O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Jb news informativo nr. 2276

29 visualizações

Publicada em

.

Publicada em: Governo e ONGs
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Jb news informativo nr. 2276

  1. 1. JB NEWS Filiado à ABIM sob nr. 007/JV Editoria: Ir Jeronimo Borges Loja Templários da Nova Era nr. 91(Florianópolis) - Obreiro Loja Alferes Tiradentes nr. 20 (Florianópolis) - Membro Honorário Loja Harmonia nr. 26 (B. Horizonte) - Membro Honorário Loja Fraternidade Brazileira de Estudos e Pesquisas (J. de Fora) -Correspondente Loja Francisco Xavier Ferreira de Pesquisas Maçônicas (P. Alegre) - Correspondente Academia Catarinense Maçônica de Letras Academia Maçônica de Letras do Brasil – Arcádia de B. Horizonte Saudações, Prezado Irmão! Índice do JB News nr. 2.276 – Florianópolis (SC) – sexta-feira, 23 de dezembro de 2016 Bloco 1-Almanaque Bloco 2-IrCharles Evaldo Boller – Cultura Maçônica (de sua obra Iluminação) Bloco 3-IrOsvaldo Pereira Rocha – Natal e Ano Novo Bloco 4-IrJosé Maurício Guimarães – Quando Papai Noel foi desmascarado Bloco 5-IrWilliam Spangler – Uma sacada da rua do Contrato (Contos de Natal) Bloco 6-IrPedro Juk – Perguntas & Respostas – do Ir Renato Machado Filho (Ubá – MG) Bloco 7-Destaques JB – Breviário Maçônico p/o dia 23 de dezembro e versos do Irmão e Poeta Adilson Zotovici (São Paulo – SP)
  2. 2. JB News – Informativo nr. 2.276 – Florianópolis (SC) – sexta-feira-feira, 23 de dezembro de 2016 Pág. 2/32 23 de dezembro  619 — Bonifácio V torna-se Papa.  1534 — Assinatura do Tratado de Baçaim entre Portugal e Badur Xá, sultão de Guzarate, nos termos dos quais o sultão entregou a posse de Baçaim e das ilhas de Bombaim aos portugueses, em troca de apoio militar contra o Império Mogol.  1783 — George Washington renuncia ao cargo de comandante-em-chefe do Exército Continental do estado de Maryland em Annapolis, Maryland.  1805 — Nascimento de Joseph Smith Jr., profeta e restaurador de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, popularmente conhecida como a igreja mórmon.  1825 — Fundação dos condados de Lowndes e Thomas.  1830 — Fundação do Condado de Stewart.  1888 — Vincent Van Gogh corta sua orelha esquerda, a leva para um bordel e a dá a uma prostituta chamada Rachel.  1891 — Recomendação do Conselho de Nomenclatura Geográfica dos Estados Unidos sugere trocar o nome da cidade de Pittsburgh para Pittsburg; o nome original só voltou a vigorar a partir de 1911.  1905 — Tentativa frustrada de insurreição do Soviete de Moscou.  1909 — António Teixeira de Sousa é eleito líder do Partido Regenerador.  1947 — Primeira demonstração do transistor nos laboratórios Bell. Nesta edição: Pesquisas – Arquivos e artigos próprios e de colaboradores e da Internet – Blogs - http:pt.wikipedia.org - Imagens: próprias, de colaboradores e www.google.com.br Os artigos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião deste informativo, sendo plena a responsabilidade de seus autores. 1 – ALMANAQUE Hoje é o 358 dia do Calendário Gregoriano do ano de 2016– (Lua Quarto Minguante) Faltam 8 dias para terminar este ano bissexto Dia do Vizinho Se o Irmão não deseja receber mais o informativo ou alterou o seu endereço eletrônico, POR FAVOR, comunique-nos pelo mesmo e-mail que recebeu a presente mensagem, para evitar atropelos em nossas remesssas diárias. Obrigado. Colabore conosco para evitar problemas na emissão de nossa mala direta. EVENTOS HISTÓRICOS (Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki) Aprofunde seu conhecimento clicando nas palavras sublinhadas
  3. 3. JB News – Informativo nr. 2.276 – Florianópolis (SC) – sexta-feira-feira, 23 de dezembro de 2016 Pág. 3/32  1976 — Com a morte de seu pai, Duarte Nuno de Bragança, Duarte Pio de Bragança torna-se pretendente ao trono do reino de Portugal.  1979 — Unidades militares da União Soviética ocupam Cabul, a capital do Afeganistão.  1990 — Eslovénia vota a sua separação da Jugoslávia.  2003 — Recolhimento da moeda de 1 real de aço inox no Banco Central do Brasil.  2004 - Aprovado pela Comissão de Heráldica da Associação de Arqueólogos Portugueses o brasão da freguesia de Benfica, Lisboa.  2009 - Tempestade na zona de Torres Vedras, com ventos por vezes de 200 KM/H, causou milhões de euros em prejuízos, afectando cerca de 150 000 pessoas. 1868 Estreia, nesta data, no palco do teatro “Santa Isabel”, no Desterro, o drama “Raimundo” de autoria do catarinense Álvaro de Carvalho. 1948 Lei Nº 247, desta data, criou os municípios de Turvo, desmembrado de Araranguá, Capinzal e Piratuba, ambos desmembrados de Campos Novos. 1960 Lei nº 632, desta data, criou o município de Três Barras e Major Vieira, desmembrados de Canoinhas. 1962 Instalado, nesta data, o município de Canelinha. 1824 O Irmão Frei Caneca é condenado à pena de morte natural pela Comissão Militar pernambucana, por crime de sedição e rebelião contra os imperiais. 1841 Fundado o Grande Capítulo de Maçons do Real Arco do Texas, USA 1860 Fundada a Loja Secreto e Amor da Ordem nr. 142, do GOB/PE 1889 Decreto Rolha” do novo governo republicano institui violenta censura à imprensa, contrastando com o regime monárquico que, desde a Independência, jamais a permitira, mesmo na fase da agressiva propaganda republicana. 1914 Rito Brasileiro legalizado pelo Decreto nº 500 do Grande Oriente do Brasil 1926 Fundada a Loja “Novos Templários” de São José do R io Pardo (GOB/SP) 1970 Fundada a Loja 14 de Agosto nr. 1815 – GOB/BA 2007 Fundada a Loja Alferes Tiradentes nr. 3005 – GOB/SP Feliz Natal ! Boas Festas! São os votos de toda a equipe JB News aos seus leitores e amigos Ho, Ho, Ho, Ho... Fatos maçônicos do dia Fonte: O Livro dos Dias (Ir João Guilherme) e acervo pessoal Fatos históricos de santa catarina
  4. 4. JB News – Informativo nr. 2.276 – Florianópolis (SC) – sexta-feira-feira, 23 de dezembro de 2016 Pág. 4/32 Ir Charles Evaldo Boller Curitiba – PR – Charleseb@terra.com.br Artigo extraído de sua obra “Iluminação” A Cultura Maçônica Influência das variadas fontes da cultura maçônica e sua consequência. Origem do Conhecimento O Universo material foi criado a partir do átomo pelo Grande Arquiteto do Universo, do nada, do vazio, de forma magistral, assombrosa e aterradora. Sua 2 – A Cultura Maçônica Charles Evaldo Boller
