SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 34
Gestão de TI
Faculdade Dom Bosco de Porto Alegre
Bacharelado em Sistemas de Informação
Prof. Filipo Mór 2014/01
Gestão de Processos, BPM e
Desenvolvimento de Sistemas
Gestão de Processos
Objetivos Organizacionais
• São os resultados que a organização deseja
alcançar em um determinado período de tempo.
• Devem ser:
– Focalizados em um resultado
– Consistentes
– Específicos
– Mensuráveis
– Relacionados com um determinado período de tempo
– Alcançáveis
Objetivos Organizacionais
• Rotineiros
– Padrões de desempenho diário
• Inovadores
– Incorporam algo novo à organização
• De aperfeiçoamento
– Melhoram e incrementam o que já existe
Objetivos Organizacionais
Objetivos Organizacionais
Análise Ambiental Análise Organizacional
Visão
Missão
Estratégia Organizacional O que devemos fazer?
Para onde queremos ir?
O que temos
na empresa?
O que há
no ambiente?
Quais as forças e
fraquezas que temos
na organização?
Quais as oportunidades
e ameaças que existem
no ambiente?
Cadeia de Valor (Porter)
• A base para a compreensão dos processos de
negócio está no conceito de cadeia de valor
• Representa um conjunto de atividades ou
tarefas executadas para:
– Projetar
– Produzir
– Comercializar
– Distribuir
– Dar suporte aos produtos
Cadeia de Valor (Porter)
Hierarquia Genérica de Processos
Organização, Sistema, Cadeia de
Valor e Processo de Negócio
• Banco Central
– Sistema de Câmbio e Capitais Estrangeiros
• Visão do Cliente (desde a requisição até obter produto)
– Processo de Exportação e Importação
– Processo de Empréstimos Externos...
• DOM BOSCO
– Sistema de Ensino Superior
• Ciclo de formação do aluno (desde a aprovação no
Vestibular até a conclusão do curso)
– Processo de matrícula (pré-matricula, matrícula e ajuste)
– Processo de monitoria acadêmica...
Os Processos na Organização
Os Processos na Organização
Captura de Dados Processamento Conferência Entrega
Suíte de Aplicativos
Gestão de Contratos
Cobrança dos
Serviços
Folha de
Pagamento
SAC
NegócioApoio
Tecnologia da Informação
!
!
!
!
!
! Processo crítico para o negócio (Alto Potencial de Automatização x Alta Utilização de Pessoas)
Os Processos na Organização
Gestão de Processos
• Processo
– É um conjunto organizado de atividades
interagentes e interdependentes com
objetivos e funções determinadas.
Gestão de Processos
• Objetivo
– razão da existência do processo
• Entradas
– Materiais, Energia, Informação para o
processo cumprir sua finalidade
• Processo de Transformação
– função que possibilita a transformação de
uma entrada em um produto, serviço ou
resultado - saída
• Saída
– resultado do processo de
transformação, deve estar coerente com
os objetivos previamente especificados
Objetivos
Processo
Transformação
Entrada Saída
FeedBack Controle
Estrutura por Processos
• Agrupa cargos em função do fluxo de
atividades
• É orientada pelas necessidades dos
clientes
• Busca eficiência e eficácia para a
empresa
• Não considera os limites da estrutura
funcional
Visão Sistêmica da Organização
Processo
Processo
Mercado
PROCESSOS
DE
VENDAS
CAPITAL
TECNOLOGIA
MATÉRIAS
PRIMAS
RECURSOS
HUMANOS
RECURSOS HUMANOS
PESSOAS
PRODUTO
DISTRIBUIÇÃO
PEDIDOS
MANUFATURA
PROJETOS
MARKETING VENDAS
IDÉIAS DE PRODUTOS
ORÇAMENTOS
FATURAMENTO
PEDIDOS
PROMOÇÕES
TENDÊNCIAS
PRODUTO
FINANÇAS
Processo ENGENHARIA
Por que gerenciar processos?
• Geram os produtos e serviços de uma
organização.
• São críticos para alcançar e manter
vantagens competitivas.
• São os meios pelos quais suprimos as
necessidades dos clientes e atingimos as
metas da organização.
Exemplos de Processos
• Processo de execução de projetos
• Processo de gerenciamento de serviços
de TI
• Processo de desenvolvimento de software
• Processo para atendimento a clientes em
uma organização
Desenvolvimento de SI
Desenvolvimento de SI
• As organizações esperam que gerentes não
somente usem sistemas mas também:
– Saibam como usar a tecnologia da informação para
projetar organizações competitivas e eficientes;
– Participem no projeto da arquitetura de informação e
sistemas de sua empresa;
– Administrem os recursos de informação da
organização;
– Participem da definição e aquisição das tecnologias
da informação;
Desenvolvimento de SI
• As organizações esperam que gerentes não
somente usem sistemas mas também:
– Entendam sobre padrões de hardware e software de
modo a garantir que os mesmos sejam compatíveis e
possam operar em conjunto;
– Escolham entre opções de telecomunicações
alternativas;
– Gerenciem e controle a influência dos sistemas nos
empregados e no cliente;
– Sugiram novos usos para os sistemas de informação.
BPM
Business Process Management
BPM
Business Process Management
BPM
Business Process Management
• Design
• Identificação dos processos já existentes e/ou
desenho dos processos a serem implementados.
• Representação do fluxo de trabalho.
• Alertas e notificações.
• Comunicações e escalamento.
• Procedimentos padrões.
• SLAs.
BPM
Business Process Management
• Modelagem
• Aplica variáveis ao design teórico.
• Procura testar o design em situações de mundo real.
• “se um funcionário não comparecer ao trabalho?”
• “se a meta não for alcançada?”
• “se o equipamento falhar?”
BPM
Business Process Management
• Execução
• Executar o processo definido na prática.
• A execução pode ser automatizada com a ajuda de
um SI.
• Em alguns casos, a automação pode não ser
completa.
BPM
Business Process Management
• Monitoramento
• Rastreamento da execução de cada processo.
• Geração de estatísticas e informação sobre a
performance.
• Vantagens:
• Pode ser utilizado para melhorar a integração
com clientes e fornecedores.
• Viabiliza a identificação de
gargalos, permitindo assim a
redução de custos.
BPM
Business Process Management
• Otimização
• A partir dos dados obtidos nas fases de modelagem
e monitoramento (desempenho esperado), são
analisados os possíveis gargalos e pontos de menor
eficiência.
• São definidas correções ou melhorias, e planejada
sua implantação.
Logistica
Inbound
Logistica
Outbound
Operaçoes Marketing Pós - Vendas
BPM
Business Process Management
• Macroprocessos
– São os grandes processos
das empresas.
– São resultantes da
explosão da cadeia de
valor.
Logistica
Inbound
Recebimento Fiscal
Recebimento Fisico
Conferencia Cega
Inspeção de
Recebimento
Estoque
BPM
Business Process Management
• PROCESSO
– Série de tarefas logicamente inter-relacionadas que quando executadas
produzem resultados esperados.
– Otimização dos processos internos da empresa e de toda cadeia
produtiva.
– O processo é composto de:
 Atividade
 São as tarefas executadas.
 Sempre Verbo no infinitivo.
 Eventos
 Resultado das atividades.
 Sempre no particípio.
BPM
Business Process Management
Mapeamento de Processos
Solicitação
Recebida
Analisar
Solicitação
Operador
Sr.
Operador
Pl.
Solicitação
Aprovada
Solicitação
Reprovada
Operador
Pl.
Preparar
Solicitação
Processar
Solicitação
Arquivar
Solicitação
Solicitação
Arquivada
Solicitação
Processada
Operador
Pl.
Mapeamento de Processos
INÍCIO
Aprovado pela
Diretoria?
ALOCAÇÃO DA
EQUIPE
REUNIÃO
DE
KICK-OFF
ENTENDIMENTO
ESCOPO PRELIMINAR
ORÇAMENTAÇÃO
JUNTO A PRODUÇÃO
ELABORAÇÃO
CRONOGRAMA
SIM
IMPLEMENTAÇÃO
LIBERAÇÃO PARA
HOMOLOGAÇÃO
AJUSTES E
CORREÇÕES
PRODUTO
HOMOLOGADO?
NÃO
SIM
REUNIÃO DE
ENCERRAMENTO E
ACEITE DO PROJETO
- termo de aceite de serviço
- lições aprendidas
ENCERRAMENTO
- atualização estatísticas.
- atualização repositório.
- lições aprendidas.
- fechamento repositório.
- encerramento no cockpit e intranet.
- comunicação oficial para a estrutura.
FINAL
IMPLANTAÇÃO/
PUBLICAÇÃO
DEFINIÇÃO DE
AJUSTES
Aprovado pelo
PMO?
NÃO EXECUÇÃO AJUSTESSIM
DETALHAMENTO DO ESCOPO E
PLANEJAMENTO DE PRODUÇÃO
IMPLEMENTAÇÃO
HOMOLOGAÇÃO E PUBLICAÇÃO
ENCERRAMENTO
ENTRADAS:
* sistema homologado pelo Cliente.
ENTREGAS:
* TAS
* Sistema em Produção.
* encerramento Projeto.
ENTREGAS:
* cronograma detalhado
* orçamento em horas
* descritivo funcional
* sitemap final.
ENTRADAS:
* briefing
* escopo preliminar
* sitemap preliminar
* referências
ENTREGAS:
* wireframes aprovados
* especificação técnica
* requisitos de integração com legado.
* alocação da equipe.
ENTRADAS:
* cronograma detalhado
* orçamento em horas
* descritivo funcional
* sitemap final.
* demais artefatos de escopo
ENTREGAS:
* Pacotes, conforme cronograma.
* após entrega de pacote final, homologação será iniciada.
* sistema implantado em ambiente de homologação.
ENTRADAS:
* wireframes aprovados
* especificação técnica
* requisitos de integração com legado.
ENTRADAS:
* sistema testado e implantado em homologação
ENTREGAS:
* sistema homologado pelo Cliente.
PACOTES:
* ciclo de implementação se
repete por pacote (entregas).
* ciclos podem ser paralelos.
Cockpit
atualizado
Status
Report
Semanal
Cockpit
atualizado
Status
Report
Semanal
Cockpit
atualizado
REUNIÃO KICK-OFF
COM CLIENTE
- apresentação do GP;
- apresentação do processo produtivo macro;
- apresentação do processo de gestão de mudanças;
- identificação de aprovadores e stakeholders.
REDAÇÃO
ARTEFATOS DE
ESCOPO
- AT
- GP
- GP
- AS
- AI
- GP
- AS
- AI
A.S. A.I.
PROJETO
APROVADO
ANÁLISE E ESPECIFICAÇÃO
OUTRAS
COMPETÊNCIAS
- depende do tipo de Projeto.
- o processo produtivo de cada competência deve
incluir as etapas de aprovação dos respectivos
artefatos.
- GP
- AT
- depende do
tipo de Projeto.
Cockpit
atualizado
Status
Report
Semanal
NÃO
REVISÃO FINAL PARA
HOMOLOGAÇÃO
- entendimento e detalhamento do escopo;
- levantamento de requisitos.
DETALHAMENTO DE
ESCOPO COM
CLIENTE
- AT
- GP
- AS
- AI
- DA
APRESENTAÇÃO
PLANEJAMENTO DE
PRODUÇÃO AO
CLIENTE
- AT
- GP
PLANEJAMENTO
D.A. 3D
WD HTML SI
TESTES
CMS
Supervisão:
- GP
- AS
- DA
- AI
MARCAÇÃO
TRIBUNAL
WEBSITE TRIBUNAIS
JORNAIS
CONVERSAO PDF para TXT
formato RAW
bulk copy
SQL Server
SEPARAÇÃOPUBLICAÇÃOCONFERÊNCIA
ENVIO DE E-
MAIL
EXTRATOR
INTERNET
FAX CORREIO
(físico)
Sistema WEB
SERVIDOR WEB
computador
do
usuário
MACRO PROCESSO EXTRATOR
EXTRATOR DE DADOS
computador
do
usuário
RECORTE
COBRANÇA
remessa para banco
envio de boletos
conferência manual
Impressão manual boletos
administrativo
Bonnjur
MANUALMANUAL
MANUAL
MANUAL
MANUAL
IMPRESSAO
MANUAL
MANUAL
MÓDULO CONTRATOS
(gerencial/administrativo)
PROCESSAMENTO
PARALELO
(inoperante)
Solicitações
Clientes
base
gerencial
Cadastro
Clientes
+
Controle
Financeiro
INTERNET
computador
do
usuário
Sistema Desktop
Sistema Desktop
Prime para
Escritórios
Entrega Versão
Impressa
Dúvidas?
Agradecimentos:
Prof. Ms. Gustavo da Costa Oliveira
Faculdade Dom Bosco de Porto Alegre
Bacharelado em Sistemas de Informação
Prof. Filipo Mór 2014/01
Gestão de TI

