Prefeitura Municipal de Mairiporã Secretaria Municipal da Educação Cultura e Esportes   Projeto Informática Educacional:  ...
“ Ensinar com as novas mídias será uma revolução, se mudarmos simultaneamente os paradigmas convencionais do ensino, que m...
Justificativa:  Segundo Itamar Melo  “ O papel da informática nas escolas é permitir às crianças  um aprendizado mais rápi...
Assim sendo, a Secretaria Municipal de Educação tem por  finalidade facilitar o processo de ensino-aprendizagem em todas a...
Meta: A tecnologia tem a capacidade de enriquecer o ambiente escolar .  A tendência atual, no entanto, é usar o computador...
E.M. Nancy de Freitas Rolim E.M. Nakamure K. Aiacyda E.M. Mufarrege S. Chamma E.M. Moacyr A. Santos E.M. Inácio Pereira E....
E.M. Cristiane S. Costa E.M. Izabetti Filipini E.M. Divina Anastácio do Nascimento E.M. Elisa Negri E.M. Tirsi Anna C. Gam...
E.M. Antonio da Silva E.M. Saboó E.M. Capim Branco E.M. Marilha O. Nascimento E.M. Benedicto M. Bueno E.M. Padre Celestino...
APAE E.M. Luiz José da Silva  E.M. Hipólito Ferrari E.M. Aparecida da S. Prado
<ul><li>Objetivos </li></ul><ul><li>Utilizar as ferramentas básicas da informática como: processador de textos, editor de ...
<ul><li>Utilizar-se dos softwares educacionais visando dinamizar o processo de ensino-aprendizagem; </li></ul><ul><li>Util...
Recursos: Laboratórios de Informática; Computadores; Impressoras; Cartucho de tinta; Papéis; Cds; Disquetes; Scanner; Inte...
Ações: As ações serão norteadas pelos projetos sugeridos pela S.M.E.  que serão desenvolvidas em cada  Unidade Escolar de ...
Avaliação A avaliação será realizada ao longo do desenvolvimento de todo o projeto visando sempre à retomada e a reformula...
PERFIL DO MONITOR DE INFORMÁTICA “ O bom professor consegue que todos aprendam o têm de aprender, que cada um aprenda quan...
Tem sempre expectativas positivas a cerca de seus alunos. Já foi demonstrado que os alunos fracassam quando o professor ac...
<ul><ul><li>Pré-requisitos para contratação dos monitores </li></ul></ul><ul><ul><li>Os candidatos á função de monitores d...
<ul><li>Jornada de trabalho </li></ul><ul><ul><li>O estagiário será contratado por 20 (vinte) horas semanais que  serão di...
<ul><li>Apresentar bimestralmente boletim escolar para acompanhamento das notas e freqüência; </li></ul><ul><li>Notas e fr...
<ul><li>Como se dá o Contrato: </li></ul><ul><li>Parceria CIEE e Prefeitura Municipal de Mairiporã; </li></ul><ul><li>Cont...
<ul><li>Período de formação  não é remunerado  e  não é fornecido auxílio transporte ; </li></ul><ul><li>Possivelmente os ...
Vagas para os estagiários <ul><li>Nível superior:  11 totais </li></ul><ul><li>Disponíveis para contratação em 2011: 19 </...
Cronograma de formação de monitores 2011 06/12/ 10 apresentação do Projeto Capacitação Inicial de 07/12/2010 a 17/12/2010 ...
<ul><li>Regras para o curso de formação de monitores </li></ul><ul><li>Assiduidade  (NÃO É PERMITIDO FALTAR); </li></ul><u...
<ul><li>Não se esqueça de:  </li></ul><ul><li>Assinar a lista de presença </li></ul><ul><li>Início da formação: 07/12/2010...