  5. 5. JB News – Informativo nr. 2.276 – Florianópolis (SC) – sexta-feira-feira, 23 de dezembro de 2016 Pág. 5/32 arquitetura fundamenta-se numa diversificação tão rica, que leva o entendimento humano à confusão ao ser confrontado com o caos desta aparente desordem. Num esforço de ordenar a sua perturbação, a criatura humana passa a estabelecer referenciais, criar padrões de: tempo, medida, sensibilidade e probabilidade. O resultado deste trabalho faz o homem movimentar-se no Universo, modificar e transformar a obra original. Gera com isto o conhecimento. Cria a partir de pensamentos, modelos e referenciais, pois a verdade nunca lhe é revelada de imediato. É apenas com o acumulo de conhecimentos, pelo uso da razão, da intuição e do discurso que a realidade é entendida e revelada. Intuição Na intuição intelectual, o critério é a evidência, é aquela ideia clara, que se impõem por si só à mente. Na intuição pragmática, é exigido o aporte de um resultado prático. A intuição lógica exige coerência. Na busca do conhecimento buscam-se equilibrar: razão e intuição, vivência e teoria, concreto e abstrato.
  6. 6. JB News – Informativo nr. 2.276 – Florianópolis (SC) – sexta-feira-feira, 23 de dezembro de 2016 Pág. 6/32 Teoria do Conhecimento Para atingir a certeza da verdade, submete-se o pensamento ao ceticismo, fundamentado na dúvida, na observação e na consideração, ou ao dogmatismo, alicerçado em princípio ou doutrina. A ideia na teoria do conhecimento segue:  A linha do racionalismo, que a tudo submete à razão;  Ao empirismo, que considera a ideia derivada da experiência sensorial;  Do criticismo que tenta equilibrar racionalismo e empirismo. Construção do Conhecimento Alguém é levado a divulgar uma ideia de forma positiva e afirmativa a qual se denomina tese. Outra pessoa interpela este pensamento, o absorve e critica com base em seu próprio referencial. Faz nova proposta. Gera uma segunda ideia, a antítese. Juntando as duas ideias de forma conciliadora e compositiva gera-se um terceiro pensamento, que é diferente dos dois que lhe deram origem, obtendo-se a síntese. Se o processo for repetido diversas vezes, gera-se infinito número de ciclos de teses, antíteses e sínteses. No fluxo do tempo estes ciclos geraram o conhecimento humano que existe. Simbolismo Longe da confusão para entender as modernas teorias da complexidade, o antigo egípcio desenvolveu o método de transmitir conhecimento através da figura.
  7. 7. JB News – Informativo nr. 2.276 – Florianópolis (SC) – sexta-feira-feira, 23 de dezembro de 2016 Pág. 7/32 Baseado na visualização do concreto, o observador desperta para o aprendizado intuitivo intelectual. Mesmo que o aprendiz seja de pouco ou nenhum preparo acadêmico, ele é conduzido a um elevado grau de entendimento abstrato, em tema até complexo, que faz despertar sua intuição sensível, intelectual e inventiva. Os pedagogos conhecem bem a técnica de transmitir conhecimento por associar a ideia a uma imagem real, pois auxilia na compreensão e na memorização, e ao transmitir a informação assim, ela se atualiza automaticamente, haja vista que fica alicerçada na evolução geral de cada geração que a interpreta. Mesmo que a interpretação mude, o símbolo nunca muda. A ideia original, a sua representação gráfica, o invólucro da ideia, acaba preservado ao longo do tempo. E como a evolução do homem ocorre em diversos segmentos, qualquer mudança afeta a maneira como um símbolo é interpretado. Esta é a importância de nunca alterar ou modificar um símbolo na Maçonaria; por exemplo, trocar a espada do guarda do templo, símbolo da honra, por um fuzil AR-15; seria uma aberração. É a razão de a Maçonaria manter-se sempre atual: mesmo sujeita ao vento da mudança, ela está sempre atualizada porque os seus símbolos são mantidos inalterados, mas as ideias não. Por estranho que pareça num primeiro instante, mesmo considerada tradicionalista, conservadora, ela é progressista.
  8. 8. JB News – Informativo nr. 2.276 – Florianópolis (SC) – sexta-feira-feira, 23 de dezembro de 2016 Pág. 8/32 Tudo está condicionado ao fato de sua simbologia a tornar insensível ao impacto da dinâmica social, tornando-a elegível a projetar-se em futuro distante, porque sua simbologia é a mesma, mas a sua interpretação é dinâmica no tempo e adapta-se à herança cultural de cada individuo e de cada segmento da história. Convém observar que entre dois símbolos usados pode estar um século e até um milênio de transformação e adaptação histórica, bem como grande espaço geográfico. E de nada adianta tentar alcançar sua origem porque a transformação do pensamento conectada com um símbolo muda permanentemente, a cada instante, de pessoa para pessoa, de cultura para cultura. Dinâmica do Conhecimento Assim como o átomo, a oficina maçônica que para no tempo fica vazia. Se for dinâmica e operosa, reflete a luz do conhecimento e produz pessoas de valor com sua metodologia baseada em símbolos. E o maçom deve treinar capacidades para enxergar além dos símbolos. A Maçonaria é uma escola de conhecimento que ensina moral e desenvolve qualidades sociais e espirituais. É instituição que tem por objetivo tornar feliz a humanidade pelo amor, pelo aperfeiçoamento dos costumes, pela tolerância, pela igualdade e pelo respeito ao pensamento de cada membro da fraternidade. Sua alegoria ensinada por símbolos leva o diligente estudante a desenvolver e elevar a consciência de seu dever na sociedade e na família, constituindo a base da cultura que enriquece sua mente. Está assim equipado para conquistar respeito e admiração do meio social em que está inserido, onde sua ação positiva o faz progredir em sentido financeiro, político, moral, emocional, material, espiritual, enfim, em todos os seus valores. E este conhecimento o aperfeiçoa e motiva a tomar seu lugar na sociedade humana para transformá-la em resultado de seu trabalho. Seu diligente preparo o afasta da aviltante ignorância que tanto prejudica a sociedade. Equipado, equilibrado, devotado, generoso, livre, igual, praticando a virtude, reprimindo o vício, auxiliando seu irmão, a quem está ligado por laços de amor fraterno, contribui para a humanidade tornar-se pacífica, mantem o povo emancipado e progride em todos os sentidos. O amor fraterno é a única possibilidade de solução de todos os problemas da humanidade de forma cabal. É pedra angular e o alicerce da Sublime Instituição.
