Aula 2 funções orgânicas.

1.866 visualizações

Publicada em

orgânica

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Aula 2 funções orgânicas.

  1. 1. FUNÇÕES ORGÂNICAS Devido ao elevado número de composto orgânico que existem, foi necessário agrupá-los em funções orgânicas. As substâncias foram classificadas de acordo com suas propriedades hidrocarbonetos álcool fenol aldeído cetona éter éster ácido carboxílico amina amida nitrila haletos
  2. 2. HIDROCARBONETOS Definição: Hidrocarbonetos são compostos orgânicos formados exclusivamente por hidrogênio e carbono. Sua fórmula geral é CxHy
  3. 3. UTILIDADE Função mais simples da Química Orgânica Os hidrocarbonetos têm grande importância para a Indústria Química. O petróleo e o gás natural são fontes de hidrocarbonetos. É o ponto de partida para a produção de combustíveis, plásticos, corantes e tantos outro produtos úteis ao homem.
  4. 4. EXEMPLOS Propano (C3H8): presente no gás de cozinhaComo podemos classificar a cadeia carbônica do Propano?
  5. 5. EXEMPLOS Octano (C8H18): gasolina
  6. 6. DIVISÃO DOS HIDROCARBONETOS - Alcanos - Alcenos - Alcinos - Alcadienos - Cicloalcanos - Cicloalcenos - Aromáticos Alcanos
  7. 7. ALCANOS Formados apenas por ligações simples entre seus carbonos. Possuem cadeia aberta e ligações simples.  Sua fórmula é CnH2n+2
  8. 8. ONDE ENCONTRAMOS OS ALCANOS?  Petróleo e Gás natural.  Produção de combustíveis como a gasolina, óleo diesel e querosene.  Estes alcanos possuem baixo teor de carbono. Obs: Para as cadeias mais longas é possível obter a parafina
  9. 9. PROPRIEDADES FÍSICAS DOS ALCANOS Pouco reativos: Qual o motivo? Chamados também de parafinas ou parafínicos. São mais utilizados para a queima. São insolúveis em água e menos denso que a água. Obs:Os alcanos de até quatro carbonos são gases a temperatura ambiente (25°C). De cinco a dezessete carbonos são líquidos e os demais, sólidos.
  10. 10. OBSERVEM O NÚMERO DE CARBONOS, O ESTADO FÍSICO E A SUBSTÂNCIA:
  11. 11. NOMENCLATURA Para dar nome aos alcanos, assim como os demais compostos orgânicos, devemos seguir as regras estabelecidas pela (IUPAC). Prefixo + Parte Central + Terminação
  12. 12. PREFIXOS: INDICA O NÚMERO DE CARBONOS NA CADEIA 1C – met 2C – et 3C – prop 4C – but 5C – pent 6C – hex 7C – hept 8C – oct 9C – non 10C – dec 11C – undec 12C – dodec 20C - eicos 30C – tricos
  13. 13. PARTE CENTRAL: INDICA O TIPO DE LIGAÇÃO QUÍMICA ENTRE CARBONOS Para os alcanos, usamos an. an = ligação simples en = ligação dupla in = ligação tripla
  14. 14. TERMINAÇÃO OU SUFIXO: INDICA A FUNÇÃO QUÍMICA.Como a função é hidrocarboneto, usamos a letra o. Exemplos: CH4 – metano C2H6 – etano
  15. 15. RADICAIS Alguns alcanos possuem ramificações ao longo da cadeia carbônica. Para essas ramificações damos o nome de radicais. Os radicais dos alcanos são as alquilas ou radical alquila. A alquila é um alcano que perde um H.
  16. 16. RADICAIS Os radicais são: Metil = Metano que perde um átomo de H Etil = Etil que perde um átomo de H Propil = Propano que perde um átomo de H Butil = Butano que perde um átomo de H
  17. 17. EXEMPLO Para dar nome às alquilas, modifica-se apenas a terminação para ila.
