SlideShare uma empresa Scribd logo

Avaliação no ciclo

Um olhar para o processo avaliativo no Ciclo de Alfabetização

1 de 24
Baixar para ler offline
Avaliação no Ciclo de
Alfabetização
Coordenadora Magda Marques
Luziânia, 16 de junho de 2015.
Avaliação no ciclo
Avaliar é uma atividade constante
na vida do ser humano
Avaliamos
O tempo
Os alimentos
A nós
mesmos
Os outros
O espaço
As
informações
• Diagnóstica (início do processo)
• Formativa (durante o processo)
• Somativa (ao fim do processo)
E a avaliação escolar?
Avaliação no ciclo
Como avaliar bem?
Para avaliar, os objetivos devem estar muito claros,
pois só poderei avaliar, sabendo o que espero do
meu aluno. Quando tenho claro o que pretendo
ensinar, mais claro ficará o que preciso avaliar.
É preciso compreender que a avaliação não é o fim
e sim parte do processo.
avaliar
aprender
ensinar

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Slides planejamento escolar
Slides planejamento escolarSlides planejamento escolar
Slides planejamento escolarAnanda Lima
 
1 a organização do tempo pedagógico no trabalho docente
1 a organização do tempo pedagógico no trabalho docente1 a organização do tempo pedagógico no trabalho docente
1 a organização do tempo pedagógico no trabalho docenteBruna Pelissari
 
Avaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagemAvaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagemCleyton Carvalho
 
Roteiro para o conselho de classe
Roteiro para o conselho de classeRoteiro para o conselho de classe
Roteiro para o conselho de classeElisângela Chaves
 
Slide tipos de avaliação
Slide tipos de avaliaçãoSlide tipos de avaliação
Slide tipos de avaliaçãoGisele Lopes
 
Planejamento do ensino e sequências didáticas
Planejamento do ensino e sequências didáticasPlanejamento do ensino e sequências didáticas
Planejamento do ensino e sequências didáticasCésar Moura
 
Formação continuada de professores.
Formação continuada de professores.Formação continuada de professores.
Formação continuada de professores.Magda Marques
 
Planejamento escolar
Planejamento escolarPlanejamento escolar
Planejamento escolarJoao Balbi
 
Avaliação na prática escolar: níveis e funções
Avaliação na prática escolar: níveis e funçõesAvaliação na prática escolar: níveis e funções
Avaliação na prática escolar: níveis e funçõesPaulo Alves de Araujo
 
Planejamento 2015 - proposta de trabalho para sala de leitura
Planejamento 2015 - proposta de trabalho para sala de leituraPlanejamento 2015 - proposta de trabalho para sala de leitura
Planejamento 2015 - proposta de trabalho para sala de leituraLuciane tonete
 
Rotina na Alfabetização
Rotina na AlfabetizaçãoRotina na Alfabetização
Rotina na AlfabetizaçãoShirley Lauria
 
Tipos de avaliacao
Tipos de avaliacaoTipos de avaliacao
Tipos de avaliacaoKajdy Ejdy
 
Planejamento e ação docente 2
Planejamento e ação docente 2Planejamento e ação docente 2
Planejamento e ação docente 2Joao Balbi
 
Sequencia didatica
Sequencia didaticaSequencia didatica
Sequencia didaticashs_oliveira
 
Plano De IntervençãO PedagóGica[Sre]
Plano De IntervençãO PedagóGica[Sre]Plano De IntervençãO PedagóGica[Sre]
Plano De IntervençãO PedagóGica[Sre]Justiniano Fonseca
 
Psicogênese da língua escrita segundo maria emilia ferreiro
Psicogênese da língua escrita segundo maria emilia ferreiroPsicogênese da língua escrita segundo maria emilia ferreiro
Psicogênese da língua escrita segundo maria emilia ferreiroRoseParre
 

Mais procurados (20)

Slides planejamento escolar
Slides planejamento escolarSlides planejamento escolar
Slides planejamento escolar
 