  9. 9. JB News – Informativo nr. 2.276 – Florianópolis (SC) – sexta-feira-feira, 23 de dezembro de 2016 Pág. 9/32 Origem da Simbologia Maçônica A Maçonaria não gerou sua própria simbologia e neste sentido tem pouca autenticidade. A maioria dos símbolos que usa é copiada, absorvida de outras culturas, de outras linhas de pensamentos e influências. Observado de ótica isenta de mitos e ficções, quando se afirma ser ela originária dos tempos em que se construiu o templo em Jerusalém, isto é apenas expressão simbólica! Tudo não passa de lenda para abrilhantar a mensagem composta de alegorias e símbolos. Na dinâmica do tempo, esta alegoria veio a estabelecer-se como verdade indiscutível, dogmática, e sabe-se que, por princípio, a ordem maçônica não tem dogmas. É em sua flexibilidade que se baseia sua riqueza cultural. Se não for elástica, tolerante, com certeza quebra, entra em colapso. A Maçonaria não é formada por um grupo social que vive isolado, ou que defende dogmas autônomos: ela é resultado da massa da sociedade como um todo, daí sua capacidade de penetração. Ao ser tolerante, admite toda linha de pensamento que venha ao encontro da construção de homens que submetem sua cognição e emoção à sua espiritualidade. Mesmo que todos os símbolos por ela usados para interpretar o universo sejam originários de outras culturas, estes foram introduzidos intencionalmente, com o objetivo de torná-la ágil, elegante e adaptável na linha do tempo. Fontes da Cultura Maçônica Podem-se citar algumas fontes principais de onde foi importada a sua cultura: Alquimia
  10. 10. JB News – Informativo nr. 2.276 – Florianópolis (SC) – sexta-feira-feira, 23 de dezembro de 2016 Pág. 10/32 Com seu caráter altamente místico, gerou farta simbologia da qual a Maçonaria se apropriou. A melhor herança que a ordem obteve desta ultrapassada ciência foi o cultivo do amor fraterno, o "ouro potável" que nada mais é que um coração que extravasa "amor". Foi ciência dedicada principalmente em descobrir uma substância que transmutaria os metais mais comuns em ouro e prata, e a encontrar um meio de prolongar indefinidamente a vida humana. Predecessora da química. Arquitetura Na Maçonaria é a sua arte básica. A grande preocupação da Ordem é a construção do homem completo em todas as suas dimensões: física, emocional e espiritual. O templo maçônico é a representação do homem símbolo dentro do qual cada maçom busca se conhecer por dentro. Entrar no templo significa literalmente entrar em si mesmo para se autoconhecer. Razão porque para o maçom o templo de sua loja é lugar sagrado e onde entra sempre bem trajado: normalmente vestindo terno e gravata, além do avental que representa o trabalho em si mesmo. Por simbolizar o trabalho planejado, a semelhança de aperfeiçoar o homem através de trabalho constante e digno, usa a energia do grupo para gerar homens mais fortes e corretos. Na construção destes homens melhorados sempre há algo para fazer, refazer, realizar e aperfeiçoar, tudo no encontro de sua própria felicidade. Fica evidente que na criação do homem completo e livre tudo depende do esforço individual. Esta arte é o resultado do trabalho do arquiteto e mesmo a construção do Universo, da Terra, visões e sonhos possuem projetos e definições baseadas na arquitetura.
  11. 11. JB News – Informativo nr. 2.276 – Florianópolis (SC) – sexta-feira-feira, 23 de dezembro de 2016 Pág. 11/32 Astrologia Na Maçonaria o único uso que se faz da ciência dos astros, da antiga Astronomia, é nas manifestações artísticas das abóbadas celestes pintadas nos templos, onde aparecem constelações de estrelas, o sol e a lua, para demonstrar que o maçom está inserido no universo, filho do Todo. Significa também que o templo não tem teto, onde, para o Grande Arquiteto do Universo tudo é revelado. Possibilita ao maçom criar a visão interna de si mesmo, visto como um pequeno universo, cópia do Universo. Cabala A Maçonaria tentou incluir o conhecimento esotérico hebreu da Cabala em seu meio, porém, sem muito sucesso. É o ensino judaico da tradição de Jeová, o Deus dos judeus. Em seu meio existe são encontrados excelentes cabalista, mas formam grupo isolado devido à complexidade e falta de base linguística hebraico-aramaica. Seria o princípio de toda expressão religiosa, porém, esta apenas serve para alguém que conheça a língua hebraica onde existe uma relação numérica entre o som de cada letra do alfabeto e um número.
  12. 12. JB News – Informativo nr. 2.276 – Florianópolis (SC) – sexta-feira-feira, 23 de dezembro de 2016 Pág. 12/32 Para os acidentais existe a Numerologia que pretende fazer algo parecido. Cristianismo Está filosoficamente ligado aos graus do Rito Escocês Antigo e Aceito. Em todos eles existem elementos que remetem aos textos da bíblia judaico-cristã. Egito Contribuiu com sua mitologia e religião com farta simbologia para a Maçonaria. Berço das primeiras sociedades iniciáticas. Geometria É a ciência que provê boa parte de todo o simbolismo da Maçonaria, associada à Arquitetura, arte principal da Ordem. Parte da interpretação dos símbolos geométricos ligados à Escola Pitagórica, numerologia, alquimia e mestres construtores da Idade Média.
