Cibercultura e Semiótica

450 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
450
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
17
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cibercultura e Semiótica

  1. 1. ANÁLISE DE CAMPANHAFAN PAGE NEXTEL Pós-Graduação em Marketing Digital - FIT| Turma 5
  2. 2. INTRODUÇÃOO consumidor está se tornando cada vez mais exigente.Quer ser ouvido, ter atenção, resolver seus problemas ese aproximimar das suas marcas favoritas.Algumas campanhas fazem sucesso imediato, estrondosoe outras podem ter seu nome ameaçado por deslizes.O estudo do Marketing Digital se tornou necessário paraempresas que precisam acompanhar ocrescimento, melhorar suas estratégias e ganhardestaque em um mercado sem limites.
  3. 3. INTRODUÇÃOA análise semiótica propõe um método de estudo dosdiversos elementos de uma mensagem, no sentidode esclarecer o seu processo de significação e explicarcomo ocorre sua compreensão no contexto cultural.O intuito deste trabalho é analisar os ruídos decomunicação que existem na campanha na FanPage daoperadora Nextel, que se tornou um anti-modelo pelafalta de diálogo e pelo não posicionamento diante deinúmeras reclamações.
  4. 4. TEORIA SEMIÓTICAA mensagem da campanha publicitária é compostapor signos, organizados com o objetivo de auxiliar atransmissão da mensagem, bem como a percepção damensagem pelos receptores.CONSTRUINDO A MENSAGEMOs signos podem ser analisados pelas interferências, pelo graude especificidade signíca, pela intenção e grau de consciênciado seu emissor, pelo canal, pela relação de significado, pelareplicabilidade do significante e pelas funções do discurso.
  5. 5. TEORIA SEMIÓTICAA ARGUMENTAÇÃO NO DISCURSOPara construir um bom argumento é preciso, em primeirolugar, saber ouvir o público e então definir uma tese, entendero problema a qual ela pretende responder e adequar alinguagem para que ela seja facilmente entendida pelointerlocutor.Os recursos mais usados para enriquecer a argumentação são alógica, a retorção e a expressiva. Também é fundamentalconhecer e usar dados quantitativos, qualitativos, deessência, de superioridade, além das figuras retóricas desom, palavra e construção.
  6. 6. ANÁLISE NEXTELO CANALA Fan Page foi criada com a principal função de expor suascampanhas promocionais, atualmente a “Nextel noembalo da rede com Maria Gadu”, com o objetivo é de atrairclientes, e aumentar o número de adeptos à marca.O principal recurso para atrair público é a realização deconcursos culturais e promoções, chamando a atençãopela recompensa.
  7. 7. ANÁLISE NEXTEL
  8. 8. ANÁLISE NEXTELANÁLISE SEMIÓTICA | SIGNOS E SINAISO principal signo é um ícone, pois trata-se de uma foto querepresenta a realidade.A relação de significado é unívoca, ou seja, existe apenasuma possível interpretação.
  9. 9. ANÁLISE NEXTELANÁLISE SEMIÓTICA | SIGNOS E SINAISAs funções de discurso contidas na campanha são:Estética: sentimentos comofelicidade, união eproximidade, expostos naimagem.Emotiva: pretende atrairpela possibilidade de cantarjunto com uma celebridade.
  10. 10. ANÁLISE NEXTELANÁLISE SEMIÓTICA | SIGNOS E SINAISImperativa: imposiçãoatravés das palavrasclique, veja e confira.Metalinguística: a marcafalando da própria marca.
  11. 11. ANÁLISE NEXTELANÁLISE SEMIÓTICA | SIGNOS E SINAISO comportamento da empresa é:Expressivo: dizem algo, masnão o que o interlocutor querouvir. Não envolve o usuário enão torna o ambiente digital ummeeting point atrativo.
  12. 12. ANÁLISE NEXTELANÁLISE SEMIÓTICA | RECURSOS DEARGUMENTAÇÃOA empresa não responde a nenhum comentário dosinternautas, deixando com que os próprios clientesutilizem quase todos os recursos da argumentação parafazer uma propaganda negativa da marca.Os recursos usados pelos internautasclientes, para fazer a anti-propaganda são:
  13. 13. ANÁLISE NEXTELANÁLISE SEMIÓTICA | RECURSOS DEARGUMENTAÇÃORecursos de argumentação dos clientes: Quase lógica
  14. 14. ANÁLISE NEXTELANÁLISE SEMIÓTICA | RECURSOS DEARGUMENTAÇÃORecursos de argumentação dos clientes: Justiça
  15. 15. ANÁLISE NEXTELANÁLISE SEMIÓTICA | RECURSOS DEARGUMENTAÇÃORecursos de argumentação dos clientes: Retorção
  16. 16. ANÁLISE NEXTELANÁLISE SEMIÓTICA | RECURSOS DEARGUMENTAÇÃORecursos de argumentação dos clientes: Ridículo
  17. 17. DIAGNÓSTICOO número de fãs é alto, em torno de 70 mil, porém a grandemaioria das pessoas, que interagem com a página, sãorepresentantes de venda e clientes insatisfeitos, queusam o canal como recurso para reclamação. A maior parte dos compartilhamentos é feito por vendedores e representantes. 90% dos comentários são críticas de consumidores insatisfeito. Os internautas reclamam incisivamente, em todas as postagens que a empresa faz.
  18. 18. CONCLUSÃOAs principais falhas da empresa na FanPage foram não usar afunção fática do discurso, ou seja, não ter um canal decomunicação aberto com seus interlocutores, e não sepreocupar em entender o que seu receptor desejavaencontrar do canal.A peça da campanha não possui erros de comunicação enem na utilização dos signos, porém a mensagempassada não foi aceita por seus receptores.Percebemos que quando uma empresa se cala diante dasreclamações, aumenta a injúria dos internautas.
  19. 19. OBRIGADA! GRUPO 6 ADRIANA SORÓKIN BEATRIZ NOGUEIRA BRUNA TICIANELLI MICHELE BARROS SILVIA CARVALHO

×