SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 26
Baixar para ler offline
UMA EXPERIÊNCIA COM OS
TEXTOS DA TRADIÇÃO ORAL NO
CICLO DE ALFABETIZAÇÃO
Caderno 01
Maria Sonaly Machado de Lima
É preciso reconhecer o texto oral
da cultura popular no universo escolar,
não apenas nas datas comemorativas
mas no dia a dia da sala de aula,
integrando o cotidiano da criança com
seus familiares.
LIMA (2000, P 87)
Textosdetradiçãooral Circulação social.
Favorece a reflexão sobre a língua e sistema de
escrita alfabética.
Curtos.
Facilmente memorizáveis.
Sonoros com cadências rítmicas.
Permite vínculo prazeroso com sua leitura e escrita.
Natureza Lúdica.
Contextualizando os principais
personagens desta história – os alunos
• Turma de 20 crianças do 1º Ano do Ensino
Fundamental, na faixa etária de 6 e 7 anos de
idade.
• Escola Municipal Anita Trigueiro do Valle,
Bairro do Altiplano, João Pessoa, Paraíba.
Objetivos do trabalho:
• Reconhecer e valorizar os textos de tradição
oral, percebendo-os como manifestações
culturais.
• Conhecer os processos de produção da
farinha, assim como sua origem.
• Compreender o Sistema de Escrita Alfabética.
Na roda
Degustação
Perguntas usadas na roda:
• O que vocês experimentaram?
• Quem come farinha em casa?
• Vocês sabem de onde vem a farinha?
• Como será que ela é feita?
• Qual a sua origem?
Apresentando o Trava-Língua
O Desafio.
Ordenando
Socialização e Registro da pesquisa
A pesquisa pode ser um grande
instrumento na construção do conhecimento do
aluno, por isso se faz necessário que o professor,
no cotidiano escolar oriente os alunos a
buscarem informações, não só possibilitando
uma aprendizagem significativa, mas
estimulando a postura investigativa.
Documentário
Digitação em Dupla
Simulando a colheita
Finalizando com uma receita
Concluindo
A inserção de práticas diárias e o trabalho
com o gênero textual do universo popular
infantil contribuíram para o desenvolvimento
das habilidades linguísticas dos alunos e suas
correlações entre a oralidade e a escrita durante
o processo de aprendizagem do sistema
notacional alfabético.
Fundamentar-se em teorias que
priorizam o ser em sua realidade
cultural
Condição de favorecer a aprendizagem dos
estudantes
O trabalho pedagógico de apropriação da
linguagem oral e escrita foi analisado sob o prisma
da língua em uso, reforçando a proposta de que o
ensino da leitura e da escrita não pode ser
vivenciado fora dos contextos de letramento, nem
pode se dar sem a presença da cultura escrita.
Com tantos anos vivenciando as
conquistas dos meus alunos, por meio
dessa perspectiva de trabalho, aqui
representada neste relato, sinto-me
realizada como educadora, pois percebo
em meus alunos o prazer em estar na
escola e de descobrirem que ela é o espaço
em que se pode unir o aprender com o
brincar.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Rotina na Alfabetização
Rotina na AlfabetizaçãoRotina na Alfabetização
Rotina na AlfabetizaçãoShirley Lauria
 
Slide 1 formação de professores princípios e estratégias formativas
Slide 1   formação de professores princípios e estratégias formativasSlide 1   formação de professores princípios e estratégias formativas
Slide 1 formação de professores princípios e estratégias formativasShirley Lauria
 
resumo-de-avaliação-mediadora-jussara-hoffmann
 resumo-de-avaliação-mediadora-jussara-hoffmann resumo-de-avaliação-mediadora-jussara-hoffmann
resumo-de-avaliação-mediadora-jussara-hoffmannIvanylde Santos
 
Modalidades Organizativas DÉLIA LERNER. (1).pdf
Modalidades Organizativas DÉLIA LERNER. (1).pdfModalidades Organizativas DÉLIA LERNER. (1).pdf
Modalidades Organizativas DÉLIA LERNER. (1).pdfssuserbc0eb2
 
PNAIC CADERNO 1 Organização do trabalho pedagógico
PNAIC CADERNO 1 Organização do trabalho pedagógicoPNAIC CADERNO 1 Organização do trabalho pedagógico
PNAIC CADERNO 1 Organização do trabalho pedagógicoAmanda Nolasco
 
ATPC Como Espaço de Formação - Gestão da Sala de Aula
ATPC Como Espaço de Formação - Gestão da Sala de AulaATPC Como Espaço de Formação - Gestão da Sala de Aula
ATPC Como Espaço de Formação - Gestão da Sala de AulaClaudia Elisabete Silva
 
Unidade 6 - PNAIC - Projetos e Sequências Didáticas
Unidade 6 - PNAIC - Projetos e Sequências DidáticasUnidade 6 - PNAIC - Projetos e Sequências Didáticas
Unidade 6 - PNAIC - Projetos e Sequências DidáticasElaine Cruz
 
1ª reunião com os coordenadores
1ª reunião com os coordenadores1ª reunião com os coordenadores
1ª reunião com os coordenadoresRosemary Batista
 
Becker, fernando educaçao e construcao do conhecimento
Becker, fernando   educaçao e construcao do conhecimentoBecker, fernando   educaçao e construcao do conhecimento
Becker, fernando educaçao e construcao do conhecimentomarcaocampos
 
Plano de Ação Pedagogo
Plano de Ação PedagogoPlano de Ação Pedagogo
Plano de Ação PedagogoCÉSAR TAVARES
 
Organização do trabalho pedagógico
Organização do trabalho pedagógicoOrganização do trabalho pedagógico
Organização do trabalho pedagógicoMagda Marques
 
TENDÊNCIAS PEDAGOGICAS NA PRÁTICA ESCOLAR
TENDÊNCIAS PEDAGOGICAS NA PRÁTICA ESCOLARTENDÊNCIAS PEDAGOGICAS NA PRÁTICA ESCOLAR
TENDÊNCIAS PEDAGOGICAS NA PRÁTICA ESCOLARAndrea Maria de Jesus
 
