SlideShare uma empresa Scribd logo

Introspecção

Daniel de Carvalho Luz
Daniel de Carvalho Luz
Daniel de Carvalho LuzHead of HR em UPPERTOOLS

Ministração sobre Introspeccção culto da manhã - domingo 17 de junho por daniel luz

Introspecção

1 de 10
Baixar para ler offline
Introspecção
 Ministração 17 de Junho 2012
  por Daniel de Carvalho Luz

                                1
Pratica da Introspecção

A pratica da introspecção é a arte de
nos investigarmos acuradamente a
nós mesmos com o proposito de
localizar erros e acertos, as boas
qualidades e as más qualidades, a
virtude e o pecado, o sucesso e o
fracasso, sempre sob a perspectiva
cristã
Lamentações 3.40
40 Esquadrinhemos os nossos
caminhos, provemo-los, e voltemos
para o Senhor.
1 Coríntios 11.28
28 Examine-se, pois, o homem a si
mesmo...

                                        2
DEPOIS DO PAI NOSSO, talvez a oração mais repetida pelos
cristãos seja a famosa oração do rei Davi:

“Sonda-me, o Deus e conhece o meu coração, prova-me e
conhece os meus pensamentos, vê se há mim algum caminho
mau, e guia-me pelo caminho eterno” (Salmos 139.23-24).”

É bom notar que no inicio do salmo, Davi reconhece a plenitude da
onisciência de Deus e por essa razão faz as seguintes asseverações:

           “Tu me sondas e me conhece.”
Sabes quando me assento e quando me levanto; “De longe penetras
os meus pensamentos”; ainda a palavra não me chegou à língua, e
tu, senhor, já a conheces toda”; “Tal conhecimento é maravilho
demais para mim” (Salmo 139.1-6).

É muito provável que esse pedido de sondagem esteja intimamente
relacionado com a tremenda dificuldade do salmista em admitir
plenamente o grave pecado que ele cometeu contra Urias, contra a
família, contra o povo e contra Deus por ocasião de seu adultério
com Bate-Seba (2SM 12.1-15).

A prática da Introspecção é em extremo necessária por causa da
dificuldade nata que todos temos de admitir e nomear as próprias
faltas:
   “Quem há que possa discernir as próprias faltas?”
                     (Salmo 19.12)
12 Quem pode discernir os próprios erros? Purifica-me tu
dos que me são ocultos.

                                                                  3
Analogia com a auditoria
  A FINALIDADE DE UMA AUDITORIA É VERIFICAR A
 ADEQUAÇÃO e CONFORMIDADE DO SISTEMA

     Verificar a CONSISTÊNCIA

ADEQUAÇÃO - analisa a adequação da gestão
através da documentação (política/procedimentos)
O DISCURSO - O que você vê crê e diz!

CONFORMIDADE - analisa a documentação e
sua efetividade nos locais de uso a
implementação A PRÁTICA - O que você faz!


 Quando não temos consistência – há
 deterioração da integridade, perda do respeito
 próprio

 A introspecção         nos auxilia com a recuperação
 da integridade .
                                                        4
Os Verbos da Introspecção
Há pelo menos quatro verbos na edição Revista e Atualizada das
Sagradas Escrituras que expressão a ação da investigação do
conteúdo humano, de seu comportamento, de suas tendências, de
seus desejos e de seus mistérios. Embora não sejam sinônimos
perfeitos, todos eles levam à introspecção.

1.   Examinar
2.   Esquadrinhar
3.   Sondar
4.   Provar

Examinar denota ação de considerar, investigar, observar
1 Coríntios 11.28
28 Examine-se, pois, o homem a si mesmo, e assim coma do pão e beba do
cálice.

Esquadrinhar denota a ação de investigar a área toda miudamente,
pedaço por pedaço, quadrinho por quadrinho
Salmo 139.3
3 Esquadrinhas o meu andar, e o meu deitar, e conheces todos os meus
caminhos.

Sondar denota a ação de examinar profundamente todo o interior
Salmo 139.23
23 Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração; prova-me, e conhece os meus
pensamentos;

Provar O quarto verbo é provar, denota a ação de submeter a pessoa a um
teste
Provérbios 17.3
3 O crisol é para a prata, e o forno para o ouro; mas o Senhor é que prova os
corações.
                                                                            5
Áreas de Sondagem
Para você conhecer a si mesmo, a sondagem tem de ser
ampla e profunda. Nenhuma área de sua vida deve ser
poupada desse exame meticuloso, porque numa delas pode
estar alojado o foco infecção espiritual do qual somos
possuidor. Faça um exame completo, sem medo, sem
reservas. Sem
           diagnóstico não há tratamento e
sem tratamento não há cura.
1. É preciso sondar a nascente de tudo
Provérbios 4.23
23 Guarda com toda a diligência o teu coração, porque dele
procedem as fontes da vida.


2. É preciso sondar a razões pessoais
3. É preciso sondar as reações a que estamos sujeitos
4. É preciso sondar a consciência
Nem sempre é seguro apoiar-se na consciência. Com apoio dela
você pode fazer bobagens e cometer erros graves. Lembre-se
que a consciência pode ser:
Boa – 1Timóteo 1.5
5 Mas o fim desta admoestação é o amor que procede de um
coração puro, de uma boa consciência, e de uma fé não fingida;
Pura – 1 Timóteo 3.9
9 guardando o mistério da fé numa consciência pura.