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

SIG - Sistema de Informação Gerencial - Técnico em RH
SIG - Sistema de Informação Gerencial - Técnico em RHSIG - Sistema de Informação Gerencial - Técnico em RH
SIG - Sistema de Informação Gerencial - Técnico em RHAntonio Pinto Pereira
 
Aula - Introdução a Engenharia de Software
Aula - Introdução a Engenharia de SoftwareAula - Introdução a Engenharia de Software
Aula - Introdução a Engenharia de SoftwareCloves da Rocha
 
Fundamentos de sistemas de informação
Fundamentos de sistemas de informaçãoFundamentos de sistemas de informação
Fundamentos de sistemas de informaçãoLeonardo Melo Santos
 
Modelagem de Processos de Negócio
Modelagem de Processos de NegócioModelagem de Processos de Negócio
Modelagem de Processos de NegócioHaralan Mucelini
 
Aula - Sistemas de Informação Gerencial
Aula - Sistemas de Informação GerencialAula - Sistemas de Informação Gerencial
Aula - Sistemas de Informação GerencialAnderson Simão
 
Gestão de Serviços de TI
Gestão de Serviços de TIGestão de Serviços de TI
Gestão de Serviços de TIEliseu Castelo
 
Tomada de Decisão - 1 e 2
Tomada de Decisão - 1 e 2 Tomada de Decisão - 1 e 2
Tomada de Decisão - 1 e 2 Dafne Morais
 
Informática aplicada à administração 1
Informática aplicada à administração 1Informática aplicada à administração 1
Informática aplicada à administração 1Andrey Martins
 
Bpm apresentação
Bpm apresentaçãoBpm apresentação
Bpm apresentaçãoUnicerp
 
Aula - Estratégias de Gestão Organizacional
Aula - Estratégias de Gestão OrganizacionalAula - Estratégias de Gestão Organizacional
Aula - Estratégias de Gestão OrganizacionalMichel Moreira
 
Informática aplicada à administração 2
Informática aplicada à administração 2Informática aplicada à administração 2
Informática aplicada à administração 2Andrey Martins
 
A importância dos sistemas de informação nas organizações slideshare
A importância dos sistemas de informação nas organizações slideshareA importância dos sistemas de informação nas organizações slideshare
A importância dos sistemas de informação nas organizações slideshareFaculdade Evangélica de Brasília
 
Aulas - Organizações, Sistemas e Métodos - Prof. Sergio Seloti.Jr - 2010
Aulas - Organizações, Sistemas e Métodos - Prof. Sergio Seloti.Jr - 2010Aulas - Organizações, Sistemas e Métodos - Prof. Sergio Seloti.Jr - 2010
Aulas - Organizações, Sistemas e Métodos - Prof. Sergio Seloti.Jr - 2010Sergio Luis Seloti Jr
 
