Moeda

1.412 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.412
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
11
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Moeda

  1. 1. Em Portugal As primeiras moedas portuguesas terão sido mandadas cunhar por D. AfonsoHenriques. Eram pequenos exemplares metálicos produzidos a partir de uma liga decobre e prata e que exibiam a cruz de Cristo. Foi durante o reinado de D. Sancho Ique apareceu a primeira moeda portuguesa de ouro, o morabitino, que valia 180Dinheiros. O Dinheiro, enquanto unidade monetária, desaparece no final da primeiradinastia e é substituído pelo Real.
  2. 2. O primeiro rei da Segunda dinastia, D.João Príncipe Regente, manda cunhar asprimeiras moedas portuguesas de cobre,os Reais pretos. É durante a governaçãofilipina e a restauração que à cunhagem damoeda por martelo se substituem osmétodos mecânicos e que surge a primeiraforma de papel-moeda, durante o reinadode D. Pedro II. A Casa da Moeda passavaum recibo a todos os que lhe entregassemmoedas de ouro e prata que tivessem sidocerceadas, ou seja, limadas e diminuídasda sua quantidade de metal precioso e,consequentemente, de valor afectivo.
  3. 3. Em 1821 é criado o primeiro banco emissor no Continente, Banco deLisboa, antecessor ao actual Banco de Portugal que passava a emitirnotas regularmente. O Banco de Portugal surge em 1846 e, em 1887,torna-se no único Banco emissor. Com a implantação da República, a 5de Outubro de 1910, o sistema monetário é alterado e o real substituídopelo Escudo ($). Todavia, as primeiras notas de escudo só começam acircular em 1914. Com a entrada do Euro (€), a Europa torna-se portadora de uma moedaúnica. O Euro existe na forma de notas e moedas desde 1 de Janeiro de2002, e como moeda-escritural desde 1 de Janeiro de 1999.
  4. 4. Evolução das TrocasInicialmente, as trocas eram feitas de forma directa, sem intervenção de qualquer intermediário ----------- Troca DirectaBem ----------- BemInconvenientes da Troca Directa:Dupla coincidência de desejos;Atribuição de valor de bens;Divisibilidade ou fraccionamento dos bens;Transporte de bens;Elevado número de transacções.Para ultrapassar os inconvenientes levantados pela Troca Directa, começam a ser utilizadosalguns bens como intermediários na troca, que sendo aceites por todos os membros dacomunidade permitem dividir a operação de troca em três partes: trocar o bem que possuo poresse bem intermediário, posteriormente utilizá-lo para adquirir outros bens. Trata-se agorade uma Troca Indirecta funcionando esse intermediário como moeda, a Moeda-Mercadoria queconstitui a forma mais rudimentar da moeda.
  5. 5. Bem -------- Moeda -------- BemAo longo dos tempos, vários bens foram utilizados como Moeda-Mercadoria, as peles, os cereais, o sal, o gado ou o vinho.Apesar de constituir um grande avanço, o uso deste tipo de moedalevantava ainda alguns problemas:Sendo um bem útil, era utilizado para fins não monetários, podendohaver falta de moeda;Nem sempre poder ser fraccionado (gado ou peles);Por vezes ser difícil o seu transporte;Difícil de guardar no tempo, pois podia deteriorar-se (o vinho azedaou o cereal apodrece)

×