SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 21
As Bem-Aventuranças
Sermão do Monte
“Eu vim para que tenham vida, e a tenham em abundância” (João 10-10)
“Mas aquele que beber da água que eu lhe der nunca terá sede” (João 4-14)
CONCEITO
A Bem-Aventurança é uma declaração
de bênção com base em uma virtude
ou na boa sorte. A fórmula se inicia
com "bem-aventurado aquele..." Com
Jesus toma a forma de um paradoxo:
a bem-aventurança não é proclamada
em virtude de uma boa sorte, mas
exatamente em virtude de uma má
sorte: pobreza, fome, dor,
perseguição...Em grego:FELICIDADE;
Em hebraico: em marcha.
QUE BUSCAMOS?
1- A PAZ, mas, onde a procuramos?
2-UM OBJETIVO: de onde viemos,
por qual razão estamos aqui e pra
onde estamos indo?
3-RELACIONAMENTO COM DEUS:
segurança, fé num Poder Supremo,
amizade com o Criador.
A FINALIDADE DE PREGAÇÃO
Comunicar à humanidade inteira as oito regras básicas para todo o
comportamento humano. Abra seu coração, aguce sua sensibilidade
encontrando um contentamento e uma alegria que haverão de descortinar
em seu coração, o segredo da felicidade! Uma filosofia universal!
O que Jesus iria nos ensinar? A busca da felicidade!
Ser e Ter
Supérfluo X
“Buscar em primeiro lugar o Reino de Deus e sua justiça (reino do ser) e tudo o
mais lhe será acrescentado (reino do ter)”.
Quando se É nada se
perde; quando se TEM
perde-se, pois é
transitório. (deixamos)
E como gostamos de
ter!! Que o Ter seja o
fruto do Ser! Ter é
horizontalidade
e Ser é verticalidade
(dons). (levamos)
Necessário
AS OITO REGRAS – UMA EXPERIÊNCIA REFLEXIVA
1.ª) Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus.
2.ª) Bem-aventurados os que choram (aflitos), porque serão consolados.
3.ª) Bem-aventurados aqueles que são brandos e pacíficos (mansos), porque herdarão a
Terra.
4.ª) bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque serão saciados.
5.ª) Bem-aventurados aqueles que são misericordiosos, porque alcançarão misericórdia.
6.ª) Bem-aventurados aqueles que têm puro o coração, porque verão a Deus.
7.ª) bem-aventurados os que sofrem perseguição pela justiça, porque o reino dos céus é para
eles.
8.ª) Bem-aventurados sois quando, por minha causa, vos injuriarem e vos perseguirem e,
mentindo, disserem todo mal contra vós. Regozijai-vos e exultai, porque é grande o vosso
galardão nos céus; pois assim perseguiram aos profetas que viveram antes de vós. (Mateus,
5, 1 a 12)
POBRE DE ESPÍRITO: O QUE É E O QUE NÃO É
Não é aquele que é pobre do ponto de vista material; não é aquele que se deprecia;
não é aquele que é covarde; não é aquele que esconde seu talento.
É aquele que reconhece que é: carente na esfera do espírito; que não possui as
riquezas e os dons espirituais; que depende de Deus.
Por pobres de espírito Jesus não entende os homens desprovidos de inteligência, mas
os humildes: ele disse que o reino dos céus é deles e não dos orgulhosos. A
humildade é a parte mais bela da sabedoria!
"Em dizendo que o reino dos céus é para
os simples, Jesus quer dizer que ninguém
é nele admitido sem a simplicidade de
coração e a humildade de espírito; que o
ignorante que possui essas qualidades
será preferido ao sábio que crê mais em si
do que em Deus". (graças te dou, ó Pai,
que ocultaste essas coisas aos sábios e
entendidos e as revelastes aos
pequeninos... Jesus – MT, 11-25)
Sócrates: “Só sei que nada sei”!
Analisando a condição da humanidade
Proposta audaciosa de Jesus! Por quê?
-medicina desenvolvida= homens enfermos;
-várias religiões= homens egoístas e materializados;
-Mundo rico de pobres morais;
-Mundo fascinante de poderosos,escravizados;
-Jesus propõe felicidade por meio da pobreza:
-Tendo sem ser encarcerado na posse;
-Usar sem abusar;
-Desfrutar os bens da Terra, mas deixá-lo com a
naturalidade de quem não os tem. (não ajunteis
tesouros na terra... Jesus)
Possuímos muitos Tesouros para alívio dos irmãos
caídos.
UM DIA INESQUECÍVEL
Naquele dia havia naquela multidão que
acreditavam como muitos hoje em dia creem que a
chave para a felicidade acha-se nas riquezas; mas
a mensagem do Cristo era inédita, apontava para o
caminho que nos leva a Deus.
A CURA DE NOSSA DOENÇA ESPIRITUAL
AUTOCONHECIMENTO:- percepção de que somos espiritualmente pobres,
admitir nossas faltas como primeiro passo para a felicidade, a paz, o
contentamento.
HUMILDADE:- desapego de si mesmo e das coisas materiais. (jovem rico que
foi falar com Jesus).
Achegar-se a Jesus:- “Pois todos vós sois filhos de Deus, mediante a fé em
Cristo Jesus”. (Gálatas 3-26)
Negar a nós mesmos:- servindo a Jesus, eu destituído de coisas; prestando
muita atenção nas nossas provas e expiações, aprendendo com a dor.
CHORO COM VALOR E CHORO SEM VALOR
Chorar por si de forma egoísta e frustrada não tem valor nenhum, por isso, muitos choram sem
consolação. O choro com valor é aquele que evoca um arrependimento sincero ante o erro cometido,
não só com relação ao próximo como com relação a Deus. Nesse sentido chorar é ter saúde espiritual.
Choram e serão consolados, os que entenderam o sentido da dor, da tristeza, da aflição e do
sofrimento, como mecanismos educativos de alerta para o renascimento espiritual.
Aquele que não aprende com os fatos desagradáveis, forçam a Consciência Cósmica a
reproduzi-los. “O que negas te submete, o que aceitas te transforma”! Jung
Ser manso não significava ser um covarde servil, mas um crente na bondade de
Deus e na benignidade do universo. Vive e leva a paz em lugares de conflitos.
Aprenderam controlar suas emoções; Não a violência!
Aceitação da vontade de Deus (resignação).
A Mansidão é uma atitude interna de quem é pobre de espírito e de quem chora. É o ponto de vista
que a pessoa faz de si mesma, que se expressa da forma com que o cristão vê os outros.
Pacíficos e Pacificadores - Consciência pacífica; Paz consigo; coerência entre as ideias, as falas e os
atos. Paz com o próximo: respeito ao direito do outro. Paz com o ambiente: harmonização com o
mundo em que vive; seres e coisas. O pacífico se alimenta da paz. A paciência é a ciência da paz:
autocontrole, autoconhecimento e equilíbrio emocional são construções que requerem um esforço
pessoal. Lute pela sua paz interior, ou ela está dentro de você, ou você ainda não a conquistou.
“Bem-aventurados os que têm puro o coração,
porquanto verão a Deus”.
Bem-aventurado os limpos de coração que projetam a claridade de seus
intentos puros sobre todas as situações e sobre todas as coisas, porque
encontrarão a parte melhor da vida, em todos os lugares, conseguindo
penetrar a grandeza dos propósitos divinos, entendendo o estágio de cada
um. Pureza de intenções. “Ver Deus”, é entender sua bondade e justiça. É
não estar escravizado a nada e a ninguém. Ajustou-se às Leis de Deus.
“Bem-aventurados os
misericordiosos, porque
alcançarão misericórdia”.
"sentir a miséria do outro em meu coração". Quando nos vemos em posição de
domínio ou superioridade sobre o outro, que havia transgredido contra nossa
pessoa e nós nos recusamos em nos vingar, ( dar a outra face).
Misericórdia é uma disposição da alma, de ser semelhante a Cristo ao encarar
amigos, inimigos, desprezados, e pecadores. Perdão é o remédio de melhor
efeito, ter indulgência, não condenar,”Perdoa as nossas ofensas”...