  13. 13. JB News – Informativo nr. 2.276 – Florianópolis (SC) – sexta-feira-feira, 23 de dezembro de 2016 Pág. 13/32 O Grande Arquiteto do Universo é considerado o Grande Geômetra. Hermetismo Maçonicamente é apenas referencia histórica à tradição primitiva dos alquimistas. Relaciona-se ao estudo dos arcanos, vulgarmente conhecidos como as lâminas do Tarô, onde está simbolizada toda a cosmogênese e antropogênese da antiguidade. Foi uma "doutrina" esotérica baseada na revelação mística da ciência, ligada Hermes Trismegisto, antigo iniciado do Egito. Hinduísmo Mesmo sem relação com a Maçonaria, influi nela com a manifestação da cultura hindu através da filosofia brâmane e vedanta.
  14. 14. JB News – Informativo nr. 2.276 – Florianópolis (SC) – sexta-feira-feira, 23 de dezembro de 2016 Pág. 14/32 Judaísmo As lendas Maçônicas do Rito Escocês Antigo e Aceito estão alicerçadas nas escrituras da bíblia judaico-cristã e seus rituais estão ligados aos princípios religiosos judaicos. É base do desenvolvimento da religião cristã e berço da Maçonaria. As escrituras gregas, ou cristãs, estão profundamente ligadas às escrituras hebraicas e à Tora. Numerologia Na Maçonaria é estudada em profundidade e está bastante arraigada nos rituais. É a ciência que define o valor dos números. Avalia o número em seu aspecto qualitativo, mágico e filosófico. Pitágoras foi sua maior expressão e é básica na aritmética e na Cabala.
  15. 15. JB News – Informativo nr. 2.276 – Florianópolis (SC) – sexta-feira-feira, 23 de dezembro de 2016 Pág. 15/32 Rosacrucianismo Fraternidade às vezes confundida com Maçonaria. Até possui relação com ela, pois o Martinismo é a pratica da Maçonaria nos moldes daquela organização. A Maçonaria assimilou a cultura Rosa Cruz em alguns dos princípios esotéricos. É ordem secreta e esotérica oriunda do intuito de cristianização dos mistérios egípcios. Grande parte dos símbolos usados pela Ordem maçônica é oriunda desta vertente. O Rito Escocês Antigo e Aceito tem graus filosóficos que referenciam esta vertente. Templários Poderosa ordem militar, intelectual, religiosa e econômica do século XII. Sua finalidade foi a de proteger os peregrinos que se dirigiam ao santo sepulcro. A Maçonaria incorporou grande parte da cultura, e enriqueceu a sua filosofia a partir das heranças culturais deixadas pelos Cavalheiros. Existem especulações que seriam os remanescentes desta Ordem a raiz da Maçonaria.
  16. 16. JB News – Informativo nr. 2.276 – Florianópolis (SC) – sexta-feira-feira, 23 de dezembro de 2016 Pág. 16/32 Zoroastrismo Existem teorias de que algumas das tradições maçônicas sejam originárias desta religião, resultado da designação de todos os sucessores de Zaratustra, o grande legislador persa e seu fundador. Outras Influências Agnosticismo, Antropologia, Aritmética, Arqueologia, Astronomia, Biologia, Chacras, Escultura, Filosofia, Geografia, Gramática, Lógica, Logosofia, Matemática, Mitologia, Música, Ontologia, Pintura, Poesia, Retórica, Sociologia, Teologia, Teosofia, Vedas, E outras. Muitas são influências da cultura maçônica, e mesmo tendo acesso a tudo isto, é necessário que ao final, cada maçom se torne bom, sábio e virtuoso, e para isto, cultura sozinha não é suficiente. Espiritualidade É necessário que o homem seja moldado internamente. E isto ele deve desejar ardentemente, deve ser seu principal alvo, senão toda esta cultura é inútil, uma frustrante tentativa de alcançar o vento na corrida. Ser bom até pode ser característica da própria pessoa, ser virtuoso é o resultado de disciplina enérgica, mas a sabedoria, esta exige, além de cultura e conhecimento, colocar em prática tudo o que aprendeu de forma inteligente e racional.
  17. 17. JB News – Informativo nr. 2.276 – Florianópolis (SC) – sexta-feira-feira, 23 de dezembro de 2016 Pág. 17/32 Para crescer como homem há necessidade do maçom tornar-se amigo da sabedoria - filós + sófia - praticar a especulação filosófica que se utiliza da simbologia de sua vasta influência cultural provinda de diversas vertentes do conhecimento humano. A especulação filosófica praticada pelo maçom tem por objetivo extrair de dentro do homem-ego - objeto, escravo, profano, primitivo - o homem-eu - racional, espiritual, iniciado, cósmico -, a essência do que, de fato, o homem é. O maçom vive numa fase intermediária de seu desenvolvimento em busca da verdade. Ajuda-o a amizade que tem pela sabedoria; está consciente do caminho certo e nunca tem certeza da verdade que deduz com auxílio da eclética cultura que o cerca. A dúvida é sua companheira porque é isto que a simbologia lhe ensina e ele apreende. Com a ajuda do que lhe inspira o conceito de Grande Arquiteto do Universo não tenta provar a existência de Deus, o que o tornaria ateu, nem constrói Deus a partir de conceitos humanos, físicos ou matemáticos, o que o tornaria idólatra, mas desenvolve espiritualidade a partir da comprovação da paternidade do Grande Arquiteto do Universo. Com a cultura maçônica somada a sua espiritualidade o maçom se autorealiza proclamando a soberania do espírito sobre a matéria. Sabe que não é a matéria inconsciente que o escraviza, mas sua mente egoísta consciente que o submete a paixões e vícios. Busca a luz que ilumina e vivifica o espírito, a razão de ser e energia vital de sua vida. Munido de sua herança cultural, possuidor da liberdade com que foi criado pelo Grande Arquiteto do Universo, o homem conquista sua libertação, sua autorealização. Bibliografia 1. BOUCHER, Jules, A Simbólica Maçônica, Segundo as Regras da Simbólica Esotérica e Tradicional, título original: lá Symbolique Maçonnique, tradução: Frederico Ozanam Pessoa de Barros, ISBN 85-315-0625-5, primeira edição, Editora Pensamento Cultrix limitada., 400 páginas, São Paulo, 1979; 1. CAMINO, Rizzardo da, Dicionário Maçônico, ISBN 85-7374-251-8, primeira edição, Madras Editora limitada., 413 páginas, São Paulo, 2001; 2. FIGUEIREDO, Joaquim Gervásio de, Dicionário de Maçonaria, Seus Mistérios, seus Ritos, sua Filosofia, sua História, quarta edição, Editora Pensamento Cultrix limitada., 550 páginas, São Paulo, 1989; 3. PUSCH, Jaime, ABC do Aprendiz, segunda edição, 146 páginas, Tubarão Santa Catarina, 1982.
