Kanban e seis sigma v1.1

949 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
949
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
72
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

  • Lean Manufacturing Este termo foi popularizado no livro A Máquina que Mudou o Mundo (Womack, Jones, & Roos, 1990)
  • Muitas pessoas confundem os termos “Just in Time” e “Kanban”. As relações de causa-e-efeito, bem como a visão do que é objetivo e o que é ferramenta para atingí-lo, não são claras para a maioria das pessoas. 
    JIDOKA: Criar processos livres de defeitos por constantemente fortalecer a capacidade do processo, os defeitos serem rapidamente identificados e contidos em uma zona, e feedbacks constantes.
    HEIJUNKA: Caixas de heijunka colocam a produção em sequencia baseada nas peças de componentes necessárias

  • O Lean Manufacturing é uma iniciativa que busca eliminar desperdicios, isto é, excluir o que não tem valor para o cliente e imprimir velocidade ao cliente. Como o Lean pode ser apicado em todo tipo de trabalho, uma denominação mais apropriada é o Lean Operations ou Lean Enterprise
    O conceito básico é fabricar bens com a completa eliminação de funções desnecessárias à produção, na quantidade e tempos necessários, eliminando-se estoques intermediários e de produtos acabados
  • Fornece um processo de controle manual-visual claro e preciso
    Responde rapidamente à mudanças na demanda dos clientes
    Minimiza os resíduos de superprodução, inventário desnecessário, e espaço físico que o acompanha
    Designa responsabilidades aos operadores para fazer e tomar decisões de produção e reposição de estoques
    Processos de analise subjacente promovem e sustentam a melhoria contínua de processos
  • Kanban de Produção : Uma quantidade fixa de cartões circula no sistema entre o processo fornecedor e o processo cliente e sempre que uma peça (ou caixa) é produzida, um cartão é fixado na peça (ou caixa). Assim que o cliente consume o estoque, o cartão Kanban de Produção retorna ao processo fornecedor, autorizando a produção para reposição dos níveis de estoque.
    O número de cartões Kanban de Transporte é fixo e a retirada de peças do supermercado do processo fornecedor acontece através deles. Os cartões são afixados nas caixas (usualmente, o cartão de transporte é afixado em substituição ao cartão de produção) e levados a outro processo ou local. Quando acontece o consumo das peças, os cartões são retirados das caixas e ficam disponíveis para autorizar novas ‘compras’ no supermercado do processo fornecedor.
  • Kanban de Produção : Uma quantidade fixa de cartões circula no sistema entre o processo fornecedor e o processo cliente e sempre que uma peça (ou caixa) é produzida, um cartão é fixado na peça (ou caixa). Assim que o cliente consume o estoque, o cartão Kanban de Produção retorna ao processo fornecedor, autorizando a produção para reposição dos níveis de estoque.
  • O número de cartões Kanban de Transporte é fixo e a retirada de peças do supermercado do processo fornecedor acontece através deles. Os cartões são afixados nas caixas (usualmente, o cartão de transporte é afixado em substituição ao cartão de produção) e levados a outro processo ou local. Quando acontece o consumo das peças, os cartões são retirados das caixas e ficam disponíveis para autorizar novas ‘compras’ no supermercado do processo fornecedor.
  • Ele nasceu na Motorola, em 15 de janeiro de 1987, com objetivo de tornar a empresa capaz de enfrentar seus concorrentes, que fabricavam produtos de qualidade superior a preços menores.
    Outras empresas passaram a utilizar o Sis Sigma: AlliedSignal, General Electric (principal difusora), Kodak, Sony.
  • Escala sigma -> medir a qualidade associoado, quanto maior o valor alcançado a escala sigma
    Zero defeito -> 3,4 defeitos para cada milhão de operações realizadas
    Benchmark -> conjunto de testes e avaliações utilizado para comparar o nível de qualidade de produtos, operações e produto
  • Kanban e seis sigma v1.1