( Chico visita uma prisão)...
ANÁLISE JUNGUIANA
Carl Gustav Jung, psiquiatra suíço, foi muito feliz quando fez um paralelo entre
os ensinamentos de Jesus e a psicologia. Vejamos o que ele nos traz, na
interpretação das Bem-aventuranças (Mateus 5:3-10).
1. Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus. Felizes aqueles que têm
consciência de sua pobreza espiritual e que buscam humildemente aquilo que necessitam. Descubram
que o Reino está dentro de você, mas se não se conhecerem, viverão na pobreza e serão
pobres!
2. Bem-aventurados os que choram, porque serão consolados. Os que choram se encontram
envolvidos num processo de crescimento. Eles serão consolados quando o valor projetado, perdido, for
recuperado no interior da psique. Falta de algo, vazio interior, frustração; desejo não realizado gera
frustrações,culpas, mágoas e choro!
3. Bem-aventurados os mansos, porque herdarão a terra. Essa mansidão está relacionada ao Ego, que
precisa ser trabalhado, essa atitude é afortunada, pois o Ego está pronto para receber ensinamentos e
aberto às novas considerações que podem levar a uma rica herança. Herdar a terra significa adquirir
uma consciência em saber se relacionar com o todo ou de ter uma participação pessoal no todo.
Pra que haja mansidão, preciso ser consciente que é pobre em espírito, lamentar as
imperfeições, trazer à consciência o que está no inconsciente pessoal e também no
inconsciente coletivo!
4. Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque serão saciados. Trata-se de um
princípio orientador interior, de caráter objetivo, que traz um sentimento de realizações do Ego que o
busca com fome. A justiça de estar vivendo de acordo com a verdadeira e real necessidade interior.
Reconcilia-te contigo mesmo!
5. Bem-aventurados os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia. Se o Ego é misericordioso,
ele receberá misericórdia do íntimo.Disposição do Perdão, só perdoa quem já é capaz de
perdoar-se!
6. Bem-aventurados os puros de coração, porque verão a Deus. A pureza ou a limpeza podem
significar um estado do Ego, livre da contaminação de conteúdo ou motivações do inconsciente.
Aquele que é consciente é puro, porque sabe que seu erro abre uma porta para experimentar a sua
própria essência. Consciência do que é essencial; amor – caridade, pureza de coração!
7. Bem-aventurados os pacificadores, porque serão chamados de filhos de Deus. O papel apropriado
do Ego é mediar entre as partes oponentes aos conflitos intrapsíquicos internos. Equilíbrio!
8. Bem-aventurados os que são perseguidos por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus. O
Ego precisa suportar a dor e o sofrimento, sem sucumbir ao amargor e ao ressentimento, para
relacionar-se à lei interna objetiva. Prática do servir desinteressado, se ligar ao essencial!
Jung nos mostra através dessa correlação entre os ensinamentos de Jesus e a psique humana que o
principal ponto das Bem-aventuranças entendidas psicologicamente é a exaltação do Ego não
inflado, um Ego humilde.
AS BEM-AVENTURANÇAS E A DOUTRINA ESPÍRITA
1º- Cap.I – “Não vim destruir a Lei”
1ª Revelação, a 2ª o novo testamento, o Espiritismo é continuidade, é a síntese das Leis de Deus. Aliança
entre a ciência e a Religião; não viemos brigar, nem dividir, viemos dar as mãos. O Espiritismo não veio
destruir a lei, muda de acordo com nossa evolução. Traço de união: Leis que regem o mundo espiritual e
suas relações com o mundo físico; A FÉ E A RAZÃO, derrotará o materialismo.
2º- Cap.II –“Meu reino não é deste mundo”. Última mensagem deste capítulo é ditada por uma rainha:
“Uma realeza terrestre”; só há um Espírito Rei, que detém todas as qualidades morais e intelectuais para
nos dirigir; JESUS, realeza moral. (Conversa que Jesus teve com Pilatos).
3º - Cap.III –“Há muitas moradas na casa do Pai” – Naquela época não tínhamos 10% da capacidade
de entendimento de astronomia; só na nossa galáxia tem dez bilhões de sóis como o nosso.
Qual a nossa identidade? Brasileiro, terráqueo ou um ser Cósmico?
O mesmo Código Moral que nos rege aqui vigora em qualquer Galáxia, no Universo infinito, portanto a
nossa religião é a RELIGIÃO CÓSMICA DO AMOR E DA SABEDORIA. Tem mais de um bilhão de
planetas em transição, pra cada planeta em transição, tem dez planetas de Espíritos Puros.
4º - cap.IV – “Ninguém pode ver o Reino de Deus se não nascer de novo” - O Evangelho vem nos
falar do Espírito Imortal, das reencarnações, vida após a morte do corpo, não perdemos ninguém, os
que se amam se buscam, nunca ficam longe, não percebemos, quando o natural seria perceber, mas
estamos tão encarnados, tem muitos espíritos que nem perceberam que desencarnaram.
Aspectos consoladores: JESUS
- consolo das aquisições eternas não das vitórias
efêmeras;
-desceu até a Terra;
-morreu em sacrifício para deixar mensagem
consoladora;
- temos um irmão mais velho, mas é mais velho
mesmo, já é Cristo há bilhões de anos ao nosso lado;
-nada que vamos passar, que Ele não tenha passado.
-suas mãos trouxeram alívio para os sofredores e
aflitos;
-seus olhos doces, bondosos, consoladores, refletiam
suavemente a Luz do seu Espírito, Luz essa que os
homens não podiam suportar cegando Paulo na
estrada de Damasco;
-seus pés andavam pela Judeia, Samaria, Galileia sem
reclamar de dor, cansaço, levando ensinamentos e
socorro aos aflitos.
CRISTO CONSOLADOR: essência do Espiritismo:
CULTIVANDO AS BEM-AVENTURANÇAS
Cultivar as bem-aventuranças não é alçar
exclamações de piedade inativa para o
céu, lastimando os males do próximo com
a boca e guardando os braços em
repouso, diante do sofrimento alheio que
nos convoca ao auxílio, à fraternidade e à
cooperação.
Bem-aventurados os que lutam e sofrem
que se agitam e trabalham na
materialização do bem comum, porque
todos aqueles que fazem da piedade o
serviço constante do amor encontram
realmente as portas abertas para o Reino
de Deus.
O AUXÍLIO DOS ESPÍRITOS
SUPERIORES
Por amor, os bem-aventurados, que já
conquistaram a Luz Divina, descerão até
nós, desculpando-nos a falta e suprindo-
nos as fraquezas, a integrar-nos na
ciência difícil de corrigir-nos, por nós
mesmos, sem reclamarem o título de
mestres.
Vem das alturas e apagam-se. Ajudam-nos
a carregar o fardo de nossos erros, sem
tornar-nos irresponsáveis. Alentam-nos a
energia sem demitir-nos da obrigação,
ensinando-nos o caminho da porta de
acesso à pedagogia de Deus que é AMOR.
Deus corrigirá todos os erros, não há
um só espírito que não se aperfeiçoará;
Deus usa o tempo não a violência!
MISERICÓRDIA!
CONCLUSÃO
“Todo aquele que ouve estas minhas palavras e as pratica, será comparado a um homem
prudente que edificou a sua casa sobre rocha; e todo aquele que ouve estas minhas palavras e
não as pratica, será comparado a um homem insensato, que edificou a sua casa sobre areia”. MT
7:24-27
Mahatma Gandhi que era hinduísta, tinha razão quando disse que, se dos ensinamentos do Cristo
ficassem apenas os extratos do Sermão do Monte, teríamos condições de pautar a nossa conduta
dentro dos mais excelsos parâmetros para nos relacionarmos bem em sociedade.
“Bem-aventurados (muito felizes) aqueles que leem, ouvem e que guardam estas coisas no seu
coração... ( Apocalipse 1:3 )
As Bem-Aventuranças - Sermão do Monte