1 a organização do tempo pedagógico no trabalho docente
1 a organização do tempo pedagógico no trabalho docente1 a organização do tempo pedagógico no trabalho docente
1 a organização do tempo pedagógico no trabalho docente
 
Avaliação somativa
Avaliação somativaAvaliação somativa
Avaliação somativa
 
Ppt avaliação
Ppt avaliaçãoPpt avaliação
Ppt avaliação
 
Avaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagemAvaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagem
 
Roteiro para o conselho de classe
Roteiro para o conselho de classeRoteiro para o conselho de classe
Roteiro para o conselho de classe
 
Slide tipos de avaliação
Slide tipos de avaliaçãoSlide tipos de avaliação
Slide tipos de avaliação
 
Sequencia didática
Sequencia didáticaSequencia didática
Sequencia didática
 
Planejamento do ensino e sequências didáticas
Planejamento do ensino e sequências didáticasPlanejamento do ensino e sequências didáticas
Planejamento do ensino e sequências didáticas
 
Formação continuada de professores.
Formação continuada de professores.Formação continuada de professores.
Formação continuada de professores.
 
Planejamento escolar
Planejamento escolarPlanejamento escolar
Planejamento escolar
 
Avaliação na prática escolar: níveis e funções
Avaliação na prática escolar: níveis e funçõesAvaliação na prática escolar: níveis e funções
Avaliação na prática escolar: níveis e funções
 
Planejamento 2015 - proposta de trabalho para sala de leitura
Planejamento 2015 - proposta de trabalho para sala de leituraPlanejamento 2015 - proposta de trabalho para sala de leitura
Planejamento 2015 - proposta de trabalho para sala de leitura
 
Planejamento pedagógico
Planejamento pedagógicoPlanejamento pedagógico
Planejamento pedagógico
 
Rotina na Alfabetização
Rotina na AlfabetizaçãoRotina na Alfabetização
Rotina na Alfabetização
 
Tipos de avaliacao
Tipos de avaliacaoTipos de avaliacao
Tipos de avaliacao
 
Planejamento e ação docente 2
Planejamento e ação docente 2Planejamento e ação docente 2
Planejamento e ação docente 2
 
Sequencia didatica
Sequencia didaticaSequencia didatica
Sequencia didatica
 
Plano De IntervençãO PedagóGica[Sre]
Plano De IntervençãO PedagóGica[Sre]Plano De IntervençãO PedagóGica[Sre]
Plano De IntervençãO PedagóGica[Sre]
 
Psicogênese da língua escrita segundo maria emilia ferreiro
Psicogênese da língua escrita segundo maria emilia ferreiroPsicogênese da língua escrita segundo maria emilia ferreiro
Psicogênese da língua escrita segundo maria emilia ferreiro
 

Destaque

Avaliação no Ciclo de Alfabetização
Avaliação no Ciclo de AlfabetizaçãoAvaliação no Ciclo de Alfabetização
Avaliação no Ciclo de AlfabetizaçãoNaysa Taboada
 
PNAIC - Avaliação
PNAIC - AvaliaçãoPNAIC - Avaliação
PNAIC - AvaliaçãoElieneDias
 
Sequência Didática
Sequência DidáticaSequência Didática
Sequência DidáticaMagda Marques
 
PNAIC 2015 - Ciclo de alfabetização e os direitos de aprendizagem (1)
PNAIC 2015 - Ciclo de alfabetização e os direitos de aprendizagem (1)PNAIC 2015 - Ciclo de alfabetização e os direitos de aprendizagem (1)
PNAIC 2015 - Ciclo de alfabetização e os direitos de aprendizagem (1)ElieneDias
 
Direitos de aprendizagens do ciclo de alfabetização
Direitos de aprendizagens do ciclo de alfabetizaçãoDireitos de aprendizagens do ciclo de alfabetização
Direitos de aprendizagens do ciclo de alfabetizaçãoValéria Maciel
 
