Apresentação dos Resultados do 2T08

137 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
137
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação dos Resultados do 2T08

  1. 1. 1APRESENTAÇÃO 2T08
  2. 2. 2Aviso ImportanteAs informações contidas nesta apresentação poderão incluir declarações que representemexpectativas sobre os negócios da companhia, projeções e metas operacionais efinanceiras. Eventuais declarações dessa natureza, constituem-se em meras previsõesbaseadas nas expectativas da administração em relação ao futuro da companhia.Estas expectativas são altamente dependentes das condições do mercado, do desempenhoeconômico geral do país, do setor, e dos mercados internacionais, estando sujeitas amudanças. Portando, as mesmas não devem ser entendidas como recomendação apotenciais investidores.Cabe ressaltar ainda que as estimativas e projeções referem-se apenas à data em queforam expressas, sendo que a companhia não assume a obrigação de atualizarpublicamente ou revisar quaisquer dessas estimativas em razão da ocorrência de novainformação, eventos futuros ou de quaisquer outros fatores, ressalvada a regulamentaçãovigente a que nos submetemos, em especial às Instruções CVM 202 e 358.Dessa forma, nenhum dos representantes da companhia, assessores ou partesrelacionadas poderá ser responsabilizado por qualquer decisão decorrente da utilização doconteúdo desta apresentação.
  3. 3. 3AgendaDesempenho OperacionalDesempenho Econômico-FinanceiroMercado de CapitaisInvestimentosAdministraçãoA Celesc
  4. 4. 4A Celesc
  5. 5. 5A Companhia► Responde por 92% da demanda deenergia elétrica no Estado.► Controlada pelo Governo do Estado deSanta Catarina com 50,2% das açõesordinárias.► Mais de 2,1 milhões de clientes (dosquais 1,7 milhão são residenciais).► Entre as distribuidoras de energia elétricacom menor índice de perdas (7,5%).
  6. 6. 6Linha do TempoCriação das diretorias comercial e jurídico institucionalCriação do departamento de RIGrupamento da ações na proporção de 20:1Desverticalização, criação da Celesc holdingAquisição de participação na SCGASAbertura de capital na BovespaEmissão de US$ 50 milhões de commercial papersAdesão ao Nivel 2 de Governança CorporativaAdesão ao Índice de Energia Elétrica e emissão de ADR Nível 1Criação da Celesc1955197319982002199620062007Venda da participação na UHE MachadinhoAquisição do controle acionário da SCGásCaptação de R$ 200 milhões via FIDCAdequação dos Comitês de Assessoramento doConselho de Administração
  7. 7. 7Estrutura Organizacional
  8. 8. 8Desempenho Operacional
  9. 9. 9Em 30 de junho de 2008, a Celesc totalizava 2.176 mil consumidores, um crescimentode 3,7% em relação ao mesmo período de 2007.A maior concentração de consumidores está na classe residencial com 78% da basetotal de clientes da CelescNúmero de ConsumidoresOutros (*): Poder Público, Iluminação Pública e Serviço Público.Número de Consumidores (mil) Distribuição do Consumo por Classe*- 2T08IndustrialComercialResidencial* Em MWh2.098 2.0992.1232.1412.1952.1771T07 2T07 3T07 4T07 1T08 2T0838%17%Rural12%Outros*7%26%
