Atenção à Saúde da pessoa idosa      e envelhecimento                        • Ministério da                          Saúd...
Atenção à Saúde da pessoa idosa e         envelhecimento"Não fosse a lembrança da mocidade, não se ressentiria avelhice. T...
Atenção à Saúde da pessoa idosa e         envelhecimentoO maior acesso aos serviços de saúde, bem como a educação erenda, ...
O pacto pela vida e saúde do idosoA Portaria/GM nº 399, publicada em 22/02/2006, apresenta asDiretrizes do do Pacto pela S...
Envelhecimento populacional e         dados demográficosMudança o perfil demográfico e epidemiológico dapopulação brasilei...
Envelhecimento populacional e           dados demográficosA.Envelhecimento da população. Definição. O envelhecimento popu...
Envelhecimento populacional e            dados demográficos  Diferenças existentes em relação ao processo de envelheciment...
Envelhecimento populacional e           dados demográficosOs ganhos sobre a mortalidade, e consequentemente o aumento daex...
Envelhecimento populacional e           dados demográficosC.Transição Epidemiológica A transição epidemiológica caracteri...
Políticas Públicas de Atenção ao                  IdosoEm 1999, a Portaria Ministerial nº 1.395/99 estabelece a PolíticaNa...
AS AÇÕES ESTRATÉGICAS DAÁREA TÉCNICA SAÚDE DO IDOSO                 Caderneta de Saúde da                  Pessoa Idosa. ...
AS AÇÕES ESTRATÉGICAS DA     ÁREA TÉCNICA SAÚDE DO IDOSO A distribuição da Caderneta de Saúde da Pessoa Idosa iniciou-se e...
AS AÇÕES ESTRATÉGICAS DA     ÁREA TÉCNICA SAÚDE DO IDOSO Capacita profissionais de nível superior que atuam na Atenção Bás...
AS AÇÕES ESTRATÉGICAS DA     ÁREA TÉCNICA SAÚDE DO IDOSO É um esforço do Ministério da Saúde em divulgar as especificidade...
AS AÇÕES ESTRATÉGICAS DA     ÁREA TÉCNICA SAÚDE DO IDOSOOficinas Estaduais de Prevenção de Osteoporose, Quedas e Fraturas...
AS AÇÕES ESTRATÉGICAS DA   ÁREA TÉCNICA SAÚDE DO IDOSOMinistério da Saúde desenvolve Campanhas de Prevenção daOsteoporose ...
Ações desenvolvidas ou em desenvolvimento        em parceria com outras áreas                        • Acolhimento: reorga...
Ações desenvolvidas ou em desenvolvimento em          parceria com outras áreasAtenção Domiciliar: prestação de serviço, o...
Ações desenvolvidas ou em desenvolvimento       em parceria com outras áreasDesde 2008 a prevenção das DSTs e AIDS tem com...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Atenção à saúde da pessoa idosa e envelhecimento

23.152 visualizações

Publicada em

0 comentários
13 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
23.152
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
661
Comentários
0
Gostaram
13
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Atenção à saúde da pessoa idosa e envelhecimento