 
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação do projeto aos monitores 2011

828 visualizações

Publicada em

Projeto Mãozinhas em Ação e sua apresentação aos monitores de informática de 2011.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
828
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
111
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação do projeto aos monitores 2011

  1. 1. Prefeitura Municipal de Mairiporã Secretaria Municipal da Educação Cultura e Esportes Projeto Informática Educacional: “ Mãozinhas em Ação” Formação Dezembro/Janeiro de 2011
  2. 2. “ Ensinar com as novas mídias será uma revolução, se mudarmos simultaneamente os paradigmas convencionais do ensino, que mantêm distantes professores e alunos. Caso contrário conseguiremos dar um verniz de modernidade, sem mexer no essencial.”
  3. 3. Justificativa: Segundo Itamar Melo “ O papel da informática nas escolas é permitir às crianças um aprendizado mais rápido, qualificado e prazeroso, portanto esse é o papel do computador na escola do terceiro milênio. Porem para cumprir tal missão, será preciso corrigir um erro grave que vem sendo cometido pela maior parte dos colégios: colocar os micros a disposição dos alunos sem mudar em nada as praticas pedagógicas” .
  4. 4. Assim sendo, a Secretaria Municipal de Educação tem por finalidade facilitar o processo de ensino-aprendizagem em todas as Unidades Escolares do Ensino Fundamental da rede Municipal de Mairiporã através do uso das novas tecnologias, pois acredita que em si a informática é um dos instrumentos mais poderosos da inventividade humana, porque é a ferramenta para a manipulação do simbólico, do virtual .
  5. 5. Meta: A tecnologia tem a capacidade de enriquecer o ambiente escolar . A tendência atual, no entanto, é usar o computador unicamente para o educando se familiarizar com a informática, e não melhorar o aprendizado. Entretanto, a Secretaria Municipal de Educação de Mairiporã tem como meta a implementação da informática educativa, em todas as Unidades Escolares da Rede Municipal de Ensino , visando dinamizar a produção pedagógica, o processo ensino-aprendizagem, e formar, sobretudo cidadãos críticos autônomos e participativos . Espera-se que, com o decorrer do tempo, os alunos sejam capazes de fazer uma leitura crítica do mundo, articulando-a com a situação econômica, política e cultural  de sua comunidade e de seu país.
  6. 6. E.M. Nancy de Freitas Rolim E.M. Nakamure K. Aiacyda E.M. Mufarrege S. Chamma E.M. Moacyr A. Santos E.M. Inácio Pereira E.M. José Arnoni E.M. Idalina da Silva Cardoso E.M. Guido Pisaneschi E.M. Edméa I. Chamma E.M. Diomar Miranda Boni E.M. Márcia M. Pereira E.M. Armando Pavanelli Laboratórios Fixos Escolas
  7. 7. E.M. Cristiane S. Costa E.M. Izabetti Filipini E.M. Divina Anastácio do Nascimento E.M. Elisa Negri E.M. Tirsi Anna C. Gamberini E.M. Shigeru Sasaki E.M. Sarkis Tellian E.M. Ramira F. da Silva E.M. Paschoal Luciane Junior E.M. Nicolau Pinto da Silva E.M. Natália O. e Silva
  8. 8. E.M. Antonio da Silva E.M. Saboó E.M. Capim Branco E.M. Marilha O. Nascimento E.M. Benedicto M. Bueno E.M. Padre Celestino E.M. Santa Inês Laboratório Móvel
  9. 9. APAE E.M. Luiz José da Silva E.M. Hipólito Ferrari E.M. Aparecida da S. Prado
  10. 10. <ul><li>Objetivos </li></ul><ul><li>Utilizar as ferramentas básicas da informática como: processador de textos, editor de desenhos, planilhas eletrônicas, banco de dados, multimídia e Internet possibilitando a construção de novos conhecimentos e consequentemente o desenvolvimento de novas habilidades e competências; </li></ul><ul><li>Proporcionar melhor qualificação no processo de ensino-aprendizagem de nossos alunos utilizando a informática para fomentar a formação de cidadãos críticos, a igualdade de oportunidades e a democracia; </li></ul><ul><li>Explorar programas gráficos para desenvolver a criatividade, a autonomia, o respeito dos alunos nas diversas formas de manifestações artísticas através do das novas tecnologias; </li></ul><ul><li>Explorar o uso de programas que desenvolvam habilidades como concentração, ação, criação, visando o desenvolvimento da autonomia, da criatividade, e do respeito essenciais para a vida em sociedade; </li></ul>
  11. 11. <ul><li>Utilizar-se dos softwares educacionais visando dinamizar o processo de ensino-aprendizagem; </li></ul><ul><li>Utilizar-se dos softwares educacionais e do Office para dinamizar e concretizar a aprendizagem de conteúdos específicos das disciplinas escolares (Matemática, Língua Portuguesa, Ciências, Geografia, Historia e Artes) </li></ul>
  12. 12. Recursos: Laboratórios de Informática; Computadores; Impressoras; Cartucho de tinta; Papéis; Cds; Disquetes; Scanner; Internet; Softwares educacionais; Pacote do Office.