  10. 10. 10Aumento de 2,7% no volume de energia vendida no 2T08 em relação ao 2T07Destaque para o crescimento da classe industrial, que vinha apresentandodecréscimo no consumo desde 2006 em razão da migração de consumidores para omercado livre, reverteu o movimento desde o final de 2007 e destacou-se no 2T08registrando aumento de 7,9% em relação ao 2T07.Venda de Energia e Distribuição por ClasseEnergia Distribuídapor Classe de Consumo (MWh) 2008 2007 Var. % 2008 2007 Var. %Residencial 924.346 938.843 (2) 1.934.290 1.935.955 -Industrial 1.369.624 1.269.683 8 2.630.084 2.408.284 9Comercial 601.286 592.319 2 1.272.818 1.240.399 3Rural 418.891 407.706 3 874.467 836.182 5Poder Público 80.089 83.786 (4) 164.247 171.072 (4)Iluminação Pública 111.995 109.609 2 222.800 215.757 3Serviço Público 62.094 68.600 (9) 127.794 133.672 (4)Sub-Total 3.568.325 3.470.546 3 7.226.500 6.941.321 4Consumo Próprio 3.013 3.534 (15) 6.659 7.293 (9)Suprimento de Energia 51.192 51.816 (1) 106.700 96.846 10Total 3.622.530 3.525.896 3 7.339.859 7.045.460 4Acumulado 6 meses2º Trimestre
  11. 11. 11No segundo trimestre de 2008, a razão entre MWh e empregados apresentoucrescimento de 3,6% ante o 2T07 e a proporção entre consumidores e empregadostambém apresentou aumento e cresceu 4,5% em relação ao 2T07No final de 1T08 a Celesc contava com 3.887 funcionáriosPessoal e ProdutividadeEnergia Vendida (MWh) / Empregado No de Consumidores / Empregados896 900 861 863952 9321T07 2T07 3T07 4T07 1T08 2T08534 536 543 545 563 5601T07 2T07 3T07 4T07 1T08 2T08
  12. 12. 12DEC: Duração Equivalente de Interrupções por ConsumidorFEC: Frequência Equivalente de Interrupções por ConsumidorIndicadores de Eficiência (DEC e FEC)DEC – (Horas Ponderadas) FEC – (Interrupções/Consumidor)4,313,014,035,353,50 3,561T07 2T07 3T07 4T07 1T08 2T083,522,482,833,852,55 2,711T07 2T07 3T07 4T07 1T08 2T08
  13. 13. 13Tarifa Média Praticada (R$/MWh) – Líquida de ICMSEvolução da Tarifa Média de 2005 ao 1S08251,0269,9229,6330,7262,1287,9244,5335,2249,5276,9218,2342,4216,5276,7198,8324,7Média CelescComercialIndustrialResidencial1S08200720062005
  14. 14. 14Desempenho Econômico-Financeiro
  15. 15. 15Outras receitas: Suprimento de energia elétrica, arrendamento e aluguéis, energia elétrica de curtoprazo, ajuste financeiro IRT 2005 e outras.Receita Bruta Consolidada e DeduçõesAbertura das Deduções da ReceitaBruta (R$ milhões)(8)44,641,2TUSD81.222,31.314,1Receita OperacionalBruta13770,0868,2Receita OperacionalLíquida(1)(452,3)(445,9)Deduções da Receita(22)29,222,7Outras Receitas--128,3Fornecimento de Gás(2)1.148,51.121,9Fornecimento deEnergia ElétricaVar. %2T072T08Valores em R$milhões2T072T081336191242541239 41114246OutrasDeduçõesCDE CCC COFINS E PIS ICMS
  16. 16. 16Evolução da Receita LíquidaA receita operacional líquida da Celesc no 2T08 alcançou R$ 868 milhões, umcrescimento de 12,7% em relação ao mesmo período de 2007Receita Operacional Líquida (R$ milhões) Composição da Receita Bruta (2T08)ResidencialIndustrialComercialRuralOutros36%31%19%7%7%7937707278779288681T07 2T07 3T07 4T07 1T08 2T08
  17. 17. 17Demonstração do EBITDAEBITDA (R$ MM) e Margem EBITDA (%) Cálculo do EBITDA (2T07 e 2T08)EBITDA Margem EBITDA13411699175 16520717%15%24%14%18%20%1T07 2T07 3T07 4T07 1T08 2T08R$ milhões 2T08 2T07 Var. %Receita Operacional Bruta 1.314 1.222 8Deduções (446) (452) (1)Receita Operacional Líquida 868 770 13Despesas Operacionais (698) (681) 2Resultado do Serviço 171 89 92Depreciação 35 26 35Amortização 2 2 17EBITDA 207 116 79
