O papel do professor – tutor no ensino

7.527 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.527
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.884
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
61
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O papel do professor – tutor no ensino

  1. 1. O PAPEL DOPROFESSOR – TUTOR NO ENSINO À DISTÂNCIALICENCIATURA EM CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO – 3º ANO MARLY GONÇALVES DISCIPLINA: EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA
  2. 2. INTRODUÇÃO Decidi abordar o tema “O papel do professor-tutor no ensino à distância”, visto que a educação à distância é um tema actual, e ainda muitos têm um certo receio em relação a ela ao equipará-la ao ensino presencial. E sabemos que apesar de defender muito actualmente, o ensino autónomo, investigação independente, centrado no aprendente, ainda o papel do professor é muito importante em todos os níveis de ensino já que ele desempenha o papel de mediador, orientador, gestor, facilitador da aprendizagem.
  3. 3.  Educação a Distância ou Ensino a Distância (EaD) é a modalidade de educação mediada por tecnologias que permitem que o aprendiz e seus mestres estejam separados espacial e/ou temporalmente, ou seja, não estejam fisicamente presentes em um ambiente formal de ensino-aprendizagem. Hoje o aprender é interactivo: escolas sem muros, a qualquer hora. Ler, ouvir e ver pelo ciberespaço.
  4. 4. OS MÚLTIPLOS PAPÉIS DOS PROFESSORES NA EA D Os cursos de EaD apresentam, uma equipe multidisciplinar e os professores assumem papéis diferenciados, que incluem desde a gestão administrativa destes projectos até a actuação como professor virtual, através de teleconferências. O professor responsável por um determinado conteúdo não precisa ser um especialista em tecnologia para operacionalizar propostas inovadoras. Ele precisa ser um usuário pleno das tecnologias para ser capaz de propor formas de interacção do seu conteúdo por outras mídias
  5. 5.  A utilização das TICs apenas para oferecer ao aluno uma forma diferenciada de apresentar conteúdos pode não ser suficiente para garantir a motivação do aluno. O aluno ao longo do processo de aprendizagem terá contacto com professores diferentes em cada disciplina (autor/formador, tutor, especialista em EaD), que estarão orientando o mesmo conteúdo.
  6. 6.  O professor/formador acompanha e operacionaliza a disciplina durante o período em que ela está acontecendo. Ele pode ser ou não o autor do material utilizado pelo aluno. O professor que actua como gestor em educação à distância tem a função de transpor todo o material desenvolvido para a linguagem em EaD, orientando os tutores e professores/formadores no processo de aprendizagem, gerenciando pedagogicamente o ambiente virtual e todas as ferramentas tecnológicas utilizadas no curso.
  7. 7. PROFESSOR & TUTOR A palavra professor procede da palavra “professore”, que significa “aquele que ensina ou professa um saber” (Alves; Nova, 2003). Podemos definir tutor como o “guia, protector ou defensor de alguém em qualquer aspecto”, enquanto o professor é alguém que “ensina qualquer coisa” (Litwin, 2001:93). A ideia de guia é a que aparece com maior força na definição da tarefa do tutor.
  8. 8.  O docente tem de ter: conhecimento do conteúdo; conhecimento pedagógico de tipo real, especialmente no que diz respeito às estratégias e à organização da classe; conhecimento curricular; conhecimento sobre os contextos educacionais; e conhecimento das finalidades, dos propósitos e dos valores educativos e de suas raízes históricas e filosóficas.
  9. 9.  A diferença entre o docente e o tutor é institucional, que leva a consequências pedagógicas importantes, e apresentam três dimensões: Tempo ; Oportunidade; Risco ;Os contextos educacionais assumem um valor especial, que requerem do tutor uma análise fluída, rica e flexível de cada situação, vista sob o ângulo do tempo, oportunidade e risco, que imprimem as condições institucionais da EaD.
  10. 10. O professor como mediador na Educação à Distância ( EaD) Muito se fala actualmente sobre o crescimento do uso da tecnologia em sala de aula, em cursos híbridos, no ensino a distância. Mas como fica o professor nesse novo formato de aprendizagem? Terá ele ainda um papel importante nesse mundo virtual? Creio que sim, um papel diferente, mas não menos importante. É o professor que vai dar relevância ao que realmente importa, auxiliar na busca de mais formas de conhecimento, de prática da língua e se desenvolver.
  11. 11. AS FUNÇÕES DO TUTOR A ligação aluno-professor ainda é, no imaginário pedagógico, dominante, o que torna a tutoria um ponto- chave em um sistema de ensino à distância A tutoria como método nasceu no século XV na universidade, onde foi usada como orientação de carácter religioso aos estudantes, com o objectivo de infundir a fé e a conduta moral. Posteriormente, no século XX, o tutor assumiu o papel de orientador e acompanhante dos trabalhos académicos, e é com este mesmo sentido que incorporou aos actuais programas de educação a distância (Sá, 1998).
  12. 12.  O papel do tutor é de primordial importância. Se este consegue criar uma relação adequada entre os estudantes e a instituição, se consegue transmitir aos estudantes uma imagem de segurança, conseguirá manter elevada a motivação destes, contribuindo para o sucesso global, quer dos alunos, quer da própria instituição.
  13. 13. CONCLUSÃO Destacando que este deve ter não só o domínio dos conteúdos, a serem leccionados, mas também o domínio das Tecnologias de Informação e de Comunicação, deve saber a melhor estratégia para manter os seus educandos motivados e informados a cerca dos conteúdos. O professor no ensino à distância se depara com critérios difíceis para avaliar os educandos, já que o ensino é a tempo inteiro, não tem uma hora exacta para o ministério das aulas, por vezes é síncrona e por vezes é assíncrona. Mas já sabemos que avaliar nunca foi e nem será fácil, tanto no ensino presencial, tanto no ensino à distância e tanto no nosso próprio dia-a-dia.

×