  1. 1. Atenção à Saúde da pessoa idosa e envelhecimento • Ministério da Saúde Secretaria de Atenção à Saúde.
  2. 2. Atenção à Saúde da pessoa idosa e envelhecimento"Não fosse a lembrança da mocidade, não se ressentiria avelhice. Toda doença consiste em não se saber fazer mais oque se soube fazer outrora. Pois o velho, em seu gênero, édecerto uma criatura tão perfeita como o moço na sua idade".- Georg Lichtenberg (1742-1799), Aforismos.Marco no processo de garantia dos direitos da pessoa idosa:Lei 10.741, de 1º de outubro de 2003, instituiu o Estatuto doIdoso. Este Estatuto serve como guia para que as políticaspúblicas sejam cada vez mais adequadas ao processo de re-significação da velhice.
  3. 3. Atenção à Saúde da pessoa idosa e envelhecimentoO maior acesso aos serviços de saúde, bem como a educação erenda, tem modificado a imagem do abandono associado à velhice.Políticas previdenciárias e de assistência social.Maior expectativa de vida.Mais qualidade aos anos a mais vividos.A Área Técnica Saúde do Idoso reafirma a necessidade de mudançasna linha de cuidados e da atenção a essa população, através dahumanização do atendimento, bem como o fomento de inovações -Envelhecimento Ativo.
  4. 4. O pacto pela vida e saúde do idosoA Portaria/GM nº 399, publicada em 22/02/2006, apresenta asDiretrizes do do Pacto pela Saúde, nas quais estãocontempladas três dimensões:- pela Vida- em Defesa do SUS- de GestãoPrioridades do Pacto pela Vida:
  5. 5. Envelhecimento populacional e dados demográficosMudança o perfil demográfico e epidemiológico dapopulação brasileira.
  6. 6. Envelhecimento populacional e dados demográficosA.Envelhecimento da população. Definição. O envelhecimento populacional é um fenômeno natural, irrever- sível e mundial. Segundo projeções estatísticas da Organização Mundial da Saúde, em 2025, o Brasil ocupará o sexto lugar quanto ao contingente de idosos, com cerca de 32 milhões de pessoas com 60 anos ou mais de idade.
  7. 7. Envelhecimento populacional e dados demográficos Diferenças existentes em relação ao processo de envelhecimento entre os países desenvolvidos e os em desenvolvimento. É função das políticas de saúde contribuir para que mais pessoas alcancem idades avançadas com o melhor estado de saúde possível, sendo o envelhecimento ativo e saudável, o principal objetivo.B. Demografia do envelhecimento populacional no Brasil. O formato tipicamente triangular da pirâmide populacional, com uma base alargada, está cedendo lugar a uma pirâmide populacional com base mais estreita e vértice mais largo característico de uma sociedade em acelerado processo de envelhicimento.
  8. 8. Envelhecimento populacional e dados demográficosOs ganhos sobre a mortalidade, e consequentemente o aumento daexpectativa de vida, estão associados ao melhor acesso da população aosserviçoes de saúde, às campanhas nacionais de vacinação, aos avançostecnológicos da medicina.
  9. 9. Envelhecimento populacional e dados demográficosC.Transição Epidemiológica A transição epidemiológica caracteriza-se pela mudança do perfil de morbidade e mortalidadede uma população, com diminuição progressiva das mortes por doenças infecto- contagiosas elevação das mortes por doenças crônicas.
  10. 10. Políticas Públicas de Atenção ao IdosoEm 1999, a Portaria Ministerial nº 1.395/99 estabelece a PolíticaNacional de Saúde do Idoso.determina
  11. 11. AS AÇÕES ESTRATÉGICAS DAÁREA TÉCNICA SAÚDE DO IDOSO  Caderneta de Saúde da Pessoa Idosa. Implantada inicialmente a partir das ESF (estratégia de saúde da família). Identifica situações de riscos para a saúde da pessoa idosa.
  12. 12. AS AÇÕES ESTRATÉGICAS DA ÁREA TÉCNICA SAÚDE DO IDOSO A distribuição da Caderneta de Saúde da Pessoa Idosa iniciou-se em 2007, por meio das Secretarias Estaduais e Municipais (capitais e municípios com mais de 500 mil habitantes) de Saúde. Espera-se que até 2011, todos os idosos, usuários do SUS, recebam a Caderneta de Saúde da Pessoa Idosa.Caderno de Atenção Básica - Envelhecimento e Saúde da Pessoa Idosa. Finalidade de oferecer subsídios técnicos específicos em relação à saúde da pessoa idosa de forma a facilitar a prática diária dos profissionais que atuam na Atenção Básica.
