1Apresentação dosResultados do 1T10
Aviso ImportanteAs informações contidas nesta apresentação poderão incluir declarações que representemexpectativas sobre o...
AgendaDesempenho OperacionalDesempenho Econômico-FinanceiroA Celesc3Mercado de CapitaisInvestimentosAdministração
4A Celesc
A Companhia► Responde por 92% da demanda de energiaelétrica no Estado► Controlada pelo Governo do Estado de SantaCatarina ...
Linha do TempoAbertura de capitalna BovespaEmissão de US$ 50milhões deCommercialPapersVenda da participação naUHE Machadin...
Estrutura Organizacional7(*) 51% do capital votante e 17% do capital total
8Desempenho Operacional
Crescimento de 8,2% em energia distribuída no 1T10 quando comparado com o 1T09O destaque foi a classe industrial, que cres...
Ao final do 1T10, o número de consumidores da Celesc totalizava 2.366 mil, umcrescimento de 6,3% em relação ao mesmo perío...
Na comparação entre o 1T10 e o 1T09, a razão entre o volume de energia vendida e onúmero de funcionários cresceu 10,6% e e...
DEC – (Horas Ponderadas) FEC – (Interrupções/Consumidor)Indicadores de Eficiência (DEC e FEC)4,07 4,1012DEC: Duração Equiv...
13Desempenho Econômico-Financeiro
Valores em R$milhões1T10 1T09 Var. %Receita OperacionalBruta1.575,4 1.377,3 14Fornecimento deEnergia Elétrica1.361,4 1.170...
IndustrialReceita LíquidaA receita operacional líquida da Celesc no 1T10 alcançou R$ 1.007,0 milhões, umaumento de 13,9% e...
EBITDAEBITDA (R$ MM) e Margem EBITDA (%) EBITDA (1T10 x 1T09)30%24%16EBITDA Margem EBTIDA3214782682384%16%7%9%1T09 2T09 3T...
EBITDAEBITDA Acumulado nos 12 Meses Anteriores (R$ milhões) e Margem EBITDA (%)53612,5%10,7%9,3%14,2%17435375330 3299,3% 9...
Lucro LíquidoLucro Líquido (R$ MM) e Margem Líquida (%)9,4%12,3%18-88426 26124-0,9%2,9% 2,6%1T09 2T09 3T09 4T09 1T10
A Celesc encerrou o 1T10 com uma dívida bruta de R$ 177,1 milhões e com um caixa líquidode R$ 231,3 milhõesA relação Dívid...
20Investimentos
InvestimentosO valor dos investimentos da Celesc no 1T10 totalizou R$ 84,1 milhõesGeraçãoEvolução dos Investimentos (R$ mi...
22Mercado de Capitais
Posição AcionáriaVolume % Volume % Volume %Estado de Santa Catarina 7.791.010 50,18% 191 0,00% 7.791.201 20,20%Cx Prev. Ba...
Mercado de Capitais (Últimos 12 meses)72,0%CLSC6IBOVESPAVolume Negociado CLSC6IEE2417,5%mar-09 mai-09 jun-09 ago-09 set-09...
25Governança Corporativa
Práticas de Governança CorporativaI. Transparência (Disclosure)Comitês de Assessoramento ao CA (Assuntos Estratégicos e Co...
Práticas de Governança CorporativaIII. Prestação de Contas (Accountability)Relatório AnualAnálise da Administração trimest...
Celesc HoldingDiretor Presidente Sergio Rodrigues AlvesDiretor Institucional e de Relações com Investidores Welson Teixeir...
Conselhos de Administração e Fiscal1. Representantes do Acionista MajoritárioSergio Rodrigues AlvesIçuriti Pereira da Silv...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação dos Resultados do 1T10

192 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
192
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação dos Resultados do 1T10

  1. 1. 1Apresentação dosResultados do 1T10
  2. 2. Aviso ImportanteAs informações contidas nesta apresentação poderão incluir declarações que representemexpectativas sobre os negócios da companhia, projeções e metas operacionais efinanceiras. Eventuais declarações dessa natureza, constituem-se em meras previsõesbaseadas nas expectativas da administração em relação ao futuro da companhia.Estas expectativas são altamente dependentes das condições do mercado, do desempenhoeconômico geral do país, do setor, e dos mercados internacionais, estando sujeitas amudanças. Portando, as mesmas não devem ser entendidas como recomendação a2potenciais investidores.Cabe ressaltar ainda que as estimativas e projeções referem-se apenas à data em queforam expressas, sendo que a companhia não assume a obrigação de atualizarpublicamente ou revisar quaisquer dessas estimativas em razão da ocorrência de novainformação, eventos futuros ou de quaisquer outros fatores, ressalvada a regulamentaçãovigente a que nos submetemos, em especial às Instruções CVM 202 e 358.Dessa forma, nenhum dos representantes da companhia, assessores ou partesrelacionadas poderá ser responsabilizado por qualquer decisão decorrente da utilização doconteúdo desta apresentação.
