Moeda portuguesa

11.782 visualizações

Publicada em

Pequena história da moeda portuguesa. Trabalho de Área de Projecto, por alunos do 7ºano.

Publicada em: Educação, Diversão e humor
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
11.782
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.024
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Moeda portuguesa

  1. 1. Moeda Portuguesa<br />
  2. 2. Introdução<br />• Moeda é o meio através do qual são efectuadas as transacções monetárias. <br />• É importante perceber que existem diferentes definições de “moeda”: o dinheiro, que constitui as notas (geralmente em papel); a moeda (a peça metálica); a moeda bancária, admitidas em circulação; e, a moeda no sentido mais amplo, que significa o dinheiro em circulação, a moeda nacional.<br />• Em geral, a moeda é emitida e controlada pelo governo do país, que é o único que pode fixar e controlar seu valor. <br /> 1 escudo-1910<br />
  3. 3. Introdução<br />• A numismática é a Ciência que estuda a moeda.<br />Várias moedas da 1ª República<br />
  4. 4. Um pouco da História da moeda portuguesa<br />•Portugal encontra-se entre os países que produziram uma das mais ricas e variadas moedas do mundo. Esta posição deve-se, por um lado, à sua História quase milionária e, por outro, a ser precursor da Expansão Marítima Mundial, senhor de um extenso domínio colonial até à data recente.<br />•As invasões napoleónicas, a fuga da família real para o Brasil e a Guerra Peninsular lançaram Portugal numa grave crise política, económica e social, que levou à Revolução de 1820, à Independência do Brasil em 1822 e à Guerra Civil entre Liberais e Absolutistas que, embora tendo terminado em 1834, deixou instabilidade político-partidária e confrontos até meados do Séc. XIX.<br />
  5. 5. Um pouco da História da moeda portuguesa<br />•D. Pedro IV e D. Miguel continuaram com as cunhagens mecânicas de cobre, prata e ouro, semelhantes às de seu pai, D. João VI. Nestes reinados, distinguem-se os pesados patacos (40 réis) de bronze, tão pesados que serviram de arma de arremesso…<br />1 Pataco (40 Reis) – 1825 (reinado de D. João VI)<br />
  6. 6. Acerca da I República…<br />•A partir de 1910 criou-se em Portugal o hábito das moedas comemorativas. Hoje, o nosso país é aquele onde mais se cultiva e abusa dessa prática, mantida pelo consumo dos coleccionadores o que leva a condenáveis especulações...<br />•A Implantação da República deu lugar a que se cunhassem novas moedas sem interromper o sistema decimal. Na altura da Primeira Guerra Mundial, 1914-1918, aparece, em Portugal, a moeda de um centavo de bronze e a de 4 centavos em cuproníquel.<br />2 Centavos-1918<br />1 escudo-1926<br />
  7. 7. Acerca da I República…<br />•Em 1918, emite-se uma moeda de dois centavos de ferro. A crise financeira provocou, em 1924, o nascimento da moeda de um escudo de prata, emitidas sob a égide (aquilo que protege) da República Portuguesa em 1914 (comemorativa do 5 de Outubro) e as de 1915 e 1916.<br />50 centavos - 1924<br />
  8. 8. Depois da Iª República…<br />•Mais tarde, em 1928, na passagem da 1ª República para a 2ª República, o Estado Novo lançou uma moeda de dez escudos de prata, para comemorar a Batalha de Ourique. Seguiu-se, de 1939 a 1948, um série de moedas de prata com o mesmo toque de 835 mm, comprovando o ressurgimento financeiro. A partir dessa data multiplicam-se as moedas comemorativas em prata e cuproníquel. Depois do 25 de Abril continuam as emissões especiais, distinguindo-se as consagradas ao Descobrimentos Portugueses.<br />• O escudo português, cujo símbolo é o cifrão ($), foi a última moeda de Portugal antes do Euro.<br />200 Escudos de Portugal-19991 (em homenagem ao senhor Garcia de Orta)<br />
  9. 9. Tempos modernos…<br />• A partir de 1 de Janeiro de 2002 foi emitido uma nova moeda, na Europa. O Euro (€)existe na forma de notas e moedas. Portugal aderiu ao Euro no preciso ano de 2002,sendo a actual moeda em circulação. <br />•Segundo um estudo realizado pelas entidades competentes, a população portuguesa é uma das que se adaptou com menos facilidade ao Euro.<br /> Várias moedas associadas ao Euro: 1 cêntimo; 2 cêntimos; 5 cêntimos; 10 cêntimos; 20 cêntimos; 50 cêntimos; 1 euro e 2 euros. <br />
  10. 10. Outras Moedas…<br />100 Reis – 1886 (reinado de D. Luís I)<br />20 Reis – 1849 (reinado de D. Maria II) <br />
  11. 11. Outras Moedas…<br />10 escudos – 1932 <br />Prata<br />500 Reis – 1856 (reinado de D. Pedro V)<br />20 Reis – 1885 (reinado de D. Luís I)<br />
  12. 12. Curiosidades<br />Sabia que …<br />• Existem feiras em homenagem à moeda? <br />
  13. 13. Curiosidades<br />• No passado, aconteceu frequentemente que, devido à falta de prata para cunhar moeda, eram utilizadas moedas de outros países às quais se aplicava um carimbo cunhado, legalizando assim a circulação. <br />É o caso desta moeda de 8 reais, de prata, de Carlos IV de Espanha, cunhada em Potosi, Colômbia, que depois de carimbada, passou a valer 960 réis, para circular em Minas Gerais. <br />
  14. 14. Curiosidades<br />•Há alturas em que não falta apenas a prata, falta quase tudo! <br />Foi o que aconteceu em Espanha, durante a Guerra Civil. Este é um exemplo do que se chama dinheiro de emergência: selos de correio colados em rodelas de cartolina! <br />• Os visigodos estiveram nos séculos V a VII d.C. em território que é hoje Portugal e cunharam moedas em ouro conhecidas e identificadas como TRIENTES.<br />
  15. 15. Escola EB 2,3 de Arrifana<br />Área de Projecto, ano lectivo 2009/2010 <br />Trabalho realizado por:<br />Diana Pinho, 7ºA<br />Nuno Gonçalves, 7ºA<br />
  16. 16. Webgrafia:<br />http://pt.wikipedia.org/wiki/Moeda<br />http://www.portugalmoedas.com.pt/default22.htm<br />http://paginas.fe.up.pt/~fff/Homepage/Moe_curi.html<br />Bibliografia:<br />AMARAL, C. M. Almeida do – Catálogo descritivo das moedas portuguesas. Lisboa: Imprensa-Nacional Casa da Moeda, 1984<br />

×