GUILHERME E MARINALDO - PNAIC - 2014 - CADERNO 5 - GEOMETRIA - PARTE 4
GUILHERME E MARINALDO - PNAIC - 2014 - CADERNO 5 - GEOMETRIA - PARTE 4GUILHERME E MARINALDO - PNAIC - 2014 - CADERNO 5 - GEOMETRIA - PARTE 4
GUILHERME E MARINALDO - PNAIC - 2014 - CADERNO 5 - GEOMETRIA - PARTE 4Felipe Silva
 
AVALIAÇÃO DO CICLO DE ALFABETIZAÇÃO
AVALIAÇÃO DO CICLO DE ALFABETIZAÇÃOAVALIAÇÃO DO CICLO DE ALFABETIZAÇÃO
AVALIAÇÃO DO CICLO DE ALFABETIZAÇÃOEdlauva Santos
 
PNAIC - Ano 2 unidade 8
PNAIC - Ano 2  unidade 8PNAIC - Ano 2  unidade 8
PNAIC - Ano 2 unidade 8ElieneDias
 
Slide oficina avaliação na alfabetização
Slide oficina avaliação na alfabetizaçãoSlide oficina avaliação na alfabetização
Slide oficina avaliação na alfabetizaçãoProalfacabofrio
 
Alfabetização matemática, ambiente alfabetizador e o papel
Alfabetização matemática, ambiente alfabetizador e o papelAlfabetização matemática, ambiente alfabetizador e o papel
Alfabetização matemática, ambiente alfabetizador e o papelCecilia Pinheiro
 
PNAIC 2015 - Educação do campo
PNAIC 2015 - Educação do campoPNAIC 2015 - Educação do campo
PNAIC 2015 - Educação do campoElieneDias
 
PNAIC 2015 - Texto 4 o lugar da cultura escrita na educação da criança
PNAIC 2015 - Texto 4   o lugar da cultura escrita na educação da criançaPNAIC 2015 - Texto 4   o lugar da cultura escrita na educação da criança
PNAIC 2015 - Texto 4 o lugar da cultura escrita na educação da criançaElieneDias
 
Lilito um amor de caracol
Lilito um amor de caracolLilito um amor de caracol
Lilito um amor de caracolElieneDias
 
PNAIC 2015 - Jogos e interdisciplinaridade
PNAIC 2015 - Jogos e interdisciplinaridadePNAIC 2015 - Jogos e interdisciplinaridade
PNAIC 2015 - Jogos e interdisciplinaridadeElieneDias
 

Destaque (20)

Avaliação no Ciclo de Alfabetização
Avaliação no Ciclo de AlfabetizaçãoAvaliação no Ciclo de Alfabetização
Avaliação no Ciclo de Alfabetização
 
PNAIC - Avaliação
PNAIC - AvaliaçãoPNAIC - Avaliação
PNAIC - Avaliação
 
Sequência Didática
Sequência DidáticaSequência Didática
Sequência Didática
 
Pnaic gestao
Pnaic gestaoPnaic gestao
Pnaic gestao
 
PNAIC 2015 - Ciclo de alfabetização e os direitos de aprendizagem (1)
PNAIC 2015 - Ciclo de alfabetização e os direitos de aprendizagem (1)PNAIC 2015 - Ciclo de alfabetização e os direitos de aprendizagem (1)
PNAIC 2015 - Ciclo de alfabetização e os direitos de aprendizagem (1)
 
Pnaic 27 de outubro
Pnaic 27 de outubroPnaic 27 de outubro
Pnaic 27 de outubro
 
Direitos de aprendizagens do ciclo de alfabetização
Direitos de aprendizagens do ciclo de alfabetizaçãoDireitos de aprendizagens do ciclo de alfabetização
Direitos de aprendizagens do ciclo de alfabetização
 
