A produção cultural do renascimento parte 2

2.912 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.912
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.363
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A produção cultural do renascimento parte 2

  1. 1. Indicadores de aprendizagem Caracterizar o movimento Renascentista(D)
  2. 2. Leitura do doc da pág.63
  3. 3. MUDANÇA DE MENTALIDADES NA IDADE MÉDIA  NA IDADE MODERNA VISÃO ANTROPOCÊNTRICA VISÃO TEOCÊNTRICA (DEUS, era o centro Antropocentrismo é a concepção segundo a qual o Homem está da vida humana e no centro do Universo. Como o tudo se fazia em sua ser mais perfeito da Criação, o função) Homem define-se pelo seu poder ilimitado de descoberta e de transformação.A Felicidade só é A Felicidade é possível na Terra e possível no céu, com acessível ao Homem. Deus Leitura do doc da pág 64
  4. 4.  O individualismo também foi um dos valores renascentistas e defendia que, cada um é responsável pela condução de sua vida, valoriza-se as capacidades humanas, acreditando-se que o Homem é capaz de tomar as suas próprias decisões
  5. 5. Grandes qualidades possuíam Sócrates, O mundo volta a si como seVirgílio, Horácio. A história da despertasse de um grande sono.Antiguidade é rica em exemplos de Todavia , há ainda certas pessoasverdadeira sabedoria. Nunca se deve que resistem com furor agarrando-sedesprezar aquilo que nos pode levar à , de pés e mãos , à sua antigavirtude e aos bons costumes. ignorância. Temem que, se as letras antigas renascerem e o mundo se Erasmo de Roterdão, O Elogio da tornar culto, venha a demonstrar-se Loucura que não sabiam nada. Erasmo de RoterdãoQual era a principal fonte deinspiração dos intelectuais do Que críticas faz o autor à sociedadeRenascimento? da época?Quais eram os temas de estudo destesintelectuais?
  6. 6. ClassicismoClassicismo – Os Homens do Renascimento ficaram fascinados com os autoresclássicos greco-romanos. Por isso, leram, interpretaram, traduziram, pintaram, imitaramtudo o que eles fizeram. Tendo aprendido nesta «escola», tornaram-se grandes pensadorese artistas e ultrapassaram os mestres. Essa é a lição do Renascimento: aprende com osmelhores e torna-te melhor do que eles. Os humanistas, para além da pesquisa, tradução edivulgação dos textos clássicos, também criaram obras onde imitavam os autores greco-latinos. Verificou-se então pela Europa, um movimento de afirmação das línguas nacionais,que adquiriram regras mais precisas, uniformidade ortográfica e um vocabulário mais rico eelegante
  7. 7. Lê o doc da pág 66
  8. 8. • os humanistas a entenderem o estudo dos Clássicos não como um fim, mas antes como um instrumento formativo que possibilita ao Espírito indivíduo o desenvolvimento das suas capacidades intelectuais e morais e o auxilia a conhecer-se a si próprio e ao mundo. • Por isso usavam a razão, o raciocínio, questionando-se a si, à crítico sociedade e ao mundo que o rodeia. Questionando as forma de saber tradicionais. • Procuravam incessantemente a VERDADE das coisas. • estuda a natureza e o ser humano em todos os aspetosNaturalismo • tem necessidade de observar e experimentar antes de aceitar qualquer fato com lei • a convicção de que tudo pode ser explicado pela razãoRacionalismo do homem e pela ciência, a recusa em acreditar em qualquer coisa que não tenha sido provada Leitura do doc da pág.67
  9. 9. Indicadores de aprendizagem Caracterizar o “Homem ideal” do Renascimento.(S)
