54. 54. mauriciobitencourt.com Fatos à Decisões à Resultados
  55. 55. mauriciobitencourt.com Fatos Estado dos clientes Histórico de compras Novo pedido Clientes em potencial Clientes prioritários Captura de eventos
  56. 56. mauriciobitencourt.com Decisões Este é o melhor caminho? Este é um bom cliente? Devemos notificar o cliente? Este comportamento é normal? Devemos ter mais estoques? O que o cliente necessita? Devemos conceder mais crédito ao cliente?
  57. 57. mauriciobitencourt.com Resultados Gerenciar logística Propor um seguro Notificar o cliente Fraude detectada Oferecer uma promoção especial Alarme de incêndio Temos um problema no lote de produtos
  58. 58. mauriciobitencourt.com Fatos à à Resultados O motor cuida da complexidade para você. </>
  59. 59. Decisões em todo lugar mauriciobitencourt.comhttp://www.voeazul.com.br/voos-internacionais/tarifas-para-bebes-e-criancas
  60. 60. Exemplo prático mauriciobitencourt.comhttp://www.voeazul.com.br/voos-internacionais/tarifas-para-bebes-e-criancas Tarifas para bebês e crianças U Idade Assento Valor 1 Bebês (0 a 2 anos) Viajando no colo 10% da tarifa do adulto 2 Cadeirinha de bebê 75% da tarifa do adulto 3 Crianças (2 a 12 anos) - Desconto de até 25% da tarifa do adulto
  61. 61. Políticas de acerto e desvios Tabela de decisão com acerto simples ou acerto múltiplo com acumulação Tabela de decisão com acerto múltiplo para desvio em uma ou mais rotas
  62. 62. mauriciobitencourt.com Nome da Tabela de Decisão U Expressão Expressão Resultado 1 Entrada 1a Entrada 1b Saída 1 2 Entrada 2a Entrada 2b Saída 2 3 Entrada 3a Entrada 3b Saída 3 4 Entrada 4a Entrada 4b Saída 4 5 Entrada 5a Entrada 5b Saída 5 Acerto Simples (SINGLE HIT)
  63. 63. mauriciobitencourt.com Nome da Tabela de Decisão C Expressão Expressão Resultado 1 Entrada 1a Entrada 1b Saída 1 2 Entrada 2a Entrada 2b Saída 2 3 Entrada 3a Entrada 3b Saída 3 4 Entrada 4a Entrada 4b Saída 4 5 Entrada 5a Entrada 5b Saída 5 Acerto MúlCplo (MULTIPLE HIT)
  64. 64. Agilidade Uma das principais causas de ineficiência de TI está na reconstrução contínua de sistemas com base em decisão codificadas. mauriciobitencourt.com
  65. 65. Frequência das mudanças mauriciobitencourt.com Nome da tabela de decisão U Expressão de entrada 1 Expressão de entrada 2 Nome da saída 1 Valor de entrada 1a Valor de entrada 2a Resultado 1a 2 Valor de entrada 2b Resultado 1b 3 Valor de entrada 1c - Resultado 1c Nome da tabela de decisão U Expressão de entrada 1 Expressão de entrada 2 Nome da saída 1 Valor de entrada 1a Valor de entrada 2a Resultado 1a 2 Valor de entrada 2b Resultado 1b 3 Valor de entrada 1c - Resultado 1c Processo de Negócio Estrutura da Decisão (colunas) Regras de Negócio (linhas) Gestão de mudança e esforço de analistas e desenvolvedores Frequência baixa (anos e meses) Mudanças simples e manutenção direta Frequentemente (semanas e dias)
  66. 66. mauriciobitencourt.com Empoderamento para automação do conhecimento
  67. 67. Do modelo ao motor de execução mauriciobitencourt.com Nome da tabela de decisão U Expressão de entrada 1 Expressão de entrada 2 Nome da saída 1 Valor de entrada 1a Valor de entrada 2a Resultado 1a 2 Valor de entrada 2b Resultado 1b 3 Valor de entrada 1c - Resultado 1c FEEL (Friendly Enough Expression Language)
  68. 68. mauriciobitencourt.com
  69. 69. mauriciobitencourt.com Nome da tabela de decisão U Expressão de entrada 1 Expressão de entrada 2 Nome da saída 1 Valor de entrada 1a Valor de entrada 2a Resultado 1a 2 Valor de entrada 2b Resultado 1b 3 Valor de entrada 1c - Resultado 1c Nome da tabela de decisão U Expressão de entrada 1 Expressão de entrada 2 Nome da saída 1 Valor de entrada 1a Valor de entrada 2a Resultado 1a 2 Valor de entrada 2b Resultado 1b 3 Valor de entrada 1c - Resultado 1c Nome da tabela de decisão U Expressão de entrada 1 Expressão de entrada 2 Nome da saída 1 Valor de entrada 1a Valor de entrada 2a Resultado 1a 2 Valor de entrada 2b Resultado 1b 3 Valor de entrada 1c - Resultado 1c
  70. 70. Diferenças mauriciobitencourt.com Regras de Negócio guiam comportamentos e decisões Processos criam valor aos clientes Requisitos revelam o que desenvolver
  71. 71. “A única vantagem competitiva sustentável é a capacidade de aprender mais rápido e melhor do que os concorrentes.” Peter M. Senge mauriciobitencourt.com
  72. 72. mauriciobitencourt.com
  73. 73. Créditos mauriciobitencourt.comAll icons are free to use, as long as you properly credit the icons creator licensed under Creative Commons Attribution (CC BY).

×