Gestão Da Informação
Gestão Da InformaçãoGestão Da Informação
Gestão Da InformaçãoFelipe Goulart
 

Mais procurados (20)

Cobit
CobitCobit
Cobit
 
SISTEMAS DE INFORMAÇÕES GERENCIAIS
SISTEMAS DE INFORMAÇÕES GERENCIAISSISTEMAS DE INFORMAÇÕES GERENCIAIS
SISTEMAS DE INFORMAÇÕES GERENCIAIS
 
SIG - Sistema de Informação Gerencial - Técnico em RH
SIG - Sistema de Informação Gerencial - Técnico em RHSIG - Sistema de Informação Gerencial - Técnico em RH
SIG - Sistema de Informação Gerencial - Técnico em RH
 
Osm aula1
Osm aula1Osm aula1
Osm aula1
 
Evolução dos sistemas de informação
Evolução dos sistemas de informaçãoEvolução dos sistemas de informação
Evolução dos sistemas de informação
 
Gestao por Processos
Gestao por ProcessosGestao por Processos
Gestao por Processos
 
Aula - Introdução a Engenharia de Software
Aula - Introdução a Engenharia de SoftwareAula - Introdução a Engenharia de Software
Aula - Introdução a Engenharia de Software
 
Fundamentos de sistemas de informação
Fundamentos de sistemas de informaçãoFundamentos de sistemas de informação
Fundamentos de sistemas de informação
 
Modelagem de Processos de Negócio
Modelagem de Processos de NegócioModelagem de Processos de Negócio
Modelagem de Processos de Negócio
 
Aula - Sistemas de Informação Gerencial
Aula - Sistemas de Informação GerencialAula - Sistemas de Informação Gerencial
Aula - Sistemas de Informação Gerencial
 
Gestão da qualidade: operações de produção e de serviços
Gestão da qualidade: operações de produção e de serviçosGestão da qualidade: operações de produção e de serviços
Gestão da qualidade: operações de produção e de serviços
 
Gestão de Serviços de TI
Gestão de Serviços de TIGestão de Serviços de TI
Gestão de Serviços de TI
 
Tomada de Decisão - 1 e 2
Tomada de Decisão - 1 e 2 Tomada de Decisão - 1 e 2
Tomada de Decisão - 1 e 2
 
Informática aplicada à administração 1
Informática aplicada à administração 1Informática aplicada à administração 1
Informática aplicada à administração 1
 
Bpm apresentação
Bpm apresentaçãoBpm apresentação
Bpm apresentação
 
Aula - Estratégias de Gestão Organizacional
Aula - Estratégias de Gestão OrganizacionalAula - Estratégias de Gestão Organizacional
Aula - Estratégias de Gestão Organizacional
 
Informática aplicada à administração 2
Informática aplicada à administração 2Informática aplicada à administração 2
Informática aplicada à administração 2
 
A importância dos sistemas de informação nas organizações slideshare
A importância dos sistemas de informação nas organizações slideshareA importância dos sistemas de informação nas organizações slideshare
A importância dos sistemas de informação nas organizações slideshare
 
Aulas - Organizações, Sistemas e Métodos - Prof. Sergio Seloti.Jr - 2010
Aulas - Organizações, Sistemas e Métodos - Prof. Sergio Seloti.Jr - 2010Aulas - Organizações, Sistemas e Métodos - Prof. Sergio Seloti.Jr - 2010
Aulas - Organizações, Sistemas e Métodos - Prof. Sergio Seloti.Jr - 2010
 
Gestão Da Informação
Gestão Da InformaçãoGestão Da Informação
Gestão Da Informação
 

Destaque

[BPM Day Três Poderes 2014 – Brasília] ENAP – Mapeamento e Automação de Proce...
[BPM Day Três Poderes 2014 – Brasília] ENAP – Mapeamento e Automação de Proce...[BPM Day Três Poderes 2014 – Brasília] ENAP – Mapeamento e Automação de Proce...
[BPM Day Três Poderes 2014 – Brasília] ENAP – Mapeamento e Automação de Proce...EloGroup
 
Framework Governanca Ti Sox Compliance V5
Framework Governanca Ti Sox Compliance V5Framework Governanca Ti Sox Compliance V5
Framework Governanca Ti Sox Compliance V5Aghatha Maxi Consulting
 
Problemas no desenvolvimento do software
Problemas no desenvolvimento do softwareProblemas no desenvolvimento do software
Problemas no desenvolvimento do softwareIvan Ricarte
 
Pmbok - fluxo de processos
Pmbok - fluxo de processosPmbok - fluxo de processos
Pmbok - fluxo de processosNicholas Uchoa
 
Business Case para Projetos de Gestão por Processos (BPM)
Business Case para Projetos de Gestão por Processos (BPM)Business Case para Projetos de Gestão por Processos (BPM)
Business Case para Projetos de Gestão por Processos (BPM)CompanyWeb
 
GDP Materiais – Road Show 11.40 - SP
GDP Materiais – Road Show 11.40 - SPGDP Materiais – Road Show 11.40 - SP
GDP Materiais – Road Show 11.40 - SPTOTVS Connect
 
Apresentação Mapeamento de Fluxo
Apresentação Mapeamento de FluxoApresentação Mapeamento de Fluxo
Apresentação Mapeamento de FluxoTiago Longhi
 
Mapeamento dos Processos.
Mapeamento dos Processos.Mapeamento dos Processos.
Mapeamento dos Processos.evertonwini
 
Aula 1 orçamento empresarial
Aula 1   orçamento empresarialAula 1   orçamento empresarial
Aula 1 orçamento empresarialPAULO Leal
 
Aula teste orçamento empresarial
Aula teste orçamento empresarialAula teste orçamento empresarial
Aula teste orçamento empresarialduartedebora
 
Gerenciamento de Projeto para Desenvolvimento de Sistema
Gerenciamento de Projeto para Desenvolvimento de SistemaGerenciamento de Projeto para Desenvolvimento de Sistema
Gerenciamento de Projeto para Desenvolvimento de Sistemaelliando dias
 
Orçamento Operacional
Orçamento OperacionalOrçamento Operacional
Orçamento OperacionalEdivan Barreto
 
Como para Mapear Processos (Sistema de Gestão Integrada)
Como para Mapear Processos (Sistema de Gestão Integrada)Como para Mapear Processos (Sistema de Gestão Integrada)
Como para Mapear Processos (Sistema de Gestão Integrada)Rogério Souza
 
PRODUÇÃO AUDIOVISUAL - Etapas da Produção pdf
PRODUÇÃO AUDIOVISUAL - Etapas da Produção pdfPRODUÇÃO AUDIOVISUAL - Etapas da Produção pdf
PRODUÇÃO AUDIOVISUAL - Etapas da Produção pdfUNIP. Universidade Paulista
 
Aula04 - EAP e Cronograma
Aula04 - EAP e CronogramaAula04 - EAP e Cronograma
Aula04 - EAP e CronogramaDaniela Brauner
 

Destaque (19)

[BPM Day Três Poderes 2014 – Brasília] ENAP – Mapeamento e Automação de Proce...
[BPM Day Três Poderes 2014 – Brasília] ENAP – Mapeamento e Automação de Proce...[BPM Day Três Poderes 2014 – Brasília] ENAP – Mapeamento e Automação de Proce...
[BPM Day Três Poderes 2014 – Brasília] ENAP – Mapeamento e Automação de Proce...
 
