Modalidades Organizativas do 
Trabalho Pedagógico 
UMA POSSIBILIDADE 
T E X TO DE A L F R EDI NA NE R Y
PROPOSTA DO TEXTO 
O texto propõe “articular algumas concepções 
e sugestões de práticas dos demais textos, na 
tentativa ...
Trazendo reflexões sobre o planejamento, parte crucial 
do trabalho de um professor, também é possível 
encontrar sugestõe...
É importante salientar que a autora, durante suas 
considerações acerca do planejamento, deixa claro que 
a participação d...
“(...) Um aspecto, muitas vezes negligenciado, é a 
participação dos pais/comunidade no planejamento. 
Não se pode esquece...
Apesar de não haver menção direta ao PPP, é possível 
perceber que ele está por trás do que virá a ser o 
planejamento esc...
Após suas colocações, a autora relata como se dá a 
organização do trabalho pedagógico através de 
atividades. As atividad...
Por fim, a autora ratifica que as propostas 
apresentadas ao longo do texto não se restringem ao 
trabalho com crianças – ...
Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ 
Faculdade de Educação da Baixada Fluminense - FEBF 
DISCIPLINA: EEPP IV 
...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Modalidades Organizativas do Trabalho Pedagógico: Uma possibilidade.

3.628 visualizações

Publicada em

Resumo em slides do texto Modalidades Organizativas do Trabalho Pedagógio, de Alfredina Nery.

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Modalidades Organizativas do Trabalho Pedagógico: Uma possibilidade.

  1. 1. Modalidades Organizativas do Trabalho Pedagógico UMA POSSIBILIDADE T E X TO DE A L F R EDI NA NE R Y
  2. 2. PROPOSTA DO TEXTO O texto propõe “articular algumas concepções e sugestões de práticas dos demais textos, na tentativa de sinalizar possibilidades cotidianas de trabalho.” (pag. 109)
  3. 3. Trazendo reflexões sobre o planejamento, parte crucial do trabalho de um professor, também é possível encontrar sugestões de atividades* que possam ser realizadas a fim de “amarrar” as ideias planejadas. *Durante a leitura, foi possível perceber que muito do que estava escrito, dialogava com o que foi trazido por Claudia Lino na aula passada.
  4. 4. É importante salientar que a autora, durante suas considerações acerca do planejamento, deixa claro que a participação dos pais e de toda a comunidade escolar é importante durante este planejamento, o que nos remete ao conceito de gestão democrática.
  5. 5. “(...) Um aspecto, muitas vezes negligenciado, é a participação dos pais/comunidade no planejamento. Não se pode esquecer que são suas histórias, suas profissões, seus modos de entender e agir no mundo que constituem a identidade das crianças, nossos estudantes na escola. (...)” pág. 111
  6. 6. Apesar de não haver menção direta ao PPP, é possível perceber que ele está por trás do que virá a ser o planejamento escolar, que resultará na organização da escola, que por sua vez influenciará o trabalho pedagógico desempenhado pela equipe – visto que o PPP reflete a proposta educacional da escola para seus alunos. “(...) Se entendermos que o currículo escolar é a construção da identidade do estudante e espaço de conflito dos interesses da sociedade, o planejamento precisa ser compreendido como processo coletivo e como ferramenta de diálogo em que se considere a participação também dos estudantes no trabalho a ser constituído, bem como a comunidade escolar. (...)”. pag. 111
  7. 7. Após suas colocações, a autora relata como se dá a organização do trabalho pedagógico através de atividades. As atividades relatadas no texto seguem, também, o que foi compartilhado por Claudia na última aula. Atividades permanentes, sequência no trabalho que for realizando, desenvolvimento deste trabalho – que pode se dar através de projetos – brincadeiras, etc, são alguns dos exemplos citados.
  8. 8. Por fim, a autora ratifica que as propostas apresentadas ao longo do texto não se restringem ao trabalho com crianças – algo (também) mencionado por Claudia – e que as modalidades organizativas são, além de necessárias, flexíveis, já que irão depender das necessidades dor professor e da turma.
  9. 9. Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ Faculdade de Educação da Baixada Fluminense - FEBF DISCIPLINA: EEPP IV PROFESSOR: IVAN AMARO ALUNAS: CAROLINE ALENCAR, CATARINA BRUNO E LETÍCIA PEDRO.

×