GUILHERME E MARINALDO - PNAIC - 2014 - CADERNO 5 - GEOMETRIA - PARTE 4
GUILHERME E MARINALDO - PNAIC - 2014 - CADERNO 5 - GEOMETRIA - PARTE 4GUILHERME E MARINALDO - PNAIC - 2014 - CADERNO 5 - GEOMETRIA - PARTE 4
GUILHERME E MARINALDO - PNAIC - 2014 - CADERNO 5 - GEOMETRIA - PARTE 4
 
Trabalho eepp iv completo
Trabalho eepp iv completoTrabalho eepp iv completo
Trabalho eepp iv completo
 
AVALIAÇÃO DO CICLO DE ALFABETIZAÇÃO
AVALIAÇÃO DO CICLO DE ALFABETIZAÇÃOAVALIAÇÃO DO CICLO DE ALFABETIZAÇÃO
AVALIAÇÃO DO CICLO DE ALFABETIZAÇÃO
 
PNAIC - Ano 2 unidade 8
PNAIC - Ano 2  unidade 8PNAIC - Ano 2  unidade 8
PNAIC - Ano 2 unidade 8
 
Slide oficina avaliação na alfabetização
Slide oficina avaliação na alfabetizaçãoSlide oficina avaliação na alfabetização
Slide oficina avaliação na alfabetização
 
Pnaic caderno
Pnaic cadernoPnaic caderno
Pnaic caderno
 
Alfabetização matemática, ambiente alfabetizador e o papel
Alfabetização matemática, ambiente alfabetizador e o papelAlfabetização matemática, ambiente alfabetizador e o papel
Alfabetização matemática, ambiente alfabetizador e o papel
 
PNAIC 2015 - Educação do campo
PNAIC 2015 - Educação do campoPNAIC 2015 - Educação do campo
PNAIC 2015 - Educação do campo
 
PNAIC 2015 - Texto 4 o lugar da cultura escrita na educação da criança
PNAIC 2015 - Texto 4   o lugar da cultura escrita na educação da criançaPNAIC 2015 - Texto 4   o lugar da cultura escrita na educação da criança
PNAIC 2015 - Texto 4 o lugar da cultura escrita na educação da criança
 
Lilito um amor de caracol
Lilito um amor de caracolLilito um amor de caracol
Lilito um amor de caracol
 
Pnaic caderno 4
Pnaic caderno 4Pnaic caderno 4
Pnaic caderno 4
 
PNAIC 2015 - Jogos e interdisciplinaridade
PNAIC 2015 - Jogos e interdisciplinaridadePNAIC 2015 - Jogos e interdisciplinaridade
PNAIC 2015 - Jogos e interdisciplinaridade
 
24 de novembro
24 de novembro24 de novembro
24 de novembro
 

Semelhante a Avaliação no ciclo

Avaliação 3º encontro-u1
Avaliação   3º encontro-u1Avaliação   3º encontro-u1
Avaliação 3º encontro-u1pnaicpiraju
 
Apresentação 2 planejamento
Apresentação 2   planejamentoApresentação 2   planejamento
Apresentação 2 planejamentoLídia Lourinho
 
PNAIC - Ano 2 unidade 2
PNAIC - Ano 2   unidade 2PNAIC - Ano 2   unidade 2
PNAIC - Ano 2 unidade 2ElieneDias
 
Avaliação na alfabetização na perspectiva de um currículo
Avaliação na alfabetização na perspectiva de um currículoAvaliação na alfabetização na perspectiva de um currículo
Avaliação na alfabetização na perspectiva de um currículoTatiana Schiavon
 
Planejamento escolar e sequências didáticas
Planejamento escolar e sequências didáticasPlanejamento escolar e sequências didáticas
Planejamento escolar e sequências didáticaspibid ING
 
Caderno avaliacao pnaic
Caderno avaliacao pnaicCaderno avaliacao pnaic
Caderno avaliacao pnaicKeila Arruda
 
Apresentação seminário 2014 - Avaliação na escola em ciclos: ampliando olhares
Apresentação seminário 2014 - Avaliação na escola em ciclos: ampliando olharesApresentação seminário 2014 - Avaliação na escola em ciclos: ampliando olhares
Apresentação seminário 2014 - Avaliação na escola em ciclos: ampliando olharesGiselle Tulle
 