  13. 13. Ações: As ações serão norteadas pelos projetos sugeridos pela S.M.E. que serão desenvolvidas em cada Unidade Escolar de acordo com suas especificidades , portanto salientarei aqui apenas uma ilustração das ações que poderão ser desenvolvidas. Vale a criatividade de cada monitor e principalmente o trabalho em parceria com os professores da U.E.
  14. 14. Avaliação A avaliação será realizada ao longo do desenvolvimento de todo o projeto visando sempre à retomada e a reformulação das ações que não atingiram êxito.
  15. 15. PERFIL DO MONITOR DE INFORMÁTICA “ O bom professor consegue que todos aprendam o têm de aprender, que cada um aprenda quando esta pronto para tal e sejam felizes no aprender”. Ter um conceito positivo de si mesmo e de seu trabalho; Buscar possibilidades de fazer boas coisas diante das adversidades, em vez de procurar as excelentes razões para se desculpar por não havê-las feito. Não se contamina pelo pessimismo dos outros. Em vez disso, ele cria uma ilha de otimismo em torno de si; Sabe mostrar ao aluno a beleza e o poder das idéias. Isso foi dito por Afred North Whitehead e não dá para dizer melhor;
  16. 16. Tem sempre expectativas positivas a cerca de seus alunos. Já foi demonstrado que os alunos fracassam quando o professor acha que vão fracassar. Tratar todos os alunos com muito respeito, amor e carinho. Nunca ridicularizar seus alunos . Aliviar o mau humor, mas a custa de maltratar a auto-estima do aluno é péssima idéia; Consegue que seus alunos participem ativamente da aula. Aprender é um processo ativo , em que o aluno trabalha (intelectualmente) tanto quanto o professor; Dialoga com os colegas e pede conselhos quando tem problemas com os alunos e com os colegas que já viveram com situações semelhantes; Não vê os pais como adversários temíveis, mas como aliados e parceiros.