Quadro sinopse das Tendências Pedagógicas
Quadro sinopse das Tendências PedagógicasQuadro sinopse das Tendências Pedagógicas
Quadro sinopse das Tendências PedagógicasCristiano Pereira
 
Formação continuada de professores.
Formação continuada de professores.Formação continuada de professores.
Formação continuada de professores.Magda Marques
 
Roteiro para o conselho de classe
Roteiro para o conselho de classeRoteiro para o conselho de classe
Roteiro para o conselho de classeElisângela Chaves
 

Mais procurados (20)

Guia de aprendizagem
Guia de aprendizagemGuia de aprendizagem
Guia de aprendizagem
 
Rotina na Alfabetização
Rotina na AlfabetizaçãoRotina na Alfabetização
Rotina na Alfabetização
 
Slide 1 formação de professores princípios e estratégias formativas
Slide 1   formação de professores princípios e estratégias formativasSlide 1   formação de professores princípios e estratégias formativas
Slide 1 formação de professores princípios e estratégias formativas
 
resumo-de-avaliação-mediadora-jussara-hoffmann
 resumo-de-avaliação-mediadora-jussara-hoffmann resumo-de-avaliação-mediadora-jussara-hoffmann
resumo-de-avaliação-mediadora-jussara-hoffmann
 
Modalidades Organizativas DÉLIA LERNER. (1).pdf
Modalidades Organizativas DÉLIA LERNER. (1).pdfModalidades Organizativas DÉLIA LERNER. (1).pdf
Modalidades Organizativas DÉLIA LERNER. (1).pdf
 
Projeto politico pedagogico PPP
Projeto politico pedagogico PPPProjeto politico pedagogico PPP
Projeto politico pedagogico PPP
 
PNAIC CADERNO 1 Organização do trabalho pedagógico
PNAIC CADERNO 1 Organização do trabalho pedagógicoPNAIC CADERNO 1 Organização do trabalho pedagógico
PNAIC CADERNO 1 Organização do trabalho pedagógico
 
ATPC Como Espaço de Formação - Gestão da Sala de Aula
ATPC Como Espaço de Formação - Gestão da Sala de AulaATPC Como Espaço de Formação - Gestão da Sala de Aula
ATPC Como Espaço de Formação - Gestão da Sala de Aula
 
Unidade 6 - PNAIC - Projetos e Sequências Didáticas
Unidade 6 - PNAIC - Projetos e Sequências DidáticasUnidade 6 - PNAIC - Projetos e Sequências Didáticas
Unidade 6 - PNAIC - Projetos e Sequências Didáticas
 
1ª reunião com os coordenadores
1ª reunião com os coordenadores1ª reunião com os coordenadores
1ª reunião com os coordenadores
 
Oficina alfabetizacao
Oficina alfabetizacaoOficina alfabetizacao
Oficina alfabetizacao
 
Becker, fernando educaçao e construcao do conhecimento
Becker, fernando   educaçao e construcao do conhecimentoBecker, fernando   educaçao e construcao do conhecimento
Becker, fernando educaçao e construcao do conhecimento
 
Plano de Ação Pedagogo
Plano de Ação PedagogoPlano de Ação Pedagogo
Plano de Ação Pedagogo
 
Organização do trabalho pedagógico
Organização do trabalho pedagógicoOrganização do trabalho pedagógico
Organização do trabalho pedagógico
 
TENDÊNCIAS PEDAGOGICAS NA PRÁTICA ESCOLAR
TENDÊNCIAS PEDAGOGICAS NA PRÁTICA ESCOLARTENDÊNCIAS PEDAGOGICAS NA PRÁTICA ESCOLAR
TENDÊNCIAS PEDAGOGICAS NA PRÁTICA ESCOLAR
 
Pauta 23 de maio
Pauta 23 de maioPauta 23 de maio
Pauta 23 de maio
 
Quadro sinopse das Tendências Pedagógicas
Quadro sinopse das Tendências PedagógicasQuadro sinopse das Tendências Pedagógicas
Quadro sinopse das Tendências Pedagógicas
 
Formação continuada de professores.
Formação continuada de professores.Formação continuada de professores.
Formação continuada de professores.
 
Roteiro para o conselho de classe
Roteiro para o conselho de classeRoteiro para o conselho de classe
Roteiro para o conselho de classe
 
Currículo escolar
Currículo escolarCurrículo escolar
Currículo escolar
 

Destaque

Apostila 28 palavras parte 1
Apostila 28 palavras parte 1Apostila 28 palavras parte 1
Apostila 28 palavras parte 1Isa ...
 
81 planejamento brincando a aprendendo com a matemática autismo e educação
81 planejamento brincando a aprendendo com a matemática autismo e educação81 planejamento brincando a aprendendo com a matemática autismo e educação
81 planejamento brincando a aprendendo com a matemática autismo e educaçãoSimoneHelenDrumond
 
Classes E Ordens
Classes E OrdensClasses E Ordens
Classes E Ordensguest9ba0ae
 
Profª Graça:Leitura deleite Poemas Problemas.ppt-8º Encontro-QUANTIFICAÇÃO, R...
Profª Graça:Leitura deleite Poemas Problemas.ppt-8º Encontro-QUANTIFICAÇÃO, R...Profª Graça:Leitura deleite Poemas Problemas.ppt-8º Encontro-QUANTIFICAÇÃO, R...
Profª Graça:Leitura deleite Poemas Problemas.ppt-8º Encontro-QUANTIFICAÇÃO, R...Graça Sousa
 
Niveis de escrita
Niveis de escritaNiveis de escrita
Niveis de escritadaianabsf
 
Caderno1 reforço escolar
Caderno1 reforço escolarCaderno1 reforço escolar
Caderno1 reforço escolarIsa ...
 