Planejamento 1ºano
Planejamento 1ºanoPlanejamento 1ºano
Planejamento 1ºanomiesbella
 
Avaliacao -estudo_do_tema
Avaliacao  -estudo_do_temaAvaliacao  -estudo_do_tema
Avaliacao -estudo_do_temaPactoufba
 
Organização da formação dos professores alfabetizadores 1
Organização da formação dos professores alfabetizadores 1 Organização da formação dos professores alfabetizadores 1
Organização da formação dos professores alfabetizadores 1 Nilcéia Rodrigues
 
Organização da formação dos professores alfabetizadores 1
Organização da formação dos professores alfabetizadores 1 Organização da formação dos professores alfabetizadores 1
Organização da formação dos professores alfabetizadores 1 Nilcéia Rodrigues
 

Semelhante a Avaliação no ciclo (20)

Avaliação
AvaliaçãoAvaliação
Avaliação
 
Slidedialogado
SlidedialogadoSlidedialogado
Slidedialogado
 
Avaliação 3º encontro-u1
Avaliação   3º encontro-u1Avaliação   3º encontro-u1
Avaliação 3º encontro-u1
 
Apresentação 2 planejamento
Apresentação 2   planejamentoApresentação 2   planejamento
Apresentação 2 planejamento
 
PNAIC - Ano 2 unidade 2
PNAIC - Ano 2   unidade 2PNAIC - Ano 2   unidade 2
PNAIC - Ano 2 unidade 2
 
Planejamento escolar e sequências didáticas
Planejamento escolar e sequências didáticasPlanejamento escolar e sequências didáticas
Planejamento escolar e sequências didáticas
 
Avaliação na alfabetização na perspectiva de um currículo
Avaliação na alfabetização na perspectiva de um currículoAvaliação na alfabetização na perspectiva de um currículo
Avaliação na alfabetização na perspectiva de um currículo
 
Planejamento escolar e sequências didáticas
Planejamento escolar e sequências didáticasPlanejamento escolar e sequências didáticas
Planejamento escolar e sequências didáticas
 
Caderno avaliacao pnaic
Caderno avaliacao pnaicCaderno avaliacao pnaic
Caderno avaliacao pnaic
 
Apresentação seminário 2014 - Avaliação na escola em ciclos: ampliando olhares
Apresentação seminário 2014 - Avaliação na escola em ciclos: ampliando olharesApresentação seminário 2014 - Avaliação na escola em ciclos: ampliando olhares
Apresentação seminário 2014 - Avaliação na escola em ciclos: ampliando olhares
 
Planejamento 1ºano
Planejamento 1ºanoPlanejamento 1ºano
Planejamento 1ºano
 
Avaliação
AvaliaçãoAvaliação
Avaliação
 
avaliacao
avaliacaoavaliacao
avaliacao
 
Avaliação
AvaliaçãoAvaliação
Avaliação
 
Slide módulo 4.pptx
Slide módulo 4.pptxSlide módulo 4.pptx
Slide módulo 4.pptx
 
Avaliacao -estudo_do_tema
Avaliacao  -estudo_do_temaAvaliacao  -estudo_do_tema
Avaliacao -estudo_do_tema
 
Folha rubricas
Folha rubricasFolha rubricas
Folha rubricas
 
_dia1_momento2 mão na massa!.pdf
_dia1_momento2 mão na massa!.pdf_dia1_momento2 mão na massa!.pdf
_dia1_momento2 mão na massa!.pdf
 
Organização da formação dos professores alfabetizadores 1
Organização da formação dos professores alfabetizadores 1 Organização da formação dos professores alfabetizadores 1
Organização da formação dos professores alfabetizadores 1
 
Organização da formação dos professores alfabetizadores 1
Organização da formação dos professores alfabetizadores 1 Organização da formação dos professores alfabetizadores 1
Organização da formação dos professores alfabetizadores 1
 

