SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 9
Baixar para ler offline
INSTITUTO LANTE – LABORATÓRIO DE NOVAS
                 TECNOLOGIAS DE ENSINO
                    CURSO: Informática II
                Alunas: Luciana Ramalho da Silva




Iink do objeto criado

http://www.slideshare.net/guestc5af33/objeto-de-aprendizagem-1594516
Apresentação




        A crescente velocidade das mudanças tecnológicas e consequentemente
      as exigencias no mercado de trabalho tem levado os proficionais da
      educação a restaurar suas formas de ensinar.
       Este projeto de trigonometria voltado para alunos do 1º ano do ensino
      médio valoriza temas que a educação matemática destaca como
      essenciais, trabalha temas atuais,associa conteúdos,propõe atividades
      que estimula o raciocinio e a investigação e leva o aluno a deduzir .
        A divisão do conteúdo em tarefas e etapas são tratados, com
      aprofundamento adequado ao ensino médio com uma linguagem clara e
      direta.
       A contextualização visa retirar o aluno da condição de espectador passivo
      estabelecendo relação entre o que ele aprende e a sua vida (cotidiano na
      sociedade em que vive) .
        Usufluimos de materiais de apoio ás atividades didáticas sem tirar a
      liberdade de criação dos alunos propondo pesquisa de textos que
      instiguem a curiosidade do aluno ajudando a desenvolver suas habilidades
      matemáticas




Construindo Relações Trigonométrica
Introdução

Introduzimos aqui alguns conceitos relacionados com a Trigonometria no
triângulo retângulo com base em levantamentos históricos dos trabalhos
de Ptolomeu e outros matemáticos da Grécia Antiga, para investigar a
apropriação do significado dos conceitos das razões trigonométricas:
seno, cosseno e tangente, no triângulo retângulo, com alunos do 1º ano do
Ensino Médio.Procuramos responder à questão de pesquisa: Como
ensinar trigonometria no triângulo retângulo de maneira significativa?
Como distanciar a utilização daTrigonometria no Ensino Médio da
mecanização?
Desta forma, este projeto terá por objetivo geral promover um estudo
significativo da ciência matemática de forma contextualizada, presencial e
virtual,fazendo uso do computador de forma pedagógica e buscando
desenvolver um trabalho diferente que estimule o aluno a criar estratégias
para construir o seu próprio conhecimento.

Objetivo

O aluno

* Le, identifica e representa as funções trigonométricas
* Desenvolve operaçõe e reconhece identidades utilizando as relações
trigonométricas
* Aplica os conhecimentos desenvolvidos na busca de soluções para
equações trigonométricas
*Investiga e classifica alguns instrumentos de medidas
*Certifica-se de que existem parâmetros adequados para realização da
medida de uma grandeza;
*Escreve as relações trigonométricas fundamentais;
*Resolve problemas que envolvam as relações trigonométricas;
*Calcula lados e ângulos de um triângulo retângulo utilizando razões
trigonométricas
*Resolve problemas práticos aplicando razões trigonométricas em
triângulo retângulo
*Analisa e resolve problemas que envolvam os conceitos trigonométricos




Desenvolvimento
Etapas e suas estratégias de realizações

1ª etapa
Iniciaremos nossa proposta dividindo os alunos em grupos e instruindo-os
a realizarem uma pesquisa sobre a história da trigonometria no triangulo
retângulo Após a pesquisa os grupos deverão apresentar um seminário.
Para essa apresentação os alunos deverão criar slides no power point com
os principais pontos da história e suas contribuições para matemática e
algumas curiosidades utilizando o sites e livros indicados
Após será realizado questionamentos sobre questões do cotidiano dos
alunos, abordadas na importância das relações trigonométricas no seu dia
a dia por exemplo, no estudo dos movimentos circulares
Nesta etapa os alunos deverão saber que o seno e o cosseno são relações
provenientes de uma circunferência trigonométrica
Para uma melhor interpretação da noção de radiano, utilizaremos a
representação da roda gigante ao resolver alguns problemas em que se
relaciona o ângulo ao centro com o comprimento do arco correspondente.
Utilizarão calculadora, para perceber a diferença entre trabalhar com
graus e radianos.


2ª etapa
Essa atividade deverá ser realizada em grupo e com divisão de tarefas
1º momento
Dividiremos a classe em dois grupo onde um grupo realizará uma
pesquisa referente a história e a aplicação do teodolito e apresentarão um
seminario com fotos de diferentes teodolito . Para contribução
significativa o outro grupo construirão um teodolito.Utilizandos os
seguintes materiais
- Pote redondo com tampa (o pote deve possuir movimento circular
fixado a tampa)
- Canudo oco em formato cilíndrico reto (o buraco interno deve ter o
diâmetro de forma que seja possível visualizar o outro lado)
- O desenho de um transferidor (com os ângulos estejam dispostos num
círculo de diâmetro maior que o pote) que será confeccionado pelos
alunos
- Madeira ou papelão que caiba a imagem do transferidor
- Tabela da tg
- cola
- arame de comprimento maior que o diâmetro do transferidor
2º momento
O aluno terá que discutir com os colegas e responder as questões abaixo e
em seguida fazer um relatório:
a- Façam uma lista, no caderno, de no mínimo 4 instrumentos de medida;.
Em seguida, fale a respeito de cada um dos instrumentos listados
descrevendo suas utilidades e aplicações
b-Quais são as utilidades e formas de funcionamento de um teodolito?
c-Levar os alunos a um prédio publico colocando alguns alunos de
diferentes alturas a uma distancia de 1 metro do prédio
Fazer eles observarem através do teodolito o ângulo dado para enxergar o
pico deste prédio e, com a tabela das tangentes, fazer cada um deles
calcular a altura do prédio. Os cálculos resultarão alturas distintas., pois
os ângulos não serão os mesmos devido à diferença entre as alturas dos
alunos.