                                                             6
Mas também....

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mortificação do pecado 5 - Christopher Love
Mortificação do pecado 5 - Christopher LoveMortificação do pecado 5 - Christopher Love
Mortificação do pecado 5 - Christopher LoveSilvio Dutra
 
Cap. 28 - Coletänea de Preces
Cap. 28 - Coletänea de Preces Cap. 28 - Coletänea de Preces
Cap. 28 - Coletänea de Preces Patricia Farias
 
Série Evangelho no Lar - Cap. 18 - Petição e Resposta
Série Evangelho no Lar - Cap. 18 - Petição e RespostaSérie Evangelho no Lar - Cap. 18 - Petição e Resposta
Série Evangelho no Lar - Cap. 18 - Petição e RespostaRicardo Azevedo
 
Um exame de consciência para adultos
Um exame de consciência para adultosUm exame de consciência para adultos
Um exame de consciência para adultosluisribeiro074
 
Palestra libertação
Palestra   libertaçãoPalestra   libertação
Palestra libertaçãoJoao Rumpel
 
Pedi e obtereis - Desejo e Intenção
Pedi e obtereis - Desejo e IntençãoPedi e obtereis - Desejo e Intenção
Pedi e obtereis - Desejo e IntençãoRicardo Azevedo
 
A mente de cristo slides
A mente de cristo slidesA mente de cristo slides
A mente de cristo slidesDanilo Lemos
 
Coletânea De Preces Espíritas
Coletânea De Preces EspíritasColetânea De Preces Espíritas
Coletânea De Preces EspíritasNilson Almeida
 
Interpretando a Oração Pai Nosso
Interpretando a Oração Pai NossoInterpretando a Oração Pai Nosso
Interpretando a Oração Pai NossoHelio Cruz
 
Palestra Espirita De Onde Vem as Tentacoes - KSSF
Palestra Espirita De Onde Vem as  Tentacoes - KSSFPalestra Espirita De Onde Vem as  Tentacoes - KSSF
Palestra Espirita De Onde Vem as Tentacoes - KSSFClea Alves
 
Re eh veja bencao e maldicao editado
Re eh veja bencao e maldicao editadoRe eh veja bencao e maldicao editado
Re eh veja bencao e maldicao editadoVilma Longuini
 
As Bem-Aventuranças - Sermão do Monte
As Bem-Aventuranças - Sermão do MonteAs Bem-Aventuranças - Sermão do Monte
As Bem-Aventuranças - Sermão do MonteMensageiros De Luz
 

Mais procurados (20)

Mortificação do pecado 5 - Christopher Love
Mortificação do pecado 5 - Christopher LoveMortificação do pecado 5 - Christopher Love
Mortificação do pecado 5 - Christopher Love
 
Cap. 28 - Coletänea de Preces
Cap. 28 - Coletänea de Preces Cap. 28 - Coletänea de Preces
Cap. 28 - Coletänea de Preces
 
Evangelho Cap5 item18
Evangelho Cap5 item18Evangelho Cap5 item18
Evangelho Cap5 item18
 
Série Evangelho no Lar - Cap. 18 - Petição e Resposta
Série Evangelho no Lar - Cap. 18 - Petição e RespostaSérie Evangelho no Lar - Cap. 18 - Petição e Resposta
Série Evangelho no Lar - Cap. 18 - Petição e Resposta
 
Um exame de consciência para adultos
Um exame de consciência para adultosUm exame de consciência para adultos
Um exame de consciência para adultos
 
SANTIDADE VALE A PENA
SANTIDADE VALE A PENASANTIDADE VALE A PENA
SANTIDADE VALE A PENA
 
Santidade x pecado
Santidade x pecadoSantidade x pecado
Santidade x pecado
 
Palestra libertação
Palestra   libertaçãoPalestra   libertação
Palestra libertação
 
Pedi e obtereis - Desejo e Intenção
Pedi e obtereis - Desejo e IntençãoPedi e obtereis - Desejo e Intenção
Pedi e obtereis - Desejo e Intenção
 
A mente de cristo slides
A mente de cristo slidesA mente de cristo slides
A mente de cristo slides
 
Pedi e Obtereis 2016
Pedi e Obtereis 2016Pedi e Obtereis 2016
Pedi e Obtereis 2016
 
Coletânea De Preces Espíritas
Coletânea De Preces EspíritasColetânea De Preces Espíritas
Coletânea De Preces Espíritas
 
A energia da prece
A energia da preceA energia da prece
A energia da prece
 
O coração do homem
O coração do homemO coração do homem
O coração do homem
 
Interpretando a Oração Pai Nosso
Interpretando a Oração Pai NossoInterpretando a Oração Pai Nosso
Interpretando a Oração Pai Nosso
 
Palestra Espirita De Onde Vem as Tentacoes - KSSF
Palestra Espirita De Onde Vem as  Tentacoes - KSSFPalestra Espirita De Onde Vem as  Tentacoes - KSSF
Palestra Espirita De Onde Vem as Tentacoes - KSSF
 
Palestra Prece
Palestra PrecePalestra Prece
Palestra Prece
 
Um bom julgamento
Um bom julgamentoUm bom julgamento
Um bom julgamento
 
Re eh veja bencao e maldicao editado
Re eh veja bencao e maldicao editadoRe eh veja bencao e maldicao editado
Re eh veja bencao e maldicao editado
 
As Bem-Aventuranças - Sermão do Monte
As Bem-Aventuranças - Sermão do MonteAs Bem-Aventuranças - Sermão do Monte
As Bem-Aventuranças - Sermão do Monte
 

Destaque (6)

Teoria Empirico experimental
Teoria Empirico experimental Teoria Empirico experimental
Teoria Empirico experimental
 
Efeitos no Trabalho
Efeitos no TrabalhoEfeitos no Trabalho
Efeitos no Trabalho
 
Wundt e a psicologia
Wundt e a psicologiaWundt e a psicologia
Wundt e a psicologia
 