Mais de Magda Marques

Sequência didática chocolate
Sequência didática chocolateSequência didática chocolate
Sequência didática chocolateMagda Marques
 
Cartilha de Santa Luzia a Luziânia- A História de todos nós.
Cartilha de Santa Luzia a Luziânia- A História de todos nós.Cartilha de Santa Luzia a Luziânia- A História de todos nós.
Cartilha de Santa Luzia a Luziânia- A História de todos nós.Magda Marques
 
Alfabetização-Psicogênese da Língua escrita
Alfabetização-Psicogênese da Língua escritaAlfabetização-Psicogênese da Língua escrita
Alfabetização-Psicogênese da Língua escritaMagda Marques
 
Alfabetização e letramento matemático pnaic
Alfabetização e letramento matemático pnaicAlfabetização e letramento matemático pnaic
Alfabetização e letramento matemático pnaicMagda Marques
 
Encontro sobre alfabetização
Encontro sobre alfabetizaçãoEncontro sobre alfabetização
Encontro sobre alfabetizaçãoMagda Marques
 
Alfabetização e letramento
Alfabetização e letramentoAlfabetização e letramento
Alfabetização e letramentoMagda Marques
 
Apropiação do sistema de escrita alfabética
Apropiação do sistema de escrita alfabéticaApropiação do sistema de escrita alfabética
Apropiação do sistema de escrita alfabéticaMagda Marques
 
Ii encontro de supervisores escolares
Ii encontro de supervisores escolaresIi encontro de supervisores escolares
Ii encontro de supervisores escolaresMagda Marques
 
Educação infantil, para quê?
Educação infantil, para quê?Educação infantil, para quê?
Educação infantil, para quê?Magda Marques
 
Encontro pedagógico
Encontro pedagógicoEncontro pedagógico
Encontro pedagógicoMagda Marques
 
Formação historia2
Formação historia2Formação historia2
Formação historia2Magda Marques
 
Formação história
Formação históriaFormação história
Formação históriaMagda Marques
 
Apresentação pnaic1
Apresentação pnaic1Apresentação pnaic1
Apresentação pnaic1Magda Marques
 

Mais de Magda Marques (16)

Sequência didática chocolate
Sequência didática chocolateSequência didática chocolate
Sequência didática chocolate
 
Cartilha de Santa Luzia a Luziânia- A História de todos nós.
Cartilha de Santa Luzia a Luziânia- A História de todos nós.Cartilha de Santa Luzia a Luziânia- A História de todos nós.
Cartilha de Santa Luzia a Luziânia- A História de todos nós.
 
Alfabetização-Psicogênese da Língua escrita
Alfabetização-Psicogênese da Língua escritaAlfabetização-Psicogênese da Língua escrita
Alfabetização-Psicogênese da Língua escrita
 
Alfabetização e letramento matemático pnaic
Alfabetização e letramento matemático pnaicAlfabetização e letramento matemático pnaic
Alfabetização e letramento matemático pnaic
 
Encontro sobre alfabetização
Encontro sobre alfabetizaçãoEncontro sobre alfabetização
Encontro sobre alfabetização
 
Alfabetização e letramento
Alfabetização e letramentoAlfabetização e letramento
Alfabetização e letramento
 
Apropiação do sistema de escrita alfabética
Apropiação do sistema de escrita alfabéticaApropiação do sistema de escrita alfabética
Apropiação do sistema de escrita alfabética
 
Ii encontro de supervisores escolares
Ii encontro de supervisores escolaresIi encontro de supervisores escolares
Ii encontro de supervisores escolares
 
Educação infantil, para quê?
Educação infantil, para quê?Educação infantil, para quê?
Educação infantil, para quê?
 
