PRINCE2 Business Case

40 visualizações

Publicada em

O propósito do conhecimento do Tema Business Case é "prover uma estrutura para avaliar se o Business Case é desejável, viável, realizável e se vale a pena continuar o investimento que é feito durante o projeto". Pode-se também dizer que o Tema Business Case provê um mecanismo para avaliar se o projeto é (e permanece) desejável e realizável.

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
40
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

PRINCE2 Business Case

  1. 1. Business Case O propósito do conhecimento do Tema Business Case é "prover uma estrutura para avaliar se o Business Case é desejável, viável, realizável e se vale a pena continuar o investimento que é feito durante o projeto". Pode-se também dizer que o Tema Business Case provê um mecanismo para avaliar se o projeto é (e permanece) desejável e realizável. Analisemos novamente tal afirmação por partes:  Prover uma estrutura: Fornecer orientações e diretrizes a serem seguidas.  Desejável: Determinar se este produto é realmente necessário.(Benefícios versus desvantagens)  Viável: É possível realizar? Somos capazes de entregar?  Realizável: É possível entregar o benefício?  O investimento continuado vale a pena? Se não vale, então o projeto deverá ser interrompido. Justificativa de Negócio "Justificativa de Negócio" é um termo popular em vários métodos, agora usado pelo PRINCE2 e que significa que há uma razão de negócio válida para realizar o projeto, a qual continua a serválida durante todo o projeto. Se o Business Case se torna inválido durante o projeto, o projeto deverá ser encerrado. A justificativa de negócio também é um dos 7 princípios do PRINCE2. O que umBusiness Case fazpara o projeto? O Business Case reúne as informações para permitir que a organização avalie se um projeto é desejável, viável e realizável e, portanto, vale a pena investir nele. O Business Case é normalmente desenvolvido no início do projeto, a menos que ele seja fornecido pela Gerência Corporativa ou do Programa. Uma vez criado, ele é mantido ao longo da vida do
  2. 2. projeto. Uma boa pergunta para se fazer aqui é “Por que o Business Case é mantido e o que isso significa?” Consideremos o seguinte exemplo para explicar isso. Sua empresa investirá €100.000 em um aplicativo de vendas e espera obter um retorno sobre seuinvestimento em 20 meses, devido à redução no quadro pessoal em duas pessoas da área administrativa, pois se exigirá menor volume de trabalho administrativo. Os clientes poderão encomendar e visualizar online todas as informações de sua conta e não precisarão telefonar com tanta freqüência. Como se inferir, isto parece serum bom projeto. Contudo, após 3 meses com o projeto rodando, depara-se com o seguinte: Dois dos seus maiores clientes não desejam usar aplicativos baseados na Web em seudepartamento de compras, então você precisará manter uma pessoa no setoradministrativo. O retorno sobre o investimento (ROI) mudará e assim serão 32 meses ao invés 20 para recuperar o custo do projeto. O Business Case precisa seratualizado com esta informação. Como Gerente do Projeto, você quer mostrar que o projeto ainda vale a pena ser feito (se você acreditar que é), mas deverá recomendar ao Comitê Diretor do Projeto que o encerre se o projeto não mais valer a pena. Como se pode ver, o Gerente de Projeto estará constantemente perguntando a si mesmo: "O investimento continuado neste projeto ainda vale a pena?" O PRINCE2 pressupõe que haverá um cliente que está solicitando um produto, o qual pagará por ele e provavelmente o usará. O PRINCE2 também pressupõe um Fornecedor que produzirá o produto. Tanto o cliente quanto o fornecedor podem existir dentro da mesma empresa (dois departamentos diferentes), ou o fornecedor pode ser externo. Como descrever melhor o que se obtém de umprojeto? O PRINCE2 utiliza os termos "Saídas, Resultados e Benefícios", os quais termos ajudam a descrever o que obtemos de um projeto:  Para entender“Saídas” Qual é o produto que será entregue peloprojeto?  Para entender“Resultados” Oque os usuários podemfazer melhorcom este produto?  Para entender“Benefícios”:Quaismelhoriasmensuráveiscomo bom uso deste produto? O caminho para a criação do BusinessCase O Business Case é desenvolvido no Estágio de Iniciação (IP) e mantido durante o projeto. O Business Case é verificado primeiramente pelo Comitê Diretor do Projeto, de modo que o projeto possa ser iniciado. Em seguida, ele é novamente verificado em pontos de decisão- chave durante o projeto, como por exemplo ao final de cada estágio.
  3. 3. Há 4 etapas na criação do Business Case:  Desenvolver:DesenvolveroBusinessCase  Verificar:Verificaro BusinessCase  Manter: Manter o BusinessCase  Confirmar os Benefícios:DefinidosnoPlanode Revisão de Benefícios Passo 1: Desenvolver(Criar) o Business Case O Executivo é responsável pela criação do Business Case, mas ele pode ser redigido por outras pessoas oucom a ajuda de terceiros. Por exemplo, o Executivo pode envolver alguém do departamento financeiro para lhe assessorarcom as informações financeiras  Antesdo início do projeto:O documento Proposiçãode Projetogeralmente contémum esboçodo BusinessCase e explicaráas razões pela quaiso projeto é necessário.  Pré-Projeto(SU):AsinformaçõesdoBusinessCase Preliminarsão extraídasda Proposiçãode projeto,são copiadas e melhoradas para o BusinessCase Preliminare serão partes integrantes do Sumário do Projeto.  Initiatinga Project(IP): O documento BusinessCase Preliminaré expandidopara o documento BusinessCase Detalhado (geralmente peloExecutivo,coma ajuda de outras pessoas) e se torna parte do DIP.
  4. 4. Passo 2: Verificar o Business Case (Comitê Diretor do Projeto) O que significa verificar o Business Case? Significa determinar se o Business Case ainda vale a pena; Esta verificação é feita em vários pontos do projeto pelo Comitê Diretor. Pergunta: Que momento você acha que seriam bons pontos no projeto para o Comitê Diretor verificar o Business Case (checar se o Business Case ainda vale a pena)? Dica: Os pontos de decisão do Comitê Diretor do Projeto. Pontos de verificação do Comitê Diretor do Projeto:  Ponto de verificação 1: Ao final do processo "Starting Up a Project " (Pré-Projeto);  Ponto de verificação 2: Ao final do Estágio de Iniciação;  Ponto de verificação 3: Ao início de cada novo estágio de entrega.  Outros pontos de verificação se dão onde quer que o Business Case seja atualizado ou revisado. Exemplo: O Gerente de Projeto verificará a contínua justificativa do negócio durante o processo Stage Boundary. Em outras palavras, o Business Case é usado para justificar a contínua viabilidade do projeto. O Executivo é responsável por assegurar que o projeto de fato gera valor a partir do dinheiro investido e está alinhado com os objetivos corporativos, além de assegurar às outras partes interessadas que o projeto permanece viável. Assim, o Executivo é a pessoa responsável pelo projeto e não o Gerente de Projeto. Referência  prince2.wiki/PRINCE2  pt.prince2.wiki/PRINCE2

×