  3. 3. AgendaDesempenho OperacionalDesempenho Econômico-FinanceiroA Celesc3Mercado de CapitaisInvestimentosAdministração
  4. 4. 4A Celesc
  5. 5. A Companhia► Responde por 92% da demanda de energiaelétrica no Estado► Controlada pelo Governo do Estado de SantaCatarina com 50,2% das ações ordinárias► Mais de 2,3 milhões de clientes (dos quais1,8 milhão são residenciais)5► Entre as distribuidoras de energia elétrica commenor índice de perdas► Os Ativos Totais da Celesc somavamR$ 4,5 bilhões ao final do 1T10► É a 6a maior distribuidora do Brasil em termos deGWh vendidos em 2008► A Receita Bruta somou R$ 1,6 bilhão no primeirotrimestre de 2010
  6. 6. Linha do TempoAbertura de capitalna BovespaEmissão de US$ 50milhões deCommercialPapersVenda da participação naUHE MachadinhoAquisição do controleacionário da SCGásCaptação de R$ 200 milhõesvia FIDCAdequação dos Comitês deAssessoramento doConselho de Administração6Criação dodepartamento de RIDesverticalização,criação da CelescholdingAquisição departicipação na SCGASAdesão aoNivel 2 deGovernançaCorporativaAdesão ao Índicede EnergiaElétrica eemissão de ADRNivel 11955 1973 1998 20021996 2006 2007Criação daCelescEqualização da dívida da CASANLicenciamento ambiental de2.820 km de redes e 115subestaçõesRetorno à carteira do ISE -Índice de SustentabilidadeEmpresarial2008
  7. 7. Estrutura Organizacional7(*) 51% do capital votante e 17% do capital total
  8. 8. 8Desempenho Operacional
  9. 9. Crescimento de 8,2% em energia distribuída no 1T10 quando comparado com o 1T09O destaque foi a classe industrial, que cresceu 12,9% na comparação com o 1T09.Venda de Energia e Distribuição por ClasseEnergia Distribuída porClasse de Consumo (MWh) - Total 2010 2009 Var. %Residencial 1.199.710 1.062.818 131º Trimestre9Residencial 1.199.710 1.062.818 13Industrial 1.358.423 1.316.623 3Comercial 787.583 719.407 9Rural 351.954 362.277 (3)Poder Público 116.135 83.414 39Iluminação Pública 107.482 109.494 (2)Serviço Público 67.540 67.483 0Sub-Total 3.988.827 3.721.516 7Consumo Próprio 3.688 3.533 4Suprimento de Energia 287.514 231.460 24Total 4.280.029 3.956.509 8
  10. 10. Ao final do 1T10, o número de consumidores da Celesc totalizava 2.366 mil, umcrescimento de 6,3% em relação ao mesmo período de 2009.Número de ConsumidoresNúmero de Consumidores (mil) Distribuição por Classe*- 1T10Comercial10Outros (*): Iluminação Pública e Serviço PúblicoIndustrialResidencial* Em MWhRuralOutros*32%18%8%14%28%2.225 2.243 2.256 2.2372.3661T09 2T09 3T09 4T09 1T10
  11. 11. Na comparação entre o 1T10 e o 1T09, a razão entre o volume de energia vendida e onúmero de funcionários cresceu 10,6% e entre o número de consumidores e o númerode empregados evoluiu 8,8%Ao final do 1T10, a Celesc possuía um quadro funcional de 3.763 empregadosPessoal e ProdutividadeEnergia Vendida (MWh) / Empregado No de Consumidores / Empregados111.027 1.003 1.0011.2031.1361T09 2T09 3T09 4T09 1T10578 569 593 5916291T09 2T09 3T09 4T09 1T10
