A contribuição dos ambientes virtuais para a formação continuada de educadores: perspectivas e desafios Lucila Pesce (UNIF...
Pensamento crítico-reflexivo pós-formal (Kincheloe)  Pesquisa Contextualização Incertezas Auto-reflexão Reflexão social Pl...
Pontos de apoio ao desenvolvimento do trabalho Discussão coletiva Bibliografia Hipermídia Sínteses  conceptuais Narrativas...
Formação de educadores em ambientes digitais  Educação à Distância Relevante à implantação de programas de formação de edu...
Formação de educadores em ambientes digitais  Privilégio do diálogo e das manifestações intersubjetivas, dando vez e voz a...
Recontextualização Professores formados em seus  locais de serviço : alunos como sujeitos de pesquisa.  Com as redes digit...
Mediação Acompanhamento constante  dos educadores em formação, nas interações digitais.  Pelas interações dialógicas,  o m...
Mediação Conceitos   construídos a partir de  vivências e reflexões   dos educadores.   Aprendizagem válida à  transposiçã...
Recursos digitais e o redimensionamento dos conceitos de  tempo e espaço  da sala de aula. Recursos digitais e a construçã...
<ul><li>Estratégias </li></ul><ul><li>interações reflexivas  sobre os conceitos teórico-metodológicos trabalhados; </li></...
Prática pedagógica ressignificada Esquemas de ação Esquemas conceituais (operações mentais reflexivas) Intencionalidade da...
Os ambientes virtuais oferecem suporte à  intersubjetividade  das  comunidades de aprendizagem,  centradas na  interação  ...
<ul><li>Potencial do AVA na formação de educadores: </li></ul><ul><li>Mediação  / intervenção </li></ul><ul><li>Congruênci...
<ul><li>Potencial do AVA na formação de educadores: </li></ul><ul><li>Reconhecimento do percurso  </li></ul><ul><li>Foco n...
A formação em AVA permite: Uso de interfaces  interativas  e complementares Fórum e Diário de bordo
No  fórum , o conhecimento é construído de maneira significativa,  O s participantes podem  aprender colaborativamente  po...
<ul><li>O  fórum  é um  recurso de comunicação  que pode ser usado para implementar: </li></ul><ul><li>intercâmbio de idéi...
O  diário de bordo  é usado para: narrar  experiências, desafios e dificuldades. Permite o acompanhamento do  processo de ...
O  diário de bordo  permite um contato reservado com cada um dos participantes de um curso e é projetado para captar, atra...
A  narrativa  proporciona a organização das ideias por meio da reconstituição dos fatos, da  tomada de consciência  de seu...
Fórum e diário de bordo:  Instrumentos de reflexão  intrassubjetiva  e troca  intersubjetiva .
Bibliografia  HESSEL, Ana Maria Di Grado.  Formação online de gestores escolares:  atitude interdisciplinar nas narrativas...
Obrigada!  Profa. Dra. Lucila Pesce – UNIFESP Profa. Dra. Ana Hessel – PUC/SP
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Jovaed 2011 pesce_hessel

1.082 visualizações

Publicada em

ead, formação online, ava, ambiente virtual de aprendizagem, intersubjetividade

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.082
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
77
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jovaed 2011 pesce_hessel