  18. 18. NOMEANDO AS CADEIAS CARBÔNICAS Para dar nome às cadeias carbônicas de alcanos ramificados, utilizamos as seguintes regras: - determinar a maior cadeia possível de carbonos; - determinar os radicais ligados à cadeia principal; - a numeração da cadeia principal se dá para que a ramificação possua os menores números possíveis; - os radicais são colocados em função da sua ordem alfabética;
  19. 19. EXEMPLO
  20. 20. A PRESENÇA DOS ALCANOS EM NOSSAS VIDAS Petróleo:  tem sua origens em animais e vegetais marítimos que foram soterrados há milhões de anos.  Matéria orgânica  Ação de micro-organismos, pressão, calor e tempo, se transforma em petróleo.  Recurso não-renovável  Pode ser encontrado no fundo do mar, mas também é encontrado em terra firme.
  21. 21. EXTRAÇÃO DO PETRÓLEO O petróleo extraído dos poços é enviado por bombeamento para os depósitos mais próximos. Fica em repouso para decantar a água salgada, argila e algumas impurezas existentes. Uma das piores impurezas do petróleo é o enxofre (S).
  22. 22. REFINAÇÃO DO PETRÓLEO A refinaria é o local onde acontece a purificação e separação dos componentes do petróleo. O petróleo é transformado em uma série de derivados através de diversos métodos.
  23. 23. GÁS NATURAL Ótimo combustível. Qual motivo? Menos poluente que os derivados do petróleo. Usado nas indústrias, na geração de energia elétrica e, cada vez mais como combustível para automóveis (GNV)
  24. 24. GÁS NATURAL X GLP Gás Natural - formado principalmente por metano, CH4 GLP – fração obtida nas refinarias de petróleo (propano e butano)
  25. 25. METANO (CH4) Gás incolor, inodoro e inflamável. Formação: Minas de carvão, apodrecimento de vegetais, aterros sanitários (bactérias)
  26. 26. REVISÃO O que são hidrocarbonetos? Oo que são alcanos e qual a fórmula feral de um alcano? Como é dado o nome a um alcano normal? Como é dado o nome a um alcano ramificado?
  27. 27. ALCENOS
  28. 28. ALCENOS Hidrocarbonetos acíclicos, insaturados, que contém uma dupla ligação entre átomos de carbono. Sua fórmula geral é CnH2n
  29. 29. EXEMPLOS DE ALCENOS eteno CH2=CH2 fórmula molecular: C2H4 1-buteno CH2=CH – CH2 – CH3 fórmula molecular: C4H8
  30. 30. REATIVIDADE Mais reativos do que os alcanos, Por qual motivo? Por possuírem uma ligação dupla, a qual é mais fácil de ser quebrada!
  31. 31. UTILIDADE O composto mais comum dos alcenos é o eteno, ou etileno. É produzido em frutos verdes e atua no amadurecimento desses frutos. Por qual motivo enrolamos as frutas com jornal para que ela amadureça mais rápido? Desta forma o gás eteno está sendo aprisionado e acelera a velocidade de amadurecimento.
  32. 32. UTILIDADE O etileno é produzido na indústria química e é obtido através do refino do petróleo e do gás natural. É utilizado, ainda para a fabricação de polietileno usado para fazer plásticos.
  33. 33. NOMENCLATURA Para nomear os alcenos, utilizamos a nomenclatura parecida com a dos alcanos. Quanto ao número de carbonos é a mesma (met, et, prop, but...). Quanto ao tipo de ligação, usamos en, porém, deve-se indicar o local da ligação dupla. Para nomear, dá-se a prioridade à ligação dupla na contagem de carbonos e depois, aos radicais.
  34. 34. EXEMPLOS: Alcenos não-ramificados 1) CH2=CH – CH2 – CH3 Nomenclatura antiga: 1- buteno Nomenclatura IUPAC: but-1-eno 2) CH3 – CH = CH – CH3 Nomenclatura antiga: 2-buteno Nomenclatura IUPAC: but-2-eno