1 pra que serve o livro- LEITURA DELEITE
1  pra que serve o livro- LEITURA DELEITE1  pra que serve o livro- LEITURA DELEITE
1 pra que serve o livro- LEITURA DELEITECris Siqueira
 
PNAIC 2015 - Caderno 1 Currículo
PNAIC 2015 - Caderno 1 CurrículoPNAIC 2015 - Caderno 1 Currículo
PNAIC 2015 - Caderno 1 CurrículoElieneDias
 
Manual metodo 28-palavras-outras-fichas.pdf.z65lmcv
Manual metodo 28-palavras-outras-fichas.pdf.z65lmcvManual metodo 28-palavras-outras-fichas.pdf.z65lmcv
Manual metodo 28-palavras-outras-fichas.pdf.z65lmcvAna Madrinha
 
LEITURA DELEITE - CADÊ, CADÊ
LEITURA DELEITE - CADÊ, CADÊLEITURA DELEITE - CADÊ, CADÊ
LEITURA DELEITE - CADÊ, CADÊMarisa Seara
 
LEITURA DELEITE SEJA GIRASSOL
LEITURA DELEITE SEJA GIRASSOLLEITURA DELEITE SEJA GIRASSOL
LEITURA DELEITE SEJA GIRASSOLMarisa Seara
 
O menino que aprendeu a ver
O menino que aprendeu a verO menino que aprendeu a ver
O menino que aprendeu a verRosemary Batista
 
Semana pedagógica: 13 dicas valiosas
Semana pedagógica: 13 dicas valiosasSemana pedagógica: 13 dicas valiosas
Semana pedagógica: 13 dicas valiosasAugusto Bertotto
 
Avaliação do dia 1704 gisele
Avaliação do dia 1704   giseleAvaliação do dia 1704   gisele
Avaliação do dia 1704 giseleRosemary Batista
 
A Difícil Arte de Conviver
A Difícil Arte de ConviverA Difícil Arte de Conviver
A Difícil Arte de Conviverlucianaraspa
 
1.processo de ensino e aprendizagem
1.processo de ensino e aprendizagem1.processo de ensino e aprendizagem
1.processo de ensino e aprendizagemAlba Mate Mate
 
Gestão Democrática Da Educação
Gestão Democrática Da EducaçãoGestão Democrática Da Educação
Gestão Democrática Da Educaçãoregicenci
 

Destaque (20)

Apostila 28 palavras parte 1
Apostila 28 palavras parte 1Apostila 28 palavras parte 1
Apostila 28 palavras parte 1
 
81 planejamento brincando a aprendendo com a matemática autismo e educação
81 planejamento brincando a aprendendo com a matemática autismo e educação81 planejamento brincando a aprendendo com a matemática autismo e educação
81 planejamento brincando a aprendendo com a matemática autismo e educação
 
Classes E Ordens
Classes E OrdensClasses E Ordens
Classes E Ordens
 
Pequenas e grandes maneiras
Pequenas e grandes maneirasPequenas e grandes maneiras
Pequenas e grandes maneiras
 
Profª Graça:Leitura deleite Poemas Problemas.ppt-8º Encontro-QUANTIFICAÇÃO, R...
Profª Graça:Leitura deleite Poemas Problemas.ppt-8º Encontro-QUANTIFICAÇÃO, R...Profª Graça:Leitura deleite Poemas Problemas.ppt-8º Encontro-QUANTIFICAÇÃO, R...
Profª Graça:Leitura deleite Poemas Problemas.ppt-8º Encontro-QUANTIFICAÇÃO, R...
 
Niveis de escrita
Niveis de escritaNiveis de escrita
Niveis de escrita
 
Caderno1 reforço escolar
Caderno1 reforço escolarCaderno1 reforço escolar
Caderno1 reforço escolar
 
1 pra que serve o livro- LEITURA DELEITE
1  pra que serve o livro- LEITURA DELEITE1  pra que serve o livro- LEITURA DELEITE
1 pra que serve o livro- LEITURA DELEITE
 
PNAIC 2015 - Caderno 1 Currículo
PNAIC 2015 - Caderno 1 CurrículoPNAIC 2015 - Caderno 1 Currículo
PNAIC 2015 - Caderno 1 Currículo
 
Manual metodo 28-palavras-outras-fichas.pdf.z65lmcv
Manual metodo 28-palavras-outras-fichas.pdf.z65lmcvManual metodo 28-palavras-outras-fichas.pdf.z65lmcv
Manual metodo 28-palavras-outras-fichas.pdf.z65lmcv
 
LEITURA DELEITE - CADÊ, CADÊ
LEITURA DELEITE - CADÊ, CADÊLEITURA DELEITE - CADÊ, CADÊ
LEITURA DELEITE - CADÊ, CADÊ
 
LEITURA DELEITE SEJA GIRASSOL
LEITURA DELEITE SEJA GIRASSOLLEITURA DELEITE SEJA GIRASSOL
LEITURA DELEITE SEJA GIRASSOL
 
O menino que aprendeu a ver
O menino que aprendeu a verO menino que aprendeu a ver
O menino que aprendeu a ver
 
Semana pedagógica: 13 dicas valiosas
Semana pedagógica: 13 dicas valiosasSemana pedagógica: 13 dicas valiosas
Semana pedagógica: 13 dicas valiosas
 
Avaliação do dia 1704 gisele
Avaliação do dia 1704   giseleAvaliação do dia 1704   gisele
Avaliação do dia 1704 gisele
 
1º encontro
1º encontro1º encontro
1º encontro
 
A Difícil Arte de Conviver
A Difícil Arte de ConviverA Difícil Arte de Conviver
A Difícil Arte de Conviver
 
1.processo de ensino e aprendizagem
1.processo de ensino e aprendizagem1.processo de ensino e aprendizagem
1.processo de ensino e aprendizagem
 
Gestão Democrática Da Educação
Gestão Democrática Da EducaçãoGestão Democrática Da Educação
Gestão Democrática Da Educação
 
Mensagem ao professor
Mensagem ao professorMensagem ao professor
Mensagem ao professor
 

Semelhante a PNAIC 2015 - Uma experiência com os textos da tradição oral no ciclo de alfabetização 2

Slide estágio Educação e diversidade; uniasselvi
Slide estágio Educação e diversidade; uniasselviSlide estágio Educação e diversidade; uniasselvi
Slide estágio Educação e diversidade; uniasselviTamiresDamaceno
 
Reflexão individual descobrir o princípio alfabético ilda
Reflexão individual descobrir o princípio alfabético ildaReflexão individual descobrir o princípio alfabético ilda
Reflexão individual descobrir o princípio alfabético ildaascotas
 