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

BEM AVENTURADOS OS QUE CHORAM
BEM AVENTURADOS OS QUE CHORAM BEM AVENTURADOS OS QUE CHORAM
BEM AVENTURADOS OS QUE CHORAM Sergio Menezes
 
Ninguem pode ver_o_reino_de_deus-c_alves
Ninguem pode ver_o_reino_de_deus-c_alvesNinguem pode ver_o_reino_de_deus-c_alves
Ninguem pode ver_o_reino_de_deus-c_alvesFrancisco Pereira
 
A felicidade não é desse mundo!
A felicidade não é desse mundo!A felicidade não é desse mundo!
A felicidade não é desse mundo!Leonardo Pereira
 
Bem aventurados os pobres de espirito - Cap VII
Bem aventurados os pobres de espirito - Cap VIIBem aventurados os pobres de espirito - Cap VII
Bem aventurados os pobres de espirito - Cap VIINatyMadeira
 
A páscoa na visão espírita
A páscoa na visão espíritaA páscoa na visão espírita
A páscoa na visão espíritaGraça Maciel
 
Quem é minha mãe e quem são meus irmãos?
Quem é minha mãe e quem são meus irmãos?Quem é minha mãe e quem são meus irmãos?
Quem é minha mãe e quem são meus irmãos?Isnande Mota Barros
 
Missão do homem inteligente na terra (Leonardo Pereira).
Missão do homem inteligente na terra (Leonardo Pereira).Missão do homem inteligente na terra (Leonardo Pereira).
Missão do homem inteligente na terra (Leonardo Pereira).Leonardo Pereira
 
Retorno à Vida Corporal - planejamento reencarnatório.pptx
Retorno à Vida Corporal - planejamento reencarnatório.pptxRetorno à Vida Corporal - planejamento reencarnatório.pptx
Retorno à Vida Corporal - planejamento reencarnatório.pptxRosimeire Alves
 
O sermão da montanha e os valores humanos
O sermão da montanha e os valores humanosO sermão da montanha e os valores humanos
O sermão da montanha e os valores humanosDalila Melo
 
Evangelho Capítulo XXIV - Não por a candeia debaixo do alqueire
Evangelho Capítulo XXIV - Não por a candeia debaixo do alqueireEvangelho Capítulo XXIV - Não por a candeia debaixo do alqueire
Evangelho Capítulo XXIV - Não por a candeia debaixo do alqueiregrupodepaisceb
 
O homem de bem, grande desafio
O homem de bem, grande desafioO homem de bem, grande desafio
O homem de bem, grande desafioGraça Maciel
 
A Beneficência - Palestra Espírita
A Beneficência - Palestra EspíritaA Beneficência - Palestra Espírita
A Beneficência - Palestra EspíritaThiago Garcia
 
Espiritismo - Uma Nova Era para a Humanidade
Espiritismo - Uma Nova Era para a HumanidadeEspiritismo - Uma Nova Era para a Humanidade
Espiritismo - Uma Nova Era para a Humanidadeigmateus
 
AS BEM AVENTURANÇAS - Visão Espírita
AS BEM AVENTURANÇAS - Visão EspíritaAS BEM AVENTURANÇAS - Visão Espírita
AS BEM AVENTURANÇAS - Visão EspíritaAnderson Dias
 
Evangeliza - Bem aventurados os que tem os olhos fechados
Evangeliza - Bem aventurados os que tem os olhos fechadosEvangeliza - Bem aventurados os que tem os olhos fechados
Evangeliza - Bem aventurados os que tem os olhos fechadosAntonino Silva
 

Mais procurados (20)

Palestra Espírita - As três revelações
Palestra Espírita - As três revelaçõesPalestra Espírita - As três revelações
Palestra Espírita - As três revelações
 
BEM AVENTURADOS OS QUE CHORAM
BEM AVENTURADOS OS QUE CHORAM BEM AVENTURADOS OS QUE CHORAM
BEM AVENTURADOS OS QUE CHORAM
 
Meu reino não é deste mundo
Meu reino não é deste mundoMeu reino não é deste mundo
Meu reino não é deste mundo
 
Ninguem pode ver_o_reino_de_deus-c_alves
Ninguem pode ver_o_reino_de_deus-c_alvesNinguem pode ver_o_reino_de_deus-c_alves
Ninguem pode ver_o_reino_de_deus-c_alves
 
As bem aventuranças (jesus)
As bem aventuranças (jesus)As bem aventuranças (jesus)
As bem aventuranças (jesus)
 
A felicidade não é desse mundo!
A felicidade não é desse mundo!A felicidade não é desse mundo!
A felicidade não é desse mundo!
 