Framework Governanca Ti Sox Compliance V5
Framework Governanca Ti Sox Compliance V5Framework Governanca Ti Sox Compliance V5
Framework Governanca Ti Sox Compliance V5
 
Problemas no desenvolvimento do software
Problemas no desenvolvimento do softwareProblemas no desenvolvimento do software
Problemas no desenvolvimento do software
 
Pmbok - fluxo de processos
Pmbok - fluxo de processosPmbok - fluxo de processos
Pmbok - fluxo de processos
 
Business Case para Projetos de Gestão por Processos (BPM)
Business Case para Projetos de Gestão por Processos (BPM)Business Case para Projetos de Gestão por Processos (BPM)
Business Case para Projetos de Gestão por Processos (BPM)
 
GDP Materiais – Road Show 11.40 - SP
GDP Materiais – Road Show 11.40 - SPGDP Materiais – Road Show 11.40 - SP
GDP Materiais – Road Show 11.40 - SP
 
Modelos de processos de software
Modelos de processos de softwareModelos de processos de software
Modelos de processos de software
 
Modelos de Processo de Software
Modelos de Processo de SoftwareModelos de Processo de Software
Modelos de Processo de Software
 
Apresentação Mapeamento de Fluxo
Apresentação Mapeamento de FluxoApresentação Mapeamento de Fluxo
Apresentação Mapeamento de Fluxo
 
Mapeamento dos Processos.
Mapeamento dos Processos.Mapeamento dos Processos.
Mapeamento dos Processos.
 
Aula 1 orçamento empresarial
Aula 1   orçamento empresarialAula 1   orçamento empresarial
Aula 1 orçamento empresarial
 
Aula teste orçamento empresarial
Aula teste orçamento empresarialAula teste orçamento empresarial
Aula teste orçamento empresarial
 
Gerenciamento de Projeto para Desenvolvimento de Sistema
Gerenciamento de Projeto para Desenvolvimento de SistemaGerenciamento de Projeto para Desenvolvimento de Sistema
Gerenciamento de Projeto para Desenvolvimento de Sistema
 
Orçamento Operacional
Orçamento OperacionalOrçamento Operacional
Orçamento Operacional
 
ORÇAMENTO EMPRESARIAL
ORÇAMENTO EMPRESARIALORÇAMENTO EMPRESARIAL
ORÇAMENTO EMPRESARIAL
 
Mapeamento de Processos
Mapeamento de ProcessosMapeamento de Processos
Mapeamento de Processos
 
Como para Mapear Processos (Sistema de Gestão Integrada)
Como para Mapear Processos (Sistema de Gestão Integrada)Como para Mapear Processos (Sistema de Gestão Integrada)
Como para Mapear Processos (Sistema de Gestão Integrada)
 
PRODUÇÃO AUDIOVISUAL - Etapas da Produção pdf
PRODUÇÃO AUDIOVISUAL - Etapas da Produção pdfPRODUÇÃO AUDIOVISUAL - Etapas da Produção pdf
PRODUÇÃO AUDIOVISUAL - Etapas da Produção pdf
 
Aula04 - EAP e Cronograma
Aula04 - EAP e CronogramaAula04 - EAP e Cronograma
Aula04 - EAP e Cronograma
 

Semelhante a Gestão de Processos e BPM

BPM Day SP - 2016 - Conhecimento sobre bpm gerando evolução na gestão por pro...
BPM Day SP - 2016 - Conhecimento sobre bpm gerando evolução na gestão por pro...BPM Day SP - 2016 - Conhecimento sobre bpm gerando evolução na gestão por pro...
BPM Day SP - 2016 - Conhecimento sobre bpm gerando evolução na gestão por pro...Lecom Tecnologia
 
Apresentação no congresso Gestão por Processos
Apresentação no congresso Gestão por ProcessosApresentação no congresso Gestão por Processos
Apresentação no congresso Gestão por ProcessosLeo Madeira
 
Apresentação do congresso Gestão por Processos IQPC
Apresentação do congresso Gestão por Processos IQPCApresentação do congresso Gestão por Processos IQPC
Apresentação do congresso Gestão por Processos IQPCLeo Madeira
 
Gestão 3 - Mecânica - Aula 02
Gestão 3 - Mecânica - Aula 02Gestão 3 - Mecânica - Aula 02
Gestão 3 - Mecânica - Aula 02Anderson Pontes
 
Road Show BPM 2013 - Uma questão de método
Road Show BPM 2013 - Uma questão de métodoRoad Show BPM 2013 - Uma questão de método
Road Show BPM 2013 - Uma questão de métodoEloGroup
 
Road Show BPM_Uma questão de método
Road Show BPM_Uma questão de métodoRoad Show BPM_Uma questão de método
Road Show BPM_Uma questão de métodoEloGroup
 
Apresentacao senai empresarios
Apresentacao senai empresariosApresentacao senai empresarios
Apresentacao senai empresariosAgencia G ABC
 
úLtimo dia
úLtimo diaúLtimo dia
úLtimo diaBruce Ds
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1Bruce Ds
 
TDC 2017 Porto Alegre - Transformação Digital de Processos, Casos e Decisões
TDC 2017 Porto Alegre - Transformação Digital de Processos, Casos e DecisõesTDC 2017 Porto Alegre - Transformação Digital de Processos, Casos e Decisões
TDC 2017 Porto Alegre - Transformação Digital de Processos, Casos e DecisõesMauricio Bitencourt, CBPP
 
AE Rio 2011 - ABPMP - Gart Capote
AE Rio 2011 - ABPMP - Gart CapoteAE Rio 2011 - ABPMP - Gart Capote
AE Rio 2011 - ABPMP - Gart CapoteFernando Botafogo
 
Escritório de transformação organizacional juliana solheiro
Escritório de transformação organizacional   juliana solheiroEscritório de transformação organizacional   juliana solheiro
Escritório de transformação organizacional juliana solheiroEloGroup
 
[BPM DAY SP 2015] Escritório de Transformação Organizacional (VTI)
[BPM DAY SP 2015] Escritório de Transformação Organizacional (VTI)[BPM DAY SP 2015] Escritório de Transformação Organizacional (VTI)
[BPM DAY SP 2015] Escritório de Transformação Organizacional (VTI)EloGroup
 
Mapeamento e padronização de processos.pdf
Mapeamento e padronização de processos.pdfMapeamento e padronização de processos.pdf
Mapeamento e padronização de processos.pdfAroldoMenezes1
 

Semelhante a Gestão de Processos e BPM (20)

Processos
ProcessosProcessos
Processos
 
ERP
ERPERP
ERP
 
BPM Day SP - 2016 - Conhecimento sobre bpm gerando evolução na gestão por pro...
BPM Day SP - 2016 - Conhecimento sobre bpm gerando evolução na gestão por pro...BPM Day SP - 2016 - Conhecimento sobre bpm gerando evolução na gestão por pro...
BPM Day SP - 2016 - Conhecimento sobre bpm gerando evolução na gestão por pro...
 
Apresentação no congresso Gestão por Processos
Apresentação no congresso Gestão por ProcessosApresentação no congresso Gestão por Processos
Apresentação no congresso Gestão por Processos
 
Apresentação do congresso Gestão por Processos IQPC
Apresentação do congresso Gestão por Processos IQPCApresentação do congresso Gestão por Processos IQPC
Apresentação do congresso Gestão por Processos IQPC
 
Gestão 3 - Mecânica - Aula 02
Gestão 3 - Mecânica - Aula 02Gestão 3 - Mecânica - Aula 02
Gestão 3 - Mecânica - Aula 02
 
Road Show BPM 2013 - Uma questão de método
Road Show BPM 2013 - Uma questão de métodoRoad Show BPM 2013 - Uma questão de método
Road Show BPM 2013 - Uma questão de método
 
Road Show BPM_Uma questão de método
Road Show BPM_Uma questão de métodoRoad Show BPM_Uma questão de método
Road Show BPM_Uma questão de método
 
Apresentacao senai empresarios
Apresentacao senai empresariosApresentacao senai empresarios
Apresentacao senai empresarios
 
úLtimo dia
úLtimo diaúLtimo dia
úLtimo dia
 
Blue it
Blue itBlue it
Blue it
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
Blue it
Blue itBlue it
Blue it
 
