Mistagogia

4.006 visualizações

Publicada em

Mistagogia

Publicada em: Educação
0 comentários
9 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.006
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
9
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mistagogia

  1. 1. MISTAGOGIA <ul><li>Do grego, mystagogéin , significa: </li></ul><ul><li>- iniciar no mistério e nos ritos que o celebram; </li></ul><ul><li>- levar os iniciados a viver o mistério da salvação. </li></ul><ul><li>A ação mistagógica é a característica </li></ul><ul><li>mais significativa da finalidade da liturgia </li></ul><ul><li>enquanto ação comunitária dos batizados </li></ul><ul><li>(cf. SC 19, PO 4-5). </li></ul>A mistagogia é a própria ação celebrativa que introduz os cristãos em assembleia, partícipes do mistério celebrado, na comunhão com o Pai em Jesus Cristo sob a ação do Espírito Santo .
  2. 2. O sinal mistagógico nos coloca na dimensão do Mistério como mediação entre o humano e o divino. Na religiosidade judaica o mistério estava presente, enfatizava a predileção de Javé pelo povo eleito . Iniciava-se os circuncisos, principalmente, transmitindo a Lei divina ou Torá e introduzindo-os no culto do templo e nos ritos sacrificais .
  3. 3. Na Igreja primitiva, depois da explosão pentecostal, judeus e pagãos viveram o mistério cristão como evento irresistível e irrenunciável de salvação para todos. O kerigma anunciado se traduziu em expressões litúrgicas, dado também o forte simbolismo dos sacramentos da iniciação. No cristianismo, a mistagogia tem nova importância. Jesus introduziu os discípulos no mistério do Reino de Deus com símbolos e parábolas ricas do próprio mistério. Jesus é o Mistério e ao mesmo tempo, o Mistagogo deseus seguidores ( cf. Mt 11,25-27). De Paulo, emerge o conceito do grande mistério (cf. Rm 16,25b-27).
  4. 4. No decorrer do tempo, a prática formativa da Igreja recorreu aos métodos e instrumentos pedagógicos: catequese, a explicação alegórica dos ritos e os comentários nas celebrações. O segredo da prática mistagógica é “celebrar iniciando”, ou seja, ensinar a partir da ação celebrativa . Toda formação litúrgica autêntica abrange não só o ensinamento, mas também a prática . O processo de formação consiste: * na perseverança, * na meditação da Palavra, * na celebração dos sacramentos *e na oração.
  5. 5. “ A via privilegiada, para serem os cristãos introduzidos no mistério da salvação, permanece nos santos sinais, seguindo com fidelidade a vivência do Ano Litúrgico . Os pastores se empenhem na catequese mistagógica, tão cara aos Padres da Igreja , que ajuda a descobrir o valor dos gestos e das palavras da liturgia, ajudando os fiéis a passar dos sinais ao mistério e a comprometer nele sua existência inteira”. (Carta apostólica do Papa João Paulo II, “ Mane nobiscum Domine ”, para o ano da Eucaristia, n-17). ( Ir Mary Donzellini mjc) O método mistagógico tem muita importância na catequese porque une catequese e liturgia como “ duas faces do mesmo mistério”. Portanto, faz parte não somente da preparação imediata para os sacramentos, mas de toda a formação permanente do cristão.

×