Conhecimentos necessários do professor alfabetizador
Conhecimentos necessários do professor alfabetizadorConhecimentos necessários do professor alfabetizador
Conhecimentos necessários do professor alfabetizadorJOAO NELO DE OLIVEIRA
 
Metodologia e processo da alfabetizacão das séries iniciais
Metodologia e processo da alfabetizacão das séries iniciaisMetodologia e processo da alfabetizacão das séries iniciais
Metodologia e processo da alfabetizacão das séries iniciaiscefaprodematupa
 
Alfabetização slides
Alfabetização slidesAlfabetização slides
Alfabetização slidesAVM
 
Projeto interdisciplinar
Projeto interdisciplinarProjeto interdisciplinar
Projeto interdisciplinarAVM
 
Caderno de apoio a pratica pedagogica cantigas de roda e musicas infantis
Caderno de apoio a pratica pedagogica cantigas de roda e musicas infantisCaderno de apoio a pratica pedagogica cantigas de roda e musicas infantis
Caderno de apoio a pratica pedagogica cantigas de roda e musicas infantisAlessandra Gomes
 
Ava competências profissionais
Ava   competências profissionaisAva   competências profissionais
Ava competências profissionaismkbariotto
 
Cp ativ colaborativa_template competencias profissionais
Cp ativ colaborativa_template competencias profissionaisCp ativ colaborativa_template competencias profissionais
Cp ativ colaborativa_template competencias profissionaismkbariotto
 
Teoria e prática da alfabetização
Teoria e prática da alfabetizaçãoTeoria e prática da alfabetização
Teoria e prática da alfabetizaçãoNoemia Meneguelly
 
Caderno de apoio a pratica pedagogica cantigas de roda e musicas infantis
Caderno de apoio a pratica pedagogica cantigas de roda e musicas infantisCaderno de apoio a pratica pedagogica cantigas de roda e musicas infantis
Caderno de apoio a pratica pedagogica cantigas de roda e musicas infantissimone pereira
 
Proposta curricular para o 1º ano do ensino fundamental
Proposta curricular para o 1º ano do ensino fundamentalProposta curricular para o 1º ano do ensino fundamental
Proposta curricular para o 1º ano do ensino fundamentalRosemary Batista
 
Apresentação no II Seminário de Investigação Didática do Projeto Bolsa Alfabe...
Apresentação no II Seminário de Investigação Didática do Projeto Bolsa Alfabe...Apresentação no II Seminário de Investigação Didática do Projeto Bolsa Alfabe...
Apresentação no II Seminário de Investigação Didática do Projeto Bolsa Alfabe...Gabriele Agostini Martins
 
Reunião de 15 de março.
Reunião de 15 de março.Reunião de 15 de março.
Reunião de 15 de março.anadarc
 
Relatório de estágio 11 (reparado) (1)
Relatório de estágio  11 (reparado) (1)Relatório de estágio  11 (reparado) (1)
Relatório de estágio 11 (reparado) (1)Natália Ferreira
 
Alfabetizao educaçao na ed infantl
Alfabetizao educaçao na ed infantlAlfabetizao educaçao na ed infantl
Alfabetizao educaçao na ed infantlAlice Soares
 

Semelhante a PNAIC 2015 - Uma experiência com os textos da tradição oral no ciclo de alfabetização 2 (20)

Slide estágio Educação e diversidade; uniasselvi
Slide estágio Educação e diversidade; uniasselviSlide estágio Educação e diversidade; uniasselvi
Slide estágio Educação e diversidade; uniasselvi
 
Projeto PIBID
Projeto PIBIDProjeto PIBID
Projeto PIBID
 
Reflexão individual descobrir o princípio alfabético ilda
Reflexão individual descobrir o princípio alfabético ildaReflexão individual descobrir o princípio alfabético ilda
Reflexão individual descobrir o princípio alfabético ilda
 
Conhecimentos necessários do professor alfabetizador
Conhecimentos necessários do professor alfabetizadorConhecimentos necessários do professor alfabetizador
Conhecimentos necessários do professor alfabetizador
 
Metodologia e processo da alfabetizacão das séries iniciais
Metodologia e processo da alfabetizacão das séries iniciaisMetodologia e processo da alfabetizacão das séries iniciais
Metodologia e processo da alfabetizacão das séries iniciais
 
Alfabetização e letramento
Alfabetização e letramentoAlfabetização e letramento
Alfabetização e letramento
 
Alfabetização slides
Alfabetização slidesAlfabetização slides
Alfabetização slides
 
Projeto interdisciplinar
Projeto interdisciplinarProjeto interdisciplinar
Projeto interdisciplinar
 
Da fala a_escrita
Da fala a_escritaDa fala a_escrita
Da fala a_escrita
 
Da fala a_escrita
Da fala a_escritaDa fala a_escrita
Da fala a_escrita
 
Caderno de apoio a pratica pedagogica cantigas de roda e musicas infantis
Caderno de apoio a pratica pedagogica cantigas de roda e musicas infantisCaderno de apoio a pratica pedagogica cantigas de roda e musicas infantis
Caderno de apoio a pratica pedagogica cantigas de roda e musicas infantis
 
Ava competências profissionais
Ava   competências profissionaisAva   competências profissionais
Ava competências profissionais
 
Cp ativ colaborativa_template competencias profissionais
Cp ativ colaborativa_template competencias profissionaisCp ativ colaborativa_template competencias profissionais
Cp ativ colaborativa_template competencias profissionais
 
Teoria e prática da alfabetização
Teoria e prática da alfabetizaçãoTeoria e prática da alfabetização
Teoria e prática da alfabetização
 
Caderno de apoio a pratica pedagogica cantigas de roda e musicas infantis
Caderno de apoio a pratica pedagogica cantigas de roda e musicas infantisCaderno de apoio a pratica pedagogica cantigas de roda e musicas infantis
Caderno de apoio a pratica pedagogica cantigas de roda e musicas infantis
 
Proposta curricular para o 1º ano do ensino fundamental
Proposta curricular para o 1º ano do ensino fundamentalProposta curricular para o 1º ano do ensino fundamental
Proposta curricular para o 1º ano do ensino fundamental
 
Apresentação no II Seminário de Investigação Didática do Projeto Bolsa Alfabe...
Apresentação no II Seminário de Investigação Didática do Projeto Bolsa Alfabe...Apresentação no II Seminário de Investigação Didática do Projeto Bolsa Alfabe...
Apresentação no II Seminário de Investigação Didática do Projeto Bolsa Alfabe...
 