  18. 18. 18Lucro LíquidoA Celesc apresentou lucro líquido deR$ 144,8 milhões no 2T08, umcrescimento de 73,9% em relação aomesmo período do ano passado. Anegociação da dívida da CASAN e aconseqüente reversão da Provisãopara Créditos de Liquidação Duvidosadecorrente dessa dívida afetarampositivamente o lucro líquido notrimestre.Lucro Líquido Trimestral (R$ milhões)1328321110761451T07 2T07 3T07 4T07 1T08 2T08
  19. 19. 19Perfil do EndividamentoObs: No total estão incluídos os encargos financeiros,inferiores a R$ 1 milhão em todos os trimestres.Total: R$ 136 milhõesComportamento da Dívida Bruta(R$ milhões)Amortização da Dívida de Longo Prazo(R$ Milhões)A Celesc encerrou o 2T08 com uma dívida bruta de R$ 159,7 milhões e com um caixalíquido de R$ 324,6 milhões42% da dívida atrelada ao CDI, 35% à TJLP e 23% à UFIR/IGPMCurto Prazo Longo Prazo Total12,935,0 34,653,52009 2010 2011 Após 20115946559524 23827612173135 136142123177 168159 1601T07 2T07 3T07 4T07 1T08 2T08
  20. 20. 20Investimentos
  21. 21. 21InvestimentosOs investimentos totais da Celesc no 2T08 atingiram R$ 85,8 milhõesEvolução dos Investimentos (R$ milhões) Distribuição dos Investimentos – 2T08Distribuição85,9%GeraçãoInstalaçõesGerais13,6%0,5%106,9124,346,066,048,785,81T07 2T07 3T07 4T07 1T08 2T08
  22. 22. 22Mercado de Capitais
  23. 23. 23Posição AcionáriaFree Float: 75,1%Em 30/06/08, o capital social integralizado era composto por 38,6 milhões de ações,com a seguinte distribuição.Em 30/06/2008Volume % Volume % Volume % Volume %Estado de Santa Catarina 7.791.010 50,18% 191 0,37% - 0,00% 7.791.201 20,20%Cx Prev. Banco do Brasil - PREVI 5.140.864 33,11% 0,00% 437.807 1,90% 5.578.671 14,46%Fund. CELESC Seg. Social - CELOS 910.161 5,86% 0,00% 267.950 1,17% 1.178.111 3,05%GERAÇÃO FUTURO - Fundos ADM. 259.700 1,67% 0,00% 2.674.991 11,63% 2.934.691 7,61%Cia Desenv. Estado de SC - CODESC 97.976 0,63% 0,00% - 0,00% 97.976 0,25%Cent. Elét. Brasileiras - ELETROBRAS 4.233 0,03% 0,00% 4.142.774 18,02% 4.147.007 10,75%TARPON Invest. - Fundos Adm. - 0,00% 0,00% 4.699.023 20,44% 4.699.023 12,18%POLAND FIA - 0,00% 0,00% 3.518.685 15,30% 3.518.685 9,12%HEDGING GRIFFO - Fundos Adm. - 0,00% 0,00% 2.442.552 10,62% 2.442.552 6,33%Outros 1.323.193 8,52% 51.677 99,63% 4.808.804 20,91% 6.183.674 16,03%TOTAL 15.527.137 40,26% 51.868 0,13% 22.992.586 59,61% 38.571.591 100,00%* Investidor EstrangeiroACIONISTASAções ON Ações PNA Ações PNB TOTAL
  24. 24. 24Administração
  25. 25. 25Relações com InvestidoresAldo Roberto SchuhmacherTel.: (55 48) 3231- 5100Fax.: (55 48) 3231- 6229e-mail: aldors@celesc.com.brDiretoria ExecutivaMarcelo Gasparino da SilvaDiretor Jurídico-InstitucionalCarlos Alberto MartinsDiretor ComercialEduardo Carvalho SitonioDiretor TécnicoJosé Affonso da Silva JardimDiretor de Gestão CorporativaArnaldo Venício de SouzaDiretor Econômico-Financeiro e de Relações comInvestidoresEduardo Pinho MoreiraDiretor Presidente
  26. 26. 26Conselhos de Administração e Fiscal1. Representantes do Acionista MajoritárioEduardo Pinho MoreiraIçuriti Pereira da SilvaGlauco José Côrte (FIESC)Lírio Albino ParisotoMilton de Queiroz Garcia2. IndependentesPedro Bittencourt NetoEdilando de MoraesDaniel Arduini Cavalcanti de Arruda3. Representantes de Acionistas MinoritáriosArlindo Magno de OliveiraPaulo Roberto Evangelista de LimaMarcelo de Souza MunizJosé Wilson da Silva4. Representantes dos EmpregadosArno Veiga CugnierConselho de Administração Conselho FiscalConselho FiscalCélio GoulartRonaldo Baumgarten FilhoGilberto Antônio GadottiHayton Jurema da Rocha - Minoritário ONMarcelo Ferrari Wolowski - Minoritário PN

×