Modalidades organizativas do trabalho pedagógico

15.702 visualizações

Publicada em

Curso de Formação contiada para professores de Educação Infantil e 1º ano do ensino fundamental.
Escola Infantil Manoel José Vieira e Creche Maria Pretinha
Cidade de Coração de Maria-Ba

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
15.702
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
160
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Modalidades organizativas do trabalho pedagógico

  1. 1. FORMAÇÃO CONTINUADA PARA PROFESSORES DA EDUCAÇÃO INFANTIL E 1º ANO Coração de Maria- Ba Setembro de 2011 Profª Simone Cabral Costa Coelho( Pedagoga, Pós graduada em Psicopedagogia Rosangela Barros Mota Prado ( Pedagoga, Pós graduada em Psicopedagogia e História Social da cultura Afrodescendente)
  2. 2. Todo o homem recebe duas espécies de educação:a que lhe é dada pelos outros, e, muito mais importante, a que ele dá a si mesmo. Edward Gibbon
  3. 3. APRESENTAÇÃO DA PROPOSTA DA FORMAÇÃO FINALIDADE OBJETIVOS METODOLOGIA PROGRAMAÇÃO QUADRO TEMÁTICO
  4. 4. Pactos do Grupo
  5. 5. METÁFORA DA VIDA: A Esperança
  6. 6. - Me mostra, papai! Disse a garotinha.- Você quer ver o mundo, não é? Ele perguntou.- Eu tenho muita esperança, papai!O pai da menina lembrou-se do tempo em que era criança e seu paio colocava sobre os ombros.- Eu quero que você veja como é distante onde você pode ir na vida,filho. Ele dizia.E estando confortável e seguro, ele olhava ao redor e sorria. -Espero que eu possa ir tão distante, papai! Dizia apontando lá longe.- Meu filho, você pode ir tão distante e ainda mais! Seu pai ogarantia.
  7. 7. E então está, agora, com a própria filha.- Papai aquela montanha é o mais longe que eu posso ir?Ela perguntou.- Meu amor, aquela montanha pode bloquear sua vista agora, mas euprometo que você subirá sobre ela um dia. A vida está cheia demontanhas. Alguns as vêem como barreiras intransponíveis. Outros asvêem como degraus que os coloca onde jamais sonharam.- Mas aquela montanha é tão grande! Espero conseguir subi-la! Diz ajovem criança.- Deus fez aquela montanha tão grande para que você se torne forte osuficiente para ir em busca de seus sonhos. Ele poderia fazer suaviagem mais fácil e plana. Mas que valor teria tal viagem? Qualquer umpode viajar por um caminho fácil. Mas são os grandes escaladores demontanha que têm a admiração da maioria.- Espero que eu não caia!
  8. 8. -Mas aí você recomeça de onde caiu ou começa tudo novamente desdelá de baixo. De um jeito ou de outro, cada passo em direção ao topo énecessário. O importante não é a quantidade de passos dados, mas simcada passo dado.A criança suspirou profundamente.- Quando eu começo a subir? Ela perguntou.- Você já está pronta, porque você pode ver em sua mente. Veja-se notopo daquela montanha.Ele pediu. - Eu posso ver! Ela disse excitada.- E o que vê? Ele perguntou.- Você sempre perto de mim, papai!E assim é a vida. Para fazer chegar, você deve se ver lá.Para começar você precisa ver onde termina. E para apreciar a viagem,você precisa apreciar aqueles que o ajudaram a chegar.A esperança é algo com asas, que o levanta o suficientemente altopara ver a verdade. Um abraço forte! Ró e Simone
  9. 9. AS VANTAGENS DE TRABALHAR EM GRUPO
  10. 10. MODALIDADES ORGANIZATIVAS DO TRABALHO PEDAGÓGICO: UMA POSSIBILIDADE ALFREDINA NERY CONCEITO:São subsídios que remetem ao “como fazer”, à intervenção direta do professor na promoção de atividades e cuidados alinhados com uma concepção de criança e de educação. Vale lembrar que estas orientações não representam um modelo fechado que define um padrão único de intervenção. Pelo contrário, são indicações e sugestões para subsidiar a reflexão e a prática do professor. RCNEI Vol I
  11. 11. PONTOS QUE CIRCUNDAM AS AS MODALIDADES  LINGUAGEM Mola propulsora  PLANEJAMENTO Vários aspectos são observados para executá-lo  QUESTÃO A SER ENFRENTADA O TEMPO NECESSIDADE DE QUALIFICÁ-LO “Pessoas aprendem de formas diferentes” (Delia Lerner)
  12. 12. O QUE FAZER ENTÃO?VARIAR A FORMA DE ORGANIZAR O TEMPO MODALIDADES DE ORGANIZAÇÃO
  13. 13. ATIVIDADES PERMANENTES 1 - O que é Trabalho regular, diário, semanal ou quinzenal que objetiva uma familiaridade maior com um gênero textual, um assunto/tema de uma área curricular, de modo que os estudantes tenham a oportunidade de conhecer diferentes maneiras de ler, de brincar, de produzir textos, de fazer arte etc. Tenham, ainda, a oportunidade de falar sobre o lido/vivido com outros, numa verdadeira “comunidade”.
  14. 14. SUGESTÕES DE ATIVIDADESPERMANENTES Você sabia? Notícia da hora... Nossa semana foi assim... Vamos brincar? Fazendo arte Descobri na Internet Cantando e se encantando No mundo da arte Comunidade, muito prazer! A família também ensina... Leitura diária feita pelo(a) professor(a) Roda semanal de leitura Calendário
  15. 15. ATIVIDADE DE PRODUÇÃO BUM! E A PRÁTICA
  16. 16. RESPIRANDO!!!!!!!!!!! 15 m
  17. 17. Avaliação do Encontro
  18. 18. EncerramentoValeu por este Encontro de sucesso

×