Arte na escola
Arte na escolaArte na escola
Arte na escola
 
Encontro pedagógico
Encontro pedagógicoEncontro pedagógico
Encontro pedagógico
 
Sequencia didática
Sequencia didáticaSequencia didática
Sequencia didática
 
Formação projovem
Formação projovemFormação projovem
Formação projovem
 
Formação historia2
Formação historia2Formação historia2
Formação historia2
 
Formação história
Formação históriaFormação história
Formação história
 
Apresentação pnaic1
Apresentação pnaic1Apresentação pnaic1
Apresentação pnaic1
 

Último

B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...azulassessoriaacadem3
 
Considere a imagem abaixo: Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
Considere a imagem abaixo:  Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...Considere a imagem abaixo:  Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
Considere a imagem abaixo: Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...azulassessoriaacadem3
 
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...azulassessoriaacadem3
 
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...excellenceeducaciona
 
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...excellenceeducaciona
 
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;azulassessoriaacadem3
 
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...azulassessoriaacadem3
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...azulassessoriaacadem3
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...azulassessoriaacadem3
 
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...azulassessoriaacadem3
 
ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024excellenceeducaciona
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...azulassessoriaacadem3
 
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...azulassessoriaacadem3
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...azulassessoriaacadem3
 
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...apoioacademicoead
 
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfddddddddddddddddddddddddddddddddddddRenandantas16
 
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba InicialDomínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba InicialTeresaCosta92
 

Último (20)

B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
 
Considere a imagem abaixo: Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
Considere a imagem abaixo:  Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...Considere a imagem abaixo:  Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
Considere a imagem abaixo: Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
 
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
 
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
 
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
 
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...
 
Atividade sobre o anacronismo na HIstoria
Atividade sobre o anacronismo na HIstoriaAtividade sobre o anacronismo na HIstoria
Atividade sobre o anacronismo na HIstoria
 
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
 
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docxGABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
 
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
 
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
 
ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
 
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
 
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
 
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
 
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba InicialDomínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba Inicial
 

