Arquivos gestao de pessoas

739 visualizações

Publicada em

Apresentação sobre Gestão de Pessoas

Publicada em: Negócios
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Arquivos gestao de pessoas

  1. 1. Conceito de Gestão de Pessoas Afinal, o que é Gestão de Pessoas? É a função gerencial que visa à cooperação das pessoas que atuam nas organizações para o alcance dos objetivos tanto organizacionais quanto individuais. Onde houve uma evolução das áreas designadas no passado como Administração de Pessoal, Relações Industriais e Administração de Recursos Humanos. Essa expressão aparece no final do século XX e guarda similaridade com outras que também vêm popularizando-se, tais como Gestão de Talentos, Gestão de Parceiros e Gestão do Capital Humano). A expressão Gestão de Pessoas visa substituir Administração de Recursos Humanos, que, ainda é a mais utilizada, nos tempos atuais para designar os modos de lidar com as pessoas nas organizações. (GIL, Antonio Carlos: Gestão de Pessoas: Enfoque nos Papéis Profissionais – São Paulo: Atlas, 2001).
  2. 2. As Etapas das Organizações Era da Industrialização Clássica 1900-1950 Era da Informação Após 1990 Era da Industrialização Neoclássica 1950-1990 Estrutura Organizacional Predominante Cultura Organizacional Predominante Burocrática, funcional, piramidal, centralizado- ra, rígida e inflexível. Ênfase nos órgãos. Mista, matricial, com ênfase na departamen- talização por produtos ou serviços ou unidades estratégicas de negócios. Flúida, ágil e flexível, totalmente descentralizada. Ênfase nas redes de equipes multifuncionais. Teoria X. Foco no passa- do, nas tradições e nos valores conservadores. Ênfase na manutenção do statu quo. Valor à tradição e experiência. Teoria Y. Foco no futuro e no destino. Ênfase na mudança e na inovação. Valor ao conhecimento e criatividade. Transição. Foco no presente e no atual. Ênfase na adaptação ao ambiente. Valor à renovação e revitalização. Ambiente Organizacional Estático, previsível, poucas e gradativas mudanças. Poucos desafios ambientais. Administração das Pessoas Intensificação e aceleração das mudanças ambientais. Mutável, imprevisível, turbulento, com grandes e intensas mudanças. Eras: Períodos: Modos de lidar com as pessoas Pessoas como fatores de produtos inertes e estáticos. Ênfase nas regras e controles rígidos para regular as pessoas. Relações Industriais Pessoas como seres humanos proativos e inteligentes que devem ser impulsionados. Ênfase na liberdade e no comprometimento para motivar as pessoas. Pessoas como recursos organizacionais que devem ser administrados. Ênfase nos objetivos organizacionais para dirigir as pessoas. Administração de Recursos Humanos Gestão de Pessoas
  3. 3. Relações Industriais Missão da Área Gestão de Pessoas Administração de Recursos Humanos Formato do Trabalho Centralização total das operações no órgão de RH. Responsabilidade de linha e função de staff. Descentralização rumo aos gerentes e às suas equipes. Criar a melhor empresa e a melhor qualidade de trabalho. Nível de Atuação Focalização global e estratégica no negócio. Departamentalizada e Tática. Burocratizada e Operacional. Rotina. Comando da Ação Decisões e ações do Gerente e de sua equipe de trabalho. Decisões vindas da cúpula da área e ações centralizadas no órgão de RH. Decisões vindas da cúpula da organização e ações centralizadas no órgão de RH. Tipo de Atividade Consultoria interna. Descentralização e compartilhamento. Consultoria interna e prestação de serviços especializados. Execução de serviços especializados. Centralização e isolamento da área. Principais Atividades Como os gerentes e suas equipes podem escolher, treinar, liderar, motivar, avaliar e recompensar os seus participantes. Recrutamento, seleção, treinamento, adminis- tração de salários, benefícios, higiene e segurança, relações sindicais. Admissão, demissão, controle de freqüência, legislação do trabalho, disciplina, relações sindicais, órdem. Atrair e manter os melhores funcionários. Vigilância, coerção, coação, punições. Confinamento social das pessoas. Caracte- rísticas As 3 etapas da Gestão de Pessoas
  4. 4. Globalização Tecnologia Informação Conhecimento Serviços Ênfase no Cliente Qualidade Produtividade Competitividade Gestão de Pessoas Tendencias Atuais do Mundo Moderno Os Desafios da Gestão de Pessoas
  5. 5. O Contexto da Gestão de Pessoas Objetivos Organizacionais e Individuais Objetivos Organizacionais Objetivos Individuais • Sobrevivência • Crescimento sustentado • Lucratividade • Produtividade • Qualidade nos Produtos/Serviços • Redução de Custos • Participação no Mercado • Novos Mercados • Novos Clientes • Competitividade • Imagem no Mercado • Melhores Salários • Melhores Benefícios • Estabilidade no Emprego • Segurança no Trabalho • Qualidade de Vida no Trabalho • Satisfação no Trabalho • Consideração e Respeito • Oportunidades de Crescimento • Liberdade para Trabalhar • Liderança Liberal • Orgulho da Organização