Através de pesquisas individuais os alunos conhecerão a história de
Hiparcos o seu teorema e aplicação na trigometria

2º momento

Para complementarmos o conhecimento adiquirido após a pesquisa os
alunos utilizarão o laboratório de informatica se dividindo em dupla para
cada computador e realizarão a atividade proposta no site
http://rived.mec.gov.br/atividades/concurso2006/relacoestrigonometricas/
barraca.swf

3º momento

Observando os resultados obtidos no objeto de aprendizagem podemos
concluir algumas propriedades.

Utilizando caderno e caneta os alunos responderão as seguintes perguntas
1º) Que relação existe entre seno e cosseno de ângulos complementares?
3º) E a tangente de 90°? O que podemos concluir? Observe a razão que é
formada quando o ângulo é de 90
4º) Existe proporcionalidade entre o ângulo e as razões trigonométrica?
Ou seja, por exemplo, se o ângulo dobra seu seno também dobra?
Conclusão

 A denominação “Construindo Relações Trigonométrica”é usada neste
trabalho a fazer refências aos tipos de situações que são trabalhados, com
isso o aluno toma conhecimento da trigonometria de forma cooperativa,
as atividades propostas oferecem facilidade, para conhecer as razões
trigonométricas que traz ao estudo da trigonometria uma visão diferente e
bem mais motivadora do que a tradicional.
De forma prática abordamos o estudo da trigonometria para alunos do
ensino médio com aplicações matemáticas ligada a situações do dia a dia.
Este trabalho nos proporcionou um aprimoramento no processo ensino
aprendizagem Entendemos que nesse processo o objeto de aprendizagem
pode ser melhorado constantemente nos diferentes diálogos entre
professores e alunos

                Analista de manchas de sangue
 A área de análise de manchas de sangue exige conhecimento de
matemática, física, biologia e química. Estudantes de Criminologia e
Justiça Criminal aprendem sobre o tema em cursos de ciência forense ou
em aulas específicas sobre respingos de sangue. No entanto, a maioria dos
analistas começa como um oficial da polícia que aprende na prática,
recebe certificações, faz cursos e participa de workshops e seminários
As ciências forenses desempenham uma função essencial no sistema de
justiça, ao fornecer informação científica fundamental para a investigação
criminal e para os tribunais.
 Muitos dos Cientistas Forenses são técnicos de laboratório que se
especializaram numa só área da ciência forense.
N a fixão os filmes policiais tem abordado tema da ciencia forense na
resolução de crimes com isso têm aumentado o nível de consciência do
público em geral sobre a aplicação da ciência na resolução de certos
crimes.
Podemos lembrar do caso Isabela
O que algumas gotas de sangue podem nos dizer sobre um crime?
Na análise das manchas de sangue, o que os respingos desse fluído podem
revelar (e o que eles não podem).

          Como funciona a análise de manchas de sangueg

Usando fios elásticos, o profissional coloca linhas a partir de cada
respingo até a base. Depois, usa um transferidor na base da área onde os
fios convergem para determinar o ângulo de lançamento de cada gota. Se
estiverem principalmente na parede, é possível medir a distância entre a
área de convergência e o objeto para descobrir onde a vítima
estava.Alguns analistas usam cálculos trigonométricos para descobrir a
área de convergência. As medidas da mancha de sangue se tornam os
lados de um triângulo retângulo: seu comprimento é a hipotenusa e a
largura fica do lado oposto ao ângulo que o analista está tentando
descobrir.
Primeiro é necessário localizar cada mancha e medir o comprimento e a
    largura delas usando uma régua ou compasso de calibre. Em seguida,
    calcular o ângulo usando essa fórmula: ângulo de impacto = arco seno
    (lado oposto/hipotenusa)
    Veja o que um analista precisa fazer para que a fórmula funcione:
1. medir o comprimento e a largura da mancha
2. dividir a largura da mancha pelo comprimento
3. determinar o arco seno desse número, geralmente usando uma calculadora
    que possua esta função.