Reunião de 15 de março.
Reunião de 15 de março.Reunião de 15 de março.
Reunião de 15 de março.
 
Relatório de estágio 11 (reparado) (1)
Relatório de estágio  11 (reparado) (1)Relatório de estágio  11 (reparado) (1)
Relatório de estágio 11 (reparado) (1)
 
Alfabetizao educaçao na ed infantl
Alfabetizao educaçao na ed infantlAlfabetizao educaçao na ed infantl
Alfabetizao educaçao na ed infantl
 

Mais de ElieneDias

PNAIC 2015 - Luas e luas
PNAIC 2015 - Luas e luas PNAIC 2015 - Luas e luas
PNAIC 2015 - Luas e luas ElieneDias
 
PNAIC 2015 - Texto 4 o lugar da cultura escrita na educação da criança
PNAIC 2015 - Texto 4   o lugar da cultura escrita na educação da criançaPNAIC 2015 - Texto 4   o lugar da cultura escrita na educação da criança
PNAIC 2015 - Texto 4 o lugar da cultura escrita na educação da criançaElieneDias
 
Texto 03 A criança, a educaçaõ infantil e o ensino fundamental de nove anos
Texto 03   A criança, a educaçaõ infantil e o ensino fundamental de nove anosTexto 03   A criança, a educaçaõ infantil e o ensino fundamental de nove anos
Texto 03 A criança, a educaçaõ infantil e o ensino fundamental de nove anosElieneDias
 
PNAIC 2015 - Texto 02 A criança no ciclo de alfabetização
PNAIC 2015 - Texto 02 A criança no ciclo de alfabetizaçãoPNAIC 2015 - Texto 02 A criança no ciclo de alfabetização
PNAIC 2015 - Texto 02 A criança no ciclo de alfabetizaçãoElieneDias
 
PNAIC 2015 - Texto 01 Concepção de infância, criança e educação
PNAIC 2015 - Texto 01 Concepção de infância, criança e educaçãoPNAIC 2015 - Texto 01 Concepção de infância, criança e educação
PNAIC 2015 - Texto 01 Concepção de infância, criança e educaçãoElieneDias
 
PNAIC 2015 - Brincadeiras de criança
PNAIC 2015 - Brincadeiras de criança PNAIC 2015 - Brincadeiras de criança
PNAIC 2015 - Brincadeiras de criança ElieneDias
 
PNAIC 2015 - A roda
PNAIC 2015 - A roda   PNAIC 2015 - A roda
PNAIC 2015 - A roda ElieneDias
 
PNAIC 2015 - Jogos e interdisciplinaridade
PNAIC 2015 - Jogos e interdisciplinaridadePNAIC 2015 - Jogos e interdisciplinaridade
PNAIC 2015 - Jogos e interdisciplinaridadeElieneDias
 
PNAIC 2015 - Sequência didática majê molê.
PNAIC 2015 - Sequência didática majê molê.PNAIC 2015 - Sequência didática majê molê.
PNAIC 2015 - Sequência didática majê molê.ElieneDias
 
PNAIC 2015 - Formas de apresentação de histórias
PNAIC 2015 - Formas de apresentação de histórias  PNAIC 2015 - Formas de apresentação de histórias
PNAIC 2015 - Formas de apresentação de histórias ElieneDias
 
PNAIC 2015 - Educação do campo
PNAIC 2015 - Educação do campoPNAIC 2015 - Educação do campo
PNAIC 2015 - Educação do campoElieneDias
 
PNAIC 2015 - Currículo na perspectiva da inclusão e da diversidade
PNAIC 2015 - Currículo na perspectiva da inclusão e da diversidadePNAIC 2015 - Currículo na perspectiva da inclusão e da diversidade
PNAIC 2015 - Currículo na perspectiva da inclusão e da diversidadeElieneDias
 
PNAIC 2015 - Ciclo de alfabetização e os direitos de aprendizagem (1)
PNAIC 2015 - Ciclo de alfabetização e os direitos de aprendizagem (1)PNAIC 2015 - Ciclo de alfabetização e os direitos de aprendizagem (1)
PNAIC 2015 - Ciclo de alfabetização e os direitos de aprendizagem (1)ElieneDias
 
PNAIC 2015 - A dança da lingua e linguagem da dança
PNAIC 2015 - A dança da lingua e linguagem da dançaPNAIC 2015 - A dança da lingua e linguagem da dança
PNAIC 2015 - A dança da lingua e linguagem da dançaElieneDias
 
Lilito um amor de caracol
Lilito um amor de caracolLilito um amor de caracol
Lilito um amor de caracolElieneDias
 
PNAIC - MATEMÁTICA - Operações na resolução problemas
PNAIC - MATEMÁTICA - Operações na resolução problemasPNAIC - MATEMÁTICA - Operações na resolução problemas
PNAIC - MATEMÁTICA - Operações na resolução problemasElieneDias
 
PNAIC - MATEMÁTICA - Operações com números profa. shirley
PNAIC - MATEMÁTICA - Operações com números   profa. shirleyPNAIC - MATEMÁTICA - Operações com números   profa. shirley
PNAIC - MATEMÁTICA - Operações com números profa. shirleyElieneDias
 
PNAIC - MATEMÁTICA - Cálculos e algoritmos
PNAIC - MATEMÁTICA - Cálculos e algoritmosPNAIC - MATEMÁTICA - Cálculos e algoritmos
PNAIC - MATEMÁTICA - Cálculos e algoritmosElieneDias
 
PNAIC - MATEMÁTICA - Caderno jogos
PNAIC - MATEMÁTICA - Caderno jogosPNAIC - MATEMÁTICA - Caderno jogos
PNAIC - MATEMÁTICA - Caderno jogosElieneDias
 