  1. 1. A contribuição dos ambientes virtuais para a formação continuada de educadores: perspectivas e desafios Lucila Pesce (UNIFESP) e Ana Hessel (PUC/SP) JOVAED - 2011
  2. 2. Pensamento crítico-reflexivo pós-formal (Kincheloe) Pesquisa Contextualização Incertezas Auto-reflexão Reflexão social Pluralismo Compromisso com a ação Afetividade
  3. 3. Pontos de apoio ao desenvolvimento do trabalho Discussão coletiva Bibliografia Hipermídia Sínteses conceptuais Narrativas individuais
  4. 4. Formação de educadores em ambientes digitais Educação à Distância Relevante à implantação de programas de formação de educadores, desde que atente para a pertinência da formação do educador como instrumento de mudança . Ambientes digitais Comunicação síncrona e assíncrona, ampliando e redimensionando a noção de tempo e espaço , no processo de formação docente.
  5. 5. Formação de educadores em ambientes digitais Privilégio do diálogo e das manifestações intersubjetivas, dando vez e voz aos educadores. Estar junto virtual (Valente) Proposta pedagógica de construção do conhecimento. Princípios: - flexibilidade : no trabalho com conceitos significativos ao grupo; - modularidade : no atendimento às necessidades específicas.
  6. 6. Recontextualização Professores formados em seus locais de serviço : alunos como sujeitos de pesquisa. Com as redes digitais, os educadores situam mais facilmente sua prática como objeto de reflexão (não precisam se deslocar do seu contexto).
  7. 7. Mediação Acompanhamento constante dos educadores em formação, nas interações digitais. Pelas interações dialógicas, o mediador consegue participar de todos os momentos de construção de conhecimento: planejamento, observação, reflexão, análise e recontextualização do trabalho. A intencionalidade pedagógica do mediador não deve se sobrepujar ao processo de construção de conhecimento dos educadores.
  8. 8. Mediação Conceitos construídos a partir de vivências e reflexões dos educadores. Aprendizagem válida à transposição didática : , conhecimento construído na interface entre o individual e o coletivo, através da qual os educadores em formação possam atingir a metacognição . .
  9. 9. Recursos digitais e o redimensionamento dos conceitos de tempo e espaço da sala de aula. Recursos digitais e a construção de ambientes colaborativos e solidários de aprendizagem. Ampliação das perspectivas de alteridade - construção de conhecimento contextualizado e ressignificado.
  10. 10. <ul><li>Estratégias </li></ul><ul><li>interações reflexivas sobre os conceitos teórico-metodológicos trabalhados; </li></ul><ul><li>- conceitos como instrumentos de metacognição do professor, em relação ao seu percurso pessoal e profissional. . </li></ul>
  11. 11. Prática pedagógica ressignificada Esquemas de ação Esquemas conceituais (operações mentais reflexivas) Intencionalidade da mediação
  12. 12. Os ambientes virtuais oferecem suporte à intersubjetividade das comunidades de aprendizagem, centradas na interação online , nas quais a participação é valorizada.
  13. 13. <ul><li>Potencial do AVA na formação de educadores: </li></ul><ul><li>Mediação / intervenção </li></ul><ul><li>Congruência professor x aluno </li></ul><ul><li>Perturbações significativas </li></ul><ul><li>Trabalho com significados pessoais </li></ul>
  14. 14. <ul><li>Potencial do AVA na formação de educadores: </li></ul><ul><li>Reconhecimento do percurso </li></ul><ul><li>Foco no processo </li></ul><ul><li>Estímulo de papéis colaborativos </li></ul><ul><li>Lideranças emergentes </li></ul>
  15. 15. A formação em AVA permite: Uso de interfaces interativas e complementares Fórum e Diário de bordo
  16. 16. No fórum , o conhecimento é construído de maneira significativa, O s participantes podem aprender colaborativamente porque encontram oportunidade de refletir sobre as mensagens postadas, bem como postarem novas contribuições.
  17. 17. <ul><li>O fórum é um recurso de comunicação que pode ser usado para implementar: </li></ul><ul><li>intercâmbio de idéias </li></ul><ul><li>troca de experiências </li></ul><ul><li>acompanhamento de projetos </li></ul><ul><li>busca de solução de problemas </li></ul><ul><li>análise de cenários e cases </li></ul>
  18. 18. O diário de bordo é usado para: narrar experiências, desafios e dificuldades. Permite o acompanhamento do processo de formação .
  19. 19. O diário de bordo permite um contato reservado com cada um dos participantes de um curso e é projetado para captar, através do registro escrito , as impressões (reflexão) acerca do próprio processo de evolução pessoal.
  20. 20. A narrativa proporciona a organização das ideias por meio da reconstituição dos fatos, da tomada de consciência de seu próprio fazer, do repensar sua ação a partir de seus referenciais, da construção do futuro , por meio da revisão do passado etc.
  21. 21. Fórum e diário de bordo: Instrumentos de reflexão intrassubjetiva e troca intersubjetiva .
  22. 22. Bibliografia HESSEL, Ana Maria Di Grado. Formação online de gestores escolares: atitude interdisciplinar nas narrativas dos diários de bordo. Tese. Doutorado em Educação: Currículo, PUC/SP, 2009. KINCHELOE, Joe. A formação do professor como compromisso político: mapeando o pós-moderno. Trad. N. M. C. Pellanda. Porto Alegre: ArtMed, 1997. PESCE, Lucila. Formação de educadores na contemporaneidade: a contribuição dos ambientes digitais de aprendizagem.   Anais da XXVIII Reunião Anual da Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Educação (ANPED) – 40 anos de pós-graduação em educação no Brasil: produção de conhecimentos, poderes e práticas. Caxambu, 16 a 19 de outubro de 2005. VALENTE, José Armando. Uso da internet em sala de aula. Educar. Curituba, n. 19, pp. 131-146. 2002. Editora UFPR.
  23. 23. Obrigada! Profa. Dra. Lucila Pesce – UNIFESP Profa. Dra. Ana Hessel – PUC/SP

×