   Uma gota de sangue que cai perfeitamente na vertical ou formando um
   ângulo de 90° será redonda. À medida que o ângulo de impacto aumenta,
   o pingo fica cada vez mais longo e desenvolve uma "ponta" que indica a
   direção percorrida. Porém, seu comprimento não faz parte das medidas.
Quanto maior a diferença entre a largura e o comprimento, mais agudo
será o ângulo de impacto. Por exemplo, imagine uma mancha de sangue
com 2 mm de largura e 4 mm de comprimento. A largura dividida pelo
comprimento seria igual a 0,5. O arco seno de 0,5 é 30, então o sangue
caiu na superfície formando um ângulo de 30°. Em uma mancha com a
largura de 1 mm e comprimento de 4 mm, o coeficiente seria de 0,25.
Nesse caso, o sangue caiu na superfície formando um ângulo com cerca
de 14°.
Um terceiro método envolve medir o comprimento e a largura de cada
marca, realizar outras medições da área e passar esses dados para um
programa de computador, como o No More Strings. Esses programas
criam modelos tridimensionais e animações da cena do crime, além de
indicar a área de convergência. Quando usados para apresentar alguma
evidência podem ser mais convincentes do que declarações de
especialistas cheias de jargões ou fotografias bidimensionais.
vimos como a análise de manchas de sangue pode funcionar quando
utilizada de maneira correta pelos especialista.

REFERÊNCIAIS BIBLIOGRÁFICAS

http://www.ensinomedio.impa.br/materiais/tep/cap4.pdf
http://www.somatematica.com.br/artigos/a4/p4.php
http://rived.mec.gov.br/atividades/concurso2006/relacoestrigonometricas/
barraca.swf
http://pessoas.hsw.uol.com.br/padroes-mancha-sangue3.htm
http://www.topografia.ufsc.br/cap7-1-1.html
http://miltonborba.org/Mat_Aplic/MAT_APLIC-Trigonometria.pdf
http://anamixa.tripod.com/index.html
http://www.educ.fc.ul.pt/icm/icm2003/icm11/notas.htm
http://www.klickeducacao.com.br/2006/frontdoor/0,5884,POR,00.html

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Plano De Aula Utilizado Os Recursos Da Web
Plano De Aula Utilizado Os Recursos Da WebPlano De Aula Utilizado Os Recursos Da Web
Plano De Aula Utilizado Os Recursos Da WebAnderson V N Soares
 
Projeto em informatica educativa planejamento
Projeto em informatica educativa   planejamentoProjeto em informatica educativa   planejamento
Projeto em informatica educativa planejamentoIara1979
 
Projeto em informática educativa - planejamento
Projeto em informática educativa - planejamentoProjeto em informática educativa - planejamento
Projeto em informática educativa - planejamentoSamuel Rodrigues
 
Plano de aula: Demonstrações em Matemática
Plano de aula: Demonstrações em MatemáticaPlano de aula: Demonstrações em Matemática
Plano de aula: Demonstrações em MatemáticaElton Ribeiro da Cruz
 
Encontro presencial: Mapa de percurso e sequência didática
Encontro presencial: Mapa de percurso e sequência didáticaEncontro presencial: Mapa de percurso e sequência didática
Encontro presencial: Mapa de percurso e sequência didáticaMarcia Duran
 
Plano de curso da 1ª série do cn 2015.
Plano de curso da 1ª série do cn 2015.Plano de curso da 1ª série do cn 2015.
Plano de curso da 1ª série do cn 2015.Prointele
 
Plano de curso de matemática ensino médio
Plano de curso de matemática ensino médioPlano de curso de matemática ensino médio
Plano de curso de matemática ensino médioTammi Kirk
 
Planejamento de matemática 9º ano - 3º bimestre - 2015
Planejamento de matemática   9º ano - 3º bimestre - 2015Planejamento de matemática   9º ano - 3º bimestre - 2015
Planejamento de matemática 9º ano - 3º bimestre - 2015proffelipemat
 

Mais procurados (13)

Plano De Aula Utilizado Os Recursos Da Web
Plano De Aula Utilizado Os Recursos Da WebPlano De Aula Utilizado Os Recursos Da Web
Plano De Aula Utilizado Os Recursos Da Web
 
Projeto em informatica educativa planejamento
Projeto em informatica educativa   planejamentoProjeto em informatica educativa   planejamento
Projeto em informatica educativa planejamento
 
Projeto em informática educativa - planejamento
Projeto em informática educativa - planejamentoProjeto em informática educativa - planejamento
Projeto em informática educativa - planejamento
 
Plano de ensino marwmatica ensino medio 2013
Plano de ensino marwmatica ensino medio 2013Plano de ensino marwmatica ensino medio 2013
Plano de ensino marwmatica ensino medio 2013
 
Projeto final
Projeto finalProjeto final
Projeto final
 
Plano anual matematica 2º ano.doc
Plano anual matematica 2º ano.docPlano anual matematica 2º ano.doc
Plano anual matematica 2º ano.doc
 
Plano de aula: Demonstrações em Matemática
Plano de aula: Demonstrações em MatemáticaPlano de aula: Demonstrações em Matemática
Plano de aula: Demonstrações em Matemática
 
Encontro presencial: Mapa de percurso e sequência didática
Encontro presencial: Mapa de percurso e sequência didáticaEncontro presencial: Mapa de percurso e sequência didática
Encontro presencial: Mapa de percurso e sequência didática
 
Plano de curso da 1ª série do cn 2015.
Plano de curso da 1ª série do cn 2015.Plano de curso da 1ª série do cn 2015.
Plano de curso da 1ª série do cn 2015.
 
