Epidemiologia 4 periodo de medicina

8.945 visualizações

Publicada em

Publicada em: Turismo, Tecnologia
1 comentário
2 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
8.945
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
159
Comentários
1
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Epidemiologia 4 periodo de medicina

  1. 1. ITPAC- PORTO NACIONAL / 4º PERÍODO - MEDICINA Epidemiologia Prof ª: Ritha de Cássia
  2. 2. <ul><li>Epidemiologia: </li></ul><ul><li>Histórico </li></ul><ul><li>Conceitos básicos </li></ul><ul><li>Área de atuação </li></ul><ul><li>Objetivos e usos da Epidemiologia </li></ul><ul><li>Conquistas da epidemiologia </li></ul>Sumário:
  3. 3. Introdu ç ão à Epidemiologia <ul><li>Marcos Históric o s : </li></ul><ul><li>Hipócrates (Século 50 a.C.) - já demonstrava a preocupação de que para se entender o processo de adoecimento seria necessário o estudo dos padrões das doenças segundo local, pessoa e tempo de ocorrência; </li></ul><ul><li>John Graunt (1662) - Quantificou os padrões da ocorrência de doenças nas populações de Londres; </li></ul>
  4. 4. Marcos Historic o s : <ul><li>John Snow (1853) - Formulou e testou uma hipótese sobre a epidemia de cólera ocorrida em Londres; </li></ul><ul><li>Doll & Hill (1950) - Conduziu o primeiro importante estudo de caso-controle (hábito de fumar e câncer de pulmão) e demonstrou sua utilidade na pesquisa epidemiológica; </li></ul>
  5. 5. <ul><li>Epidemiologia: </li></ul><ul><li>Histórico </li></ul><ul><li>Conceitos básicos </li></ul><ul><li>Área de atuação </li></ul><ul><li>Objetivos e usos da Epidemiologia </li></ul><ul><li>Conquistas da epidemiologia </li></ul>Sumário:
  6. 6. <ul><li>O rigem Grega e foi usada pela primeira vez em 1802: </li></ul><ul><li>Epi = sobre; Demos = população. </li></ul><ul><li>Várias definições já foram publicadas. </li></ul><ul><li>1873 (PARKIN, Oxford English Dictionary) : </li></ul><ul><li>&quot;Parte das ciências da saúde que lida com epidemias&quot;. </li></ul>Definição :
  7. 7. <ul><li>Dicionário de Epidemiologia (LAST, J. 1995): </li></ul><ul><li>&quot;O estudo da distribuição e determinantes de eventos relacionados à saúde em populações específicas, e a aplicação deste estudo para o controle de problemas de saúde&quot;. </li></ul>Definição :
  8. 8. <ul><li>Onde: &quot;O estudo da distribuição e determinantes de eventos relacionados à saúde em populações específicas, e a aplicação deste estudo para o controle de problemas de saúde&quot;. </li></ul><ul><li>&quot; Estudo&quot; : Se refere a sistematização do conhecimento. Incluindo vigilância, observação, testes, pesquisa analítica e experimentos. </li></ul><ul><li>&quot; Distribuição&quot;: Se refere a quantificação da existência e ocorrência dos eventos relacionados à saúde e a caracterização deles quanto ao tempo, lugar e tipo de pessoas que são afetadas. O estudo da d istribuição de eventos relacionados à saúde é objeto da Epidemiologia descritiva . </li></ul><ul><li>&quot; Determinantes&quot; : Se refere a todos os fatores físicos, biológicos, sociais, culturais e de comportamento que influenciam a saúde de populações. O que é objeto da Epidemiologia analítica. </li></ul>
  9. 9. <ul><li>Onde: &quot;O estudo da distribuição e determinantes de eventos relacionados à saúde em populações específicas , e a aplicação deste estudo para o controle de problemas de saúde&quot;. </li></ul><ul><li>&quot; Eventos relacionados à saúde&quot; : Se refere não apenas a qualquer doença, agravo à saúde ou causa de óbito, como também a comportamentos e hábitos (exemplo: aderência terapêutica, prática de exercícios físicos, razões para demanda aos serviços de saúde, hábito de fumar, uso de bebida alcoólica, tipo de alimentação, etc). </li></ul><ul><li>&quot; Populações específicas&quot; : Se refere a uma população concreta com características bem definidas. </li></ul><ul><li>&quot; Aplicação para o controle…&quot; : Se refere ao objetivo final da Epidemiologia na promoção, prevenção e recuperação da saúde. </li></ul>