Bem aventurados os pobres de espirito - Cap VII
Bem aventurados os pobres de espirito - Cap VIIBem aventurados os pobres de espirito - Cap VII
Bem aventurados os pobres de espirito - Cap VII
 
A páscoa na visão espírita
A páscoa na visão espíritaA páscoa na visão espírita
A páscoa na visão espírita
 
Quem é minha mãe e quem são meus irmãos?
Quem é minha mãe e quem são meus irmãos?Quem é minha mãe e quem são meus irmãos?
Quem é minha mãe e quem são meus irmãos?
 
Missão do homem inteligente na terra (Leonardo Pereira).
Missão do homem inteligente na terra (Leonardo Pereira).Missão do homem inteligente na terra (Leonardo Pereira).
Missão do homem inteligente na terra (Leonardo Pereira).
 
Retorno à Vida Corporal - planejamento reencarnatório.pptx
Retorno à Vida Corporal - planejamento reencarnatório.pptxRetorno à Vida Corporal - planejamento reencarnatório.pptx
Retorno à Vida Corporal - planejamento reencarnatório.pptx
 
O sermão da montanha e os valores humanos
O sermão da montanha e os valores humanosO sermão da montanha e os valores humanos
O sermão da montanha e os valores humanos
 
Evangelho Capítulo XXIV - Não por a candeia debaixo do alqueire
Evangelho Capítulo XXIV - Não por a candeia debaixo do alqueireEvangelho Capítulo XXIV - Não por a candeia debaixo do alqueire
Evangelho Capítulo XXIV - Não por a candeia debaixo do alqueire
 
O homem de bem, grande desafio
O homem de bem, grande desafioO homem de bem, grande desafio
O homem de bem, grande desafio
 
Cristo Consolador
Cristo ConsoladorCristo Consolador
Cristo Consolador
 
A Beneficência - Palestra Espírita
A Beneficência - Palestra EspíritaA Beneficência - Palestra Espírita
A Beneficência - Palestra Espírita
 
Espiritismo - Uma Nova Era para a Humanidade
Espiritismo - Uma Nova Era para a HumanidadeEspiritismo - Uma Nova Era para a Humanidade
Espiritismo - Uma Nova Era para a Humanidade
 
AS BEM AVENTURANÇAS - Visão Espírita
AS BEM AVENTURANÇAS - Visão EspíritaAS BEM AVENTURANÇAS - Visão Espírita
AS BEM AVENTURANÇAS - Visão Espírita
 
Evangeliza - Bem aventurados os que tem os olhos fechados
Evangeliza - Bem aventurados os que tem os olhos fechadosEvangeliza - Bem aventurados os que tem os olhos fechados
Evangeliza - Bem aventurados os que tem os olhos fechados
 
Visão espírita da atualidade
Visão espírita da atualidadeVisão espírita da atualidade
Visão espírita da atualidade
 

Destaque

Bem aventurança sermão do monte
Bem aventurança sermão do monteBem aventurança sermão do monte
Bem aventurança sermão do monteMaxuel Alves
 
Apresentação com estudos sobre a ética do sermão do monte
Apresentação com estudos sobre a ética do sermão do monteApresentação com estudos sobre a ética do sermão do monte
Apresentação com estudos sobre a ética do sermão do monteJoão Eduardo
 
Sermão do monte a singularidade de cristo e
Sermão do monte a singularidade de cristo eSermão do monte a singularidade de cristo e
Sermão do monte a singularidade de cristo eHugo Leonardo
 
Apresentação seminário de ebd. robson santos & roney ricardo
Apresentação seminário de ebd. robson santos & roney ricardoApresentação seminário de ebd. robson santos & roney ricardo
Apresentação seminário de ebd. robson santos & roney ricardoProf. Robson Santos
 
Bem aventuranca-sermao-do-monte
Bem aventuranca-sermao-do-monteBem aventuranca-sermao-do-monte
Bem aventuranca-sermao-do-monteMagnoeTalita Souza
 
Sermão Do Monte
Sermão Do MonteSermão Do Monte
Sermão Do MonteAnjovison .
 
Conheça 10 dicas para entender as parábolas de Jesus
Conheça 10 dicas para entender as parábolas de JesusConheça 10 dicas para entender as parábolas de Jesus
Conheça 10 dicas para entender as parábolas de JesusJuraci Rocha
 
Felicidade e Liberdade - Youcat School (Comunidade Oásis)
Felicidade e Liberdade - Youcat School (Comunidade Oásis)Felicidade e Liberdade - Youcat School (Comunidade Oásis)
Felicidade e Liberdade - Youcat School (Comunidade Oásis)Comunidade Católica Oásis
 
Roteiro homilético do 6.º domingo do tempo comum – ano b – verde – 15.02.2015...
Roteiro homilético do 6.º domingo do tempo comum – ano b – verde – 15.02.2015...Roteiro homilético do 6.º domingo do tempo comum – ano b – verde – 15.02.2015...
Roteiro homilético do 6.º domingo do tempo comum – ano b – verde – 15.02.2015...José Luiz Silva Pinto
 
Lição 02 | O batismo e as tentações | Escola Sabatina | Power point
Lição 02 | O batismo e as tentações | Escola Sabatina | Power pointLição 02 | O batismo e as tentações | Escola Sabatina | Power point
Lição 02 | O batismo e as tentações | Escola Sabatina | Power pointjespadill
 

Destaque (20)

Bem aventurança sermão do monte
Bem aventurança sermão do monteBem aventurança sermão do monte
Bem aventurança sermão do monte
 
Palestra 27 bem aventurados
Palestra 27 bem aventuradosPalestra 27 bem aventurados
Palestra 27 bem aventurados
 
LIÇÃO 01 - A FORMAÇÃO DO CARÁTER CRISTÃO
LIÇÃO 01 - A FORMAÇÃO DO CARÁTER CRISTÃOLIÇÃO 01 - A FORMAÇÃO DO CARÁTER CRISTÃO
LIÇÃO 01 - A FORMAÇÃO DO CARÁTER CRISTÃO
 
Apresentação com estudos sobre a ética do sermão do monte
Apresentação com estudos sobre a ética do sermão do monteApresentação com estudos sobre a ética do sermão do monte
Apresentação com estudos sobre a ética do sermão do monte
 
As bem aventuranças!
As bem aventuranças!As bem aventuranças!
As bem aventuranças!
 
