TECNOLOGIA NA EDUCAÇÃO ENSINANDO E APRENDENDO
                          COM AS TIC
           TUTORA: MARIA MADALENA PEREI...
Em seguida, o professor convida o grupo a movimentar-se ora como
lebre, ora como tartaruga. No momento em que os alunos im...
concorrente, se deitou a dormir. Enquanto a lebre dormia, não se dava conta
que a tartaruga se ia aproximando mais rapidam...
5º Momento:

O professor fará uma síntese das idéias que emergiram durante a atividade, no
sentido de reafirmar a necessid...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Ativ 1 marilene_josecosta_ubidade3

674 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Tecnologia, Turismo
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
674
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ativ 1 marilene_josecosta_ubidade3

  1. 1. TECNOLOGIA NA EDUCAÇÃO ENSINANDO E APRENDENDO COM AS TIC TUTORA: MARIA MADALENA PEREIRA DA SILVA CURSISTA: MARILENE MILHOMEM FERREIRA CONVIVENDO COM AS DIFERENÇAS Autor: Marta Regina Alves Pereira Uberlândia-MG Esc. De Educação Básica Co-autores: Fátima Resende Neves Dias; Gláucia Costa Abdala Diniz; Liliane dos Guimarães Alvim Nunes; Marilene Milhomem Ferreira. Dados da Aula O que o aluno poderá aprender com esta aula Pensar, de maneira crítica, sobre as condutas morais que orientam nossas ações cotidianas. Refletir sobre o respeito às diferenças na convivência com os outros. Aprender a perceber e respeitar o próprio ritmo, ao mesmo tempo em que descobre a diferença no ritmo das outras pessoas. Duração das atividades 2 aulas de 50 minutos. Estratégias e recursos da aula Aquecimento: Trabalho a partir da fábula de Esopo: "A Lebre e a Tartaruga". Questões iniciais feitas pelo professor aos alunos: Vocês já viram uma tartaruga? Como ela é? Como se movimenta? E uma lebre? Como é? Com que animal se parece? Como se movimenta? (Se necessário, o professor informa aos alunos que a lebre é um animal mamífero e que se parece muito com o coelho. A diferença é que é maior e muito veloz na corrida, isso porque suas patas posteriores são muito maiores do que as anteriores).
  2. 2. Em seguida, o professor convida o grupo a movimentar-se ora como lebre, ora como tartaruga. No momento em que os alunos imitam os animais, o professor sugere a eles que procurem se perceber e entrar em contato com os sentimentos, as sensações relativas a estas formas e ritmos diferentes de ser. Ação: 1º Momento: O professor deverá conversar com os alunos sobre o que sabem acerca das fábulas: O que é uma fábula? A que elas se servem? Que fábulas eles conhecem? (Se necessário, O professor informa aos alunos que toda fábula encerra uma lição moral; que essa lição, muitas vezes, orienta as nossas ações; que conhecer e atribuir novos sentidos a essas lições é um desafio interessante; que os personagens das fábulas são animais...). Logo em seguida, o professor fará a leitura em voz alta da fábula A Lebre e a Tartaruga. Para ter acesso a historinha clic no link abaixo Fonte: WWW.metaforas.com.br/infantil/a_lebre_ea_tartaruga.htm Apresentação da história para os alunos Certo dia, a lebre desafiou a tartaruga para uma corrida, argumentando que era mais rápida e que a tartaruga nunca a venceria. A tartaruga começou a treinar enquanto era observada pela lebre, que se ria dos esforços da tartaruga. Chegou o dia da corrida. A lebre e a tartaruga posicionaram-se e, após o sinal, partiram. A tartaruga estava correndo o mais rapidamente que conseguia, mas foi ultrapassada pela lebre que, visto já estar a uma longa distância da sua
  3. 3. concorrente, se deitou a dormir. Enquanto a lebre dormia, não se dava conta que a tartaruga se ia aproximando mais rapidamente da linha de chegada. Quando acordou, a lebre, horrorizada, viu que a tartaruga estava muito perto da linha de chegada. Assim, a lebre começou a correr o mais depressa que pode, tentando a todo o custo ultrapassar a tartaruga. Não conseguiu. 2º Momento: Em grupos, os alunos deverão elaborar o final da história, à partir da seguinte questão: “O que vocês imaginam que aconteceu na floresta após a vitória da tartaruga?” Em seguida, solicitar que criem a Moral da História. 3º Momento: Socialização do trabalho realizado pelos grupos. Discussão sobre as idéias apresentadas relativas ao final e a Moral dados à história. 4º Momento: Problematização da temática, apresentando questões, tais como: Vocês conhecem pessoas “lebres”? E pessoas “tartarugas”? Como elas são? Como fazem as coisas? Como cada um de vocês se percebe? Sendo mais “lebre” ou “tartaruga”? Já se perceberam sendo “lebres” e também “tartarugas” em momentos diferentes, como: fazer tarefas de casa; estudar; brincar; realizar trabalho em grupo; copiar a matéria do quadro; realizar leituras (de livros, textos...); organizar o quarto; escovar os dentes; tomar banho; alimentar-se; vestir-se... E outros. A sociedade atual valoriza mais o jeito “lebre” ou “tartaruga” das pessoas? Por que isso acontece?
  4. 4. 5º Momento: O professor fará uma síntese das idéias que emergiram durante a atividade, no sentido de reafirmar a necessidade e importância do respeito aos diferentes ritmos das pessoas ao realizarem as atividades de vida diária, ao aprender (diferentes ritmos de aprendizagem); à diversidade que tanto divide e exclui as pessoas e os grupos. Avaliação A avaliação deverá ser contínua, processual, diagnóstica. Ao professor cabe se perceber nas várias formas de lidar com os diferentes ritmos dos alunos para aprender e realizar as atividades solicitadas. Fonte: WWW.metaforas.com.br/infantil/a_lebre_ea_tartaruga.htm

×