Utilizando Tecnologia Na Aprendizagem Da MatemáTica

6.078 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.078
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
29
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
111
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Utilizando Tecnologia Na Aprendizagem Da MatemáTica

  1. 1. Utilizando tecnologia na aprendizagem da matemática
  2. 2. OBJETIVOS <ul><li>Obter conhecimento das noções básicas de informática e sobre o Linux (Debian) sistema utilizado nas Escolas Estaduais do Estado do Paraná. </li></ul><ul><li>Conhecer os conteúdos a serem ensinados e sua tradução em objeto de aprendizagem, e a trabalhar os erros e obstáculos à aprendizagem. </li></ul><ul><li>Envolver os alunos em atividades de pesquisa,e projetos, que facilitem integração em equipe para elaboração e apresentações em conjunto. </li></ul><ul><li>Observar e avaliar os educandos em situações de aprendizagem de acordo com a abordagem de situações – problemas ajustadas ao nível de interesse e possibilidades dos mesmos. </li></ul><ul><li>Despertá-los para o desejo da aprendizagem, e de transformar a relação do saber, o sentido do trabalho escolar e desenvolver a capacidade de auto-avaliação. </li></ul>
  3. 3. METODOLOGIA <ul><li>A metodologia de trabalho adotada é em forma de projeto realizado com alunos da 8ª série do período matutino seguindo as seguintes etapas : </li></ul>
  4. 4. 1ª etapa: Dedicada aos alunos da escola num período de 50 minutos de encontros semanais para que tenham as noções necessárias do funcionamento do sistema Linux no Laboratório de informática (Paraná – digital), e as funções para realizar as apresentações de slide. 2ª etapa: Nesta segunda etapa será explorado o uso da a internet como grande aliada nas pesquisas. Para o processo de criação será preciso aprender usá-la nos seus infinitos recursos e sua na utilização no seu dia-a-dia, além do conhecimento de sites específicos de matemática. .
  5. 5. 3ª etapa: Munidos dos conhecimentos adquiridos os educandos passarão a pesquisar especificamente os conteúdos matemáticos solicitados pelo professor e criarão apresentações de slides conforme os conceitos pesquisados. 4ª etapa: Está etapa não será a final, mas o início para que nossos alunos possam interagir em sites mais específicos, para alunos e professores e colocar as suas experiências nos mesmos, deixando suas sugestões na rede, assim tendo uma troca de informações mais direcionada a educação tecnológica.
  6. 6. VAMOS VER UM EXEMPLO
  7. 7. Ei, você sabe o que é o número ouro?
  8. 8. O que é o Número de Ouro? <ul><ul><li>uma série, em que </li></ul></ul><ul><ul><li>qualquer número é a soma </li></ul></ul><ul><ul><li>dos dois anteriores, com </li></ul></ul><ul><ul><li>exceção dos dois primeiros, </li></ul></ul><ul><ul><li>que são unitários. </li></ul></ul>
  9. 9. <ul><ul><li>Inventado por Leonardo de Pisa, </li></ul></ul><ul><ul><li>mais conhecido por Fibonacci. </li></ul></ul><ul><ul><li>A sequência é 1+1=2, o número </li></ul></ul><ul><ul><li>2 foi o resultante da soma de 1+1, </li></ul></ul>
  10. 10. <ul><ul><li>então a próxima soma é: </li></ul></ul><ul><ul><li>o último número a ser somado </li></ul></ul><ul><ul><li>(no caso 1) mais o resultado da </li></ul></ul><ul><ul><li>última soma (no caso 2), teríamos então: </li></ul></ul><ul><ul><li>1+2=3 </li></ul></ul>
  11. 11. <ul><ul><li>Prosseguindo, teríamos , 2+3=5, </li></ul></ul><ul><ul><li>3+5=8, 5+8=13, 8+13=21, </li></ul></ul><ul><ul><li>13+21=34, 21+34=55, e assim por diante. </li></ul></ul>
  12. 12. <ul><ul><li>O que há de mais interessante na série de </li></ul></ul><ul><ul><li>Fibonacci é a razão entre dois de seus termos consecutivos encontra-se com frequência na natureza. </li></ul></ul>
  13. 13. A história deste enigmático número perde-se na antiguidade. No Egipto as pirâmides de Gizé foram construídas tendo em conta a razão áurea : A razão entre a altura de um face e metade do lado da base da grande pirâmide é igual ao número de ouro.
  14. 14. Os Pitagóricos usaram também a secção de ouro na construção da estrela pentagonal. Não conseguiram exprimir como quociente entre dois números inteiros, a razão existente entre o lado do pentágono regular estrelado (pentáculo) e o lado do pentágono regular inscritos numa circunferência. Quando chegaram a esta conclusão ficaram muito espantados.
  15. 15. Foi o primeiro número irracional de que se teve consciência que o era. Este número era o número ou secção de ouro apesar deste nome só lhe ser atribuído uns dois mil anos depois.
  16. 16. Posteriormente, ainda os gregos consideraram que o rectângulo cujos lados apresentavam esta relação apresentava uma especial harmonia estética que lhe chamaram rectângulo áureo ou rectângulo de ouro, considerando esta harmonia como uma virtude excepcional.
  17. 17. Bibliografia http://images.google.com.br/imgres http://www.abet.com.br/portal/abet_informa/210/imagens/abetinha.jpg Matemática – Ensino Médio
  18. 18. Professora Márcia Marcos Silva Meurer Alunos Diego Júnior da Silva Elivélton Ricardo de Souza

×