  18. 18. JB News – Informativo nr. 2.276 – Florianópolis (SC) – sexta-feira-feira, 23 de dezembro de 2016 Pág. 18/32 Osvaldo Pereira Rocha* Grão-Mestre “Ad Vitam” do GOAM. Colaborador do JB News - Registro DRT/MA 53. São Luiz - MA E-mail rocha.osvaldo@uol.com.br site www.osvaldopereirarocha.com.br NATAL E ANO NOVO Para glória do Grande Arquiteto do Universo. Aproxima-se a magnífica celebração do Natal. Começam os preparativos, as decorações, as trocas de presentes, a Santa Ceia. Certamente é um dos momentos da História em que todos os anjos do Céu voltaram seus olhos para a terra para verem um pequenino Menino nascido de uma Virgem. Um Menino encantador, o mais belo de todos que, no entanto, sentia frio naquela pobre gruta, tendo para se aquecer os braços de Sua Mãe. Ele, o Rei do Universo, desceu para a terra para estar conosco! Esse Menino tão frágil é o encanto dos Anjos do Céu. Aquelas mãozinhas, anos mais tarde, seriam perfuradas por cruéis cravos, Sua fonte atormentada por grandes espinhos, Seu coração seria perfurado por uma lança. Isto tudo por nós, os pecadores. Sim. Jesus Cristo nos foi enviado por Deus Pai, o Grande Arquiteto do Universo, para redimir os nossos pecados, para crescer a nossa fé e nos ensinar o caminho da salvação. Ele se deu inteiro a nós e a única retribuição que espera por tão grande dom é que nós O amemos. Neste Natal de 2016, ofereçamos ao Menino Jesus nosso coração arrependido e cheio de amor a Ele. E assim estaremos juntos à Sua Mãe Santíssima, a Virgem Maria, a afagá-Lo nessa noite de luz. 3 –Natal e Ano Novo Osvaldo Pereira Rocha
  19. 19. JB News – Informativo nr. 2.276 – Florianópolis (SC) – sexta-feira-feira, 23 de dezembro de 2016 Pág. 19/32 Vinde Senhor Jesus! Vinde e aumentai a nossa fé, iluminai os nossos corações, as nossas famílias, o mundo todo! Amém. Este ano de 2016, que se finda, com o Brasil em recessão e o governo federal gastava muito mais do que arrecadava – crise econômica e política - houve a troca de Presidente da República que, para muitos, significava trocar seis por meia dúzia ou que era simplesmente mudar de partido político no poder; se finda, repito, com muitas dificuldades para os brasileiros em geral, principalmente para os mais pobres. Dificuldades essas de ordem política e econômica, com a corrupção quase generalizada em todo o país e o desemprego campeando, além de problemas de ordem educacional, de saúde, de segurança pública e de inflação. Todavia, a esperança permanece em quase todos nós, graças ao Grande Arquiteto do Universo. Esperança de que as medidas tomadas pelo Governo Federal neste final de exercício, tidas por muitos como duras demais, ou seja, PEC do Teto dos Gastos Públicos, já aprovada e promulgada no Congresso Nacional, e reforma da Previdência Social, por exemplo, sejam de fato uma luz no fim do túnel e que, já a partir de 2017, o País deixe de ter uma piora constante, mas uma melhora acentuada. Que Ele conceda a todos os necessitados inúmeros benefícios durante todo o próximo ano. Rogo ao Grande Arquiteto do Universo para que aumente a nossa fé e continue nos abençoando! Feliz Natal e Profícuo Ano Novo com saúde, amor e paz para os brasileiros e as brasileiras, assim como para todas as famílias da face da Terra! (SL, 20/12/2016). *Colaborador, registro DRT/MA nº 53. Grão-Mestre AD VITAM do Grande Oriente Autônomo do Maranhão – GOAM e Grande Inspetor Geral da Ordem, Grau 33. Site www.osvaldopereirarocha.com.br
  20. 20. JB News – Informativo nr. 2.276 – Florianópolis (SC) – sexta-feira-feira, 23 de dezembro de 2016 Pág. 20/32 Exerço o livre pensamento e a busca constante da Verdade, pois não tenho compromisso com o erro. QUANDO PAPAI NOEL FOI DESMASCARADO José Maurício Guimarães As festas de dezembro, Natal e Ano Novo, convertem os corações dos mais acirrados malvados. As festas de dezembro fazem que os empedernidos se tornem virtuosos, os bons melhores ainda... e o mundo vira uma festa! Os mentirosos ensaiam novas mentiras, os falsos renovam suas máscaras. Novas peles de cordeiros para todos os lobos, no norte, no sul, no oriente e nos altares servidos a ouro e incenso, pois a mirra é espinhosa e amarga – só Jesus foi capaz de conviver com ela. Eu percebia essas contradições desde criança quando os mais implacáveis e carrancudos tornavam-se fofos carneirinhos de presépio. Talvez por isso depositássemos, naqueles longínquos tempos, todas as esperanças na figura de um bonachão Papai Noel – cujo verdadeiro nome secreto era Santy Nick (ou Saint Claus) – que vivia o ano todo dormindo ou fumando charutos no Polo Norte, enquanto suas obedientes renas, Rudolph, Corredora, Cometa e Trovão hibernavam tranquilamente. Empenhávamos nosso precioso tempo escrevendo uma cartinha para o Papai Noel, endereçada para o castelo dos Korvatunturi na Lapônia. Certamente minha mãe haveria de traduzir meus garranchos para o norueguês, língua que – diga-se de passagem – ela não sabia. Que mal poderia fazer a uma criança um velhinho barrigudo que dorme 364 dias do ano e, quando acorda, traz brinquedos para todos? Para todos? Logo descobri que esse Santy Nick era um "servo do capitalismo selvagem", um puxa- saco da burguesia, das elites e do mercado de capitais; que ele enganava os meninos pobres tachando-os de crianças "mal comportadas" e, – dizia a lenda nórdica – dava-lhes apenas um pedaço de carvão. 4 – Quando Papai Noel foi desmascarado José Maurício Guimarães