Plano de curso de matemática ensino médio
Plano de curso de matemática ensino médioPlano de curso de matemática ensino médio
Plano de curso de matemática ensino médio
 
Plano aula matematica_adm_estela_giro
Plano aula  matematica_adm_estela_giroPlano aula  matematica_adm_estela_giro
Plano aula matematica_adm_estela_giro
 
Planejamento de matemática 9º ano - 3º bimestre - 2015
Planejamento de matemática   9º ano - 3º bimestre - 2015Planejamento de matemática   9º ano - 3º bimestre - 2015
Planejamento de matemática 9º ano - 3º bimestre - 2015
 
Execução
ExecuçãoExecução
Execução
 

Destaque

ujjwal_Resume_2016
ujjwal_Resume_2016ujjwal_Resume_2016
ujjwal_Resume_2016Ujwal Thorat
 
เอกสาร East & South East Asia Monitor ครั้งที่ ุ11 ประจำเดือน พฤศจิกายน 2558
เอกสาร East & South East Asia Monitor ครั้งที่ ุ11 ประจำเดือน พฤศจิกายน 2558เอกสาร East & South East Asia Monitor ครั้งที่ ุ11 ประจำเดือน พฤศจิกายน 2558
เอกสาร East & South East Asia Monitor ครั้งที่ ุ11 ประจำเดือน พฤศจิกายน 2558Klangpanya
 
Hipertensión arterial
Hipertensión arterialHipertensión arterial
Hipertensión arterialAyrton Inga
 
Curso adm 185 auditoria contable
Curso adm 185   auditoria contableCurso adm 185   auditoria contable
Curso adm 185 auditoria contableProcasecapacita
 
GaszakJohn_InstructionalProductReport
GaszakJohn_InstructionalProductReportGaszakJohn_InstructionalProductReport
GaszakJohn_InstructionalProductReportJohn Gaszak
 
A case for traditional marriage
A case for traditional marriageA case for traditional marriage
A case for traditional marriageJenna Cassinat
 
Using Azure for Computationally Intensive Workloads
Using Azure for Computationally Intensive WorkloadsUsing Azure for Computationally Intensive Workloads
Using Azure for Computationally Intensive WorkloadsMichael Heydt
 
Historia del Marketing
Historia del MarketingHistoria del Marketing
Historia del MarketingSoraly Escobar
 
Presentation on Cloud Mashups
Presentation on Cloud MashupsPresentation on Cloud Mashups
Presentation on Cloud MashupsMichael Heydt
 
La sociedad del conocimiento
La sociedad del conocimientoLa sociedad del conocimiento
La sociedad del conocimientomarcoscastll
 

Destaque (16)

1.15.11 ann
1.15.11 ann1.15.11 ann
1.15.11 ann
 
ujjwal_Resume_2016
ujjwal_Resume_2016ujjwal_Resume_2016
ujjwal_Resume_2016
 
เอกสาร East & South East Asia Monitor ครั้งที่ ุ11 ประจำเดือน พฤศจิกายน 2558
เอกสาร East & South East Asia Monitor ครั้งที่ ุ11 ประจำเดือน พฤศจิกายน 2558เอกสาร East & South East Asia Monitor ครั้งที่ ุ11 ประจำเดือน พฤศจิกายน 2558
เอกสาร East & South East Asia Monitor ครั้งที่ ุ11 ประจำเดือน พฤศจิกายน 2558
 
Hipertensión arterial
Hipertensión arterialHipertensión arterial
Hipertensión arterial
 
1.26 advancedscreeninggfx
1.26 advancedscreeninggfx1.26 advancedscreeninggfx
1.26 advancedscreeninggfx
 
Curso adm 185 auditoria contable
Curso adm 185   auditoria contableCurso adm 185   auditoria contable
Curso adm 185 auditoria contable
 
1.29.11 ann
1.29.11 ann1.29.11 ann
1.29.11 ann
 
GaszakJohn_InstructionalProductReport
GaszakJohn_InstructionalProductReportGaszakJohn_InstructionalProductReport
GaszakJohn_InstructionalProductReport
 
A case for traditional marriage
A case for traditional marriageA case for traditional marriage
A case for traditional marriage
 
Znr2008Suv_766004ZK
Znr2008Suv_766004ZKZnr2008Suv_766004ZK
Znr2008Suv_766004ZK
 
yourprezi
yourpreziyourprezi
yourprezi
 
Using Azure for Computationally Intensive Workloads
Using Azure for Computationally Intensive WorkloadsUsing Azure for Computationally Intensive Workloads
Using Azure for Computationally Intensive Workloads
 
Historia del Marketing
Historia del MarketingHistoria del Marketing
Historia del Marketing
 
Presentation on Cloud Mashups
Presentation on Cloud MashupsPresentation on Cloud Mashups
Presentation on Cloud Mashups
 