Avaliação no ciclo

  • 1. Avaliação no Ciclo de Alfabetização Coordenadora Magda Marques Luziânia, 16 de junho de 2015.
  • 3. Avaliar é uma atividade constante na vida do ser humano Avaliamos O tempo Os alimentos A nós mesmos Os outros O espaço As informações
  • 4. • Diagnóstica (início do processo) • Formativa (durante o processo) • Somativa (ao fim do processo) E a avaliação escolar?
  • 6. Como avaliar bem? Para avaliar, os objetivos devem estar muito claros, pois só poderei avaliar, sabendo o que espero do meu aluno. Quando tenho claro o que pretendo ensinar, mais claro ficará o que preciso avaliar. É preciso compreender que a avaliação não é o fim e sim parte do processo. avaliar aprender ensinar
  • 9. O quantitativo e o qualitativo se complementam. Não podemos desconsiderar os dados quantitativos de uma escola, se isso ocorrer os exames nacionais e internacionais tornam-se vazios. É preciso ter um referencial de resultado pedagógico para que através de tentativas o construamos passo a passo. O resultado da avaliação não fala apenas sobre o aluno, fala sobre o professor, o currículo, a gestão.
  • 10. A avaliação deve construir pontes e não levantar muros. Instrumentos de avaliação no ciclo de alfabetização Um conhecido instrumento de avaliação da alfabetização é a Provinha Brasil, aplicada no 2º ano, para diagnosticar o nível de conhecimento da leitura e da apropriação do sistema de escrita. Temos ainda a ANA aplicada ao terceiro ano.
  • 11. Avaliação da leitura • A forma como se avalia a leitura depende da concepção sobre o que é ler. • Conforme orientações do PACTO, a habilidade de leitura deve avançar mais do que apenas ler palavras soltas. É necessário adquirir autonomia, condições para ler e compreender textos de gêneros diversos e atender a diferentes finalidades.
  • 12. Recomendações para aplicar os instrumentos de avaliação de leitura • A avaliação de compreensão de textos pode ser realizada em qualquer etapa de escolaridade. No entanto, é importante reconhecer que a compreensão de um texto lido por outra pessoa (leitor experiente) não ocorre do mesmo modo que a compreensão de textos lidos pelo próprio estudante. Diferentes conhecimentos e estratégias são mobilizados nos dois tipos de situação. No caso dos instrumentos propostos pelo Caderno de Avaliação do Pacto, o objetivo é avaliar a compreensão de textos lidos com autonomia.
  • 13. Recomendações sobre a aplicação dos instrumentos de avaliação de leitura • Por pretender avaliar a leitura com autonomia, é importante que • a leitura dos enunciados (o comando das questões) seja realizada pelo professor; • a leitura dos textos e alternativas das questões seja realizada pelos alunos; • nas questões abertas, as respostas sejam escritas pelos alunos.
  • 15. A avaliação da produção textual • Ao trabalharmos em sala de aula com produção textual, seja com gêneros orais ou escritos, uma variedade de aspectos pode ser alvo de reflexão e avaliação. • Quem escreve avalia o próprio texto, e nesse caso, avaliar pode significar rever, corrigir, reescrever, rascunhar, passar a limpo, confirmar ou negar hipóteses no ato da escrita, o que não precisa ser necessariamente realizado apenas na escola numa única aula. É preciso também que o professor se volte para a sua própria visão de texto e de avaliação e, principalmente, que considere as repercussões das marcas da sua correção (EVANGELISTA et al, 2009 p. 29).
  • 17. O registro de acompanhamento da aprendizagem • No caderno intitulado Currículo na alfabetização: concepções e princípios (unidade 1 – anos 1, 2ne 3), no item compartilhando, são apresentados dois modelos de registro de acompanhamento da aprendizagem. • Em “O acompanhamento da aprendizagem das crianças: sugestão de instrumento de registro da aprendizagem” são encontrados quadros por eixo de ensino. • No quadro de produção textual foram selecionados quatro itens de verificação na avaliação dos textos. Tais critérios podem ser acompanhados periodicamente e, a depender das demandas, os professores podem inserir ou retirar outros aspectos. • Em “Perfil de grupo: sugestão de instrumento de acompanhamento da turma”, o professor terá em mãos uma orientação para saber como mapear aspectos mais gerais do ensino da língua, traçando um perfil da turma.
  • 19. O valor da avaliação não está no instrumento em si mas no uso que se faz dele. (Mendez 2002)
  • 20. Dimensões do Ensino da Oralidade • É necessário definir objetivos didáticos explícitos relativos a pelos menos quatro dimensões que envolvem o desenvolvimento da linguagem oral. São elas: • valorização de textos escritos de tradição oral; • oralização do texto escrito; • variação linguística e relações entre fala e escrita; • produção e compreensão de gêneros orais.
  • 21. A avaliação da oralidade • Uma forma de avaliar algumas habilidades voltadas para oralidade é traçar roteiros de observação considerando as expectativas de aprendizagem da etapa correspondente e as peculiaridades da comunidade na qual a escola está inserida. • No âmbito do Pacto são apresentados quatro roteiros que poderão auxiliar o(a) professor(a) a observar as habilidades que os alunos já dominam e as que precisam ser foco mais sistemático de abordagem em sala de aula. Com o roteiro de observação e o registro da turma, será mais fácil planejar situações didáticas que abordem o eixo oral como objeto de ensino.
  • 22. Considerações sobre o processo de avaliação na alfabetização • As reflexões aqui apresentadas nos mostram a importância da avaliação no processo de alfabetização, focando diferentes eixos do ensino da língua. • Salientamos que nem sempre é possível avaliar ao mesmo tempo todas as habilidades, entretanto é importante que o professor planeje e garanta momentos para diagnosticar os estudantes e, diante de tais informações, redimensione sua prática, buscando a progressão das aprendizagens. • No ciclo da alfabetização é muito importante ter clareza quanto aos conhecimentos subjacentes a cada ano. Sabendo o que devemos ensinar em cada etapa de escolarização, fica mais fácil saber que ações devem ser desenvolvidas para que essa aprendizagem seja possível.
  • 24. Obrigada e até a próxima!