  10. 10. No Renascimento defendia-se a criação de um Homem ideal, perfeito . Esta perfeição só seria atingida através da educação -O Homem do Renascimento devia ser um Homem perfeito, completo a vários níveis: devia saber de tudo um pouco( línguas, medicina, matemática, História, música) - Devia ter uma boa preparação física( correr, nadar , andar a cavalo). -Devia ter uma boa conduta social( saber conversar, dançar, ter boas maneiras) -Devia ter uma boa formação moral ( devia ser honesto e praticar o bem).
  11. 11. O Homem ideal do Renascimento“De tempos em tempos, océu envia-nos alguém quenão é apenas humano, mastambém divino, de modo aque através do seu espírito eda superioridade da suainteligência, possamos atingir o céu.”Giorgio Vasari
  12. 12. Leonardo da Vinci encarnou na perfeição o ideal doHomem completo do Renascimento: foipintor, escultor, arquiteto, poeta, músico, matemático, botânico, inventor. Nasceu em 1452 em Vinci, uma pequena cidade situadanos arredores de Florença., filho de um notário e de umacamponesa. Em 1482, mudou-se para Milão onde iria permanecerdurante 20 anos. Aí realizou inúmeras obras deengenharia militar, arquitetura, engenharia hidráulica,pintura, escultura. Nos salões da nobreza e da Burguesia,Leonardo brilhava com o seu inexcedível talento e com assuas qualidades de poeta e músico. Grande parte do seu tempo, gastava-o observando aNatureza: as árvores, as plantas, as rochas, a água, ovento, as nuvens, os animais, o corpo humano.Incansavelmente, ia desenhando nos seus cadernos aquiloque observava. O génio de Leonardo levou-o a interessar-se por assuntos cujo estudo só alguns séculos mais tardeseria feito como a meteorologia, a hidráulica. Fascinadopelo voo das aves, passou longos anos a estudá-lo e sonhoucom uma máquina que permitisse o voo humano. Leonardo morreu em França em 1519, deixando umaobra que constitui um dos maiores legados doRenascimento para toda a Humanidade.
  13. 13. Leonardo desenha numa circunferência e num quadrado, um homem de braços e pernasestendidos, assim representando o cânone de proporções do corpo humano. O texto queacompanha o desenho transmite-nos a ideia muito concreta de que cada secção do corpohumano é uma medida (percentagem) do todo.
  14. 14. -a figura de um homem com os braços emcruz inscrita num quadrado, cujo centro é apélvis.-Esta figura é intersectada por várias linhasverticais e horizontais, que determinam adivisão do quadrado em 16 partes iguais.--Sobreposta a esta está uma outra figura emque o homem tem os braços levantados e aspernas afastadas, inscrita num círculo, cujocentro é o umbigo, ponto de conjugação dosprincípios masculino e feminino.-Da interacção da forma do quadrado com aforma do círculo, nasce o pentágono (quecontém em si o número de ouro).-A largura do espaço compreendido entre osbraços do homem é igual à sua altura.
  15. 15. Estudo para máquina Estudo do corpo humanovoadora voadora
  16. 16. Estudos do corpohumano
  17. 17. Ao morrer, com aproximadamente 67 anos, Leonardo da Vinci deixou cerca dequatro mil páginas, com desenhos, anotações, projetos demáquinas e tratados científicos. Entre os seus projetos,encontramos máquinas voadoras, máquinas de guerra(capazes de lançar bombas à distância), máquinas têxteis,esboços precisos de músculos, de nervos e do cérebrohumano. Ao lado, uma das páginas deixadas por Da Vinci, naqual se pode ver o projeto de um laminador movido por rodahidráulica.
  18. 18.  Diferenças entre o pensamento medieval e o renascentista: PENSAMENTO PENSAMENTO MEDIEVAL RENASCENTISTATeocentrismo AntropocentrismoVerdade = Bíblia Verdade = experimentação, observaçãoVida material sem Vida terrena e material também éimportância importanteConformismo Crença no progressoNatureza = fonte do Natureza = beleza, onde o homempecado se insereDogmatismo Espírito Crítico

×