PNAIC - MATEMÁTICA - Caderno 3 construção snd
PNAIC - MATEMÁTICA - Caderno 3   construção sndPNAIC - MATEMÁTICA - Caderno 3   construção snd
PNAIC - MATEMÁTICA - Caderno 3 construção sndElieneDias
 

Mais de ElieneDias (20)

PNAIC 2015 - Luas e luas
PNAIC 2015 - Luas e luas PNAIC 2015 - Luas e luas
PNAIC 2015 - Luas e luas
 
PNAIC 2015 - Texto 4 o lugar da cultura escrita na educação da criança
PNAIC 2015 - Texto 4   o lugar da cultura escrita na educação da criançaPNAIC 2015 - Texto 4   o lugar da cultura escrita na educação da criança
PNAIC 2015 - Texto 4 o lugar da cultura escrita na educação da criança
 
Texto 03 A criança, a educaçaõ infantil e o ensino fundamental de nove anos
Texto 03   A criança, a educaçaõ infantil e o ensino fundamental de nove anosTexto 03   A criança, a educaçaõ infantil e o ensino fundamental de nove anos
Texto 03 A criança, a educaçaõ infantil e o ensino fundamental de nove anos
 
PNAIC 2015 - Texto 02 A criança no ciclo de alfabetização
PNAIC 2015 - Texto 02 A criança no ciclo de alfabetizaçãoPNAIC 2015 - Texto 02 A criança no ciclo de alfabetização
PNAIC 2015 - Texto 02 A criança no ciclo de alfabetização
 
PNAIC 2015 - Texto 01 Concepção de infância, criança e educação
PNAIC 2015 - Texto 01 Concepção de infância, criança e educaçãoPNAIC 2015 - Texto 01 Concepção de infância, criança e educação
PNAIC 2015 - Texto 01 Concepção de infância, criança e educação
 
PNAIC 2015 - Brincadeiras de criança
PNAIC 2015 - Brincadeiras de criança PNAIC 2015 - Brincadeiras de criança
PNAIC 2015 - Brincadeiras de criança
 
PNAIC 2015 - A roda
PNAIC 2015 - A roda   PNAIC 2015 - A roda
PNAIC 2015 - A roda
 
PNAIC 2015 - Jogos e interdisciplinaridade
PNAIC 2015 - Jogos e interdisciplinaridadePNAIC 2015 - Jogos e interdisciplinaridade
PNAIC 2015 - Jogos e interdisciplinaridade
 
PNAIC 2015 - Sequência didática majê molê.
PNAIC 2015 - Sequência didática majê molê.PNAIC 2015 - Sequência didática majê molê.
PNAIC 2015 - Sequência didática majê molê.
 
PNAIC 2015 - Formas de apresentação de histórias
PNAIC 2015 - Formas de apresentação de histórias  PNAIC 2015 - Formas de apresentação de histórias
PNAIC 2015 - Formas de apresentação de histórias
 
PNAIC 2015 - Educação do campo
PNAIC 2015 - Educação do campoPNAIC 2015 - Educação do campo
PNAIC 2015 - Educação do campo
 
PNAIC 2015 - Currículo na perspectiva da inclusão e da diversidade
PNAIC 2015 - Currículo na perspectiva da inclusão e da diversidadePNAIC 2015 - Currículo na perspectiva da inclusão e da diversidade
PNAIC 2015 - Currículo na perspectiva da inclusão e da diversidade
 
PNAIC 2015 - Ciclo de alfabetização e os direitos de aprendizagem (1)
PNAIC 2015 - Ciclo de alfabetização e os direitos de aprendizagem (1)PNAIC 2015 - Ciclo de alfabetização e os direitos de aprendizagem (1)
PNAIC 2015 - Ciclo de alfabetização e os direitos de aprendizagem (1)
 
PNAIC 2015 - A dança da lingua e linguagem da dança
PNAIC 2015 - A dança da lingua e linguagem da dançaPNAIC 2015 - A dança da lingua e linguagem da dança
PNAIC 2015 - A dança da lingua e linguagem da dança
 
Lilito um amor de caracol
Lilito um amor de caracolLilito um amor de caracol
Lilito um amor de caracol
 
PNAIC - MATEMÁTICA - Operações na resolução problemas
PNAIC - MATEMÁTICA - Operações na resolução problemasPNAIC - MATEMÁTICA - Operações na resolução problemas
PNAIC - MATEMÁTICA - Operações na resolução problemas
 
PNAIC - MATEMÁTICA - Operações com números profa. shirley
PNAIC - MATEMÁTICA - Operações com números   profa. shirleyPNAIC - MATEMÁTICA - Operações com números   profa. shirley
PNAIC - MATEMÁTICA - Operações com números profa. shirley
 
PNAIC - MATEMÁTICA - Cálculos e algoritmos
PNAIC - MATEMÁTICA - Cálculos e algoritmosPNAIC - MATEMÁTICA - Cálculos e algoritmos
PNAIC - MATEMÁTICA - Cálculos e algoritmos
 
PNAIC - MATEMÁTICA - Caderno jogos
PNAIC - MATEMÁTICA - Caderno jogosPNAIC - MATEMÁTICA - Caderno jogos
PNAIC - MATEMÁTICA - Caderno jogos
 
PNAIC - MATEMÁTICA - Caderno 3 construção snd
PNAIC - MATEMÁTICA - Caderno 3   construção sndPNAIC - MATEMÁTICA - Caderno 3   construção snd
PNAIC - MATEMÁTICA - Caderno 3 construção snd
 

Último

TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfmarialuciadasilva17
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...Unidad de Espiritualidad Eudista
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evoluçãoprofleticiasantosbio
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfQueleLiberato
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãodanielagracia9
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no textoMariaPauladeSouzaTur
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLaseVasconcelos1
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxJosAurelioGoesChaves
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
Modelos atômicos: quais são, história, resumo
Modelos atômicos: quais são, história, resumoModelos atômicos: quais são, história, resumo
Modelos atômicos: quais são, história, resumoprofleticiasantosbio
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetização
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no texto
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
Modelos atômicos: quais são, história, resumo
Modelos atômicos: quais são, história, resumoModelos atômicos: quais são, história, resumo
Modelos atômicos: quais são, história, resumo
 