    1. 1. Victor Figueiredo <vicfigui@gmail.com> Kanban e Seis Sigma
    2. 2. Agenda 2  Introdução  Conceito: Kanban  Características: Kanban  Tipos de Kanban  Conceito: Seis Sigma  Caracteristicas: Seis Sigma  Escala Sigma  Consideraçoes Finais  Bibliografia
    3. 3. Introdução 3  O termo Lean Manufacturing ou Produção Enxuta foi popularizado em meados da década de 90 para definir o conjunto de métodos e operações Just-in- Time (JIT) do sistema de produção da Toyota Motor Company.  Em Lean Manufacturing, o “[…] principal foco era a identificação e a posterior eliminação de desperdícios, com o objetivo de reduzir custos e aumentar a qualidade e a velocidade de entrega do produto ao cliente.
    4. 4. Introdução 4  Como, por definição, buscava-se produzir mais com cada vez menos, surgiram ferramentas e estratégias para apoiar essas fábricas que incorporavam práticas Lean em seu sistema de produção.  Nesse contexto, serão abordados os conceitos de Kanban e Seis Sigma.
    5. 5. Introdução 5 Figura 1: Pilares do Sistema Toyota de Produção
    6. 6. Conceito: Kanban 6  A palavra Kanban vem do Japonês e quer dizer sinal, cartão, ou registro visual.  “Kanban originou-se no Sistema Toyota de Produção (Toyota Lean Enterprise System) como uma ferramenta para gerenciar o fluxo de produção e materiais em um sistema de produção “puxado (JIT pull).” [CIMORELLI, 2013]
    7. 7. Características: Kanban 7  Sistema de cartões
    8. 8. Tipos de Kanban 8  Kanban de Produção  Autoriza a produção de determinada quantidade de um item.  Kanban de Transporte  Autoriza a movimentação física do estoque.
    9. 9. Tipos de Kanban: de Produção 9 Animação 1: Kanban Produção – Animação do Fluxo de Cartões. Disponível em <http://www.aliadaconsultoria.com.br/trabalho_kanban.html>
    10. 10. Tipos de Kanban: de Transporte/movimento 10 Figura 2: Exemplo de um Kanban de Transporte
    11. 11. Conceito: Seis Sigma 11  “O Seis Sigma é uma estratégia gerencial disciplinada e altamente quantitativa, que tem como objetivo aumentar drasticamente a performance e a lucratividade das empresas, por meio da melhoria de qualidade de produtos e processos e do aumento da satisfação de clientes e consumidores.” [WERKEMA, 2012]
    12. 12. Características: Seis Sigma 12  Escala Sigma  Transformação da quantidade de defeitos por milhão em um número na Escala Sigma.  Objetivo/Meta  Chegar muito próxima a “zero defeito”.  Estatística  Mapeamento do desempenho das caracteristicas críticas para a qualidade em relação às especificações.  Estratégia  Relacionamento existente entre projeto, fabricação, qualidade final e entrega de um produto e a satisfação dos consumidores.  Benchmark
    13. 13. Escala Sigma 13 Figura 3: Tradução do nível da qualidade para a linguagem financeira [WERKEMA, 2012]
    14. 14. Considerações Finais 14  A partir desse estudo é possível perceber que o sistema de cartoes Kanban e as estratégias quantitativas provindas do Seis Sigma potencializam o processo de produção de uma fábrica e definem de forma significativa seu sucesso em um sistema Just-in-Time, onde deve haver a produção e entrega dos produtos corretos, no prazo e nas quantidades corretas, e ainda, reduzir custos e otimizar processos.
    15. 15. Bibliografia 15  WERKEMA, Cristina; Criando a Cultura Lean Seis Sigma. Elsevier Brasil, 2012.  CIMORELLI, Stephen; Kanban for the Supply Chain: Fundamental Practices for Manufacturing Management. CRC Press, 2013  NICODEMO, Luiz Gustavo Grossi; Just in Time & Kanban - As Diferenças. Artigo disponivel em <http://www.aliadaconsultoria.com.br/artigo_just_in_t ime_kanban_as_diferencas.html>  ALIADA CONSULTORIA, 2008.

    ×