  13. 13. AS AÇÕES ESTRATÉGICAS DA ÁREA TÉCNICA SAÚDE DO IDOSO Capacita profissionais de nível superior que atuam na Atenção Básica. Auxilia na adoção de condutas mais apropriadas às demandas dessa população. Pode ser obtido na secretarias estaduais e municipais de saúde, através da Coordenação de Saúde do Idoso local.Curso de Aperfeiçoamento em Envelhecimento e Saúde da Pessoa Idosa. O Ministério da Saúde, firmou convênio com a Escola Nacional de Saúde Pública/FIOCRUZ, para capacitar, na modalidade à distância (EAD).
  14. 14. AS AÇÕES ESTRATÉGICAS DA ÁREA TÉCNICA SAÚDE DO IDOSO É um esforço do Ministério da Saúde em divulgar as especificidades da saúde do idoso e envelhecimento. Melhorar orientação aos profissionais da rede e diminuir as iniquidades sociais, na busca pela integralidade das ações.Curso de Gestão em Envelhecimento Em parceria com a ENSP/FIOCRUZ, OPAS (Organização Pan- americana de Saúde), CIESS (Centro Ibero Americano de Estudos de Seguridade Social), OISS (Organização Ibero Americana de Seguridade Social).
  15. 15. AS AÇÕES ESTRATÉGICAS DA ÁREA TÉCNICA SAÚDE DO IDOSOOficinas Estaduais de Prevenção de Osteoporose, Quedas e Fraturas em Pessoas Idosas. Objetivo orientar profissionais e pacientes em relação à osteoporose / quedas. De acordo com a meta de redução do número de internações por fratura de fêmur em pessoas idosas, proposta no Pacto pela Vida. As quedas em pessoas idosas é um problema de saúde pública. Diante desta situação, o Ministério da Saúde instituiu, em 20 de dezembro de 2007, pela Portaria 3.213 a prevenção da Osteoporose e Quedas em Pessoas Idosas por meio de políticas públicas.
  16. 16. AS AÇÕES ESTRATÉGICAS DA ÁREA TÉCNICA SAÚDE DO IDOSOMinistério da Saúde desenvolve Campanhas de Prevenção daOsteoporose e Quedas e a realização de Oficinas Estaduais compara sensibilizar e capacitar os profissionais de nível superior.Essas oficinas inclui: o diagnóstico, a prevenção e o tratamento da osteoporose;conceitos básicos em saúde do idoso e envelhecimento;identificação de riscos de quedas, intrínsecos e extrínsecos;a avaliação do nível de funcionalidade da pessoa idosa, além daidentificação de idosos que vivem sozinhos, sem familiares ouuma rede de apoio.
  17. 17. Ações desenvolvidas ou em desenvolvimento em parceria com outras áreas • Acolhimento: reorganização do processo de acolhimento à pessoa idosa. • Assistência Farmacêutica: melhorar o acesso da população idosa aos medicamento.Programa Farmácia Popular do Brasil, amplia o acesso aosmedicamentos para as doenças mais comuns beneficiandotambém a população idosa com diversos medicamentos.O sistema está trabalhando com medicamentos para hipertensão,diabetes, colesterol, asma, rinite, Parkinson, osteoporose eglaucoma, além de fraldas geriátricas.
  18. 18. Ações desenvolvidas ou em desenvolvimento em parceria com outras áreasAtenção Domiciliar: prestação de serviço, ofertada por equipemultidisciplinar valorizando o efeito favorável do ambientefamiliar no processo de recuperação.Imunização: parceria com o PNI (Programa Nacional deImunizações) desde 1999.Meta de vacinar a população na faixa de 60 anos e mais contra ainfluenza é um desafio que vem sendo conquistado desde 2000.Programa Nacional de Doenças Sexualmente Transmissíveis –DST/AIDS: ocorre um aumento das doenças sexualmentetransmissíveis em pessoas idosas, em especial da AIDS. Aincidência dobrou em dez anos (de 7,3 em 96 para 14,5 em2006), a taxa de mortalidade também têm aumentou (de 5,5 em96 para 6,1 em 2006).
  19. 19. Ações desenvolvidas ou em desenvolvimento em parceria com outras áreasDesde 2008 a prevenção das DSTs e AIDS tem como públicoprioritário as pessoas com 50 anos e mais.Como prevenção o MS disponibiliza preservativo feminino emasculino e gel lubrificante de forma gratuita nas UnidadesBásicas de Saúde.

×