  21. 21. JB News – Informativo nr. 2.276 – Florianópolis (SC) – sexta-feira-feira, 23 de dezembro de 2016 Pág. 21/32 Descobrimos que aquelas renas voadoras eram, na verdade, quatro rangifers tarandus, ou caribous da America do Norte, um cervídeo único entre os veados dos quais machos e fêmeas possuem chifres. Em quem confiar então?, ... se o bom velhinho era em verdade o pai da gente – um simples mortal que se esfolava no trabalho, dava mil cambalhotas e piruetas inconcebíveis para comprar aquele presente que inocentemente escolhíamos numa vitrine, sem sabermos que custava os olhos da cara... Os meninos pobres da cidade, lembro-me bem, sentiam desprezo pelo "velhinho golpista" que iludia os humildes. Acalentavam o secreto desejo de ficarem cara a cara com ele para jogarem pedras, lama e outras imundices em sua fantasia vermelha, que de socialista ele não tinha nada: – Esse Papai Noel fajuto, esses ágapes de conveniência onde apenas os escolhidos têm assento, brincando de fraternidade naquilo que somente a nós interessa. Debaixo dos viadutos, a caridade vaidosa a distribuir alimentos numa noite feliz, deixando esquecidos milhares que sofrem e se desesperam no resto do ano. Essa a imitação ridícula de uma cultura que não é nossa, pois não temos neve, nem pinheiros, nem renas: somos um nação imobilizada e confusa diante da politicagem barata, da corrupção, das inversões de valores e do descaso com a vida. Ainda hoje, curtido e salgado pela velhice (mais de vinho que de formol) volto meu olhar melancólico para o passado..., decepcionado com o presente e apreensivo quanto ao futuro. Que mundo e que país deixamos para nossos filhos e netos como presente do imperecível Natal? Dormimos 364 dias por anos para só despertarmos na noite de 24 de dezembro, enchermos literalmente o saco com brinquedos e presentes; atrelarmos Rudolph, Corredora, Cometa e Trovão no trenó e encenarmos o embuste, a costumeira pantomima de que somos justos, amorosos e fraternos. Meia noite em ponto! A um sinal dos computadores, sistemas e listas eletrônicas riem de nós na internet, pelo correios, facebook e watsApp disparando cartões natalinos e votos de ano novo automaticamente, vindos de instituições onde somos apenas um número. Entrada a madrugada, entupidos de comida e talvez muito álcool, todos se preparam para colocar a consciência em paz com os deuses a que eles servem. /dezembro de 2016/ Convido você para conhecer o meu site http://josemauricioguimaraes.com.br/index.html Para garantir que todas as informações enviadas cheguem até você, escolha uma das três opções: 1) adicione o remetente jmauriciog@josemauricioguimaraes.com.br ao seu catálogo de contatos; 2) ou marque-o como confiável; 3) ou inscrever-se no meu site clicando aqui _ http://josemauricioguimaraes.com.br/participar.html
  22. 22. JB News – Informativo nr. 2.276 – Florianópolis (SC) – sexta-feira-feira, 23 de dezembro de 2016 Pág. 22/32 Ir William Spangler M.M Loja União Diamantinense Diamantina MG Da sacada da Rua do Contrato Contos de natal. “A magnanimidade não espera a gratidão: já é pura em sua essência.” Guimarães havia requerido sua aposentadoria e o Diário Oficial já publicara o seu direito de deixar o Serviço Público no inicio do mês de Dezembro de 1960. Os funcionários de sua seção fizeram uma festa de despedia pelos bons serviços prestados durante sua permanência como Diretor de Finanças. Como era de praxe, ele indicara dois funcionários para ocupar seu cargo que tinha a vantagem de receber uma boa gratificação em seu salário. O inspetor viria para realizar entrevista e nomear o substituto na chefia de finanças entre os dois indicados: Alberto experiente e conhecedor de todo o trabalho do setor e Milton que tinha menos tempo de serviço, mas devido ao seu conhecimento era também qualificado para exercer o cargo de chefia. Alberto era um funcionário exemplar e muito eficiente em sua função. Meio calado, dedicava amizade aos colegas e era solicito em ajudar e resolver os problemas com os formulários e a contabilidade. Como maçom era respeitado pela sua sabedoria e simplicidade. Filho único e solteiro convicto, vivia alguns casos eventuais, mas nunca casara devido a uma desilusão no passado. Diziam seus colegas. Milton ainda era novo no setor, mas demonstrara ser eficiente e diligente em suas funções e, apesar de ter menos tempo de serviço que Alberto, possuía o mesmo cargo por concurso publico, razão da indicação de Guimarães. Casado, a mulher estava grávida e o bebê viria no final do mês de Dezembro. Enfrentando dificuldades financeiras, a vantagem do novo cargo seria de muito bom grado para ele. 5– Uma sacada da rua do Contrato – (Contos de Natal) William Spangler
  23. 23. JB News – Informativo nr. 2.276 – Florianópolis (SC) – sexta-feira-feira, 23 de dezembro de 2016 Pág. 23/32 - Nem adianta pensar em promoção. Alberto é mais experiente e tem mais tempo de serviço. Dizia com resignação para os colegas. - Não desamine. É uma chance para você. Espere para ver o que vai dar. Incentivavam os colegas mesmo sabendo que seria impossível. No dia 15 de Dezembro o Inspetor chegara para a entrevista. O natal se avizinhava e ele queria resolver a questão mais rápida. Pelas razões da indicação de Guimarães, até não precisava de escolha: Alberto seria o escolhido. Milton ficou apreensivo, pois sabia que não teria muita chance. Mas, mesmo assim, enfrentou a entrevista. - A comunicação do escolhido será feita por ofício do Departamento em Brasília. Vocês aguardem o oficio e a publicação no Diário Oficial será automática. Boa