Sermão da montanha
Sermão da montanhaSermão da montanha
Sermão da montanha
 
O Sermão da Montanha
O Sermão da MontanhaO Sermão da Montanha
O Sermão da Montanha
 
Sermão do monte a singularidade de cristo e
Sermão do monte a singularidade de cristo eSermão do monte a singularidade de cristo e
Sermão do monte a singularidade de cristo e
 
Bem aventurança
Bem aventurançaBem aventurança
Bem aventurança
 
Apresentação seminário de ebd. robson santos & roney ricardo
Apresentação seminário de ebd. robson santos & roney ricardoApresentação seminário de ebd. robson santos & roney ricardo
Apresentação seminário de ebd. robson santos & roney ricardo
 
Liçãopae13
Liçãopae13Liçãopae13
Liçãopae13
 
Bem aventuranca-sermao-do-monte
Bem aventuranca-sermao-do-monteBem aventuranca-sermao-do-monte
Bem aventuranca-sermao-do-monte
 
Sermão Do Monte
Sermão Do MonteSermão Do Monte
Sermão Do Monte
 
Sermao do monte
Sermao do monteSermao do monte
Sermao do monte
 
Conheça 10 dicas para entender as parábolas de Jesus
Conheça 10 dicas para entender as parábolas de JesusConheça 10 dicas para entender as parábolas de Jesus
Conheça 10 dicas para entender as parábolas de Jesus
 
Felicidade e Liberdade - Youcat School (Comunidade Oásis)
Felicidade e Liberdade - Youcat School (Comunidade Oásis)Felicidade e Liberdade - Youcat School (Comunidade Oásis)
Felicidade e Liberdade - Youcat School (Comunidade Oásis)
 
Roteiro homilético do 6.º domingo do tempo comum – ano b – verde – 15.02.2015...
Roteiro homilético do 6.º domingo do tempo comum – ano b – verde – 15.02.2015...Roteiro homilético do 6.º domingo do tempo comum – ano b – verde – 15.02.2015...
Roteiro homilético do 6.º domingo do tempo comum – ano b – verde – 15.02.2015...
 
Lição 02 | O batismo e as tentações | Escola Sabatina | Power point
Lição 02 | O batismo e as tentações | Escola Sabatina | Power pointLição 02 | O batismo e as tentações | Escola Sabatina | Power point
Lição 02 | O batismo e as tentações | Escola Sabatina | Power point
 
Evangelho de lucas liçao 3
Evangelho de lucas liçao 3Evangelho de lucas liçao 3
Evangelho de lucas liçao 3
 
Lição 02 ester
Lição 02 esterLição 02 ester
Lição 02 ester
 

Semelhante a As Bem-Aventuranças - Sermão do Monte

Em busca da felicidade ( Leonardo Pereira).
Em busca da felicidade ( Leonardo Pereira). Em busca da felicidade ( Leonardo Pereira).
Em busca da felicidade ( Leonardo Pereira). Leonardo Pereira
 
Evolução e o Sermão da Montanha
Evolução e o Sermão da MontanhaEvolução e o Sermão da Montanha
Evolução e o Sermão da MontanhaAntonio Chaves
 
Aprendizes 1 ano aula 9 Parte B – o Sermão do Monte
Aprendizes 1 ano aula 9   Parte B – o Sermão do MonteAprendizes 1 ano aula 9   Parte B – o Sermão do Monte
Aprendizes 1 ano aula 9 Parte B – o Sermão do Montefree
 
A Felicidade, As Leis Divinas e A Reforma Íntima.ppt
A Felicidade, As Leis Divinas e A Reforma Íntima.pptA Felicidade, As Leis Divinas e A Reforma Íntima.ppt
A Felicidade, As Leis Divinas e A Reforma Íntima.pptEdsonAguiar30
 
Alegria confiança video
Alegria confiança videoAlegria confiança video
Alegria confiança videoCeile Bernardo
 
O Perdão,lei de Evolução e Progresso
O Perdão,lei de Evolução e ProgressoO Perdão,lei de Evolução e Progresso
O Perdão,lei de Evolução e ProgressoCeile Bernardo
 
A verdade e a felicidade residem em deus
A verdade e a felicidade residem em deusA verdade e a felicidade residem em deus
A verdade e a felicidade residem em deusDalila Melo
 
Em busca da felicidade_Leonardo Pereir.ppt
Em busca da felicidade_Leonardo Pereir.pptEm busca da felicidade_Leonardo Pereir.ppt
Em busca da felicidade_Leonardo Pereir.pptTelma Lima
 
O caminho para a felicidade / The way to happiness / Путь к счастью
O caminho para a felicidade / The way to happiness / Путь к счастьюO caminho para a felicidade / The way to happiness / Путь к счастью
O caminho para a felicidade / The way to happiness / Путь к счастьюMarcelo Bomfim de Aguiar
 
Boletim o pae fevereiro 2020
Boletim o pae   fevereiro 2020Boletim o pae   fevereiro 2020
Boletim o pae fevereiro 2020O PAE PAE
 
Por que comigo
Por que comigoPor que comigo
Por que comigoLisete B.
 
Perdo 130429173017-phpapp01
Perdo 130429173017-phpapp01Perdo 130429173017-phpapp01
Perdo 130429173017-phpapp01apqbarros
 

Semelhante a As Bem-Aventuranças - Sermão do Monte (20)

Em busca da felicidade ( Leonardo Pereira).
Em busca da felicidade ( Leonardo Pereira). Em busca da felicidade ( Leonardo Pereira).
Em busca da felicidade ( Leonardo Pereira).
 
