O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

PNAIC 2015 - Uma experiência com os textos da tradição oral no ciclo de alfabetização 2

69.285 visualizações

Publicada em

I Seminário de Formação - IES Unimontes

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

PNAIC 2015 - Uma experiência com os textos da tradição oral no ciclo de alfabetização 2

  1. 1. UMA EXPERIÊNCIA COM OS TEXTOS DA TRADIÇÃO ORAL NO CICLO DE ALFABETIZAÇÃO Caderno 01 Maria Sonaly Machado de Lima
  2. 2. É preciso reconhecer o texto oral da cultura popular no universo escolar, não apenas nas datas comemorativas mas no dia a dia da sala de aula, integrando o cotidiano da criança com seus familiares. LIMA (2000, P 87)
  3. 3. Textosdetradiçãooral Circulação social. Favorece a reflexão sobre a língua e sistema de escrita alfabética. Curtos. Facilmente memorizáveis. Sonoros com cadências rítmicas. Permite vínculo prazeroso com sua leitura e escrita. Natureza Lúdica.
  4. 4. Contextualizando os principais personagens desta história – os alunos • Turma de 20 crianças do 1º Ano do Ensino Fundamental, na faixa etária de 6 e 7 anos de idade. • Escola Municipal Anita Trigueiro do Valle, Bairro do Altiplano, João Pessoa, Paraíba.
  5. 5. Objetivos do trabalho: • Reconhecer e valorizar os textos de tradição oral, percebendo-os como manifestações culturais. • Conhecer os processos de produção da farinha, assim como sua origem. • Compreender o Sistema de Escrita Alfabética.
  6. 6. Na roda
  7. 7. Degustação
  8. 8. Perguntas usadas na roda: • O que vocês experimentaram? • Quem come farinha em casa? • Vocês sabem de onde vem a farinha? • Como será que ela é feita? • Qual a sua origem?
  9. 9. Apresentando o Trava-Língua
  10. 10. O Desafio.
  11. 11. Ordenando
  12. 12. Socialização e Registro da pesquisa A pesquisa pode ser um grande instrumento na construção do conhecimento do aluno, por isso se faz necessário que o professor, no cotidiano escolar oriente os alunos a buscarem informações, não só possibilitando uma aprendizagem significativa, mas estimulando a postura investigativa.
  13. 13. Documentário
  14. 14. Digitação em Dupla
  15. 15. Simulando a colheita
  16. 16. Finalizando com uma receita
  17. 17. Concluindo A inserção de práticas diárias e o trabalho com o gênero textual do universo popular infantil contribuíram para o desenvolvimento das habilidades linguísticas dos alunos e suas correlações entre a oralidade e a escrita durante o processo de aprendizagem do sistema notacional alfabético.
  18. 18. Fundamentar-se em teorias que priorizam o ser em sua realidade cultural Condição de favorecer a aprendizagem dos estudantes
  19. 19. O trabalho pedagógico de apropriação da linguagem oral e escrita foi analisado sob o prisma da língua em uso, reforçando a proposta de que o ensino da leitura e da escrita não pode ser vivenciado fora dos contextos de letramento, nem pode se dar sem a presença da cultura escrita.
  20. 20. Com tantos anos vivenciando as conquistas dos meus alunos, por meio dessa perspectiva de trabalho, aqui representada neste relato, sinto-me realizada como educadora, pois percebo em meus alunos o prazer em estar na escola e de descobrirem que ela é o espaço em que se pode unir o aprender com o brincar.

×