Cloud Mashup
Cloud MashupCloud Mashup
Cloud Mashup
 
La sociedad del conocimiento
La sociedad del conocimientoLa sociedad del conocimiento
La sociedad del conocimiento
 

Semelhante a Informática II

Projeto Planejamento - Luis Alberto - 20 out 2012 - VF
Projeto Planejamento - Luis Alberto - 20 out 2012 - VFProjeto Planejamento - Luis Alberto - 20 out 2012 - VF
Projeto Planejamento - Luis Alberto - 20 out 2012 - VFluisadr
 
Projeto final parte B: Informatica educativaI
Projeto final parte B: Informatica educativaIProjeto final parte B: Informatica educativaI
Projeto final parte B: Informatica educativaINicoly_caio
 
SEMINÁRIO DESCENTRALIZADO MGME
SEMINÁRIO DESCENTRALIZADO MGMESEMINÁRIO DESCENTRALIZADO MGME
SEMINÁRIO DESCENTRALIZADO MGMEMarcia Duran
 
Grupo 4 Lea Mãos à Obra!
Grupo 4   Lea   Mãos à Obra!Grupo 4   Lea   Mãos à Obra!
Grupo 4 Lea Mãos à Obra!Liege Conrado
 
Entre a régua e o compasso o ponto na geometria analítica
Entre a régua e o compasso   o ponto na geometria analíticaEntre a régua e o compasso   o ponto na geometria analítica
Entre a régua e o compasso o ponto na geometria analíticaKelly Lima
 
Relações métricas no triângulo retângulo plano ativ. com respostas
Relações métricas no triângulo retângulo plano ativ. com respostasRelações métricas no triângulo retângulo plano ativ. com respostas
Relações métricas no triângulo retângulo plano ativ. com respostasCIEP 456 - E.M. Milcah de Sousa
 
Projeto Os Pontos Notáveis de um Triângulo
Projeto Os Pontos Notáveis de um TriânguloProjeto Os Pontos Notáveis de um Triângulo
Projeto Os Pontos Notáveis de um TriânguloCarmen Beatriz Pacheco
 
Apresentacao tcc grasciele_centenaro
Apresentacao tcc grasciele_centenaroApresentacao tcc grasciele_centenaro
Apresentacao tcc grasciele_centenarocassianeaguiar
 
E proinfo esboço de projeto
E proinfo esboço de projetoE proinfo esboço de projeto
E proinfo esboço de projetolnc01
 
Projeto em informática educativa planejamento
Projeto em informática educativa   planejamentoProjeto em informática educativa   planejamento
Projeto em informática educativa planejamentotpmoliveira
 
Trigonometria e o triângulo retângulo
Trigonometria e o triângulo retânguloTrigonometria e o triângulo retângulo
Trigonometria e o triângulo retângulopriscilahgo
 
Projeto aprendizagem em informática educativa i
Projeto aprendizagem em informática educativa iProjeto aprendizagem em informática educativa i
Projeto aprendizagem em informática educativa ijeanqd2012
 
O ensino da Geometria e o software Régua e Compasso.
O ensino da Geometria e o software Régua e Compasso.O ensino da Geometria e o software Régua e Compasso.
O ensino da Geometria e o software Régua e Compasso.Malu2405
 
Plano de trabalho - Funções
Plano de trabalho - FunçõesPlano de trabalho - Funções
Plano de trabalho - FunçõesLuciane Oliveira
 

Semelhante a Informática II (20)

Projeto Planejamento - Luis Alberto - 20 out 2012 - VF
Projeto Planejamento - Luis Alberto - 20 out 2012 - VFProjeto Planejamento - Luis Alberto - 20 out 2012 - VF
Projeto Planejamento - Luis Alberto - 20 out 2012 - VF
 
Projeto final parte B: Informatica educativaI
Projeto final parte B: Informatica educativaIProjeto final parte B: Informatica educativaI
Projeto final parte B: Informatica educativaI
 
SEMINÁRIO DESCENTRALIZADO MGME
SEMINÁRIO DESCENTRALIZADO MGMESEMINÁRIO DESCENTRALIZADO MGME
SEMINÁRIO DESCENTRALIZADO MGME
 
Tarefa semana 7 e 8
Tarefa semana 7 e 8Tarefa semana 7 e 8
Tarefa semana 7 e 8
 
Grupo 4 Lea Mãos à Obra!
Grupo 4   Lea   Mãos à Obra!Grupo 4   Lea   Mãos à Obra!
Grupo 4 Lea Mãos à Obra!
 