Tipos de pesquisa
Tipos de pesquisaTipos de pesquisa
Tipos de pesquisa
 
Estruturalismo
EstruturalismoEstruturalismo
Estruturalismo
 
TCC - Terapia Cognitiva Comportamental
TCC - Terapia Cognitiva ComportamentalTCC - Terapia Cognitiva Comportamental
TCC - Terapia Cognitiva Comportamental
 

Semelhante a Introspecção

Lição 11 - Vivendo de Forma Moderada
Lição 11 - Vivendo de Forma ModeradaLição 11 - Vivendo de Forma Moderada
Lição 11 - Vivendo de Forma ModeradaErberson Pinheiro
 
Disciplinas Espirituais - Oração
Disciplinas Espirituais - OraçãoDisciplinas Espirituais - Oração
Disciplinas Espirituais - OraçãoTiago de Souza
 
[Desintoxicando a Alma] Pensamentos toxicos
[Desintoxicando a Alma] Pensamentos toxicos[Desintoxicando a Alma] Pensamentos toxicos
[Desintoxicando a Alma] Pensamentos toxicosTiago de Souza
 
Pps 7 aplaudidos ou aprovados - pov
Pps 7   aplaudidos ou aprovados - povPps 7   aplaudidos ou aprovados - pov
Pps 7 aplaudidos ou aprovados - povPaulo Dias Nogueira
 
Estudos porque não pecar
Estudos  porque não pecarEstudos  porque não pecar
Estudos porque não pecarJoel Silva
 
Estudos porque não pecar
Estudos  porque não pecarEstudos  porque não pecar
Estudos porque não pecarJoel Silva
 
Nascidos para vencer
Nascidos para vencerNascidos para vencer
Nascidos para vencerJosiSantana1
 
Estudos porque não pecar
Estudos  porque não pecarEstudos  porque não pecar
Estudos porque não pecarJoel Silva
 
Quebrando paradigmas 1
Quebrando paradigmas 1Quebrando paradigmas 1
Quebrando paradigmas 1PedroVitalino1
 
3.2 - Lei de Adoracao.pptx
3.2 - Lei de Adoracao.pptx3.2 - Lei de Adoracao.pptx
3.2 - Lei de Adoracao.pptxMarta Gomes
 
Aconselhados por deus lição 3
Aconselhados por deus   lição 3Aconselhados por deus   lição 3
Aconselhados por deus lição 3Silvana Mara
 
Livro dos Espiritos 657 e ESE cap6_item5
Livro dos Espiritos 657 e ESE cap6_item5Livro dos Espiritos 657 e ESE cap6_item5
Livro dos Espiritos 657 e ESE cap6_item5Patricia Farias
 

Semelhante a Introspecção (20)

Lição 11 - Vivendo de Forma Moderada
Lição 11 - Vivendo de Forma ModeradaLição 11 - Vivendo de Forma Moderada
Lição 11 - Vivendo de Forma Moderada
 
Soul Detox - Desintoxicando a Alma
Soul Detox - Desintoxicando a AlmaSoul Detox - Desintoxicando a Alma
Soul Detox - Desintoxicando a Alma
 
Disciplinas Espirituais - Oração
Disciplinas Espirituais - OraçãoDisciplinas Espirituais - Oração
Disciplinas Espirituais - Oração
 
Amargura pr. jorge
Amargura  pr. jorgeAmargura  pr. jorge
Amargura pr. jorge
 
[Desintoxicando a Alma] Pensamentos toxicos
[Desintoxicando a Alma] Pensamentos toxicos[Desintoxicando a Alma] Pensamentos toxicos
[Desintoxicando a Alma] Pensamentos toxicos
 
Pps 7 aplaudidos ou aprovados - pov
Pps 7   aplaudidos ou aprovados - povPps 7   aplaudidos ou aprovados - pov
Pps 7 aplaudidos ou aprovados - pov
 
Seak luz eterna
Seak luz eternaSeak luz eterna
Seak luz eterna
 
Vida vitoriosa
Vida vitoriosaVida vitoriosa
Vida vitoriosa
 
Estudos porque não pecar
Estudos  porque não pecarEstudos  porque não pecar
Estudos porque não pecar
 
Estudos porque não pecar
Estudos  porque não pecarEstudos  porque não pecar
Estudos porque não pecar
 
Fp.4.4-8
Fp.4.4-8Fp.4.4-8
Fp.4.4-8
 
Bem aventurados os puros de coração
Bem aventurados os puros de coraçãoBem aventurados os puros de coração
Bem aventurados os puros de coração
 
Nascidos para vencer
Nascidos para vencerNascidos para vencer
Nascidos para vencer
 
Estudos porque não pecar
Estudos  porque não pecarEstudos  porque não pecar
Estudos porque não pecar
 
Evangelize do seu jeito 1990
Evangelize do seu jeito  1990Evangelize do seu jeito  1990
Evangelize do seu jeito 1990
 
Quebrando paradigmas 1
Quebrando paradigmas 1Quebrando paradigmas 1
Quebrando paradigmas 1
 
Slide pdf
Slide pdfSlide pdf
Slide pdf
 
3.2 - Lei de Adoracao.pptx
3.2 - Lei de Adoracao.pptx3.2 - Lei de Adoracao.pptx
3.2 - Lei de Adoracao.pptx
 
Aconselhados por deus lição 3
Aconselhados por deus   lição 3Aconselhados por deus   lição 3
Aconselhados por deus lição 3
 