sorte. Relatou o Inspetor aos dois funcionários após as entrevistas. A semana de espera foi angustiante para Milton, pois seu filho nascera e ele ansiava que fosse escolhido. Sentado em sua mesa ele observava Alberto que continuava sereno e calmo como sempre fora. - Claro. Está feliz com sua indicação. Não tem filhos nem esposa e nem um passarinho para dar água. Eu que estou em dificuldades é que deveria ser indicado. Pensava com certo desgosto. Ao entrar para trabalhar, Milton percebeu um envelope branco timbrado em sua mesa. Abriu-o e viu a sua promoção. Fora o escolhido. Os funcionários o cumprimentaram e Alberto apertou sua mão e desejou felicidades em seu novo posto. -Pensei que fosse você o escolhido. Tinha mais experiência que eu. Disse Milton. - Nem sempre acontece o que se pensa. Você merece. É o espirito do natal. Respondeu Alberto. Feliz da vida ele contou a esposa sua promoção. Decidiu ligar para o Inspetor para agradecer a indicação. O inspetor ouviu seu agradecimento, parabenizou Milton e disse: - Se tem que agradecer, faça-o para o Seu Alberto. Ele seria o escolhido, mas devido a sua situação ele declinou da indicação em seu favor. Ele é um homem bom e compreensivo. Feliz Natal a todos. Milton esperou Alberto chegar para trabalhar, apertou sua mão, agradeceu o seu gesto perante os outros colegas da Seção e emocionado pediu-lhe que batizasse seu filho. Era seu desejo e de sua esposa em retribuição ao seu ato. Alberto aceitou ser padrinho, mas com a condição que todo o gasto com a festa fosse dele. Todos os funcionários do Departamento compareceram à festa e a celebração do batizado foi emocionante e muito alegre. Alberto fez questão de segurar o bebê com orgulho da escolha de ser padrinho. Agora ele tinha uma razão principal em sua vida. Ajudaria a criar seu afilhado em tudo que necessitasse. Embalando suavemente o pequeno Elias em seus braços ele sorria com humildade e emoção, pois o maior segredo que ele tinha de nunca ter se casado era em razão de ser estéril, mas agora tinha em seus braços um motivo para ser mais feliz. Ele que dera um presente foi também agraciado. Foi o espirito do natal que trouxera o seu maior presente. William Spangler Natal de 2016
  24. 24. JB News – Informativo nr. 2.276 – Florianópolis (SC) – sexta-feira-feira, 23 de dezembro de 2016 Pág. 24/32 Este Bloco está sendo produzido pelo Irmão Pedro Juk, às segundas, quartas e sextas-feiras Colunetas dos vigilantes Em 16 de maio de 2016 o Respeitável Irmão Renato Machado Filho, Loja União e Esperança, 308, REAA, GLMMG (CMSB), Oriente de Ubá, Estado de Minas Gerais, apresenta a seguinte questão: renatinho1968@gmail.com Durante a abertura da Loja, após o HUZZÉ, HUZZÉ, HUZZÉ, o 1º Vigilante levanta a coluneta e o 2º Vigilante abaixa a coluneta e vice-versa no fechamento da Loja. Qual o significado deste simbolismo? Considerações: Essa não é prática tradicional do REAA. O erguer e abaixar de colunetas pelos Vigilantes é costume da vertente inglesa de Maçonaria, mais precisamente do Ritual (Trabalhos) de Emulação. Entenda-se que o REAA é um Rito que, conquanto até possua influência anglo- saxônica, é filho espiritual da França. No Trabalho de Emulação (equivocadamente conhecido como Rito de York) o levantamento das colunetas (Dórica do Primeiro Vigilante e Coríntia do Segundo), em linhas 6 – Perguntas & Respostas Pedro Juk Não esqueça: envie sua pergunta identificada pelo nome completo, Loja, Oriente, Rito e Potência.
  25. 25. JB News – Informativo nr. 2.276 – Florianópolis (SC) – sexta-feira-feira, 23 de dezembro de 2016 Pág. 25/32 gerais, representa a afirmação de que naquele momento a Loja está com os trabalhos em andamento (quando erguida pelo Primeiro e deitada pelo Segundo). Ao contrário, significa que a Loja está em descanso, ou com os trabalhos suspensos, ou mesmo, encerrada definitivamente. Vale se lembrar de que no Ritual de Emulação, a Loja é obrigatoriamente aberta e encerrada devidamente nos três graus. É oportuno também aqui salientar que a exclamação da tríade Huzzé, nada tem a ver como o deitar e levantar das colunetas, até porque, não existe essa tríplice exclamação no Ritual de Emulação (York). Infelizmente, alguns rituais brasileiros, ainda insistem nessa prática (e outras ainda) enxertando-a no REAA. Não vou entrar no mérito da raiz desse enxerto oriundo de rituais da vertente inglesa de Maçonaria e impostos enganosamente ao REAA, mesmo porque já derramei rios de tinta a esse respeito. Quanto ao seu simbolismo, mesmo que como prática alienígena no escocesismo, destaco que se ela estiver inserida em algum ritual em vigência do REAA, ele tem o mesmo significado daquele exarado pelo Ritual de Emulação, lembrando sempre que, mesmo errado, um ritual em vigor, deve ser religiosamente cumprido. T.F.A. Pedro Juk jukirm@hotmail.com Jul2016. Exegese Simbólica para o Aprendiz Maçom I Tomo - Rito Escocês Antigo e Aceito e Trabalhos de Emulação Autor – Ir. Pedro Juk - Editora – A trolha, Londrina 2.012 – Segunda Edição. www.atrolha.com.br - Objetivo – Introdução a interpretação simbólica maçônica. Conteúdo – Resumo histórico das origens da Maçonaria – Operativa, Especulativa e Moderna. Apreciação – Sistema Latino e Inglês – Rito Escocês Antigo e Aceito e Trabalho de Emulação. Tema Central – Origens históricas do Painel da Loja de Aprendiz e da Tábua de Delinear. Enfoque – Exegese do conteúdo dos Painéis (Ritualística e Liturgia, História, Ética e Filosofia). Extenso roteiro bibliográfico. https://www.trolha.com.br/loja/