Entre a régua e o compasso o ponto na geometria analítica
Entre a régua e o compasso   o ponto na geometria analíticaEntre a régua e o compasso   o ponto na geometria analítica
Entre a régua e o compasso o ponto na geometria analítica
 
SEMINÁRIO DESCENTRALIZADO MGME
SEMINÁRIO DESCENTRALIZADO MGMESEMINÁRIO DESCENTRALIZADO MGME
SEMINÁRIO DESCENTRALIZADO MGME
 
Relações métricas no triângulo retângulo plano ativ. com respostas
Relações métricas no triângulo retângulo plano ativ. com respostasRelações métricas no triângulo retângulo plano ativ. com respostas
Relações métricas no triângulo retângulo plano ativ. com respostas
 
Projeto Os Pontos Notáveis de um Triângulo
Projeto Os Pontos Notáveis de um TriânguloProjeto Os Pontos Notáveis de um Triângulo
Projeto Os Pontos Notáveis de um Triângulo
 
Projeto de Informática Educativa : Execução
Projeto de Informática Educativa : ExecuçãoProjeto de Informática Educativa : Execução
Projeto de Informática Educativa : Execução
 
Teorema de pitágoras
Teorema de pitágorasTeorema de pitágoras
Teorema de pitágoras
 
Apresentacao tcc grasciele_centenaro
Apresentacao tcc grasciele_centenaroApresentacao tcc grasciele_centenaro
Apresentacao tcc grasciele_centenaro
 
E proinfo esboço de projeto
E proinfo esboço de projetoE proinfo esboço de projeto
E proinfo esboço de projeto
 
Projeto em informática educativa planejamento
Projeto em informática educativa   planejamentoProjeto em informática educativa   planejamento
Projeto em informática educativa planejamento
 
Trigonometria e o triângulo retângulo
Trigonometria e o triângulo retânguloTrigonometria e o triângulo retângulo
Trigonometria e o triângulo retângulo
 
Projeto aprendizagem em informática educativa i
Projeto aprendizagem em informática educativa iProjeto aprendizagem em informática educativa i
Projeto aprendizagem em informática educativa i
 
RELAÇÕES MÉTRICAS NO TRIÂNGULO RETÂNGULO I
RELAÇÕES MÉTRICAS NO TRIÂNGULO RETÂNGULO IRELAÇÕES MÉTRICAS NO TRIÂNGULO RETÂNGULO I
RELAÇÕES MÉTRICAS NO TRIÂNGULO RETÂNGULO I
 
O ensino da Geometria e o software Régua e Compasso.
O ensino da Geometria e o software Régua e Compasso.O ensino da Geometria e o software Régua e Compasso.
O ensino da Geometria e o software Régua e Compasso.
 
Projeto de aprendizagem
Projeto de aprendizagemProjeto de aprendizagem
Projeto de aprendizagem
 
Plano de trabalho - Funções
Plano de trabalho - FunçõesPlano de trabalho - Funções
Plano de trabalho - Funções
 

Último

QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...azulassessoria9
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................mariagrave
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...WelitaDiaz1
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxKeslleyAFerreira
 
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoDados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoVitor Vieira Vasconcelos
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco LeiteReligiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leiteprofesfrancleite
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxCarolineWaitman
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"Ilda Bicacro
 
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docxSílvia Carneiro
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxIlda Bicacro
 
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasPeça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasBibliotecaViatodos
 
O que é literatura - Marisa Lajolo com.pdf
O que é literatura - Marisa Lajolo com.pdfO que é literatura - Marisa Lajolo com.pdf
O que é literatura - Marisa Lajolo com.pdfGisellySobral
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptAs teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptorlando dias da silva
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxIlda Bicacro
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfKelly Mendes
 
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São PauloCurrículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Pauloririg29454
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilMariaHelena293800
 

Último (20)

QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
 
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoDados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco LeiteReligiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasPeça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
 
O que é literatura - Marisa Lajolo com.pdf
O que é literatura - Marisa Lajolo com.pdfO que é literatura - Marisa Lajolo com.pdf
O que é literatura - Marisa Lajolo com.pdf
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptAs teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
 
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São PauloCurrículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 