Livro dos Espiritos 657 e ESE cap6_item5
Livro dos Espiritos 657 e ESE cap6_item5Livro dos Espiritos 657 e ESE cap6_item5
Livro dos Espiritos 657 e ESE cap6_item5
 

Mais de Daniel de Carvalho Luz

OUSE SONHAR - PALESTRA PARA GRUPO DE JOVENS PROFISSIONAIS
OUSE SONHAR - PALESTRA PARA GRUPO DE JOVENS PROFISSIONAISOUSE SONHAR - PALESTRA PARA GRUPO DE JOVENS PROFISSIONAIS
OUSE SONHAR - PALESTRA PARA GRUPO DE JOVENS PROFISSIONAISDaniel de Carvalho Luz
 
Gerenciando na Velocidade das mudanças II webinar setembro 2021
Gerenciando na Velocidade das mudanças   II webinar setembro 2021Gerenciando na Velocidade das mudanças   II webinar setembro 2021
Gerenciando na Velocidade das mudanças II webinar setembro 2021Daniel de Carvalho Luz
 
FUTURABILIDADE - HABILIDADES PARA O FUTURO
FUTURABILIDADE - HABILIDADES PARA O FUTUROFUTURABILIDADE - HABILIDADES PARA O FUTURO
FUTURABILIDADE - HABILIDADES PARA O FUTURODaniel de Carvalho Luz
 
ASSOCIAÇÃO DOS ENGENHEIROS DE CAPÃO BONITO - AECB palestra 02-12-2020
ASSOCIAÇÃO DOS ENGENHEIROS DE CAPÃO BONITO - AECB   palestra 02-12-2020ASSOCIAÇÃO DOS ENGENHEIROS DE CAPÃO BONITO - AECB   palestra 02-12-2020
ASSOCIAÇÃO DOS ENGENHEIROS DE CAPÃO BONITO - AECB palestra 02-12-2020Daniel de Carvalho Luz
 
3ª AULA DO CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO MANUFATURA AVANÇADA e INDUSTRIA
3ª AULA DO CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO MANUFATURA AVANÇADA e INDUSTRIA3ª AULA DO CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO MANUFATURA AVANÇADA e INDUSTRIA
3ª AULA DO CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO MANUFATURA AVANÇADA e INDUSTRIADaniel de Carvalho Luz
 
ABIMAQ Gestao na velocidade da mudança
ABIMAQ  Gestao na velocidade da mudançaABIMAQ  Gestao na velocidade da mudança
ABIMAQ Gestao na velocidade da mudançaDaniel de Carvalho Luz
 
Pós Graduação em Manufatura Avançada e Indústria 4.0
Pós Graduação em Manufatura Avançada e Indústria 4.0Pós Graduação em Manufatura Avançada e Indústria 4.0
Pós Graduação em Manufatura Avançada e Indústria 4.0Daniel de Carvalho Luz
 
Ambiente de Negocios Inovacao e Estrategia de producao aula 5
Ambiente de Negocios Inovacao e Estrategia de producao aula 5 Ambiente de Negocios Inovacao e Estrategia de producao aula 5
Ambiente de Negocios Inovacao e Estrategia de producao aula 5 Daniel de Carvalho Luz
 
Ambiente de Negócios, Inovação e Estratégias de Produção TURMA MBE-02 Aula 4
Ambiente de Negócios, Inovação e Estratégias de Produção  TURMA MBE-02 Aula 4Ambiente de Negócios, Inovação e Estratégias de Produção  TURMA MBE-02 Aula 4
Ambiente de Negócios, Inovação e Estratégias de Produção TURMA MBE-02 Aula 4Daniel de Carvalho Luz
 
MBA EM ENGENHARIA E NEGÓCIOS - DISCIPLINA: Ambiente de Negócios, Inovação e E...
MBA EM ENGENHARIA E NEGÓCIOS - DISCIPLINA: Ambiente de Negócios, Inovação e E...MBA EM ENGENHARIA E NEGÓCIOS - DISCIPLINA: Ambiente de Negócios, Inovação e E...
MBA EM ENGENHARIA E NEGÓCIOS - DISCIPLINA: Ambiente de Negócios, Inovação e E...Daniel de Carvalho Luz
 
Ambiente de Negócios Inovação Centro Paula Souza - aula 2
Ambiente de Negócios  Inovação Centro Paula Souza - aula 2Ambiente de Negócios  Inovação Centro Paula Souza - aula 2
Ambiente de Negócios Inovação Centro Paula Souza - aula 2Daniel de Carvalho Luz
 
Ambiente de negócios, inovação e estrategias de produção
Ambiente de negócios, inovação e estrategias de produção Ambiente de negócios, inovação e estrategias de produção
Ambiente de negócios, inovação e estrategias de produção Daniel de Carvalho Luz
 
THE GREAT RESET - O NOVO MUNDO DOS NEGÓCIOS
THE GREAT RESET - O NOVO MUNDO DOS NEGÓCIOS THE GREAT RESET - O NOVO MUNDO DOS NEGÓCIOS
THE GREAT RESET - O NOVO MUNDO DOS NEGÓCIOS Daniel de Carvalho Luz
 
The Great Reset - O Novo Mundo dos Negócios
The Great Reset - O Novo Mundo dos NegóciosThe Great Reset - O Novo Mundo dos Negócios
The Great Reset - O Novo Mundo dos NegóciosDaniel de Carvalho Luz
 
Planejamento para Competitividade - parte 1
Planejamento para Competitividade - parte 1Planejamento para Competitividade - parte 1
Planejamento para Competitividade - parte 1Daniel de Carvalho Luz
 

Mais de Daniel de Carvalho Luz (20)