Blue it
Blue itBlue it
Blue it
 
TDC 2017 Porto Alegre - Transformação Digital de Processos, Casos e Decisões
TDC 2017 Porto Alegre - Transformação Digital de Processos, Casos e DecisõesTDC 2017 Porto Alegre - Transformação Digital de Processos, Casos e Decisões
TDC 2017 Porto Alegre - Transformação Digital de Processos, Casos e Decisões
 
AE Rio 2011 - ABPMP - Gart Capote
AE Rio 2011 - ABPMP - Gart CapoteAE Rio 2011 - ABPMP - Gart Capote
AE Rio 2011 - ABPMP - Gart Capote
 
Pensando processos(1)
Pensando processos(1)Pensando processos(1)
Pensando processos(1)
 
Escritório de transformação organizacional juliana solheiro
Escritório de transformação organizacional   juliana solheiroEscritório de transformação organizacional   juliana solheiro
Escritório de transformação organizacional juliana solheiro
 
[BPM DAY SP 2015] Escritório de Transformação Organizacional (VTI)
[BPM DAY SP 2015] Escritório de Transformação Organizacional (VTI)[BPM DAY SP 2015] Escritório de Transformação Organizacional (VTI)
[BPM DAY SP 2015] Escritório de Transformação Organizacional (VTI)
 
Mapeamento e padronização de processos.pdf
Mapeamento e padronização de processos.pdfMapeamento e padronização de processos.pdf
Mapeamento e padronização de processos.pdf
 

Mais de Filipo Mór

Desenvolvendo Aplicações de Uso Geral para GPU com CUDA
Desenvolvendo Aplicações de Uso Geral para GPU com CUDADesenvolvendo Aplicações de Uso Geral para GPU com CUDA
Desenvolvendo Aplicações de Uso Geral para GPU com CUDAFilipo Mór
 
Master Thesis Defense
Master Thesis DefenseMaster Thesis Defense
Master Thesis DefenseFilipo Mór
 
Programaçao C - Aula 2
Programaçao C - Aula 2Programaçao C - Aula 2
Programaçao C - Aula 2Filipo Mór
 
Programação C - Aula 1
Programação C - Aula 1Programação C - Aula 1
Programação C - Aula 1Filipo Mór
 
Uma Abordagem Paralela da Evolução Diferencial em GPU
Uma Abordagem Paralela da Evolução Diferencial em GPUUma Abordagem Paralela da Evolução Diferencial em GPU
Uma Abordagem Paralela da Evolução Diferencial em GPUFilipo Mór
 
Aula 6 - Redes de Computadores A - Endereçamento IP
Aula 6 - Redes de Computadores A - Endereçamento IPAula 6 - Redes de Computadores A - Endereçamento IP
Aula 6 - Redes de Computadores A - Endereçamento IPFilipo Mór
 
Aula Especial - Redes de Computadores A - Sockets
Aula Especial - Redes de Computadores A - SocketsAula Especial - Redes de Computadores A - Sockets
Aula Especial - Redes de Computadores A - SocketsFilipo Mór
 
Aula 4 - Redes de Computadores A - Camadas Modelos TCP/IP e OSI. Camada Física.
Aula 4 - Redes de Computadores A - Camadas Modelos TCP/IP e OSI. Camada Física.Aula 4 - Redes de Computadores A - Camadas Modelos TCP/IP e OSI. Camada Física.
Aula 4 - Redes de Computadores A - Camadas Modelos TCP/IP e OSI. Camada Física.Filipo Mór
 
Auditoria e Segurança em TI - Aula 4
Auditoria e Segurança em TI - Aula 4Auditoria e Segurança em TI - Aula 4
Auditoria e Segurança em TI - Aula 4Filipo Mór
 
Aula 3 - Redes de Computadores A - Administração da Internet. Modelo TCP/IP.
Aula 3 - Redes de Computadores A - Administração da Internet. Modelo TCP/IP.Aula 3 - Redes de Computadores A - Administração da Internet. Modelo TCP/IP.
Aula 3 - Redes de Computadores A - Administração da Internet. Modelo TCP/IP.Filipo Mór
 
Auditoria e Segurança em TI - Aula 3
Auditoria e Segurança em TI - Aula 3Auditoria e Segurança em TI - Aula 3
Auditoria e Segurança em TI - Aula 3Filipo Mór
 
Aula 1 - Redes de Computadores A - Conceitos Básicos.
Aula 1 - Redes de Computadores A - Conceitos Básicos.Aula 1 - Redes de Computadores A - Conceitos Básicos.
Aula 1 - Redes de Computadores A - Conceitos Básicos.Filipo Mór
 
Aula 1 - Conceitos de TI e PDTI
Aula 1 - Conceitos de TI e PDTIAula 1 - Conceitos de TI e PDTI
Aula 1 - Conceitos de TI e PDTIFilipo Mór
 
Curso "Desenvolvendo aplicações de uso geral para GPU com CUDA".
Curso "Desenvolvendo aplicações de uso geral para GPU com CUDA".Curso "Desenvolvendo aplicações de uso geral para GPU com CUDA".
Curso "Desenvolvendo aplicações de uso geral para GPU com CUDA".Filipo Mór
 
Aula 12 - Gestão do Conhecimento
Aula 12 - Gestão do ConhecimentoAula 12 - Gestão do Conhecimento
Aula 12 - Gestão do ConhecimentoFilipo Mór
 
Aula 11 - Terceirização em TI
Aula 11 - Terceirização em TIAula 11 - Terceirização em TI
Aula 11 - Terceirização em TIFilipo Mór
 
Aula 10 - Acompanhamento de Projetos
Aula 10 - Acompanhamento de ProjetosAula 10 - Acompanhamento de Projetos
Aula 10 - Acompanhamento de ProjetosFilipo Mór
 
Aula 9 - Controle de Atividades e Custos
Aula 9 - Controle de Atividades e CustosAula 9 - Controle de Atividades e Custos
Aula 9 - Controle de Atividades e CustosFilipo Mór
 
Aula 8 - Técnicas de Negociação e Gestão de RH
Aula 8 - Técnicas de Negociação e Gestão de RHAula 8 - Técnicas de Negociação e Gestão de RH
Aula 8 - Técnicas de Negociação e Gestão de RHFilipo Mór
 
Aula 7 - Técnicas de Planejamento
Aula 7 - Técnicas de PlanejamentoAula 7 - Técnicas de Planejamento
Aula 7 - Técnicas de PlanejamentoFilipo Mór
 

Mais de Filipo Mór (20)

Desenvolvendo Aplicações de Uso Geral para GPU com CUDA
Desenvolvendo Aplicações de Uso Geral para GPU com CUDADesenvolvendo Aplicações de Uso Geral para GPU com CUDA
Desenvolvendo Aplicações de Uso Geral para GPU com CUDA
 
Master Thesis Defense
Master Thesis DefenseMaster Thesis Defense
Master Thesis Defense
 
Programaçao C - Aula 2
Programaçao C - Aula 2Programaçao C - Aula 2
Programaçao C - Aula 2
 
Programação C - Aula 1
Programação C - Aula 1Programação C - Aula 1
Programação C - Aula 1
 
Uma Abordagem Paralela da Evolução Diferencial em GPU
Uma Abordagem Paralela da Evolução Diferencial em GPUUma Abordagem Paralela da Evolução Diferencial em GPU
Uma Abordagem Paralela da Evolução Diferencial em GPU
 
Aula 6 - Redes de Computadores A - Endereçamento IP
Aula 6 - Redes de Computadores A - Endereçamento IPAula 6 - Redes de Computadores A - Endereçamento IP
Aula 6 - Redes de Computadores A - Endereçamento IP
 
Aula Especial - Redes de Computadores A - Sockets
Aula Especial - Redes de Computadores A - SocketsAula Especial - Redes de Computadores A - Sockets
Aula Especial - Redes de Computadores A - Sockets
 
Aula 4 - Redes de Computadores A - Camadas Modelos TCP/IP e OSI. Camada Física.
Aula 4 - Redes de Computadores A - Camadas Modelos TCP/IP e OSI. Camada Física.Aula 4 - Redes de Computadores A - Camadas Modelos TCP/IP e OSI. Camada Física.
Aula 4 - Redes de Computadores A - Camadas Modelos TCP/IP e OSI. Camada Física.
 