Informática II

  • 1. INSTITUTO LANTE – LABORATÓRIO DE NOVAS TECNOLOGIAS DE ENSINO CURSO: Informática II Alunas: Luciana Ramalho da Silva Iink do objeto criado http://www.slideshare.net/guestc5af33/objeto-de-aprendizagem-1594516
  • 2. Apresentação A crescente velocidade das mudanças tecnológicas e consequentemente as exigencias no mercado de trabalho tem levado os proficionais da educação a restaurar suas formas de ensinar. Este projeto de trigonometria voltado para alunos do 1º ano do ensino médio valoriza temas que a educação matemática destaca como essenciais, trabalha temas atuais,associa conteúdos,propõe atividades que estimula o raciocinio e a investigação e leva o aluno a deduzir . A divisão do conteúdo em tarefas e etapas são tratados, com aprofundamento adequado ao ensino médio com uma linguagem clara e direta. A contextualização visa retirar o aluno da condição de espectador passivo estabelecendo relação entre o que ele aprende e a sua vida (cotidiano na sociedade em que vive) . Usufluimos de materiais de apoio ás atividades didáticas sem tirar a liberdade de criação dos alunos propondo pesquisa de textos que instiguem a curiosidade do aluno ajudando a desenvolver suas habilidades matemáticas Construindo Relações Trigonométrica
  • 3. Introdução Introduzimos aqui alguns conceitos relacionados com a Trigonometria no triângulo retângulo com base em levantamentos históricos dos trabalhos de Ptolomeu e outros matemáticos da Grécia Antiga, para investigar a apropriação do significado dos conceitos das razões trigonométricas: seno, cosseno e tangente, no triângulo retângulo, com alunos do 1º ano do Ensino Médio.Procuramos responder à questão de pesquisa: Como ensinar trigonometria no triângulo retângulo de maneira significativa? Como distanciar a utilização daTrigonometria no Ensino Médio da mecanização? Desta forma, este projeto terá por objetivo geral promover um estudo significativo da ciência matemática de forma contextualizada, presencial e virtual,fazendo uso do computador de forma pedagógica e buscando desenvolver um trabalho diferente que estimule o aluno a criar estratégias para construir o seu próprio conhecimento. Objetivo O aluno * Le, identifica e representa as funções trigonométricas * Desenvolve operaçõe e reconhece identidades utilizando as relações trigonométricas * Aplica os conhecimentos desenvolvidos na busca de soluções para equações trigonométricas *Investiga e classifica alguns instrumentos de medidas *Certifica-se de que existem parâmetros adequados para realização da medida de uma grandeza; *Escreve as relações trigonométricas fundamentais; *Resolve problemas que envolvam as relações trigonométricas; *Calcula lados e ângulos de um triângulo retângulo utilizando razões trigonométricas *Resolve problemas práticos aplicando razões trigonométricas em triângulo retângulo *Analisa e resolve problemas que envolvam os conceitos trigonométricos Desenvolvimento
  • 4. Etapas e suas estratégias de realizações 1ª etapa Iniciaremos nossa proposta dividindo os alunos em grupos e instruindo-os a realizarem uma pesquisa sobre a história da trigonometria no triangulo retângulo Após a pesquisa os grupos deverão apresentar um seminário. Para essa apresentação os alunos deverão criar slides no power point com os principais pontos da história e suas contribuições para matemática e algumas curiosidades utilizando o sites e livros indicados Após será realizado questionamentos sobre questões do cotidiano dos alunos, abordadas na importância das relações trigonométricas no seu dia a dia por exemplo, no estudo dos movimentos circulares Nesta etapa os alunos deverão saber que o seno e o cosseno são relações provenientes de uma circunferência trigonométrica Para uma melhor interpretação da noção de radiano, utilizaremos a representação da roda gigante ao resolver alguns problemas em que se relaciona o ângulo ao centro com o comprimento do arco correspondente. Utilizarão calculadora, para perceber a diferença entre trabalhar com graus e radianos. 2ª etapa Essa atividade deverá ser realizada em grupo e com divisão de tarefas 1º momento Dividiremos a classe em dois grupo onde um grupo realizará uma pesquisa referente a história e a aplicação do teodolito e apresentarão um seminario com fotos de diferentes teodolito . Para contribução significativa o outro grupo construirão um teodolito.Utilizandos os seguintes materiais - Pote redondo com tampa (o pote deve possuir movimento circular fixado a tampa) - Canudo oco em formato cilíndrico reto (o buraco interno deve ter o diâmetro de forma que seja possível visualizar o outro lado) - O desenho de um transferidor (com os ângulos estejam dispostos num círculo de diâmetro maior que o pote) que será confeccionado pelos alunos - Madeira ou papelão que caiba a imagem do transferidor - Tabela da tg - cola - arame de comprimento maior que o diâmetro do transferidor 2º momento O aluno terá que discutir com os colegas e responder as questões abaixo e em seguida fazer um relatório:
  • 5. a- Façam uma lista, no caderno, de no mínimo 4 instrumentos de medida;. Em seguida, fale a respeito de cada um dos instrumentos listados descrevendo suas utilidades e aplicações b-Quais são as utilidades e formas de funcionamento de um teodolito? c-Levar os alunos a um prédio publico colocando alguns alunos de diferentes alturas a uma distancia de 1 metro do prédio Fazer eles observarem através do teodolito o ângulo dado para enxergar o pico deste prédio e, com a tabela das tangentes, fazer cada um deles calcular a altura do prédio. Os cálculos resultarão alturas distintas., pois os ângulos não serão os mesmos devido à diferença entre as alturas dos alunos. Através de pesquisas individuais os alunos conhecerão a história de Hiparcos o seu teorema e aplicação na trigometria 2º momento Para complementarmos o conhecimento adiquirido após a pesquisa os alunos utilizarão o laboratório de informatica se dividindo em dupla para cada computador e realizarão a atividade proposta no site http://rived.mec.gov.br/atividades/concurso2006/relacoestrigonometricas/ barraca.swf 3º momento Observando os resultados obtidos no objeto de aprendizagem podemos concluir algumas propriedades. Utilizando caderno e caneta os alunos responderão as seguintes perguntas 1º) Que relação existe entre seno e cosseno de ângulos complementares? 3º) E a tangente de 90°? O que podemos concluir? Observe a razão que é formada quando o ângulo é de 90 4º) Existe proporcionalidade entre o ângulo e as razões trigonométrica? Ou seja, por exemplo, se o ângulo dobra seu seno também dobra? Conclusão A denominação “Construindo Relações Trigonométrica”é usada neste trabalho a fazer refências aos tipos de situações que são trabalhados, com isso o aluno toma conhecimento da trigonometria de forma cooperativa, as atividades propostas oferecem facilidade, para conhecer as razões trigonométricas que traz ao estudo da trigonometria uma visão diferente e bem mais motivadora do que a tradicional.
  • 6. De forma prática abordamos o estudo da trigonometria para alunos do ensino médio com aplicações matemáticas ligada a situações do dia a dia. Este trabalho nos proporcionou um aprimoramento no processo ensino aprendizagem Entendemos que nesse processo o objeto de aprendizagem pode ser melhorado constantemente nos diferentes diálogos entre professores e alunos Analista de manchas de sangue A área de análise de manchas de sangue exige conhecimento de matemática, física, biologia e química. Estudantes de Criminologia e Justiça Criminal aprendem sobre o tema em cursos de ciência forense ou em aulas específicas sobre respingos de sangue. No entanto, a maioria dos analistas começa como um oficial da polícia que aprende na prática, recebe certificações, faz cursos e participa de workshops e seminários As ciências forenses desempenham uma função essencial no sistema de justiça, ao fornecer informação científica fundamental para a investigação criminal e para os tribunais. Muitos dos Cientistas Forenses são técnicos de laboratório que se especializaram numa só área da ciência forense. N a fixão os filmes policiais tem abordado tema da ciencia forense na resolução de crimes com isso têm aumentado o nível de consciência do público em geral sobre a aplicação da ciência na resolução de certos crimes. Podemos lembrar do caso Isabela O que algumas gotas de sangue podem nos dizer sobre um crime? Na análise das manchas de sangue, o que os respingos desse fluído podem revelar (e o que eles não podem). Como funciona a análise de manchas de sangueg Usando fios elásticos, o profissional coloca linhas a partir de cada respingo até a base. Depois, usa um transferidor na base da área onde os fios convergem para determinar o ângulo de lançamento de cada gota. Se estiverem principalmente na parede, é possível medir a distância entre a área de convergência e o objeto para descobrir onde a vítima estava.Alguns analistas usam cálculos trigonométricos para descobrir a área de convergência. As medidas da mancha de sangue se tornam os lados de um triângulo retângulo: seu comprimento é a hipotenusa e a largura fica do lado oposto ao ângulo que o analista está tentando descobrir.
  • 7. Primeiro é necessário localizar cada mancha e medir o comprimento e a largura delas usando uma régua ou compasso de calibre. Em seguida, calcular o ângulo usando essa fórmula: ângulo de impacto = arco seno (lado oposto/hipotenusa) Veja o que um analista precisa fazer para que a fórmula funcione: 1. medir o comprimento e a largura da mancha 2. dividir a largura da mancha pelo comprimento 3. determinar o arco seno desse número, geralmente usando uma calculadora que possua esta função. Uma gota de sangue que cai perfeitamente na vertical ou formando um ângulo de 90° será redonda. À medida que o ângulo de impacto aumenta, o pingo fica cada vez mais longo e desenvolve uma "ponta" que indica a direção percorrida. Porém, seu comprimento não faz parte das medidas.
  • 8. Quanto maior a diferença entre a largura e o comprimento, mais agudo será o ângulo de impacto. Por exemplo, imagine uma mancha de sangue com 2 mm de largura e 4 mm de comprimento. A largura dividida pelo comprimento seria igual a 0,5. O arco seno de 0,5 é 30, então o sangue caiu na superfície formando um ângulo de 30°. Em uma mancha com a largura de 1 mm e comprimento de 4 mm, o coeficiente seria de 0,25. Nesse caso, o sangue caiu na superfície formando um ângulo com cerca de 14°. Um terceiro método envolve medir o comprimento e a largura de cada marca, realizar outras medições da área e passar esses dados para um programa de computador, como o No More Strings. Esses programas criam modelos tridimensionais e animações da cena do crime, além de indicar a área de convergência. Quando usados para apresentar alguma evidência podem ser mais convincentes do que declarações de especialistas cheias de jargões ou fotografias bidimensionais.
  • 9. vimos como a análise de manchas de sangue pode funcionar quando utilizada de maneira correta pelos especialista. REFERÊNCIAIS BIBLIOGRÁFICAS http://www.ensinomedio.impa.br/materiais/tep/cap4.pdf http://www.somatematica.com.br/artigos/a4/p4.php http://rived.mec.gov.br/atividades/concurso2006/relacoestrigonometricas/ barraca.swf http://pessoas.hsw.uol.com.br/padroes-mancha-sangue3.htm http://www.topografia.ufsc.br/cap7-1-1.html http://miltonborba.org/Mat_Aplic/MAT_APLIC-Trigonometria.pdf http://anamixa.tripod.com/index.html http://www.educ.fc.ul.pt/icm/icm2003/icm11/notas.htm http://www.klickeducacao.com.br/2006/frontdoor/0,5884,POR,00.html