OUSE SONHAR - PALESTRA PARA GRUPO DE JOVENS PROFISSIONAIS
OUSE SONHAR - PALESTRA PARA GRUPO DE JOVENS PROFISSIONAISOUSE SONHAR - PALESTRA PARA GRUPO DE JOVENS PROFISSIONAIS
OUSE SONHAR - PALESTRA PARA GRUPO DE JOVENS PROFISSIONAIS
 
One a one template
One a one template One a one template
One a one template
 
Gerenciando na Velocidade das mudanças II webinar setembro 2021
Gerenciando na Velocidade das mudanças   II webinar setembro 2021Gerenciando na Velocidade das mudanças   II webinar setembro 2021
Gerenciando na Velocidade das mudanças II webinar setembro 2021
 
FUTURABILIDADE - HABILIDADES PARA O FUTURO
FUTURABILIDADE - HABILIDADES PARA O FUTUROFUTURABILIDADE - HABILIDADES PARA O FUTURO
FUTURABILIDADE - HABILIDADES PARA O FUTURO
 
Sustentabilidade da Liderança
Sustentabilidade da Liderança Sustentabilidade da Liderança
Sustentabilidade da Liderança
 
O GRANDE RECOMEÇO - RH
O GRANDE RECOMEÇO - RHO GRANDE RECOMEÇO - RH
O GRANDE RECOMEÇO - RH
 
ASSOCIAÇÃO DOS ENGENHEIROS DE CAPÃO BONITO - AECB palestra 02-12-2020
ASSOCIAÇÃO DOS ENGENHEIROS DE CAPÃO BONITO - AECB   palestra 02-12-2020ASSOCIAÇÃO DOS ENGENHEIROS DE CAPÃO BONITO - AECB   palestra 02-12-2020
ASSOCIAÇÃO DOS ENGENHEIROS DE CAPÃO BONITO - AECB palestra 02-12-2020
 
3ª AULA DO CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO MANUFATURA AVANÇADA e INDUSTRIA
3ª AULA DO CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO MANUFATURA AVANÇADA e INDUSTRIA3ª AULA DO CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO MANUFATURA AVANÇADA e INDUSTRIA
3ª AULA DO CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO MANUFATURA AVANÇADA e INDUSTRIA
 
ABIMAQ Gestao na velocidade da mudança
ABIMAQ  Gestao na velocidade da mudançaABIMAQ  Gestao na velocidade da mudança
ABIMAQ Gestao na velocidade da mudança
 
Pós Graduação em Manufatura Avançada e Indústria 4.0
Pós Graduação em Manufatura Avançada e Indústria 4.0Pós Graduação em Manufatura Avançada e Indústria 4.0
Pós Graduação em Manufatura Avançada e Indústria 4.0
 
Ambiente de Negocios Inovacao e Estrategia de producao aula 5
Ambiente de Negocios Inovacao e Estrategia de producao aula 5 Ambiente de Negocios Inovacao e Estrategia de producao aula 5
Ambiente de Negocios Inovacao e Estrategia de producao aula 5
 
Ambiente de Negócios, Inovação e Estratégias de Produção TURMA MBE-02 Aula 4
Ambiente de Negócios, Inovação e Estratégias de Produção  TURMA MBE-02 Aula 4Ambiente de Negócios, Inovação e Estratégias de Produção  TURMA MBE-02 Aula 4
Ambiente de Negócios, Inovação e Estratégias de Produção TURMA MBE-02 Aula 4
 
MBA EM ENGENHARIA E NEGÓCIOS - DISCIPLINA: Ambiente de Negócios, Inovação e E...
MBA EM ENGENHARIA E NEGÓCIOS - DISCIPLINA: Ambiente de Negócios, Inovação e E...MBA EM ENGENHARIA E NEGÓCIOS - DISCIPLINA: Ambiente de Negócios, Inovação e E...
MBA EM ENGENHARIA E NEGÓCIOS - DISCIPLINA: Ambiente de Negócios, Inovação e E...
 
Ambiente de Negócios Inovação Centro Paula Souza - aula 2
Ambiente de Negócios  Inovação Centro Paula Souza - aula 2Ambiente de Negócios  Inovação Centro Paula Souza - aula 2
Ambiente de Negócios Inovação Centro Paula Souza - aula 2
 
Futurabilidade O GRANDE RECOMEÇO
Futurabilidade   O GRANDE RECOMEÇO Futurabilidade   O GRANDE RECOMEÇO
Futurabilidade O GRANDE RECOMEÇO
 
Ambiente de negócios, inovação e estrategias de produção
Ambiente de negócios, inovação e estrategias de produção Ambiente de negócios, inovação e estrategias de produção
Ambiente de negócios, inovação e estrategias de produção
 
GESTÃO DE MUDANÇAS - parte 1
GESTÃO DE MUDANÇAS - parte 1GESTÃO DE MUDANÇAS - parte 1
GESTÃO DE MUDANÇAS - parte 1
 
THE GREAT RESET - O NOVO MUNDO DOS NEGÓCIOS
THE GREAT RESET - O NOVO MUNDO DOS NEGÓCIOS THE GREAT RESET - O NOVO MUNDO DOS NEGÓCIOS
THE GREAT RESET - O NOVO MUNDO DOS NEGÓCIOS
 
The Great Reset - O Novo Mundo dos Negócios
The Great Reset - O Novo Mundo dos NegóciosThe Great Reset - O Novo Mundo dos Negócios
The Great Reset - O Novo Mundo dos Negócios
 
Planejamento para Competitividade - parte 1
Planejamento para Competitividade - parte 1Planejamento para Competitividade - parte 1
Planejamento para Competitividade - parte 1
 