Auditoria e Segurança em TI - Aula 4
Auditoria e Segurança em TI - Aula 4Auditoria e Segurança em TI - Aula 4
Auditoria e Segurança em TI - Aula 4
 
Aula 3 - Redes de Computadores A - Administração da Internet. Modelo TCP/IP.
Aula 3 - Redes de Computadores A - Administração da Internet. Modelo TCP/IP.Aula 3 - Redes de Computadores A - Administração da Internet. Modelo TCP/IP.
Aula 3 - Redes de Computadores A - Administração da Internet. Modelo TCP/IP.
 
Auditoria e Segurança em TI - Aula 3
Auditoria e Segurança em TI - Aula 3Auditoria e Segurança em TI - Aula 3
Auditoria e Segurança em TI - Aula 3
 
Aula 1 - Redes de Computadores A - Conceitos Básicos.
Aula 1 - Redes de Computadores A - Conceitos Básicos.Aula 1 - Redes de Computadores A - Conceitos Básicos.
Aula 1 - Redes de Computadores A - Conceitos Básicos.
 
Aula 1 - Conceitos de TI e PDTI
Aula 1 - Conceitos de TI e PDTIAula 1 - Conceitos de TI e PDTI
Aula 1 - Conceitos de TI e PDTI
 
Curso "Desenvolvendo aplicações de uso geral para GPU com CUDA".
Curso "Desenvolvendo aplicações de uso geral para GPU com CUDA".Curso "Desenvolvendo aplicações de uso geral para GPU com CUDA".
Curso "Desenvolvendo aplicações de uso geral para GPU com CUDA".
 
Aula 12 - Gestão do Conhecimento
Aula 12 - Gestão do ConhecimentoAula 12 - Gestão do Conhecimento
Aula 12 - Gestão do Conhecimento
 
Aula 11 - Terceirização em TI
Aula 11 - Terceirização em TIAula 11 - Terceirização em TI
Aula 11 - Terceirização em TI
 
Aula 10 - Acompanhamento de Projetos
Aula 10 - Acompanhamento de ProjetosAula 10 - Acompanhamento de Projetos
Aula 10 - Acompanhamento de Projetos
 
Aula 9 - Controle de Atividades e Custos
Aula 9 - Controle de Atividades e CustosAula 9 - Controle de Atividades e Custos
Aula 9 - Controle de Atividades e Custos
 
Aula 8 - Técnicas de Negociação e Gestão de RH
Aula 8 - Técnicas de Negociação e Gestão de RHAula 8 - Técnicas de Negociação e Gestão de RH
Aula 8 - Técnicas de Negociação e Gestão de RH
 
Aula 7 - Técnicas de Planejamento
Aula 7 - Técnicas de PlanejamentoAula 7 - Técnicas de Planejamento
Aula 7 - Técnicas de Planejamento
 

Último

Conferência SC 24 | Estratégias de precificação para múltiplos canais de venda
Conferência SC 24 | Estratégias de precificação para múltiplos canais de vendaConferência SC 24 | Estratégias de precificação para múltiplos canais de venda
Conferência SC 24 | Estratégias de precificação para múltiplos canais de vendaE-Commerce Brasil
 
Conferência SC 2024 | Tendências e oportunidades de vender mais em 2024
Conferência SC 2024 | Tendências e oportunidades de vender mais em 2024Conferência SC 2024 | Tendências e oportunidades de vender mais em 2024
Conferência SC 2024 | Tendências e oportunidades de vender mais em 2024E-Commerce Brasil
 
Conferência SC 24 | Estratégias omnicanal: transformando a logística em exper...
Conferência SC 24 | Estratégias omnicanal: transformando a logística em exper...Conferência SC 24 | Estratégias omnicanal: transformando a logística em exper...
Conferência SC 24 | Estratégias omnicanal: transformando a logística em exper...E-Commerce Brasil
 
Conferência SC 24 | Inteligência artificial no checkout: como a automatização...
Conferência SC 24 | Inteligência artificial no checkout: como a automatização...Conferência SC 24 | Inteligência artificial no checkout: como a automatização...
Conferência SC 24 | Inteligência artificial no checkout: como a automatização...E-Commerce Brasil
 
Conferência SC 2024 | De vilão a herói: como o frete vai salvar as suas vendas
Conferência SC 2024 |  De vilão a herói: como o frete vai salvar as suas vendasConferência SC 2024 |  De vilão a herói: como o frete vai salvar as suas vendas
Conferência SC 2024 | De vilão a herói: como o frete vai salvar as suas vendasE-Commerce Brasil
 
Conferência SC 24 | Omnichannel: uma cultura ou apenas um recurso comercial?
Conferência SC 24 | Omnichannel: uma cultura ou apenas um recurso comercial?Conferência SC 24 | Omnichannel: uma cultura ou apenas um recurso comercial?
Conferência SC 24 | Omnichannel: uma cultura ou apenas um recurso comercial?E-Commerce Brasil
 
Desenvolvendo uma Abordagem Estratégica para a Gestão de Portfólio.pptx
Desenvolvendo uma Abordagem Estratégica para a Gestão de Portfólio.pptxDesenvolvendo uma Abordagem Estratégica para a Gestão de Portfólio.pptx
Desenvolvendo uma Abordagem Estratégica para a Gestão de Portfólio.pptxCoca Pitzer
 
Conferência SC 24 | Estratégias de diversificação de investimento em mídias d...
Conferência SC 24 | Estratégias de diversificação de investimento em mídias d...Conferência SC 24 | Estratégias de diversificação de investimento em mídias d...
Conferência SC 24 | Estratégias de diversificação de investimento em mídias d...E-Commerce Brasil
 
Conferência SC 24 | O custo real de uma operação
Conferência SC 24 | O custo real de uma operaçãoConferência SC 24 | O custo real de uma operação
Conferência SC 24 | O custo real de uma operaçãoE-Commerce Brasil
 
Brochura template para utilizar em eventos
Brochura template para utilizar em eventosBrochura template para utilizar em eventos
Brochura template para utilizar em eventosnpbbbb
 
Despertar SEBRAE [PROFESSOR] (1).pdfccss
Despertar SEBRAE [PROFESSOR] (1).pdfccssDespertar SEBRAE [PROFESSOR] (1).pdfccss
Despertar SEBRAE [PROFESSOR] (1).pdfccssGuilhermeMelo381677
 
A LOGÍSTICA ESTÁ PREPARADA PARA O DECRESCIMENTO?
A LOGÍSTICA ESTÁ PREPARADA PARA O DECRESCIMENTO?A LOGÍSTICA ESTÁ PREPARADA PARA O DECRESCIMENTO?
A LOGÍSTICA ESTÁ PREPARADA PARA O DECRESCIMENTO?Michael Rada
 
Catálogo de Produtos OceanTech 2024 - Atualizado
Catálogo de Produtos OceanTech 2024 - AtualizadoCatálogo de Produtos OceanTech 2024 - Atualizado
Catálogo de Produtos OceanTech 2024 - AtualizadoWagnerSouza717812
 
Conferência SC 24 | Gestão logística para redução de custos e fidelização
Conferência SC 24 | Gestão logística para redução de custos e fidelizaçãoConferência SC 24 | Gestão logística para redução de custos e fidelização
Conferência SC 24 | Gestão logística para redução de custos e fidelizaçãoE-Commerce Brasil
 

Último (14)

Conferência SC 24 | Estratégias de precificação para múltiplos canais de venda
Conferência SC 24 | Estratégias de precificação para múltiplos canais de vendaConferência SC 24 | Estratégias de precificação para múltiplos canais de venda
Conferência SC 24 | Estratégias de precificação para múltiplos canais de venda
 
Conferência SC 2024 | Tendências e oportunidades de vender mais em 2024
Conferência SC 2024 | Tendências e oportunidades de vender mais em 2024Conferência SC 2024 | Tendências e oportunidades de vender mais em 2024
Conferência SC 2024 | Tendências e oportunidades de vender mais em 2024
 
Conferência SC 24 | Estratégias omnicanal: transformando a logística em exper...
Conferência SC 24 | Estratégias omnicanal: transformando a logística em exper...Conferência SC 24 | Estratégias omnicanal: transformando a logística em exper...
Conferência SC 24 | Estratégias omnicanal: transformando a logística em exper...
 