  26. 26. JB News – Informativo nr. 2.276 – Florianópolis (SC) – sexta-feira-feira, 23 de dezembro de 2016 Pág. 26/32 (as letras em vermelho significam que a Loja completou ou está completando aniversário) GLSC - http://www.mrglsc.org.br GOSC https://www.gosc.org.br Data Nome Oriente 01/12/2004 Lysis Brandão da Rocha Florianópolis 01/12/2009 Poço Grande do Rio Tubarão Tubarão 11/12/1993 Phoenix Jaraguá do Sul 13/12/1983 Nova Aurora Criciúma 18/12/1991 Obreiros da Paz Fraiburgo 20/12/2003 Luz Templária Curitibanos 21/12/1999 Silvio Ávila Içara 22/12/1992 Ademar Nunes Florianópolis Data Nome da Loja Oriente 02/12 Fraternidade e Justiça Blumenau 02/12 Lauro Muller São José 06/12 Fraternidade Criciumense Criciúma 07/12 Voluntas Florianópolis 09/12 Igualdade Criciumense Criciumense 11/12 Xaver Arp Joinville 13/12 Padre Roma II São José 14/12 Montes de Sião Chapecó 7 – Destaques (Resenha Final) Lojas Aniversariantes de Santa Catarina Mês de Dezembro
  27. 27. JB News – Informativo nr. 2.276 – Florianópolis (SC) – sexta-feira-feira, 23 de dezembro de 2016 Pág. 27/32 GOB/SC – http://www.gob-sc.org.br/gobsc Data Nome Oriente 01.12.04 Luz de São Miguel - 3639 São Miguel do Oeste 02.12.06 Colunas de Antônio Carlos - 3824 Florianópolis 04.12.08 Seara de Luz - 3961 Chapecó 05.12.85 25 de Agosto - 2383 Chapecó 08.12.10 Estrela do Oriente - 4099 Tubarão 11.12.96 Justiça e Paz - 3009 Joinville 11.12.97 União Adonhiramita -3129 São Pedro de Alcântara 11.12.01 Paz do Hermon - 3416 Joinville 12.12.96 Fênix do Sul - 3041 Florianópolis 13.12.52 Campos Lobo - 1310 Florianópolis 13.13.11 Luz do Oriente - 4173 Morro da Fumaça 16.12.96 A Luz Vem do Oriente - 3014 Castelo Branco 16.12.03 Philantropia e Liberdade - 3557 Brusque 17.12.96 Luz do Ocidente - 3015 Chapecó 17.12.96 Perseverança - 3005 Florianópolis 20.12.77 Xv de Novembro - 1998 Caçador 28.12.96 Livre Pensar - 3153 Piçarras 28.12.96 Luz de Navegantes - 3033 (30/06/2010) Navegantes Feliz Natal ! Boas Festas! São os votos da equipe JB News Através de sua editoria, colunistas e correspondentes aos seus leitores e amigos Ho, Ho, Ho, Ho...
  28. 28. JB News – Informativo nr. 2.276 – Florianópolis (SC) – sexta-feira-feira, 23 de dezembro de 2016 Pág. 28/32 Ir Marcelo Angelo de Macedo, 33∴ MI da Loja Razão e Lealdade nº 21 Or de Cuiabá/MT, GOEMT-COMAB-CMI Tel: (65) 3052-6721 divulga diariamente no JB News o Breviário Maçônico, Obra de autoria do saudoso IrRIZZARDO DA CAMINO, cuja referência bibliográfica é: Camino, Rizzardo da, 1918-2007 - Breviário Maçônico / Rizzardo da Camino, - 6. Ed. – São Paulo. Madras, 2014 - ISBN 978-85.370.0292-6) Dia 23 de dezembro: A Serpente É um réptil que sempre simbolizou a Inteligência; é-lhe atribuída uma função mística porque anualmente muda a sua pele, que abandona como se fora um invólucro provisório. É a Natureza renovando-se, simbolizando a terra, porque a Serpente locomove-se rastejando. Sendo um ovíparo, o seu ovo é similar ao "ovo cósmico". Uma Serpente segurando com os dentes a própria cauda simboliza o "Circulo Vital". Foi usada como da Sabedoria e da Prudência. A Serpente de Bronze é um Grau Maçônico filosófico (Cavaleiro da Serpente de Bronze). O Grau teve origem na saga de Moisés, ao atravessar o deserto conduzindo o povo hebreu que fugira do Egito. Certa feita, surgiram no deserto milhares de Serpentes venenosas, cuja picada causava dores insuportáveis e poderia causar até a morte. Moisés determinou que construísse uma longa haste e, enroscada nela, uma Serpente de bronze; quem a contemplasse ficava imunizada da picada. A Serpente é símbolo da medicina e da farmácia. Dizia o salmista: "Sede prudentes como as Serpentes e simples como as pombas". É a lição para os Maçons. Breviário Maçônico / Rizzardo da Camino, - 6. Ed. – São Paulo. Madras, 2014, p. 376.
  29. 29. JB News – Informativo nr. 2.276 – Florianópolis (SC) – sexta-feira-feira, 23 de dezembro de 2016 Pág. 29/32 Lodge in Cairo Egypt (1940) Esses médicos de hoje em dia são gente finíssima. Fui a uma consulta hoje e ele me disse: cerveja daqui pra frente é proibida.
  30. 30. JB News – Informativo nr. 2.276 – Florianópolis (SC) – sexta-feira-feira, 23 de dezembro de 2016 Pág. 30/32 (pesquisa e arquivo JB News, vídeos da internet e colaboração de irmãos) 1 –Pintor Kurbanov: Pintor - Kurbanov.pps 2 – Praias de Santa Catarina: Praias de Santa Catarina.pps 3 – Sinfonia dos Ipês de Setembro: Sinfonia_dos_Ipes_de_Setembro1.pps 4 – Palácio da música Barcelona: PALACIO DA MUSICA BARCELONA.pps 5 – Tudo depende de mim: Tudodependedemim.pps 6 – Portugal: Poortugaal1.pdf 7 – Filme do Dia – “Charlie Chaplin” https://www.youtube.com/watch?v=FHSzhGNckQk
  31. 31. JB News – Informativo nr. 2.276 – Florianópolis (SC) – sexta-feira-feira, 23 de dezembro de 2016 Pág. 31/32 O Irmão Adilson Zotovici, Loja Chequer Nassif-169 de São Bernardo do Campo – GLESP escreve aos sábados e esporadicamente em dias alternados adilsonzotovici@gmail.com SOLSTÍCIO Nova fase tem início Surge uma nova estação O momento é propício... Dar asas à imaginação ! Cumpre bem o teu oficio Da Sublime Instituição Transmutando todo vício Em virtude, em retidão Entra a vida em evolução A criação tem reinício Contrasta a luz da escuridão Tens pra tanto orientação Do Grande Arquiteto auspício Nesse Solstício de verão ! Adilson Zotovici ARLS Chequer Nassif-169
  32. 32. JB News – Informativo nr. 2.276 – Florianópolis (SC) – sexta-feira-feira, 23 de dezembro de 2016 Pág. 32/32

×