Conquista da Paz de Espirito
Conquista da Paz de EspiritoConquista da Paz de Espirito
Conquista da Paz de Espirito
 
A felicidade não é deste mundo
A felicidade não é deste mundoA felicidade não é deste mundo
A felicidade não é deste mundo
 
Evolução e o Sermão da Montanha
Evolução e o Sermão da MontanhaEvolução e o Sermão da Montanha
Evolução e o Sermão da Montanha
 
(28) Cura Interior.pdf
(28) Cura Interior.pdf(28) Cura Interior.pdf
(28) Cura Interior.pdf
 
Aprendizes 1 ano aula 9 Parte B – o Sermão do Monte
Aprendizes 1 ano aula 9   Parte B – o Sermão do MonteAprendizes 1 ano aula 9   Parte B – o Sermão do Monte
Aprendizes 1 ano aula 9 Parte B – o Sermão do Monte
 
A Felicidade, As Leis Divinas e A Reforma Íntima.ppt
A Felicidade, As Leis Divinas e A Reforma Íntima.pptA Felicidade, As Leis Divinas e A Reforma Íntima.ppt
A Felicidade, As Leis Divinas e A Reforma Íntima.ppt
 
64014763 saude-joao-nunes-maia-pelo-espirito-miramez
64014763 saude-joao-nunes-maia-pelo-espirito-miramez64014763 saude-joao-nunes-maia-pelo-espirito-miramez
64014763 saude-joao-nunes-maia-pelo-espirito-miramez
 
Alegria confiança video
Alegria confiança videoAlegria confiança video
Alegria confiança video
 
Alegria confiança video
Alegria confiança videoAlegria confiança video
Alegria confiança video
 
O Perdão,lei de Evolução e Progresso
O Perdão,lei de Evolução e ProgressoO Perdão,lei de Evolução e Progresso
O Perdão,lei de Evolução e Progresso
 
A verdade e a felicidade residem em deus
A verdade e a felicidade residem em deusA verdade e a felicidade residem em deus
A verdade e a felicidade residem em deus
 
Em busca da felicidade_Leonardo Pereir.ppt
Em busca da felicidade_Leonardo Pereir.pptEm busca da felicidade_Leonardo Pereir.ppt
Em busca da felicidade_Leonardo Pereir.ppt
 
O caminho para a felicidade / The way to happiness / Путь к счастью
O caminho para a felicidade / The way to happiness / Путь к счастьюO caminho para a felicidade / The way to happiness / Путь к счастью
O caminho para a felicidade / The way to happiness / Путь к счастью
 
O caminho para a felicidade
O caminho para a felicidadeO caminho para a felicidade
O caminho para a felicidade
 
Boletim o pae fevereiro 2020
Boletim o pae   fevereiro 2020Boletim o pae   fevereiro 2020
Boletim o pae fevereiro 2020
 
Evangelho segundo o e spiritismo
Evangelho segundo o e spiritismoEvangelho segundo o e spiritismo
Evangelho segundo o e spiritismo
 
Por que comigo
Por que comigoPor que comigo
Por que comigo
 
Aula 3 - Se Eu Quiser Falar Com Deus
Aula 3 - Se Eu Quiser Falar Com DeusAula 3 - Se Eu Quiser Falar Com Deus
Aula 3 - Se Eu Quiser Falar Com Deus
 
Perdo 130429173017-phpapp01
Perdo 130429173017-phpapp01Perdo 130429173017-phpapp01
Perdo 130429173017-phpapp01
 

Último

Material sobre o jubileu e o seu significado
Material sobre o jubileu e o seu significadoMaterial sobre o jubileu e o seu significado
Material sobre o jubileu e o seu significadofreivalentimpesente
 
O Livro de Yashar e Jaser - Impressao.pdf
O Livro de Yashar e Jaser - Impressao.pdfO Livro de Yashar e Jaser - Impressao.pdf
O Livro de Yashar e Jaser - Impressao.pdfSUELLENBALTARDELEU
 
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 EGÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 EMicheleRosa39
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pãoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pãoRicardo Azevedo
 
10 Orações Para Honrar São José Operário
10 Orações Para Honrar São José Operário10 Orações Para Honrar São José Operário
10 Orações Para Honrar São José OperárioNilson Almeida
 
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semanaLIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semanaWillemarSousa1
 
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptxLição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptxCelso Napoleon
 
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...silvana30986
 
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptxGestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptxSebastioFerreira34
 

Último (10)

Material sobre o jubileu e o seu significado
Material sobre o jubileu e o seu significadoMaterial sobre o jubileu e o seu significado
Material sobre o jubileu e o seu significado
 
Fluido Cósmico Universal e Perispírito.ppt
Fluido Cósmico Universal e Perispírito.pptFluido Cósmico Universal e Perispírito.ppt
Fluido Cósmico Universal e Perispírito.ppt
 
O Livro de Yashar e Jaser - Impressao.pdf
O Livro de Yashar e Jaser - Impressao.pdfO Livro de Yashar e Jaser - Impressao.pdf
O Livro de Yashar e Jaser - Impressao.pdf
 
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 EGÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pãoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
 
10 Orações Para Honrar São José Operário
10 Orações Para Honrar São José Operário10 Orações Para Honrar São José Operário
10 Orações Para Honrar São José Operário
 
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semanaLIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
 
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptxLição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
 
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...
 
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptxGestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
 

