Planificação quem conta um conto aumenta um ponto

568 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
568
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
117
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Planificação quem conta um conto aumenta um ponto

  1. 1. Planificação da Atividade prática: “Quem conta um conto… acrescenta um ponto! ” Disciplinas Objetivo Competências a Desenvolver Descrição da Atividade prática Avaliação Envolvidas- Reconhecer a 1.ª Fase – Recolha de contos populares em aulaimportância da de “Terra Nómada”preservação dos • Compreensão Oral (escutar para aprender e Viver Português Em Viver Português:valores culturais da construir conhecimento): • Assistir ao filme “O Contador de Histórias”;região; Prestar atenção ao que ouve, de modo a • Recolha (Gravação audiovisual) dos contos- Desenvolver a reformular o enunciado ouvido; “trazidos” pelos encarregados de educação ecriatividade e Prestar atenção ao que ouve, de modo familiares dos discentes; relatar o essencial de uma histórialinguagem oral e • Registo dos contos – audição e transcrição • Interesse ecorporal; ouvida; Utilizar procedimentos para reter e (para papel) dos contos gravados. Serão feitos empenho; alargar a informação recebida, pedir alguns ajustes na transcrição, para se poder dar • Participação;- Resgatar as informações e explicações sentido a uma frase truncada, um fecho a uma • Comportamento;histórias de família; complementares; boa história, um título coerente a uma história • Responsabilidade; Distinguir traços caraterísticos específicos sem título, além de outras possíveis adaptações.- Valorizar o papel do oral. • Atividadesdos mais velhos • Expressão Escrita (escrever para construir e práticas;como fonte de expressar conhecimentos): • Livro.conhecimento; Recorrer à escrita para assegurar o registo- Recolher e e o tratamento de informação;registrar os contos, Selecionar tipos e formatos de textosantes que adequados a intencionalidades edesapareçam, contextos específicos;devido ao Redigir textos coerentes, selecionandoavassalador avançodos meios de registos e recursos verbais adequados 1 EBI de Mourão PIEF - 2.º e 3.º Ciclo 2011/2012
  2. 2. comunicação, mas, (mobilizar dados recolhidos em diferentesprincipalmente, à fontes de informação; ordenar emanutenção e hierarquizar a informação, tendo em vistavalorização desse a continuidade de sentido, a progressãorico património donosso povo; temática e a coerência global do texto; dar ao texto a estrutura e o formato- Difundir a cultura e adequados, respeitando convençõesliteratura populares tipológicas e (orto)gráficas estabelecidas;manifestadas em diversificar o vocabulário e as estruturassuas diversas utilizadas nos textos, com recurso aoformas, utilizando- português padrão; respeitar as regras dase a escola como umveículo prioritário pontuação e sinais auxiliares de escrita);de divulgação junto Utilizar, com progressiva eficácia, técnicasà comunidade. de reformulação textual; Utilizar, com autonomia, estratégias de revisão e aperfeiçoamento de texto; Assegurar a legibilidade dos textos, em papel ou suporte digital. • Tratamento de Informação, seleção de Fontes - Homem e Em Homem e Ambiente/ Ciências Sociais e Distinguir fontes de informação histórica diversas: Ambiente/ Humanas: fontes primárias e secundárias, historiográficas e Ciências Sociais e • Registo dos contos – audição e transcrição não historiográficas. Humanas (para papel) dos contos gravados. Serão feitos • Comunicação em História - Desenvolvimento da alguns ajustes na transcrição, para se poder dar comunicação oral através da narração/descrição sentido a uma frase truncada, um fecho a uma e participação. boa história, um título coerente a uma história • Compreensão Histórica sem título, além de outras possíveis adaptações. 2 EBI de Mourão PIEF - 2.º e 3.º Ciclo 2011/2012
  3. 3. Temporalidade - Desenvolve a noção de multiplicidade temporal, localiza no tempo eventos e processos, distingue ritmos de evolução em sociedades diferentes e no interior de uma mesma sociedade. Espacialidade - Localiza e situa no espaço, com recurso a formas diversas de representação espacial, diferentes aspetos das sociedades humanas em evolução e interação. Contextualização - Identifica fatores pertinentes dos diferentes domínios das sociedades (aspetos sociais, económicos, técnicos, políticos, culturais, das mentalidades, etc.) e estabelece relações, conexões e inter-relações entre eles. • Ser capaz de representar uma história em Educação 2.ª Fase – Ilustração dos contos. Banda Desenhada; Artística Em Educação Artística: • Reconhecer e dar valor a formas artísticas de • Escolha (por parte dos alunos) do conto a diferentes culturas, identificando o Universal e ilustrar; o Particular; • Ilustração do conto escolhido; • Utilizar diferentes meios expressivos de representação; • Compreender mensagens visuais expressas em diversos códigos. Tecnologias de 3.ª Fase – Transcrição dos contos para suporte3 EBI de Mourão PIEF - 2.º e 3.º Ciclo 2011/2012
  4. 4. Informação e digital e digitalização das ilustrações elaboradas. Comunicação Em Tecnologias de Informação e Comunicação: • Transcrição dos contos para suporte digital (Word); • Digitalização das ilustrações; • Organização de um livro com os contos e as imagens; • Entender a importância de uma cidadania • Divulgação no blogue da turma da atividade. moderna, para a qual o domínio das TIC é um instrumento normal de integração na Sociedade do Conhecimento; • Adaptar-se à utilização do computador como ferramenta de aprendizagem e de construção de conhecimento; • Selecionar, recolher e organizar informação, recorrendo aos Sistemas de Informação e Multimédia; • Cooperar em grupo, intervindo crítica e construtivamente no tratamento da Informação e na realização de tarefas; • Aplicar e valorizar as competências TIC adquiridas em contextos diversificados. • Composição de um texto tornando-o apelativo, de fácil leitura e compreensão. • Manutenção de blogues.4 EBI de Mourão PIEF - 2.º e 3.º Ciclo 2011/2012
  5. 5. Recursos: • http://www.youtube.com/watch?v=0RF0stSp8qM - vídeo “O Contador de Histórias” – parte 1 • http://www.youtube.com/watch?v=tA7sWCGsYKA&feature=related - vídeo “O Contador de Histórias” – parte 2 • http://www.youtube.com/watch?v=W99ZJiG5nv8&feature=related - vídeo “O Contador de Histórias” – parte 3 • http://www.youtube.com/watch?v=TPI1mUnrBCM&feature=related - vídeo “O Contador de Histórias” – parte 4 • http://www.youtube.com/watch?v=Aho_6vXcimw&feature=related - vídeo “O Contador de Histórias” – parte 5 • http://www.youtube.com/watch?v=ev_syulKRL8&feature=related - vídeo “O Contador de Histórias” – parte 6 • http://www.youtube.com/watch?v=RpAI9pFMpy8&feature=related - vídeo “O Contador de Histórias” – parte 7 • http://www.youtube.com/watch?v=Du07zX_i4bQ&feature=related - vídeo “O Contador de Histórias” – parte 8 • http://www.youtube.com/watch?v=jkff9OkknkI&feature=related - vídeo “O Contador de Histórias” – parte 9 • http://www.youtube.com/watch?v=_fd38FO8u5U&feature=related - vídeo “O Contador de Histórias” – parte 10 • http://www.youtube.com/watch?v=jB05MSxqDGw&feature=related - vídeo “O Contador de Histórias” – parte 11 (Final) • Gravador/ Câmara de filmar 5 EBI de Mourão PIEF - 2.º e 3.º Ciclo 2011/2012

×