Conferência SC 24 | Inteligência artificial no checkout: como a automatização...
Conferência SC 24 | Inteligência artificial no checkout: como a automatização...Conferência SC 24 | Inteligência artificial no checkout: como a automatização...
Conferência SC 24 | Inteligência artificial no checkout: como a automatização...
 
Conferência SC 2024 | De vilão a herói: como o frete vai salvar as suas vendas
Conferência SC 2024 |  De vilão a herói: como o frete vai salvar as suas vendasConferência SC 2024 |  De vilão a herói: como o frete vai salvar as suas vendas
Conferência SC 2024 | De vilão a herói: como o frete vai salvar as suas vendas
 
Conferência SC 24 | Omnichannel: uma cultura ou apenas um recurso comercial?
Conferência SC 24 | Omnichannel: uma cultura ou apenas um recurso comercial?Conferência SC 24 | Omnichannel: uma cultura ou apenas um recurso comercial?
Conferência SC 24 | Omnichannel: uma cultura ou apenas um recurso comercial?
 
Desenvolvendo uma Abordagem Estratégica para a Gestão de Portfólio.pptx
Desenvolvendo uma Abordagem Estratégica para a Gestão de Portfólio.pptxDesenvolvendo uma Abordagem Estratégica para a Gestão de Portfólio.pptx
Desenvolvendo uma Abordagem Estratégica para a Gestão de Portfólio.pptx
 
Conferência SC 24 | Estratégias de diversificação de investimento em mídias d...
Conferência SC 24 | Estratégias de diversificação de investimento em mídias d...Conferência SC 24 | Estratégias de diversificação de investimento em mídias d...
Conferência SC 24 | Estratégias de diversificação de investimento em mídias d...
 
Conferência SC 24 | O custo real de uma operação
Conferência SC 24 | O custo real de uma operaçãoConferência SC 24 | O custo real de uma operação
Conferência SC 24 | O custo real de uma operação
 
Brochura template para utilizar em eventos
Brochura template para utilizar em eventosBrochura template para utilizar em eventos
Brochura template para utilizar em eventos
 
Despertar SEBRAE [PROFESSOR] (1).pdfccss
Despertar SEBRAE [PROFESSOR] (1).pdfccssDespertar SEBRAE [PROFESSOR] (1).pdfccss
Despertar SEBRAE [PROFESSOR] (1).pdfccss
 
A LOGÍSTICA ESTÁ PREPARADA PARA O DECRESCIMENTO?
A LOGÍSTICA ESTÁ PREPARADA PARA O DECRESCIMENTO?A LOGÍSTICA ESTÁ PREPARADA PARA O DECRESCIMENTO?
A LOGÍSTICA ESTÁ PREPARADA PARA O DECRESCIMENTO?
 
Catálogo de Produtos OceanTech 2024 - Atualizado
Catálogo de Produtos OceanTech 2024 - AtualizadoCatálogo de Produtos OceanTech 2024 - Atualizado
Catálogo de Produtos OceanTech 2024 - Atualizado
 
Conferência SC 24 | Gestão logística para redução de custos e fidelização
Conferência SC 24 | Gestão logística para redução de custos e fidelizaçãoConferência SC 24 | Gestão logística para redução de custos e fidelização
Conferência SC 24 | Gestão logística para redução de custos e fidelização
 