Último

Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptxSlide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptxRodrigoTavares484059
 
mae de santo, tabagira de oxossi., de volta a america.
mae de santo, tabagira de oxossi., de volta a america.mae de santo, tabagira de oxossi., de volta a america.
mae de santo, tabagira de oxossi., de volta a america.cecilcavalcanti
 
Oração da Campanha da Fraternidade 2024 - Fraternidade e Amizade Social
Oração da Campanha da Fraternidade 2024 - Fraternidade e Amizade SocialOração da Campanha da Fraternidade 2024 - Fraternidade e Amizade Social
Oração da Campanha da Fraternidade 2024 - Fraternidade e Amizade SocialJuniorCavecchia
 
DIZIMOS - Também é para nós cristãos?.docx
DIZIMOS  - Também é  para nós cristãos?.docxDIZIMOS  - Também é  para nós cristãos?.docx
DIZIMOS - Também é para nós cristãos?.docxJose Moraes
 
Novena De Santa Teresinha
Novena De Santa TeresinhaNovena De Santa Teresinha
Novena De Santa TeresinhaNilson Almeida
 
Limpeza Espiritual 21 Dias Arcanjo Miguel
Limpeza Espiritual 21 Dias Arcanjo MiguelLimpeza Espiritual 21 Dias Arcanjo Miguel
Limpeza Espiritual 21 Dias Arcanjo MiguelNilson Almeida
 
Apresentação da Campanha da Fraternidade 2024.pdf
Apresentação da Campanha da Fraternidade 2024.pdfApresentação da Campanha da Fraternidade 2024.pdf
Apresentação da Campanha da Fraternidade 2024.pdfengrobertomourafilho
 
DESOBSESSÃO RECURSOS ESPÍRITAS. por josiete andrade
DESOBSESSÃO RECURSOS ESPÍRITAS. por josiete andradeDESOBSESSÃO RECURSOS ESPÍRITAS. por josiete andrade
DESOBSESSÃO RECURSOS ESPÍRITAS. por josiete andradeEduardoJuc8
 
Novena A Santo Inácio De Loyola
Novena A Santo Inácio De Loyola Novena A Santo Inácio De Loyola
Novena A Santo Inácio De Loyola Nilson Almeida
 
Oração Pedindo Sabedoria E Discernimento
Oração Pedindo Sabedoria E DiscernimentoOração Pedindo Sabedoria E Discernimento
Oração Pedindo Sabedoria E DiscernimentoNilson Almeida
 
ordem nova ordem irmandade e fraternidade
ordem nova ordem irmandade e fraternidadeordem nova ordem irmandade e fraternidade
ordem nova ordem irmandade e fraternidadececilcavalcanti
 
4.2.3 - Ressurreição da carne - Paraíso - Inferno - Pugatório.pptx
4.2.3 - Ressurreição da carne - Paraíso - Inferno - Pugatório.pptx4.2.3 - Ressurreição da carne - Paraíso - Inferno - Pugatório.pptx
4.2.3 - Ressurreição da carne - Paraíso - Inferno - Pugatório.pptxMarta Gomes
 
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Quadrado.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Quadrado.pptxSlide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Quadrado.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Quadrado.pptxjoseciceroroberto197
 
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxjoseciceroroberto197
 

Último (20)

Invocação À Luz
Invocação À LuzInvocação À Luz
Invocação À Luz
 
Carta de Cuaresma 2024 reflexion grupo 3 PT.pdf
Carta de Cuaresma 2024 reflexion grupo 3 PT.pdfCarta de Cuaresma 2024 reflexion grupo 3 PT.pdf
Carta de Cuaresma 2024 reflexion grupo 3 PT.pdf
 
Carta da Quaresma 2024 Reflexão para grupos Parte 4
Carta da Quaresma 2024 Reflexão para grupos Parte 4Carta da Quaresma 2024 Reflexão para grupos Parte 4
Carta da Quaresma 2024 Reflexão para grupos Parte 4
 
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptxSlide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptx
 
mae de santo, tabagira de oxossi., de volta a america.
mae de santo, tabagira de oxossi., de volta a america.mae de santo, tabagira de oxossi., de volta a america.
mae de santo, tabagira de oxossi., de volta a america.
 
Oração da Campanha da Fraternidade 2024 - Fraternidade e Amizade Social
Oração da Campanha da Fraternidade 2024 - Fraternidade e Amizade SocialOração da Campanha da Fraternidade 2024 - Fraternidade e Amizade Social
Oração da Campanha da Fraternidade 2024 - Fraternidade e Amizade Social
 
DIZIMOS - Também é para nós cristãos?.docx
DIZIMOS  - Também é  para nós cristãos?.docxDIZIMOS  - Também é  para nós cristãos?.docx
DIZIMOS - Também é para nós cristãos?.docx
 
Novena De Santa Teresinha
Novena De Santa TeresinhaNovena De Santa Teresinha
Novena De Santa Teresinha
 
Limpeza Espiritual 21 Dias Arcanjo Miguel
Limpeza Espiritual 21 Dias Arcanjo MiguelLimpeza Espiritual 21 Dias Arcanjo Miguel
Limpeza Espiritual 21 Dias Arcanjo Miguel
 
Apresentação da Campanha da Fraternidade 2024.pdf
Apresentação da Campanha da Fraternidade 2024.pdfApresentação da Campanha da Fraternidade 2024.pdf
Apresentação da Campanha da Fraternidade 2024.pdf
 