  12. 12. DEC – (Horas Ponderadas) FEC – (Interrupções/Consumidor)Indicadores de Eficiência (DEC e FEC)4,07 4,1012DEC: Duração Equivalente de Interrupções por ConsumidorFEC: Frequência Equivalente de Interrupções por Consumidor3,872,652,954,07 4,101T09 2T09 3T09 4T09 1T102,812,09 1,992,88 3,061T09 2T09 3T09 4T09 1T10
  13. 13. 13Desempenho Econômico-Financeiro
  14. 14. Valores em R$milhões1T10 1T09 Var. %Receita OperacionalBruta1.575,4 1.377,3 14Fornecimento deEnergia Elétrica1.361,4 1.170,2 16TUSD 47,0 36,2 301T091T10Receita Bruta Consolidada e DeduçõesAbertura das Deduções da ReceitaBruta (R$ milhões)26431914TUSD 47,0 36,2 30Fornecimento de Gás 133,4 132,9 0Outras Receitas 33,5 38,0 (12)Deduções da Receita (568,4) (493,5) 15Receita OperacionalLíquida1.007,0 883,8 14Outras receitas: Suprimento de energia elétrica, arrendamento e aluguéis, energia elétrica de curtoprazo, ajuste financeiro IRT 2005 e outras.OutrasDeduçõesCDE CCC PIS e COFINS ICMS1445 451261743 46144
  15. 15. IndustrialReceita LíquidaA receita operacional líquida da Celesc no 1T10 alcançou R$ 1.007,0 milhões, umaumento de 13,9% em relação ao mesmo período de 2009Receita Operacional Líquida (R$ milhões) Composição da Receita Bruta (1T10)9751.00715ResidencialComercialRuralOutros21%32%8%34%5%884 898 9039751.0071T09 2T09 3T09 4T09 1T10
  16. 16. EBITDAEBITDA (R$ MM) e Margem EBITDA (%) EBITDA (1T10 x 1T09)30%24%16EBITDA Margem EBTIDA3214782682384%16%7%9%1T09 2T09 3T09 4T09 1T10R$ milhões 1T10 1T09 Var. %Receita Operacional Bruta 1.575 1.377 14Deduções (568) (493) 15Receita Operacional Líquida 1.007 884 14Despesas Operacionais (805) (890) (10)Resultado do Serviço 202 (6) -Depreciação 34 36 (6)Amortização 2 2 33EBITDA 238 32 656
  17. 17. EBITDAEBITDA Acumulado nos 12 Meses Anteriores (R$ milhões) e Margem EBITDA (%)53612,5%10,7%9,3%14,2%17435375330 3299,3% 9,0%1T09 2T09 3T09 4T09 1T10
  18. 18. Lucro LíquidoLucro Líquido (R$ MM) e Margem Líquida (%)9,4%12,3%18-88426 26124-0,9%2,9% 2,6%1T09 2T09 3T09 4T09 1T10
  19. 19. A Celesc encerrou o 1T10 com uma dívida bruta de R$ 177,1 milhões e com um caixa líquidode R$ 231,3 milhõesA relação Dívida Bruta/EBITDA 12 Meses da Celesc atingiu 0,3x ao final do 1T10Perfil do EndividamentoComportamento da Dívida Bruta(R$ milhões)Indexadores da Dívida (R$ milhões)188196 194 18919Obs: No total estão incluídos os encargos financeiros,inferiores a R$ 1 milhão em todos os trimestres.Curto Prazo Longo Prazo Total16%49%35%CDITJLPUFIR/IGP-M30 3242 47 51157 163152142126188196 194 1891771T09 2T09 3T09 4T09 1T10
  20. 20. 20Investimentos
  21. 21. InvestimentosO valor dos investimentos da Celesc no 1T10 totalizou R$ 84,1 milhõesGeraçãoEvolução dos Investimentos (R$ milhões) Distribuição dos Investimentos – 1T1021Distribuição98%2%100805185 841T09 2T09 3T09 4T09 1T10
  22. 22. 22Mercado de Capitais