Gestão de Processos e BPM

  • 1. Gestão de TI Faculdade Dom Bosco de Porto Alegre Bacharelado em Sistemas de Informação Prof. Filipo Mór 2014/01 Gestão de Processos, BPM e Desenvolvimento de Sistemas
  • 3. Objetivos Organizacionais • São os resultados que a organização deseja alcançar em um determinado período de tempo. • Devem ser: – Focalizados em um resultado – Consistentes – Específicos – Mensuráveis – Relacionados com um determinado período de tempo – Alcançáveis
  • 4. Objetivos Organizacionais • Rotineiros – Padrões de desempenho diário • Inovadores – Incorporam algo novo à organização • De aperfeiçoamento – Melhoram e incrementam o que já existe
  • 5. Objetivos Organizacionais Objetivos Organizacionais Análise Ambiental Análise Organizacional Visão Missão Estratégia Organizacional O que devemos fazer? Para onde queremos ir? O que temos na empresa? O que há no ambiente? Quais as forças e fraquezas que temos na organização? Quais as oportunidades e ameaças que existem no ambiente?
  • 6. Cadeia de Valor (Porter) • A base para a compreensão dos processos de negócio está no conceito de cadeia de valor • Representa um conjunto de atividades ou tarefas executadas para: – Projetar – Produzir – Comercializar – Distribuir – Dar suporte aos produtos
  • 7. Cadeia de Valor (Porter)
  • 9. Organização, Sistema, Cadeia de Valor e Processo de Negócio • Banco Central – Sistema de Câmbio e Capitais Estrangeiros • Visão do Cliente (desde a requisição até obter produto) – Processo de Exportação e Importação – Processo de Empréstimos Externos... • DOM BOSCO – Sistema de Ensino Superior • Ciclo de formação do aluno (desde a aprovação no Vestibular até a conclusão do curso) – Processo de matrícula (pré-matricula, matrícula e ajuste) – Processo de monitoria acadêmica...
  • 10. Os Processos na Organização
  • 11. Os Processos na Organização Captura de Dados Processamento Conferência Entrega Suíte de Aplicativos Gestão de Contratos Cobrança dos Serviços Folha de Pagamento SAC NegócioApoio Tecnologia da Informação ! ! ! ! ! ! Processo crítico para o negócio (Alto Potencial de Automatização x Alta Utilização de Pessoas)
  • 12. Os Processos na Organização
  • 13. Gestão de Processos • Processo – É um conjunto organizado de atividades interagentes e interdependentes com objetivos e funções determinadas.
  • 14. Gestão de Processos • Objetivo – razão da existência do processo • Entradas – Materiais, Energia, Informação para o processo cumprir sua finalidade • Processo de Transformação – função que possibilita a transformação de uma entrada em um produto, serviço ou resultado - saída • Saída – resultado do processo de transformação, deve estar coerente com os objetivos previamente especificados Objetivos Processo Transformação Entrada Saída FeedBack Controle
  • 15. Estrutura por Processos • Agrupa cargos em função do fluxo de atividades • É orientada pelas necessidades dos clientes • Busca eficiência e eficácia para a empresa • Não considera os limites da estrutura funcional
  • 16. Visão Sistêmica da Organização Processo Processo Mercado PROCESSOS DE VENDAS CAPITAL TECNOLOGIA MATÉRIAS PRIMAS RECURSOS HUMANOS RECURSOS HUMANOS PESSOAS PRODUTO DISTRIBUIÇÃO PEDIDOS MANUFATURA PROJETOS MARKETING VENDAS IDÉIAS DE PRODUTOS ORÇAMENTOS FATURAMENTO PEDIDOS PROMOÇÕES TENDÊNCIAS PRODUTO FINANÇAS Processo ENGENHARIA
  • 17. Por que gerenciar processos? • Geram os produtos e serviços de uma organização. • São críticos para alcançar e manter vantagens competitivas. • São os meios pelos quais suprimos as necessidades dos clientes e atingimos as metas da organização.
  • 18. Exemplos de Processos • Processo de execução de projetos • Processo de gerenciamento de serviços de TI • Processo de desenvolvimento de software • Processo para atendimento a clientes em uma organização
  • 20. Desenvolvimento de SI • As organizações esperam que gerentes não somente usem sistemas mas também: – Saibam como usar a tecnologia da informação para projetar organizações competitivas e eficientes; – Participem no projeto da arquitetura de informação e sistemas de sua empresa; – Administrem os recursos de informação da organização; – Participem da definição e aquisição das tecnologias da informação;
  • 21. Desenvolvimento de SI • As organizações esperam que gerentes não somente usem sistemas mas também: – Entendam sobre padrões de hardware e software de modo a garantir que os mesmos sejam compatíveis e possam operar em conjunto; – Escolham entre opções de telecomunicações alternativas; – Gerenciem e controle a influência dos sistemas nos empregados e no cliente; – Sugiram novos usos para os sistemas de informação.
  • 24. BPM Business Process Management • Design • Identificação dos processos já existentes e/ou desenho dos processos a serem implementados. • Representação do fluxo de trabalho. • Alertas e notificações. • Comunicações e escalamento. • Procedimentos padrões. • SLAs.
  • 25. BPM Business Process Management • Modelagem • Aplica variáveis ao design teórico. • Procura testar o design em situações de mundo real. • “se um funcionário não comparecer ao trabalho?” • “se a meta não for alcançada?” • “se o equipamento falhar?”
  • 26. BPM Business Process Management • Execução • Executar o processo definido na prática. • A execução pode ser automatizada com a ajuda de um SI. • Em alguns casos, a automação pode não ser completa.
  • 27. BPM Business Process Management • Monitoramento • Rastreamento da execução de cada processo. • Geração de estatísticas e informação sobre a performance. • Vantagens: • Pode ser utilizado para melhorar a integração com clientes e fornecedores. • Viabiliza a identificação de gargalos, permitindo assim a redução de custos.
  • 28. BPM Business Process Management • Otimização • A partir dos dados obtidos nas fases de modelagem e monitoramento (desempenho esperado), são analisados os possíveis gargalos e pontos de menor eficiência. • São definidas correções ou melhorias, e planejada sua implantação.
  • 29. Logistica Inbound Logistica Outbound Operaçoes Marketing Pós - Vendas BPM Business Process Management
  • 30. • Macroprocessos – São os grandes processos das empresas. – São resultantes da explosão da cadeia de valor. Logistica Inbound Recebimento Fiscal Recebimento Fisico Conferencia Cega Inspeção de Recebimento Estoque BPM Business Process Management
  • 31. • PROCESSO – Série de tarefas logicamente inter-relacionadas que quando executadas produzem resultados esperados. – Otimização dos processos internos da empresa e de toda cadeia produtiva. – O processo é composto de:  Atividade  São as tarefas executadas.  Sempre Verbo no infinitivo.  Eventos  Resultado das atividades.  Sempre no particípio. BPM Business Process Management
  • 33. Mapeamento de Processos INÍCIO Aprovado pela Diretoria? ALOCAÇÃO DA EQUIPE REUNIÃO DE KICK-OFF ENTENDIMENTO ESCOPO PRELIMINAR ORÇAMENTAÇÃO JUNTO A PRODUÇÃO ELABORAÇÃO CRONOGRAMA SIM IMPLEMENTAÇÃO LIBERAÇÃO PARA HOMOLOGAÇÃO AJUSTES E CORREÇÕES PRODUTO HOMOLOGADO? NÃO SIM REUNIÃO DE ENCERRAMENTO E ACEITE DO PROJETO - termo de aceite de serviço - lições aprendidas ENCERRAMENTO - atualização estatísticas. - atualização repositório. - lições aprendidas. - fechamento repositório. - encerramento no cockpit e intranet. - comunicação oficial para a estrutura. FINAL IMPLANTAÇÃO/ PUBLICAÇÃO DEFINIÇÃO DE AJUSTES Aprovado pelo PMO? NÃO EXECUÇÃO AJUSTESSIM DETALHAMENTO DO ESCOPO E PLANEJAMENTO DE PRODUÇÃO IMPLEMENTAÇÃO HOMOLOGAÇÃO E PUBLICAÇÃO ENCERRAMENTO ENTRADAS: * sistema homologado pelo Cliente. ENTREGAS: * TAS * Sistema em Produção. * encerramento Projeto. ENTREGAS: * cronograma detalhado * orçamento em horas * descritivo funcional * sitemap final. ENTRADAS: * briefing * escopo preliminar * sitemap preliminar * referências ENTREGAS: * wireframes aprovados * especificação técnica * requisitos de integração com legado. * alocação da equipe. ENTRADAS: * cronograma detalhado * orçamento em horas * descritivo funcional * sitemap final. * demais artefatos de escopo ENTREGAS: * Pacotes, conforme cronograma. * após entrega de pacote final, homologação será iniciada. * sistema implantado em ambiente de homologação. ENTRADAS: * wireframes aprovados * especificação técnica * requisitos de integração com legado. ENTRADAS: * sistema testado e implantado em homologação ENTREGAS: * sistema homologado pelo Cliente. PACOTES: * ciclo de implementação se repete por pacote (entregas). * ciclos podem ser paralelos. Cockpit atualizado Status Report Semanal Cockpit atualizado Status Report Semanal Cockpit atualizado REUNIÃO KICK-OFF COM CLIENTE - apresentação do GP; - apresentação do processo produtivo macro; - apresentação do processo de gestão de mudanças; - identificação de aprovadores e stakeholders. REDAÇÃO ARTEFATOS DE ESCOPO - AT - GP - GP - AS - AI - GP - AS - AI A.S. A.I. PROJETO APROVADO ANÁLISE E ESPECIFICAÇÃO OUTRAS COMPETÊNCIAS - depende do tipo de Projeto. - o processo produtivo de cada competência deve incluir as etapas de aprovação dos respectivos artefatos. - GP - AT - depende do tipo de Projeto. Cockpit atualizado Status Report Semanal NÃO REVISÃO FINAL PARA HOMOLOGAÇÃO - entendimento e detalhamento do escopo; - levantamento de requisitos. DETALHAMENTO DE ESCOPO COM CLIENTE - AT - GP - AS - AI - DA APRESENTAÇÃO PLANEJAMENTO DE PRODUÇÃO AO CLIENTE - AT - GP PLANEJAMENTO D.A. 3D WD HTML SI TESTES CMS Supervisão: - GP - AS - DA - AI MARCAÇÃO TRIBUNAL WEBSITE TRIBUNAIS JORNAIS CONVERSAO PDF para TXT formato RAW bulk copy SQL Server SEPARAÇÃOPUBLICAÇÃOCONFERÊNCIA ENVIO DE E- MAIL EXTRATOR INTERNET FAX CORREIO (físico) Sistema WEB SERVIDOR WEB computador do usuário MACRO PROCESSO EXTRATOR EXTRATOR DE DADOS computador do usuário RECORTE COBRANÇA remessa para banco envio de boletos conferência manual Impressão manual boletos administrativo Bonnjur MANUALMANUAL MANUAL MANUAL MANUAL IMPRESSAO MANUAL MANUAL MÓDULO CONTRATOS (gerencial/administrativo) PROCESSAMENTO PARALELO (inoperante) Solicitações Clientes base gerencial Cadastro Clientes + Controle Financeiro INTERNET computador do usuário Sistema Desktop Sistema Desktop Prime para Escritórios Entrega Versão Impressa
  • 34. Dúvidas? Agradecimentos: Prof. Ms. Gustavo da Costa Oliveira Faculdade Dom Bosco de Porto Alegre Bacharelado em Sistemas de Informação Prof. Filipo Mór 2014/01 Gestão de TI