DESOBSESSÃO RECURSOS ESPÍRITAS. por josiete andrade
DESOBSESSÃO RECURSOS ESPÍRITAS. por josiete andradeDESOBSESSÃO RECURSOS ESPÍRITAS. por josiete andrade
DESOBSESSÃO RECURSOS ESPÍRITAS. por josiete andrade
 
Orações Vocacionais
Orações VocacionaisOrações Vocacionais
Orações Vocacionais
 
Carta da Quaresma 2024 Reflexão para grupos Parte 2
Carta da Quaresma 2024 Reflexão para grupos Parte 2Carta da Quaresma 2024 Reflexão para grupos Parte 2
Carta da Quaresma 2024 Reflexão para grupos Parte 2
 
Novena A Santo Inácio De Loyola
Novena A Santo Inácio De Loyola Novena A Santo Inácio De Loyola
Novena A Santo Inácio De Loyola
 
Reflexão para grupos sobre a carta de Quaresma 2024 Parte 1
Reflexão para grupos sobre a carta de Quaresma 2024 Parte 1Reflexão para grupos sobre a carta de Quaresma 2024 Parte 1
Reflexão para grupos sobre a carta de Quaresma 2024 Parte 1
 
Oração Pedindo Sabedoria E Discernimento
Oração Pedindo Sabedoria E DiscernimentoOração Pedindo Sabedoria E Discernimento
Oração Pedindo Sabedoria E Discernimento
 
ordem nova ordem irmandade e fraternidade
ordem nova ordem irmandade e fraternidadeordem nova ordem irmandade e fraternidade
ordem nova ordem irmandade e fraternidade
 
4.2.3 - Ressurreição da carne - Paraíso - Inferno - Pugatório.pptx
4.2.3 - Ressurreição da carne - Paraíso - Inferno - Pugatório.pptx4.2.3 - Ressurreição da carne - Paraíso - Inferno - Pugatório.pptx
4.2.3 - Ressurreição da carne - Paraíso - Inferno - Pugatório.pptx
 
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Quadrado.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Quadrado.pptxSlide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Quadrado.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Quadrado.pptx
 