As Bem-Aventuranças - Sermão do Monte

  • 1. As Bem-Aventuranças Sermão do Monte “Eu vim para que tenham vida, e a tenham em abundância” (João 10-10) “Mas aquele que beber da água que eu lhe der nunca terá sede” (João 4-14)
  • 2. CONCEITO A Bem-Aventurança é uma declaração de bênção com base em uma virtude ou na boa sorte. A fórmula se inicia com "bem-aventurado aquele..." Com Jesus toma a forma de um paradoxo: a bem-aventurança não é proclamada em virtude de uma boa sorte, mas exatamente em virtude de uma má sorte: pobreza, fome, dor, perseguição...Em grego:FELICIDADE; Em hebraico: em marcha. QUE BUSCAMOS? 1- A PAZ, mas, onde a procuramos? 2-UM OBJETIVO: de onde viemos, por qual razão estamos aqui e pra onde estamos indo? 3-RELACIONAMENTO COM DEUS: segurança, fé num Poder Supremo, amizade com o Criador.
  • 3. A FINALIDADE DE PREGAÇÃO Comunicar à humanidade inteira as oito regras básicas para todo o comportamento humano. Abra seu coração, aguce sua sensibilidade encontrando um contentamento e uma alegria que haverão de descortinar em seu coração, o segredo da felicidade! Uma filosofia universal! O que Jesus iria nos ensinar? A busca da felicidade!
  • 4. Ser e Ter Supérfluo X “Buscar em primeiro lugar o Reino de Deus e sua justiça (reino do ser) e tudo o mais lhe será acrescentado (reino do ter)”. Quando se É nada se perde; quando se TEM perde-se, pois é transitório. (deixamos) E como gostamos de ter!! Que o Ter seja o fruto do Ser! Ter é horizontalidade e Ser é verticalidade (dons). (levamos) Necessário
  • 5. AS OITO REGRAS – UMA EXPERIÊNCIA REFLEXIVA 1.ª) Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus. 2.ª) Bem-aventurados os que choram (aflitos), porque serão consolados. 3.ª) Bem-aventurados aqueles que são brandos e pacíficos (mansos), porque herdarão a Terra. 4.ª) bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque serão saciados. 5.ª) Bem-aventurados aqueles que são misericordiosos, porque alcançarão misericórdia. 6.ª) Bem-aventurados aqueles que têm puro o coração, porque verão a Deus. 7.ª) bem-aventurados os que sofrem perseguição pela justiça, porque o reino dos céus é para eles. 8.ª) Bem-aventurados sois quando, por minha causa, vos injuriarem e vos perseguirem e, mentindo, disserem todo mal contra vós. Regozijai-vos e exultai, porque é grande o vosso galardão nos céus; pois assim perseguiram aos profetas que viveram antes de vós. (Mateus, 5, 1 a 12)
  • 6. POBRE DE ESPÍRITO: O QUE É E O QUE NÃO É Não é aquele que é pobre do ponto de vista material; não é aquele que se deprecia; não é aquele que é covarde; não é aquele que esconde seu talento. É aquele que reconhece que é: carente na esfera do espírito; que não possui as riquezas e os dons espirituais; que depende de Deus. Por pobres de espírito Jesus não entende os homens desprovidos de inteligência, mas os humildes: ele disse que o reino dos céus é deles e não dos orgulhosos. A humildade é a parte mais bela da sabedoria! "Em dizendo que o reino dos céus é para os simples, Jesus quer dizer que ninguém é nele admitido sem a simplicidade de coração e a humildade de espírito; que o ignorante que possui essas qualidades será preferido ao sábio que crê mais em si do que em Deus". (graças te dou, ó Pai, que ocultaste essas coisas aos sábios e entendidos e as revelastes aos pequeninos... Jesus – MT, 11-25) Sócrates: “Só sei que nada sei”!
  • 7. Analisando a condição da humanidade Proposta audaciosa de Jesus! Por quê? -medicina desenvolvida= homens enfermos; -várias religiões= homens egoístas e materializados; -Mundo rico de pobres morais; -Mundo fascinante de poderosos,escravizados; -Jesus propõe felicidade por meio da pobreza: -Tendo sem ser encarcerado na posse; -Usar sem abusar; -Desfrutar os bens da Terra, mas deixá-lo com a naturalidade de quem não os tem. (não ajunteis tesouros na terra... Jesus) Possuímos muitos Tesouros para alívio dos irmãos caídos. UM DIA INESQUECÍVEL Naquele dia havia naquela multidão que acreditavam como muitos hoje em dia creem que a chave para a felicidade acha-se nas riquezas; mas a mensagem do Cristo era inédita, apontava para o caminho que nos leva a Deus.
  • 8. A CURA DE NOSSA DOENÇA ESPIRITUAL AUTOCONHECIMENTO:- percepção de que somos espiritualmente pobres, admitir nossas faltas como primeiro passo para a felicidade, a paz, o contentamento. HUMILDADE:- desapego de si mesmo e das coisas materiais. (jovem rico que foi falar com Jesus). Achegar-se a Jesus:- “Pois todos vós sois filhos de Deus, mediante a fé em Cristo Jesus”. (Gálatas 3-26) Negar a nós mesmos:- servindo a Jesus, eu destituído de coisas; prestando muita atenção nas nossas provas e expiações, aprendendo com a dor.
  • 9. CHORO COM VALOR E CHORO SEM VALOR Chorar por si de forma egoísta e frustrada não tem valor nenhum, por isso, muitos choram sem consolação. O choro com valor é aquele que evoca um arrependimento sincero ante o erro cometido, não só com relação ao próximo como com relação a Deus. Nesse sentido chorar é ter saúde espiritual. Choram e serão consolados, os que entenderam o sentido da dor, da tristeza, da aflição e do sofrimento, como mecanismos educativos de alerta para o renascimento espiritual. Aquele que não aprende com os fatos desagradáveis, forçam a Consciência Cósmica a reproduzi-los. “O que negas te submete, o que aceitas te transforma”! Jung
  • 10. Ser manso não significava ser um covarde servil, mas um crente na bondade de Deus e na benignidade do universo. Vive e leva a paz em lugares de conflitos. Aprenderam controlar suas emoções; Não a violência! Aceitação da vontade de Deus (resignação).
  • 11. A Mansidão é uma atitude interna de quem é pobre de espírito e de quem chora. É o ponto de vista que a pessoa faz de si mesma, que se expressa da forma com que o cristão vê os outros. Pacíficos e Pacificadores - Consciência pacífica; Paz consigo; coerência entre as ideias, as falas e os atos. Paz com o próximo: respeito ao direito do outro. Paz com o ambiente: harmonização com o mundo em que vive; seres e coisas. O pacífico se alimenta da paz. A paciência é a ciência da paz: autocontrole, autoconhecimento e equilíbrio emocional são construções que requerem um esforço pessoal. Lute pela sua paz interior, ou ela está dentro de você, ou você ainda não a conquistou.
  • 12. “Bem-aventurados os que têm puro o coração, porquanto verão a Deus”. Bem-aventurado os limpos de coração que projetam a claridade de seus intentos puros sobre todas as situações e sobre todas as coisas, porque encontrarão a parte melhor da vida, em todos os lugares, conseguindo penetrar a grandeza dos propósitos divinos, entendendo o estágio de cada um. Pureza de intenções. “Ver Deus”, é entender sua bondade e justiça. É não estar escravizado a nada e a ninguém. Ajustou-se às Leis de Deus.
  • 13. “Bem-aventurados os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia”. "sentir a miséria do outro em meu coração". Quando nos vemos em posição de domínio ou superioridade sobre o outro, que havia transgredido contra nossa pessoa e nós nos recusamos em nos vingar, ( dar a outra face). Misericórdia é uma disposição da alma, de ser semelhante a Cristo ao encarar amigos, inimigos, desprezados, e pecadores. Perdão é o remédio de melhor efeito, ter indulgência, não condenar,”Perdoa as nossas ofensas”... ( Chico visita uma prisão)...