  35. 35. EXEMPLOS: Para os alcenos ramificados, a cadeia principal (mais longa) é aquela que contém a ligação dupla. A contagem de carbonos é feita a partir da extremidade mais próxima da ligação dupla.
  36. 36. ALCENOS O que são os alcenos e qual a fórmula geral de um alceno? Como é dado o nome a um alceno?
  37. 37. ALCADIENOS
  38. 38. ALCADIENOS (DIENOS) Definição e fórmula geral Alcadienos (ou simplesmente dienos) são hidrocarbonetos abertos contendo duas ligações duplas em sua cadeia carbônica.
  39. 39. EXEMPLOS Fórmula Geral Fórmula Molecular CH2 = C = CH2 C3H4 CH2 = CH – CH = CH2 C4H6 CH2 = CH – CH = CH – CH3 C5H8 Generalizando temos: CnH2n-2
  40. 40. NOMENCLATURA DOS DIENOS A terminação dos nomes dos alcadienos é dieno. A cadeia principal deve ser a mais longa e passar, obrigatoriamente, pelas duas ligações duplas. A numeração da cadeia principal deve ser feita de modo que os números indicativos das posições das ligações duplas e das ramificações sejam os menores possíveis.
  41. 41. EXEMPLOS CH = CH – CH = CH2 BUTA - 1,3 – DIENO 1,3 –BUTADIENO CH3-CH2-CH=CH-CH-CH=CH-CH3 l CH3 4 – METIL – 2,5 - OCTADIENO
  42. 42. A PRESENÇA DOS DIENOS EM NOSSA VIDA Os dienos siimples não existem na natureza!!! São produzidos em grande quantidade pela indústria petroquímica, visando a produção de borrachas sintéticas.
  43. 43. ISOPRENO Um dieno importante é o: 2 – metil – 1,3 – butadieno, chamado usaualmente de isopreno. Fórmula molecular? Fórmula estrutural?
  44. 44. ISOPRENO A molécula de isopreno é chamada de unidade de isoprência, pois unindo-se a 2, 3, 4 ... n moléculas iguais, forma moléculas denominadas de terpenos. Os terpenos formam: Óleos essenciais Substâncias coloridas borracha
  45. 45. EXEMPLOS DE PRODUTOS FEITOS A PARTIR DO ISOPRENO
  46. 46. REVISÃO O que são os alcadienos e qual a fórmula geral de um alcadieno? Como é dado o nome a um alcadieno?
  47. 47. ALCINOS
  48. 48. ALCINOS Definição e fórmula geral Alcinos são hidrocarbonetos abertos contendo uma única ligação tripla em sua cadeia carbônica.
  49. 49. EXEMPLOS Fórmula Geral Fórmula Molecular H – C C - H C2H2 H – C C - CH3 C3H4 H - C C – CH2 – CH3 C4H6 Generalizando, temos: CnH2n-2
  50. 50. NOMENCLATURA DOS ALCINOS A nomenclatura IUPAC atribui aos alcinos a terminaçã INO. A nomenclatura é deita de modo semelhante a dos alcenos. A cadeia principal deve ser a mais longa e conter a ligação tripla. A numeração é feita a partir da extremidade mais próxima da ligação tripla.
  51. 51. EXEMPLOS: ALCINOS NÃO-RAMIFICADOS HC CH Etino HC C – H3 Propino HC C – CH2- CH3 Butino
  52. 52. ALCINOS RAMIFICADOS CH3 – CH - C C – CH3 l CH3 4 – metil – 2 – pentino CH3 – CH2 - C C – CH – CH3 l CH3 2 – metil – 3 - hexino
  53. 53. A PRESENÇA DOS ALCINOS EM NOSSAS VIDAS O alcino mais importante é o C2H2 (H – C C – H), chamado de acetileno. Ele é produzido facilmente, colocando-se o carbureto em contato com água. A queima do acetileno produz chama muito quente e luminosa, segundo reação: 2 C2H2 + 5 O2 4 CO2 + 2 H2O + CALOR
  54. 54. O ACETILENO É USADO EM LANTERNAS DE EXPLORAÇÃO DE CAVERNAS E EM MAÇARICOS, CAPAZES DE PRODUZIR TEMPERATURAS MUITO ELEVADAS
  55. 55. REVISÃO O que são alcinos e qual a fórmula geral de um álcino? Como é dado o nome, segundo a IUPAC, a um alcino? Qual é o alcino mais comum e onde ele é utilizado?

×