  10. 10. <ul><li>Existem dois pressupostos básicos da Epidemiologia: </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Doenças/agravos em seres humanos não ocorrem de maneira aleatória; </li></ul><ul><li>Doenças/agravos em seres humanos tem fatores causais que podem ser identificados através de observações sistemáticas em diferentes populações ou subgrupos populacionais, em diferentes lugares, e em diferentes momentos no tempo. </li></ul>Pressupostos :
  11. 11. ÁREA DE ATUAÇÃO DA EPIDEMIOLOGIA <ul><li>O alvo de um estudo epidemiológico é a população humana </li></ul><ul><li>É uma ciência básica cujo objetivo é melhorar a saúde das populações através de: </li></ul><ul><li>_ intervenções preventivas através da promoção da saúde; </li></ul><ul><li>_ evolução e desfecho (História Natural) das doenças nos indivíduos e grupos populacionais; </li></ul><ul><li>_ descrever o estado de saúde de grupos populacionais ; </li></ul><ul><li>DESAFIO : PESQUISAR E ATUAR A PARTIR DE DETERMINANTES SOCIAIS DE SAÚDE E DOENÇA. </li></ul>
  12. 12. <ul><li>Epidemiologia: </li></ul><ul><li>Histórico </li></ul><ul><li>Conceitos básicos </li></ul><ul><li>Área de atuação </li></ul><ul><li>Objetivos e usos da Epidemiologia </li></ul><ul><li>Conquistas da epidemiologia </li></ul>Sumário:
  13. 13. <ul><li>Descrever o problema de saúde (estimar medidas de freqüência de doenças para conhecer a magnitude e a distribuição do problema); </li></ul><ul><li>Explicar a ocorrência dos problemas de saúde (estimar associações entre fatores de risco e doenças), para propor intervenções; </li></ul><ul><li>Avaliar intervenções que visem modificar o perfil de saúde de populações. </li></ul><ul><li>Fornecer subsídios às práticas dos profissionais de saúde e gerar hipóteses para os estudos analíticos </li></ul>Objetivos :
  14. 14. <ul><li>Estimar magnitude de um agravo em um grupo populacional; </li></ul><ul><li>Auxiliar na programação para atender demandas; </li></ul><ul><li>Ge rar hipóteses a serem verificadas em novos estudos; </li></ul><ul><li>Identificar fatores de risco e grupos de risco para determinado agravo; </li></ul><ul><li>Quantificar a magnitude do benefício e impacto de uma intervenção; </li></ul>USOS :
  15. 15. <ul><li>Esclarecer aspectos da etiologia de doenças; </li></ul><ul><li>Testar e avaliar a utilidade de novas técnicas de diagnóstico; </li></ul><ul><li>Quantificar e comparar a eficácia, efetividade e eficiência de p rocedimentos terapêuticos ou preventivos (ex. drogas, vacinas); </li></ul><ul><li>Fornecer subsídios para a definição de programação, planejamento e políticas públicas de saúde. </li></ul>USOS :
  16. 16. <ul><li>Epidemiologia: </li></ul><ul><li>Histórico </li></ul><ul><li>Conceitos básicos </li></ul><ul><li>Área de atuação </li></ul><ul><li>Objetivos e usos da Epidemiologia </li></ul><ul><li>Conquistas da epidemiologia </li></ul>Sumário:
  17. 17. CONQUISTAS DA EPIDEMIOLOGIA <ul><li>Varíola </li></ul><ul><li>Envenenamento pelo metil-mercúrio </li></ul><ul><li>Febre reumática e doença cardíaca reumática </li></ul><ul><li>Deficiência de Iodo </li></ul><ul><li>Asbeto e câncer de pulmão </li></ul>
  18. 18. Metodologia da Epidemiologia : CONHECIMENTO Evento Evento Evento OBSERVAÇÃO DADO INFORMAÇÃO
  19. 19. Obrigada pela Atenção!!!!!!! Fim!

×