  6. 6. Objetivos da Gestão de Pessoas • Ajudar a organização a alcançar seus objetivos e realizar sua missão. • Proporcionar competitividade à organização. • Proporcionar à organização talentos bem treinados e motivados. • Aumentar a auto-atualização e a satisfação das pessoas no trabalho. • Desenvolver e manter qualidade de vida no trabalho. • Administrar a mudança. • Ajudar a organização a alcançar seus objetivos e realizar sua missão. • Proporcionar competitividade à organização. • Proporcionar à organização talentos bem treinados e motivados. • Aumentar a auto-atualização e a satisfação das pessoas no trabalho. • Desenvolver e manter qualidade de vida no trabalho. • Administrar a mudança.
  7. 7. Os seis processos de Gestão de Pessoas Gestão de Pessoas Processos de Agregar Pessoas Processos de Aplicar Pessoas Processos de Recompensar Pessoas Processos de Desenvolver Pessoas Processos de Manter Pessoas Processos de Monitorar Pessoas * Recrutamento * Seleção * Modelagem do Trabalho * Avaliação do Desempenho * Remuneração * Benefícios * Incentivos * Treinamento * Desenvolvimento * Aprendizagem * Higiene e Segurança * Qualidade Vida * Relações com Sindicatos * Banco de Dados * Sistemas de Informações Gerenciais
  8. 8. Modelo de diagnóstico de RH Processos de Agregar Pessoas Processos de Aplicar Pessoas Processos de Recompensar Pessoas Processos de Desenvolver Pessoas Processos de Manter Pessoas Processos de Monitorar Pessoas * Recrutamento * Seleção * Desenho de Cargos * Avaliação do Desempenho * Remuneração * Benefícios e Serviços * Treinamento * Mudanças * Comunicações * Disciplina * Higiene, Segurança e Qualidade Vida * Relações com Sindicatos * Banco de Dados * Sistemas de Informações Gerenciais Influências Organizacionais Internas Influências Ambientais Externas *Leis e regulamentos legais * Sindicatos * Condições econômicas * Competitividade * Condições sociais e culturais * Missão organizacional * Visão, objetivos e estratégia * Cultura organizacional * Natureza das tarefas * Estilo de liderança Processos de RH Resultados Finais Desejáveis Práticas éticas e socialmente responsáveis Produtos e serviços competitivos e de alta qualidade Qualidade de vida no trabalho
  9. 9. Fatores Internos e Externos que influenciam o Comportamento Humano A pessoa na organização Fatores Internos Fatores Externos -Personalidade -Aprendizagem -Motivação -Percepção -Valores -Ambiente organizacional -Regras e regulamentos -Cultura -Políticas -Métodos e processos -Recompensas e punições -Grau de confiança Comportamento das Pessoas dentro das organizações
  10. 10. Competência Habilidade Conhecimento Habilidade Competência SABER SABER FAZER SABER FAZER ACONTECER • Aprender a aprender * Aplicar o conhecimento * Alcançar metas • Aprender continuamente * Resolver problemas * Agregar valor • Aumentar o conhecimento * Criar e inovar * Obter excelência * Empreender A constituição do talento humano
  11. 11. CAPITAL INTELECTUAL Capital Interno Capital Humano Capital Externo ESTRUTURA INTERNA: Conceitos, modelos, processos, sistemas administrativos e informacionais. São criados pelas pessoas e utilizados pela organização. ESTRUTURA EXTERNA: Relações com clientes e fornecedores, marcas, imagem e reputação. Dependem de como a organização resolve e oferece soluções para os problemas dos clientes. COMPETÊNCIAS INDIVIDUAIS: Habilidades das pessoas em agir em determinadas situações. Educação, experiências, valores e competências. A constituição do capital intelectual
  12. 12. Caso de Apoio Gerentes X Profissionais de RH A Sands Corporation produz equipamentos de computação para carros. De 130 funcionários passou a 700. O diretor e funcionário do DP cuidava de arquivos de pessoal, recrutamento, pagamento e tarefas rotineiras. Os gerentes de linha tratavam dos assuntos de pessoal como: quem admitir, promover, desligar ou treinar. Hoje, a Sands tem 700 funcionários. O antigo DP tornou-se DRH com um diretor, 3 especialistas e 4 assistentes. A diretoria quer um DRH forte e passou a atribuir novas responsabilidades ao DRH, como: Admissões. 2. Diversidade da força de trabalho. 3. Remuneração. 4. Avaliação dos funcionários. 5. Treinamento. 6. Pesquisas de opinião. Os gerentes de linha não gostaram e reclamaram que o DRH absorveu suas responsabilidades e direitos. O Diretor de RH rejeita as acusações e argumenta que os gerentes desejar fazer as coisas à sua maneira e não levam em consideração o que é melhor para a empresa. 1. Qual a principal fonte de conflito entre gerentes e DRH? 2. Os gerentes deveriam ter maior autonomia? 3. Como os diretores poderiam lidar com as reclamações? 4. Como o Diretor de RH poderia resolver a situação?

×