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
 

PNAIC 2015 - Uma experiência com os textos da tradição oral no ciclo de alfabetização 2

  • 1. UMA EXPERIÊNCIA COM OS TEXTOS DA TRADIÇÃO ORAL NO CICLO DE ALFABETIZAÇÃO Caderno 01 Maria Sonaly Machado de Lima
  • 2. É preciso reconhecer o texto oral da cultura popular no universo escolar, não apenas nas datas comemorativas mas no dia a dia da sala de aula, integrando o cotidiano da criança com seus familiares. LIMA (2000, P 87)
  • 3. Textosdetradiçãooral Circulação social. Favorece a reflexão sobre a língua e sistema de escrita alfabética. Curtos. Facilmente memorizáveis. Sonoros com cadências rítmicas. Permite vínculo prazeroso com sua leitura e escrita. Natureza Lúdica.
  • 4. Contextualizando os principais personagens desta história – os alunos • Turma de 20 crianças do 1º Ano do Ensino Fundamental, na faixa etária de 6 e 7 anos de idade. • Escola Municipal Anita Trigueiro do Valle, Bairro do Altiplano, João Pessoa, Paraíba.
  • 5. Objetivos do trabalho: • Reconhecer e valorizar os textos de tradição oral, percebendo-os como manifestações culturais. • Conhecer os processos de produção da farinha, assim como sua origem. • Compreender o Sistema de Escrita Alfabética.
  • 8. Perguntas usadas na roda: • O que vocês experimentaram? • Quem come farinha em casa? • Vocês sabem de onde vem a farinha? • Como será que ela é feita? • Qual a sua origem?
  • 10.
  • 11.
  • 13.
  • 15. Socialização e Registro da pesquisa A pesquisa pode ser um grande instrumento na construção do conhecimento do aluno, por isso se faz necessário que o professor, no cotidiano escolar oriente os alunos a buscarem informações, não só possibilitando uma aprendizagem significativa, mas estimulando a postura investigativa.
  • 19.
  • 21.
  • 22.
  • 23. Concluindo A inserção de práticas diárias e o trabalho com o gênero textual do universo popular infantil contribuíram para o desenvolvimento das habilidades linguísticas dos alunos e suas correlações entre a oralidade e a escrita durante o processo de aprendizagem do sistema notacional alfabético.
  • 24. Fundamentar-se em teorias que priorizam o ser em sua realidade cultural Condição de favorecer a aprendizagem dos estudantes
  • 25. O trabalho pedagógico de apropriação da linguagem oral e escrita foi analisado sob o prisma da língua em uso, reforçando a proposta de que o ensino da leitura e da escrita não pode ser vivenciado fora dos contextos de letramento, nem pode se dar sem a presença da cultura escrita.
  • 26. Com tantos anos vivenciando as conquistas dos meus alunos, por meio dessa perspectiva de trabalho, aqui representada neste relato, sinto-me realizada como educadora, pois percebo em meus alunos o prazer em estar na escola e de descobrirem que ela é o espaço em que se pode unir o aprender com o brincar.

