Principais Temáticas de Alberto Caeiro

28.534 visualizações

Publicada em

Trabalho de grupo realizado no âmbito da disciplina de Português - 12ºD (Escola Básica 2,3/S de Vale de Cambra, 2009/2010), a propósito de Alberto Caeiro- Heterónimo de Fernando Pessoa.

Publicada em: Educação
0 comentários
22 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
28.534
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2.127
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
22
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Principais Temáticas de Alberto Caeiro

  1. 1. Alberto Caeiro
  2. 2. <ul><li>A heteronímia foi a grande invenção de Fernando Pessoa </li></ul><ul><li>Os heterónimos são personalidades completas </li></ul><ul><li>O próprio ortónimo é o heterónimo que simboliza a personalidade de Fernando Pessoa </li></ul><ul><li>Os heterónimos são um dos factores que possui grande notabilidade na famosa misteriosidade do poeta </li></ul>
  3. 3. <ul><li>Nasceu em Abril de 1889, em Lisboa </li></ul><ul><li>Órfão de pai e mãe viveu toda a sua infância numa quinta do Ribatejo </li></ul><ul><li>As suas habilitações eram restritas, apenas se cingiram à instrução primária </li></ul><ul><li>Tem uma aparência muito diferente dos outros heterónimos </li></ul><ul><li>Morreu de tuberculose em 1915 </li></ul>
  4. 4. <ul><li>Defensor da sinceridade da produção poética </li></ul><ul><li>Apologista da simplicidade e nitidez das coisas </li></ul><ul><li>Anti-metafísico </li></ul><ul><li>Poeta das sensações , da natureza e do objectivismo absoluto </li></ul><ul><li>Para Alberto Caeiro “pensar é estar doente dos olhos” </li></ul>
  5. 5. <ul><li>II </li></ul><ul><li>“ O meu olhar é nítido como um girassol” </li></ul>
  6. 6. <ul><li>O meu olhar é nítido como um girassol, </li></ul><ul><li>Tenho o costume de andar pelas estradas </li></ul><ul><li>Olhando para a direita e para a esquerda, </li></ul><ul><li>E de vez em quando olhando para trás... </li></ul><ul><li>E o que vejo a cada momento </li></ul><ul><li>É aquilo que nunca antes eu tinha visto, </li></ul><ul><li>E eu sei dar por isso muito bem... </li></ul><ul><li>Sei ter o pasmo comigo </li></ul><ul><li>Que tem uma criança se, ao nascer, </li></ul><ul><li>Reparasse que nascera deveras... </li></ul><ul><li>Sinto-me nascido a cada momento </li></ul><ul><li>Para a eterna novidade do mundo... </li></ul><ul><li>Creio no mundo como num malmequer, </li></ul><ul><li>Porque o vejo. Mas não penso nele </li></ul><ul><li>Porque pensar é não compreender... </li></ul><ul><li>O mundo não se fez para pensarmos nele </li></ul><ul><li>(Pensar é estar doente dos olhos) </li></ul><ul><li>Mas para olharmos para ele e estarmos de acordo. </li></ul>Tenta abarcar o máximo de sensações novas com o olhar Permanente mudança/novidade Ver as coisas pela primeira vez (sente-se uma criança a ver tudo pela primeira vez) Acredita no mundo como um malmequer, como uma coisa simples Por mais que pense e tente compreender, o mundo continua na mesma
  7. 7. <ul><li>Eu não tenho filosofia : tenho sentidos... </li></ul><ul><li>Se falo na Natureza não é porque saiba o que ela é, </li></ul><ul><li>Mas porque a amo, e amo-a por isso, </li></ul><ul><li>Porque quem ama nunca sabe o que ama </li></ul><ul><li>Nem sabe porque ama, nem o que é amar... </li></ul><ul><li>Amar é a eterna inocência, </li></ul><ul><li>E a única inocência é não pensar... </li></ul>Frase característica de Alberto Caeiro Como não tenta compreender a natureza, ama-a porque ela é assim O amor é a relação que existe entre ele e a natureza Amor é não pensar Frases que sintetizam as ideologias de Alberto Caeiro no poema: <ul><li>A vida é vivida através do olhar </li></ul><ul><li>Recusa do pensar e de filosofias </li></ul><ul><li>Tudo é natural </li></ul>
  8. 8. <ul><li>Objectivismo </li></ul><ul><li>Anti-metafísico </li></ul><ul><li>Sensacionismo </li></ul>
  9. 9. <ul><li>Verso livre </li></ul><ul><li>Métrica irregular </li></ul><ul><li>Pobreza lexical (linguagem simples, familiar) </li></ul><ul><li>Frases simples </li></ul>
  10. 10. BIBLIOGRAFIA <ul><li>http://pt.wikipedia.org/wiki/Alberto_Caeiro </li></ul><ul><li>http://www.prof2000.pt/users/jsafonso/port/caeiro.htm </li></ul><ul><li>Trabalho realizado no âmbito da disciplina de Português - 12ºD- </li></ul><ul><li>Pelos Alunos: </li></ul><ul><li>Daniel Silva </li></ul><ul><li>Luís Silva </li></ul><ul><li>Escola Básica 2,3/S de Vale de Cambra – 2009/2010 </li></ul><ul><li>Profª Dina Baptista </li></ul>

×