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
 

Introspecção

  • 1. Introspecção Ministração 17 de Junho 2012 por Daniel de Carvalho Luz 1
  • 2. Pratica da Introspecção A pratica da introspecção é a arte de nos investigarmos acuradamente a nós mesmos com o proposito de localizar erros e acertos, as boas qualidades e as más qualidades, a virtude e o pecado, o sucesso e o fracasso, sempre sob a perspectiva cristã Lamentações 3.40 40 Esquadrinhemos os nossos caminhos, provemo-los, e voltemos para o Senhor. 1 Coríntios 11.28 28 Examine-se, pois, o homem a si mesmo... 2
  • 3. DEPOIS DO PAI NOSSO, talvez a oração mais repetida pelos cristãos seja a famosa oração do rei Davi: “Sonda-me, o Deus e conhece o meu coração, prova-me e conhece os meus pensamentos, vê se há mim algum caminho mau, e guia-me pelo caminho eterno” (Salmos 139.23-24).” É bom notar que no inicio do salmo, Davi reconhece a plenitude da onisciência de Deus e por essa razão faz as seguintes asseverações: “Tu me sondas e me conhece.” Sabes quando me assento e quando me levanto; “De longe penetras os meus pensamentos”; ainda a palavra não me chegou à língua, e tu, senhor, já a conheces toda”; “Tal conhecimento é maravilho demais para mim” (Salmo 139.1-6). É muito provável que esse pedido de sondagem esteja intimamente relacionado com a tremenda dificuldade do salmista em admitir plenamente o grave pecado que ele cometeu contra Urias, contra a família, contra o povo e contra Deus por ocasião de seu adultério com Bate-Seba (2SM 12.1-15). A prática da Introspecção é em extremo necessária por causa da dificuldade nata que todos temos de admitir e nomear as próprias faltas: “Quem há que possa discernir as próprias faltas?” (Salmo 19.12) 12 Quem pode discernir os próprios erros? Purifica-me tu dos que me são ocultos. 3
  • 4. Analogia com a auditoria A FINALIDADE DE UMA AUDITORIA É VERIFICAR A ADEQUAÇÃO e CONFORMIDADE DO SISTEMA Verificar a CONSISTÊNCIA ADEQUAÇÃO - analisa a adequação da gestão através da documentação (política/procedimentos) O DISCURSO - O que você vê crê e diz! CONFORMIDADE - analisa a documentação e sua efetividade nos locais de uso a implementação A PRÁTICA - O que você faz! Quando não temos consistência – há deterioração da integridade, perda do respeito próprio A introspecção nos auxilia com a recuperação da integridade . 4
  • 5. Os Verbos da Introspecção Há pelo menos quatro verbos na edição Revista e Atualizada das Sagradas Escrituras que expressão a ação da investigação do conteúdo humano, de seu comportamento, de suas tendências, de seus desejos e de seus mistérios. Embora não sejam sinônimos perfeitos, todos eles levam à introspecção. 1. Examinar 2. Esquadrinhar 3. Sondar 4. Provar Examinar denota ação de considerar, investigar, observar 1 Coríntios 11.28 28 Examine-se, pois, o homem a si mesmo, e assim coma do pão e beba do cálice. Esquadrinhar denota a ação de investigar a área toda miudamente, pedaço por pedaço, quadrinho por quadrinho Salmo 139.3 3 Esquadrinhas o meu andar, e o meu deitar, e conheces todos os meus caminhos. Sondar denota a ação de examinar profundamente todo o interior Salmo 139.23 23 Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração; prova-me, e conhece os meus pensamentos; Provar O quarto verbo é provar, denota a ação de submeter a pessoa a um teste Provérbios 17.3 3 O crisol é para a prata, e o forno para o ouro; mas o Senhor é que prova os corações. 5
  • 6. Áreas de Sondagem Para você conhecer a si mesmo, a sondagem tem de ser ampla e profunda. Nenhuma área de sua vida deve ser poupada desse exame meticuloso, porque numa delas pode estar alojado o foco infecção espiritual do qual somos possuidor. Faça um exame completo, sem medo, sem reservas. Sem diagnóstico não há tratamento e sem tratamento não há cura. 1. É preciso sondar a nascente de tudo Provérbios 4.23 23 Guarda com toda a diligência o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida. 2. É preciso sondar a razões pessoais 3. É preciso sondar as reações a que estamos sujeitos 4. É preciso sondar a consciência Nem sempre é seguro apoiar-se na consciência. Com apoio dela você pode fazer bobagens e cometer erros graves. Lembre-se que a consciência pode ser: Boa – 1Timóteo 1.5 5 Mas o fim desta admoestação é o amor que procede de um coração puro, de uma boa consciência, e de uma fé não fingida; Pura – 1 Timóteo 3.9 9 guardando o mistério da fé numa consciência pura. 6 Mas também....
  • 7. Mas também.... Fraca – 1 Coríntios 8.7 7 Entretanto, nem em todos há esse conhecimento; pois alguns há que, acostumados até agora com o ídolo, comem como de coisas sacrificadas a um ídolo; e a sua consciência, sendo fraca, contamina-se. Corrompida – Tito 1.15 15 Tudo é puro para os que são puros, mas para os corrompidos e incrédulos nada é puro; antes tanto a sua mente como a sua consciência estão contaminadas. Cauterizada – 1 Timóteo 4.2 2 pela hipocrisia de homens que falam mentiras e têm a sua própria consciência cauterizada, 5. É preciso sondar o caráter 6. É preciso sondar a fé 7. É preciso sondar o Amor 8. É preciso sondar o trabalho 9. É preciso sondar o comportamento diário Quando esta sondagem é bem feita ela nos transporta do caminho mau para o caminho eterno. Salmos 139.24 24 vê se há em mim algum caminho perverso, e guia-me pelo caminho eterno. 7
  • 8. Sondagem de cima Ás vezes, uma simples pergunta de Deus é suficiente para nos levar a conhecer a nós mesmos e a entender a necessidade de adequação e conformidade. Adão – Genesis 3.9-11 9 Mas chamou o Senhor Deus ao homem, e perguntou-lhe: Onde estás? 10 Respondeu-lhe o homem: Ouvi a tua voz no jardim e tive medo, porque estava nu; e escondi-me. 11 Deus perguntou-lhe mais: Quem te mostrou que estavas nu? Comeste da árvore de que te ordenei que não comesses? Caim – Genesis 4.6,9 6 Então o Senhor perguntou a Caim: Por que te iraste? e por que está descaído o teu semblante? 9 Perguntou, pois, o Senhor a Caim: Onde está Abel, teu irmão? Respondeu ele: Não sei; sou eu o guarda do meu irmão? Elias – 1 Reis 19.9,13 9 Ali entrou numa caverna, onde passou a noite. E eis que lhe veio a palavra do Senhor, dizendo: Que fazes aqui, Elias? Jonas – Jonas 4.4 4 Respondeu o senhor: É razoável essa tua ira? Pedro – João 21.15 15 Depois de terem comido, perguntou Jesus a Simão Pedro: Simão Pedro: Simão, filho de João, amas-me mais do que estes? 8
  • 9. Por que temos que fazer uma introspecção? Entropia espiritual O que é Entropia? É uma medida do grau de desorganização que pode levar a falência de um sistema. Precisamos temer a deterioração espiritual, O endurecimento progressivo do nosso coração Apocalipse 3.14-22 Precisamos temer o endurecimento progressivo. Ele provoca a perda da sensibilidade espiritual. É o caso do Pastor da igreja de Laodicéia, que se dizia rico e abastado quando, na verdade, era infeliz, sim, miserável, pobre, cego e nu”. Essa personagem foi aconselhada a usar colírio para enxergar-se, antes que fosse definitivamente vomitado da boca de Deus. 14 Ao anjo da igreja em Laodicéia escreve: Isto diz o Amém, a testemunha fiel e verdadeira, o princípio da criação de Deus: 15 Conheço as tuas obras, que nem és frio nem quente; oxalá foras frio ou quente! 16 Assim, porque és morno, e não és quente nem frio, vomitar-te-ei da minha boca. 17 Porquanto dizes: Rico sou, e estou enriquecido, e de nada tenho falta; e não sabes que és um coitado, e miserável, e pobre, e cego, e nu; 18 aconselho-te que de mim compres ouro refinado no fogo, para que te enriqueças; e vestes brancas, para que te vistas, e não seja manifesta a vergonha da tua nudez; e colírio, a fim de ungires os teus olhos, para que vejas. 19 Eu repreendo e castigo a todos quantos amo: sê pois zeloso, e arrepende-te. 20 Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo. 21 Ao que vencer, eu lhe concederei que se assente comigo no meu trono. 22 Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas. 9
  • 10. O paralelo da introspecção com a corregedoria Órgão de controle interno de instituições públicas a quem cabe proceder inspeções administrativas, realizar correções programadas e extraordinárias, verificando o regular atendimento por parte dos gestores ao ordenamento jurídico pátrio e às normas internas das instituições, orientando e prestando consultoria, quando for o caso, bem como promovendo a apuração formal das possíveis irregularidades e transgressões praticadas por servidores, aplicando as penalidades cabíveis. 10