  17. 17. <ul><ul><li>Pré-requisitos para contratação dos monitores </li></ul></ul><ul><ul><li>Os candidatos á função de monitores de Informática das Unidades Escolares Municipais deverão: </li></ul></ul><ul><li>Ser estudante do Nível Superior*** ou do Ensino Médio (2º ou 3º ano) e ter no mínimo 16 anos até o início de janeiro ou fevereiro </li></ul><ul><li>Estar cadastrado no CIEE; </li></ul><ul><li>Ter conhecimentos básicos de informática; </li></ul><ul><li>Disponibilidade de horário para freqüentar cursos em horário alternado ao de sua jornada de trabalho; </li></ul><ul><li>Estar cursando, preferencialmente o curso de Pedagogia ou qualquer Licenciatura ou também cursos superiores na área de Informática (Ciência da Computação, Sistema de Informação, Análise de Sistemas entre outros) ou Ensino Médio </li></ul>
  18. 18. <ul><li>Jornada de trabalho </li></ul><ul><ul><li>O estagiário será contratado por 20 (vinte) horas semanais que serão distribuídas nos dias úteis de acordo com a necessidade dos laboratórios de Informática. </li></ul></ul><ul><ul><li>(manhã, tarde, noite e integral) </li></ul></ul><ul><ul><li>Valor da bolsa de estágio </li></ul></ul><ul><ul><li>Estudante do nível: </li></ul></ul><ul><ul><li>Universitário: R$ 350,00 </li></ul></ul><ul><ul><li>Ensino Médio: R$ 300,00 </li></ul></ul>
  19. 19. <ul><li>Apresentar bimestralmente boletim escolar para acompanhamento das notas e freqüência; </li></ul><ul><li>Notas e freqüências baixas podem acarretar o cancelamento do contrato </li></ul>
  20. 20. <ul><li>Como se dá o Contrato: </li></ul><ul><li>Parceria CIEE e Prefeitura Municipal de Mairiporã; </li></ul><ul><li>Contrato regido por Lei Federal (“Lei do Estagiário”) </li></ul><ul><li>Não há vínculo empregatício; </li></ul><ul><li>Período máximo de contrato 2 anos podendo ser revogado a qualquer momento por ambas as partes; </li></ul><ul><li>Não tem direito a décimo terceiro e 1/3 de férias; </li></ul><ul><li>Direito a férias (30 dias em descanso) após 1 ano de contrato; </li></ul><ul><li>Auxilio transporte se necessário; </li></ul><ul><li>Faltas somente mediante atestado médico; </li></ul><ul><li>Faltas consecutivas sem justificativa ´desligamento do projeto; </li></ul><ul><li>Licença gestante; </li></ul>
  21. 21. <ul><li>Período de formação não é remunerado e não é fornecido auxílio transporte ; </li></ul><ul><li>Possivelmente os novos contratos somente serão datados a partir de janeiro/fevereiro, após avaliação e seleção, portanto 1º pagamento previsto somente para fevereiro/março </li></ul>
  22. 22. Vagas para os estagiários <ul><li>Nível superior: 11 totais </li></ul><ul><li>Disponíveis para contratação em 2011: 19 </li></ul><ul><li>Ensino Médio (2º ou 3º ano/maior de 16 anos) 22 totais </li></ul><ul><li>Disponíveis para contratação em 2010: 8 </li></ul><ul><li>Nº de vagas: 27 vagas </li></ul><ul><li>Nº de inscritos: 84 inscritos </li></ul>
  23. 23. Cronograma de formação de monitores 2011 06/12/ 10 apresentação do Projeto Capacitação Inicial de 07/12/2010 a 17/12/2010 Continuidade da capacitação em fevereiro para os escolhidos
  24. 24. <ul><li>Regras para o curso de formação de monitores </li></ul><ul><li>Assiduidade (NÃO É PERMITIDO FALTAR); </li></ul><ul><li>Respeito aos horários de chegada e saída (TOLERÂNCIA PARA OS RETARDATÁRIOS 15 MIN); </li></ul><ul><li>Adequação de horários para os estudantes após inicio das aulas em fevereiro </li></ul><ul><li>Critérios para avaliação final e seleção </li></ul><ul><li>(participação, envolvimento, perfil, conhecimentos de informática e pedagógico, disponibilidade de horário de acordo com a necessidade do projeto) </li></ul><ul><li>Horário da formação: 8:30 as 12:00 </li></ul><ul><li>12:00 as 13:00 almoço </li></ul><ul><li>13:00 as 16:30 </li></ul>
  25. 25. <ul><li>Não se esqueça de: </li></ul><ul><li>Assinar a lista de presença </li></ul><ul><li>Início da formação: 07/12/2010 </li></ul><ul><li>Todos as 8:30h neste mesmo local </li></ul>

×