  23. 23. Posição AcionáriaVolume % Volume % Volume %Estado de Santa Catarina 7.791.010 50,18% 191 0,00% 7.791.201 20,20%Cx Prev. Banco do Brasil - PREVI 5.140.864 33,11% 437.807 1,90% 5.578.671 14,46%ACIONISTASAções Ordinárias TOTALAções PreferenciaisEm 31/03/201023Free Float PN: 76,4%Fund. CELESC Seg. Social - CELOS 918.561 5,92% 137.600 0,60% 1.056.161 2,74%GERAÇÃO FUTURO - Fundos ADM. 632.213 4,07% 3.893.368 16,90% 4.525.581 11,73%Cent. Elét. Brasileiras - ELETROBRAS 4.233 0,03% 4.142.774 17,98% 4.147.007 10,75%TARPON Invest. - Fundos Adm. - - 5.272.823 22,88% 5.272.823 13,67%POLAND FIA - - 3.020.800 13,11% 3.020.800 7,83%Outros 1.040.256 6,70% 6.139.091 26,64% 7.179.347 18,61%TOTAL 15.527.137 40,26% 23.044.454 59,74% 38.571.591 100,00%
  24. 24. Mercado de Capitais (Últimos 12 meses)72,0%CLSC6IBOVESPAVolume Negociado CLSC6IEE2417,5%mar-09 mai-09 jun-09 ago-09 set-09 nov-09 dez-09 fev-10 mar-1044,7%
  25. 25. 25Governança Corporativa
  26. 26. Práticas de Governança CorporativaI. Transparência (Disclosure)Comitês de Assessoramento ao CA (Assuntos Estratégicos e Comercial;Recursos Humanos; Jurídico e Auditoria; e Financeiro)Acesso a Informações através de seu website de Relações comInvestidoresPolítica de Divulgação de InformaçõesAcordos de AcionistasInformações Contábeis (BRGAAP; IASB ou US GAAP)26Informações Contábeis (BRGAAP; IASB ou US GAAP)II. Equidade (Fairness)Participação de Preferencialistas no Conselho de AdministraçãoDireito a voto para Ações Preferenciais no não pagamento de DividendosDecisões Relevantes deliberadas pela maioria do capital socialFiscalização do Processo de VotaçãoArbitragem Para Questões SocietáriasTag-along para Companhias Constituídas antes da Entrada em Vigor da Leinº 10.303, de 31 de outubro de 2001
  27. 27. Práticas de Governança CorporativaIII. Prestação de Contas (Accountability)Relatório AnualAnálise da Administração trimestral e ITRCargos de Presidente do Conselho de Administração e Presidente daDiretoria são exercidos por pessoas diferentesConselho Fiscal27IV. Responsabilidade Corporativa (Compliance)O Conselho possui membros independentes da administração daCompanhiaO mandato de todos os conselheiros de um ano, permitida a reeleição,admitida apenas após a avaliação formal de desempenho.Conselho indica uma pessoa na função de secretário que assessorará opresidente nos aspectos formais de todas as tarefas burocráticas e deprocedimentos do Conselho.
  28. 28. Celesc HoldingDiretor Presidente Sergio Rodrigues AlvesDiretor Institucional e de Relações com Investidores Welson Teixeira Junior28Relações com InvestidoresAldo Roberto SchuhmacherTel.: (55 48) 3231- 5100Fax.: (55 48) 3231- 6229e-mail: aldors@celesc.com.br
  29. 29. Conselhos de Administração e Fiscal1. Representantes do Acionista MajoritárioSergio Rodrigues AlvesIçuriti Pereira da SilvaGlauco José Côrte (FIESC)Derly Massaud de AnunciaçãoMilton de Queiroz GarciaConselho de Administração Conselho FiscalConselho FiscalCélio GoulartRonaldo Baumgarten FilhoGilberto Antônio GadottiHayton Jurema da Rocha - Minoritário ONMarcelo Ferrari Wolowski - Minoritário PN29Milton de Queiroz Garcia2. IndependentesPedro Bittencourt NetoAlexandre FernandesDaniel Arduini Cavalcanti de Arruda3. Representantes de Acionistas MinoritáriosArlindo Magno de OliveiraPaulo Roberto Evangelista de LimaEmilio Mayrink SampaioLauro Sander4. Representantes dos EmpregadosJair Maurino Fonseca

×