Notas do Editor

  1. (PROFESSORA DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO DE JOÃO PESSOA)
  2. A AUTORA ESCOLHE ESSA FRASE DE SUA PRÓPRIA DISSERTAÇÃO DE MESTRADO EM LINGUÍSTICA PARA INICIAR SEU TEXTO QUE DESTACA A PUNJANTE NECESSIDADE DE QUE O USO DOS TEXTOS ORAIS NÃO FIQUE RESTRITO ÀS DATAS COMEMORATIVAS. ELA PROSSEGUE AFIRMANDO QUE A EXPERIÊNCIA QUE ELA IRÁ APRESENTAR EM SEU TEXTO TRARÁ APRECIAÇÕES DO TRABALHO COM TEXTOS DE TRADIÇÃO ORAL NOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL.
  3. No segundo parágrafo LIMA apresenta seus personagens:
  4. ....NA SEQUÊNCIA LIMA INICIA AS REFLEXÕES SOBRE A AMPLITUDE E A RIQUEZA DOS TEXTOS DA TRADIÇÃO ORAL, CONSIDERANDO-OS COMO ELEMENTOS LÚDICO-PEDAGÓGICOS ESSENCIAIS PARA A EDUCAÇÃO E INICIAÇÃO DAS CRIANÇAS NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO.
  5. ORGANIZAÇÃO DOS ALUNOS EM UM GRANDE CÍRCULO. EXPLICOU QUE SERIAM VENDADOS E POSICIONADOS EM UM LUGAR ESPECÍFICO DA SALA SEM PODER SAIR DO LUGAR E NEM FALAR. DISCUTIDO DETALHES E ESCLARECIDAS DÚVIDAS. DEMONSTRAÇÃO DE ENTUSIASMOS E MOTIVAÇÃO PARA PARTICIPAR
  6. APÓS VENDAR AS CRIANÇAS FOI SERVIDO FARINHA NA BOCA E SOLICITADO QUE CADA UMA ADIVINHASSE O QUE ERA. A PARTILHA DAS SENSAÇÕES DESSA ATIVIDADE FOI TAMBÉM NA RODA QUANDO LHES FOI QUESTIONADO:
  7. 1 - Resposta imediata: FARINHA 2 – a MAIORIA AFIRMOU QUE SIM E DE VÁRIAS FORMAS: COM BANANA, COM LEITE, COM FEIJÃO, COM OVO ETC E AINDA REVELARAM QUE A MAMÃE FAZ FAROFA COM FARINHA... 3 – DO MERCADO, DA FEIRA. 4 – 5 – SILÊNCIO TOTAL FICANDO ACORDADO QUE SERIA FEITA UMA PESQUISA SOBRE ESSE ASSUNTO PARA SOCIALIZAR A DESCOBERTA COM O GRUPO A PROFESSORA REVELA QUE CONHECE UM TRAVA-LINGUA QUE FALAVA DE FARINHA.
  8. VERBALIZAÇÃO DO TEXTO; DISCUTINDO O QUE É FOFOCA; CONSTRUÇÃO DO CONCEITO DE FOFOCA – JUNTAS; COMPARAÇÃO DO CONCEITO CRIADO COM A DEFINIÇÃO DO DICIONÁRIO PERCEPÇÃO DE SEMELHANÇAS E DIFERENÇAS NO VOCABULÁRIO;
  9. A AULA PROSSEGUE COM A SOLICITAÇÃO A ALGUMAS CRIANÇAS PARA: PINTAREM OS ESPAÇOS ENTRE AS PALAVRAS CONTAR QUANTAS PALAVRAS CONTINHA O TEXTO DISCUTINDO: QUAL LETRA QUE MAIS SE REPETE? QUAIS AS PALAVRAS QUE RIMAM? QUAL A PALAVRA ESCONDIDA NA PALAVRA FOFOCA? APÓS ESTAR ASSEGURADA QUE TODAS AS CRIANÇAS HAVIAM MEMORIZADO O TEXTO FOI PROPOSTO O DESAFIO DE FALAR O TRAVA LINGUA COM A BOCA CHEIA DE FARINHA.
  10. LIMA DESTACA QUE A ATIVIDADE FOI MUITO DIVERTIDA PARA AS CRIANÇAS UMA VEZ QUE ESTAVAM EM CONTATO COM UM ALIMENTO DE IMPORTANCIA CULTURAL PARA ELAS E PELO DESAFIO EM SI.
  11. TODAS PARTICIPARAM E CONSEGUIRAM REALIZAR O DESAFIO.
  12. NA SEQUENCIA FOI ENTREGUE ÁS CRIANÇAS O TRAVA-LINGUA ORGANIZADO POR PALAVRA PARA QUE ELAS RECORTASSEM E ORDENASSEM O TEXTO. NESTA ETAPA LIMA DESTACA QUE UMA VEZ QUE A MAIORIA DAS PALAVRAS INICIAM COM A LETRA “F” AS CRIANÇAS PRECISARAM LANÇAR MÃO DE NOVAS ESTRATÉGIAS PARA REALIZAR O DESAFIO E NÃO PUDERAM MAIS JUSTIFICAR A ORDENAÇÃO E A LEITURA DAS PALAVRAS APENAS PELA LETRA INICIAL
  13. POSTERIORMENTE FORAM SOCIALIZADAS AS INFORMAÇÕES DA PESQUISA E REGISTRADO EM CARTAZ AS DESCOBERTAS DAS CRIANÇAS. SOBRE ESSA ETAPA A AUTORA DESTACA QUE A PESQUISA PODE SER UM GRANDE INSTRUMENTO NA CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO DO ALUNO, DAÍ A IMPORTANCIA DE QUE O PROF. ORIENTE O ALUNO A BUSCAR INFORMAÇÕES A FIM DE POSSIBILITAR UMA APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA E ESTIMULAR A POSTURA INVESTIGATIVA.
  14. NO LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA A TURMA ASSISTIU UM DOCUMENTÁRIO SOBRE O ALIMENTO E TIVERAM A OPORTUNIDADE DE CONFRONTAR O CONHECIMENTO QUE TROUXERAM DE SUA PESQUISA COM O CONHECIMENTO CIENTÍFICO APRESENTADO PELO VÍDEO.
  15. LIMA DESTACA A IMPORTÂNCIA DE QUE AS CRIANÇAS CONFRONTEM SUAS IDEIAS COM AS IDEIAS DOS COLEGAS E OFEREÇAM E RECEBAM INFORMAÇÕES. DESTACA A NECESSIDADE DE CONHECER A CAPACIDADE DE CADA ALUNO PARA NÃO ORGANIZAR AS TURMAS ALEATORIAMENTE (FAZENDO DUPLAS COM NÍVEIS DIFERENTES DE ESCRITA MAS PRÓXIMOS ENTRE SI PARA GARANTIR QUE AVANCEM NO SISTEMA DE AQUISIÇÃO DA LEITURA E DA ESCRITA ALFABÉTICA)
  16. AS CRIANÇAS PUDERAM NESTA ATIVIDADE MANUSEAR A PLANTA E A RAIZ.
  17. INFORMAÇÕES DO PLANTIO À PRODUÇÃO DA MACAXEIRA FORAM RETOMADAS
  18. FOI ESCOLHIDA UMA RECEITA DO MEIO FAMILIAR DOS ALUNOS PARA SER VIVENCIADA NA ESCOLA: A FAROFA DE OVO COZIDO. CONVITE A OUTRAS TURMAS PARA A DEGUSTAÇÃO. ENTREGA DE PANFLETOS SOBRE COMO A FARINHA PODE SER CONSUMIDA.
  19. SEGUNDO LIMA ESSA EXPERIÊNCIA A POSSIBILITOU... PRÓXIMO SLIDE
  20. 1 - Fundamentar-se em teorias que priorizam o ser em sua realidade cultural – VALORIZANDO SEUS CONHECIMENTOS PREEXISTENTES. 2- O PROFESSOR TEM - Maior condição de favorecer a aprendizagem dos estudantes – ASSIM O PROCESSO DE APROPRIAÇÃO DA LEITURA E DA ESCRITA TEM AMIOR POSSIBILIDADE DE ACONTECER PELO PRAZER QUE O APRENDIZADO PROPORCIONA. ALÉM DISSO PERMITE A SOCIALIZAÇÃO DA CRIANÇA, COMO O DESENVOLVIMENTO DE SUA AUTONOMIA NO BRINCAR ATRAVÉS DA LINGUAGEM
  21. AO ANALISAR OS MOMENTOS EM QUE AS CRIANÇAS ENTRAVAM EM CONTATO COM O TRAVA-LINGUA, COLOCAMOS EM FOCO O CONHECIMENTO SOBRE O SISTEMA DE ESCRITA EM CONSTRUÇÃO ARTICULADA AO CONHECIMENTO SOBRE AS FUNÇÕES COMUNICATIVAS DO TEXTO DA TRADIÇÃO ORAL. OU SEJA:
  22. A autora finaliza ressaltando a importância e o reconhecimento de nossa tradição oral no contexto pedagógico não apenas nas datas comemorativas, mas no dia a dia da sala de aula, integrando o cotidiano da criança.”