  • 14. ANÁLISE JUNGUIANA Carl Gustav Jung, psiquiatra suíço, foi muito feliz quando fez um paralelo entre os ensinamentos de Jesus e a psicologia. Vejamos o que ele nos traz, na interpretação das Bem-aventuranças (Mateus 5:3-10). 1. Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus. Felizes aqueles que têm consciência de sua pobreza espiritual e que buscam humildemente aquilo que necessitam. Descubram que o Reino está dentro de você, mas se não se conhecerem, viverão na pobreza e serão pobres! 2. Bem-aventurados os que choram, porque serão consolados. Os que choram se encontram envolvidos num processo de crescimento. Eles serão consolados quando o valor projetado, perdido, for recuperado no interior da psique. Falta de algo, vazio interior, frustração; desejo não realizado gera frustrações,culpas, mágoas e choro! 3. Bem-aventurados os mansos, porque herdarão a terra. Essa mansidão está relacionada ao Ego, que precisa ser trabalhado, essa atitude é afortunada, pois o Ego está pronto para receber ensinamentos e aberto às novas considerações que podem levar a uma rica herança. Herdar a terra significa adquirir uma consciência em saber se relacionar com o todo ou de ter uma participação pessoal no todo. Pra que haja mansidão, preciso ser consciente que é pobre em espírito, lamentar as imperfeições, trazer à consciência o que está no inconsciente pessoal e também no inconsciente coletivo!
  • 15. 4. Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque serão saciados. Trata-se de um princípio orientador interior, de caráter objetivo, que traz um sentimento de realizações do Ego que o busca com fome. A justiça de estar vivendo de acordo com a verdadeira e real necessidade interior. Reconcilia-te contigo mesmo! 5. Bem-aventurados os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia. Se o Ego é misericordioso, ele receberá misericórdia do íntimo.Disposição do Perdão, só perdoa quem já é capaz de perdoar-se! 6. Bem-aventurados os puros de coração, porque verão a Deus. A pureza ou a limpeza podem significar um estado do Ego, livre da contaminação de conteúdo ou motivações do inconsciente. Aquele que é consciente é puro, porque sabe que seu erro abre uma porta para experimentar a sua própria essência. Consciência do que é essencial; amor – caridade, pureza de coração! 7. Bem-aventurados os pacificadores, porque serão chamados de filhos de Deus. O papel apropriado do Ego é mediar entre as partes oponentes aos conflitos intrapsíquicos internos. Equilíbrio! 8. Bem-aventurados os que são perseguidos por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus. O Ego precisa suportar a dor e o sofrimento, sem sucumbir ao amargor e ao ressentimento, para relacionar-se à lei interna objetiva. Prática do servir desinteressado, se ligar ao essencial! Jung nos mostra através dessa correlação entre os ensinamentos de Jesus e a psique humana que o principal ponto das Bem-aventuranças entendidas psicologicamente é a exaltação do Ego não inflado, um Ego humilde.
  • 16. AS BEM-AVENTURANÇAS E A DOUTRINA ESPÍRITA 1º- Cap.I – “Não vim destruir a Lei” 1ª Revelação, a 2ª o novo testamento, o Espiritismo é continuidade, é a síntese das Leis de Deus. Aliança entre a ciência e a Religião; não viemos brigar, nem dividir, viemos dar as mãos. O Espiritismo não veio destruir a lei, muda de acordo com nossa evolução. Traço de união: Leis que regem o mundo espiritual e suas relações com o mundo físico; A FÉ E A RAZÃO, derrotará o materialismo. 2º- Cap.II –“Meu reino não é deste mundo”. Última mensagem deste capítulo é ditada por uma rainha: “Uma realeza terrestre”; só há um Espírito Rei, que detém todas as qualidades morais e intelectuais para nos dirigir; JESUS, realeza moral. (Conversa que Jesus teve com Pilatos). 3º - Cap.III –“Há muitas moradas na casa do Pai” – Naquela época não tínhamos 10% da capacidade de entendimento de astronomia; só na nossa galáxia tem dez bilhões de sóis como o nosso. Qual a nossa identidade? Brasileiro, terráqueo ou um ser Cósmico? O mesmo Código Moral que nos rege aqui vigora em qualquer Galáxia, no Universo infinito, portanto a nossa religião é a RELIGIÃO CÓSMICA DO AMOR E DA SABEDORIA. Tem mais de um bilhão de planetas em transição, pra cada planeta em transição, tem dez planetas de Espíritos Puros. 4º - cap.IV – “Ninguém pode ver o Reino de Deus se não nascer de novo” - O Evangelho vem nos falar do Espírito Imortal, das reencarnações, vida após a morte do corpo, não perdemos ninguém, os que se amam se buscam, nunca ficam longe, não percebemos, quando o natural seria perceber, mas estamos tão encarnados, tem muitos espíritos que nem perceberam que desencarnaram.
  • 17. Aspectos consoladores: JESUS - consolo das aquisições eternas não das vitórias efêmeras; -desceu até a Terra; -morreu em sacrifício para deixar mensagem consoladora; - temos um irmão mais velho, mas é mais velho mesmo, já é Cristo há bilhões de anos ao nosso lado; -nada que vamos passar, que Ele não tenha passado. -suas mãos trouxeram alívio para os sofredores e aflitos; -seus olhos doces, bondosos, consoladores, refletiam suavemente a Luz do seu Espírito, Luz essa que os homens não podiam suportar cegando Paulo na estrada de Damasco; -seus pés andavam pela Judeia, Samaria, Galileia sem reclamar de dor, cansaço, levando ensinamentos e socorro aos aflitos. CRISTO CONSOLADOR: essência do Espiritismo:
  • 18. CULTIVANDO AS BEM-AVENTURANÇAS Cultivar as bem-aventuranças não é alçar exclamações de piedade inativa para o céu, lastimando os males do próximo com a boca e guardando os braços em repouso, diante do sofrimento alheio que nos convoca ao auxílio, à fraternidade e à cooperação. Bem-aventurados os que lutam e sofrem que se agitam e trabalham na materialização do bem comum, porque todos aqueles que fazem da piedade o serviço constante do amor encontram realmente as portas abertas para o Reino de Deus.
  • 19. O AUXÍLIO DOS ESPÍRITOS SUPERIORES Por amor, os bem-aventurados, que já conquistaram a Luz Divina, descerão até nós, desculpando-nos a falta e suprindo- nos as fraquezas, a integrar-nos na ciência difícil de corrigir-nos, por nós mesmos, sem reclamarem o título de mestres. Vem das alturas e apagam-se. Ajudam-nos a carregar o fardo de nossos erros, sem tornar-nos irresponsáveis. Alentam-nos a energia sem demitir-nos da obrigação, ensinando-nos o caminho da porta de acesso à pedagogia de Deus que é AMOR. Deus corrigirá todos os erros, não há um só espírito que não se aperfeiçoará; Deus usa o tempo não a violência! MISERICÓRDIA!
  • 20. CONCLUSÃO “Todo aquele que ouve estas minhas palavras e as pratica, será comparado a um homem prudente que edificou a sua casa sobre rocha; e todo aquele que ouve estas minhas palavras e não as pratica, será comparado a um homem insensato, que edificou a sua casa sobre areia”. MT 7:24-27 Mahatma Gandhi que era hinduísta, tinha razão quando disse que, se dos ensinamentos do Cristo ficassem apenas os extratos do Sermão do Monte, teríamos condições de pautar a nossa conduta dentro dos mais excelsos parâmetros para nos relacionarmos bem em sociedade. “Bem-aventurados (muito felizes) aqueles que leem, ouvem e que guardam estas coisas no seu coração... ( Apocalipse 1:3 )